Guarani-MG 0x0 Cruzeiro - 17/02/2013

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 2x0 Escudo América-TO.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 3x1 Escudo Tombense.png
Por Campeonato Mineiro
Escudo Cruzeiro.png 2x0 Escudo América-TO.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 3x1 Escudo Tombense.png
No estádio Arena do Calçado
← Primeira ficha Gol aos do Escudo Guarani-MG.png 1x3 Escudo Cruzeiro.png
Contra Guarani-MG
Escudo Cruzeiro.png 0x1 Escudo Guarani-MG.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 2x0 Escudo Guarani-MG.png

[edit]

Escudo Guarani-MG.png
Guarani-MG
0 × 0 Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
2ª rodada do Campeonato Mineiro 2013
Data: 17 de fevereiro de 2013 Local: Nova Serrana, MG
Horário: 18:30 Estádio: Arena do Calçado
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira Público pagante: 10.000
Assistente 1: Celso Luiz da Silva Público presente: Não disponível
Assistente 2: Flamarion Sócrates da Silva Renda: R$ 303.250,00 R$ 303.250
Cr$ 303.250
NCr$ 303.250
Cz$ 303.250
NCz$ 303.250
(preço médio: R$ 30,33 )
Súmula: Súmula e Borderô
Escalações
Guarani-MG: Cruzeiro:
1. Leandro 1. Fábio
2. Henrique Cartão amarelo recebido aos 2. Ceará
3. Adalberto Cartão amarelo recebido aos 25  (1T) 25'  (1T)   86. Paulão Caveirão
4. Asprilla 33. Bruno Rodrigo
5. André 23. Everton Cartão amarelo recebido aos  (1)
6. Rafael Estevam 5. Leandro Guerreiro Substituição realizada de jogo ( 88. Luan )
7. Rafael Pulga 19. Nilton
8. Éder Substituição realizada de jogo ( 13. Thiago Papel ) 17. Everton Ribeiro
9. Lucas Substituição realizada de jogo ( 15. Nando ) 99. Anselmo Ramon Substituição realizada de jogo ( 9. Borges )
10. Jouberth Substituição realizada de jogo ( 18. Eric ) 10. Diego Souza Cartão amarelo recebido aos  (1)
11. Carlos Júnior 11. Dagoberto Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 6. Egídio )
Técnico: Leston Júnior Técnico: Marcelo Oliveira
Reservas que não entraram na partida
Guarani-MG: Cruzeiro:
12. Rafael

Pré-Jogo

Cruzeiro em Nova Serrana, contra o Guarani, de Divinópolis.

Previsão de público, feita pelo Guarani: 9.500.

Estádio Senador Zezé Perrella, capcidade para 10 mil espectadores, Nova Serrana, 130 Km a Oeste de Belo Horizonte.

Ingressos: arquibancada, R$30; cadeira social, R$50; tribuna, R$75.

16h. Abertura dos portões. torcida do Guarani terá acesso pelos portões 01 e 02 e a do Cruzeiro pelos portões 03 e 04.

Desfalques do Cruzeiro: Leo Simões (B), Henrique (V), Lucca (A), Martinuccio (A), todos recuperando-se de lesões.

Banco do Cruzeiro: Rafael Monteiro, Thiago Carvalho, Tinga, Alisson, Ricardo Goulart, Vinicius Araujo, Borges.

Banco do Guarani: Gustavo Rangel, Fernando, Iago, Túlio, João Gabriel, Nando, Luís Gustavo, Rafael Rozalen, Silas, Dudu, Chico Marcelo, Lucas Newton, Guilherme.

Marcelo Oliveira: “Nos dois jogos que fizemos, marcamos bem, conseguimos jogar e criar situações, mas esperamos evolução. Espero um time mais técnico, chegando com tabelas e pelos lados também, sempre com equilíbrio entre defesa e ataque”.

18h22. Guarani em campo, todo de vermelho.

18h23. Cruzeiro em campo, com uniforme tradicional.

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 01. Ao contrário do que previa a meteorologia, tempo está firme. E o gramado é bom.
  • 02. Embolado. Disputa intensa no meio de campo.
  • 03. Jouberth cobra falta no meio de campo, apanha o rebote na entrada da área e chuta pra fora.
  • 04. Dimensões da cancha: 102 m x 70 m.
  • 05. Diego Souza domina na direita, tenta o passe pra Everton Ribeiro, mas a defesa bugrina intercepta a bola.
  • 06. Everton Ribeiro passa a Ceará, mas a bola corre demais e sai pela linha de fundo.
  • 07. Leandro Guerreiro corta bola lançada na área celeste.
  • 08. Everton ribeiro faz fila junto à lnha defundo, pela direita, e chuta sem ângulo. Leandro espalma pra escanteio.
  • 09. Ceará e Bruno Rodrigo se atrapalham, bola fica solta na área, Fábio sai pra defender e aliviar o perigo.
  • 10. Ceará tabela com Éverton Ribeiro. Time celeste tabela no meio-campo, mas o Guarani, bem posicionado, se fecha e impede o avanço do Cruzeiro.
  • 11. Torcida celeste ocupa 75% das arquibancadas.
  • 12. Leandro Guerreiro parte pelo meio, aciona Anselmo Ramon, que acaba derrubado por Asprilla. Falta pro Cruzeiro.
  • 13. De fora da área, Everton Ribeiro chuta por cima da barreira, Anselmo Ramon aparece dentro da área, mas está impedido.
  • 14. Ceará cruza da direita, Asprilla cabeceia pra escanteio.
  • 15. Cruzeiro domina o jogo. Guarani se defende perder a consciência tática. Treinou bem a retranca.
  • 16. Bruno Rodrigo sá um chutão de sua defesa, Diego Souza mata no peito, tabela com Everton Ribeiro, mas a jogada termina na área com a defesa bugrina cortando.
  • 17. Everton Ribeiro tenta o toque pelo lado direito, mas Asprilla chega na marcação e fica com a bola.
  • 18. Bola alçada na área para Jouberth, que não a alcança e ela fica com Fábio.
  • 19. Anselmo Ramon apanha sobra, na área, cabeceia bem, goleiro Leandro defende.
  • 20. Ceará cruza pela direita e coloca a bola na cabeça de Anselmo Ramon. O atacante sobe mais que a zaga e desvia de cabeça à direita da meta.
  • 21. Diego Souza dá ótima bola para Éverton Ribeiro, que tenta o chute colocado, mas a defesa do Bugre afasta a bola.
  • 22. Defesaça! Bola na área celeste, Asprilla cabeceia colocado, Fábio faz uma pontepra salvar o gol e ceder escanteio. Esta foi pro Othon Gervásio.
  • 23. Desperdício. Everton Ribeiro recebe de Anselmo Ramon e cruza da linha de fundo pelo lado direito. Bola passa pela zaga e sobra pra Dagoberto que, na cara do gol, não alcança a bola.
  • 24. Amarelo! Adalberto, por falta em Anselmo Ramon, no meio de campo.
  • 25. Walterson Almeida, no PHD: “Tá corrido, o Cruzeiro não tá achando facilidade pra entrar na defesa do Guarani, mas aposto que vai ser moleza quando o Diego Souza entrar no jogo.”
  • 26. Everton Ribeiro faz bela jogada pela direita, mas Asprilla limpa área cedendo lateral.
  • 27. Ceará cobra lateral como se fosse escanteio. Defesa bugrina cede escanteio.
  • 28. Máfia Azul canta alto. Manda a Cocota tomate cru.
  • 29. Defesaça! Ceará cruza de canhota, da direita, Dagoberto apanha na esquerda, tabela com Francisco Everton, que arremata no ângulo. Leandro salta e espalma pra escanteio.
  • 30. Guarani, que começou insinuante, já se posiciona todo na defesa e passa a especular com ligações diretas.
  • 31. Bruno Rodrigo pra Everton Ribeiro, que lança Anselmo Ramon. André Silva aparece e chuta bola pra escanteio.
  • 32. Diego Souza lança Anselmo Ramon, que domina e se prepara para o arremate, mas acaba travado por Rafael Estevam
  • 33, Cruzeiro não articula boas jogadas pelas pontas. As ações são sempre individuais. Falta aproximação dos meias.
  • 34. Ceará disputa com dois na bandeirinha de corner, ninguém aparece e ele perde a bola.
  • 35. Ceará cobra lateral com bola na área, que Adalberto corta, de cabeça.
  • 36. Jouberth lança bola na área. Ele arma as jogadas do Guarani, mas seu time não tem quem aproveite suas jogadas.
  • 37. Pulga chuta da entrada da área, bola desvia em Paulão Caveirão e sai a escanteio.
  • 38. Diego Souza tabela com Dagoberto, que lança Anselmo, dentro da área. Leandro sai e fica com a bola.
  • 39. Bola na área celeste, Bruno Rodrigo corta de cabeça.
  • 40. Falta a favor do Cruzeiro, na entrada da área.
  • 41. Ribeiro cobra falta rolando pra Nilton, que acerta a barreira.
  • 42. Ceará cobra lateral sobre a área, Diego Souza sobe escorando-se em Asprilla, cai e pede falta que não houve.
  • 43. Ceará cobra lateral sobre a área, defesa corta, Nilton fica com o rebote e chuta, bola sai por cima do travessão.
  • 44. Diego Souza entra driblando na área, mas é desarmado por Henrique.
  • 45. Guarani ensaia contra-ataque, mas prefere parar e prender a bola no meio de campo, até Jouberth tentar lançamento pra Carlos e a bola sair pela linha de fundo.
  • 46. Diego Souza cobra escanteio, defesa bugrina corta.
  • 47. Batuque na cozinha! Ceará cobra falta frontal sobre a área. Paulão Caveirão, Bruno, Adalberto e Asprilla disputam a bola na pequena área, Leandro defende.
  • 48. Fim de 1º tempo. Resultado justo. Guarani marcou bem e Cruzeiro não cosntruiu boas jogadas pelas pontas. O time está mais lento com a entrada de Diego Souza.

Segundo Tempo

  • 19h32. Times voltam a campo.
  • 19h33. Começa o 2º tempo.
  • 00. Troca. Dagoberto por Egídio.
  • 01. Bola na área bugrina, Leandro fica com ela, sem problemas.
  • 02. Egídio e Paulão Caveirão cercam Carlos Júnior na ponta direita do Guarani. Bola fica com o Cruzeiro.
  • 03. Escalrecimento. Dagoberto, com cansaço muscular, pediu pra sair.
  • 04. Egídio cruza da esquerda, Anselmo cabeceia, Leandro defende.
  • 05. Ribeiro chuta rasteiro, de longe, Leandro defendeparcialmente. Defesa limpa a área bugrina.
  • 06. Ceará cobra falta frontal, Paulão Caveirão chega uma fração de segundo atrasado, bola escapa pela linha de fundo.
  • 07. Henrique tenta jogada pela direita, Paulão Caveirão controrna a situação e sai jogando.
  • 08. Paulão Caveirão faz jogada de ponta, pela direita, e cruza. Torcida vibra, mas a defesa corta.
  • 09. Egídio sofre falta na entrada da área.
  • 10. Everton Ribeiro cobra falta, Leandro defende pelo alto, sem dificuldade.
  • 11. Leandro sai do gol e defende aos pés de Anselmo Ramon.
  • 12. Diego Souza corta, de cabeça, bola de escanteio pela esquerda do ataque bugrino.
  • 13. Marcação do Guarani continua implacável.
  • 14. Everton Ribeiro faz boa jogada pela direita, chuta rasteiro, Leandro defende.
  • 15. Troca. Leandro Guerreiro por Luan.
  • 16. Pressão! Egídio cruza da esquerda, Adalberto rebate, Luan chuta, Asprila corta.
  • 16’30. Troca! Newiton por Nando.
  • 17. Torcida pede, Marcelo Oliveira atende: Borges vem aí.
  • 18. Nando cobra falta frontal, bola nas nuvens.
  • 19. Troca. Anselmo Ramon por Borges.
  • 20. Leandro liga o ataque com um chutão. Francisco Everton comete falta em Carlos, na ponta esquerda do Bugre.
  • 21. Nando cobra falta, com bola alta, que faz curva e sai pela linha de fundo.
  • 22. Luan cruza da esquerda, bola sai do lado oposto.
  • 23. Troca. Jouberth por Eric.
  • 24. Luan dispara pela direita, mas sai com a bola pela linha de fundo.
  • 25. Everton Ribeiro tenta jogada individual pela direita e ganha escanteio.
  • 26. Bizarro! Estevam cruza da esquerda, Carlos se atrapalha com a bola, que acerta seu nariz, e fica sem ela.
  • 27. Nando cobra escanteio pela esquerda, Fábio corta com os punhos.
  • 28. Guarani pressiona. Nando chuta, bola desvia em Ceará, dentro da área.
  • 29. Baliza! Bola vinda da direita, Luan cabeceia, bola acerta o poste direito doa rco bugrino.
  • 30. Torcida celeste pede raça.
  • 31. Bola fraca sobre a área, Leandro fica com ela.
  • 32. Time celeste está lento e sem imaginação.
  • 33. Everton Ribeiro tenta o toque para a grande área, mas a bola fica com o goleiro do Guarani.
  • 34. Defesaça! Egídio cruza da esquerda pra Diego Souza, que sobe mais que a zaga e desvia de cabeça. Leandro espalma a bola. Grande defesa.
  • 35. Troca. Eder por Tiago Papel.
  • 36. Carpe Diem, no PHD: “Everton Ribeiro segue mostrando qualidade técnica acima da média.”
  • 37. Defesaça! Ceará cobra escanteio pela direita, Luan cabeceia, Leandro voa e defende.
  • 38. Luan carrega a bola por 50 metros passando por todo mundo até ser derrubado por Henrique, perto da área bugrina.
  • 39. Amarelo! Henrique pela falta em Luan.
  • 40. Diego Souza cobra falta, Leandro tira de soco.
  • 41. Guarani desperdiça contra-ataque de três contra dois. Fica só com escanteio. Na cobrança, Nando apanha rebote e chuta de fora da área. Tiro de meta pro Cruzeiro.
  • 44. Amarelo! Francisco Everton por reclamar de um marcação de mão, que ele cometeu.
  • 45. Egídio cruza d esquerda, bola sobe muito e sai pela linha de fundo.
  • 46. Guarani segura bola no campo de ataque.
  • 47. Egídio cruza da esquerda, Adalberto corta de peixinho.
  • 47’30. Amarelo! Egídio cruza da esquerda, Diego Souza salta, cai, pede pênalti e recebe advertência por simulação.
  • 48. Fim de jogo. Cruzeiro permnece na liderança
  • Everton Ribeiro: “Campo menor do que o do Mineirão, o time deles todo atrás, isso dificultou.”
  • Luan: “Foi legal, quase fiz um gol, bola bateu na trave, agora é trabalhar para conseguir um lugar no time.”
  • Leandro: “Venho trabalhando muito e hoje pude ajudar o Guarani a sair com este empate.”

Vídeos

Melhores momento sem som

Atuações

  • Fábio - salvou um gol e defendeu as bolas jogadas sobre sua área, algumas com potencial pra criar problemas.
  • Ceará - esbanjou saúde. Atacou o tempo todo, fez vários cruzamentos, com os pés e com as mãos (em laterais jogando a bola na área). Só faltou entender-se melhor com Everton Ribeiro pra criar jogadas mais agudas pela ponta direita.
  • Bruno Rodrigo - deu conta do recado sem se descabelar.
  • Paulão Caveirão - cuidou bem de seu espaço e subiu várias vezes ao ataque. Pena ter se atrapalhado com a bola e os adversários no último lance do 1º tempo desperdiçando boa oportunidade.
  • Francisco Everton - começou na lateral esquerda, terminou no meio de campo. Nas duas funções manteve bom nível e, por pouco, não consegue marcar um gol.
  • Nilton esteve discreto, tanto no apoio, quanto na marcação,
  • Leandro Guerreiro - esteve discreto. Não tinha porque sair do meio de campo defensivo do cuzeiro, pois não cabia mais ninguém no campo defensivo do Guarani. Passou o tempo cobrindo subidas de laterais e beques até ser trocado por um atacante.
  • Everton Ribeiro - foi quem mais entusiasmou a torcida com suas jogadas pessoais. Faltou, contudo, trabalhar mais com Ceará pela direita. Mesmo porque, a cerrada defesa bugrina estava preparada, com cobertura engatilhada, para neutralizar as individualidades do Cruzeiro.
  • Diego Souza - não conseguiu vencer a retranca com toques de prima, por falta de parceria, nem com jogadas de força, porque, do outro lado, havia beques fortes.
  • Dagoberto - esteve apagado e cansou-se cedo demais.
  • Egídio - tentou rearticular a parceria com Francisco Everton, mas a defesa bugrina não deixou. Na defesa, teve dificuldades pra conter Henrique e Carlos. Mas não comprometeu sua atuação com erros grosseiros.
  • Anselmo Ramon - movimentava-se bastante pra dificultar a marcação. Não merecia a substituição.
  • Borges - entrou em campo.
  • Luan - não tem classe, é utilitário. Correu muito, levou a bola no peito contra a defesa fechada do Guarani, sofreu faltas, mandou bola na baliza, tentou deixar sua marca na estréia. Será útil.
  • Marcelo Oliveira - obrigado a alterar a equipe que vinha jogando bem para lançar os jogadores mais caros, colheu maus resultados. O time perdeu o toque rápido pelo meio e as ultrapassagens pelos lados do campo. O problema está posto. Um cara explosivo como Adílson Batista mandaria as conveniências às favas e bancaria o esquema anterior. Marcelo Oliveira é mais político e vai quebrar a cabeça pra fazer a máquina funcionar com o menor desgaste possível sem comprar briga com torcedores, cartolas e comentaristas.
  • Torcida - foi destaque da partida. Dez mil pessoas no estádio de uma cidade de 80 mil habitantes é cena de futebol europeu. E todo mundo se comportou com decência, sem atirar objetos no gramado ou brigar por conta de futebol. A torcida celeste é tão grande no interior e a expectativa com o time era tamanha, que se o estádio fosse três vezes maior, lotaria do mesmo jeito.
  • Juiz & Bandeiras - não cometeram erros significativos.
  • Arena do Calçado - emoldurada por um público sensacional, ofereceu a imagem mais bonita do domingo futeboleiro do país.
  • Cruzeiro - teve volume de jogo, controle territorial, criou oportunidades, mas nada muito bem bolado. Foi tudo mais na obrigação do que na imaginação.
  • Guarani - marcou bem e tentou algumas jogadas ofensivas com ligações diretas ou em escapadas de contra-ataque. Assim, criou uma boa chance, que Fábio neutralizou. A defesa, liderada por Asprilla foi o ponto forte do time. Mas acima de todos os protagonistas da noite, esteve o goleiro Leandro que defendeu pelo menos quatro bolas perigosas, O jovem treinador Leston Jr., filho do beque Leston (Cruzeiro, Anos 50), também somou pontos com seu esquema defensivo bem montado.

O que foi dito

  • Mauro França, comentarista do PHD: Como esperado, foi um típico jogo de ataque contra defesa. O Cruzeiro teve amplo domínio territorial e de posse de bola. Buscou, de todas as formas, quebrar o forte bloqueio armado pelo Guarani, mas falhou em converter esse esforço em chances efetivas de gol. As poucas que foram criadas foram neutralizadas pelas boas defesas do goleiro bugrino e, pela menos uma vez, pela trave. No final, na ânsia de buscar o gol a qualquer custo, a equipe se expôs desnecessária e perigosamente ao contra ataque adversário, que se tivesse mais técnica e ousadia poderia ter complicado. As mudanças feitas pelo treinador não surtiram grande efeito em termos táticos e técnicos. Com Diego Souza e Dagoberto ainda longe da forma ideal, o ataque perdeu velocidade e mobilidade, ficou menos insinuante e mais previsível. A entrada de Borges nada acrescentou, ainda que se dê o desconto da sua longa inatividade. Já Luan mostrou empenho e incomodou a defesa adversária. O lado esquerdo ainda não deslanchou, com qualquer das formações já testadas. O resultado certamente não foi o ideal, mas deve ser encarado com naturalidade.
  • Marcelo Oliveira, treinador do Cruzeiro: Lamento porque esperava uma liderança mais folgada. Mas estou satisfeito com a entrega dos jogadores. Essa vai ser a nossa marca. Um time que não desiste nunca, acredita sempre, busca o resultado. É assim que o Cruzeiro vai ser e o aspecto técnico é uma coisa que vai melhorar. O time em formação, com três jogos oficiais, e naturalmente as jogadas vão sair na medida em que vai se repetindo, que vai ganhando ritmo melhor e vai se entrosando. Esse é o tipo de jogo que você precisa fazer o primeiro gol pra quebrar a proposta do adversário, quebrar o ânimo do adversário, mas é elogiável a condição física do Guarani, que suportou o jogo todo e ainda fez alguns contra-ataques no final. Dificuldades e adversidades virão e nós temos que estar fortalecidos e buscando melhorar. O volume de jogo no campo do adversário foi bom, um pouquinho de ansiedade no final. Infelizmente o goleiro deles estava numa tarde muito feliz.
  • Egídio, lateral esquerdo do Cruzeiro: Ficaram o tempo todo fechados. Méritos também para o goleiro deles.
  • Bruno Rodrigo, beque do Cruzeiro: Criamos, mas eles estavam muito fechados e o goleiro estava inspirado. Esse jogo serve pra gente trabalhar bastante a bola e buscar se movimentar.
  • Diego Souza, meia do Cruzeiro: A equipe foi bem, lutou o tempo inteiro, buscou o gol a todo o momento. Esperava ajudar o Cruzeiro a sair com a vitória, mas não deu até por méritos do Guarani, que foi uma equipe aguerrida e conseguiu se defender muito bem. Os jogadores deles, taticamente, foram perfeitos. Nós tentamos de todas as maneiras. A gente tem muito a crescer. Foi meu primeiro jogo. Estou buscando entrosamento, espaço no campo pra fazer boas jogadas, porque estamos só nos conhecendo. É o início de um trabalho longo e árduo na temporada. A gente está no caminho certo, porque temos trabalhado forte. O ano é longo e temos de nos preparar bem, porque o mais importante é classificar entre os quatro e ir pra fase final do Mineiro.
  • Leo Anchieta, comentarista do PHD: Fui ao jogo. Faltou um golzinho pra presentear a torcida que compareceu em peso. Quarto jogo da temporada, time modificado… ainda vamos colher bons frutos. Não concordo que o Marcelo Oliveira escalou Diego Souza por causa de seu salário, mas sim por causa de sua qualidade. Se ele estivesse à disposição desde o começo do campeonato teria sido escalado antes. Não dá pra cravar que o time perdeu velocidade, ainda mais num campo pequeno e diante da retranca do Bugre.
  • Gustavo Barcellos, no PHD: Antes do jogo, Marcelo Oliveira esperava “um time mais técnico, chegando com tabelas e pelos lados também”. Mas o que se viu foi uma obsessão em cruzar a bola pra área. Desespero para ganhar ou o padrão de jogo do Pacote precisa de mais tempo para ser implantado? Quem explica?

Fontes

Transmissão

  • PPV