Itair Machado

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar
Em construção.png
Este artigo está em construção!
Se tiver informações que completem este artigo, envie um email para contato @ cruzeiropedia.org ou entre em contato conosco por outras formas.

História[editar]

Crise Administrativa[editar]

No dia 26 de maio de 2019 o Fantástico exibe denúncias contra a administração do Clube [1]. Um inquérito apura denúnicas que indicam quebra de regras da Fifa, da CBF e do governo federal.

No dia 28 de maio membros do conselho fiscal do clube pedem renúnica após as denúnicias de irregularidades[2]

No dia 29 de maio é criada uma sindicância pelo Presidente do Conselho Deliberativo, Zezé Perrella para apurar denúnicas sobre a atual diretoria[3]

No dia 31 de maio, em carta a Zezé Perrella, conselheiros do Cruzeiro pedem afastamento da diretoria do clube[4].

No dia 10 de julho de 2019 teve seu afastamento imediato da Vice-presidência de futebol determinado pela Justiça. Decisão liminar foi expedida pela 12ª Câmara Cível de Belo Horizonte[5][6]. Por meio de nota oficial, o Cruzeiro deu seu parecer sobre a decisão judicial que afastou Itair Machado das suas funções de vice-presidente de futebol do clube. Na curta resposta, o clube destaca que vai tomar as medidas administrativas que o caso requer.[7]

No dia 4 de setembro o TJMG derruba a liminar e Itair volta ao cargo de vice-presidente[8].

No dia 10 de outubro teve sua deixa em definitivo da vice-presidência de futebol clube[9][10][11][12]. Com a saída o dirigente teria direito a R$ 2 milhões de multa recisória[13].

Denúnica pelo Ministério Público[editar]

No dia 15 de outubro de 2020 foi denunciado jutamente com o ex-presidente Wágner Pires de Sá e o ex-diretor-geral Sérgio Nonato – e mais seis pessoas. Segundo o órgão, as denúncias são por crimes de lavagem de dinheiro, apropriação indébita, falsidade ideológica e formação de organização criminosa[14].

Mídia[editar]

Coletiva 26/01/2018
Coletiva 26/06/2018
Coletiva 03/01/2019
Coletiva 24/01/2019
Resenha de boleiro
Coletiva 27/09/2019

Referências[editar]