Leonardo Pereira Silva

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar

[edit]

Leonardo
Icone-Jogador-Cruzeiro.png
Informações pessoais
Nome completo Leonardo Pereira Silva
Data de nasc. 13/06/1974 (46 anos)
Local de nasc.

Picos

Posição Atacante
Jogos 30 (Oficais: 28 / Amistosos: 2)
Gols 9
Elenco atual? Não
Primeiro jogo
Cruzeiro 1x1 Colo-Colo - 29/07/2001
Último jogo considerado
Cruzeiro 1x2 Criciúma - 17/03/2002


Em julho de 2001, o Cruzeiro acertou a contratação do artilheiro, que havia entrado para a história do Mineirão: o atacante Leonardo. Ele havia marcado cinco gols na goleada do Sport Recife, por 6 a 0, sobre o time de lourdes, na última rodada do Campeonato Brasileiro de 2000. Custou R$ 1,5 milhão aos cofres do barro preto. Um valor alto para o período. Apesar do alto investimento e do feito que carregava em seu currículo, sua chegada ao clube foi ofuscada com o anúncio de outros três reforços de peso: o atacante Edmundo, o volante colombiano Rincón e o meia Alex. Com a chegada destes três jogadores, o Cruzeiro ganhou até a condição de favorito ao título.

No entanto, em campo o time não mostrou aquilo que representava no currículo de seus atletas. Realizou uma péssima campanha e encerrou a disputa na 21ª colocação. O recordista Leonardo tornou-se um dos atacantes de pior aproveitamento da história do clube em Campeonatos Brasileiros. Foram minguados 5 gols em 19 jogos disputados. Uma ridícula média de 0,2 gols por jogo. Passou 16 partidas em branco, dentre elas, o clássico contra o time de lourdes. O carrasco do Atlético-MG foi, definitivamente, um foguete molhado.

Mas o jogador era mesmo um predestinado a entrar para as estatísticas. Apesar da temporada pífia, o atacante ainda deixaria o seu nome registrado, como o maior artilheiro em um só jogo nos confrontos contra o Internacional. Leonardo foi o único jogador a marcar três gols neste clássico. Seu feito foi na última rodada, no Mineirão, em 2 de dezembro de 2001. O Cruzeiro, já eliminado, entrou em campo para cumprir tabela, enquanto o colorado dependia da vitória para sonhar com a vaga para as quartas de final. Leonardo dissipou de vez as esperanças da gauchada ao marcar os três gols da vitória por 4 a 2, no primeiro tempo. E foi só. No ano seguinte foi envolvido numa negociação com mais outros dois jogadores na troca pelo volante Claudinei, do América-MG.[1]

Histórico[editar]

Números por ano[editar]

    Lista está ordenada por número de jogo. Clique nas setas para mudar ordenação
    Ano Jogos Titular Reserva Cartões Amar. Cartão amarelo recebido aos Cartões Verm. Cartão vermelho recebido aos Gols Gol aos do Banco
    2001 22 16 6 0 1 7 0
    2002 8 2 6 0 0 2 0

Referências[editar]