Geraldo Domingos

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
(Redirecionado de Geraldo II)
Ir para navegação Ir para pesquisar

Geraldo Domingos, mais conhecido como Geraldo II, foi um ex-jogador (goleiro) que fez história no Cruzeiro e atuou pelo Clube celeste entre 1934 e 1955, participando, portanto, da transição de Palestra Itália para Cruzeiro, na década de 1940.

Histórico[editar]

Como jogador[editar]

[edit]

Geraldo II
Geraldo II.jpg
Informações pessoais
Nome completo Geraldo Domingos
Data de nasc. 20/01/1918 (89 anos)
Local de nasc.

Matozinhos

Falecido em 28/06/2007 †
Local da morte Belo Horizonte, MG
Posição Goleiro
Jogos 388
Gols sofridos 497
Elenco atual? Não
Resultados em campo
163 V - 60 E - 106 D
Primeiro jogo
Retiro Escudo Retiro.png 3x1 Escudo Palestra Itália.png Palestra Itália - 17/07/1934
Último jogo considerado
Cruzeiro Escudo Cruzeiro 1942.png 0x2 Escudo Atlético-MG 1950.png Atlético-MG - 01/05/1955


Geraldo nasceu em 20 de janeiro de 1918 e foi um dos maiores ídolos da torcida do Cruzeiro. Pedreiro de ofício, ajudou a construir o estádio do Barro Preto, onde a equipe mandou seus jogos durante muitos anos.[1]

Seu melhor contrato foi assinado na gestão de Mário Grosso: 450 cruzeiros para jogar futebol e mais 350 para ajudar a construir as arquibancadas do Estádio JK durante a semana. Nos feriados e fins de semana, ele trabalhava de graça participando do mutirão de jogadores, associados e torcedores que construíram o velho estádio.[2]

Geraldo jogou 388 partidas entre 1934 e 1955 (quase sempre como titular entre 1940 e 1953). Isto, sem jamais abandonar o ofício de pedreiro que exerceu até aos 75 anos.[2] No início da carreira, Geraldo II revezou-se no gol celeste com Geraldo I, daí o apelido que ambos passaram a carregar.[3]

Uma de suas maiores atuações aconteceu no Campeonato da Cidade 1944 em uma partida contra o Siderúrgica, em Sabará, na qual fez nada menos que 34 defesas. O time celeste venceu por 2 a 1 de virada e deu início à arrancada que o levou ao bicampeonato estadual.[1]

O ex-goleiro também defendeu a seleção mineira em 1937 e chegou a ser técnico interino do Cruzeiro por sete jogos em 1953 e 55. Geraldo II morreu numa quinta-feira, dia 28 de junho de 2007 aos 89 anos.[3]

Em 2 de outubro de 2015, a página oficial do Cruzeiro no Facebook postou uma foto do Geraldo II, com Niginho, exaltando o fato do goleiro ter sido pedreiro e operário enquanto defendia o Clube celeste, reforçando a tese e o movimento #CruzeiroTimeDoPovo.[4]

Títulos[editar]

Como treinador[editar]

[edit]

Icone-Treinador.png
Geraldo II
Números totais
Número de jogos 7
Vitórias 4
Empates 1
Derrotas 2
Gols pró 15 (média: 2.14 )
Gols contra 12 (média: 1.71 )
Aprov. em pontos 61,91%
Aprov. de vitórias 57,14%
Último jogo considerado
Metalusina Escudo Metalusina.png 0x1 Escudo Cruzeiro 1942.png Cruzeiro - 03/07/1955
Substituiu Foi substituido por

Estatísticas ano a ano[editar]

Temporada Jogos Vitórias Empates Derrotas Aprov. Gols pró Gols contra Saldo de gols
1953 3 2 0 1 66,67% 8 (méd: 2.67) 7 (méd: 2.33) 1
1955 4 2 1 1 58,33% 7 (méd: 1.75) 5 (méd: 1.25) 2

Referências[editar]

  1. 1,0 1,1 Geraldo II Que Fim Levou
  2. 2,0 2,1 Geraldo II, o atleta perfeito Páginas Heroicas Digitais
  3. 3,0 3,1 Morre o ex-goleiro celeste Geraldo II Cruzeiro.org
  4. Fotos da Linha do Tempo Facebook do Cruzeiro