Ponte Preta 0x2 Cruzeiro - 24/08/2013

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 2x1 Escudo Flamengo.png Gol aos do Escudo Flamengo.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Brasileiro 2013
Escudo Cruzeiro.png 5x1 Escudo Vitória.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 5x3 Escudo Vasco.png
No estádio Moisés Lucarelli
Escudo Ponte Preta.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Ponte Preta.png 1x2 Escudo Cruzeiro.png
Contra Ponte Preta
Escudo Ponte Preta.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 2x2 Escudo Ponte Preta.png

[edit]

Escudo Ponte Preta.png
Ponte Preta
0 × 2 Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
16ª rodada do Campeonato Brasileiro 2013
Data: 24 de agosto de 2013 Local: Campinas, SP
Horário: 18:30 Estádio: Moisés Lucarelli
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio Público pagante: 5.874
Assistente 1: Rodrigo Pereira Joia Público presente: Não disponível
Assistente 2: Marcia Bezerra Lopes Caetano Renda: R$ 103.755,00 R$ 103.755 <br />Cr$ 103.755 <br />NCr$ 103.755 <br />Cz$ 103.755 <br />NCz$ 103.755 <br /> (preço médio: R$ 17,66 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Ponte Preta: Cruzeiro:

1. Roberto 1. Fábio
3. Cesar 2. Ceará
5. Betão 33. Bruno Rodrigo
4. Diego Sacoman Substituição realizada 18'(2T) de jogo 18'(2T) ( 22. Giovanni ) 26. Dedé  Gol aos 22 do  (1T) 22'  (1T)
2. Régis 23. Everton Substituição realizada 6' (2T) de jogo 6' (2T) ( 6. Egídio )
11. Fernando Bob 19. Nilton Cartão amarelo recebido aos 23  (2T) 23'  (2T)  
8. Magal Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 18. Ramirez ) 78. Elierce Souza Cartão amarelo recebido aos 30  (1T) 30'  (1T)   Substituição realizada 4' (1T) de jogo 4' (1T) ( 16. Lucas Silva )
10. Chiquinho 31. Ricardo Goulart Substituição realizada 9' (2T) de jogo 9' (2T) ( 8. Henrique )
6. Uendel Cartão amarelo recebido aos 9  (2T) 9'  (2T)   17. Éverton Ribeiro
7. Rildo 9. Borges  Gol aos 27 do  (2T) 27'  (2T)
9. Dennis Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 21. Rafinha Cartão amarelo recebido aos 22  (2T) 22'  (2T)   ) 41. Willian
Técnico: Carpegianni Técnico: Marcelo Oliveira
Reservas que não entraram na partida
Ponte Preta: Cruzeiro:

Pré-Jogo

Classificação: O Cruzeiro ocupa o 2º lugar, com 28 pontos. A Ponte Preta é a 16ª, com 15 pontos.

Ausentes no Cruzeiro: Mayke (LD), Luan (A), Victorino (B), lesionados, Dagoberto (A), em recuperação física.

Pendurados no Cruzeiro: Dedé (B), Leandro Guerreiro (V), Mayke (LD), Nílton (V) e Tinga (V).

Banco do Cruzeiro: Rafael Monteiro, Leo Simões, Egídio, Henrique, Leandro Guerreiro, Lucas Silva, Alisson, Júlio Baptista, Lucca, Martinuccio, Vinicius Araújo.

Ausentes na Ponte Preta: Wescley (B), lesionado.

Pendurados na Ponte Preta: Chiquinho (V), Diego Sacoman (B) e William (A).

Banco da Ponte Preta: Daniel, Luiz Advíncula, Artur, Ferron, Giovanni, Ramirez, Brian Sarmiento, Rafinha

Souza, volante do Cruzeiro: “A Ponte Preta tem um time forte, que vem junto há dois, três anos e sabe jogar no Moisés, onde pressiona o adversário. E o Carpegiani é um excelente treinador. Mas nós estamos focados na briga pela liderança e ainda podemos tirar proveito da questão da torcida, que a partir de um ponto atrapalha o próprio time.”

Paulo César Carpegiani, técnico da Ponte Preta: “William volta contra o Cruzeiro, mas o resto será mantido. Joga-se em função da parte tática e o William joga pra colocar a bola pra dentro, ele é o titular. Rildo e Chiquinho foram muito bem contra o Criciúma e não tenho mais o que mexer, tenho é que confirmar esta equipe para o próximo jogo.”

Juiz: Wilton Pereira Sampaio (GO) apitou 7 partidas neste Brasileiro. Aplicou 4,4 amarelos em média e nenhum vermelho. Marcou média de 18,7 faltas e assinalou 3 pênaltis (0,4 por partida). O campeonato tem média de 4,2 amarelos e 0,3 vermelhos. São 33,7 faltas e 0,2 pênalti, em média, por jogo. Relevante: A Ponte Preta tem a melhor pontaria do campeonato com 43,9% de finalizações no alvo. O Cruzeiro é o 2º colocado, com 43,6%. Em números absolutos, o Cruzeiro é o 1º em finalizações (257) e em chutes no alvo (112).

Escrita: Nos últimos dois confrontos entre Ponte Preta e Cruzeiro, o time de Campinas levou a melhor: 2×1 no Independência e 1×0 em Campinas, no Brasileiro 2012.

Adversário: A Associação Atlética Ponte Preta, fundada em 11ago13, é o mais antigo clube, exclusivamente de futebol, em atividade no Brasil. Possui 10 campeonatos municipais de Campinas e um Paulista da 2ª divisão. No Ranking da CBF, a Macaca ocupa o 24º lugar, com 7.600 pontos.

Público: A média de público da Ponte Preta jogando em casa no Brasileiro 2013 é de 4.658 pagantes.

Organizadas do Cruzeiro no Moisés Lucarelli: Máfia Azul.

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 18h. William, centroavante da Ponte Preta e artilheiro do Brasileiro 2013, está fora da partida, com lesão na partilha. Ele será substituído por Dennis.
  • 18h23. Ponte Preta em campo, toda de branco, com uma faixa diagonal preta na camisa.
  • 18h25. Cruzeiro em campo, todo de azul.
  • 18h27. Execução do Hino Nacional.
  • 18h31. Começa o jogo. Cruzeiro, à direita das cabines, dá a saída.
  • 01. Willian cobra falta, na intermediária, mas não consegue jogar a bol sobre a área. Defesa fica com ela.
  • 02. Bandeirinha, desatenta, marca offside de Borges. Errou.
  • 03. Tirambaço! Goulart, da ponta direita, enche o pé. Roberto defende, com dificuldade.
  • 04. Souza fura no meio de campo, Dedé aparece na cobertura e enche o pé, jogando a bola pro mato.
  • 05. Boa trama celeste na entrada da área da Macaca. Defesa local consegue se safar do perigo.
  • 06. Souza chuta de longe, bola sai fraca, sem criar problemas pra Roberto.
  • 07. Muriçocas sobrevoam o Majestoso en grande quantidade, incomodando quem está no banco e nas arquibancadas..
  • 08. Dennis recebe lançamento na pontesquerda, Bruno Rodrigo escolta a bola que sai pela linha de fundo.
  • 09. Rildo chuta, bola sai à direita de Fábio.
  • 10. Carpegiani reclama do bandeira, que deu lateral pro Cruzeiro, e leva bronca do Juiz.
  • 11. Rildo tenta ação ofensiva, mas Bruno rodrigo desmancha a jogada.
  • 12. Regis cruza da esquerda, Francisco Everton cede escanteio.
  • 12’30”. Chiquinho cobra escanteio pela direita, bola atravessa o gramado e sai pelo lado oposto.
  • 13. Renato Leal, comentarista do PFC: “Ponte respeita demais o Cruzeiro, que joga melhor e arrisca mais.”
  • 14. Chiquinho ataca pela direita, mas é desarmado por Willian, com um tranco.
  • 15. Uendel tabela com Dennis, mas Dedé protege a bola, que fica com Fábio.
  • 16. Borges faz cortaluz, bola fica com Willian, na meia lua. Defesa da Macaca corta.
  • 17. Chiquinho cobra escanteio pela esquerda, Ceará corata de cabeça.
  • 18. Bola sobre a área celeste, Rildo não consegue arrematar.
  • 19. Everton Ribeiro, pela direita, joga bola na área da Ponte. Fernando Bob faz o corte..
  • 20. Souza cruza buscando Borges, dentro da área. César corta.
  • 21. Ponte começa a se soltar, jogando pelos flancos, como pede Carpegiani. O Cruzeiro, com a bola nos pés sabe o que faz.
  • 22. Diego sacoman passa a Goulart, que enfia a bola pra Borges.
  • 22. GOLAÇO. Everton Ribeiro cobra escanteio pela esquerda, Dedé sobe mais que César, seu marcador, e cabeceia com extrema violência. Roberto nem vê a bola. Cruzeiro 1×0.
  • 23. 32º gol do Cruzeiro e 2º de Dedé no Brasileiro 2013.
  • 24. Ponte articula jogada de ataque, que termina nos pe’s de Bruno Rodrigo.
  • 25. Bruno Rodrigo faz lançamento de 70m buscando Ceará, Sacoman chega às pressas pra impar a área.
  • 26. Régis tenta lançamento para Dennis, mas Dedé ganha disputa pelo alto.
  • 27. Chiquinho tenta entrar driblando na defesa celeste, Ceará desfaz a jogada.
  • 28. Uendel chuta de longe, bola sai à direita de Fábio.
  • 29. Amarelo! Souza por segurar Rildo.
  • 30. Rildo tenta passar a Uendel, dentro da área celeste. Bruno Rodrigo corta.
  • 31. Renato Leal: “A Ponte sentiu o impacto do gol, não consegue fazer marcação perfeita, nem tem força pra atacar. O Cruzeiro está tranquilo.”
  • 32. Uendel põe Willian na cara do gol. Sorte do Cruzeiro: o meia está impedido.
  • 33. Juiz avisa Ricardo Goulart, que acúmulo de faltas resulta em cartão amarelo.
  • 34. Perigo! Rildo cruza, da esquerda, em diagonal. Chiquinho desvia a bola, que sai rente ao poste esquerdo do arco celeste.
  • 35. Borges recebe bola na área da Macaca, Roberto fica com ela.
  • 36. Bola cruza a área celeste, Rildo disputa com Ceará e cai não conseguindo o cabeceio. Ponte pede pênalti.
  • 37. Willian chuta da entrada da área buscando o ângulo esquerdo. Roberto defende, com uma ponte.
  • 38. Souza chuta bola contra Uendel e o Cruzeiro fica com um tiro de meta.
  • 39. Ponte avança lentamente, trocando muitos passes. Cruzeiro, com todo mundo atrás da linha da bola, bloqueia o time local..
  • 40. Ricerdo Goulart chuta forte, da entrada da área. Bola sai à esquerda de Roberto.
  • 41. Cruzeiro ocupa todos os espaços de seu campo de defesa. Goulart derruba Rildo. Falta pra Ponte.
  • 42. Souza cai sentindo dores. Lucas Silva vai pro jogo.
  • 42’30”. Souza sai no carromaça.
  • 43. Troca: Souza x Lucas Silva.
  • 44. Uendel cobra falta sobre a área, Chiquinho chega atrasado e não consegue arrematar.
  • 45. Everton Ribeiro cruza da direita buscando Borges, Betão corta.
  • 45’30” Willian faz bela jogada pela esquerda e passa a Goulart, que chuta. Bola desvia em Betão. Escanteio.
  • 45 +1. Everton Ribeiro cobra escanteio, Roberto vai no 4º andar e soca a bola.
  • 45+1/2. No último lance, Dedé sofre carrinho de Dennis e sente o tornozelo. Nada grave.
  • 45 +2. Fim de 1º tempo. Cruzeiro jogou melhor e mereceu vencer.
  • Dedé, beque do Cruzeiro: “Tomara que o 2º tempo seja melhor que o primeiro, e que eu continue nessa concentração pra não sofrer gol. O gol saiu, graças a Deus, fico muito feliz por ajudar o Cruzeiro”.

Segundo Tempo

  • 19h34. Times voltam a campo. Ponte Preta com duas substituições
  • Trocas: Dennis x Rafinha, Magal x Ramires
  • 19h35. Comeca o 2º tempo. Ponte Preta dá a saída.
  • 46. Rafinha entra forte, Bruno Rodrigo fica caído.
  • 47. Ceará avança pela direita e é derrubado por Fernando Bob, perto da bandeira de corner.
  • 47’30”. Willian cobra escanteio pela direita, Dedé cabeceia, defesa da Ponte corta.
  • 48. Regis ataca pela direita, Francisco Everton cede escanteio.
  • 49. César sobe a ao ataque, recebe passe de Ramirez, Bruno Rodrigo cede escanteio.
  • 50. Everton Ribeiro chuta de fora da área, bola sai pela linha de fundo.
  • 51. Chiquinho, com um chutão, desfaz ataque celeste, na meialua.
  • 52. Bruno Rodrigo persegue Rildo e chuta bola pra escanteio. Na cobrança, ele mesmo corta, de cabeça.
  • 52’30”. Francisco Everton cruza da esquerda, Roberto defende pelo alto.
  • 53. Lucas Silva lança Willian, César, na meialua, corta.
  • 54. Defesaça! Rafinha dribla Dedé e passa a rafinha. Fábio sai doa rco e defende aos pés do atacante..
  • 55. Amarelo! Uendel, por reclamação.
  • 55’30”. Willian lança Borges, que pega de prima. Roberto defende com segurança.
  • 56. Ótima trama! Francisco Everton lança Borges, que passa a Gipoulart. O meia arremata, Roberto defende.
  • 57. Falta de Lucas Silva em Chiquinho. Uendel cobra, bola sai à esquerda de Fábio.
  • 58. Bela trama do ataque celeste, Goulartcoloca Francisco Everton na cara ddo gol. Bandeira marca impedimento. E erra grotescamente, pois Sacoman dá condição ao lateral celeste.
  • 59. Amarelo! Ricardo Goulart, por reclamação.
  • 60. Francisco Everton sai contundido no carromaca.
  • 61. Troca: Francisco Everton x Egídio.
  • 62. Troca: Diego Sacoman x Giovanni.
  • 63. Ponte muda do 3-5-2 para o 4-4-2.
  • 64. Everton Ribeiro é derrubado por Fernando Bob, na meia direita. Ele mesmo cobra a falta. Roberto defende pelo alto.
  • 65. Confusão na área celeste. Caem Bruno Rodrigo e Giovanni. Nada, nada.
  • 65’30”. Amarelo! Nílton, por derrubar Chiquinho. Os dois discutem e trocam cabeçadas, na sequência.
  • 66. Rildo divide com Dedé e fica caído fora de campo.
  • 67. Everton Ribeiro desarma Regis na entrada da área celeste.
  • 68. Amarelo! Rafinha, por simulação de falta na entrada da área celeste.
  • 69. Ramirez cobra falta pela direita, bola sai à direita de Fábio.
  • 70. Inacreditável! Goulart põe Borges na cara do gol, na risca da pequena área. O centroavante enche o pé. Pra fora.
  • 71. GOL! Everton Ribeiro lança Borges, que gira sobre o marcador, César, e enche o pé. Indefensável pra Roberto. Cruzeiro 2×0.
  • 72. 33º gol do Cruzeiro no campeonato, 3º de Borges.
  • 73. Troca: Ricardo Goulart x Henrique..
  • 74. É a 1ª partida do volante Henrique em 2013.
  • 75. Cruzeiro troca passes tentando desestimular a Ponte.
  • 76. Boca de bode. Agora, é a Ponte que retém a bola. Defesa celeste está mais fechada do que boca de bode.
  • 77. Torcida celeste faz muito barulho no Moisés Lucarelli, pontepretanos se calam.
  • 78. Everton Ribeiro passa a Willian, que chuta de fora da área. Bola sai à direita de Roberto.
  • 79. Everton Ribeiro chuta de curva, de fora da área, Roberto defende em seu ângulo direito.
  • 80. Rafinha passa por Lucas Silva e Ceará, mas Dedé aparece na cobertura e despacha a bola.
  • 81. Bicuda! Bola pinga na área celeste, Dedé corta com um bico.
  • 82. Everton Ribeiro lança Willian, que fica na cara do arco. Roberto sai e abafa a bola.
  • 83. Rildo manca. Sente lesão na perna direita.
  • 84. Defesaça! Nílton lança Borges, que vai à linha de fundo e cruza pra Willian, rarremata de prima. Roberto voa e defende no canto esquerdo.
  • 85. Uendel cruza da esquerda, Bruno Rodrigo corta de cabeça.
  • 86. Cruzeiro troca passes em sua intermediária.
  • 87. Ponte na roda. Torcida, inclusive da Ponte, grita “Olé!”
  • 88. Egídio faz grande jogada pela esquerda, entre na área, mas César aparece pra ceder escanteio.
  • 88’30”. Willian cruza da direita, César sobe mais que Borges e corta de cabeça.
  • 89. Lucas Silva ataca pela direita, Betão corta.
  • 90. Uendel derruba Lucas Silva. Falta de ataque.
  • 90’30”. MVP, segundo Rosan Amaral, no PHD: “Quatro gigantes azuis nesta noite: Dedé, Bruno Rodrigo, Nilton e Everton Ribeiro.”
  • 91. Cruzeiro troca passes no meio de campo.
  • 92. Fim de jogo. Cruzeiro voltaou a jogar muita bola e venceu com autoridade.
  • NÚMEROS: Finalizações: Cruzeiro 14×8, Faltas: Cruzeiro 20×17. Desarmes: Cruzeiro 18×12. Passes errados: Ponte 30×29. Defesaças: Roberto 3×1 Fábio. Impedimentos: Cruzeiro 2×1.
  • Borges, centroavante do Cruzeiro: “Pedi um pouco de paciência, fiquei muito tempo sem jogar, a gente tem jogado quarta e domingo e não tem tido tempo para treinar finalização, teve um lance que eu nem acreditei, acabei escorregando.”

Vídeos

Melhores momentos
Gols

Atuações

  • Torcida Celeste compareceu em bom número e, várias vezes, somente sua voz era ouvida no estádio.
  • Fábio, quando precisou, ele estava pronto pra salvar. Mas só foi preciso uma vez.
  • Ceará atuou corretamente, cuidando primeiro da marcação e, depois, do apoio ao ataque.
  • Dedé, impecável na defesa e um golaço no ataque.
  • Bruno Rodrigo, impecável.
  • Francisco Everton voltou, depois de muito tempo fora, voltou sem muita força ofensiva. Mas não comprometeu.
  • Egídio jogou como vem fazendo há tempos: com inspiração e força ofensiva.
  • Nilton marcou com eficiência, atacou com moderação.
  • Souza errou mais do que o habitual.
  • Lucas Silva jogou seu futebol normal, sem brilho ofensivo, mas eficiente na contenção.
  • Everton Ribeiro criou boas jogadas individuais e dificultou a marcação, com deslocamentos constantes.
  • Ricardo Goulart fez uma partida tática e tecnicamente próxima da perfeição. Suas enfiadas de bola nas costas dos beques (sem interpretações malévolas, por favor) são perfeitas. Vira e mexe, algum companheiro é posto na cara do gol. Foi o nome do jogo.
  • Henrique voltou a jogar após oito meses. Limitou-se a tocar a bola, pois quando entrou o jogo já estava decidido.
  • Willian foi um trabalhador. Por enquanto, é isso que ele tem feito: trabalhar incansavelmente.
  • Borges perdeu um gol feito, marcou, logo em seguida, outro bem mais difícil. E buscou jogo o tempo todo.
  • Marcelo Oliveira está colhendo frutos do trabalho diário. Dá gosto ver seu time jogar.
  • Juiz & Cia. cometeram alguns erros. O principal, um impedimento marcado contra o Cruzeiro logo no início da partida. Nada, contudo, que mereça chilique de termocéfalos. O erro é intrínseco à condição humana, lembrem-se, senhores apedrejadores.
  • Cruzeiro jogou com equilíbrio, defendendo e atacando na medida certa. E ensebando a bola quando a ocasião exigia. O time amadureceu. Difícil, agora, será encontrar lugar pra Júlio Baptista.
  • Ponte Preta teve receio de encarar, tomou gol e voltou pro 2º disposta ao tudo ou nada. Deu nada.

O que foi dito

  • Marcelo Oliveira, treinador do Cruzeiro: No 1º tempo e no 2º, até o segundo go, tivemos dificuldades e a Ponte chegou bem ao ataque. Mas foi uma vitória importante, pois aumentamos o aproveitamento fora de casa. Com o Lucas e o Henrique, fechamos mais o time, pois a Ponte Preta colocou mais atacantes. Lucas entrou muito bem. O elenco tem qualidade e os jogadores que estão fora estão preparados e isso pode fazer a diferença. O resultado nos deixou lá em cima e mostrando bom futebol.
  • Henrique, volante do Cruzeiro: Feliz pelo retorno, depois de muito tempo recuperando de lesão. É complicado ficar no departamento médico sem poder jogar. Foi bom ajudar o Cruzeiro neste recomeço. Agora é recuperar o ritmo, atuar mais vezes e ficar à disposição do Marcelo, trabalhamdo e evoluindo.
  • Dedé, beque do Cruzeiro: O gol saiu, graças a Deus, estou feliz por ajudar o Cruzeiro, esse era meu maior objetivo quando assinei o contrato. O gol me deixa feliz, mas o torcedor espera que eu defenda e não deixe o time tomar gols. Foi assim que me sobressaí no Vasco. Agradeço a Deus, aos familiares, amigos e companheiros, e o torcedor que está me apoiando, apesar do erro que tive. Foi muito apoio e incentivo, o que me deixa feliz com a torcida. Agradeço o apoio que recebi pelo twitter, pelas redes sociais. Eles falaram muitas coisas boas pra mim e isso me favoreceu em campo.
  • Nílton, volante do Cruzeiro: Foi uma vitória convincente, com futebol de equipe que busca o título. Mesmo jogando fora, pressionamos, marcamos forte e saímos em velocidade. Temos jogadores rápidos, a equipe sai rapidamente e isso faz uma diferença tremenda.
  • Flávio Carneiro, no PHD: Além dos 3 pontos, podemos comemorar também a volta do Henrique. É mais um bom jogador a serviço do time, sendo titular ou não. Pra ganhar o Brasileiro tem que ter um grupo forte e isso o Cruzeiro tem! Muito importantes os gols do Dedé e do Borges, jogadores importantes, que precisavam desses gols pra resgatar a confiança da torcida.
  • Maia, no PHD: Assisti ao jogo em Montes Claros. Custei a achar um lugar que estivesse passando o jogo do Maior de Minas. Em todos os bares e restaurantes, transmitiam a partida do Flamengo. Torcer para o Cruzeiro no interior deve ser sofrido pra quem não tem PPV. Melhor em campo: Everton Ribeiro. Pior: Souza. Bela vitória. Jogamos bem contra um adversário que não podia tomar pontos da gente, além de ser mais uma vitória fora de casa. Temos tudo para terminar o turno em primeiro lugar.

Fontes

Transmissão

  • PPV