Cruzeiro 7x0 Universidad de Chile - 26/04/2018

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para: navegação, pesquisa


Confrontos posteriores e anteriores
Por temporada
Escudo Fluminense.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos  do Escudo Internacional.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png
Por Copa Libertadores da América
Escudo Universidad de Chile.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos  do Escudo Vasco.png 0x4 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 0x1 Escudo Grêmio.png Gol aos  do Escudo Cruzeiro.png 1x0 Escudo Botafogo.png
Contra Universidad de Chile
Escudo Universidad de Chile.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos  do Última ficha →

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
7 × 0 Escudo Universidad de Chile.png
Universidad de Chile
4ª rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América 2018 - Grupo 5
Data: 26 de abril de 2018 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 19:15 Estádio: Mineirão
Árbitro: Roddy Zambrano Público pagante: 30.252
Assistente 1: Christian Lescano Público presente: 34.147
Assistente 2: Luis Vera Renda: R$ 1.584.454,00 R$ 1.584.454
Cr$ 1.584.454
NCr$ 1.584.454
Cz$ 1.584.454
NCz$ 1.584.454
(preço médio: R$ 52,38 )
Súmula: Súmula e Borderô
Escalações
Cruzeiro: Universidad de Chile:
1. Fábio 1. Johnny Herrera
22. Edilson Substituição realizada 24'(2T) de jogo 24'(2T) ( 29. Lucas Romero ) 2. Christián Vilches Cartão amarelo recebido aos 42  (1T) 42'  (1T)   Cartão amarelo recebido aos Cartão vermelho recebido aos 46  (1T) 46'  (1T)  
3. Léo 20. Rodrigo Echeverría Cartão amarelo recebido aos 43  (1T) 43'  (1T)   Cartão amarelo recebido aos Cartão vermelho recebido aos 3  (2T) 3'  (2T)  
26. Dedé 18. Gonzalo Jara
6. Egídio Cartão amarelo recebido aos 28  (2T) 28'  (2T)   21. Lorenzo Reyes
16. Lucas Silva 6. Matias Rodriguez
8. Henrique Cartão amarelo recebido aos 35  (1T) 35'  (1T)   Substituição realizada 7'(2T) de jogo 7'(2T) ( 8. Ariel Cabral ) 8. David Pizarro
10. De Arrascaeta Gol aos 7 do  (2T) 7'  (2T) 15. Beausejour
18. Rafinha Gol aos 17 do  (1T) 17'  (1T) 13. Ángelo Araos
30. Thiago Neves Gol aos 9 do  (1T) 9'  (1T) Gol aos 29 do  (2T) 29'  (2T) 10. Yeferson Soteldo Substituição realizada 18'(2T) de jogo 18'(2T) ( 17. Rafael Carioca )
23. Sassá Gol aos 43 do  (1T) 43'  (1T) Gol aos 16 do  (2T) 16'  (2T) Substituição realizada 31'(2T) de jogo 31'(2T) ( 7. Rafael Sóbis Gol aos 35 do  (2T) 35'  (2T) ) 9. Mauricio Pinilla Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 26. Nicolás Guerra )
Técnico: Mano Menezes Técnico: Ángelo Guillermo Hoyos
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: Universidad de Chile:
12. Rafael
18. Robinho
27. Manoel
11. David


Pré-Jogo

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 19h08 TIMES em campo.Cruzeiro,com uniforme tradicional; LaU, com camisas brancas, calções e meias azuis.
  • 19h15 COMEÇA o jogo. Cruzeiro, à esquerda, dá a saída.
  • 01 Lucas lança Dedé no ataque, Cruzeiro ganha cormer.
  • 01 Arrascaeta cobra escanteio, Leo tenta alcançar a bola, defesa chilena cede novo escanteio.
  • 02 Arrascaeta cobra escanteio, Dedé cabeceia, tiro de meta, LaU.
  • 03 Henrique erra passe ao sair jogando.
  • 04 Arrascaeta pedala, vai do meio de campo à linha de fundo, mas tropeça e a boa sai pela pelo fundo co campo.
  • 04 Rodríguez tenta sair jogando, Egídio impede.
  • 05 28 MIL torcedores estão dentro do estádio. Milhares ainda estão a caminho.
  • 06 Neves deixa o adversário no chão, vira a bola pra Rafinha, que passa a Edilson na direita. O lateral cruza mal, pra fora.
  • 07 Jara sai jogando errado, Neves toma-lhe a bola, dribla e sofre falta na entrada da área.
  • 08 Neves, Arrascaeta e Edilson na bola.
  • 09 GOL. Neves cobra a falta, de canhota, a barreira não pula, a bola passa e vai no canto esquerdo. Herrera nem se move, só espia. CRUZEIRO 1×0.
  • 09 3º GOL do Cruzeiro nesta Libertadores, 2º de falta, 1º de Thiago Neves.
  • 10 ORGANIZADAS: Rapozama, China, Itatiauçu, FanatiCruz, Varginha, Cachazeiros, Motozeiros, Jovem, Pavilhão, Máfia, Geral, Rasta.
  • 11 Arrascaeta lança Sassá, imedido. Não fosse isto, o centroavante ficaria na cara do gol.
  • 12 TURBINADO. Cruzeiro a toda velocidade!
  • 13 Rodríguez cruza da direita, Leo corta de peito.
  • 14 Neves puxa contrataque, passa a Rafinha, que aciona Sassá. Jara comete falta.
  • 15 ESFORÇADO. Arrascaeta cobra falta, bola pra ninguém, mas Dedé corre atrás dela e descola um lateral.
  • 16 Soteldo avança pela direita e cruza. Fábio chega antes de Pinilla e fica com a bola.
  • 17 GOL. Neves lança Sassá, que encobre Herrera, Rafinha, de cabeça, no segundo poste, empurra a bola pra rede. CRUZEIRO 2×0.
  • 18 4º GOL do Cruzeiro no torneio, 1º de Rafinha, 6º dele na temporada.
  • 19 LaU tenta segurar a bola, mas sofre pressão.
  • 20 INTENSIDADE máxima da Torcida Celeste, que não parou de cantar um minuto sequer, desde o começo do jogo.
  • 21 Cruzeiro para pra respirar, valorizando a posse de bola.
  • 22 Arrascaeta dribla o marcador e cruza da esquerda, mas no encontra ninguém na área.
  • 23 Rafinha manca, com dores no pé.
  • 24 Edilson avança pela direita, mas Araos toma-lhe a bola.
  • 25 PERIGO! Beausejour vai à linha de fundo, pela esquerda, e cruza na cabeça de Pinilla, que manda a bola pra fora.
  • 26 Lucas rouba a bola, tabela com Rafinha, defesa chilena corta pra lateral.
  • 27 Beausejour avança pela esquerda, Rafinha chega de carrinho e manda bola pra lateral.
  • 28 O CARA. LaU ataca sempre pela esquerda, com Beausejour, que não volta pra marcar. Joga do meio pra frente, economizando energia.
  • 29 Araos limpa a marcação e chuta de dentro da área. Bola desvia na biqueira celeste e não atinge o alvo.
  • 30 Araos avança pela esquerda, mas é parado com falta por Edilson.
  • 31 Pizarro cobra falta, Rodríguez cabeceia pra fora.
  • 32 RECOMPENSA. Rafinha é lançado pela esquerda, corre muito, tenta cruzar e ganha um corner.
  • 33 Rafinha cobra cornerna esquerda, Lucas cabeceia, bola sai pela linha de fundo.
  • 34 LaU se solta em busca de um gol, que lhe resta o 2º lugar no grupo.
  • 34 AMARELO. Henrique, por reclamação.
  • 35 Fábio cobra tiro de meta, Neves domina de peito, mas é derrubado na meiúca.
  • 36 Neves cobra falta de longe, bola passa por cima do travessão.
  • 37 POSSE DE BOLA: LaU, 51%.
  • 38 LaU troca passes no ataque.
  • 39 Pinilla cruza da esquerda, Egídio corta.
  • 40 CHAPÉU de Egídio em Rodríguez na meiuca.
  • 41 PÊNALTI. Neves dá carrinho na defesa, rouba a bola, tabela com Arrascaeta, que entra na área, dribla Vilches e é derrubado.
  • 41 AMARELO. Vilches, pelo pênalti.
  • 42 Sassá vai cobrar. Ex-corintianho Jojnny Herrera no gol.
  • 43 GOL. Sassá cobra, com paradinha. Bola prum lado, goleiro pro outro. CRUZEIRO 3×0.
  • 44 CHIADEIRA. Herrera reclama da paradinha de Sassá. Juiz valida o gol.
  • 44 AMARELO. Echeverría, por reclamação.
  • 46 AMARELO e VERMELHO. Vilches, por falta em Neves. .
  • 47 FIM do 1º tempo.

Segundo Tempo

  • 20h17 COMEÇA o 2º tempo. LaU dá a saída.
  • 46 TROCA. Pinilla x Guerra.
  • 46 Araos cabeceia bola cruzada, Fábio defende.
  • 47 Henrique corta cruzamento de Soteldo.
  • 48 VERMELHO. Echeverria comete falta em Arrascaeta, na pontesquerda, recebe segundo amarelo e o vermelho.
  • 49 LaU ataca bem, mas defende mal. Bequeira é doidinha da silva.
  • 50 ATREVIDO. Soteldo avança pela direita, entra na área, dribla e chuta. Fábio defende.
  • 51 TROCA. Henrique x Cabral.
  • 52 GOL. Edilson avança pela direita e cruza na medida pra Arrascaeta, que pega de prima. CRUZEIRO 4×0.
  • 53 6º GOL de Arrascaeta na temporada. Além dos gols, ele deu 2 assistências.
  • 54 Rafinha manda bola pra lateral de carrinho. Torcida vibra.
  • 55 SEM PRESSA. Cruzeiro troca passes na defesa.
  • 56 Arrascaeta cruza da esquerda pra Rafinha, que toca de prima pra Sassá. O atacante gira e chuta de cantota, pra fora.
  • 57 LaU no ataque. Soteldo aciona Guerra, que não alcança a bola.
  • 58 TROCA. Pizarro x Contreras.
  • 59 Rafinha cobra corner, Leo cabeceia, por cima do travessão.
  • 60 Cruzeiro troca passes no ataque.
  • 61 Egídio recebe de Neves, na esquerda, e cruza. Sassá chega com tudo manda a bola pra rede, de sm-pulo empurra. CRUZEIRO 5×0.
  • 62 TROCA. Soteldo x Rafael Caroca.
  • 63. 2º GOL de Sassá na temporada.
  • 64 Cruzeiro troca passes no ataque.
  • 65 “OLÉ!”, grita a Torcida Celeste.
  • 66 Lucas abre o jogo na direita pra Edilson, que perde a bola.
  • 67 DEFESAÇA. Araos pega a bola na defesa, enfileira no campo de defesa celeste, entra na área e solta a bomba. Fábio espalma pra linha de fundo.
  • 68 Araos cobra o corner, Dedé corta de cabeça.
  • 69 TROCA. Edilson x Romero
  • 70 Egídio vai à linha de fundo, pela esquerda, e cruza pra Sassá. Herrera se antecipa ao centroavante e tira a bola de sua área.
  • 71 Neves disputa pelo alto, dentro da área, Egídio fica com a sobra e chega chutando. Bola passa por cima do travessão.
  • 72 Romero passa a Arrascaeta, que pega de prima, dentro da área. Bola passa rente ao poste direito.
  • 73 AMARELO. Egídio, por falta em Rodríguez.
  • 74 GOL. Arrascaeta limpa a marcação e cruza pra Romero, que dentro da área, ajeita de cabeça pra Neves mandar pra rede. CRUZEIRO 6×0.
  • 75 7º GOL de Neves na temporada. É o artilheiro do time, com um gol a mais que Rafinha.
  • 76 DEFESAÇA. Egídio cruza da intermediária, ninguém cabeceia, mas a bola sobra pra Dedé finalizar. Herrera defende.
  • 77 TROCA: Sassá x Sobis.
  • 78 Guerra recebe de Caroca na direita, dribla Egídio, mas adianta a bola, que sai pela linha de fundo.
  • 79 POSSE DE BOLA: LaU, 51%.
  • 80 Egídio cruza da esquerda, Sobis se antecipa ao goleiro e Herrera e manda a bola pra rede. CRUZEIRO 7×0.
  • 81 Arrascaeta dribla seu marcador e sofre falta.
  • 82 Neves cobra a falta, Herrera defende.
  • 83 O ASSISTENTE. Egídio é o maior assistente do time celeste na temporada, tendo servido pra 4 gols na temporada.
  • 84 Neves tenta tabelar com Rafinha, de letra, mas erra.
  • 85 Cruzeiro continua atacando, como se ainda precisasse marcar gols.
  • 86 Angel Hoyos, técnico da LaU, nem apareceu no Mineirão. Suspenso, ficou no hotel.
  • 87 Lucas Silva chuta de chute. Pra fora.
  • 88 PÚBLICO: 34.147 presentes, 30.252 pagantes, R$1.584.454, média R$54.
  • 89 Egídio cruza da esquerda buscando Neves, mas pega muito forte e a bola sai pela linha de fundo, do lado oposto.
  • 90 DESNECESSÁRIO. Juiz apresenta um minuto ao jogo.
  • 91 FIM de jogo. Cruzeiro assume o 2º lugar do grupo, com 5 pontos e 5 golos de saldo. LaU fica em 3º, com 5 pontos e déficit de 5 gols.
  • NEVES: O posterior direito da minha coxa começou a pesar, mas não deu fisgada. Já passei pelo médico. É tratar, descansar nesta semana pra ficar à disposição no domingo. Nosso time é muito cascudo, diferente, com jogadores experientes. Era jogo era importante, tínhamos que somar pontos. Jogamos bem em Santiago, jogamos bem no Rio, mas os gols não saíram. Hoje merecemos a vitória.

Fotos

20180426 Jogadores-Sassarrada.jpg
Sassá e companheiros comemorando o 3º gol do jogo.
(Crédito: Vinnicius Silva/Cruzeiro)

Vídeos

Pré jogo
Coletiva pós jogo

Atuações

  • TORCIDA CELESTE apoiou em tempo integral. Fez muito barulho o tempo todo. Como devia ser sempre.
  • EDÍLSON não comprometeu na marcação, nem tinha como. Mas também não foi muito efetivo no apoio.
  • ROMERO entrou quando já não havia mais adversário e pôde apoiar sem medo. E nesse apoio deu até passe para gol.
  • DEDÉ teve trabalho com os baixinhos do ataque da LaU, mas soube se impor como vigor que lhe é peculiar. Tentou, mas não conseguiu fazer seu gol, algo que vem perseguindo há vários jogos.
  • LEO disputou mais uma partida perfeita.
  • EGÍDIO, firme na marcação, apoiou bastante, ajudou o ataque a fazer gol e quase deixou seu também.
  • HENRIQUE errou uma saída cebola, acertou todas as demais ações. Saiu mais cedo, por conta de um cartão amarelo recebido ainda na etapa inicial.
  • LUCAS jogou com calma, prendendo a bola quando foi preciso e acertando passes como sempre. Na marcação também se saiu bem.
  • CABRAL jogou menos da metade da partida, num momento em que já não havia mais disputa séria e fez o de sempre: bloqueou as tentativas de ataque da LaU e passou bolas com qualidade.
  • RAFINHA, dinâmico e oportunista, atacou, defendeu e fez gol. Melhor, impossível.
  • NEVES foi melhor, quando estavam jogando onze contra onze. Nessa altura, fez um gol e construiu outro. Na etapa final, fez outro gol.
  • ARRASCAETA foi o melhor quando o adversário se esfacelou. Marcou dois gols, sofreu pênalti e também as faltas que resultaram nas expulsões da LaU.
  • SASSÁ fez dois golos e serviu para outro. E lutou muito quando a partida ainda exigia isto. Cansou e saiu mais cedo.
  • SOBIS entrou aos 76 fez gol aos 82. Ótima passagem pela festa, pois.
  • MANO escalou, fez mudanças corretas e comprovou acerto da estratégia de sair vivo de Santiago pra decidir no Mineirão. Seu time liquidou a partida em vinte minutos, jogando ofensivamente e, depois, aproveitou-se das maluquices de beques e treinadores da LaU pra ampliar o saldo de gols.
  • CRUZEIRO decidiu o jogo nos primeiros vinte minutos, impondo-se com velocidade e força. Depois, tratou de ampliar o saldo de gols, aproveitando-se do destempero do adversário. Ninguém jogou mal. Neves enquanto estava onze contra onze e Arrascaeta depois foram os melhores. E até Fábio mostrou serviço, pois o time chileno, embora desequilibrado, jamais deixou de buscar o gol.
  • LAU teve uma noite pra ser esquecida. Não soube administrar a partida durante o bombardeio incial do Cruzeiro e, menso ainda, quando a derrota era inevitável. Arriscou-se com o jogo perdido e levou uma saraivada de gols. Os velhos Pizarro e Beausejour mostraram categoria. Os jovens Araos e Soteldo deram muito trabalho à defesa celeste. Já os beques, que coisa!, erraram e ainda perderam as estribeiras, comprometendo o conjunto.
  • ÁRBITROS foram extremamente rigorosos. Não relevaram nada e, com isto, desmontaram a LaU. Tecnicamente estiveram perfeitos, embora Sassá estivesse um joelho impedido no gol de Rafinha. Ninharia.

O que foi dito

  • MANO MENEZES: Iniciamos muito bem, com a equipe bem posicionada. Apertamos um time difícil, que toca bem a bola. Roubamos bolas na frente, o que nos deu uma vantagem inicial de 2×0. A vitória nos coloca de novo na disputa. Do outro lado também tem um time que trabalha, com gente competente, com jogadores de qualidade. Hoje, em certo momento, eles saíram tocando bem, porque têm qualidade. Gostamos sempre de roubar a bola na frente. É muito melhor pros atacantes apertar mais à frente, sem ter que baixar tanto pra defender. São jogadores que têm muita qualidade e muito talento, mas, às vezes, não conseguimos encaixar. Hoje conseguimos. Estudamos bem o adversário, também em função do primeiro jogo. Sentimos as dificuldades dentro do campo, porque, às vezes, fora é uma coisa e lá dentro outra. O comprometimento dos jogadores foi fundamental pra executarmos um plano bem feito. Hoje foi perfeito.
  • THIAGO NEVES: Nosso time é muito cascudo, diferente, com jogadores experientes. Era jogo importante, tínhamos que somar pontos. Jogamos bem em Santiago e Rio, mas os gols não saíram. Hoje, saíram.
  • FÁBIO: Agradeço ao torcedor que veio ao estádio. Os que estão aqui são os que acreditavam. Aos que não acreditavam, obrigado por não terem vindo. Estavam aqui os que queriam e confiavam na vitória. E Deus os abençoou com essa vitória.
  • DOUGLAS VELLOSO: O Cruzeiro se impôs desde o primeiro minuto,sabendo explorar os lados do campo onde o adversário era mais frágil. Mano tinha razão em dizer que o jogo era de 180 minutos, pois um erro no Chile poderia ter tirado a chance de se disputar uma vaga. Com o empate em Santiago, a confiança voltou e os jogadores responderam, como sempre respondem em jogos decisivos. O jogo já estava com cara de goleada antes mesmo da expulsão e da LaU entregar a bola ao Cruzeiro. Arrascaeta e Neves, pela qualidade, e Sassá, por incomodar o tempo todom foram os destaques.
  • MAURO FRANÇA: Arrascaeta jogou muito, mas Neves foi quem decidiu. Fez o primeiro gol, cobrando falta que ele mesmo sofreu, fez um lançamento primoroso pro Sassá no lance do segundo gol, e deu o passe açucarado pro Arrascaeta no lance do pênalti. Andou até tirando bolas na defesa. Era um dos mais pressionados e, assim como o time todo, deu bela resposta aos críticos. Rafinha, outro que vinha sendo muito criticado, também merece destaque, não só pelo gol, como pelo trabalho tático, dedicação e movimentação. Quanto a Leo e Dedé, nem precisa falar, os dois estão jogando muito.
  • BRUNO BARROS: Nos 45 minutos de 11 contra 11, 3×0, Nos 45 minutos de 11 contra 9, 4×0. A lógica leva crer que a vantagem numérica contribuiu pra goleada de tal porte, mas quando estava mano a mano, o Cruzeiro já tinha passado o carro.
  • JOTA DIAS: Arrascaeta pode não ser regular durante toda temporada, mas na hora que é preciso, ele não se esconde.
  • SETELAGOAS: Se tem uma coisa para a qual o time está pronto é o mata-mata! Copa do Brasil Feelings!
  • WAGNER CPM: Meu filho Lucas fez 8 anos e ganhou quase um gol pra cada ano de vida.
  • RAÉ: Fiquei satisfeito, mas nada convencido.

Fontes

Transmissão

  • Sportv