Villa Nova-MG 0x4 Cruzeiro - 28/04/2013

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Tupi.png 0x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Resende.png 1x2 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Mineiro
Escudo Tupi.png 0x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 1x0 Escudo Villa Nova-MG.png
No estádio Castor Cifuentes
Escudo Villa Nova-MG.png 2x4 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Villa Nova-MG.png 0x3 Escudo Cruzeiro.png
Contra Villa Nova-MG
Escudo Villa Nova-MG.png 2x4 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 1x0 Escudo Villa Nova-MG.png

[edit]

Escudo Villa Nova-MG.png
Villa Nova-MG
0 × 4 Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
Jogo de ida - Quartas de final do Campeonato Mineiro 2013
Data: 28 de abril de 2013 Local: Nova Lima, MG
Horário: 16h Estádio: Castor Cifuentes
Árbitro: Igor Junio Benevenuto Público pagante: 2.789
Assistente 1: Marcus Vinícius Gomes Público presente: Não disponível
Assistente 2: Pedro Araújo Dias Cotta Renda: R$ 68.570,00 R$ 68.570 <br />Cr$ 68.570 <br />NCr$ 68.570 <br />Cz$ 68.570 <br />NCz$ 68.570 <br /> (preço médio: R$ 24,59 )
Súmula: Súmula e Borderô
Escalações
Villa Nova-MG: Cruzeiro:

1. William Nobre 1. Fábio
2. Rodrigos Dias Substituição realizada 2T de jogo 2T ( 6 ) 32. Mayke
3. Heitor 3. Léo
4. Marco Tiago Cartão amarelo recebido aos 8  (1T) 8'  (1T)   Cartão amarelo recebido aos 44  (2T) 44'  (2T)   Cartão vermelho recebido aos 33. Bruno Rodrigo
5. Cléber Monteiro 55. Leandro Guerreiro Cartão amarelo recebido aos 45  (2T) 45'  (2T)  
6. Hyago Substituição realizada 19'(2T) de jogo 19'(2T) ( 13. Maurim ) 23. Everton
7. Max Carrasco 19. Nilton Cartão amarelo recebido aos 41  (1T) 41'  (1T)  
8. Marcelo Rosa Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 14. Evaldo ) 17. Éverton Ribeiro  Gol aos 20 do  (1T) 20'  (1T) Gol aos 16 do  (2T) 16'  (2T) Substituição realizada 26' (2T) de jogo 26' (2T) ( 7. Tinga )
9. Eraldo 99. Anselmo Ramon Substituição realizada 18' (2T) de jogo 18' (2T) ( 30. Vinícius Araújo )
10. Tchô 10. Diego Souza  Gol aos 23 do  (1T) 23'  (1T) Gol aos 36 do  (2T) 36'  (2T)
11. Rafael Gomes Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 18. William Araujo ) 11. Dagoberto Substituição realizada 17' (2T) de jogo 17' (2T) ( 31. Ricardo Goulart )
Técnico: Alexandre Barroso Técnico: Marcelo Oliveira
Reservas que não entraram na partida
Villa Nova-MG: Cruzeiro:

Pré-Jogo

  • Classificação: O Cruzeiro terminou a fase classificatória em 1º, com 31 pontos, 10 vitórias, 1 empate, 31 gols pró, 9 contra. O Villa Nova ficou em 4º, com 18 pontos, 5 vitórias, 3 empates, 3 derrotas, 15 gols pró, 11 contra.
  • Situação: O Cruzeiro joga por dois empates pra disputar as finais do Mineiro 2013.
  • Ausentes no Cruzeiro: Henrique (V), Martinuccio (A), Lucca (A), Victorino (B), lesionados, e Borges (A), suspenso.
  • Ausentes no Villa Nova: Thiago Braga (G) e Henrique (A), lesionados.
  • Banco do Cruzeiro: Rafael Monteiro, Egídio, Paulão Caveirão, Tinga, Elber. Ricardo Goulart, Vinícius Araújo.
  • Banco do Villa Nova: Pedro Henrique, Maurim, Rodrigo Siqueira, Evaldo, Renan, Felipe Canavan, William Araujo.
  • Marcelo Oliveira, técnico do Cruzeiro: “Não há favoritismo. O Cruzeiro é candidato ao título por tudo que realizou até então, mas precisa concretiza agora na fase decisiva. Estamos confiantes, fortes, não só no Mineiro, mas pra fazer ótima temporada, quem sabe inesquecível. É um grupo bom, ainda em formação ainda, mas com um banco que faz diferença. Esperamos o título, que fortaleceria muito trabalho.”
  • Alexandre Barroso, técnico do Villa Nova: “Um jogo muito difícil. O fato de o Villa jogar em Nova Lima pode ser positivo, em medida que nós conhecemos o gramado. Temos que errar menos do que erramos na partida da primeira fase, porque tivemos bom desempenho no jogo, mas falhamos muito e propiciamos a vitória do Cruzeiro.”
  • Escrita: A última vitória do Villa Nova neste clássico foi em 28fev99, por 2×0, pela Copa dos Campeões Mineiros. Desde então aconteceram 19 jogos, com 12 vitórias do Cruzeiro e sete empates.

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 16h06. Começa o jogo. Villa Nova, à direita das cabines, dá a saída.
  • 01. Villa aposta na inexperiência de Mayke e ataca em massa pela esquerda. Depois de dois laterais, Bruno Rodrigo limpa a área.
  • 02. Defesaça! Em três toques, Cruzeiro sai da defesa à marca do pênalti da área do Leão. Diego Souza chuta à queima-roupa, William Nobre faz grande defesa.
  • 03. Defesaça! Troca de pases sensacional do ataque celeste. Ribeiro recua de calcanhar, Francisco Everton enche pé, William Nobre defende com imensa dificuldade.
  • 04. Everton Ribeiro enfileira na entrada da área e enche o pé. Bola por cima do travessão.
  • 05. Diego Souza arremata de bicicleta, bola sai à esquerda.
  • 06. Amarelo! Marco, por segurar Everton Ribeiro.
  • 07. Bola sobre a área do Villa, Leo Simões cabeceia, bola passa por cima do travessão.
  • 08. Rodrigo Dias desce o porrete em Anselmo Ramon , na ponta esquerda celeste.
  • 09. Baliza! Francisco Everton cobra falta, Diego Souza cabeceia, bola acerta o poste direito.
  • 10. Rodrigo Dias arremata com chute cruzado. Tiro de meta pro Cruzeiro.
  • 11. Leandro Guerreiro passa o rodo em Tchô. Villa pede amarelo, juiz só marca falta.
  • 12. Dagoberto laná Francisco Everton, na ponta esquerda. Tiro de meta pro Villa.
  • 13. Hyago cobra falta jogando a bola sobre a área. Leandro Guerreiro corta, de cabeça.
  • 15. Tchô cobra falta, com bola sobre a área. Guerreiro corta.
  • 16. Diego Souza é derrubado por Cleber Monteiro. Falta frontal.
  • 18. Baliza! Diego Souza cobra falta com chute forte, de curv. Bola quica na área e acerta, novamente, o poste direito.
  • 19. Marcelo Rosa derruba Everton Ribeiro, na meia lua. Falta perigosa.
  • 20. Gol! Francisco Everton cobra falta con chute rasteiro à dureita da barreira. Bola passa entre as pernas de Heitor e entra no canto direito. william Nobre salta, mas não consegue defender. Cruzeiro 1×0.
  • 21. Finalizações: Cruzeiro 8×1.
  • 22. Gol! Diego Souza chuta da meia-lua, Nobre voa, mas não chega a tempo. Bola entra no canto direito. Cruzeiro 2×0.
  • 23. Som! Bandinha do Villa não para de tocar um só minuto.
  • 24. Hyago cobra falta, Fábio tira bola de soco.
  • 25. Bruno Rodrigo cai e tem de sair de campo pra ser atendido.
  • 26. Rodrigo Dias cruza da direita, Bruno Rodrigo corta de cabeça.
  • 27. Villa sai em contra-ataque, Guerreiro toma bola de Rafael Gomes e sia jogando.
  • 28. Nílton chuta de longe, bola passa perto do arco do Villa.
  • 29. Cada time tem 50% de posse de bola. Chutes a gol: Cruzeiro 11×2.
  • 30. Francisco Everton chuta cruzado, William Nobre defende.
  • 31. Villa tenta entrar duas vezes na área celeste, sem sucesso. Tchô está mal, Leão não tem inspiração.
  • 32. Balotelli de Nova lima. Marcelo Rosa, apodado Balotelli, choca-se com Nílton e fica estendido no chão.
  • 33. Anselmo Ramon troca camisa rasgada em disputa com Marco Tiago na área do Villa.
  • 34. Rafael Gomes cruza da direita, Fábio defende.
  • 35. Dagoberto chuta de longe, bola sai pela linha de fundo.
  • 36. Gol! Diego Souza recebe passe de Dagoberto e chuta forte, rasteiro. Bola entra no canto direito de William Nobre, que só observa a bola beijar a rede. Cruzeiro 3×0.
  • 37. Nílton cobra falta com uma bomba, que explode na barreira.
  • 38. Nílton e Eraldo dividem uma bola e ficam caídos. Nílton sai pra ser atendido.
  • 40. Amarelo! Nílton, pela flata que não cometeu.
  • 41. Maike bate cabeça com Marcelo Rosa e cai com a boca sangrando. Atendimento em campo.
  • 42. Mayke sai de campo na maca.
  • 43. Jogo muito disputado no meio de campo, com marcação forte dos dois times.
  • 44. Eraldo chuta de fora da área, bola desvia na defesa. Escanteio.
  • 45. Villa toca bola. Não tem como escapar da forte marcação celeste.
  • 45+1. Mayke volta a campo e já tenta jogada pela direita.
  • 45+2. Cruzeiro tem escanteio pela direita, mas enseba e não consegue cobrar.
  • 45+3. Fim de 1º tempo.
  • Tchô: “Não foi o que a gente fez no campeonato inteiro. Agora, é melhorar no segundo tempo para diminuir a diferença.”
  • Diego Souza: “Conseguir aproveitar bem o espaço dentro da área e marcar.”

Segundo Tempo

  • 17h10. Começa o 2º tempo. Cruzeiro dá a saída.
  • 00. Trocas: Marcelo Rosa x Evaldo, Rafael Gomes x William Araújo.
  • 46. Villa toma a inciativa. Fábio manda a defesa sair de sua área.
  • 47. Mayke dispara pela direita, entra na área e cruza. Anselmo Ramon chega embolado com a bequeira do Leão e arremata. Bola sai torta e vai pela linha de fundo.
  • 48. Defesaça! Tchô cobra falta pela esquerda, Heitor sobe mais ue Bruno Rodrigo e cabeceia forte, da risca da pequena área. Fábio salta e faz uma defesa impressionante.
  • 49. Defesaça! Diego souza recebe de Everton Ribeiro, entra na área e solta uma boba. William Nobre espalma pra escanteio.
  • 50. Baliza! Escanteio da esquerda, Bruno Rodrigo cabeceia, bola no travessão do Villa.
  • 51. Amarelo! Rodrigo Dias, por reclamação.
  • 52. Finalizações: Cruzeiro 16×4. Diego Souza arrematou 7 vezes.
  • 53. Mudança tática. Jogando com 3 beques, Villa libera os laterais e pressiona mais.
  • 54. Tchô passa por Leo Simões, vai à linha de fundo e cruza. Eraldo cabeceia, bola passa por cima do travessão.
  • 55. Que desperdício! Diego Souza arranca da intermediária, entra na área, dribla duas vezes o goleiro e rola pra Anselmo Ramon, que muito marcado não pode concluir.
  • 56. Anselmo Ramon e Marco Tiago se enroscam na área e caem. Cruzeiro pede pênalti, comentarista da Globo, Marcio Rezende de Freitas, diz que não foi.
  • 57. Tchô costura dentro da área, Leo Simões aparece e fica com a bola.
  • 58. Dagoberto passa a Anselmo Ramon. Bandeira dá impedimento que não houve.
  • 59. Bandinha do Villa não para de tocar marchinhas de carnaval um segundo sequer.
  • 60. Eraldo cobra falta frontal, bola fica na barreira celeste.
  • 61. Gol! Everton Ribeiro entra na área, dribla dois marcadores e chuta rasteiro. Bola entra no esquerdo. Cruzeiro 4×0.
  • 62. Troca. Dagoberto x Ricardo Goulart.
  • 63. Anselmo Ramon x Vinícius Araújo.
  • 64. Troca. Hyago x Maurim.
  • 65. Tchô cobra falta pela direita, Bruno Rodrigo corta, de cabeça.
  • 66. Maurim faz boa jogada pela esquerda e cruza rasteiro. Bola sai pela linha de fundo, pelo lado oposto.
  • 67. Maurim volta a cruzar da esquerda, bola passa por cima do travessão.
  • 68. Bruno Rodrigo lança Everton Ribeiro, que passa a Diego Souza. Max Carrasco aparece e desarma o cruzeirense.
  • 69. Leandro Guerreiro desarma William Araújo e sai jogando.
  • 70. Atacante do Villa fica caído, mas não é nada grave.
  • 71. Troca. Everton Ribeiro x Tinga.
  • 72. Marcação cerrada! Cruzeiro simplesmente não permite que o Villa troque passos.
  • 73. Tchô recebe passe no meio de campo e liga o contra-ataque com William Araújo, que perde a bola pra Tinga.
  • 74. Vinícius Araújo recebe lançamento na entrada da área, mas está impedido.
  • 75. Em seu 100º jogo com a azul-estrelada, o volante Leandro Guerreiro faz ótima partida.
  • 76. Rodrigo Dias cobra escanteio pela direita, bola atravessa a área celeste, pelo alto, e sai pela lateral.
  • 77. Mayke cruza da direita, William Nobre defende.
  • 78. Tchô passa por Tinga e chuta. Bola bate em Leo Simões, que aparece na cobertura.
  • 79. Maurim cobra falta pela esquerda, Guerreiro corta.
  • 80. Tinga faz duas jogadas pela direita mas seus cruzamentos são interceptados pela defesa do Leão.
  • 81. William Araújo cruza da direita, Eraldo cabeceia pra trás. Bom pra defesa celeste.
  • 82. Vinícius Araújo recebe lançamento, mas está impedido.
  • 83. Tchô chuta cruzado, bola sai à direita de Fábio.
  • 84. Max Carrasco chuta de fora da área. Bola sai por cima do travessão.
  • 85. Max Carrasco cruza da direita, bola sai pela linha de fundo, do lado oposto.
  • 86. Cruzeiro não quer mais jogo. Só enrola.
  • 87. Leandro Guerreiro dribla um adversário, dentro da área celeste, e sai jogando com categoria.
  • 88. Amarelo e Vermelho! Marco Tiago por falta em Vinícius Araújo.
  • 89. Ricardo Goulart cruza da esquerda, Evaldo corta.
  • 90. Amarelo! Leandro Guerreiro por falta em Tchô.
  • 91. Diego Souza cobra falta frontal, bola sai à direita de William Nobre.
  • 91’30. MVP! Diego Souza. Foi centroavante em muitos momentos, finalizou várias vezes, sempre com imenso perigo para o goleiro William Nobre.
  • 92. Fim de jogo.
  • William Nobre: “Não tem o que falar…”
  • Diego Souza: “Não importa quem fez o gol, importante é a vitória.”

Vídeos

Melhores momentos
Gols

Atuações

  • Torcida compareceu em bom número, embora não tenha lotado os espaço que lhe foi destinado, e apoiou o time.
  • Fábio frustrou, com uma defesa sensacional, a única chance do Villa. E foi correto em todas as demiais intervenções.
  • Mayke soube a hora certa de atacar e quando o fez caprichou nos cruzamentos. Marcou bem e só teve dificuldades com as jogadas de Maurim no final da partida.
  • Leo Simões tomou conta da área, impedindo que o perigoso Eraldo se arrumasse em saus imediações.
  • Bruno Rodrigo, além de tudo oq ue fez seu parceiro de bequeira, mandou uma bola no travessão.
  • Francisco Everton, no 1º tempo, marcou mais do que atacou, pois Marcelo Oliveira ainda se lembrava do trabalhão que o lado direito do Villa havia dado nos 4×2. Mesmo assim, apareceu pra jogadas de linha de fundo e ao menos uma boa finalização.
  • Leandro Guerreiro fez de sua centésima partida com a azul-estrelada uma aula de proteção à bequeira. Só não foi melhor do que Diego Souza e Everton Ribeiro, que decidiram o jogo.
  • Nílton ainda não calibrou seu famoso chute de média e longa distância, mas marcou muito bem, impedindo, junto com Guerreiro, que Tchô armasse jogadas de ataque. Os dois engoliram o meiod e campo do Villa.
  • Tinga entrou pra jogar, mesmo com a partida decidida. Marcou muito e tento, embora sem sucesso, armar e concluir jogadas de ataque.
  • Everton Ribeiro abriu o placar com gol de falta, artigo raro em jogos do Cruzeiro, nos últimos anos. Deu muito trabalho à defesa do Villa com arrancadas, tabelas e passes. No 2º tempo, marcou outro gol. Golaço.
  • Diego Souza com sete finalizações, duas bolas na baliza, dois gols e algumas arrancadas espetaculares, foi o melhor em campo. Ah, sim, antes que eu meesqueça; revezou na centroavância com Anselmo ramon e mostrou que, ali na zona do agrião, é uma fera. /// Foi sua melhor partida pelo Cruzeiro. (Marcelo Oliveira)
  • Dagoberto fez outra boa partida, pela ponta ou pela meia esquerda. Inclusive com jogadas de ultrapassagem em parceria com Francisco Everton.
  • Vinícius Araujo tentou deixar sua marca, mas time já não estava muito entusiasmado com a partida quando ele entrou e as jogadas trabalhadas estavam suspensas.
  • Ricardo Goulart não teve muito o que fazer, pois entrou na fase de administração da partida.
  • Anselmo Ramon movimentou-se basante, deixando espaços para as chegadas dos meias.
  • Marcelo Oliveira avisou, antes da partida, como seu time ia jogar. Dito e feito. Tá no comando.
  • Juiz & Bandeiras não tiveram problemas num jogo de um time só. Mesmo assim, erraram um impedimento e deixaram de marcar um pênalti, ambos os lances em prejuízo do Cruzeiro.
  • Cruzeiro fez sua melhor atuação na temporada. Pressionou a saída de bola do Villa, resolveu logo a partida e ensebou a partir da metade do 2º tempo.
  • Villa Nova não viu a cor da bola. No 1º tempo, sucumbiu à pressão celeste em sua saída de bola. No 1º, com três beques, soltou os laterais e criou duas ou três boas jogadas. Max Carrasco foi o melhor do time. Quem bateu um bolão foi a bandinha, que tocou o tempo todo, sem olhar pro placar que, por sinal, é de campo de várzea.

O que foi dito

  • Marcelo Oliveira, treinador do Cruzeiro: Há 4 jogos, não tomamos gols e criamos muito. Tendo a bola alguma coisa sairia. O time não foi perfeito, isso não existe, mas foi muito consciente na marcação e no ataque. No 2º tempo, relaxamos um pouquinho, mas com consciência. Mas não deixamos dúvidas, ratificamos a condição de melhor ataque e defesa. Temos que cuidar da nossa evolução pra fazermos uma final muito boa e buscar o título. Não podemos nos acomodar, temos que buscar coisa grande. Estamos num grande clube, com elenco formado e vamos trabalhar forte no dia a dia pra que aconteça. A receita nós temos: doação total e, quando não tivermos a bola, marcar muito. As duas equipes estavam motivadas, O Villa pela bela campanha e o time ajustado, e nós porque temos objetivo de ser campeão. (m um campo como o do Villa não dá pra ficar tocando bola na defesa, recuar a bola pro goleiro é perigoso. Foi uma tarde brilhante de todos e de inspiração dos atacantes.
  • Diego Souza, meia do Cruzeiro: A equipe foi espetacular. Sabíamos das dificuldades, se não tivesse concentração desde o primeiro minuto, poderia haver complicação, mas a equipe entrou concentrada, aguerrida e neutralizou os principais jogadores deles e conseguiu jogar quando tinha a bola. Fiquei chateado no início, com as duas bolas na trave. Queria logo fazer o gol pra sair na frente. No futebol de hoje, independentemente de contra quem se está jogando, sair atrás é complicado. Pensei que a bola não ia entrar. Mas depois, em chutes de fora da área, fiz os gols.
  • Leo Simões, beque do Cruzeiro: Mesmo com o campo ruim, mostramos qualidade pra vencer. A equipe está de parabéns pelo empenho e pela dedicação. Vamos procurar seguir crescendo como um todo pra seguir forte na competição.
  • Dagoberto, atacante do Cruzeiro: Viemos com um padrão de jogo definido e nos portamos muito bem. Envolvemos a equipe deles, que é muito boa e não chegou às semifinais por acaso.
  • Gilvan de Pinho Tavares, presidente do Cruzeiro: Mesmo num estádio acanhado, nossos jogadores mais habilidosos fizeram a diferença. Num campo melhor, mostrariam futebol ainda melhor.
  • Alexandre Barroso, treinador do Villa Nova: Ao contrário do que fizemos ao logo do campeonato, não acertamos a marcação e deixamos o Cruzeiro jogar. O jogo foi definido em 25 minutos. No 2º tempo, tentamos mininizar com três zagueiros e jogando mais dentro do campo do Cruzeiro, mas eles seguraram a subida dos nossos laterais. Fizeram prevalecer a excelente qualidade técnica e não conseguimos acompanhar. Em resumo, em 25 minutos eles definiram a partida. O Cruzeiro não me supreendeu. É uma equipe qualificada, tem qualidade técnica e posse de bola, com alternativas grandes no ataque. Hoje, mais uma uma vez, Cruzeiro encontrou espaços necessários pra articular. E nós tivemos dificuldades. Não repetimos o que fivemos ao longo do campeonato e quando não se joga no limite contra uma equipe qualificada, acontece isso.
  • Matheus Penido, comentarista do PHD: Essa implicância com o Guerreiro que eu tenho visto na internet não faz sentido. Ele está jogando bem não é de hoje. Joga 90 minutos, sempre pro time, sem frescuras e com muita raça. Não é nenhum garoto e por isso não esbanja saúde mas a verdade é que ele tem feito muito bem o primeiro volante, inclusive mostrando qualidade pra sair jogando. O que não dá pra esperar dele são grandes jogadas no ataque e lances de efeito. Mas pra isso o time tem outros jogadores.
  • Mauro França, comentarista do PHD: O Cruzeiro usou as dimensões da cancha a seu favor. Deixou de lado a ligação direta, pôs a bola no chão, trocou passes, chutou da entrada da área, teve movimentação. O espaço menor facilitou a recomposição da marcação, que não deu chance ao adversário. O Villa teve uma ou duas finalizações apenas. Coletivamente, o time beirou a perfeição. A força do coletivo, aliada ao brilho individual de algumas peças, foram determinantes. Um jogo que se previa dificil acabou sendo um passeio. O placar até engana –poderia ter sido de muito mais. Além do jogo encorpado de toda a equipe, Diego Souza e Everton Ribeiro desequilibraram.

Fontes

Transmissão

  • Globo Minas
  • PPV