Universidad de Chile 0x0 Cruzeiro - 19/04/2018

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 0x1 Escudo Grêmio.png Gol aos do Escudo Fluminense.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png
Por Copa Libertadores da América
Escudo Cruzeiro.png 0x0 Escudo Vasco.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 7x0 Escudo Universidad de Chile.png
No estádio Nacional de Chile
Escudo Universidad de Chile.png 0x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Última ficha →
Contra Universidad de Chile
Escudo Universidad de Chile.png 0x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 7x0 Escudo Universidad de Chile.png

[edit]

Escudo Universidad de Chile.png
Universidad de Chile
0 × 0 Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
3ª rodada - Grupo 5 - Copa Libertadores da América 2018
Data: 19 de abril de 2018 Local: Santiago, Chile
Horário: 21:30 Estádio: Nacional de Chile
Árbitro: Victor Carrillo Público pagante: 45.084
Assistente 1: Jonny Bossio Público presente: Não disponível
Assistente 2: Raul Lopes Cruz Renda: Não informado
Súmula: Não disponível
Escalações
Universidad de Chile: Cruzeiro:
25. Johnny Herrera 1. Fábio
2. Christián Vilches Cartão amarelo recebido aos 36  (1T) 36'  (1T)   22. Edilson
20. Rodrigo Encheverria 26. Dedé Cartão amarelo recebido aos 40  (1T) 40'  (1T)  
3. Alejandro Contreras Substituição realizada 22'(2T) de jogo 22'(2T) ( 26. Nicolás Guerra ) 3. Léo
6. Matías Rodriguez Substituição realizada 35'(2T) de jogo 35'(2T) ( 23. Franz Schultz ) 6. Egídio
21. Lorenzo Reyes Cartão amarelo recebido aos 21  (1T) 21'  (1T)   8. Henrique
8. David Pizarro 16. Lucas Silva Cartão amarelo recebido aos 14  (1T) 14'  (1T)   Substituição realizada 31' (2T) de jogo 31' (2T) ( 5. Ariel Cabral )
27. Monzón 21. Mancuello Substituição realizada 18' (2T) de jogo 18' (2T) ( 19. Robinho )
13. Ángelo Araos Cartão amarelo recebido aos 47  (2T) 47'  (2T)   18. Rafinha
10. Yeferson Soteldo 10. De Arrascaeta Substituição realizada 29' (2T) de jogo 29' (2T) ( 23. Sassá )
9. Mauricio Pinilla 30. Thiago Neves
Técnico: Ángel Guillermo Hoyos Técnico: Mano Menezes
Reservas que não entraram na partida
Universidad de Chile: Cruzeiro:

Pré-Jogo

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 21H20 TIMES em campo, Cruzeiro, todo de branco; Lau toda de azul.
  • 21h30 COMEÇA o jogo. Cruzeiro, à esquerda, LaU dá a sa;ida.
  • 01 LaU ataca pela direita, Cruzeiro ganha tiro de meta.
  • 02 ONZE cruzeirenses na defesa, LaU troca passes na intermediária celeste.
  • 03 Soteldo chuta forte, rasteiro de fora da área; Fábio defende.
  • 04 Egído é derrubado na pontesquerda.
  • 05 Mancuello cobra, bequeira chilena corta.
  • 06 Pinilla cai, jogo para. Nada grave.
  • 07 Pinilla é o artilheiro da Lau, com 5 gols na temporada.
  • 08 Dedé limpa a área, mandando a bola pra lateral.
  • 09 Monzón dispara pela esquerda, rafinha toma-lhe a frente e faz o corte.
  • 10 Leo recua, Fábio despacha a bola.
  • 10 Neves aciona Mancuello, que chuta de fora da área, pra fora.
  • 11 TORCIDA da laU não pra de cantar.
  • 11 Lucas e Egídio trocam passes e começam jogada na esquerda.
  • 12 Henrique derruba Pinilla. De carrinho!
  • 13 Pizarro cobra falta, Henrique corta, de cabeça, na área celeste.
  • 14 AMARELO. Lucas, por falta em Vilches.
  • 15 Pizarro cobra falta, leo corta de cabeça.
  • 16 EDMUNDO ANIMAL: “Cruzeiro joga no 4-6-0”.
  • 16 PVC: “É o mesmo sistema usado pelo Corinthians, ontem, contra o Independente”.
  • 17 Neves chuta de longe, pra fora.
  • 18 LaU joga com toques precisos e rápidos.
  • 18 POSSSE DE BOLA: Lau, 62%.
  • 19 É O CARA! Pizarro deu 17 passes certos, nenhum errado.
  • 19 AMARELO. Reyes, por entrada forte em Rafinha.
  • 20 EDMUNDO ANIMAL: “Falta um atacante pra incomodar a defesa da Universidad de Chile”.
  • 21 Cruzeiro, muito reocupado em fechar os lados do campo, não joga.
  • 22 Neves cobra falta na esquerda, Dedé cabeceia, Herrera defende.
  • 23 Neves ajeita, Lucas enche o pé, bola sai à direita de Herrera.
  • 24 Boa trama do ataque celeste, Rafinha perde a bola, LaU contrataca, Leo corta.
  • 25 LaU vai ao ataque, nada conte ce, Edilson vai cobrar lateral.
  • 26 Henrique lança buscando Arrascaeta, Contreras corta, de cabeça.
  • 27 PERIGO. Bola na área celeste, Pinica disputa com Ed;ilson, bola sai pela lateral.
  • 28 Reyes chita de fora da área, pra fora.
  • 29 FINALIZAÇÕES: Cruzeiro 4×2.
  • 29 Henrique desarma Araos, na meiuca.
  • 30 LaU joga exclusivamente pela direita. Egídio e Lucas trabalham muito.
  • 30 Leo desfaz ataque chileno. Bola pra lateral.
  • 31 SEM SAÍDA. Mano pede ligações diretas, pois a saída de bola está muito marcada.
  • 32 Monzón faz joga na meiesquerda, Henrique despacha a bola com um bico.
  • 33 Edilson cruza da direita, com a canhota, Vilches corta.
  • 34 Bola sobre a área chilena, Rodriguez corta, na pequena área.
  • 34 Como canta a torcida da LaU!
  • 35 Arrascaeta tenta jogada individual, é derrubado, juiz manda seguir.
  • 36 AMARELO. Vilches, por rasteira em Mancuello.
  • 37 Araos derruba Lucas. Cruzeiro cobra, defesa chilena retoma a bola.
  • 38 Henrique aciona Edilson, que é desarmado por Monzón.
  • 39 BALIZA. Lucas acerta uma bomba de muito longe, bola acerta o travessão.
  • 40 LUCAS SILVA acertou 21 passes e nào errou nenhum. é o melhor do jogo, até agora.
  • 41 AMARELO. Dedé, por trombada em Pinilla.
  • 41 Arrascaeta derrubado, juiz marca falta e leva baita encarada de Echeverria.
  • 42 AMARELO. Echeverria, por reclamação.
  • 42 Falta cobrada por Neves, nada acontece na área da Lau.
  • 43 ONZE chilenos na defesa. Cruzeiro já tomou conta do jogo.
  • 44 Mancuello erra passe e para ataque celeste. LaU vai ao ataque, Egídio contorna a situação.
  • 45 Contreras erra passe no ataque, Egídio joga com Arrascaeta, que ;e derrubado.
  • 46 FIM de 1º tempo. Chileno começaram pressionado, cruzeiro equilibrou o jogo e não sofreu muito na defesa.

Segundo Tempo

  • 22h32 COMEÇA o 2º tempo.
  • 46 LaU no ataque. Corner. Pinica não alcança b olha cruzada, leo corta.
  • 47 Cruzeiro pressiona saída de bola da defesa chilena.
  • 48 Pizarro chiuta de longe, bola sai à direita do arco celeste.
  • 49 Cruzeiro ataca pela esquerda, com Egídio e Arrascaeta.
  • 49 Rodriguez derruba Rafinha.
  • 50 Mancuello cobra a falta na meiesquerda, requiera azul corta.
  • 51 Vilches, da meiuca, recua pra Herrera.
  • 52 Dedé se antecipa a Soteldo e limpa o campo de defesa celeste, com um chutão.
  • 53 Pizarro cruza da esquerda, Soteldo cabeceia, Fábio encaixa.
  • 54 Soteldo cruza, Egídio corta. Soteldo volta a cruzar, Mancuello corta.
  • 55 Escanteio cobrado na direita, Leo corta de cabeça.
  • 56 Rodriguez não domina bola de lançamento longo. Lateral Cruzeiro.
  • 57 Rodriguez erra outro domínio mdebola, Técnico da Lau fica maluco de raiva.
  • 58 SOBIS vem aí.
  • 58 Arrascaeta, cercado por dois, perde a bola na pontesquerda.
  • 59 Falta força ao ataque celeste.
  • 59 Soteldo cruza da direita, dedé corta, de cabeça.
  • 60 POSSE DE BOLA: LaU, 51%.
  • 60 LaU domina a etapa final.
  • 61 Rafinha ajeita, Lucas solta a bomba, bola desvia na defesa e sai a corner, na esquerda.
  • 61 Neves desaba. Sente dores nas costas.
  • 61 ROBINHO recebe instruções de Mano. Sois não vai mais pro jogo.
  • 62 Soteldo recebe livre, na cara do gol, mas está impedido.
  • 63 TROCA. Mancuello x Robinho.
  • 64 Neves recebe lançamento, mas é controlado pela bequeira chilena.
  • 65 DEFESAÇA. Matias Rodriguez cabeceia à queima-roupa. Fábio salva o Cabuloso.
  • 66 Rafinha avança livre, mas finaliza mal.
  • 66 TROCA. Contreras x Guerra.
  • 67 Beque por atacante. LaU vai com tudo ao ataque.
  • 68 SEM ATAQUE. Cruzeiro não ameaça a defesa chilena.
  • 69 QUASE! Arrascaeta toma bola de Rodriguez, avança livre, e finaliza rasteiro. Bola tira tinta no poste esquerdo.
  • 70 SASSÁ vem aí.
  • 70 POR POUCO! Rafinha abre na esquerda, Egídio cruza, Neves chega atrasado.
  • 71 Guerra tenta passar por Leo, não consegue e se joga. Juiz manda seguir.
  • 71 Rodriguez, com um carrinho, derruba Lucas, que fica rolando no chão.
  • 72 POSSE DE BOLA: LaU, 53%.
  • 73 FINALIZAÇÕES: Cruzeiro 7×5.
  • 74 TROCA. Arrascaeta x Sassá.
  • 75 Cruzeiro ataca lentamente, Neves chuta, bola fica na rede, pelo lado de fora.
  • 76 TROCA. Lucas Silva x Ariel Cabral.
  • 77 Robinho, da meiuca, recua pra Fábio.
  • 78 Rodriguez tenta passar por Egidio, mas é desarmado.
  • 79 Araos passa por Egídio, mas sai coma bola pela linha de fundo.
  • 79 TROCA. Rodriguez x Schulz.
  • 80 Bola na área celeste, Pinilla não consegue finalizar. Tiro de meta.
  • 81 Sassá recebe lançamento longo, bequeira chilena impede que ele alcance a bola.
  • 82 CADÊ O NOVE? Cabral e Egídio trabalham na esquerda, bola na área, Sassá não está lá.
  • 83 Pinilla cruza da direita, Leo corta.
  • 84 HOYOS, técnico da LaU tá louco na beira da cancha.
  • 84 Egídio e Cabral se viram pra impedir avanço de Pinilla.
  • 85 TENSO. Mano está no banco acalmando os reservas; Lobo, na beira da cancha, orienta o time.
  • 86 Sassá aciona Robinho, que passa a Neves. O meiatacante arremate, bola passa perto do arco chileno.
  • 86 Sassá incomoda defesa chilena e ganha corner. 86 Neves cobra corner na esquerda, juiz marca falta de ataque, que não aconteceu.
  • 87 Pinilla lança Soteldo, Leo faz a escolta, bola fica com Fábio.
  • 88 Henrique perde bola na saída, Guerra chuta, Fábio defende.
  • 89 PRESSÃO chilena. Guerra chuta, Fábio encaixa.
  • 90 Edilson perde bola no ataque, Dedé conserta o erro.
  • 91 Soteldo recebe na pontesquerda, mas está impedido. 91 91 Herrera chuta pra frente, Dedé corta de cabeça.
  • 91 AMARELO. Araos, por falta em Henrique.
  • 92 Egídio lança Sassá, que está impedido.
  • 93 FINALIZAÇÕES: Cruzeiro 13×8.
  • 93 FIM de jogo. Foi parelho, Cruzeiro sobe pro 3º lugar, com 2 pontos; Racing lidera com 7, Lau tem 5, Vasco, 1.

Vídeos

Coletiva pós jogo

Atuações

  • TORCIDA CELESTE recebeu a delegação, fez vigília, apareceu na televisão, com seus cartazes e cantos, foi ao jogo, fez barulho e recebeu afagos do time e seu treinador no final. Melhor assim do que ficar resmungando, xingando e dando vexame nas redes.
  • FÁBIO salvou um gol, fez outras três defesas importantes, encaixando chutes frontais e deu tranquilidade ao time.
  • EDÍLSON começou animado, mas foi murchando com o passar do tempo. Errou passes, mas não prevaricou na marcação.
  • DEDÉ jogou com aquele vigor de vaca de exposição, sempre pronto para se impor fisicamente. Rebateu, cortou, limpou a área. Só não acertou muito os lançamentos, aqueles esticões tão ao gosto do torcedor das antigas, esse ser que se recusa a sair do barranco do campo de várzea.
  • LEO fez outra atuação quase perfeita. Com excepcional senso de colocação, não precisou de jogadas heroicas, foi sempre na base da precisão, a dita cirúrgica, no linguajar dos comentaristas de futebol.
  • EGÍDIO marcou bem demais e ainda encontrou tempo e espaço para algumas escaramuças ofensivas, com qualidade, sem as doideiras que o torcedor tanto estima.
  • HENRIQUE errou uma saída de bola no fim do jogo. Ligado na marcação em integral, deixou o apoio com Lucas. E a dupla funcionou bem, como em outros carnavais.
  • LUCAS jogou o fino. Com a bola no chão, sem carrinhos e porradas (a bem da verdade, deu uma dura no começo, levou o amarelo e seguiu adiante sem correr riscos), sem precipitações. Amainou o frenesi do time adversário tomando conta da bola. Foi dele o melhor chute do jogo, uma bola que carimbou o travessão. Tentou outro, mas a bola desviou na defesa. Saiu mais, cedo, supostamente, cansado.
  • RAFINHA trabalhou com afinco para fechar as laterais do campo, mas não conseguiu criar boas jogadas ofensivas.
  • NEVES não conseguiu ser atuante o tempo todos, mas quando recebeu a bola não a maltratou. Faltou, como quase sempre, aquele gás para importunar mais a defesa azulina local.
  • ARRASCAETA foi o autor da melhor jogada individual, ao tomar a bola de Echeverria e partir pra decidir o jogo (e que conseguiu) , algo raro no time celeste. Fez outras tentativas, sem sucesso, mas como d0 meio pra frente ninguém fez cócegas no adversário, acabou sendo destaque do time.
  • MANCUELLO trabalhou na faixa esquerda, com boa vontade, marcando e ocupando espaços mais do que criando. Cansou e saiu mais cedo, sem ter dado ao torcedor o retorno em boas jogadas que justificasse toda a mobilização pela sua escalação.
  • CABRAL entrou na reta final do jogo para renovar o fôlego de um meio de campo desgastado pela luta contra a boa troca de passes e a velocidade do time adversário. Saiu-se bem.
  • SASSÁ entrou na parte final do jogo e deu trabalho à bequeira da LaU. Seu maior problema é jogar num time que se recusa a privilegiar o centroavante, daí ele ter de ficar esperto para se aproveitar das vacilações da defesa adversária, mais do que de boas jogadas criadas para ele.
  • ROBINHO entrou no fim e pensou antes em marcar do que em atacar.
  • MANO armou o time com duas linhas de quatro e sem centroavante, preocupado com os alas Matias e Monzón, que nem são grande coisa. Neutralizou-os, ao custo da pouca intensidade ofensiva. Mesmo assim, seu time chutou mais a gol -13×8- e criou melhores chances de gol -4×2-, embora com menor posse de bola -47%. No fim das contas, comemorou a volta à disputa. E não estava errado, pois uma derrota teria sido o fim do sonho de avançar às oitavas.
  • CRUZEIRO gastou mais energia cercando do que atacando o adversário, mas teve boas oportunidades para marcar um gol, sem ter sofrido tanto na defesa. Lucas foi destaque, seguido por Fábio, Leo, Dedé, Egídio, Henrique e Arrascaeta. E ninguém foi tão mal que mereça ser bombardeado nas redes.
  • UNIVERSIDAD teve mais entusiasmo do que inspiração. Começou com três beques, dois alas, dois atacantes e três volantes, trocando um beque por um meiatacante na reta final. Queria vencer, mas não sabia exatamente como. Ficou com um empate que lhe mantém em posição de se classificar. Pizarro tratou com carinho a bola, Soteldo e Araos foram dinâmicos na frente e até Pinilla jogou bem, até mesmo quando saiu da área para criar em vez de arrematar no terço final da partida. Os alas, que tanto medo metiam no Mano foram neutralizados e as jogadas para o centroavante foram poucas.
  • ÁRBITROS não mexeram no placar. O Juiz distribuiu cartões no começo e descansou depois, afinal, jogador pendurado joga mais na bola do que na canela do adversário.

O que foi dito

  • MANO MENEZES: Mudei o posicionamento da equipe, fazendo duas linhas de quatro porqueo adversário joga em linha de três. Com dois atacantes de de movimentação mais soltos, tivemos dificuldade no início, com a equipe mandante tomando iniciativa. Aos poucos, fomos entrando no jogo, trabalhando a bola com tranquilidade. No 2º tempo, tivemos quatro boas chances de marcar e sair com a vitória. No 1º tempo, só levamos perigo com um chute do Lucas, mas a equipe se comportou bem. No momento que o jogo abriu, quando a LaU nos deu espaços pra construir jogadas ofensivas, não conseguimos definir, mas voltamos pra competição. Agora, vamos ter a oportunidade, na nossa casa, de nos igualar na tabela com eles. Precisamos fazer, lotar a Toca III e sermos fortes dentro de casa como tem acontecido. Hoje, se tivesse que haver um vencedor, teria de ser o Cruzeiro. Mesmo com uma maneira que não agrada todo mundo. Porém, quem entende de futebol, sabe que é necessário passar por estes processos de vez em quando. As escolhas precisam obedecer critérios difíceis, mas coerentes. Vou pedir ao torcedor pra confiar nas pessoas nas quais ele tem que realmente confiar.
  • THIAGO NEVES: O Reyes cortou na hora certa um lance de gol e o Sassá fez uma jogada boa e bateu cruzado E=em outra. Tivemos algumas oportunidades no 2º tempo para fazer o gol, mas não caprichamos. Valeu pela empenho, pela determinação. Quando não dá pra ganhar, não podemos perder. O time está de parabéns pelo empenho e pelo ponto conquistado.
  • MATHEUS CHAVES: Foi o manobol de sempre, como era de se esperar. Pontos positivos: 1. Lucas Silva foi muito bem, dando ótima dinâmica ao meio de campo e fazendo boa dupla com Henrique; 2. A parceria Leo e Dedé encaixou e um cobre o outro constantemente; 3. Robinho pode ajudar mais vindo do banco pra meia hora final; 4. Respiramos por aparelhos, mas respiramos. Pontos negativos: 1. Edilson muito mal nos passes, quase comprometendo em vários momentos; 2. Neves de centroavante é um desperdício de talento e pulmão; 3. Sem eficácia na finalização, adeus classificação.
  • JOTA DIAS: Jogo chato. Não gosto de ver o Cruzeiro jogando por uma bola. Quando o Mano escala esse time com falso 9 já sabemos que gol só sairá na sorte.
  • ZULOOBAS: O Cruzeiro fez um jogo sólido, não correu muitos riscos, teve chances de marcar gol e não foi competente. Pelo menos, jogou futebol mais com a cara da competição.
  • DOMÊNICO CLERICUZIO: Mano teve frieza e inteligência pra se manter na competição e trazer a decisão pro Brasil. Os imediatistas jamais entenderão. Mas na hora de comemorar os canecos, eles esquecem tudo e rosetam!
  • TONINHO ALMEIDA: Mano foi perfeito. Quando se joga contra três zagueiros, é necessário entrar com três atacantes velocistas e habilidosos, como Arrascaeta, Neves e Rafinha, que acabam segurando os alas adversários.
  • MATHEUS PENIDO: Este empate pode ter sido o primeiro passo pra classificação ou o penúltimo pra desclassificação.
  • SETELAGOAS: Vasco já era. Cruzeiro ainda está vivo, mas tem que colocar a bola na casinha.
  • CLAUDINEI VILELA: Comentarista da Itatiaia disse que “Mano erra por nao escalar os atscantes q o Cruzeiro tem no elenco”… Vai ver querem Fred e Raniel jogando de muletas.

Fontes

Transmissão

  • Sportv