Marco Aurélio Moreira

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para: navegação, pesquisa

[edit]

Marco Aurélio Moreira.jpg
Números totais
Número de jogos 100
Vitórias 53
Empates 20
Derrotas 27
Gols pró 185
Gols contra 130
Aproveitamento em pontos 59,67%
Aproveitamento de vitórias 53,00%
Último jogo considerado
São Caetano 4x1 Cruzeiro - 13/11/2004
Substituiu Foi substituido por

2000 Paulo Autuori Luiz Felipe Scolari 2000
2001 Ivo Wortmann Ney Franco 2002
2004 Emerson Leão Ney Franco 2004


Marco Aurélio conquistou todos os títulos da carreira de treinador no Cruzeiro. Além da Copa do Brasil de 2000, ele ganhou a Copa Sul-Minas e o Supercampeonato Mineiro, ambos em sua segunda passagem pela Toca da Raposa, em 2002. Dois anos depois, ele ainda voltou ao clube, mas sem o mesmo sucesso das temporadas anteriores.


Histórico

Marco Aurélio durante comemoração da Copa do Brasil 2000.

As melhores lembranças são, definitivamente, da conquista nacional. Naquela época, a Copa do Brasil era disputada por todas as grandes equipes do país, inclusive as que jogavam a Libertadores, como ocorre em 2013. O treinador ainda recorda detalhes da virada emocionante sobre o São Paulo, na final, no Mineirão.

O que mais me marcou foram dois lances na grande decisão. O primeiro, com certeza, foi o gol de falta do Geovanni, que nos levou à virada aos 44 minutos do segundo tempo. E depois, no último lance do jogo, o Cléber ainda evitou um gol do São Paulo em cima da linha. Aquilo foi para qualquer um enfartar.

Marco Aurélio foi à decisão sabendo que, após a partida, seu posto seria ocupado pelo já consagrado Luiz Felipe Scolari. Nem mesmo a situação desconfortável trouxe aborrecimento ao treinador. Eu sabia que não ia ficar no Cruzeiro, mas sempre fui muito tranquilo em relação a isso. O Felipão foi um dos que mais que incentivaram naquela final. Também tive apoio da diretoria, disseram que a porta estaria aberta. Até hoje só tenho que agradecer ao Cruzeiro por tudo que o clube me proporcionou. Nunca tive nenhuma mágoa. [1]

Segunda passagem

No dia 26 de setembro de 2001, fez sua reestreia no comando do Cruzeiro no empate em 0x0 contra o Colo-Colo pela Copa Mercosul 2001.

Estatísticas ano a ano

Ano Jogos Vitórias Empates Derrotas Aprov. Gols pró Gols contra Saldo de gols
2000 19 12 6 1 73,68% 90 15 75
2001 16 7 2 7 47,92% 77 26 51
2002 41 27 7 7 71,54% 95 40 55
2004 24 7 5 12 36,11% 84 49 35

Títulos

Referências