Predefinição:Artigos em destaque

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para: navegação, pesquisa
Cruzeiro 6x2 Santos - Final da Taça Brasil 1966
Primeiro jogo da final ocorreu no Mineirão.

Após 22 partidas pelo Campeonato Mineiro 1965 e 6 pela Taça Brasil 1966, naquela quarta-feira, 30 de novembro de 1966, o Cruzeiro começava a escrever contra o Santos a página mais importante de sua história. A página heroica de seu primeiro título nacional. Um título que escancarou as portas da sala de jantar do futebol brasileiro.

É bem verdade que ao se tornar o primeiro campeão brasileiro em março de 1960, no Maracanã, o Bahia já havia iniciado a demolição da velha ordem. Mas foi com a vitória contundente da Raposa sobre o Peixe que o Eixo teve de se curvar, colocar ponto final em seu torneio Rio-São Paulo e, humildemente, passar a disputar títulos nacionais contra o resto do país.

Ver artigo principal: Cruzeiro 6x2 Santos - 30/11/1966

Em construção.png
Este artigo está em construção!
Se tiver informações que completem este artigo, entre em contato conosco.

(1)

Cruzeiro 6x2 Santos - Final da Taça Brasil 1966

Primeiro jogo da final ocorreu no Mineirão.

Após 22 partidas pelo Campeonato Mineiro 1965 e 6 pela Taça Brasil 1966, naquela quarta-feira, 30 de novembro de 1966, o Cruzeiro começava a escrever contra o Santos a página mais importante de sua história. A página heroica de seu primeiro título nacional. Um título que escancarou as portas da sala de jantar do futebol brasileiro.

É bem verdade que ao se tornar o primeiro campeão brasileiro em março de 1960, no Maracanã, o Bahia já havia iniciado a demolição da velha ordem. Mas foi com a vitória contundente da Raposa sobre o Peixe que o Eixo teve de se curvar, colocar ponto final em seu torneio Rio-São Paulo e, humildemente, passar a disputar títulos nacionais contra o resto do país.

Ver artigo principal: Cruzeiro 6x2 Santos - 30/11/1966 ---

(2)

Conquista da Copa do Brasil sobre o badalado Palmeiras

Segundo jogo da final ocorreu no Parque Antártica.

Além da importância do título de 1996, outro destaque foi a campanha avassaladora do Cruzeiro ao passar por equipes tradicionais como Vasco (com a sonora goleada de 6 a 2 em pleno São Januário), Corinthians (com uma vitória e goleada por 4 a 0 no Independência) e Flamengo, até a inesquecível decisão com o galático Palmeiras.

O rival paulista que tinha técnico Luxemburgo ainda contava com Cafu, Júnior, Djalminha, Rivaldo, Luizão, etc. A conquista que veio com virada e gol do oportunista Marcelo abriu o caminho para o time estrelado disputar (e conquistar) a Copa Libertadores da América 1997.

Ver artigo principal: Copa do Brasil 1996


(3)

Conquista do tetra do Brasileiro e recordes quebrados

Everton Ribeiro e todo elenco deram volta olímpica após vitória de 2 a 1 contra Goiás no Mineirão.

Depois do título em 2013, o Cruzeiro também venceu o Campeonato Brasileiro 2014. Depois de assumir a liderança já na 6ª rodada do turno, o time celeste não deixou a posição até o fim. Além da campanha em pontos (80 no total), o time campeão também fez façanhas e quebrou recordes como: campeão do turno com maior antecedência até então; maior número de rodadas seguidas na liderança, 34 no total; o time que mais terminou entre os 4 primeiros colocados desde 1959; etc.

O jogo do título foi a vitória por 2 a 1 contra o Goiás no Mineirão. Os mais de 55 mil pagantes e presentes viram os gols de Everton Ribeiro e Ricardo Goulart, além da festa de todo elenco após o jogo.

Ver artigo principal: Campeonato Brasileiro 2014


(4)

Tríplice Coroa</strong></div>

Coroa.png

Se há um ano na História do Cruzeiro em que o torcedor celeste tinha certeza que seu time era imbatível, essa temporada foi 2003. Campeão Mineiro, da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro, o time estrelado derrotou todos os seus adversários no decorrer do ano, à exceção do São Caetano. Contra o Azulão, foi um empate e uma derrota.

Foram nada menos que 179 gols marcados na temporada, 102 deles só no Brasileirão. Para se ter uma ideia, o Cruzeiro de 2010 teve o ataque mais positivo da Libertadores, com 26 gols, e anotou apenas 124 tentos em todo o ano.

No Campeonato Mineiro, o Cruzeiro foi campeão invicto, com 10 vitórias e dois empates... (Leia mais...)


(5)

20 anos da Conquista da Copa Libertadores 1997</strong></div>

Campeao-Libertadores-1997.jpg

O Cruzeiro já chegou a disputa da Copa Libertadores da América 1997 de maneira surpreendente. Classificou-se para o Torneio Sulamericano como campeão da Copa do Brasil 1996, ao derrotar o favoritismo do Palmeiras, em pleno estádio Parque Antártica. Os paulistas, na ocasião, eram patrocinados por uma multinacional italiana e reunia um plantel de jogadores galáticos que eram considerados imbatíveis em seus domínios.

A base do time campeão da Copa do Brasil 1996 foi mantida e a diretoria cruzeirense trouxe apenas três reforços para o plantel. O atacante Reinaldo, que estava no futebol italiano, foi repatriado. O meia Elivélton veio do Palmeiras, após o clube estrelado ganhar a disputa nos bastidores contra o rival Atlético-MG. (Leia mais...)