Goiás 1x0 Cruzeiro - 30/09/2019

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Ceará.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 1x1 Escudo Internacional.png
Por Campeonato Brasileiro 2019
Escudo Ceará.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 1x1 Escudo Internacional.png
No estádio Serra Dourada
Escudo Goiás.png 0x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Última ficha →
Contra Goiás
Escudo Cruzeiro.png 2x1 Escudo Goiás.png Gol aos do Última ficha →

[edit]

Escudo Goiás.png
Goiás
1 × 0 Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
22ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019
Data: 30 de setembro de 2019 Local: Goiânia, GO
Horário: 20:00 Estádio: Serra Dourada
Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Júnior Público pagante: 19.215
Assistente 1: Clovis Amaral da Silva Público presente: 20.884
Assistente 2: Fábio Pereira Renda: R$ 260.455,00 R$ 260.455 <br />Cr$ 260.455 <br />NCr$ 260.455 <br />Cz$ 260.455 <br />NCz$ 260.455 <br /> (preço médio: R$ 13,55 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Goiás: Cruzeiro:

23. Tadeu 1. Fábio
32. Yago Rocha 28. Orejuela Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 2. Edilson )
27. Fábio Sanches 26. Dedé
4. Rafael Vaz 25. Fabrício Bruno
28. Alan Ruschel Gol aos 16 do  (2T) 16'  (2T) 6. Egídio
29. Gilberto 8. Henrique Cartão amarelo recebido aos 41  (2T) 41'  (2T)  
6. Yago Felipe Substituição realizada 35'(2T) de jogo 35'(2T) ( 25. Breno ) 15. Éderson Substituição realizada 31' (2T) de jogo 31' (2T) ( 17. Ezequiel Santos )
20. Léo Sena 19. Robinho Substituição realizada 25' (2T) de jogo 25' (2T) ( 20. Marquinhos Gabriel )
30. Leandro Barcia Substituição realizada 13'(2T) de jogo 13'(2T) ( 96. Kaio ) 10. Thiago Neves Cartão amarelo recebido aos 48  (2T) 48'  (2T)  
11. Michael 11. David Cartão amarelo recebido aos 46  (2T) 46'  (2T)  
9. Rafael Moura Substituição realizada 40'(2T) de jogo 40'(2T) ( 99. Papagaio ) 99. Sassá
Técnico: Ney Franco Técnico: Abel Braga
Reservas que não entraram na partida
Goiás: Cruzeiro:
12. Rafael
5. Ariel Cabral
14. Cacá
27. Jadson
36. Rafael Santos
39. Vitor Eudes
41. Maurício
49. Welinton

Lance a lance

Vídeos

Coletiva pós jogo

Atuações

  • TORCIDA CELESTE não tece acesso ao estádio por conta de uma decisão autoritária do MP de Goiás. Nas redes, obviamente, deu vexame.
  • FÁBIO, pouco exigido, defendeu todas as bolas possíveis. Passou uma, impossível de ser desviada.
  • OREJUELA lançou-se ao ataque, mas errou os cruzamentos e saiu no intervalo.
  • EDÍLSON melhorou o acabamento das jogadas pelas pontas com bons cruzamentos, mas não perseguiu o lateral Ruschel no gol do Goiás.
  • DEDÉ não comprometeu. Culpá-lo por dar condição de jogo ao artilheiro da partida, é coisa de gente tapada. Ele não tinha como acompanhar a jogada que se desenrolava à sua frente e saber o que acontecia atrás.
  • FABRUNO jogou bem, sem grandes erros.
  • EGÍDIO marcou e apoiou bem. Com muito fôlego e dedicação. Ótima partida.
  • HENRIQUE dedicou-se mais à marcação, atacando pouco. Foi obrigado a cometer faltas para evitar contrataques e, por isto, recebeu cartão amarelo e não jogará contra o Internacional.
  • EDERSON correu muito, cansou e saiu na metade da etapa final. Esteve nem na marcação e no apoio, mas sem o brilho que muita gente enxergou.
  • ROBINHO perdeu um gol, deu alguns passes de boa qualidade, mas não rendeu como em seus melhores momentos na temporada e saiu na metade da etapa final.
  • M GABRIEL entrou na parte final, encontrou um adversário trancado na defesa e nada pôde fazer para mudar o panorama do jogo/
  • NEVES marcou um gol, que foi anulado, chegou atrasado em outro passe precioso de David e fez boas jogadas. Esteve em campo o tempo todo, mantendo um bom ritmo, apesar de os termocéfalos dizerem o contrário.
  • DAVID começou o jogo fazendo grandes jogadas e até servindo Neves para um gol que não saiu. Na etapa final, outro serviço, que desta vez resultou num gol anulado. E, além das boas jogadas, muita vontade de ajudar o time.
  • EZEQUIEL entrou no decorrer da etapa final, correu e incomodou bastante a defesa esmeraldina.
  • SASSÁ lutou muito e teve uma chance que não conseguiu transformar em gol.
  • ABEL não inventou, Escalou os melhores e o time se apresentou bem. Acertou nas substituições, mas não conseguiu espantar a bruxa que insiste em impedir que a bola ultrapasse a risca do gol adversário.
  • CRUZEIRO teve 65^de posse de bola, nove escanteios a favor contra nenhum do adversário, dominou, criou oportunidades, mas quando furou o bloqueio, teve o gol anulado.
  • GOIÁS foi dominado, mas soube se defender a aproveitar a única chance de gol que se aprestou.
  • ÁRBITROS apitaram o que o Var mandou e anularam um gol por conta de um impedimento de milímetros.

O que foi dito

  • ABEL BRAGA: Nós nos colocamos nessa situação e nós vamos sair dela. O torcedor não está contente com o resultado, mas está contente com a postura da equipe. Eu vi que para um dia, que nós fizemos um trabalho tático, que foi ontem, a maneira como os jogadores assimilaram me deu uma esperança muito grande de que logo, logo, vamos sair dessa situação, deste momento. A recuperação vem somente com o resultado. O Cruzeiro não jogou menos que o Goiás, o jogo foi igual. No 1º tempo, tivemos boa saída de bola, mas tivemos muitos erros a partir da intermediária, proporcionamos alguns contra-ataques. Neutralizamos o contra-ataque com o Michael. Mas a produção anima. E nós entendemos aquilo que necessitamos. O Goiás tem um contra-ataque muito rápido, e o Orejuela é um jogador muito agudo, muito participativo. Muito bom jogador, mas hoje estava num dia infeliz. Nós, jogando fora de casa, proporcionamos alguns contra-ataques. Ele estava num dia ruim e houve a substituição. Edilson entrou naturalmente bem. Marquinhos entrou cumprindo. O menino entrou muito bem, o Ezequiel. David foi para dentro do campo. Começamos a ter que encostar um lateral nos zagueiros para ter a sobra, e o Ezequiel começou a ir no mano. É um início. Não gostei do resultado, mas gostei daquilo que se produziu.
  • THIAGO NEVES: Estávamos bem. No momento perguntei ao David e ele também achou que estava impedido. Saímos de cabeça erguida, pois teremos que lutar até o final para tirar o Cruzeiro desta situação.
  • DOUGLAS VELLOSO: Depois do gol anulado, o Cruzeiro entrou no modo passivo e deu a vitória ao Goiás. No momento do gol afirmei ser injusto o gol, mas vendo a reação dos jogadores e o andamento da partida, o Goiás mereceu. Hoje faltou vergonha, além de futebol. Alguém precisava assumir as responsabilidades, pois não se entrega o resultado sem lutar até o fim.
  • FERNANDÃO ÁVILA: Pãozinho com a manteiga pra baixo. O Impedimento do David deve ter sido de 2 cm, e melhoraria o que já era bom. O jogo foi a síntese da temporada. Boa posse de bola, mas dificuldade no último passe, chances criadas e desperdiçadas, falta de concentração defensiva, falta de fôlego para suportar o ímpeto final dos adversários e uma certa dose de depressão quando as coisas não andam. Está na hora do sal grosso, das promessas e de fechar a casinha, pois o que tem sido um parto para fazer, está sendo mole tomar.
  • WAGNER CPM: O jogo era nosso. Um gol anulado e tudo foi por água abaixo. Depois Michael deu um chute despretensioso e encontra o Ruschel na cara do gol. A sorte uma hora tem de virar. Não é possível que vai ser assim até o final. Lamentável. Nem tem mais o que dizer, só aguardar.
  • ZULOOBAS: Cruzeiro vinha bem, Robinho perdeu gol sem goleiro, Sassá e David t ambém tiveram chances. O gol do Goiás foi uma falha ridícula da defesa. Abel mexeu mal, mas os jogadores tiveram mais boa vontade com ele do que com Rogério Ceni, isso foi notório.
  • JOTA DIAS: O time celeste até que jogou o suficiente para ter um resultado melhor, mas como a fase não ajuda, tem gol anulado e toma um gol bobo. Vai ser difícil não cair.
  • MARCUS OLIVEIRA: Posse de bola, finalizações, oportunidades perdidas e gol do adversário! Roteiro comum neste ano e que alimenta a falsa percepção de bom jogo, resultado injusto e elenco qualificado. Hora de entender as limitações e fazer o simples: quem não leva gol, pontua!

Fontes

Transmissão

  • PPV
  • Sportv