Cruzeiro 5x1 Vitória - 17/08/2013

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Grêmio.png 3x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 2x1 Escudo Flamengo.png
Por Campeonato Brasileiro
Escudo Grêmio.png 3x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Ponte Preta.png 0x2 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 0x0 Escudo Santos.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 2x1 Escudo Flamengo.png
Contra Vitória
Escudo Vitória.png 0x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Vitória.png 1x3 Escudo Cruzeiro.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
5 × 1 Escudo Vitória.png
Vitória
15ª rodada do Campeonato Brasileiro 2013
Data: 17 de agosto de 2013 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 18:30 Estádio: Mineirão
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique Público pagante: 14.369
Assistente 1: Marcelo Carvalho Van Gasse Público presente: 15.014
Assistente 2: Pedro Martinelli Christino Renda: R$ 670.185,00 R$ 670.185
Cr$ 670.185
NCr$ 670.185
Cz$ 670.185
NCz$ 670.185
(preço médio: R$ 46,64 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Cruzeiro: Vitória:
1. Fábio 1. Wilson
32. Mayke  Gol aos 13 do  (2T) 13'  (2T) 2. Dimas
26. Dedé Cartão amarelo recebido aos 22  (2T) 22'  (2T)   3. Victor Ramos Cartão amarelo recebido aos 43  (1T) 43'  (1T)  
3. Léo  Gol aos 10 do  (1T) 10'  (1T) 4. Fabrício
6. Egídio 6. Euller Substituição realizada 17'(2T) de jogo 17'(2T) ( 14. Reniê )
16. Lucas Silva 5. Michel Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 18. Dinei Gol aos 23 do  (2T) 23'  (2T) )
19. Nilton Cartão amarelo recebido aos 7  (2T) 7'  (2T)   8. Luís Alberto
17. Éverton Ribeiro Substituição realizada 9' (2T) de jogo 9' (2T) ( 27. Élber ) 11. Luis Cáceres
9. Borges  Gol aos 28 do  (2T) 28'  (2T) Substituição realizada 6' (2T) de jogo 6' (2T) ( 30. Vinícius Araújo Gol aos 39 do  (2T ) 39'  (2T ) ) 10. Renato Cajá
41. William Substituição realizada 4' (2T) de jogo 4' (2T) ( 20. Martinuccio ) 9. Vander Substituição realizada 30'(2T) de jogo 30'(2T) ( 17. Marquinhos )
31. Ricardo Goulart  Gol aos 33 do  (2T) 33'  (2T) 7. Maxi Biancucchi
Técnico: Marcelo Oliveira Técnico: Caio Jr.
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: Vitória:

Pré-Jogo

Classificação: O Cruzeiro é o 2º colocado, com 25 pontos. O Vitória é o 5º, com 22 pontos.

Ausentes no Cruzeiro: Bruno Rodrigo, Luan e Souza, suspensos, Dagoberto, em recuperação física.

Pendurados no Cruzeiro: Leandro Guerreiro (V), Mayke (LD) e Tinga (V) .

Banco do Cruzeiro: Rafael Monetiro (G), Ceará (LD), Paulão Caveirão (B), Francisco Everton (LE), Henrique, Lucas Silva (V), Elber, Borges, Lucca, Wiilian (A).

Ausentes no Vitória: Nino Paraíba (L), Mansur (L), Danilo Tarracha (M) , Leílson, Escudero(A), lesionados; Deola (G) e André Lima(A), em recuperação física.

Pendurados no Vitória: Danilo Tarracha (M), Gabriel Paulista (M) Renato Cajá (M) e Victor Ramos (B).

Marcelo Oliveira, técnico do Cruzeiro: ”Gosto de treinar as dificuldades antes de cada jogo, mas como não está dando tempo, pelo acúmulo de jogos, tenho passado confiança aos jogadores. Estamos perdendo muitas oportunidades, mas ainda estamos na frente, nas primeiras posições.”

Caio Jr., técnico do Vitória: “Precisamos ter postura mais competitivanos jogos fora de casa. No Brasil, ainda existe essa questão da psotura conforme o mando de campo. No Japão e no mundo árabe, não observei isso. Aqui, o jogador se sente mais à vontade em casa. Precisamos ter uma postura mais forte fora. O jogo contra o Coritiba marcou o grupo fora de casa. Precisamos pontuar fora pra mostrar que temos condições de brigar no grupo de cima.”

Juiz: Marcelo de Lima Henrique (Fifa/RJ) apitou 3 partidas neste Brasileiro. Aplicou 5,3 amarelos, 0,7 vermelhos, marcou 27,3 faltas e 0,3 pênalti, em media. O campeonato tem média de 4,2 amarelos e 0,3 vermelhos, 33,8 e 0,2 pênalti, por jogo.

Relevante: Com 235 finalizações, o Cruzeiro é o líder do campeonato neste quesito. Wilson, goleiro do Vitória, é o 2º na lista dos que fizeram mais defesas difíceis, com 29 em 14 jogos

Escrita: O cruzeiro venceu 13 dos 14 jogos no novo Mineirão. O outro terminou empatado.

Público: Estima-se a presença de 25 mil cruzeirenses.

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 18h30. Começa o jogo.
  • 1’ Começa a partida. O Cruzeiro avança pela direita, mas a zaga do Vitória controla o lance
  • 2’ Ricardo Goulart comete falta de ataque em Euller. Visitantes com a bola
  • 3’ O time baiano tenta encaixar ataque pelo meio, mas a zaga do Cruzeiro consegue aliviar o perigo
  • 4’ Egídio passa por três marcadores na meia esquerda, mas perde a jogada ao tentar passagem pelo quarto
  • 5’ Euller afasta ataque do Cruzeiro pela lateral
  • 6’ Willian recebe cruzamento de Everton Ribeiro vindo da ponta direita na entrada da área, mas chuta de primeira sobre o goleiro Wilson
  • 7’ O Vitória tenta avançar pela direita, mas o Cruzeiro fica com o tiro de meta
  • 8’ O Cruzeiro tenta encaixar ataque pelo meio, mas a zaga visitante tira o perigo
  • 9’ UHHHHH!!!!! Everton Ribeiro finaliza com perigo de fora da área e o goleiro Wilson espalma para fazer boa defesa para o Vitória
  • 10’ GOL DO CRUZEIRO!!!!!! Após cobrança de escanteio na esquerda, Léo cabeceia firme no canto esquerdo de Wilson e abre o marcador
  • 11’ Os jogadores do Vitória reclamam com o árbitro sobre a marcação do gol, reclamando de uma irregularidade no ataque do time mineiro. Entretanto, Marcelo de Lima Henrique mantém a decisão
  • 12’ O Vitória tem a posse de bola no campo de defesa
  • 13’ Borges é acionado pelo meio, mas não alcança a bola e Wilson fica com o lance
  • 14’ Maxi Biancucchi chega à ponta direita e chuta mascado. Fábio defende com tranquilidade
  • 15’ Maxi Biancucchi é acionado por Luis Caceres na área do Cruzeiro, mas Fábio fica com a redonda
  • 16’ O Cruzeiro troca passes no meio de campo
  • 17’ Mayke chega à ponta direita e cruza na pequena área. Borges tenta o arremate, que sai sobre o gol do Vitória
  • 18’ O Vitória tenta chegar à área rival no jogo aéreo, mas a defesa ganha o lance
  • 19’ Vander chega à ponta direita e cruza na área do Cruzeiro, mas a bola não chega a nenhum jogador do time visitante
  • 20’ O time baiano tenta nova investida pela esquerda e Cáceres cruza na área, mas Fábio defende a finalização
  • 21’ Everton Ribeiro arrisca chute de fora da área, a bola desvia em Victor Ramos e sai para escanteio, que a defesa visitante afasta
  • 22’ O Cruzeiro anula outro ataque do Vitória pelo lado direito
  • 23’ Vander tenta passagem por Nilton na ponta direita e o árbitro marca a falta para o Vitória, mas a defesa anfitriã tira o lance
  • 24’ O Vitória tem a posse de bola na meia direita
  • 25’ Renato Cajá lança a bola na área do Cruzeiro em cobrança de falta e a defesa tira o perigo
  • 26’ Everton Ribeiro recebe atendimento médico em campo após ser atingido sem intenção por Michel
  • 27’ O jogo recomeça e o Cruzeiro troca passes no meio de campo
  • 28’ O Cruzeiro perde ataque pela direita. Everton Ribeiro retorna à partida
  • 29’ Everton Ribeiro recebe falta na intermediária. Nilton e Luis Alberto discutem rapidamente e o time da casa perde o tiro livre
  • 30’ Willian é lançado na ponta esquerda, mas perde o domínio da bola. Tiro de meta para o Vitória
  • 31’ Mayke chega à ponta direita e cruza na área do Vitória. A defesa tira para escanteio, Willian cobra, Léo finaliza, mas é travado. Na sequência, Willian chega pela esquerda e cruza para Borges, que cabeceia sobre o gol
  • 32’ Mayke cruza na área do Vitória, Willian finaliza de primeira, mas o chute sai errado pela linha de fundo
  • 33’ O árbitro marca falta de Dedé no ataque do Vitória
  • 34’ Maxi Biancucchi é lançado na área do Cruzeiro, mas Lucas Silva se antecipa para desviar o lance a escanteio
  • 35’ A arbitragem marca impedimento de Willian no ataque do Cruzeiro
  • 36’ O Cruzeiro tenta explorar o lado esquerdo da zaga adversária
  • 37’ O time baiano tenta encontrar espaços na intermediária, mas perde o ataque
  • 38’ PRA FORA!!!!!!! Egídio avança pela esquerda, erra o passe, mas consegue se recuperar. Ele entra na área, tira a marcação e finaliza do lado de fora da rede de Wilson
  • 39’ Lucas Silva alça a bola na área visitante e Wilson defende
  • 40’ O Vitória investe pelo lado esquerdo, mas não consegue entrar na área rival
  • 41’ Dimas se antecipa a Willian no campo de defesa do Vitória, se desequilibra e o árbitro marca a falta do jogador cruzeirense
  • 42’ A arbitragem marca irregularidade no ataque do Cruzeiro pela direita
  • 43’ Renato Cajá tenta cruzamento na área do Cruzeiro, a bola desvia em Mayke e sai para escanteio. Fábio defende cabeceio de Victor Ramos. Na sequência, o zagueiro do Vitória comete falta de ataque e recebe o cartão
  • 44’ Everton Ribeiro aciona Borges na área e o meia recebe novamente o passe, mas é desarmado. Dois minutos de acréscimos
  • 45’ Vander aparece na entrada da área do Cruzeiro e finaliza nas mãos de Fábio
  • 45’+1 Cáceres recebe passe de Maxi Biancucchi na área do Cruzeiro e é travado por Dedé
  • 45′+2 Termina o primeiro tempo

Segundo Tempo

  • 19h20. Começa o 2º tempo.
  • 46’ Começa o segundo tempo. Lucas Silva comete falta em Maxi Biancucchi na meia esquerda. Renato Cajá lança a bola na área e o árbitro marca falta de ataque de Victor Ramos
  • 47’ O Vitória ganha falta no meio de campo, troca passes, mas não passa da intermediária
  • 48’ O Cruzeiro tenta cruzamento na área do Vitória pela esquerda, mas a zaga afasta
  • 49’ O Cruzeiro tenta avançar pela direita, mas o Vitória ganha lateral
  • 50’ Willian é acionado por Egídio na ponta esquerda, mas o assistente marca impedimento do Cruzeiro
  • 51’ Maxi Biancucchi finaliza no canto esquerdo de Fábio e o Vitória ganha escanteio. Entretanto, a zaga do Cruzeiro leva a melhor no jogo aéreo
  • 52’ Borges recebe passe na intermediária, chuta para o gol, mas o auxiliar marca nova irregularidade no ataque do Cruzeiro. Nilton recebe amarelo
  • 53’ O Cruzeiro chega com perigo à área do Vitória, os jogadores se embolam na pequena área e os visitantes ganham o lance
  • 54’ Dedé aplica um chapéu em Maxi Biancucchi no meio de campo e a torcida do Cruzeiro gosta do lance
  • 55’ Borges cai na intermediária e Marcelo de Lima Henrique ameaça expulsar Victor Ramos mas, auxiliado pelo assistente, o árbitro apenas marca a irregularidade no ataque da casa
  • 56’ O Vitória tenta avançar pela esquerda, mas não leva perigo
  • 57’ O Cruzeiro chega à área do Vitória, mas não consegue a conclusão
  • 58’ GOL DO CRUZEIRO!!!!! Mayke chega à ponta direita e chuta cruzado. A bola resvala em Fabrício na pequena área e entra rasteira no canto direito de Wilson
  • 59’ O Vitória tenta sair do campo defensivo
  • 60’ O time baiano tem a posse de bola no meio de campo
  • 61’ Maxi Biancucchi chega à ponta esquerda, mas o cruzamento passa por toda a área do Cruzeiro e não leva perigo
  • 62’ No Vitória, Reniê entra no lugar de Euller
  • 63’ O Cruzeiro cede lateral ao Vitória no campo de defesa
  • 64’ No Cruzeiro, Élber Pimentel entra no lugar de Everton Ribeiro
  • 65’ O assistente marca impedimento no ataque do Vitória
  • 66’ Élber Pimentel faz boa trama pela direita e finaliza firme no canto esquerdo de Wilson. Borges tenta aproveitar o rebote e o árbitro anula o ataque do Cruzeiro
  • 67’ PÊNALTI PARA O VITÓRIA!!!!! Dedé derruba Dinei na área e recebe o cartão
  • 68’ GOL DO VITÓRIA!!!!! Dinei desloca o goleiro Fábio e coloca a cobrança de pênalti no canto direito do gol para diminuir
  • 69’ Antes de sofrer o gol o Cruzeiro fez a segunda mudança. Martinuccio no lugar de Willian
  • 70’ A zaga do Cruzeiro falha ao tentar tirar cruzamento na área e Dinei tenta emendar uma bicicleta, mas a bola sai sobre o gol de Fábio
  • 71’ Élber Pimentel é lançado na entrada da área do Vitória, mas Wilson defende
  • 72’ O Cruzeiro troca passes na intermediária
  • 73’ GOL DO CRUZEIRO!!!!!! Borges recebe cruzamento de Martinuccio na área e cabeceia firme para ampliar a vantagem do time mineiro
  • 74’ PERDEU!!!!! Ricardo Goulart recebe cruzamento rasteiro de Mayke na pequena área e chuta sobre o goleiro Wilson
  • 75’ No Vitória, Marquinhos entra no lugar de Vander
  • 76’ Renato Cajá finaliza para o Vitória e a bola sai sem perigo à direita de Fábio
  • 77’ DEFENDEU!!!!!! Martinuccio recebe lançamento de Élber Pimentel na intermediária, mas Wilson espalma o chute
  • 78’ GOL DO CRUZEIRO!!!!!!! Ricardo Goulart recebe cruzamento rasteiro de Élber Pimentel vindo da ponta direita e toca no canto do gol de Wilson para fazer o quarto gol dos mandantes
  • 79’ O Vitória troca passes na defesa
  • 80’ Dinei dispara chute forte no canto esquerdo de Fábio que cai para espalmar o lance
  • 81’ No Cruzeiro, Vinícius Araújo entra no lugar de Borges
  • 82’ Com este resultado o Cruzeiro chega aos 28 pontos, dois a mais que o Botafogo
  • 83’ Élber Pimentel avança à ponta esquerda e sofre falta próxima à linha da grande área. Lance perigoso à favor dos mandantes
  • 84’ GOL DO CRUZEIRO!!!!!! Vinícius Araújo recebe lançamento de Egídio na cobrança da falta, cabeceia firme e a bola desvia em Cáceres antes de entrar no fundo das redes de Wilson
  • 85’ No Mineirão, público pagante de 14.369 num total de 15.014 pessoas. Renda de R$ 670.185,00
  • 86’ Renato Cajá tenta jogada individual na meia direita, mas perde a bola, irritando os companheiros do Vitória
  • 87’ O Cruzeiro perde ataque pelo meio e o Vitória retoma a posse de bola na defensiva
  • 88’ O Vitória ganha falta na meia esquerda, mas não leva perigo
  • 89’ Egídio recebe falta na intermediária e o árbitro marca o lance à favor do Cruzeiro
  • 90’ Nilton dispara chute forte contra o gol de Wilson, o goleiro espalma o lance e o árbitro encerra a partida. Fim de jogo no Mineirão

Vídeos

Gols
Melhores momentos

Atuações

  • Torcida Celeste, inexplicavelmente, compareceu em pequeno número. Nem metade dos associados! Teria desistido após a derrota contra o Grêmio? Não há outra explicação. Quem foi, apoiou.
  • Fábio, como sempre, impecável.
  • Mayke fez uma partidaça, coroada com um gol sem querer, mas importante, num momento em que o adversário começava a botar as manguinhas de fora.
  • Leo Simões voltou bem ao time, marcando gol e controlando seu espaços sem afobação.
  • Dedé jogou bem, apesar do pênalti besta que cometeu. Sua disposição nas disputas de bola cria imensas dificuldades para os atacantes. Maxi Biancucchi, anulado por ele, provou o pão que o diabo amassou com aquele gigante sempre em seu encalço.
  • Egídio, bom na marcação, excelente no ataque. E um belo cruzamento para o gol de Vinícius. Deve estar liderando todos os troféus, como melhor da posição. Se nõ estiver, é’porque os avaliadores são tapados.
  • Lucas Silva crsceu durante a partida e terminou como um dos melhores em campo.
  • Nílton, numa noite de brilho intenso dos diamantes azuis, foi o melhor em campo, com incrível disposição pra defender e atacar.
  • Everton Ribeiro trabalhou muito, atacando e defendendo. Saiu mais cedo, provavelmente, por desgaste físico.
  • Elber entrou em campo esbanjando energia e fez um estrago na defesa baiana, com dribles, cruzamentos, passes precisos e um serviço para o gol de Goulart.
  • Ricardo Goulart não aprecia muito à vontade jogando mais centralizado, mas salvou sua atuação com um gol de centroavante oportunista.
  • Willian, mais trabalhador que artista.
  • Martinuccio entrou enfoguetado, levantando a galera e fazendo jogadas rápidas. O cruzamento para o gol de Borges foi perfeito.
  • Borges deixou seu gol e deu bastante trabalho à bequeira rubronegra.
  • Vinícius Araújo também marcou o seu aproveitando serviço de Egídio.
  • Marcelo Oliveira escalou, segundo sua concepção, sem dar ouvidos à torcida. E quando mudou, liquidou o cansado Vitória com a velocidade Elber e Martinuccio. Foi estrategista.
  • Juiz & Cia. Houe dois lances polêmicos: O Vitória pediu impedimento de Borges no primeiro gol do Cruzeiro. e a torcida celeste não gostou da marcação do pênalti de Dedé em Dinei. Em ambos, o Juiz e seus auxiliares acertaram. Como acertaram nas demais decisões tomadas.
  • Cruzeiro, com futebol rápido e rasteiro, lembrou os bons tempos da Academia Celeste.
  • Vitória começou a jogar bem a partir do 15º minuto e assim foi até levar o terceiro gol. A troca de um volante por um atacante, no intervalo, fez o time pressionar a saída de bola do Cruzeiro e tornar a partida equilibrada. Mas quando Marcelo Oliveira fez suas substituições, o Cruzeiro ganhou fôlego e força ofensiva arruinando a defesa defesa rubronegra.

O que foi dito

  • Marcelo Oliveira, treinador do Cruzeiro: Foi uma vitória importante. Valeu pelos pontos, por estabelecer parceria com o torcedor e também pelo saldo de gols. Hoje, temos um saldo muito positivo e isso pode fazer a diferença lá na frente. Temos um grupo bom, mas são jogos intensos e frequentes e não há tempo pra descansar. Hoje, alguns ficaram fora por suspensão e outros por convicção e deu tudo certo. Lucas Silva jogou muito bem, Leo foi eficiente como sempre, Borges prendeu bem os zagueiros e mostrou seu ótimo poder de finalização. Isso não reduz meu conceito sobre o Vinicius Araújo. Eu falei com ele que era uma situação normal e que ele podia entrar e decidir. Todos são importantíssimos. Na zaga poderia ter jogado Paulão Caveirão ou Wallace. Só se ganha campeonato com grupo forte. Lucas fez belíssima partida e passa a concorreer a uma vaga pro jogo contra o Flamengo. Dei confiança e mostrei que ele podia encurtar mais a marcação. Desde o início, estamos trabalhando pra melhorar o passe curto quando ele está apertado e a marcação mais ajustada. Como os laterais atacam muito, sobra pros volantes a marcação, a proteção da zaga e a cobertura.
  • Borges, centroavante do Cruzeiro: Fico feliz pela movimentação. São quase três meses sem começar uma partida, vindo de uma lesão que me atrapalhou bastante, até porque vivia meu melhor momento no Cruzeiro quando me machuquei.
  • Willian, atacante do Cruzeiro: Conseguimos voltar a fazer gols. Até poderia ter sido mais, com todo respeito. Criamos muito. Mas está bom. Importante é ter jogado bem. Ganhamos por um placar elástico, e isso dá confiança. Deu pra atuar legal. Claro que falta um pouco de ritmo de jogo. A sequência é importante. Começar como titular é diferente de entrar durante a partida. Foi importante.
  • Caio Jr., treinador do Vitória: Lamento pelo torcedor. Foi a primeira derrota assim sob meu comando. O Cruzeiro foi melhor. Tem investimento maior. No 2º tempo melhoramos, conseguimos equilibrar, fizemos o 1×2 e tive que apostar pra empatar. Quando levamos o terceiro gol, ficamos mais vulneráveis. Faz parte. A gente tenta neutralizar, mas é um time muito forte. Foi a primeira vez que joguei sem um homem de referência. A ideia era anular os lados do Cruzeiro e conseguimos. Com o Dinei, abrimos mais a equipe e infelizmente o terceiro gol que nos matou. Minha intenção é sempre ter um homem de referência. No próximo jogo, ele volta. Já vivi muita coisa no futebol. Não adianta. Tem que aceitar a supremacia do adversário, que foi mais forte, não adianta esconder. Vou tentar fazer com que isso não reflita no grupo.
  • Raphael Rezende, comentarista do SporTV: Antes mesmo da transferência para o Cruzeiro, o Dedé tinha dado alguns apagões durante este ano. No Carioca, chegou a cometer pênalti desse tipo quando negociava sua transferência. Então, tinha uma desculpa. Mas agora ele é titular absoluto, foi contratado com pompa, com status de ídolo e ainda tem rateado em certos momentos. Não está naquele nível espetacular de quando chegou à Seleção.
  • Bruno Pontes, no PHD: Fiquei bastante satisfeito com a escalação e as substituições. Marcelo Oliveira mostra que vai fazer o elenco rodar. Ótimo ver Lucas Silva jogar 90 minutos e Elber tendo chance. Bom também ver a rotação no ataque.
  • Gustavo Barcellos, no PHD: Já critiquei muito o Mayke, mas reconheço que ele vem evoluindo bastante. Agora, está errando poucos passes e cruzamentos, além de ter melhorado o posicionamento e a marcação. Espero que mantenha a evolução, a boa regularidade e faça grandes atuações também contra os adversários mais fortes.
  • Eduardo Arreguy Campos, no PHD: Nilton jogou muito, não só na marcação, mas também na saída de bola. Goleada pra dar moral ao time. Mas é preciso também agradecer ao Caio Jr, que abriu a nem tão sólida defesa do Vitória.

Fontes

Transmissão

  • PPV