Cruzeiro 5x3 Vasco - 01/09/2013

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Flamengo.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Bahia.png 1x3 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Brasileiro
Escudo Ponte Preta.png 0x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Bahia.png 1x3 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 2x1 Escudo Flamengo.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 1x0 Escudo Flamengo.png
Contra Vasco
Escudo Cruzeiro.png 1x1 Escudo Vasco.png Gol aos do Escudo Vasco.png 2x1 Escudo Cruzeiro.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
5 × 3 Escudo Vasco.png
Vasco
17ª rodada do Campeonato Brasileiro 2013
Data: 1 de setembro de 2013 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 18:30 Estádio: Mineirão
Árbitro: Flavio Rodrigues Guerra Público pagante: 17.908
Assistente 1: Rogerio Pablos Zanardo Público presente: 18.607
Assistente 2: Daniel Paulo Ziolli Renda: R$ 808.607,00 R$ 808.607
Cr$ 808.607
NCr$ 808.607
Cz$ 808.607
NCz$ 808.607
(preço médio: R$ 45,15 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Cruzeiro: Vasco:
1. Fábio 1. Diogo Silva
2. Ceará 23. Fagner Cartão amarelo recebido aos 24  (2T) 24'  (2T)   Substituição realizada 28'(2T) de jogo 28'(2T) ( 19. Edmilson )
26. Dedé 13. Cris
33. Bruno Rodrigo 18. Rafael Vaz Cartão amarelo recebido aos 14  (1T) 14'  (1T)  
6. Egídio 6. Yotun Cartão amarelo recebido aos 19  (2T) 19'  (2T)  
16. Lucas Silva Cartão amarelo recebido aos 7  (2T) 7'  (2T)   Gol aos 32 do  (1T) 32'  (1T) Gol aos 21 do  (2T) 21'  (2T) 22. Abuda
8. Henrique Cartão amarelo recebido aos 12  (2T) 12'  (2T)   17. Wendel Substituição realizada 29'(2T) de jogo 29'(2T) ( 20. Montoya )
17. Éverton Ribeiro Cartão amarelo recebido aos 19  (1T) 19'  (1T)   Substituição realizada 3' (2T) de jogo 3' (2T) ( 11. Dagoberto Cartão vermelho recebido aos 45  (2T) 45'  (2T)   ) 8. Juninho Pernambucano
10. Júlio Baptista  Gol aos 39 do  (1T) 39'  (1T) Substituição realizada 7' (2T) de jogo 7' (2T) ( 30. Vinícius Araújo Cartão amarelo recebido aos 43  (2T ) 43'  (2T )   Gol aos 42 do  (2T ) 42'  (2T ) ) 93. Willie Gol aos 18 do  (1T) 18'  (1T) Gol aos 43 do  (1T) 43'  (1T) Substituição realizada 36'(2T) de jogo 36'(2T) ( 11. Tenório )
41. Willian  Gol aos 1 do  (1T) 1'  (1T) Substituição realizada 3' (2T) de jogo 3' (2T) ( 40. Alisson ) 30. Marlone
31. Ricardo Goulart 9. André Gol aos 39 do  (1T) 39'  (1T)
Técnico: Marcelo Oliveira Técnico: Dorival Júnior
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: Vasco:

Pré-Jogo

Classificação: O Cruzeiro iniciou a rodada em 1º lugar com 11 pontos, 9v, 4e, 3d, 33gf, 14gc, 19sd, aproveitamento de 64,6%. O Vasco em 11 lugar, com 20 pontos, 5v, 5e, 6d, 23gf, 27gc, -4sd, aproveitamento de 41,7%.

Ausentes no Cruzeiro: Nilton (V), lesionado e suspenso, Borges (A), Victorino (B), Souza (V), Tinga (V), Elber (M) e Luan (A), lesionados, Anselmo Ramon (A), portador de contusão administrativa.

Pendurados no Cruzeiro: Dedé (B), Leandro Guerreiro (V), Mayke (L), Souza (V) e Tinga (V).

Banco do Cruzeiro: Rafael Monteiro, Mayke, Leo Simões, Paulão Caveirão, Henrique, Alisson, Dagoberto, Lucca, Martinuccio, Vinicius Araújo.

Ausentes no Vasco: Pedro Ken (M), emprestado pelo Cruzeiro, Rodolfo, Luan, Guiñazu, Sandro Silva e Bernardo, lesionados..

Pendurados no Vasco: Abuda, Jomar (B) , Luan, Rafael Vaz (B), Sandro Silva (V) e Yotún (LE).

Banco do Vasco: Michel Alves, Nei, Jomar, Renato Silva, Fillipe Soutto, Montoya, Tenorio, Henrique, Baiano, Fellipe Bastos, Dakson, Fábio Lima, Reginaldo, Edmílson e Leonardo.

Júlio Baptista, armador do Cruzeiro: “Começar o jogo no ritmo em que ele começa é totalmente diferente de entrar quando já está todo mundo envolvido. Pra ajudar o time, vai ser importante ter uma sequência de jogos. Vou ajudar com minhas características, os companheiros vão entender meu jeito de jogar. O time vai continuar sendo rápido, vou complementar o trabalho da equipe.”

Dorival Júnior, treinador do Vasco: “O jogo contra o Cruzeiro será muito complicado, mais ainda pela falta de tempo de recuperação que teremos em relação a eles. O Cruzeiro jogou quarta e nós quinta. Um dia a menos de recuperação tem peso muito grande e acaba sendo fator decisivo nos resultados. Marlone será mantido, com base no que produziu contra o Corinthians e o Nacional”

Juiz: Flávio Rodrigues Guerra (SP) apitou duas partidas neste Brasileiro. Suas médias: 4,5 amarelos, zero vermelho, 26,5 faltas, zero pênalti. Média do campeonato: 4,3 amarelos, 0,3 vermelhos, 34 faltas, 0,2 pênalti.

Relevante: Hércules, no PHD: “Desculpa esfarrapada, essa do Dorival Jr, pois Juninho Pernambucano, Wendel, Fagner, Rafael Vaz e André foram poupados do jogo contra o Nacional, no meio de semana. No Cruzeiro, apenas Júlio Baptista e um dos volantes que for escalado não jogaram contra o Flamengo. Sem contar que o jogo do Vasco foi quase um amistoso e o do Cruzeiro, um clássico decisivo.

Escrita: A última vitória do Vasco sobre o Cruzeiro no Mineirão, pelo Brasileiro, foram os 3×1 da semifinal de 2000.

Números do Cruzeiro: 1º em finalizações (271), gols (33), desarmes (235) e aproveitamento (64,6).

Números do Vasco: 2ª pior defesa (27), 3º em cartões amarelos (41), mas não teve jogadores expulsos..

Público: O Cruzeiro tem a 4ª melhor média de público, em jogos domésticos no brasileiro com 20.105 espectadores. A expectativa é de público um pouco maior do que média, nesta partida.

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 18h25. Times em campo. Cruzeiro com uniforme tradicional. Vasco com camisas brancas com listra negra diagonal, calções e meias negras.
  • 18h32. Começa o jogo. Cruzeiro, à direita das cabines, dá a saída.
  • 00’29”. GOL. Ceará cobra lateral, bola sobra na área, Willian vence disputa com Fagner desvia a bola pra rede. Cruzeiro 1×0.
  • 01. O gol de Willian foi o mais rápido do Brasileiro 2013.
  • 02. Júlio Baptista é o armador. No ataque, Everton Ribeiro, pela direita, Ricardo Goulart, pelo meio, e Willian, pela esquerda.
  • 03. Fagner tenta lançamento para André, mas a zaga cruzeirense corta.
  • 04. Vasco ataca pelo meio, bola fica cm Fábio..
  • 05. Everton Ribeiro recebe entrada forte de Abuda. Juiz manda seguir.
  • 06. Willian recebe passe longo, Diogo Silva fica com a bola.
  • 07. Juninho chuta de fora da área, bola passa longe do gol de Fábio. .
  • 08. Defesaça! Everton Ribeiro cruza, Júlio Baptista cabeceia no canto inferior esquerdo de Diogo, que salva o Vasco, mas dá rebote, que Willian não aproveita.
  • 09. Marlone tenta arrancada pela esquerda, mas Dedé chega na cobertura.
  • 10. Vasco troca passes no meio de campo, Cruzeiro pressiona o time carioca.
  • 11. Dorival Júnior está à beira de um ataque de nervos à beira do gramado.
  • 12. Juninho Pernambucano vai à linha de fundo e cruza nas mãos de Fábio.
  • 13. Marlone ganha na corrida de Henrique e cruza, Bruno Rodrigo corta.
  • 14. Amarelo! Rafael Vaz, por falta em Everton Ribeiro.
  • 15. Ceará cobra falta, defesa do Vasco corta.
  • 16. Torcida celeste, embora em menor número do que nas últimas partidas em casa, incentiva o time sem parar.
  • 17. Defesaça! Marlone solta uma bomba, Fábio faz grande defesa.
  • 18. GOL. Willie chuta da entrada da área, bola entra no ângulo direito. Fábio salta, mas não alcança a bola. Vasco 1×1.
  • 19. Amarelo! Everton Ribeiro, por cavar pênalti.
  • 20. Everton Ribeiro chuta de longe, Diogo Silva defende.
  • 21. Willie chuta de longe e quase faz o gol, mas o Juiz marca toque de mão do atacante.
  • 22. Jogo equilibrado.
  • 23. Bola na área celeste, Willie arremata de carrinho, Fábio defende.
  • 24. Júlio Baptista cruza, bola sai pela linha de fundo.
  • 25. Dedé lança Goulart, bola sai pela latera.
  • 26. Milagre! Após cobrança de escanteio, bola fica viva na área celeste, Dedé tira de cabeça em cima da linha. Na sequência, Henrique dá um bico na bola e afasta de vez o perigo.
  • 27. Anulado! Júlio Baptista chuta forte, Diogo Silva dá rebote. Everton Ribeiro marca o gol, que é anulado, por impedimento.
  • 28. Ceará tenta emendar de primeira cruzamento de Éverton Ribeiro, pega muito mal e joga a bola pela linha de fundo.
  • 29. Wendel acerta Dedé, jogadores celestes pedem cartão amarelo pro volante cruzamaltino, Juiz não os atende.
  • 30. Willian solta uma bomba de fora da área e obriga o goleiro Diogo Silva a trabalhar mais uma vez.
  • 31. Diogo Silva defende chute de longe.
  • 32. GOL. Lucas Silva acerta um chute de 25 metros, Bola entra no canto direito. Cruzeiro 2×1.
  • 32’30”. Centésimo! Foi o 100º gol do Cruzeiro em 2013, 1º de Lucas silva como profissional.
  • 33. Fagner vai à linha de fundo, pela direita, e cruza. Fabio defende,
  • 34. Abuda cruza da direita, Bruno Rodrigo cede escanteio.
  • 34’30”. Juninho Pernambucano cobra escanteio pela direita, Ricardo Goulart crta.
  • 35. Posse de bola: Vasco, 52%.
  • 36. Ricardo Goulart lança Egídio, que cruza da esquerda. Diogo Silva salta e defende na pequena área.
  • 37. Everton Ribeiro pedala próximo à meialua e é empurrado por Cris. Falta.
  • 38. GOL. Júlio Baptista cobra a falta a 20 metros do gol. Bola passa por cima da barreira e cai no canto inferior esquerdo de Diogo Silva, que salta em vão. Cruzeiro 3×1.
  • 39. GOL. Fagner cruza da direita, com curva, André se antecipa a Bruno Rodrigo e, de peixinho, desvia de cabeça. Bola entra no canto esquerdo. Vasco 2×3.
  • 40. Vasco surpreende a torcida celeste, que esperava um adversário mais tímido. Troca de Eder Luiz por Marlone e a entrada de Willie mudaram a cara do Vasco. Pra melhor.
  • 41. Yotún ataca pela esquerda, perde a bola pra Ceará e pede falta. Juiz manda seguir.
  • 42. Willian faz fila e entra livre na área vascaina. Diogo Silva sai do arco e abafa a jogada impedindo o gol celeste.
  • 43. GOL. Fagner cruza da direita, Bruno Rodrigo cabeceia pra trás, Willie mata no peito e finaliza forte, cruzado. Bola acerta o pé do poste direito do arco celeste e vai pra rede. Vasco 3×3.
  • 44. Willie, 20 anos, é do Vitória e está emprestado ao Vasco até dezembro.
  • 44’30”. Finalizações: 8×8.
  • 45. Fim de 1º tempo. Vasco surpreendeu com jogo ofensivo. Cruzeiro também fez boa partida. Empate justo.
  • Willian, atacante do Cruzeiro: “Não esperávamos marcar o primeiro gol tão rápido, mas acabou que aconteceu e isso é bom. A equipe está bem. Tomamos uns gols que não poderíamos tomar, mas o Marcelo vai acertar os detalhes no intervalo para continuarmos marcando lá na frente e sairmos daqui com a vitória”.
  • Willie, atacante do Vasco: “É um jogão, um clássico do futebol brasileiro (Cruzeiro x Vasco). Estou muito feliz pela estreia, mas só vou sair daqui feliz mesmo com a vitória”.

Segundo Tempo

  • 19h31. Times voltam a campo, sem alterações.
  • 19h33. Começa o 2º tempo. Vasco dá a saída.
  • 46. Juninho Pernambucano passa o rodo em Lucas Silva, no meio de campo.
  • 47. Ressabiado. Cruzeiro troca pssses, não quer se expor.
  • 48. Juninho Pernambucano lança Fagner na direita, lateral não alcança a bola.
  • 49. André lança Yotun, na esquerda. O peruano cruza, Fábio voa pra cortar.
  • 50. Marlone passa a Willie, que tenta levantar a bola na área celeste, mas Bruno Rodrigo corta de cabeça.
  • 51. Torcida celeste pede Dagoberto.
  • 52. Lucas Silva passa a Willian, que entra em diagonal e chuta. Rafael Vaz, dentro da área vascaína rebate.
  • 52’30”. Amarelo! Lucas Silva, por falta em Fagner.
  • 53. Juninho Pernambucano cobra muito mal a falta, sem direção.
  • 54. Henrique para Marlone com falta, no meiocampo.
  • 55. Vasco domina, com muita voluntariedade. Cruzeiro não consegue armar jogadas ofensivas.
  • 56. Lédio Carmona, comentarista do SporTV: “Seria melhor Ricardo Goulart voltar pra armação e Júlio Baptista jogar no comando do ataque.”
  • 57. Amarelo! Henrique, por falta em Willie.
  • 57’30”. Juninho Pernambucano cobra falta, do meiocampo, Cris, dentro da área celeste, não consegue arremate de cabeça.
  • 58. Torcida pede, Marcelo Oliveira atende. Dagoberto vem aí.
  • 58’30”. Troca: Everton Ribeiro x Dagoberto.
  • 59. Torcida discorda da substituição e vaia Marcelo Oliveira.
  • 60. Júlio Baptista passa por dois marcadores, na esquerda, e cruza. Dagoberto perde disputa pelo alto pra Yotun.
  • 61. Centroavante Vinícius Araújo recebe instruções na beira do campo.
  • 62. Troca: Júlio Baptista x Vinícius Araújo.
  • 63. Juninho Pernambucano cobra falta o meio de campo, bola sai à direita de Fábio.
  • 64. Amarelo! Yotun, por fata em Dagoberto.
  • 65. Esquema: Vinícius fixo na área, Dagoberto, pela direita, Goulart ao centro e Willian, pela essquerda, é o esquema ofensivo de momento.
  • 65’30”. Abuda cai dentro da área do Vasco.
  • 66. GOL. Lucas Silva acerta um chute cruzado de 25 metros, bola entra à esquerda de Diogo Silva. Cruzeiro 4×3.
  • 67. Piti. Dorival Júnior fica uma fera, alegando que o Cruzeiro não praticou o fairplay no lance que originou o ataque anterior ao chute a gol de Lucas Silva.
  • 68, Dagobrto e Dorival Júnior discutem o lance em que Willian voltou a bola pra Fagner. DJ acha que foi um fairplay malandro, bola muito curta que facilitou a retomada pelo time celeste.
  • 69. Amarelo! Fagner por falta em Dagoberto.
  • 69’30”. Dagoberto já foi pra pontesquerda.
  • 70. Esse cara manda! Juninho Paulista comete mais uma falta em Lucas Silva. Juiz economiza o cartão amarelo. Juninho ajuda a apitar a partida.
  • 71. Trocas: Fagner x Edmílson, Wendel x Montoya.
  • 72. Juninho cobra falta, Cris faz jogada de pontesquerda e cruza. Fábio corta com um soco na bola.
  • 73, Marlone vira lateral direito.
  • 74. Willie passa a Montoya que, sozinho na grande área, se enrola na hora de dominar e perde a bola.
  • 75. Defesaça! Rafael Vaz lança Willie, que encontra Montoya na entrada da área celeste. Fábio sai do arco e abafa a jogada.
  • 75. Joelhada no pescoço! Fábio recebe joelhada de Montoya, no lance anterior e cai em sua pequena área pra receber atendimento médico.
  • 76. Posse de bola: Vasco, 52%.
  • 77. Egídio recebe boa bola de Dagoberto na esquerda e cruza. Cris sobe mais alto que o ataque celeste e corta de cabeça.
  • 78. Perdeu! André entra na área celeste e passa de calcanhar a Willie, que enche o pé. Bola passa por cima do travessão.
  • 79. Cris está jogando de centroavante ao lado de André. Abuda fica em seu lugar na defesa.
  • 80. Troca: Willie x Tenório.
  • 81. Yotun cruza da esquerda, bola sai pela linha de fundo.
  • 82. Rafael Vaz Arranca da área vascaína e, do meiocampo, lança Tenório, que está impedido.
  • 83. Marlone ataca pela direita e cruza. Dedé corta, com um chutão.
  • 84. André se coca com Bruno Rodrigo e fica caido. Nada grave.
  • 85. Henrique tenta lançar Vinícius Araujo, Yotun intercepta o passe e sai jogando.
  • 86. Contrataque perfeito do Cruzeiro, Ricardo Goulart coloca Vinícius Araújo na cara do gol. A finalização é perfeita. Cruzeiro 5×3.
  • 87. Amarelo! Vinícius Araújo, por comemorar o gol tirando a camisa.
  • 88. Edmílson chuta de fora da área. Bola sai à direita de Fábio.
  • 89. Troca: Willian x Alisson.
  • 89’30”. Torcida aplaude e grita o nome de Willian.
  • 90. Alisson invade a áreas do Vasco, mas é desarmado.
  • 91. Vermelho! Dagoberto, por um pontapé em Abuda, na pontesquerda.
  • 91. Cruzeiro toca bola no meiocampo.
  • 92. Vinícius Araújo tenta encontrar Alisson na área do Vasco, mas coloca muita força e a bola passa pelo meia.
  • 93. Montoya e depois Yotun cruzam da esquerda, defesa celeste espana a bola.
  • 93. Egídio puxa contrataque e lança Ricardo Goulart, que chuta da meialua pra defesa de Diogo Silva.
  • 93’30”. MVP! Lucas Silva, pelos dois golaços e pela boa marcação no meiocampo.
  • 94. Fim de jogo. Cruzeiro isola-se na liderança com 34 pontos. Grêmio, 31, AtléticoPR e Botafogo, 30, completam o G4.
  • NÚMEROS: Finalizações: Cruzeiro 13×12. Desarmes: Vasco 7×5. Faltas: Cruzeiro 20×18. Passes errados: Vasco 22×21. Impedimentos: Vasco 3×1. Defesaças: Diogo Silva 5×2 Fábio.
  • Lucas Silva, volante do Cruzeiro: “Graças a Deus tenho essa característica (bom chute de longa distância) muito boa e no momento em que o Cruzeiro precisou eu pude ajudar. Foram meus primeiros gols como profissional e estou muito feliz”.
  • Juninho Pernambucano, meia do Vasco: “No gol deles foi malandragem do Willian, a bola era para ser nossa. Ele devolveu na fogueira e já foi pressionar o Fagner. Infelizmente aqui no Brasil é assim. As pessoas veem malandragem como esperteza”.

Vídeos

Melhores momentos
Gols

Atuações

  • Torcida Celeste não foi fiel ao líder do campeonato. Comparecimento abaixo da média (20.105) não se justifica. A derrota para o Flamengo foi um incidente típico de Copa do Brasil. Ou será que o torcedor não aprende nunca o básico do ludopédio? Quem foi, em especial o pessoal da Máfia Azul apoiou o time o tempo todo.
  • Fábio não teve culpa nos gols e ainda fez duas defesaças.
  • Ceará defendeu melhor do que atacou. Mas deve ter sido o autor do primeiro serviço de mão no campeonato, logo aos 30 segundos.
  • Dedé não brincou em serviço. Deu bico pra todo lado e foi soberano nas alturas.
  • Bruno Rodrigo deu azar de uma bola cortada de cabeça ter caído no peito de Willie e, daí, ter ido pra rede. No mais, foi bem.
  • Egídio foi um grande atacante. Mas alguns torcedores acham pouco. Querem um superatleta que defenda e ataque com a mesma eficiência. Esse cara não existe.
  • Lucas Silva fez dois golaços e, cheio de confiança, cresceu no jogo e tomou conta da meiúca. Com direito a levar rasteiras do astro Juninho Pernambucano.
  • Henrique jogou 90 minutos, algo surpreendente pra quem passou tanto tempo parado. E não comprometeu.
  • Everton Ribeiro não fez uma de suas melhores partidas tecnicamente, mas cumpriu seu papel tático abrindo o jogo pela direita e, algumas vezes, armando pelo meio.
  • Dagoberto agitou o jogo, primeiro pela direita, depois, pela esquerda. Mas endoidou no fim e deu um pontapé de cabeça de bagre em Abuda. Por quê?
  • Júlio Baptista ocupou o espaço entre os dois volantes e os três atacantes, com a missão de criar jogadas. Nesse mister foi razoável. Melhor mesmo foi a falta batida com capricho, que resultou no terceiro gol.
  • Vinicius Araújo entrou e fez o quinto gol. Ou seja, centroavantou legal.
  • Ricardo Goulart, comandando o ataque ou voltando pra armar ou defender, saiu-se bem. Faltou apenas um pouco de cpricho pra marcar o sexto gol e embelezar mais a vitória.
  • Willian fez um gol e deu início à jogada de outro, depois de um gesto de fairplay considerado insuficiente pelos vascaínos. Sempre ligado no jogo, irritou os adversários com sua combatividade.
  • Alisson jogou menos de 5 minuto, mas arranjou tempo pra aparecer na área adversária, sinal de que está com fome de bola.
  • Marcelo Oliveira botou o time em campo no 4-2-1-3 que, com a entrada de Vinícius, virou 4-3-3-1. As duas formações deram certo. O time está bem treinado.
  • Juiz & Cia. O Juiz compartilhou com Juninho Pernambucano suas atribuições. Pegou mal. Apesar disso, o septeto não interferiu no placar.
  • 98 FM: Ouvi pela primeira vez. A ideia é ótima, a execução precisa ser aprimorada. Mas é uma boa alternativa pra quando o torcedor estiver de saco cheio com a pentelhagem e o mau humor das emissoras que se pretendem sérias.
  • Cruzeiro passou, com louvor, por um baita teste. Jogar depois de uma desclassificação, com a torcida ressabiada, tomar uma virada e, ainda assim, encontrar forças pra vencer foi grande demonstração de força.
  • Vasco foi, como todo time do Didjei, indígena. Cris, voluntarioso, Willie, esperto, André, oportunista, e Diogo silva, com quatro defesaças, foram os destaques.

O que foi dito

  • Marcelo Oliveira, treinador do Cruzeiro Começamos muito bem, fizemos um gol cedo, o que é difícil. Daí perdemos pelo menos três oportunidades claras. Me lembro quando fizemos o terceiro gol, alguém passou perto do banco e eu pedi que a equipe administrasse e tocasse a bola, mas em três minutos levamos dois gols. Com 3×3, ficou perigoso demais, mas demos tranquilidade e confiança aos jogadores. Foi uma vitória expressiva que fez a gente abrir 3 pontos o que pode fazer muita diferença lá na frente.
  • Lucas Silva, volante do Cruzeiro Só tenho que agradecer a Deus, à família, aos amigos e à torcida. Sonho se realizando, dia inesquecível!
  • Henrique, volante do Cruzeiro A gente sente dor, é normal, mas tem que testar o corpo mesmo. A cabeça fica meio medrosa, mas foi bom dar a volta por cima. Fico feliz por voltar nove meses da lesão e da cirurgia, e agradecido ao departamento médico do Cruzeiro. Agora é dar sequência pra crescer cada vez mais. Falta muito ainda, preciso ganhar ritmo, mas estou feliz pelo momento.
  • Willian, meiatacante do Cruzeiro Eu ia colocar a bola pra fora, mas ele não deixou a bola sair e eu fui apertar, normal. Não tem fair play aí. A gente fica triste com este nível de profissional que ofende, te critica, fala coisas absurdas. É melhor nem ficar falando muito.
  • Leo Figueiredo, comentarista do SporTV Júlio Baptista estreou bem. Ele é muito forte, ajuda na marcação, está bem fisicamente, é decisivo. O Cruzeiro aumenta seu leque de jogadores decisivos. Ricardo Goulart tem jogado muita bola, Everton Ribeiro também, e Julio é o cara experiente pra chamar a responsabilidade usando a dez. Acho que ele não sai mais do time. Como deve ficar o Lucas Silva. Ontem, mudou a dupla de volantes com as entradas de Henrique e de Lucas Silva, que na base já era uma sensação e ontem foi decisivo chamando a atenção com dois belos gols saindo-se muito bem na marcação e saída de bola.
  • Paulo Schmitt, procurador do STJD Não houve falta de fair play. O jogador chutou a bola e ainda levou mais de 40 segundos para sair o gol. O Vasco teve a chance de tirar a bola. Não dá nem para se falar em falta de fair play. A bola chegou a ficar dominada pela defesa.
  • Mariana Resende, no PHD Júlio Baptista mete medo! Quando ele foi cobrar a falta, os jogadores da barreira deram as costas para o chute, só o Cris teve coragem de encarar o Júlio de frente… hahaha
  • Hercules, no PHD Mais uma vez, Dedé foi o melhor do time e o único que peita os árbitros.

Fontes

Transmissão

  • Sportv