Prudente 0x2 Cruzeiro - 30/10/2010

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 3x4 Escudo Atlético-MG.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 0x2 Escudo São Paulo.png
Por Campeonato Brasileiro
Escudo Cruzeiro.png 3x4 Escudo Atlético-MG.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 0x2 Escudo São Paulo.png
No estádio Eduardo José Farah
← Primeira ficha Gol aos do Última ficha →
Contra Prudente
Escudo Cruzeiro.png 0x0 Escudo Prudente.png Gol aos do Última ficha →

[edit]

Escudo Prudente.png
0 × 2
Escudo Cruzeiro.png



Informações

Data: 30 de outubro de 2010 às 18:30
Local: Presidente Prudente, SP
Estádio: Eduardo José Farah


Público e Renda

Público pagante: 1.872
Público Presente: Não disponível
Renda: R$ 30.490,00 R$ 30.490 <br />Cr$ 30.490 <br />NCr$ 30.490 <br />Cz$ 30.490 <br />NCz$ 30.490 <br /> (preço médio: R$ 16,29 )


Escalações

Prudente
  1. Sidney
  2. João Vitor
  3. Anderson Luis
  4. Diego
  5. Anderson Pedra Cartão amarelo recebido aos 9  (2T) 9'  (2T)  
  6. Cleidson
  7. Roberto
  8. Sasha Cartão amarelo recebido aos 44  (1T) 44'  (1T)  
  9. Willian Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 18. William Henrique )
10. Adriano Pimenta Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 16. Carlos Eduardo )
11. Rainer Substituição realizada 33 (2T) de jogo 33 (2T) ( 17. Juan )
Técnico: Fábio Giuntini

Cruzeiro
  1.  Fábio
  2.  Rômulo
  3.  Léo  Gol aos do
  4.  Edcarlos
  5.  Fabrício
  6.  Marquinho Paraná Cartão amarelo recebido aos 41  (1T) 41'  (1T)   Substituição realizada 25' (2T) de jogo 25' (2T) ( 13. Pablo )
  7.  Gilberto Substituição realizada 30' (2T) de jogo 30' (2T) ( 14. Everton )
  8.  Henrique
  9.  Robert Cartão amarelo recebido aos 27  (2T) 27'  (2T)   Gol aos 40 do  (1T) 40'  (1T)
10.  Montillo
11.  Thiago Ribeiro Substituição realizada 35' (2T) de jogo 35' (2T) ( 17. Roger )
Técnico: Cuca


Reservas que não entraram na partida


Pré-Jogo[editar]

Em 3º lugar com 54 pontos, o Cruzeiro só chega à liderança se vencer com diferença de 10 gols. Empatando, fica em 2º e perdendo, 3º lugar.

Cuca não poderá escalar Jonathan e Wellington Paulista, ambos machucados.

Em 20º lugar com 20 pontos, o Grêmio Prudente continuará na lanterna com qualquer resultado.

O time tem nove desfalques: Hugo, Rafael Martins, Rodrigo Mancha e Marcelo Oliveira estão machucados, Wesley, Giovanni, Flávio Boaventura e Leonardo, estão suspensos, e Wanderley não pode jogar por motivos contratuais.

Como foi[editar]

Primeiro Tempo[editar]

  • 18h24 – Grêmio entra em campo, com uniforme todo vermelho, e sob foguetório.
  • 18h26 – Cruzeiro entra em campo com uniforme tradicional.
  • 18h27 – Cuca: “Gilberto está em melhores condições, já pode começar jogando. Precisamos vencer, pois temos ambição de título.”
  • 18h28 – Execução do Hino Nacional.
  • 18h30 – Rafael Monteiro, Pablo, Fabinho Alves, Francisco Everton, Roger Galera, Wallyson, Ernesto Farias.
  • 18h32 – Começa o jogo. Cruzeiro dá a saída.
  • 01 – Fabrício tenta cruza da direita, bola desvia na defesa prudentina e sai pela lateral.
  • 02 – Thiago Ribeiro lança, Rômulo cruza, defesa afasta.
  • 03 – Rhayner faz jogada individual, mas é desmarcado por Henrique.
  • 04 – Montillo cobra falta, pela esquerda. Bola faz curva e sai por cima do travessão.
  • 05 – Diego Giaretta lança do meio de campo, William cabeceia, Fábio fica com a bola.
  • 05 – Rômulo cruza, Sidney defende sem dificuldade.
  • 06 – Rhayner recebe cruzamento nas costas da zaga e chuta forte, cruzado. Fábio defende em dois tempos, com dificuldade.
  • 07 – Falta cobrada sobre a área celeste por Adriano Pimenta. Edcarlos cede escanteio.
  • 08 – Pimenta cobra escanteio, Fábio defende.
  • 09 – Gilberto entra na área, pela esquerda, e cruza. Defesa corta.
  • 10 – Leo Simões comete falta sobre Rhayner na ponta esquerda.
  • 11 – Adriano Pimenta cobra falta, Fábio defende.
  • 12 – Henrique cruza, Anderson Luiz corta de cabeça.
  • 13 – Em cada área, um lamaçal.
  • 14 – Fabrício lança Thiago Ribeiro, que entra na área e arremata cruzado. Bola sai do lado oposto. Montinho artilheiro jogou fazendo a bola quicar e dificultando a finalização.
  • 15 – Paraná lança Ribeiro, defesa corta, Paraná recupera a bola e passa a Montillo, que cruza da direita. Sidney espalma pra escanteio.
  • 16 – Fabrício entra firme em Rhayner, que cai simulando contusão.
  • 17 – Diego Giaretta comete falta em Montillo, no meio de campo.
  • 18 – Leo Simões acerta uma bomba da intermediária. Sidney voa, bola acerta o poste direito e vai pra rede. Cruzeiro 1×0.
  • 19 – Rhayner cisca na lateral da área, Edcarlos cede escanteio.
  • 20 – Escanteio cobrado no 2º poste. Defesa celeste impede a conclusão, bola pela linha de fundo.
  • 21 – Passes errados: Cruzeiro 13×3.
  • 22 – Edcarlos espana e desfaz troca de passes do ataque prudentino.
  • 23 – Montillo tenta armar ataque, defesa corta.
  • 24 – Leo Simões passa a Gilberto, que tenta um corta-luz e deixa a bola com a defesa local.
  • 25 – Rhayner caneta Edcarlos e sofre falta.
  • 26 – Adriano Pimenta cobra falta pela direita, Fabrício corta de cabeça.
  • 27 – Anderson Pedra derruba Fabrício, que sinaliza para juiz dizendo que foi a terceira do mesmo jogador.
  • 28 – Gilberto cruza, Montillo chuta, defesa espana, Fabrício chuta, defesa cede escanteio.
  • 29 – Montillo cobra escanteio, Sidney tira de soco.
  • 30 – Rhayner chuta de fora da área, Fábio defende.
  • 31 – Robert arremata, defesa corta, Montillo chuta, Thiago Ribeiro é apanhado em impedimento, dentro da área.
  • 32 – Henrique chega duro e comete falta em Rhayner.
  • 33 – Adriano Pimenta cobra falta, por cobertura, bola passa por cima do travessão.
  • 34 – Jogo fraco. Grêmio desentrosado, Cruzeiro pouco inspirado. Rhayner dá um trabalho medonho à defesa celeste.
  • 35 – Rhayner tenta puxa contra-ataque, Henrique corta.
  • 36 – Fabrício alça bola na área, Sidney defende sem dificuldade.
  • 37 – Prudente trabalha bola no ataque, bola acerta o juiz, Montillo fica com ela e sai para o ataque.
  • 38 – Gilberto empurra Rhayner. Falta, que Adriano Pimenta cobra. Roberto aproveita que a defesa pára e conclui cara a cara com Fábio, que defende.
  • 39 – Gilberto lança da intermediária, Diego Giaretta e Sidney ficam indecisos, Robert, na entrada da pequena área, cabeceia pra rede. Cruzeiro 2×0.
  • 40 – Henrique derruba Rhayner na entrada da área. Marquinhos Paraná reclama e recebe cartão amarelo.
  • 41 – Adriano Pimenta cobra falta, bola sai pela linha de fundo.
  • 42 – Henrique arremata, bola sai pela linha de fundo.
  • 43 – Henrique lança Rômulo, que tenta tabela com Montilo. Sacha mete o pé no argentino e leva cartão amarelo.
  • 44 – Bola na área, de frente pro arco prudentino, Edcarlos se enrola com a bola e não consegue arrematar.
  • 45 – Fim de 1º tempo.
  • Leo Simões: “Agradeço ao apoio do Cuca e dos colegas. Beque marcar com bola no chão é difícil, mas a defesa se abriu e eu chutei.”
  • Adriano Pimenta: “Tentamos jogar com a bola nos pés, mas perdemos a concentração. Dá pra virar, como aconteceu contra o Santos.”

Segundo Tempo[editar]

  • 18h33 – Começa o 2º tempo. Prudente dá a saída.
  • 01 – William chuta de longe, Fábio fica com a bola. Rômulo cruza da direita, Sidney defende.
  • 02 – Roberto chuta forte, da intermediária, bola passa por cima do travessão.
  • 03 – Sasha cobra falta, Fabrício corta de cabeça.
  • 04 – Montillo faz grande jogada pela intermediária rola pra Robert, que chuta forte, da entrada da área. Bola desvia na defesa, Ribeiro reclama por não ter recebido o passe.
  • 05 – Fabrício recupera bola na defesa, lança Rômulo, que cruza. Anderson cede escanteio.
  • 06 – Montillo recebe falta na ponta direita.
  • 07 – Cruzeiro adianta a marcação. Sasha e Diego Giaretta têm dificuldade de sair jogando.
  • 08 – Rômulo cruza, bola desvia em Claydson e si pra escanteio. Montillo cobra, Diego Giaretta corta.
  • 09 – Anderson Pedra derruba Thiago Ribeiro. Falta na ponta direita. Montillo cobra, defesa cede escanteio. Montillo cobra, defesa corta.
  • 10 – William Henrique faz carnaval na defesa celeste, Fabrício chega espanando.
  • 11 – Anderson Pedra cruza da esquerda, Gilberto corta de cabeça. Anderson Pedra recebe cartão amarelo por reclamação.
  • 12 – William Henrique recebe bola dentro da pequena área, gira e conclui. Bola passa à frente do arco celeste e sai pelo lado oposto.
  • 13 – Fábio recebe bola recuada, dribla William Henrique e dá um chutão.
  • 14 – Bola cruzada rasteira na área prudentina, Robert arremata pra fora.
  • 15 – Robert cruza, Diego Giaretta corta.
  • 16 – Cruzeiro tenta controlar a correria dos prudentinos com toque de bola.
  • 17 – Diego Giaretta cobra falta sobre a área, bola sai pela linha de fundo.
  • 18 – Rômulo cruza, bola desvia em Sasha e sai pela linha de fundo. Montillo cobra, Leo Simões cabeceia pra fora.
  • 19 – Claydson cruza da esquerda, Rhayner não consegue cabecear.
  • 20 – Cuca gesticula na beirada do campo, Parece um maestro movimentando os braços. Thiago Ribeiro é o alvo das instruções.
  • 21 – Rhayner faz boa jogada em velocidade e passa a William Henrique. Chute forte, Fábio cede escanteio.
  • 22 – Dois arremates seguidos do ataque do Prudente. Marquinhos Paraná corta a segunda bola dentro da pequena área.
  • 23 – Marquinhos Paraná pára Rhayner com falta na lateral esquerda.
  • 24 – Roberto passa a Cleidson que chuta forte, bola desvia em Rômulo e sai pela linha de fundo. Escanteio cobrado, defesa corta, Roberto recupera, mas Robert despacha.
  • 25 – Prudente vai de qualquer jeito para o ataque. Pablo substitui Marquinhos Paraná.
  • 26 – Montillo cruza da direita, não aparece atacante na área pra arrematar.
  • 27 – Robert comete falta em Carlos Eduardo e recebe cartão amarelo.
  • 28 – Diego Giaretta recebe lançamento em impedimento e chuta bola no poste. Bandeira invalida o lance.
  • 29 – Buzinaço na Afonso Pena. Gol do Botafogo. Torcida celeste comemora em Presidente Prudente.
  • 30 – Fabrício chuta de longe, pra fora.
  • 31 – Francisco Everton substitui Gilberto.
  • 32 – Cruzeiro volta a jogar com três volantes.
  • 33 – Montillo faz jogada pela esquerda e cruza rasteiro, Anderson Luiz corta.
  • 34 – Juan substitui Rhayner.
  • 35 – Roberto recua bola pra Sidney, que acossado por Thiago Ribeiro, tira a bola da área.
  • 36 – Roger Galera substitui Thiago Ribeiro. Bola cruzada sobre a área celeste, Robert corta.
  • 37 – Carlos Eduardo lança Juan, que cruza. Confusão na área, Edcarlos despacha. Grande perigo. Cuca fica irritado com o time.
  • 38 – Montillo é o atacante mais avançado. Robert trabalha pelos lados.
  • 39 – Roger Galera lança Rômulo, que deixa bola escapar pela linha de fundo.
  • 40 – Passes errados: Cruzeiro 50×30.
  • 41 – Torcida celeste, em pequeno número faz festa no Farazão.
  • 42 – Prudente tenta armar jogada de ataque, mas a defesa celeste desfaz o lance.
  • 43 – Cruzeiro faz a bola rolar sem pressa nem ambição de marcar gols.
  • 44 – Anderson Pedra recua pra Sidney, que despacha.
  • 45 – Montillo cruza, Robert cabeceia, Sidney defende.
  • 46 – Leo Simões despacha bola com um chutão desfazendo ataque prudentino.
  • 47 – William Henrique tenta atacar, Fabrício toma-lhe a bola e sai jogando, passa a Rômulo, que cruza. Ninguém aparece pra concluir.
  • 48 – William Henrique cruza, Leo Simões corta. Fim de jogo.
  • Rômulo: “Estávamos precisando desta vitória pra nos recuperarmos das duas derrotas anteriores.”
  • Robert: “Dedico o gol à minha família, que sempre torceu por mim, mesmo nos momentos mais difíceis. A união do grupo, que é muito experiente, ajuda muito. A derrota no clássico não nos abalou.”

Vídeos[editar]

Atuações[editar]

  • Fábio - Fez uma grande defesa em um chute rápido no segundo tempo, bola complicada. No resto do jogo passou a segurança de sempre. (Bruno Barros) / Ainda me mata com aqueles cortes no atacante. Quando precisou, foi firme embora tenha vacilado em algumas saídas. (Walterson Almeida)
  • Rômulo - No 1º tempo, não fez muito. No 2º, tentou melhorar mas errou alguns cruzamentos. (Ernesto Araújo) / Nada de novo no front. Movimentou-se bastante. É bom jogador, mas à despeito da opinião de alguns, sou mais o Jonathan. (Bruno Barros)
  • Leo Simões – Fez um golaço num momento de sonambulismo da equipe. Nos momentos de pressão dos prudentinos, saiu-se bem jogando com tranquilidade. (Síndico) / Cometeu uma falha no 1º tempo, que quase dá o empate. No mais, foi bem e fez um gol. (Walterson Almeida) / Partida regular mas tem nota aumentada pelo gol. (Ernesto Araújo) / Esse joga demais. Não pelo gol, mas também por isto. Muito bem nas bolas alçadas na área, com boas antecipações e passes. A zaga tem que ser ele e mais um, de preferência o Caçapa. (Bruno Barros)
  • Edcarlos – Vou deixar de lado a furada na tentativa de arrematar um ataque, pois em sua função de defender, fez boa partida e desta vez não deu sustos. (Bruno Barros) / Não comprometeu. (Ernesto Araújo) / Estabanado só para jogada com falta. Deixou dominar a bola e virar dentro da pequena área. Fraquíssimo. (Walterson Almeida)
  • Marquinhos Paraná - Vai bem em todas, e mais uma vez confirmou isso. Deu sequência as jogadas, chegou no fundo em um lance que o Robert perdeu, numa grande jogada. Pra mim é o melhor lateral esquerdo do elenco. (Bruno Barros) / Não é a dele. Entrou pra tapar buraco e deixar o Gilberto fazer seu trabalho na frente. (Ernesto Araújo) / Improvisado na lateral, deu conta do recado com classe. (Walterson Almeida)
  • Pablo - Não foi notado em campo, não sei se por falta de tempo ou de bola mesmo. (Bruno Barros)
  • Henrique - Marcou como sempre e ainda apareceu pra finalizar, embora sem precisão. (Walterson Almeida) / É o melhor marcador do elenco. E tem uma noção de movimentação que dá uma segurança pro time, tanto na marcação quanto na saída de bola. Esteve mais contido, a proteger a zaga e os nossos corações. (Bruno Barros)
  • Fabrício - Fez uma grande partida. Mais contido mas também chegando na frente. Fez inversões de bola sensacionais, marcou com precisão, um dos melhores em campo. (Bruno Barros) / Cumpriu suas obrigações, mas está com o pé torto. Não vai uma no gol. (Ernesto Araújo)
  • Montillo - Parece cansado ou muito bem marcado mas não tem rendido tanto. Mesmo assim, luta o tempo todo e ainda cria boas condições de gol aos companheiros. (Walterson Almeida) / Não foi bem. Tentou, demonstrou sua qualidade em raros lances, a habitual raça, mas pode muito mais do que apresentou. Estava mais lento do que o de costume e errou alguns passes bobos. (Bruno Barros)
  • Gilberto – Com um passe preciso, possibilitou que Robert fizesse as pazes com o gol. Enquanto teve fôlego, armou boas jogads, nada que se compare, contudo, às suas melhores exibições com a camisa azul-estrelada. (Síndico) / O melhor em campo, com passe sempre preciso. Mesmo assim, carece de ritmo de jogo. (Walterson Almeida) / Deu um passe perfeito para o segundo gol e foi uma alternativa ao apagado Montillo. No 2º tempo, ajudou a marcação. (Ernesto Araújo)
  • Francisco Everton - Entrou pra segurar o meio, mas o Prudente cresceu, logo foi ineficiente. (Walterson Almeida)
  • Thiago Ribeiro - Dispersivo, movimentou-se pouco pra sair da marcação do Prudente. Foi o pior em campo, mas tem crédito. É o melhor jogador do Cruzeiro na temporada. (Bruno Barros) / Está jogando muito fixo na direita quando seu futebol rende mais quando flutua por todo lado no ataque. Neste jogo não esteve bem e ainda perdeu uma chance de gol. (Walterson Almeida) / Partida apagadaça. (Ernesto Araújo)
  • Roger Galera - Entrou e fez o jogo de sempre, ou seja, fica passeando pelo gramado. (Walterson Almeida)
  • Robert – Fez um gol aproveitando passe precioso de Gilberto e indecisão do beque e do goleiro local. No restante do tempo, ajudou a marcação. (Síndico) / Esteve melhor do que em outras jornadas, mas isso também não era difícil. Fez o gol em uma jogada em que ele mesmo participou no seu nascedouro, tabelando e indo pra área recebendo o magistral passe do Gilberto. Golão pela movimentação, lançamento e definição. Ajudou na defesa, cortou bolas importantes. Acho que não dá pra exigir mais dele. (Bruno Barros) / Fez o gol na única vez que conseguiu finalizar ao gol. Jogou melhor de zagueiro que de atacante. (Walterson Araújo) / Fez o gol e enquanto o Cruzeiro jogou ele tentou participar. (Ernesto Araújo)
  • Cuca - Escalou bem, com Paraná só tampando buraco e deixando Gilberto aonde ele pode ajudar mais a equipe, coisa que os cornetas nunca entenderão, pois deve ter gente chamando o treinador de pardal e afins. Ainda não entendo essa confiança toda no Edcarlos. Acho que o titular tem que ser o Gil ou o Caçapa. (Ernesto Araújo) / Montou o esquema correto na minha opinião. Inclusive com a escalação do Paraná na esquerda e é inegável constatar que suas substiutições em relação a partida passada surtiram pleno efeito. Durante o jogo, tirou o Paraná porque era até então o jogador que estava pendurado com o amarelo e sabia que uma expulsão poderia complicar a vitória. Acertou nessa também. Tá no caminho certo. (Bruno Barros) / Lamentável. Escalou mal e mexeu pior ainda. (Walterson Almeida)
  • Torcida – Segundo Cuca, 1/3 dos torcedores eram do Cruzeiro. E eles deram força ao time, mesmo que o jogo não tenha sido emocionante. (Síndico)
  • Juiz & Bandeiras – Nenhum erro digno de registro. Sinal de que nem tudo está perdido na arbitragem brasileiro, certo? (Síndico)
  • Grêmio Prudente – Com dez desfalques e já rebaixado, o Grêmio Prudente jamais se entregou. Diego Giaretta e Adriano Pimenta foram os líderes do time. Rhayner e William Henrique os mais entusiasmados. E o treinador mostrou serviço montando um time competitivo com parcos recursos. (Síndico) / Com 10 desfalques o Prudente não teve como ser páreo para o Cruzeiro. Ainda assim, a atuação apagada de alguns jogadores cruzeirenses permitiu que o time paulista ainda criasse algumas situações de perigo desmedido. (Ernesto Araújo)

O que foi dito[editar]

  • Juca Kfouri, em seu blog: Cruzeiro foi jogar em Presidente Prudente (1.872 pagantes) como deve jogar um aspirante ao título contra o lanterninha do campeonato. E tratou de se impor para não deixar o menor crescer. Em lindo chute, de fora da área, o zagueiro Léo fez 1 a 0, aos 18. E num cruzamento maravilhoso de Gilberto na cabeça de Robert, este fez 2 a 0. O segundo tempo foi mais de administração, embora o Cruzeiro devesse tentar mais gols para, ao menos, diminuir a diferença de oito gols que tem no saldo em relação ao Fluminense. Cuca até que mexeu, porque botou Pablo, aos 25, Everton, aos 31, e Roger, aos 35, nos lugar de Marquinhos Paraná, Gilberto e Thiago Ribeiro. Mesmo assim, se alguém teve chance de gol foi o Grêmio Prudente, mas nada que preocupasse o cruzeirense.
  • Marcelo Bechler, no blog do Lédio Carmona: A hora do bote: O jogo em Presidente Prudente podia pintar como fácil para o Cruzeiro. O time da casa, lanterna e com 10 desfalques, carecia de qualquer qualidade, mas as sete derrotas em 15 jogos no Prudentão foram por um gol de diferença. E mais: Corinthians (2×2) e Fluminense (1×1) perderam pontos no interior paulista. Em campo, o time de Cuca foi soberano. Não que tenha sido brilhante, mas não deu chance ao adversário. Com Gilberto entre os titulares, Thiago Ribeiro jogou mais centralizado, ao lado de Robert, e sumiu do jogo. Montillo foi discreto pela direita e coube a Gilberto, do outro lado, organizar o time mineiro. Depois do belo gol de Léo, batendo de longe, o Prudente tentou sair liberando João Victor pela direita e com Adriano Pimenta se aproximando dos atacantes. Sobrava espaço para o contra-ataque que nascia sempre com Gilberto. Assim foi o segundo gol. Passe espetacular do camisa 7 para Robert escorar. No segundo tempo, o Cruzeiro aproveitou a vantagem, não assustou e segurou o lanterna. O time parecia se poupar para o jogo de quarta-feira contra o São Paulo. Para vencer o Tricolor, vai precisar jogar mais. Repetir as partidas que fez em Uberlândia quando venceu Corinthians, Flamengo, Internacional e Fluminense antes de perder para o Atlético. Se a próxima rodada é complicada para os mineiros, para os cariocas é ainda mais: o Fluminense vai ao Beira-Rio enfrentar o Internacional. Hora boa para o bote.
  • Vitor Birner, em seu blog: O Cruzeiro não precisou jogar tão bem para derrotar o lanterna e rebaixado Grêmio Prudente. A boa marcação do time de Cuca impediu a transição da defesa ao ataque dos anfitriões com a bola no chão. Previsível, o anfitrião vivia dos inúteis lançamentos de Adriano Pimenta para o veloz Rainer nas costas de Marquinhos Paraná, o lateral-esquerdo, ou de Rômulo, na outra lateral. O meio-campo cruzeirense formado pelos volantes Fabrício e Henrique, além dos meias Montillo, na direita, e Gilberto, na esquerda, trabalhou bem na marcação, simplificou a vida da linha de zaga e do goleiro Fábio. Apesar de contar com 2 meias, a Raposa não foi tão bem na criação. Mesmo assim balançou duas vezes as redes antes do intervalo. Belos gols!: Léo, de fora da área, acertou lindo chute de fora da área aos 18 minutos, sem chance de defesa para Sidney! O gol obrigava o Grêmio PP a sair para o jogo. Na prática, só João Vitor trocou a preocupação defensiva pelo ambição de virar o placar. Aos 40, o Cruzeiro ampliou. Robert foi o autor do 2×0. Contudo o passe de Gilberto para ele foi mais difícil que a finalização. Talvez a vantagem não tenha sido maior porque Montillo pouco apareceu. Prudente pressiona: O resultado adverso obrigou o técnico Fabio Giuntini a tentar dar vida ao sistema ofensivo prudentino. Estava insatisfeito com o desempenho dos homens de frente. Trocou o meia Adriano Pimenta e o centroavante Willian por Carlos Eduardo e William Henrique. As modificações melhoraram o time. O Cruzeiro recuou, deu a posse de bola ao rival e apostou nos contragolpes. Deu certo por cerca de 15 minutos. Montillo construiu duas boas jogadas de gol e Robert não conseguiu aumentar a diferença. Talvez se Thiago Ribeiro jogasse melhor, deixou a desejar, a vitória teria sido mais tranquila. Depois o Prudente começou a chegar e Fabio teve trabalho.William Henrique levou perigo 3 vezes. O goleiro também viu a gorduchinha tocar na trave uma vez. Cuca, irritado, tentou retomar o controle do jogo. Pablo, aos 25, Everton, aos 31 e Roger aos 35 entraram nos lugares de Marquinhos Paraná, Gilberto ( melhor em campo, saiu cansado) e Thaigo Ribeiro. A apresentação cruzeirense não foi das melhores, ao contrário do resultado. Continua forte na briga pelo título. O Prudente havia sido derrotado 7 vezes em seus domínios. Todas por 1 gol de diferença. Só o vice-líder do Brasileirão ganhou por 2.
  • Léo Simões, beque do Cruzeiro: Contei com o apoio dos companheiros e fiz meu primeiro gol desse jeito, com o pé, o que para zagueiro é difícil. Foi um bonito gol. Na verdade eu vi jogadores pedindo a bola e ali abriu no meio, eu fui e arrisquei, só chutando que entra mesmo. Graças a Deus a bola entrou. Eu dedico à minha esposa e aos meus familiares, para toda a torcida do Cruzeiro também. Fico feliz pelo primeiro gol. É difícil o zagueiro fazer gol, quando faz é uma emoção muito grande. É uma alegria muito grande. Fonte: Saite Oficial do Cruzeiro
  • Robert, atacante do Cruzeiro: É uma vitória importante, em primeiro lugar. Tive a oportunidade de ajudar meus companheiros e fazer o gol. Dedico a toda minha família, que sempre torceu para mim nos momentos difíceis. Todos correram, se ajudaram, sabíamos que ia ser um jogo difícil, apesar de eles estarem no descenso. O grupo é muito experiente. Essas duas derrotas não abalaram em nada a equipe, principalmente no último jogo, que era um clássico. Nosso time está na mesma pegada e essa vitória foi muito importante para encostar no Fluminense. Na reta final, deixar escapar esse tipo de ponto é um desastre pra quem quer o título. Fonte: Saite Oficial do Cruzeiro
  • Rômulo, lateral-direito do Cruzeiro: Nós estávamos precisando nos reabilitar na competição e conseguimos na hora certa. Agora faltam seis jogos decisivos e a gente tem que fazer o máximo para ganhar e aproveitar a fase. Fonte: Saite Oficial do Cruzeiro
  • Fábio, goleiro do Cruzeiro: A equipe jogou mal 30 minutos contra o Atlético-MG. Contra o Grêmio a gente teve totais condições de sair com a vitória. O importante é que a gente estava tranquilo para jogar. A sequência nossa é muito boa, mesmo depois de duas derrotas. Corinthians e Fluminense estão aí lutando porque fizeram um turno muito bom e queimaram gordura, senão estavam muito atrás. Fonte: Saite Oficial do Cruzeiro
  • Gilberto, meia do Cruzeiro: O pessoal está bem focado no que quer e a gente conseguiu fazer um bom primeiro tempo. No segundo, administramos mais o resultado. O caminho é esse. Sabemos que é um campeonato muito difícil, que vamos encontrar adversários mais difíceis, mas adversários que saem mais para o jogo e dão oportunidades de criar um lance melhor, mais agudo. É manter a tranquilidade e trabalhar forte, porque vamos em busca do nosso objetivo, que está próximo, mas é um caminho árduo, difícil, mas podemos chegar. Fonte: Superesportes
  • Cuca, treinador do Cruzeiro: Um jogo após o revés no clássico é decisivo. Se você não ganha, é muito difícil ter uma virada. A vitória sobre o Santos criou um ânimo extra para o Prudente, sabendo que era praticamente a última cartada hoje (sábado). Estavam muito motivados, correndo, influenciados pelo último resultado, o que tornou o jogo perigoso. No primeiro tempo a gente fez o escore e no segundo controlamos bem a partida, ainda que um pouco cedo, mas bem. O mais importante de tudo foi a vitória. Eu sempre escalei dois meias, inclusive em jogos fora, contra Fluminense e Atlético-PR. Sempre disse que o Gilberto é um titular meu e hoje é titular ao lado do Montillo. Combina ele com o Montillo, diferente de outras opções que você tem. Meu time joga com dois meias e vai jogar assim até o final do campeonato, valorizando bastante a parte ofensiva, sempre com equilíbrio. A gente busca isso sempre. Fonte: Saite Oficial do Cruzeiro

Links e Fontes[editar]

Transmissão[editar]

  • Sportv