Cruzeiro 5x1 Figueirense - 06/09/2015

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para: navegação, pesquisa


Confrontos posteriores e anteriores
Por temporada
Escudo Ponte Preta.png 1x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos  do Escudo Flamengo.png 2x0 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Brasileiro
Escudo Ponte Preta.png 1x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos  do Escudo Flamengo.png 2x0 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 0x1 Escudo Santos.png Gol aos  do Escudo Cruzeiro.png 1x1 Escudo Atlético-MG.png
Contra Figueirense
Escudo Figueirense.png 2x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos  do Escudo Cruzeiro.png 2x2 Escudo Figueirense.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
5 × 1 Escudo Figueirense.png
Figueirense
23ª rodada do Campeonato Brasileiro 2015
Data: 6 de setembro de 2015 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 11h Estádio: Mineirão
Árbitro: Jaílson Macedo Freitas Público pagante: 39.042
Assistente 1: Jucimar dos Santos Dias Público presente: Não disponível
Assistente 2: Marcos Welb Rocha Renda: R$ 1.228.560,00 R$ 1.228.560
Cr$ 1.228.560
NCr$ 1.228.560
Cz$ 1.228.560
NCz$ 1.228.560
(preço médio: R$ 31,47 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Cruzeiro: Figueirense:
1. Fábio 38. Alex Muralha Cartão amarelo recebido aos 4  (1T) 4'  (1T)  
2. Ceará (Marcos) 4. Thiago Heleno Cartão amarelo recebido aos 37  (1T) 37'  (1T)  
4. Bruno Rodrigo 6. Marquinhos II Pedroso Gol aos 20 do  (2T) 20'  (2T)
27. Manoel 7. Clayton Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 25. Juninho )
29. Anderson Pará Substituição realizada 28'(2T) de jogo 28'(2T) ( 6. Fabrício Silva ) 12. Thiago Santana Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 39. Elias )
5. Willians 16. Rafael Bastos Substituição realizada 16'(2T) de jogo 16'(2T) ( 27. Yago )
8. Henrique 52. Suelinton
40. Ariel Cabral 55. Dener
35. Allano Substituição realizada 20'(2T) de jogo 20'(2T) ( 30. Marquinhos II ) 59. Bruno Alves Substituição realizada 2'(T) de jogo 2'(T) ( 43 )
25. Willian Gol aos 3 do  (1T) 3'  (1T) Gol aos 29 do  (1T) 29'  (1T) Gol aos 26 do  (2T) 26'  (2T) Gol aos 29 do  (2T) 29'  (2T) 70. João Vitor
39. Vinícius Araújo Gol aos 15 do  (2T) 15'  (2T) Substituição realizada 24'(2T) de jogo 24'(2T) ( 37. Marinho ) 77. Fabinho
Técnico: Mano Menezes Técnico: René Simões
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: Figueirense:


Pré-Jogo

CRUZEIRO contra Figueirense, no Mineirão, Nelo Horizonte, neste domingo, 06set15, às 11h, pela 23ª rodada do Brasileiro 2015.

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 15º, com 25 pontos. Figueirense, o 14º, com 26 pontos.

BANCO do Cruzeiro: Rafael Monteiro, Fabiano, Pará, Douglas Grolli, Paulo André, Charles, Eurico, Marcos Vinícius, Allano, Marinho, Vinicius Araújo, Willian.

AUSENTES no Cruzeiro: Mena e Arrascaeta nas seleções do Chile do Uruguai, respectivamente, Alisson, na Seleção Olímpica Brasileira, Dedé, Júlio Baptista, Judivan, Mayke, Leo Simões, Joel e Willian Farias, lesionados.

PENDURADOS no Cruzeiro: Allano, Fabrício, Marcos Vinícius, Pará, Vinícius Araújo e Willian.

MANO MENEZES, técnico do Cruzeiro: “Não adianta ficar pensando nos outros sem pensar no Figueirense, que é um adversário duro. Os jogos das 11h têm sido difíceis pros mandantes, porque você sempre imprime um ritmo mais forte, mas temos que ser uma equipe madura pra vencer e valorizar o que fizemos em Campinas”.

BANCO do Figueirense: Felipe (G), Cereceda (L), Saimon (B), Jeferson (V), Yago, Celsinho, João Vitor (Rafael Bastos), Juninho (M), Thiago Santana, Elias e Alemão (A).

AUSENTES no Figueirense: Dudu, Carlos Alberto e Marquinhos II, lesionados, Leandro Silva, liberado pra tratar de assuntos particulares.

PENDURADOS no Figueirense: Carlos Alberto, Cereceda, Marquinhos II Pedroso e Thiago Heleno.

DIÁRIO CATARINENSE, de Florianópolis: “O centroavante Marcão será a novidade do Figueirense contra o Cruzeiro, porque Dudu saiu machucado da partida contra o Grêmio e sequer foi relacionado pra o jogo em BH. Marcão tem sido decisivo. Além de ajudar o clube a passar de fase na Copa do Brasil contra Botafogo e AtléticoMG, o atleta anotou o gol da vitória contra o Vasco, há duas rodadas. O lateral-direito Sueliton será a outra novidade. Ele entra na vaga de Leandro Silva, liberado pra se casar neste fim de semana”.

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 11h COMEÇA o jogo. Cruzeiro, à direita das tribunas.
  • 00 Allano faz boa jogada na pontesquerda, corta o marcador e chuta. Muralha defende, sem dificuldade.
  • 02 Thiago Santana recebe lançamento, Fábio sai gol e fica com a bola.
  • 03 Willians ataca pela direita, Marquinhos II Pedroso manda bola pra lateral.
  • 04 GOL. Após cobrança de lateral, Fabinho corta pra entrada da área, Willian mata no peito e fuzila. CRUZEIRO 1×0.
  • 04 AMARELO. Figueirense reclama toque de mão de Willian, juiz não atende. Goleiro Alex recebe o cartão por exagerar no pleito.
  • 05 CHAPÉU. Pará, pra festa da galera.
  • 06 ORGANIZADAS: Rapozama, China Azul, Fanaticruz FAL, Pavilhão, NAV, FAC, Cachazeiros, Motozeiros, Interior, Jovem, Máfia Pains, Todos Juntos, Mancha Azul, Comando Rasta, Geral Celeste.
  • 07 Triangulação do Figueira: Fabinho ajeita pra passagem de Thiago Santana, que erra a matada. Cruzeiro fica com a bola.
  • 08 Clayton cruza pra Thiago Santana, que não domina a bola.
  • 08 POSSE DE BOLA: Figueirense, 57%.
  • 11 Henrique choca-se com Manoel e sai de campo pra ser atendido.
  • 12 FAIRPLAY. Figueira devolve a bola pra Fábio.
  • 13 Cabral chuta de fora da área, Muralha defende.
  • 14 Cruzeiro toca a bola sem pressa na meiuca.
  • 15 Alex Santana cobra tiro de meta.
  • 16 Rafael Bastos perde a bola na meiuca, Cruzeiro vai ao ataque.
  • 17 Fabinho carrinha e derruba Allano, que fazia boa jogada individual. Dá pra cobrar direto pro gol.
  • 17 JOGADA ENSAIADA, Pará finaliza, bola sai à direita de Muralha.
  • 18 Figueira rouba a bola no ataque, Clayton invade a área e cruza, Manoel corta.
  • 19 Vinícius Araújo puxa contrataque, mas é parado com falta por Thiago Santana.
  • 20 Cobrança de falta no segundo poste, Manoel cabeceia, Vinícius Araújo tenta finalizar, mas não alcança a bola.
  • 21 FALTAS: 3×3
  • 22 BOLAS ROUBADAS: Cruzeiro 8×6.
  • 23 PERIGO. Willian invade a área, cruza, bola desvia na ponta da chuteira de Pedroso, muda de trajetória, Vinícius Araújo não a alcança.
  • 24 PASSES ERRADOS: Figueirense 10×8.
  • 24 DESARMES: Figueirense 7×6.
  • 25 DEFESAÇA. Vinícius Araújo recebe lançamento de Allano, entra livre na área, finaliza, mas Alex Muralha salva o arco catarina.
  • 26 FINALIZAÇÕES: Cruzeiro 7×0. CHANCES a de gol: Cruzeiro 3×0.
  • 26 POSSE DE BOLA: Cruzeiro, 62%.
  • 28 GOL. Cabral passa a Willian, que corta pro meio, passando por dois adversários e próximo à linha da grande área, ajeita e chuta. Bola entra à esquerda de Muralha: CRUZEIRO 2×0.
  • 30 HIDRATAÇÃO.
  • 32 Bola volta a rolar. Cruzeiro sai pro jogo.
  • 33 Escanteio pro Cruzeiro. Figueirense corta pra qualquer lado, está nervoso.
  • 37 AMARELO. Thiago Heleno. É o terceiro, ele não joga a próxima partida.
  • 39 CRUZEIRO tem 66% de posse de bola e já finalizou 9 vezes, contra nenhuma do Figueira.
  • 40 Cruzamento venenoso, Vinícius Araújo finaliza, mas bandeira já havia marcado impedimento.
  • 41 Figueirense perdido devolve a bola para o time da casa, que também erra no meio.
  • 42 Clayton insiste na jogada e consegue o segundo escanteio do Figueira. Sueliton cobra, defesa cruzeirense corta.
  • 43 Rafael Bastos mata jogada com falta, mas não recebe o amarelo.
  • 44 QUATRO minutos de acréscimo.
  • 45 FINALIZAÇÕES: Cruzeiro 10×0. CHANCES de gol: Cruzeiro 4×0.
  • 46 Figueirense pressiona, sem sucesso
  • 47 POSSE DE BOLA: Cruzeiro, 69%.
  • 48 FALTAS: Figueirense 9×4.
  • 49 FIM de 1º tempo.
  • NÚMEROS do 1º tempo: Desarmes: Cruzeiro 11×10. Bolas roubadas: Cruzeiro 12×9. Passes errados: Figueirense 17×13. Passes certos: Cruzeiro 176×74.
  • 50 SUELITON: “Está difícil, mas temos 45 minutos pra buscar o primeiro gol e depois o segundo. Não vamos abandonar o jogo”.

Segundo Tempo

  • 19h03 TIMES voltam a campo. Cruzeiro sem mudanças, Sport, com duas.
  • 19h04. TROCAS. Thiago Santana x Elias, Clayton x Juninho.
  • 12h05 BOLA ROLANDO Começa a etapa final
  • 46 Elias divide com Bruno Rodrigo, leva a pior, cai e recebe atendimento no gramado.
  • 47 Tudo bem com o atacante do Figueira, bola rolando.
  • 48 Allano tenta o drible da vaca, Dener chega primeiro, mas comete falta.
  • 49 QUASE. Bola alçada, Manoel cabeceia, bola passou raspando, Muralha fica só na torcida, pois não tinha defesa.
  • 50 Manoel sai de campo pra receber atendimento, com nariz sangrando.
  • 51 AMARELO. Sueliton
  • 52 Willian, de carrinho, recupera bola na meiuca. Torcida aplaude.
  • 53 Sueliton sai com bola e tudo pela lateral.
  • 54 Bruno Alves, impedido, desvia de cabeça, no primeiro poste.
  • 55 Willian deixa adversário no chão, cruza pro meio da área, mas Vinícius Araújo não consegue finalizar.
  • 56 DOIS GOLS PERDIDOS. Cruzeiro perde duas chances seguidas de marcar, com Vinícius e Allano. Na primeira, Willian dá lindo toque pra Allano, que tenta driblar o goleiro, mas se atrapalha. Na sequência, erro grotesco na saída de bola, Vinícius Araújo puxa prum lado, pra outro, mas chuta pra fora.
  • 59 Allano chuta da pontesquerda, mas pega mal na bola, que desaparece no espaço.
  • 60 GOL. Willians passa pelas costas do lateral, recebe de Allano, cruza com precisão da direita, Vinícius Araújo completa de peixinho. CRUZEIRO 3×0.
  • 60 Vinícius recebeu cruzamento de Willians e com um peixinho colocou a bola na rede. CRUZEIRO 3×0.
  • 61 TROCA. Rafael Bastos X Yago.
  • 63 Jogada confusa no ataque alvinegro. João Vitor recebe a carga, o árbitro manda seguir o lance. Thiago Heleno aproveita o critério de rouba a boa com um chega para lá no adversário, Pedroso cruza, mas ninguém completa
  • 64 TROCA. Allano x Marquinhos II.
  • 65 GOL. João Vitor dá cavadinha pra Marquinhos II Pedroso, que se aproveita de bola atrasada de Marquinhos II pra Fábio e dá um peixinho pra mandar a bola pra rede. FIGUEIRENSE 1×3.
  • 67 Gol do lateral-esquerdo para dar esperanças à equipe catarinense
  • 69 TROCA. Vinícius Araújo x Marinho.
  • 70 QUASE. Cobrança de escanteio na cabeça de Bruno Rodrigo, que sobe sozinho, mas cabeceia pra fora.
  • 71 GOL. Willian recebe na entrada da área de Marquinhos II e, com frieza, tira de Muralha, em bela finalização. CRUZEIRO 4×1.
  • 73 TROCA. Pará x Fabrício
  • 74 GOL. Willian arremata de dentro da área. Bola na rede. CRUZEIRO 5×1.
  • 75 HIDRATAÇÃO.
  • 75 Willian não marcava GOL há 156 dias. O último foi em 21abr15, contra o Universitário Sucre, pela Libertadores.
  • 76 POSSE DE BOLA: Cruzeiro, 61%.
  • 77 Bola volta a rolar no Mineirão
  • 78 FINALIZAÇÕES: Cruzeiro 17×1. CHANCES de gol: Cruzeiro 9×1.
  • 80 Figueirense segura a bola pra evitar uma goleada maior.
  • 83 Cruzeiro não para. Tem mais um escanteio.
  • 84 Cruzamento no segundo poste, catarinas cortam.
  • 86 Figueirense tenta pelo meio, mas Dener perde a bola e Thiago Heleno erra o passe.
  • 87 AMARELO. Bruno Alves, por falta por trás em Willian.
  • 88 Torcida pede mais gols.
  • 89 Marquinhos II Pedroso carrega pela esquerda, recebe tranco de Willians. Falta. Lá vai bola na área.
  • 90 CINCO minutos de acréscimo.
  • 91 Juninho vai à linha de fundo, cruza e consegue um escanteio.
  • 92 Lançamento longo pro ataque do Figueira, Fábio chega primeiro e fica com a bola.
  • 93 Elias chuta de longe, bola passa por cima do travessão.
  • 94 Juninho não jogava há sete meses, devido a uma fratura na fíbula e rompimento de ligamento no tornozelo após uma dura entrada em amistoso preparatório pro Catarinense, em 25jan15.
  • 95 FIM de jogo.
  • NÚMEROS: Posse de bola: Cruzeiro 57%. Finalizações: Cruzeiro 17×2. Chances: Cruzeiro 9×1. Passes errados: Figueirense 26×20. Faltas: Figueirense 15×14. Desarmes: 18×18. Bolas roubadas: Cruzeiro 19×13. Cruzamentos da linha de fundo: Cruzeiro 7×1.
  • WILLIAN: “Nunca tinha marcado três, agora vou pedir música, mas o mais importante foi a garra, vontade, empenho do time. Com esse calor não é fácil, mas conseguimos retribuir o carinho da torcida com essa vitória”.

Vídeos

Comentários com Neuber Soares
Show da torcida
Gols

Atuações

  • TORCIDA CELESTE compareceu em bom número e apoiou o tempo todo. Teve seu trabalho facilitado por um time inspirado e muito disposto,que contagiou até os mais velhos de arquibancada. (Matheus Chaves)
  • FÁBIO não teve trabalho, nem culpa no gol. (Síndico)
  • CEARÁ deu aula de marcação e apoio, sob um sol escaldante, que complica a vida de senhores da sua idade. (Matheus Chaves)
  • MANOEL, seguro nas intervenções, mas um pouco impreciso nos passes. (Matheus Chaves)
  • BRUNO RODRIGO não cometeu erros. (Síndico)
  • PARÁ jogou com força e eficiência. (Ernesto Araujo)
  • FABRÍCIO jogou pouco tempo e não complicou. Estava absolutamente zen, o que não é comum. (Síndico)
  • WILLIANS atuou como segundo volante e nessa posição contribui mais pro time, com seus dribles curtos no ataque, além de ficar mais longe do nosso gol, o que evita faltas perigosas contra nossa meta. (Matheus Chaves)
  • HENRIQUE teria sido o melhor do jogo, não fosse a atuação sobrenatural do Willian. Roubou bolas com uma elegância que deve irritar o atacante e comandou a meiuca defensiva como primeiro volante. (Matheus Chaves)
  • CABRAL teve comportamento tático que chegou a ser engraçado, correndo de um lado pro outro parecendo perdido. Isso sem falar nas faltas que fez, “leves” que não renderam cartões amarelos, mas mataram jogadas de perigo. A bola que enfiou pro Vinicius no 1º tempo foi um bolão. (Ana Rocha) /// Protegeu, roubou bolas, distribuiu, ocupou espaços. Diversas bolas alçadas na defesa azul, que a zaga rebateu pro meio ele ganhou na disputa pelo rebore. (Rosan Amaral)
  • ALLANO, incisivo e abusado, partiu pra cima tentando dribles e passes. Tem potencial. (Ernesto Araujo) /// Excelente na cobertura, insinuante no ataque. Precisa ser um pouco mais objetivo, para evitar desperdiçar chances de gol ou passe. (Matheus Chaves)
  • MARQUINHOS entrou com o diabo no corpo, ligado em 220. Deu dois passes pros gols de Willian, no último dando um drible desmoralizante no marcador. Jogou como no seus melhores momentos no início do ano. (Hendrix)
  • VINÍCIUS ARAÚJO errou gols que centroavante não pode perder. Compensou os erros com movimentação inteligente abrindo espaço n o ataque para seus companheiros. (Matheus Chaves)
  • MARINHO correu bastante, mas não encaixou a “sua jogada”. (Síndico)
  • WILLIAN não marcava gols há 4 meses e fez uma exibição impressionante. Com boas finalizações e muita movimentação, ele precisou de 90 minutos sob a batuta de Mano Menezes pra superar o número de gols marcados no ano inteiro e garantir a vitória de sua equipe. (Uol Esportes) /// Jogando como atacante avançado, pelos dois lados, mais livre pelo esquema com três volantes, desorganizou a defesa adversaria e conseguiu expor seu repertório técnico e melhorar a qualidade de finalização. (Marcos Malafaia)
  • MANO MENEZES escalou o time que venceu a Ponte e se deu bem. (Síndico)
  • CRUZEIRO abriu o placar no começo da partida, continuou atacando, fazendo gols e não tomando conhecimento do adversário. A torcida foi no embalo e a manhã foi de festa, mais do que de competição. (Síndico)
  • FIGUEIRENSE armou uma retranca das bravas. Quase não compareceu ao ataque, ficando todos os seus jogadores do meio pra trás. (Hendrix)
  • ÁRBITROS não tiveram trabalho, nem complicaram. (Síndico)
  • GPT que foi hostilizado, ameaçada, chorou, viu a nau à deriva, mas se recompôs, conciliou as alas do clube e tem a chance, com Mano à frente do time, de fazer o retomar o caminho com mais dignidade. (Razger)

O que foi dito

  • MANO MENEZES, técnico do Cruzeiro: Estrear ganhando de 5×1 no Brasileiro, num horário em que mandantes tinham dificuldade de se impor pelo calor, tinham dificuldade de colocar ritmo, é uma estreia mais que desejada. Tenho certeza de que vamos entrar no trilho. Senti isso nos jogadores na quarta, antes e depois do jogo em Campinas. O futebol tem seus caprichos. Lógico que não fizemos muita coisa. O que fiz e disse que faria é que vim pra encontrar uma maneira de jogar, de dar tranquilidade aos jogadores. Só as vitórias podem dar a confiança que a equipe havia perdido. Você pode jogar bem, mas, se não vencer, não adianta. A partir das vitórias, você pode exigir mais. A gente sabe que a bola fica um pouco mais quente nessa hora, os jogadores não fazem as mesmas coisas. Hoje, a equipe já fez jogadas com qualidade alta, envolveu o adversário muito bem. No 1º tempo, poderíamos ter tido placar maior, o que se confirmou no 2º tempo. Esse é o caminho. Ninguém tem ilusão no futebol. Teremos uma semana dura. Vamos pensar no Flamengo, mas, antes, vamos pensar em comemorar, porque o torcedor estava com saudade de comemorar uma vitória assim. Temos de ressaltar e elogiar muito nosso torcedor que colocou 40 mil pessoas num domingo às 11h. Já tinha visto últimos minutos do jogo contra o Santos e havia ficado encantado com a torcida. Agora, fico mais feliz de conseguir retribuir aquilo que ela merece. Nos dois últimos anos, o Cruzeiro foi o time que jogou o melhor futebol do Brasil. Tenho certeza de que os jogadores estavam com saudade de jogar bem.
  • WILLIAN, atacante do Cruzeiro: Nunca tinha marcado nem três. Mais importante, porém, é frisar a garra de todos, o empenho num calor desse, que não foi fácil. Esse outro calor que o torcedor nos transmitiu foi muito positivo e felizmente eu pude retribuir com bom futebol. As coisas não estavam se encaixando. Claro que ficávamos chateados, porque além de não conseguirmos fazer as jogadas, o time estava numa situação complicada, piorando e a não conseguíamos render dentro de campo. Então, não adianta mudar treinador se não mudar dentro de campo. Estamos nos doando pra mostrar que o Cruzeiro é grande e temos condição de estar lá em cima. Quero agradecer a Deus, à minha família e ao presidente, que tem se dedicado bastante e nos momentos difíceis esteve do nosso lado, nos apoiando. Dedico essa vitória a ele e aos torcedores que nos apoiaram neste jogo.
  • RENÊ SIMÕES, técnico do Figueirense: Nem dormimos depois do jogo com o Grêmio. Teve o desgaste da viagem, a falta de recuperação. A pegada ficou prejudicada em função disso. Faltou tudo, o passe, a transição, a recomposição. Fomos muito mal. Não é desculpa. E não vamos tirar o crédito do Cruzeiro, pois estamos todos no mesmo barco.
  • TEIXEIRA, no PHD: O trabalho do preparador físico Antonio Mello é sensacional. O time está voando! E esses dois últimos resultados positivos podem ser creditados ao Luxemburgo.
  • JOÃO PAULO MOTA, no PHD: Manhã fulgurante! No jogo em comemoração aos 50 anos do Mineirão não poderia ser outro o resultado. A aura que anima esse estádio, forjada pela mística da Academia Celeste e cultivada, desde então, envolveu o time do Cruzeiro em consagração a este símbolo do futebol brasileiro.
  • ROSAN AMARAL, no PHD: Tática e escalação de ontem e da última quarta-feira contra a Ponte devem ser creditados à dupla Luxemburgo / Deivid. Em apenas dois dias, Mano só pôde ajudar no psicológico.
  • S@MUEL, no PHD: Muita concentração, disposição pra marcar e velocidade nas pontas: o bê-a-bá do futebol, que estava faltando ao time celeste, reapareceu hoje.
  • MARCOS MALAFAIA, no PHD: Jogando como atacante avançado, pelos dois lados, mais livre pelo esquema com três volantes, Willian desorganizou a defesa adversaria e conseguiu expor seu repertório técnico e melhorar a qualidade de finalização.
  • PAULISTA, no PHD: Zeeeeeiiirooooo!!! Que alegria, meu Cruzeiro! Z4, definitivamente, não é o nosso lugar.
  • ANA ROCHA, no PHD: Chegando agora do Mineirão. Que domingo bacana! Bigode ressurgiu. Ainda é muito cedo pra avaliar as mudanças (Mano, Cabral, Pará etc). O time melhorou muito ofensivamente. Vou assistir ao videoteipe. Esse jogo vale a pena rever.

Fontes

Transmissão

  • Sportv