Cruzeiro 5x3 Criciúma - 26/10/2013

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Coritiba.png 2x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Santos.png 0x1 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Brasileiro 2013
Escudo Coritiba.png 2x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Santos.png 0x1 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 1x0 Escudo Fluminense.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 3x0 Escudo Grêmio.png
Contra Criciúma
Escudo Criciúma.png 1x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Criciúma.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
5 × 3 Escudo Criciúma.png
Criciúma
31ª rodada do Campeonato Brasileiro 2013
Data: 26 de outubro de 2013 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 18:30 Estádio: Mineirão
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio Público pagante: 38.378
Assistente 1: Marcia Bezerra Lopes Caetano Público presente: 40.729
Assistente 2: Jose Antônio Chaves Franco Filho Renda: R$ 1.769.440,00 R$ 1.769.440 <br />Cr$ 1.769.440 <br />NCr$ 1.769.440 <br />Cz$ 1.769.440 <br />NCz$ 1.769.440 <br /> (preço médio: R$ 46,11 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Cruzeiro: Criciúma:

1. Fábio 1. Galatto
26. Dedé 4. Fábio Ferreira
3. Léo 3. Matheus Ferraz
2. Ceará Substituição realizada 9' (2T) de jogo 9' (2T) ( 32. Mayke ) 2. Suelinton Cartão amarelo recebido aos 44  (1T) 44'  (1T)   Cartão amarelo recebido aos Cartão vermelho recebido aos 4  (2T) 4'  (2T)  
8. Henrique Substituição realizada 28' (2T) de jogo 28' (2T) ( 27. Élber Pimentel ) 5. Henik
6. Egídio 6. Marlon
16. Lucas Silva 7. Lins Gol aos 41 do  (1T) 41'  (1T) Cartão amarelo recebido aos 42  (2T) 42'  (2T)  
17. Éverton Ribeiro  Gol aos 13 do  (1T) 13'  (1T) 8. Ricardinho Gol aos 46 do  (1T) 46'  (1T) Substituição realizada 43'(2T) de jogo 43'(2T) ( 19. Cassiano )
11. Dagoberto  Gol aos 19 do  (1T) 19'  (1T) Gol aos 40 do  (2T) 40'  (2T) 9. Marcel Substituição realizada 27'(2T) de jogo 27'(2T) ( 20. Douglas Cartão amarelo recebido aos 37  (2T) 37'  (2T)   )
9. Borges Cartão amarelo recebido aos 31  (2T) 31'  (2T)   Gol aos 13 do  (2T) 13'  (2T) Gol aos 31 do  (2T) 31'  (2T) 10. Ivo Substituição realizada 5'(2T) de jogo 5'(2T) ( 13. Ezequiel )
41. Willian Substituição realizada 10' (2T) de jogo 10' (2T) ( 10. Júlio Baptista ) 11. João Vitor Gol aos 34 do  (1T) 34'  (1T)
Técnico: Marcelo Oliveira Técnico: Argel Fucks
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: Criciúma:

Pré-Jogo

  • CLASSIFICAÇÃO: O Cruzeiro é o 1º colocado, com 62 pontos, 34 gols de saldo e aproveitamento de 68,9%. O Criciúma, é o 18º, com pontos 32 pontos, déficit de 13 gols, aproveitamento de 35,6%.
  • AUSENTES no Cruzeiro: Bruno Rodrigo, Ricardo Goulart e Nilton, suspensos, Victorino e Martinuccio, lesionados.
  • PENDURADOS no Cruzeiro: Ceará, Dagoberto, Egídio, Everton Ribeiro, Leandro Guerreiro, Mayke, Souza, Tinga e Vinícius Araújo.
  • BANCO do Cruzeiro: Rafael Monteiro, Mayke, Paulão Caveirão, Francisco Everton, Leandro Guerreiro, Souza e Tinga, Elber, Júlio Baptista, Luan, Lucca, Vinicius Araujo.
  • AUSENTES no Criciúma: Leonardo, Morais, lesionados, Serginho, suspenso, Wellington Paulista, impedido de jogar pelo Cruzeiro, por questões contratuais.
  • PENDURADOS no Criciúma: Bruno Renan, Douglas, Fábio Ferreira, Galatto, Gilson, Henik, Lins, Marlon, Matheus Ferraz e Morais.
  • BANCO do Criciúma: Bruno, Ezequiel, Ewerton Páscoa, Elton, André Gava, Amaral, Fabinho, Douglas, Cassiano
  • MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: “Júlio Baptista está relacionado, está à disposição. Não tem o ritmo ideal, mas está com uma imensa vontade de participar e acho que, durante o jogo, ele pode nos ajudar muito.”
  • GALATTO, goleiro do Criciúma. “Vai prevalecer a concentração, o saber jogar, a hora de se defender e de atacar. Temos jogadores de qualidade, que já atuaram em outros grandes clubes e sabem das dificuldades que teremos. Mas não é nada impossível. Vamos fazer de tudo pra somar pontos.”
  • JUIZ: Wilton Pereira Sampaio (GO) apitou 14 partidas neste Brasileiro. Média: 5,1 amarelos e 0,1 vermelho, 0.3 pênaltis e 36,6 faltas. Médias do Campeonato: 4,4 amarelos, 0,3 vermelho, 0,2 pênaltis e 34,7 faltas.
  • RELEVANTE: Números no Brasileiro: Vitórias: Cruzeiro 19×9. Derrotas: Criciúma 16×6. Gols a favor: Cruzeiro 60×38. Gols contra: Criciúma 51×26. Finalizações: Cruzeiro 441x 300.
  • ESCRITA: O Cruzeiro é o clube que mais venceu o Criciúma na história dos campeonatos nacionais. Em 11 jogos, o Maior de Minas venceu 8 empatou 2 e só perdeu 1 jogo, em 1994.
  • PÚBLICO: O Cruzeiro lidera o ranking de público em jogos domésticos neste Brasileiro, com média de 26.193 (a media do torneio é de 14.221). O público deste jogo deve superar a média do mandante em mais de 10 mil.
  • ADVERSÁRIO: O Comerciário Esporte Clube foi fundado em 13mai47. Entre 1970 e 1977, devido a uma crise financeira, o time de futebol ficou em recesso. Na volta, mudou de nome para Criciúma Esporte Clube, atraindo os torcedores dos extintos Metropol, Próspera, Boa Vista e Operário. Em 1984, foram adotadas as cores atuais, amarelo, branco e reto. O clube tem uma Copa do Brasil (1991), 2 brasileiros (Série C em 2006 e Série B em 2002) e 10 estaduais. No Ranking da CBF, ocupa a 33ª posição, com 4.370 pontos.
  • ORGANIZADAS: Nação Azul de arginha, Sangue Azul, Os Imortais, Fanaticruz, Jovem, Cachazeiros, Jovem Senhora de Oliveira, Geral Celeste, Metalzeiros, Gang, Motozeiros.
  • TRANSMISSÃO: O SporTV transmite a partida para todo o Brasil, menos pra Minas Gerais. Premiere FC 2 também mostra o jogo. Narração: Luiz Carlos Jr, Comentários: Bob Faria.

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 18h20. CAMPEÕES mundiais de vôlei, jogadores do Sada Cruzeiro são homenageados.
  • 18h23. Times em campo, com uniformes tradicionais.
  • 18h25. FOGUETÓRIO. Cruzeiro em campo, com uniforme tradicional.
  • 18h26. Criciúma em campo, com camisa branca, calções e meias pretas, e detalhes amarelos nas três peças.
  • 18h30. COMEÇA o jogo. Cruzeiro, à direita das cabines. Criciúma dá a saída.
  • 01. Egídio desce pela meiesquerda e chuta cruzado. Bola acerta Matheus Ferraz e sai da área.
  • 02. Fábio Ferreira corta de cabeça bola vinda direita. Willian apanha o rebote de bicicleta. Bola fora.
  • 03. Ceará cruza direita, Marlon cede escanteio.
  • 04. Willian cobra escanteio pela direita, Leo Simões cabeceia, Gallato defende.
  • 05. QUASE. Galatto sai com um chutão. Ivo ganha de Lucas Silva e Ceará, dentro da área celeste, e arremata. Bola passa por cima do travessão.
  • 06. Dedé complica, Lins aparece pra definir a jogada, mas Fábio sai do arco pra defender a seus pés.
  • 07. TRAMA boa. Willian passa a Everton Ribeiro, que passa a Borges. O centroavante cabeceia, Gallato defende. .
  • 08. Egídio vai à linha de fundo, pela esquerda, e cruza. Gallato defende.
  • 09. Ceará cruza da direita, Fábio Ferreira corta de cabeça.
  • 10. Lucas Silva joga bola na área do Tigre. Dagoberto comete falta em Henik.
  • 11. Ataque do Criciúma trabalha bola no lado esquerdo da defesa celeste, Egídio faz o corte e dispara no contrataque.
  • 12. GOL. Everton Ribeiro lança Ceará, que vai à linha de fundo e cruza rasteiro. Defesa do Tigre corta, Everton apanha o rebote e, de canhota, acerta chute cruzado entre o goleiro e o poste esquerdo. Indefensável. Cruzeiro 1×0.
  • 13. 61º gol do Cruzeiro, 6º de Everton Ribeiro, neste Brasileiro.
  • 14. BALIZA. Willian chuta de fora da área, Gallato defende parcialmente, Borges aparece e, do bico da área, chuta. Bola esplode no pé do poste esquerdo.
  • 15. DEFESAÇA. Lucas Silva chuta cruzado, da entrada da área. Gallato se estica e desvia bola pra escanteio.
  • 16. Gallato cai e pede atendimento médico.
  • 17. Máfia Azul e Independente estão suspensas pelo Ministério Público
  • 18. GOL. Dagoberto passa a Everton Ribeiro, recebe devolução de calcanhar e acerta um chutaço da entrada da área. Bola entra no canto direito de Galatto. Indefensável. Cruzeiro 2×0.
  • 19. Bola chutada por Dagoberto viajou 19 metros a 108 Km/h. Foi o 62º gol do Cruzeiro e o 3º de Dagol, neste Brasileiro.
  • 20. DEFESAÇA. Dagoberto passa a Borges, que gira dentro da área e arremata forte de canhota. Com um toque Gallato desvia bola pela linha de fundo, tirando tinta no poste esquerdo do arco tricolor.
  • 21. Willian cobra escanteio pela direita. Defesa do Tigre corta. Novo escanteio.
  • 22. Willian cobra escanteio pela direita, Leo Simões cabeceia, Dedé ajeita pra Ceará, que cruza. Gallato salta no bolo e defende.
  • 23. FINALIZAÇÕES: Cruzeiro 8×1.
  • 24. Everton Ribeiro recebe um tapa na boca, no meio de campo, e reclama. Juiz diz que foi coisa à toa e manda seguir o jogo.
  • 25. Até aqui, o Cruzeiro domina completamente, marcando a saída de bola do Criciúma, que só atacou com perigo uma vez.
  • 25’30”. Egídio cruza de curva, da esiqerda. Borges não alcanç a bola.
  • 26. POSSE de bola: Cruzeiro, 66%.
  • 27. PERIGO. Sueliton desce pela direita, deixa Egídio pra trás, e cruza rasteiro. Marcel perde o tempo de bola, Ceará chuta bola pra lateral.
  • 28. Ceará cruza da direita, Galatto tira de soco.
  • 29. Lins cruza da esquerda, Leo Simões corta de cabeça. Henik apanha o rebote e chuta de longe, Bola sai à direita do arco celeste.
  • 30. Fábio faz ligação direta om Borges, que cabeceia. Bola fica com Galatto.
  • 31. Ivo chuta da intermediária, bola passa por cima do travessão.
  • 32. Henik passa por Willian e segue em direção à área celeste, mas é atropelado por Leo Simões. Falta a onze passos da área celeste.
  • 33. GOL. João Victor cobra falta, bola possa por cima da cabeça de Henrique, último homem da barreira, e entra após roçar o poste esquerdo do arco celeste. Fábio salta, mas não alcança. Criciúma 1×2.
  • 34. DEFESAÇA. Grande trama do ataque celeste na entrada da área do Tigre. Everton Ribeiro arremata, Galatto corta com a ponta dos dedos. Escanteio.
  • 35. Willian cobra escanteio pela direita, Dedé cabeceia, bola desvia em Fábio Ferreira e sai a escanteio, mas o Juiz marca tiro de meta.
  • 35’30”. ESCANTEIOS: Cruzeiro 8×0.
  • 36. Lucas Silva perde bola pra Lins, que invade a área celeste. Leo Simões corta, na pequena área.
  • 37. MARCELO OLIVEIRA dá bronca em Lucas Silva, que erra duas saídas de bola em sequência.
  • 38. Lins dispara rumo ao campo do Cruzeiro, mas é parado com falta por Willian.
  • 39. DEFESAÇA. Henrique passa a Borges, que abre na direita pra Ceará. O lateral cruza, Borges cabeceia, Galatto defende.
  • 40. EQUILIBROU. O jogo fica parelho. Criciúma ataca sem medo de ser feliz. Cruzeiro responde.
  • 41. GOL. Grande jogada do Criciúma pela esquerda. João Victor cruza rasteiro, Leo Simões, na pequena área, corta. Lins é mais esperto que Lucas Silva, fica com o rebote e chuta forte. Bola entra np canto direito. Indefensável. Criciúma 2×2.
  • 42. DEFESAÇA. Egídio erra passe, Henik lança lins, que dispara pela direita e cruza rasteiro. Fábio defende aos pés de Marcel.
  • 43. Marlon aparece na entrada da área e enche o pé. Bola sai pela linha de fundo.
  • 44. AMARELO. Sueliton, por falta em Willian.
  • 44’30”. Egídio cruza da esquerda, Dedé cabeceia, Gallato defende.
  • 45. João Victor, pela esquerda, aciona Sueliton, na direita. O lateral cruza rasteiro pra Ricardinho, que livre na marca do pênalti arremata de prima. Fábio salta, mas não alcança a bola que entra à sua esquerda. Indefensável. Criciúma 3×2.
  • 45’30”. MOEMA FOX, no PHD: “Umbelievable!”
  • 45+1. FIM de 1º tempo. Torcida celeste vaia seu time.
  • DAGOBERTO, atacante do Cruzeiro: “O time começou bem. Agora, vamos conversar com calma. Temos time pra virar.”
  • JOÃO VICTOR, volante do Criciúma: “Mantivemos a tranquilidade, apesar da desvantagem e arriscamos. Temos mais um tempo pra manter o ritmo e conseguir o resultado positivo.”

Segundo Tempo

  • 19h27. Cruzeiro volta a campo, sem alterações.
  • 19h28. RAÇA! Torcida celeste grita para seu time.
  • 19h29. Criciúma volta a campo, sem alterações.
  • 19h3. COMEÇA o 2º tempo. Cruzeiro dá a saída.
  • 46. Dagoberto cobra escanteio pela esquerda, Dedé cabeceia, bola sai à direita de gallato.
  • 46’30”. Torcida celeste canta alto o hino do Cruzeiro.
  • 47. Dedé comete falta em Marcel, no meiocampo.
  • 48. Ivo passa a Marcel, que enche o pé da entrada das proximidades da meialua. Fábio defende.
  • 49. VERMELHO. Sueliton para contrataque celeste, com falta em Willian, recebe segundo amarelo e o vermelho.
  • 50. TROCA. Ivo x Ezequiel.
  • 50’30”. FÁBIO VELAME, no PHD: “Juiz deu uma ajuda nessa expulsão. É hora de aproveitar. Teremos todo o 2º tempo com um a mais, vamos ver no que dá.”
  • 51. Ceará cruza da direita, Matheus Ferraz corta, dentro da area.
  • 52. Dagoberto cruza da esquerda, Fábio Ferreira, dentro da área, chuta pra onde o nariz aponta.
  • 52’30”. Lucas Silva chuta de fora da área, bola sai pela linha de fundo.
  • 53. TROCAS. Henrique x Júlio Baptista e Ceará x Mayke.
  • 53’30”. ESQUEMA. Criciúma joga com duas linhas de quatro, marcando em seu campo. Só Marcel fica no ataque tentando segurar a bequeira celeste.
  • 54. HÉRCULES, no PHD: “Este é um jogo pro Elber, jogador que parte pra cma da defesa.”
  • 55. Everton Ribeiro lança Borges dentro da área. O centroavante não consegue controlar a bola e a Fábio Ferreira limpa a área.
  • 56. Egídio cobra falta da intermediária, Borges cabeceia, bola sai por cima do travessão.
  • 57. Ezequiel desce pela direita e cruza rasteiro. Dedé corta de qualquer jeito.
  • 58. GOL. Mayke cruza da direita, Willian desvia, Borges recebe a bola dentro da área, gira e arremata cruzado, à direita de Gallato. Indefensável. Cruzeiro 3×3.
  • 59. 8º gol de Borges, 63º do Cruzeiro no Brasileiro.
  • 60. AMARELO. Dedé erra um passe e tem que derrubar João Victor na ponta direita celeste.
  • 61. Willian arranca rumo ao arco do Tigre e passa a Borges, que muito marcado não consegue finalizar.
  • 62. CERA. Gallato cai em sua área. Criciúma faz o que pode pra parar o jogo.
  • 63. Egídio cruza da esquerda, bola desvia na bequeira e sai a escanteio.
  • 64. Dagoberto cobra o 13º escanteio do Cruzeiro. defesa afasta.
  • 65. ATACANTE. Dedé se manda pro ataque.
  • 66. BLITZ. Cruzeiro sufoca defesa do Criciúma. Egídio cruza da esquerda, Galatto não acha a bola, Dagoberto cruza da direita, Galatto defende.
  • 67. Dagoberto tabela com Mayke pela direita e cruza. Fábio Ferreira limpa a área do Tigre, com um bico.
  • 68. Ezequiel cruza da direita buscando Lins, Dedé intercepta bola e faz o corte com uma cabeçada.
  • 69. ELBER! Torcida celeste pede entrada do meia-atacante.
  • 69’30”. FINALIZAÇÕES: Cruzeiro 18×12.
  • 70. Júlio Baptista recebe passe de Mayke e chuta forte, da entrada da área. Galatto defende.
  • 71. Marcel cai no meicoampo, sem disputar bola com ninguém. Juiz para o jogo, Marcelo Oliveira não gosta.
  • 72. TROCAS. Willian x Elber e Marcel x Douglas.
  • 73. WALTERSON, no PHD: “Assim, é muito fácil ser treinador. Basta atender à torcida.”
  • 74. Mayke ataca pela direita e cruza rasteiro. Matheus Ferraz limpa a área com um bico.
  • 75. Leo Simões, jogando como líbero, apara lançamento de Henik e sai jogando.
  • 76. GOL. Elber cruza da direita, bola passa por cima da cabeça de Fábio Ferreira, Borges sobe no meio da área e cabeceia. Indefensável. Cruzeiro 4×3.
  • 77′. 64º gol do Cruzeiro no campeonato, 9º de Borges.
  • 78. AMARELO. Borges, por tirar a camisa na comemoração do gol.
  • 78’30”. MAIS UM! Torcida celeste enlouquece na comemoração da virada.
  • 79. Elber recebe lançamento, mas é desarmado, com carrinho, por Matheus Ferraz. Contrataque abortado.
  • 80. BALANÇA. Mineirão treme, com a festa da torcida celeste. “Dale, dale, Zeiro, seremos campeões!”
  • 81. AMARELO. Douglas, por falta em Everton Ribeiro, pra impedir contrataque.
  • 81’30”. TORCIDA celeste canta: “Nós somos loucos…”
  • 82. PÊNALTI. Dagoberto se intromete em disputa de Júlio Baptista com Henik, na entrada da área, fica com a bola e é agarrado pelo volante do Tigre. Tricolores reclamam, sem motivo.
  • 82’30”. AMARELO. Henik, pelo pênalti.
  • 83. GOL. Dagoberto cobra com a maestria de sempre. Bola rasteira no canto esquerdo, Gallato, no direito. Cruzeiro 5×3.
  • 84. 65º gol do Cruzeiro no campeonato, 4º de Dagoberto.
  • 85. TORCIDA celeste grita: “Cru-zei-rô ô ô ô ô…”
  • 86. EXPULSO. Argel Fucks aplaude o Juiz ironicamente e é mandado pro chuveiro.
  • 87. TROCA. Ricardinho x Cassiano.
  • 88. TORCIDA celeste canta: “Caiu na rede é peixe, Cruzeiro vai golear…”
  • 89. OLÉ! Cruzeiro toca bola, torcida se diverte.
  • 89’30”. MVP. Ouvintes da CBN escolhem DAGOBERTO, com 40% dos votos. Para o síndico do PHD, o craque fo jogo foi EVERTON RIBEIRO.
  • 90. TORCIDA celeste canta: “Explode, coração, na maior felicidade, é lindo meu Cruzeiro, sacudindo esta cidade…”
  • 91. Marlon invade a área celeste pela esquerda, mas é desarmado por Dedé. Tricolores pedem pênalti, mas ganham escanteio. Juiz acertou.
  • 91’30”. TORCIDA celeste canta: “No peito trago cinco estrelas, que carrego com amor… Parar com esse sentimento, eu não consigo…”
  • 92. QUASE. Everton Ribeiro faz jogada pela direita e cruza. Dagoberto encobre o goleiros, mas Fábio Ferreira salva o Tigre cortando a um passo da risca.
  • 93. FIM de jogo. Cruzeiro começou bem, perdeu o controle da partida no fim da etapa inicial e contou com a burrice do lateral-direito do Criciúma, expulso no começo da etapa final, pra retomar o controle da partida e virar o placar.
  • NÚMEROS: Finalizações: Cruzeiro 21×12. Faltas: Criciúma 19×6. Defesaças: Galatto 4×1 Fábio.

Média

Vídeos

Melhores momentos
Gols

Áudio

Cruzeiro 1x0 Criciúma
EmbedVideo received the bad id "{{{link}}}" for the service "soundcloud".
Cruzeiro 2x0 Criciúma
EmbedVideo received the bad id "{{{link}}}" for the service "soundcloud".
Cruzeiro 3x3 Criciúma
EmbedVideo received the bad id "{{{link}}}" for the service "soundcloud".
Cruzeiro 4x3 Criciúma
EmbedVideo received the bad id "{{{link}}}" for the service "soundcloud".
Cruzeiro 5x3 Criciúma
EmbedVideo received the bad id "{{{link}}}" for the service "soundcloud".

Atuações

  • TORCIDA CELESTE cantou e apoiou o time, mas ficou meio assustada no intervalo, o que é normal. Só não gostei do grito de “tricampeão”, que só deve ser dado na hora certa. (AC Rossi) /// A Geral Celeste deu show, mas a Máfia Azul fez tremenda falta. Com ela, o pique da galera é muito muito mais intenso, nos momentos de baixa técnica do time. (Síndico)
  • FÁBIO não teve culpa nos gols, nem fez os costumeiros milagres. (AC Rossi) /// Fez um defesa difícil, aos pés de Lins, ainda no 1º tempo. De resto, esteve correto. (Síndico)
  • CEARÁ começou com tudo, atacando e criando jogadas, sem medo, mas deixou espaços, que foram aproveitados pelos adversaries, nos segundo e terceiro gols. (AC Rossi) /// Operário. (Síndico)
  • MYKE, apesar de ter entrado num momento difícil, criou boas jogadas. (AC Rossi) /// Liso e descomplicado, quando apoia é eficaz como nenhum outro lateral brasileiro. O time melhorou ap[os sua entrada. (Síndico)
  • DEDÉ estava bem em sua posição, mas largou tudo e foi prá frente. E não é assim que se resolvem as partidas difíceis. (AC Rossi) /// Como beque, esteve bem. Como centroavante, nem tanto. (Síndico)
  • LEO SIMÕES errou ao rebater para o meio da área o cruzamento do Segundo gol do Criciúma. No mais, cometeu poucos erros de cobertura. (AC Rossi) /// Sem culpa nos gols, como seus críticos estão dizendo. A rebatida, que resultou no segundo do Criciúma, tanto poderia ter ficado com Lucas, quanto com Lins. O catarina foi mais rápido e arrematou. Só críticos de pebolim, podem exigir do beque uma rebatida com direção perfeita numa jogada de sufoco como aquela. Em seu melhor momento, desarmou Lins na entrada da pequena area, lance de extreme perigo. E, na etapa final, virou líbero e até volante, quando todo mundo foi pto ataque, inclusive seu parceiro, Dedé. (Síndico)
  • EGÍDIO foi bem na maioria dos lances, mas errou alguns passes e saídas de bola. No terceiro gol, estava na posição certa, na cobertura, por dentro, mas ninguém acompanhou o lateral Sueliton, que cruzou muito bem. (AC Rossi) /// Jogou muita bola no primeiro terço da partida, com seu incomparável apoio ao ataque. Depois, ficou mais contido, o que não é seu forte. (Síndico)
  • HENRIQUE não foi bem e o time sentiu falta da mobilidade e do poder de marcação do titular Nilton. (AC Rossi) /// Assim como Lucas Silva, ficou na mão de calango, quando a recomposição dos meias e atacantes, Dagoberto e Willian, em especial, parou. (Síndico)
  • LUCAS SILVA deu espaços em alguns momentos, mas rodou bem a bola e errou poucos passes. (AC Rossi) // Naufragou no 15 minutos finais do 1º tempo, inclusive perdendo bolas pra marcação por pressão dos catarinas. Antes e depois, teve atuação tranquila. (Síndico)
  • EVERTON RIBEIRO chamou o jogo no momento mais difícil, Foi um dos melhores. (AC Rossi) /// Espetacular. (Síndico)
  • DAGOBERTO criou e fez jogadas muito bonitas, além de fazer um golaço. (AC Rossi) /// Melhor pra torcida do que pro treinador, pois ataca bem, e defende mal. (Síndico)
  • WILLIAN ficou abaixo do esperado, com pouca mobilidade; parece sem confiança. (AC Rossi) /// Esforçado, porém sem brilho. (Síndico)
  • BORGES perdeu dois gols, mas fez outros dois, na hora do sufoco. Cumpriu seu papel de centroavante. (AC Rossi) /// Quando a bola chega, ele consegue cumprir sua missão. Fez os gols da virada e se emocionou. (Síndico)
  • JÚLIO BAPTISTA pôs a bola no chão e deu uma tranquilizada no time. (AC Rossi) /// Tentou jogar, em meio à correria, mas não conseguiu. Terá de se reciclar. (Síndico)
  • ELBER entrou bem, com muita velocidade. Facilita o fato de sempre ser esperado de braços abertos pela torcida. (AC Rossi) /// Justificou o pedido da torcida, com um cruzamento de manual de futebol pro gol da virada. (Síndico)
  • MARCELO OLIVEIRA fez as substituições certas e passou tranquilidade ao time. (AC Rossi) /// Sábio. (Síndico)
  • CORNETAS exageraram, antes e durante o jogo, com um time que tem toda esta vantagem. Borges queimou a língua de um monte deles. (AC Rossi) /// Malas. (Síndico)
  • CRUZEIRO começou no velho estilo, apertando a saída de bola do Criciúma, com deslocamentos e jogadas em velocidade. Fez dois gols e arrefeceu a marcação, deixando os dois volantes se virarem contra cinco meiocampistas. E o caldo entornou com os três gols do triste tigre. No 2º tempo, voltou a pressionar e o adversário, com um jogador a menos, só não levou de seis porque Dagoberto exagerou no preciosismo no último lance. (Síndico)
  • CRICIÚMA teve seus 15 minutos de fama, no final do primeiro tempo, com uma cobranca de falta duas jogadas espetaculares, dignas de entrarem pro Top 10 da semana. Galatto catou muito, Lins deu muito trabalho, Sueliton, embora pouco esperto, fez boas jogadas. Foi um time aguerrido, sem grandes talentos, mas bem arrumado taticamente. (Síndico)
  • TIME DE ÁRBITROS: O Juiz começou indeciso, algumas vezes, deixando o jogo correr (perdoou umas três entradas pesadas em Everton Ribeiro), em outras, parando desnecessariamente (como no primeiro gol do Criciúma, uma falta inexistente). Além disto, demorou a mostrar cartões amarelos. (AC Rossi) /// Se cometeram erros, foram ocorrências normais de uma atividade que não é precisa, posto que depende dos erráticos sentidos e mente humanos. (Síndico)

O que foi dito

  • Marcelo Oliveira, treinador do Cruzeiro: Foi uma vitória, dramática e eletrizante. O Cruzeiro começou absoluto, fez dois gols e podia ter feito três ou quatro, só que o futebol não permite desatenção. Em algum momento, poderíamos ter trabalhado mais a bola, mas a gente a retomava e ia pro ataque, e eles acabaram fazendo os gols. Tem coisas no futebol que não se explica. Uma jogada bem feita muda a situação. Nós tivemos que corrigir algumas coisas no intervalo pra marcar melhor e continuar pressionando. Isso nos deu a chance de virar. No intervalo, você tem duas situações. Chuta o balde, dando uma bronca geral, ou tem a consciência de que pode virar passando mais confiança e tranquilidade. É como se estivesse 1×0, a gente tinha que começar novamente, fazer nosso trabalho e corrigir algumas situações. A gente estava perdendo a segunda bola, nossos meias estavam muito abertos, Dagoberto de um lado e Willian de outro, então ficava só o Ribeiro com os dois volantes deles. Eles tiveram um jogador expulso, o que faz parte do jogo e nós aproveitamos de tudo pra manter este bom aproveitamento em casa . Às vezes, é preciso este sofrimento pra fortalecer e mostrar que Deus está conosco.
  • Everton Ribeiro, meia do Cruzeiro: A gente nem conversou muito no intervalo. Marcelo Oliveira, que conversa mais, até demorou um pouquinho pra chegar. Ele nos passou tranquilidade, pois o time estava jogando bem, apesar do resultado. Voltamos mais atentos, com mais vontade, caprichamos na defesa e no ataque e vencemos. Time que está disputando título tem que ter mais vontade do que todos os outros. Lucas Silva, volante do Cruzeiro. Um jogo assim nos fortalece, nos deixa mais confiantes. Estamos preparados pra qualquer circunstância negativa, podemos vencer qualquer batalha.
  • Cícero Souza, diretor de futebol do Criciúma: O árbitro foi covarde. Não interpretou corretamente nenhum lance duvidoso. Ele foi decisivo quando expulsou nosso jogador aos 3 do 2º tempo. Não sei se o jogo teria o mesmo resultado, mas certamente seria uma outra situação. Ele foi covarde em não interpretar que houve pênalti no Lins, aos 5 do 1º tempo, e que teve pênalti pro Cruzeiro, mas houve falta no Henik antes.
  • Juca Kfouri, em seu blog: Nova exibição do Cruzeiro. Como as de outro dia mesmo, no Brasileirão que o time celeste volta a vencer depois de uma década. A vítima foi o Criciúma e o palco, o Mineirão, com muita gente. Antes da metade do 1º tempo a parada já estava aparentemente resolvida, com o 2×0 construído por um gol de Éverton Ribeiro e outro de Dagoberto, de primeira, em passe de letra de Éverton Ribeiro, dentro da área, pintura, que Dirceu Lopes e Tostão assinariam, assim como Jairzinho e Palhinha ou Alex e Deivid. Mas, aos 33, João Vitor bateu falta com perfeição e diminuiu, dando sobrevida ao Criciúma que, até então, havia criado apenas uma situação perigosa e conjurado umas cinco, tal o domínio mineiro, que ainda mandou uma bola na trave. Futebol é futebol, o Cruzeiro seguiu mandando no jogo só que, aos 43, em novo contra-ataque, Lins empatou, silenciando o Mineirão. E acredite se quiser, aos 45, em belíssima jogada tramada pelo time catarinense, a bola cruzada da direita encontrou o pé certeiro de Ricardinho que, simplesmente, virou o resultado. O campeão ia ter trabalho no segundo tempo. Trabalho que o apitador facilitou ao dar um segundo amarelo tão exagerado a Suéliton, logo aos 4, e deixar o Criciúma com 10, num lance em que nem falta aconteceu. Argel recompôs a defesa com Ezequiel no lugar de Ivo e Marcelo Oliveira pôs Mayke e Júlio Baptista nos lugares de Ceará e Henrique, para atacar. Não demorou para Borges, aos 12 empatar. O Mineirão que não negou apoio na volta para o 2º tempo, enlouqueceu. O Cruzeiro já tinha sido melhor até quando tomara a virada e, é claro, tem um time incomparavelmente melhor que o do Tigre, mas recebera uma ajuda de que talvez nem precisasse. Onze contra dez, o jogo deixou de ser Raposa contra Tigre, mas de gato e rato. Só o rato era o Jerry, disposto a aprontar com o Tom. William saiu e entrou Élber Pimentel, o garoto cruzeirense, aos 27. Três minutos depois, no jogo do inesperado, o inevitável também aconteceu e Élber Pimentel pôs na cabeça para Borges virar, desempatar, tirar a camisa para comemorar, receber seu cartãozinho, mas, e daí?, marcar o 4×3. A festa do Palestra mineiro, na noite de BH, era bem mais ruidosa que a do Palestra paulista, à tarde, no Pacaembu. Aos 38, para alegria de mais de 40 mil torcedores, Dagoberto foi agarrado na área e ele mesmo fez o quinto gol do campeão brasileiro de 2013. O sexto gol, que seria belíssimo, só não veio nos acréscimos por preciosismo numa cavadinha que a zaga defendeu.
  • Cristiano Portugal, no PHD: Desde a decisão da Libertadores de 1997, não ia ao Mineirão, porque havia me mudado de BH. Hoje, resolvi ir junto com minha filha, Foi um teste pra cardíaco, mas sabia que o time não ia nos deixar na mão. E, apesar de não ter sido brilhante em determinados momentos, ele não nos decepcionou. Foi super emocionante e o Cruzeiro ganhou uma nova torcedora.
  • Ricardo Malafaia, no PHD: O Criciúma tinha mais gente no meio de campo. Quando percebeu isto, encaixou mais dois ataques perfeitos, depois do gol de falta. A expulsão ajudou muito a resolver este “pobreminha”.

Fontes

Transmissão

  • Sportv