Vitória 1x3 Cruzeiro - 13/11/2013

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 3x0 Escudo Grêmio.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 2x2 Escudo Ponte Preta.png
Por Campeonato Brasileiro 2013
Escudo Cruzeiro.png 3x0 Escudo Grêmio.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 2x2 Escudo Ponte Preta.png
No estádio Barradão
Escudo Vitória.png 0x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Vitória.png 0x1 Escudo Cruzeiro.png
Contra Vitória
Escudo Cruzeiro.png 5x1 Escudo Vitória.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 3x1 Escudo Vitória.png

[edit]

Escudo Vitória.png
Vitória
1 × 3 Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
34ª rodada do Campeonato Brasileiro 2013
Data: 13 de novembro de 2013 Local: Salvador, BA
Horário: 21:50 Estádio: Barradão
Árbitro: Paulo Henrique de Godoy Bezerra Público pagante: 27.168
Assistente 1: Neuza Inês Back Público presente: Não disponível
Assistente 2: Carlos Berkenbrock Renda: R$ 361.447,00 R$ 361.447 <br />Cr$ 361.447 <br />NCr$ 361.447 <br />Cz$ 361.447 <br />NCz$ 361.447 <br /> (preço médio: R$ 13,30 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Vitória: Cruzeiro:

1. Wilson 1. Fábio
2. Ayrton 32. Mayke
3. Victor Ramos Cartão amarelo recebido aos 8  (2T) 8'  (2T)   26. Dedé
4. Kadu 3. Léo
6. Juan Cartão amarelo recebido aos 42  (1T) 42'  (1T)   6. Egídio Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 23. Everton )
5. Marcelo Substituição realizada 18'(2T) de jogo 18'(2T) ( 14. Euller ) 11. Dagoberto Substituição realizada 26' (2T) de jogo 26' (2T) ( 7. Tinga )
8. Luis Cáceres 55. Leandro Guerreiro
7. Marquinhos 16. Lucas Silva
10. Renato Cajá Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 18. William Henrique Cartão amarelo recebido aos 23  (2T) 23'  (2T)   ) 41. Willian Cartão amarelo recebido aos 27  (2T) 27'  (2T)   Gol aos 36 do  (1T) 36'  (1T)
9. Dinei Gol aos 5 do  (2T) 5'  (2T) 31. Ricardo Goulart  Gol aos 35 do  (2T) 35'  (2T)
11. Escudero 9. Borges Cartão amarelo recebido aos 19  (2T) 19'  (2T)   Substituição realizada 19' (2T) de jogo 19' (2T) ( 10. Júlio Baptista Gol aos 25 do  (2T ) 25'  (2T ) )
Técnico: Ney Franco Técnico: Marcelo Oliveira
Reservas que não entraram na partida
Vitória: Cruzeiro:

Pré-Jogo

  • CLASSIFICAÇÃO: O Cruzeiro é o 1º colocado, com 71 pontos, 40 gols de saldo e 71,7% de aproveitamento. O Vitória é o 6º, com 51 pontos, 4 gols de saldo e 51,5% de aproveitamento.
  • AUSENTES no Cruzeiro: Bruno Rodrigo, Victorino, Martinuccio, lesionados, Nílton, poupado, Ceará, Everton Ribeiro, suspensos.
  • PENDURADOS no Cruzeiro: Egídio, Borges, Dagoberto, Mayke, Leandro Guerreiro, Souza e Vinícius Araújo.
  • BANCO do Cruzeiro: Rafael Monteiro (G), Paulão Caveirão (B), Francisco Everton (LE), Henrique, Souza, Tinga (V), Alisson, Elber, Júlio Baptista (M), Luan, Lucca, Vinicius Araújo (A).
  • AUSENTES no Vitória: Nino (L), Mansur (L), André Lima (A), Fabrício (B), lesionados.
  • PENDURADOS no Vitória: Alemão, Danilo Tarracha, Dinei, Luiz Gustavo, Maxi Biancucchi, Renato Cajá e Wilson.
  • BANCO do Vitória: Fernando Miguel, Renato Santos, Euller, Michel, Danilo Tarracha, Maxi Biancucchi, William Henrique, Luiz Gustavo, Neto Coruja, Alemão e Pedro Oldoni.
  • MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: “Com Henrique, o time ganha em saída de bola e apoio ao ataque. Com Leandro Guerreiro, o time ganha em marcação e na cobertura para as subidas de Mayke.”
  • NEY FRANCO, técnico do Vitória. “Temos grande possibilidade de entrar no G4 e vamos fazer tudo pra isso. É uma partida especial. Enquanto todos estão falando do título mineiro, nós queremos mostrar pra todo o Brasil o nosso trabalho, principalmente neste 2º turno. É uma boa chance pra quem quiser saber como o Vitória vem jogando. Eu me formei em Educação física, em Viçosa, mas minha pós-graduação e meu doutorado foram na Toca da Raposa.”
  • JUIZ:. Paulo Henrique Godoy Bezerra (SC) apitou 12 partidas neste Brasileiro. Médias: 4,8 cartões amarelos, 033, cartão vermelho, zero pênalti, 40,5 faltas. Médias do campeonato: 4,3 amarelos, 0,3 vermelho, 0,2 pênaltis, 34,7 faltas.

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 21h. Começa no Heriberto Hulse, Criciúma x AtléticoPR. Se não vencer, o Furacão sacramento o título do Cruzeiro.
  • 21h05. GOL. Fábio Ferreira. Criciúma 1×0 AtléticoPR.
  • 21h28. GOL. Wellington Paulista. Criciúma 2×0 AtléticoPR. WP desce pela esquerda e, da linha de fundo, cruza pra trás. João Victor chega antes e leva um rapa de Deivid. Pênalti claro. WP cobrou rasteirim, no canto esquerdo. Weverton, indeciso na escolha do canto, chega tarde e não alcança a bola.
  • 21h40. TIMES em campo. Cruzeiro todo de azul. Vitória com camisas de listras verticais brancas e [pretas, calções brancos, meias pretas, terceiro uniforme em homenagem aos tempos em que clube praticava o cricket, há 114 anos.
  • 21h50. COMEÇA o jogo. Cruzeiro, à direita das cabines, Vitória dá a saída.
  • 01. Ayrton desce pela direita, Lucas Silva corta pra lateral.
  • 02. NEY FRANCO, treinador do Vitória: “Estamos enfrentando o virtual campeão brasileiro, mas estamos em casa e temos que impor nosso ritmo de jogo pra vencer a todo custo.”
  • 03. Ayrton tenta sair do campo de defesa, mas acaba derrubado por Ricardo Goulart. Falta para o Vitória.
  • 04. Ayrton chuta de fora da área, bola passa por cima do travessão.
  • 05. Ayrton vai à linha de fundo, pela direita e cruza pra trás. Leandro Guerreiro corta pra escanteio.
  • 06. Vitória troca passes na defesa e quase se complica. Juan tenta limpar a área com um bico, mas é pressionado por Dagoberto, que corta. Tiro de meta pro Vitória.
  • 07. Escudero lança Marquinhos, que não consegue dominar a bola, dentro da área.
  • 08. Juan desce a ripa em Ricardo Goulart, que cai fora de campo queixando-se de dores no tornozelo direito.
  • 09. Escudero lança Marquinhos, mas exagera na força. Egídio protege a saída da bola pera a linha de fundo.
  • 10. Egídio desce pela meiesquerda e vira o jogo pra Dagoberto na ponta direita. Vitória fecha todas as portas e a jogada dá em nada.
  • 11. PERIGO. Marquinhos entra na área celeste, pela direita e cruza rasteiro, Fábio salta, mas não alcança a bola, que atravessa a pequena área e fica com Leandro Guerreiro na lateral direita.
  • 12. BLITZ. Goulart, Borges e Dagoberto trocam passes dentro da área baiana, mas nenhum consegue o arremate em meio a tantos defensores.
  • 13. Dagoberto chuta de longe, pra fora.
  • 14. Marquinhos chuta de fora da área, torto, pra linha de fundo.
  • 15. Marquinhos chuta, bola acerta o braço de Leo Simões. Não houve intenção, portanto, não foi pênalti.
  • 16. Marquinhos realiza outra ótima jogada pela direita, Fábio não consegue fazer a defesa, arma-se a bagunça na área celeste até que Leo Simões despache a bola.
  • 17. DEFESAÇA. Dinei arremata contrataque rubro-negro com chute cruzado, que Fábio defende com dificuldade evitando a queda de seu arco.
  • 18. Vítor Ramos desce a ripa em Egídio. Falta feia, que o juiz catarina não pune com cartão amarelo.
  • 19. Willian cobra falta, pela esquerda, defesa vitorina corta, Egídio apanha o rebote e passa a Willian, que cruza com perigo e consegue um escanteio.
  • 20. MALABARISTA. Humberlito Borges arremata de voleio. Bola sai tirando tinta no poste direito do arco vitorino.
  • 21. CAPRICHO. Só 4 passes errados, até aqui.
  • 22. Mayke cobra escanteio, cruzando a bola sobre a área, Borges cabeceia, Wilson defende.
  • 23. DEFESAÇA. Leandro Guerreiro perde a bola, que fica com Marquinhos, livre na cara do gol. O chute sai forte, à queimarroupa, que Fábio, simplesmente, encaixa, como se fosse a defesa mais normal do mundo.
  • 24. BOB FARIA, comentarista da Globo, pede Fábio na Seleção: “Felipão, vc está vendo isto? Viu o campeonato todo? “
  • 25. Cruzeiro ataca pela direita, com troca de passes e consegue um escanteio.
  • 26. Marquinhos, mais uma vez, desce em alta velocidade pela direita, mas cruza alto demais e Dinei não alcança a bola.
  • 27. Marquinhos vai à linha de fundo, pela direita, e cruza pra trás. Escudero, na entrada da área, enche o pé. Bola passa por cima do travessão.
  • 28. Paulo Baier marca pro AtléticoPR, em Criciúma. Agora, Criciúma 2×1.
  • 29. PREOCUPAÇÃO. Repórter da Globo diz que a todo momento o banco do Cruzeiro pede o resultado do jogo em Criciúma. estão todos nervosos.
  • 30. INACREDITÁVEL. Juan, livre do lado esquerdo da área celeste, ajeita pra Dinei , que livre, na marca do pênalti, chuta rasteiro. Bola sai rente ao poste direito do arco celeste.
  • 32. Marquinhos invade a área e cruza no segundo poste, Renato Cajá estica a perna, toca na bola e atrapalha Ayrton, que se preparava pra arrematar.
  • 33. BOB FARIA, comentarista da Globo: “Mayke não sabe se marca no meiocampo ou lateral. O Vitória joga em velocidade pelos lados e o Cruzeiro não consegue acompanhar. O Cruzeiro quer diminuir o ritmo da partida, mas o Vitória quer continuar correndo.”
  • 34. Marquinhos desce pela meiesquerda, ginga na frente de Borges e lança Ayrton do lado oposto. Tiro de meta.
  • 35. GOL. Dagoberto vence disputa com Vítor Ramos na intermediária do Vitória e lança Willian, que entra na área e toca rasteiro com a direita, na saída de Wilson. Cruzeiro 1×0.
  • 36. 70º gol do Cruzeiro neste campeonato, 7º de Willian.
  • 37. FOGUETÓRIO. BH explode.
  • 38. Mayke ataca pela direita, mas é desarmado por Kadu.
  • 40. Dagoberto cobra escanteio, pela direita, Leo Simões cabeceia, bola sai pela linha de fundo.
  • 41. Willian passa por três vitorinos, na entrada da área baiana, e rola pra Ricardo Goulart, que arremata torto, pra fora.
  • 42. Ayrton chuta de longe, mas pega mal na bola, que desaparece no horizonte.
  • 43. AMARELO. Juan, por falta em William.
  • 44. SURPREENDENTE. Ayrton cruza da direita, com muita curva. Bola cai em cima da risca, Fábio defende, com os pés dentro de seu arco e as mãos esticadas pra mostrar, que a bola ficou do lado de fora.
  • 45. FIM de 1º tempo. Cruzeiro suportou pressão do Vitória, que atacou muito pela direita com Marquinhos e, em jogadas certeiras também criou chances, uma delas convertida por Willian. Jogo equilibrado.

Segundo Tempo

  • LUCAS SILVA, volante do Cruzeiro: “Só depende da gente. Estamos fazendo nosso trabalho. Vamos administrar no segundo tempo, sem se expor muito.”
  • AYRTON, lateral direito do Vitória: “Não temos nada a perder. Temos que ir em busca da vitória, como fizemos em outras partida.”
  • BORGES, centroavante do Cruzeiro: “Tivemos oportunidade, o Vitória também teve. Estamos de parabéns. Vamos agora administrar o jogo.”
  • RENATO CAJÁ, meia do Vitória: “A gente precisa fazer o gol para buscar os três pontos. Podemos reverter. Vamos voltar com ritmo forte pra tentar vencer.”
  • DEDÉ, beque do Cruzeiro: ‘Tudo certo. Demos sorte. A equipe do Vitória errou a finalização, mas é capacitada para fazer. São perigosos. Demos bobeira.”
  • 22h57. Fim de jogo em Criciúma: Criciúma 2×1 AtléticoPR. Cruzeiro é tricampeão brasileiro.
  • 22h58. Dentro de campo, à espera do início da etapa final, jogadores do Cruzeiro se abraçam comemorando título.
  • 22h59. COMEÇA o 2º tempo. Cruzeiro dá a saída.
  • 00. TROCAS: Egídio x Luan, Renato Cajá x William Henrique.
  • 46. MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: “Estou muito feliz, mas precisamos melhorar muito pra ganhar este jogo; o 1º tempo foi um grande sufoco.”
  • 47. Ricardo Goulart chuta com força, de fora da área. Bola passa por cima do travessão.
  • 48. Lucas Silva marca Cáceres de perto e comete falta.
  • 49. Ayrton desce pela direita, Leandro Guerreiro corta pra lateral.
  • 50. GOL. Escudero lança Dinei, que entra livre na área e divide com Fábio. a bola bate no goleiro, volta na canela do atacante e toma o rumo da rede. Vitória 1×1.
  • 51. Foi o 11º gol do artilheiro do Vitória.
  • 52. Torcida do Vitória se enche de entusiasmo e faz muito barulho no Barradão.
  • 53. AMARELO. Vítor Ramos, por falta em Francisco Everton.
  • 54. MÍSSIL. Lucas Silva solta uma bomba de fora da área, Wilson espalma pra escanteio.
  • 55. Marquinhos passa por Dagoberto e, da direita, cruza buscando Dinei, que não alcança a bola.
  • 56. Marquinhos tenta jogada pela direita, mas é cercado por Leo Simões e Lucas Silva e fica sem a bola.
  • 57. Marquinhos tenta passar por leo Simões, dentro da área celeste. Não consegue e a inda fica sem a bola, cortada por Willian.
  • 58. Dinei passa o rodo em Dagoberto, que cai e desloca o dedo da mão direita.
  • 59. Dagoberto sai de campo no carromaca.
  • 60. Dagoberto, após ser atendido pelo Dr. Sérgio Freire, volta a campo.
  • 61. ALUGUEL. Vitória aluga o campo de defesa do Cruzeiro, que se fecha à espera de uma oportunidade de contrataque.
  • 62. Mais de 27 mil presentes no Barradão. Pelo menos 2 mil são cruzeirenses.
  • 63. Marquinhos ataca pela direita, entra na área, mas Leo Simões aparece pra ceder escanteio.
  • 64. AMARELO. Borges por demorar a sair de campo ao ser substituído. Ele está fora do jogo contra a Ponte Preta.
  • 65. TROCA. Borges x Júlio Baptista.
  • 66. Juan chuta cruzado, da esquerda, Fábio voa espalma.
  • 67. DEFESAÇA. William Henrique limpa a bequeira e ,de dentro da área, enche o pé. Fábio encaixa a bola.
  • 68. TROCA. Marcelo x Euller.
  • 68’30”. MARELO. William Henrique, por uma rsteira em Francisco Everton, que puxava contrataque.
  • 69. DEFESAÇA. Dinei recebe passe de William Henrique e fica na frente de Fábio. O chute sai rasteiro no contrapé de Fábio, que consegue espalmar no reflexo.
  • 70. GOL. Dagoberto recebe passe de Willian, nas costas da bequeira, dá dois passos e, na saída de Wilson, rola pra Júlio Baptista empurrar a bola pra rede. Cruzeiro 2×1.
  • 70’30”. 71º gol do Cruzeiro no Brasileiro, 5º de Júlio Baptista.
  • 71. AMARELO, Willian, por reclamação.
  • 72. TROCA. Dagoberto x Tinga.
  • 73. Júlio Baptista passa a Francisco Everton, que corre pela esquerda e cruza. Defesa vitorina corta.
  • 74. Dinei disputa com Leo Simões, pelo alto no meiocampo. O beque celeste se fere no rosto e fica sangrando
  • 75. Leo Simões sai de campo pra receber atendimento médico.
  • 76. Ayrton cruza da direita, Mayke corta de cabeça.
  • 77. BALIZA. Kadu, dentro da área, acerta uma bomba, no travessão. Bola cai na frente de Fábio, que fica com ela.
  • 78. PIT STOP. Leo Simões continua sendo atendido fora de campo.
  • 79. Willian chuta a gol, bola desvia em Kadu.
  • 80. GOL. Troca de passes do Cruzeiro na área do Vitória. Ricardo Goulart finaliza com um toque enjoado, de curva. Wilson só assiste a bola entrar à sua esquerda. Cruzeiro 3×0.
  • 80’30”. 72º gol do Cruzeiro no Brasileiro, 10º de Ricardo Goulart, que se iguala a Borges na artilharia celeste.
  • 81. TORCIDA celeste faz festa no Barradão.
  • 82. TROCA. Ayrton x Pedro Oldoni.
  • 83. Tinga desarma Marquinhos e sai jogando com Mayke.
  • 84. Escudero joga bola na área, Leo Simões corta de cabeça.
  • 84’30”. William Henrique chuta de fora da área e assusta Fábio, que cai pra fazer a defesa, mas só vê a bola passando ao lado da baliza.
  • 85. FUZARCA, Reservas do Cruzeiro fazem tremenda festa, a ponto de incomodarem o quarto árbitro, que vai ao canco tentar, em vão, acabar com a balbúrdia.
  • 86. DEFESAÇA. William Henrique aparece na área, aproveita cruzamento de Marquinhos e chuta forte. Fábio faz grande defesa.
  • 87. OLÉ! Torcida celeste canta, com apoio dos remanescentes da torcida rubronegra.
  • 88. Leandro Guerreiro lança Ricardo Goulart, na pontadireita. Bandeira marca impedimento.
  • 89. Cruzeiro troca passes na pontesquerda.
  • 90. Francisco Everton recebe uma paulada na pontesquerda. Juiz para o jogo pra acalmar os derrotados.
  • 91. MVP. Fábio defendeu até pensamento.
  • 92. Bola na área celeste, Dedé corta de cabeça.
  • 93. FIM de jogo. Cruzeiro, espetacular, superou um momento de desatenção no início do 2º tempo, pra marcar a conquista do tricampeonato com uma vitória marcante.
  • NÚMEROS: Finalizações: Vitória 19×2. Roubadas de bola: Vitória 18×5. Passes errados: Vitória 18×15. Faltas: Vitória 16×12. Defesaças: Fábio 5×0 Wilson.

Vídeos

Melhores momentos

Atuações

  • TORCIDA celeste ocupou seu espaço e fez muita festa no Barradão. Só não havia faixas de organizadas. Por quê?
  • FÁBIO deu sua aula de sempre, com defesaças que começam a parecer fáceis devido a seu apurado senso de colocação, e contou com a baliza, de novo, pra não levar gol.
  • MAYKE aprendeu com seu mestre Ceará, a fazer cobertura da bequeira e, pelos lados do campo, marcou e atacou com a desenvoltura de sempre.
  • DEDÉ, sem erros.
  • LEO SIMÕES fez boa cobertura da lateral esquerda, foi beque de espera e venceu quase todos os duelos diretos com os atacantes do Vitória.
  • EGÍDIO foi ao ataque e produziu várias jogadas bem articuladas com Dagoberto, Goulart, Ribeiro e Borges.
  • FRANCISCO EVERTON mostrou personalidade pra cuidar da marcação e atacar.
  • LEANDRO GUERREIRO, discreto, manteve-se como cão de guarda da defesa.
  • LUCAS SILVA marcou e jogou com desenvoltura de meia.
  • WILLIAN fez um gol de quem tem faro, criou jogadas de perigo pros defensores vitorianos, participou intensamente do jogo.
  • RICARDO GOULART, o monstro de sempre, correndo, recompondo, criando e até marcando um golaço com um tapa enjoado na bola.
  • DAGOBERTO fez outra bela partida e voltou a brilhar intensamente nas comemorações.
  • TINGA trabalhou sério num jogo festivo.
  • BORGES quase marca outro gol espírita, coisa de capoeirista ungido por divindades do candomblé.
  • JÚLIO BAPTISTA deu uma amansado no jogo, com toques precisos, mas sem pressa.
  • MARCELO OLIVEIRA vive seu melhor momento no futebol, melhor até do que nos tempos de jogador. Montou um timaço capaz de acabar com sua barriga. Ou aquela ginástica a cada gol não consome centenas de calorias?
  • CRUZEIRO fez outra partida em que combinou consciência tática, técnica individual e, porque também é filho de Deus, sorte em momentos de perigo.
  • VITÓRIA justificou sua boa campanha com organização tática e jogadores capazes de desfechar contrataques letais. Falta-lhe, contudo, um ser pensante na meiúca.
  • JUIZ & Cia.: Os sete mandaram muito bem.

O que foi dito

  • Marcelo Oliveira, treinador do Cruzeiro: Vim pro Cruzeiro sem ouvir muito o que as pessoas falavam, vim porque confiava no trabalho e não por causa de empresário ou padrinho, nada disso. Fizemos tudo certo, o trabalho foi uma comunhão de coisas boas que nos levou ao título. Estou muito feliz e acho importante uma sequência. Mas é preciso haver acordo e combinação de interesses. Vamos comemorar muito com os jogadores, que mereceram pelo comprometimento. A família está sempre junto e o apoio do torcedor é preponderante em uma competição como essa. Ganhar em casa é fundamental, o torcedor encheu o Mineirão e apoiou o time. Só temos a agradecer e espero que essa parceria com a torcida se prolongue por mais tempo.
  • Dagoberto, atacante do Cruzeiro: Comemora, torcedor! Você merece, sabe da importância que tem em cada jogo e treino. Retribuímos tudo dentro de campo, para que isso se realizasse. A torcida está muito feliz, vibrando nas ruas, no lar, mas com paz e alegria. É uma alegria imensa. Não vamos deixar coisas ruins atrapalharem a gente. Vamos nos preocupar com a nossa comemoração. Deixa o vizinho pra lá, gente. vamos nos preocupar em comemorar nosso título. Esqueçam os outros. Trabalhei e conquistei alguns títulos. Acho que você tem de estar sempre com fome, não pode parar. Temos que colocar Deus acima de tudo, pra guiar as nossas vidas. Quando a gente faz isso, as coisas fluem, superamos outros problemas de forma bacana.
  • Ney Franco, técnico do Vitória: O momento é de frustração, vestiário triste, mas os jogadores podem ir pra casa com a consciência tranqüila. Esforçaram-se, correram, criaram oportunidades. Em alguns momentos, a gente não fez o gol porque não teve felicidade de finalizar bem, mas em outros não saiu o gol por causa da boa atuação de Fábio. A equipe jogou muito bem, mas isto fica mascarado porque perdeu. Infelizmente, hoje, a bola não entrou muito em função de no outro lado ter um goleiro que, em minha opinião, é o melhor do Brasil. Nós procurávamos a vitória o tempo todo. Foi um jogo aberto, bem disputado, mas no final, o que valeu foi a marca do Cruzeiro no campeonato.
  • Diego Barreto, no jornal A Tarde, de Salvador: Partida digna de final de campeonato. Em um jogo aberto, com claras chances de gols dos dois lados, o Vitória foi derrotado para o Cruzeiro por 3×1 no Barradão, e viu o adversário levantar a taça do Brasileirão de forma antecipada. Apesar da pressão rubronegra, principalmente na 1ª etapa, o Leão não segurou a eficiência do poder de fogo do melhor ataque do torneio e sofreu o primeiro revés em casa no segundo turno -o segundo no campeonato.
  • Danilo_vix, no PHD: Feliz demais da conta! Tão longe e com tanta vontade de estar no Brasil! Mas realizado por ter tido a chance de acompanhar ao menos um jogo dessa campanha, in loco, Cruzeiro 5×1 Vitória no Mineirão. É impagável poder cantar em plenos pulmões junto da nação azul!!! Estou muito emocionado com esse time, com esse momento! Agradeço ao PHD e ao Cruzeiro.org por me darem essa proximidade com o time e com meus amigos cruzeirenses que fazem esses momentos mais inspiradores e emocionantes.
  • Matheus Penido, no PHD: Confesso que nem prestei muita atenção no 2º tempo. Ontem à noite, assisti ao VT completo e vi boas atuações, especialmente, de Mayke, Lucas Silva e Willian. Mas todos jogaram num bom nível, aliás, em poucas partidas do campeonato o Cruzeiro teve atuações individuais que comprometessem o time. Aliás, um comentário que eu não posso deixar de fazer: Lucas Silva está virando mestre nas viradas de bola, a cada dia joga com mais naturalidade o garoto.

Fontes

Transmissão

  • Globo Minas
  • Sportv