Campeonato Brasileiro B 2022


InformaçõesEditar

3ª participação do Cruzeiro na Série B do Campeonato Brasileiro. Com a presença de 14 títulos Brasileiros[1], a competição de 2022 bateu o record, que era de 2021, e foi considerada a Série B mais difícil de todos os tempos[2].

Marcas históricasEditar

  • Maior sequência de vitórias (7) nas 10 primeiras rodadas da historia[3].
  • Cruzeiro fecha o turno com maior vantagem da história sobre o vice e o 5º colocado[4] e empate com o Palmeiras como a 2ª melhor campanha do turno[5].

GeralEditar

Mando de Campo Jogos Pts Aprov.
em pts
Vitórias
(aprov.)
Empates Derrotas Gols Feitos Gols Sofridos Saldo Gols
Geral 24 53 73,61% 16
(66,67%)
5 3 30 (méd:1,25) 12 (méd: 0,50) 18
Mandante 12 34 94,44% 11
(91,67%)
1 0 19 (méd:1,58) 3 (méd: 0,25) 16
Visitante 12 19 52,78% 5
(41,67%)
4 3 11 (méd:0,92) 9 (méd: 0,75) 2

Melhores sequênciasEditar

  • Vitórias: 8 jogos
  • Invencibilidade: 10 jogos

Posição por rodadaEditar

  Ver anexo: Tabelas a cada rodada

Primeiro turnoEditar

Ano/Rodada 10ª 11ª 12ª 13ª 14ª 15ª 16ª 17ª 18ª 19ª
2022 19º     11º                                  
0pts 3pts 4pts 7pts 10pts 13pts 16pts 19pts 22pts 25pts 28pts 28pts 31pts 32pts 35pts 38pts 38pts 41pts 42pts

Segundo turnoEditar

Ano/Rodada 10ª 11ª 12ª 13ª 14ª 15ª 16ª 17ª 18ª 19ª
2022           1º ? 1º ? 1º ? ?º ? ?º ? ?º ?
45pts 46pts 49pts 52pts 53pts ?pts ?pts ?pts ?pts ?pts ?pts
Campeão
Classifica para a Série A do ano seguinte.
Zona de rebaixamento para a série C.

ArtilhariaEditar

- - Jogador  
  Edu 5 (0p 0f)
  Luvannor 4 (0p 0f)
  Rafa Silva 3 (0p 0f)
  Daniel Jr.  2 (0p 0f)
  Jajá 2 (0p 0f)
  Rodolfo 1 (0p 0f)
  Bruno Rodrigues 1 (0p 0f)
  Stênio  1 (0p 0f)
  Adriano Firmino  1 (0p 0f)
10º   Leonardo Pais 1 (0p 0f)
11º   Wágner Leonardo 1 (0p 0f)
12º   Matheus Bidú 1 (0p 0f)
13º   Eduardo Brock 1 (1p 0f)
14º   Willian Oliveira 1 (0p 0f)
15º   Geovane Jesus  1 (0p 0f)
16º   Oliveira 1 (0p 0f)
- - Gols contra   3
  •   - Jogador formado na Base

EstatísticasEditar

-   Nome Jogos Tit. Res.    
  Rafael Cabral (GOL) 24 24 0 2 0
  Neto Moura (MEI) 22 22 0 5 0
  Oliveira (ZAG) 22 21 1 5 0
  Edu (ATA) 22 16 6 0 0
  Eduardo Brock (ZAG) 20 19 1 4 1
  Zé Ivaldo (ZAG) 19 19 0 7 0
  Matheus Bidú (LAT) 19 16 3 1 0
  Luvannor (ATA) 17 13 4 4 0
  Willian Oliveira (VOL) 16 15 1 2 0
10º   Geovane Jesus   (LAT) 16 9 7 7 0
11º   Rodolfo (ATA) 16 3 13 1 0
12º   Adriano Firmino   (VOL) 15 4 11 0 0
13º   Daniel Jr.   (MEI) 15 9 6 0 0
14º   Filipe Machado (VOL) 13 9 4 0 0
15º   Leonardo Pais (MEI) 13 7 6 0 0
16º   Rafael Santos   (LAT) 13 8 5 2 0
17º   Fernando Canesin (MEI) 11 7 4 0 0
18º   Rômulo (LAT) 10 4 6 0 0
19º   Jajá (ATA) 9 9 0 1 0
20º   Rafa Silva (ATA) 8 4 4 1 0
21º   Pedro Castro (MEI) 7 1 6 0 0
22º   Waguininho (ATA) 6 3 3 0 0
23º   Vítor Leque   (ATA) 6 2 4 1 0
24º   Wágner Leonardo (ZAG) 5 2 3 0 1
25º   Bruno Rodrigues (ATA) 5 5 0 0 0
26º   Breno   (VOL) 5 2 3 0 0
27º   Chay (MEI) 4 3 1 2 0
28º   Pablo Siles (VOL) 4 2 2 0 0
29º   Miticov   (MEI) 4 2 2 0 0
30º   Stênio   (ATA) 3 1 2 1 0
31º   Marcelinho   (ATA) 2 1 1 0 0
32º   Jhosefer   (ATA) 1 0 1 0 0
33º   Luís Felipe (ZAG) 1 1 0 1 0
34º   Pedrão   (ZAG) 1 0 1 0 0
35º   Vítor Roque   (ATA) 1 0 1 0 0
36º   João Paulo (MEI) 1 1 0 0 0
37º   Wesley (LAT) 1 0 1 0 0
  •   - Jogador formado na Base

TécnicosEditar


Público e RendaEditar

Total
Público pagante Público presente Renda Bruta Ingresso médio
404.922 (média: 33.744) 448.238 (média: 37.353) R$ 15.976.900,04 (média: R$ 1.331.408,34) R$ 39,46

JogosEditar

Legenda
Vitória Empate Derrota

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar