Internacional 0x1 Cruzeiro - 13/11/2002

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 4x1 Escudo Atlético-PR.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 2x0 Escudo Goiás.png
Por Campeonato Brasileiro
Escudo Cruzeiro.png 4x1 Escudo Atlético-PR.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 2x0 Escudo Goiás.png
No estádio Beira-Rio
Escudo Internacional.png 3x3 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Internacional.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png
Contra Internacional
Escudo Internacional.png 3x3 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 3x2 Escudo Internacional.png

[edit]

Escudo Internacional.png
Internacional
0 × 1 Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
1ª Fase do Campeonato Brasileiro 2002
Data: 13 de novembro de 2002 Local: Porto Alegre, RS
Horário: 21:40 Estádio: Beira-Rio
Árbitro: Éber Roberto Lopes Público pagante: 24.193
Assistente 1: Público presente: Não disponível
Assistente 2: Renda: Não informado
Súmula: Não disponível
Escalações
Internacional: Cruzeiro:
1. Clêmer 1. Gomes Cartão amarelo recebido aos  (1)
2. Chris 2. Cris
3. Luiz Alberto 3. Luisão Cartão amarelo recebido aos  (1) Gol aos 24 do  (1T) 24'  (1T)
4. Vinicius 4. Marcelo Batatais
5. Cássio Substituição realizada de jogo ( Chiquinho ) 5. Leandro Silva
6. Claiton 6. Ruy
7. Cleiton Xavier 7. Alex Substituição realizada de jogo ( Wendel )
8. Cleitão 8. Augusto Recife
9. Márcio Hahn Cartão amarelo recebido aos Substituição realizada de jogo ( Daniel Carvalho ) 9. Paulo Miranda
10. Fernando Baiano Substituição realizada de jogo ( Leandrão ) 10. Fábio Júnior Substituição realizada de jogo ( Lucas Severino )
11. Mahicon Librelato 11. Marcelo Ramos Substituição realizada de jogo ( Alessandro Oliveira )
Técnico: Cláudio Duarte Técnico: Vanderlei Luxemburgo
Reservas que não entraram na partida
Internacional: Cruzeiro:

Jogo

O Cruzeiro deixou o Internacional mais perto da série B em 2003. Nesta quarta-feira à noite, o time mineiro venceu o duelo disputado no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, por 1 a 0. O Cruzeiro permance com chances de classificação às quartas-de-final do Campeonato Brasileiro.

A equipe mineira chegou aos 36 pontos ganhos e joga, na última rodada, contra o Goiás, em Belo Horizonte. O time goiano também tem 36 pontos e ainda sonha com a classificação. Já o Inter, com 26, depende de uma vitória contra o Paysandu, em Belém, e tropeços de outros adversários, para não ser rebaixado à segunda divisão.

O Inter quase abriu o marcador aos 2min, num chute forte de Márcio. O goleiro Gomes tocou na bola, que ainda bateu na trave. Com uma marcação forte, o Inter continuou pressionando e jogando em seu campo de ataque. O time cruzeirense demorou para conseguir sair de seu campo de defesa.

Melhor em campo, o colorado gaúcho novamente esteve perto de marcar aos 15min. Fernando Baiano chutou de fora da área, com força, e o goleiro Gomes mais uma vez salvou o Cruzeiro. Dois minutos depois, porém, o time mineiro acertou seu primeiro contra-ataque, com Fábio Júnior, quase abrindo o placar.

Apesar de o time do Inter manter-se com mais força ofensiva e perder uma ótima chance com Cleiton Xavier, o Cruzeiro foi quem marcou primeiro no Beira-Rio. Aos 20min, Alex cobrou falta pela direita e jogou a bola na cabeça do zagueiro Luisão, que tocou para o gol e colocou sua equipe em vantagem.

O gol do Cruzeiro abalou o Internacional, que não conseguiu manter o mesmo ritmo dos primeiros 20 minutos de jogo. Nervoso em campo, o colorado gaúcho passou a errar muitos passes, e não criou mais nenhuma chance de gol para conseguir o empate ainda no primeiro tempo.

Na segunda etapa, o Internacional continuou não conseguindo pressionar o Cruzeiro. O time mineiro, mais consciente em campo, tocou bem a bola e controlou a equipe colorada. Apesar de estar bem na partida, o Cruzeiro também chegou com pouca força ao gol adversário.

No desespero, o Inter foi lançando-se ao ataque. E aos 25min o time gaúcho quase chegou ao empate. Após cruzamento na área, Fernando Baiano apenas raspou na bola de cabeça, mas o goleiro Gomes conseguiu fazer a defesa e mandar a bola para escanteio.

A equipe do Inter animou-se com a chance e cresceu novamente no jogo e voltou a chegar com perigo à área cruzeirense. O ataque colorado, porém, continuou errando demais e perdendo chances muito boas para marcar. Com o tempo, o Cruzeiro apenas controlou a partida e garantiu mais uma vitória no Brasileirão.[1]

Transmissão

  • Globo
  • PPV

Referências