Marinho Rodrigues de Oliveira

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
(Redirecionado de Marinho Oliveira)
Ir para navegação Ir para pesquisar

[edit]

Icone-Treinador.png
Marinho Oliveira
Números totais
Número de jogos 13
Vitórias 5
Empates 4
Derrotas 4
Gols pró 20 (média: 1.54 )
Gols contra 15 (média: 1.15 )
Aprov. em pontos 48,72%
Aprov. de vitórias 38,46%
Último jogo considerado
Cruzeiro Escudo Cruzeiro BH.png 0x2 Escudo Uberlândia.png Uberlândia - 11/08/1963
Substituiu Foi substituido por

1963 Niginho

Histórico[editar]

Foi contratado para técnico do Cruzeiro, em 5 de maio de 1963, para substituir Niginho, que deixou o Cruzeiro assim que soube que o presidente Felício Brandi havia viajado ao Rio a procura de um técnico. Marinho havia deixando o comando técnico do Botafogo, após a conquista do bicampeonato estadual de 1961/62. Ele assinou contrato de um ano para ganhar Cr$ 100 mil mensais. Apresentou-se em 10 de maio e pediu para adiar os amistosos, durante um prazo de 30 dias, para poder conhecer melhor o plantel. Reclamou da má condição física dos atletas e indicou a contratação de três atletas dos aspirantes do Botafogo: o lateral esquerdo Hilton, o ponta de lança Luiz Carlos e o zagueiro Hélio. Pretendia mudar o sistema 4-2-4 pelo 4-3-3 que utilizou no Botafogo. Deixou o Cruzeiro na 6a rodada do Estadual para atender a um convite feito pela Federação Peruana para dirigir a Seleção do Peru, em agosto de 1963. Deixou o Cruzeiro na liderança do Estadual, ao lado do Atlético, com 9 pontos ganhos[1].

Estatísticas ano a ano[editar]

Temporada Jogos Vitórias Empates Derrotas Aprov. Gols pró Gols contra Saldo de gols
1963 13 5 4 4 48,72% 20 (méd: 1.54) 15 (méd: 1.15) 5

Referências[editar]