Cruzeiro 5x0 Santa Rita - 27/08/2014

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para: navegação, pesquisa


Confrontos posteriores e anteriores
Por temporada
Escudo Goiás.png 0x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos  do Escudo Cruzeiro.png 4x2 Escudo Chapecoense.png
Por Copa do Brasil
Escudo Flamengo.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos  do Escudo Santa Rita.png 1x2 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 1x0 Escudo Grêmio.png Gol aos  do Escudo Cruzeiro.png 4x2 Escudo Chapecoense.png
Contra Santa Rita
← Primeira ficha Gol aos  do Escudo Santa Rita.png 1x2 Escudo Cruzeiro.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
5 × 0 Escudo Santa Rita.png
Santa Rita
Jogo de ida das Oitavas de Finais da Copa do Brasil 2014
Data: 27 de agosto de 2014 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 19:30 Estádio: Mineirão
Árbitro: Ranilton Oliveira de Souza Público pagante: 15.048
Assistente 1: Thiago Gomes Brigido Público presente: 16.474
Assistente 2: Marcio Gleidson Correia Dias Renda: R$ 501.895,00 R$ 501.895
Cr$ 501.895
NCr$ 501.895
Cz$ 501.895
NCz$ 501.895
(preço médio: R$ 33,35 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Cruzeiro: Santa Rita:
1. Fábio 20. Jefferson
22. Mayke 2. Ede
33. Manoel 4. Selmo Lima
26. Dedé Gol aos 17 do  (1T) 17'  (1T) 3. Júnior Carvalho
21. Samudio 6. Jeanderson
8. Henrique Gol aos 41 do  (2T) 41'  (2T) 5. Adriano Substituição realizada 28'(2T) de jogo 28'(2T) ( 13. Jefferson )
16. Lucas Silva Substituição realizada 28'(2T) de jogo 28'(2T) ( 15. Willian Farias ) 7. Edson Substituição realizada 23'(2T) de jogo 23'(2T) ( 16. Gueba )
29. Alisson Substituição realizada 29'(2T) de jogo 29'(2T) ( 35. Neilton ) 10. Lucas Substituição realizada 11'(2T) de jogo 11'(2T) ( 14. Gabriel Soares )
10. Júlio Baptista Gol aos 34 do  (1T) 34'  (1T) 8. Cristiano Fontes
11. Dagoberto 11. Rafael Silva Cartão amarelo recebido aos 44  (2T) 44'  (2T)  
18. Marcelo Moreno Gol aos 7 do  (1T) 7'  (1T) Gol aos 9 do  (2T) 9'  (2T) Substituição realizada 14'(2T) de jogo 14'(2T) ( 23. Marlone ) 9. Reinaldo Alagoano
Técnico: Marcelo Oliveira Técnico: Eduardo Neto
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: Santa Rita:


Pré-Jogo

AUSENTES no Cruzeiro: Bruno Rodrigo (B) , Borges (A), Tinga (V), Egídio (L), lesionados, e Marquinhos (M), que já atuou pelo Vitória nesta Copa do Brasil.

BANCO do Cruzeiro: Rafael Monteiro; Ceará, Léo, Nilton, Willian Farias, Everton Ribeiro, Marlone, Ricardo Goulart, Neilton e Willian.

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: “Vamos respeitar muito o adversário. E respeitar o adversário, para mim, é marcar bem e colocar a bola dentro da rede.”

AUSENTE no Santa Rita: Ninguém.

BANCO do Santa Rita: Michael; Jeferson Lima, Guêba, Gabriel, Wagner Libano, Júnior Amorim e Paulo Roberto.

EDUARDO NETO, técnico do Santa Rita: “O Cruzeiro impõe respeito contra todos os times do futebol brasileiro. É o favorito. Cumprimos nossa missão na Copa do Brasil, fizemos história, mas podemos fazer mais. Vamos trabalhar muito pra honrar a camisa e projetar esses jogadores no cenário nacional.”

RELEVANTE: A folha salarial do Santa Rita é de R$120 mil por mês.

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 19h25. Times em campo. Cruzeiro, com uniforme tradicional. Santa Rita com camisas brancas com duas faixas horizontais à altura do peito, uma preta, outra vermelha, calções e meias pretas.
  • 19h30. Cruzeiro, à direita das cabines. Santa Rita dá a saída.
  • 01. Cruzeiro toma a iniciativa, mas a defesa alagoana não dá espaços.
  • 02. Santa Rita vai ao ataque, mas não arranja nada. Mayke fica com a bola e sai jogando pela direita.
  • 03. Manoel toma bola de Reinaldo Alagoano e passa a Dagoberto, que cruza da direita. Pra ninguém.
  • 04. Rafael Silva arranca pela esquerda e cruza pra Reinaldo Alagoano chutar de fora da área. Bola passa por cima do travessão.
  • 05. Dagoberto passa a Samudio, que cruza da esquerda. defesa fica com a bola.
  • 06. Dagoberto tenta tabelar com Júlio Baptista, que devolve mal.
  • 06’30″. Júlio Baptista dribla marcador dentro da área, mas não consegue dar sequência à jogada.
  • 07. GOL. Lucas Silva cruza da esquerda, com o pé direito, Marcelo Moreno sobe com Selmo e cabeceia de costas. Bola entra no ângulo esquerdo de Jeferson. CRUZEIRO 1×0.
  • 08. Foi o 34º gol de Marcelo Moreno com a camisa celeste, 12º, em 2013.
  • 09. PÚBLICO pequeno no Mineirão.
  • 10. Cruzeiro tenta armar ataque pela direita, alagoanos impedem.
  • 11. Reinaldo Alagoano recebe passe longo, mas Manoel protege a saída de bola pela linha de fundo.
  • 12. CARLOS EDUARDO LINO, comentarista do SporTV: “O Santa Rita não tem força nem imposição física e o Cruzeiro só espera o passe errado pra tomar a bola e sair jogando.”
  • 12’30″. Jeanderson, pela esquerda, joga bola alta na área celeste. Fábio cata, sem problemas.
  • 13. DESCLASSIFICADOS pelo Santa Rita, nesta Copa do Brasil: Potiguar, Guarani e Santa Cruz. Seu artilheiro é Rafael Silva, com 4 gols.
  • 14. Manoel desfaz ataque do Santa Rita.
  • 15. DEFESAÇA. Alisson vai à linha de fundo e cruza por baixo. Dagoberto bate de prima, Jeferson defende milagrosamente.
  • 16. ORGANIZADAS do Cruzeiro no Mineirão: Loucos de Belo Horizonte, Sangue Azul, FanatiCruz, Rapozama, China Azul, Geral Celeste, Pavilhão Independente, Máfia Azul, Jovem, Motozeiros, Cachazeiros.
  • 17. GOL. Dedé escorando, de cabeça, escanteio cobrado por Dagoberto, pela direita. Bola entrou o canto esquerdo de Jeferson. CRUZEIRO 2×0.
  • 18. DEDÉ marca seu 7º gol com a camisa celeste, 4º em 2013.
  • 18. Alisson chapela na área, mas a defesa alagoana impede a sequência do lance.
  • 19. Júlio Baptista chuta da entrada da área. Bola sai rente ao poste esquerdo.
  • 20. Alagoano tenta arrancar rumo ao ataque, Henrique toma-lhe a bola, com facilidade.
  • 21. ANULADO. Mayke cruza da direita, Moreno cabeceia pra rede, juiz diz que ele se apoiou no beque e invalida o lance.
  • 22. FIM DE ANO EM SETEMBRO. Se for desclassificado nesta fase da Copa do Brasil, o Santa Rita fecha as portas e só as reabre em 2015, por falta de competições.
  • 23. Dagoberto ajeita pra Júlio Baptista, que arremata fraco, de dentro da área. Jeferson defende.
  • 24. BALIZA. Lucas Silva cruza da direita, Marcelo Moreno chega batendo de canhota e manda bola no poste direito.
  • 25. BRINCADEIRA. Jogadores celestes tomam bolas dos alagoanos com uma facilidade constrangedora.
  • 26. Marcelo Moreno recebe de Júlio Baptista e chuta. Jeferson encaixa.
  • 27. Dagoberto tenta lançar Lucas Silva, atravessando a bola da esquerda pra direita. Lateral pro time de Alagoas.
  • 28. Marcelo Moreno recebe de Alisson, mas é travado dentro da área por Júnior Carvalho.
  • 29. Alisson chuta da entrada da área, bola acerta Júnior Carvalho e não chega ao arco alagoano.
  • 30. CAROS EDUARDO LINO, comentarista do SporTV: “O maior inimigo do Cruzeiro é a acomodação, seja hoje, seja no Brasileiro. É contra isto que luta Marcelo Oliveira.”
  • 31. ARAPIRACA. O Santa Rita é de Boca da Mata, a 72 Km de Maceió, mas vai mandar o jogo de volta em Arapiraca, onde esperar faturar mais.
  • 32. DEFESAÇA. Lucas Silva chuta forte de fora da área. Jeferson defende em dois tempos.
  • 33. Alisson recebe de Lucas Silva, mas arremata com chute chocho.
  • 34. GOL. Júlio Baptista recebe cruzamento perfeito de Mayke e cabeceia cruzado. Bola entra à esquerda de Jeferson. CRUZEIRO 3×0.
  • 34’30″. JÚLIO BAPTISTA fez seu 14º gol com a camisa celeste, 9º em 2014.
  • 35. BALIZA. Luca Silva joga bola na área alagoana, Moreno cabeceia e acerta o travessão.
  • 36. Edy cruza da direita, Dedé toma a bola de Reinaldo Alagoano dentro da área e sai jogando.
  • 37. Cruzeiro chega pela enésima vez na área alagoana. Defesa afasta o perigo.
  • 38. Falta a favor do Santa Rita, na meiadestra.
  • 39. Edy cobra a falta, Dedé corta de cabeça.
  • 40. Samudio cruza da esquerda. Júlio Baptista não consegue dominar a bola.
  • 41. Samudio arranca pela esquerda, Edy cede escanteio.
  • 42. Dagoberto cobra corner pela esquerda. Bola sai diretamente pra linha de fundo.
  • 43. Mayke passa a Alisson, que cruza da direita. Júlio Baptista chega na corrida e cabeceia por cima do travessão.
  • 44. Santa Rita tenta, mas não consegue trocar passes na intermediária celeste.
  • 45. Alisson recebe passe na pontadestra, mas está impedido.
  • 46. FIM de 1º tempo.
  • ADRIANO, volante do Santa Rita: “Estamos facilitando muito, deixando o Cruzeiro vir para cima da gente. Não pode.”
  • MARCELO MORENO, centroavante do Cruzeiro: “O Cruzeiro entrou no jogo focado, respeitando o rival, e vai tentar continuar nessa pegada, jogando bem.”

Segundo Tempo

  • 20h30. Times voltam a campo, sem alterações.
  • 20h33. COMEÇA o 2º tempo.
  • 46. Samudio cruza da esquerda, bola sai pela direita.
  • 47. Mayke recebe lançamento na direita, Rafael Silva aparece pra ceder escanteio.
  • 48. Alisson cobra corner pela direita, Moreno cabeceia, bola sai à esquerda de Jeferson.
  • 48’30″. Dagoberto passa de calcanhar, Alisson arremata de fora da área. Pra fora.
  • 49. Alisson entra na área e chuta de direita. Jeferson encaixa.
  • 50. Jeanderson tenta passar por Henrique, não consegue, e recua bola prum companheiro na meiuca.
  • 51. Mayke faz um cruzamento, mais um!, perfeito da direita. Moreno cabeceia, bola passa raspando o travessão do arco alagoano.
  • 52. Lucas Silva e Manoel derrubam Lucas, que corria em direção à área celeste.
  • 53. Edy cobra falta na meiadestra, Fábio tira de soco.
  • 54. GOL. Lucas Silva solta uma bomba de fora da área, Jeferson salta e defende à sua esquerda, mas dá rebote, que Marcelo Moreno apanha e manda a bola pra rede. CRUZEIRO 4×0.
  • 55. TROCA. Lucas x Gabriel.
  • 56. Alisson obra falta no bico direito da área alagoana, Bola sai por cima do travessão.
  • 57. NEILTON. Torcida celeste pede o garoto de Nanuque.
  • 58. Dedé cruza da direita, defesa alagona impede que Moreno conclua, cedendo escanteio.
  • 59. TROCA. Marcelo Moreno x Marlone.
  • 60. TROCA. Alisson x Neílton.
  • 61. Dagoberto lança Neílton. Tiago Gomes Brígido marca impedimento. E erra, pois quem estava na banheira era Júlio Baptista.
  • 62. Dagoberto cruza da esquerda, Edy cede escanteio.
  • 63. Neílton para na frente de dois marcadores e, de repente, enfia bola pra Mayke, dentro da área. Na sequência defesa alagoana cede corner.
  • 64. BALIZA. Dagoberto cobra corner na direita, Marlone pega de prima, bola explode no travessão.
  • 65. MARCOS ALEXANDRE, no PHD: “Os destaques do Santa Rita são o goleiro e a baliza.”
  • 66. Cristiano Fontes desrama Dagoberto, que não está nem um pouco entusiasmado com o jogo.
  • 67. Lucas Silva chuta de longe, pra fora.
  • 68. Edson Magal x Guêba.
  • 69. Dedé tabela com Fábio e sai jogando com Henrique.
  • 70. Neílton enfileira na pontadestra, mas é desarmado ao entrar na área. Dagol fica puto, porque esperava o cruzamento.
  • 71. Mayke tenta passar a Dagoberto, mas erra o passe, que o Santa Rita não aproveita.
  • 72. Dagoberto carrega bola na meiesquerda e passa a Marlone, que chuta a gol. Bola sai à direita de Jeferson.
  • 73. Lucas Silva x William farias.
  • 74. Adriano x Jefferson Lima.
  • 74. Dagol e Mayke tabela na direita, mas defesa consegue cortar a bola cruzada pelo lateral.
  • 75. Neílton cobra falta na pontesquerda. Bola sai à esquerda de Jeferson.
  • 76. CANELADA. Samudio divide com Gabriel, leva a pior e sai no carromaca.
  • 77. Edy cruza da direita, diretamente pra linha de fundo.
  • 78. Dagol chuta de fora da área, bola sai à esquerda de Jeferson.
  • 79. TORCIDA CELESTE pede mais um gol.
  • 80. Samudio recebe passe de Dagol, mas conclui mal não conseguindo se safar de Jeferson.
  • 81. Rafael tenta jogada de ataque, Samudio fica com a bola, sem dificuldade.
  • 82. Dagoberto divide com beque do Santa Rita, ganha falta, cobra, defesa corta.
  • 83. Samudio fora de campo cuidando da canela dolorida.
  • 84. Edy cobra escanteio pela direita, Manoel corta de cabeça.
  • 85. Dagoberto cobra escanteio pela esquerda, defesa cede escanteio.
  • 86. GOL. Henrique apanha rebote dentro da área e enche o pé. Jeferson ainda toca na bola, mas não evita que ela beije sua rede. CRUZEIRO 5×0.
  • 87. Henrique completa 220 jogos e 13 gols com a camisa azul estrelada.
  • 88. Edy cruza da direita, Dedé, dentro da área celeste, corta de cabeça.
  • 89. AMARELO. Rafael Silva, por falta em Mayke.
  • 90. Dagoberto crobra falta, bola alta demais, Dedé cabeceia mal.
  • 91. Jeanderson tenta atacar pela meiesquerda, mas para na marcação de Henrique.
  • 91’30″. PÚBLICO: 15.048 pagantes, 16.474 presentes, R$581.895.
  • 92. FIM de jogo. Milésima vitória do Cruzeiro no Mineirão.

Vídeos

Gols

Atuações

  • TORCIDA CELESTE compareceu em quantidade inferior ao que normalmente ocorre nos jogos do Campeonato Brasileiro, mas esteve animada e foi recompensada com uma penca de gols. (Síndico)
  • FÁBIO assistiu ao jogo. Nem precisou orientar sua defesa. (Síndico)
  • MAYKE faz o futebol parecer uma brincadeira despreocupada. Joga numa grande competição como se estivesse batendo bola com amigos no terreiro de casa. Marca e ataca sem se esbaforir. Excelente, como sempre. (Síndico)
  • DEDÉ jogou com a vontade de sempre e ainda meteu um gl de cabeça. (Síndico)
  • MANOEL mostrou firmeza na marcação, jogando seriamente o tempo todo. Sempre que joga, mostra capacidade pra se tornar titular, o que pode ocorrer a qualquer momento. (Naldo Morato)
  • SAMUDIO atuou coletivamente, fazendo bem a linha de defesa, dando espaço para que o Mayke fosse efetivo. Só lhe falta tranquilidade, desnecessariamente. (Velloso)
  • HENRIQUE, além de cumprir seu papel de desarmar o adversário e começar a armar jogadas de seu time, fez um gol, sinal de que cumpriu uma terceira função, a de atacar. E como fez tudo bem, foi o melhor do jogo. (Síndico)
  • LUCAS SILVA foi o melhor do jogo. Sem ter a quem marcar, o jovem volante se transformou em armador. Ele participou diretamente de dois gols e de outras chances desperdiçadas, com grande movimentação, aparecendo em todos os setores do campo. Além disso, arriscou ótimas finalizações, criando chances de deixar o seu gol também. (UOL Esportes)
  • ALISSON é veloz, habilidoso, volta para combater, mas precisa finalizar com mais qualidade, tomar gosto pelo gol que é o que marca o jogador. (Sérgio Luiz)
  • JÚLIO BATISTA esteve bem durante todo o jogo, fez um gol e participou de mais três lances claros de ataque. Não chegou a ser um destaque, longe disso, mas soam exageradas algumas críticas que recebeu, até antes de começar a partida. (Velloso)
  • DAGOBERTO começou com preguiça, burocrático e pouco ajudou na construção do placar. No 2º tempo, mais animado, deu passes de qualidade e um chute de bom quilate. (Raher)
  • MARCELO OLIVEIRA armou um time alternativo eficiente, manteve os jogadores concentrados e motivados o tempo todo. (Claudinei Vilela)
  • MARLONE acertou uma bomba, que quase arranca a baliza do chão. E buscou jogo. (Síndico)
  • NEÍLTON fez algumas firulas legais pra brindar a torcida que o pediu, aos gritos. Deu bons passes, mas faltou a fome de gol. (Síndico)
  • MARCELO MORENO, fez dois gols típicos do seu faro oportunista, lascou a trave, atormentou a defesa incansavelmente. Seu fôlego e seu apetite são inspiradores e compensam suas limitações, o flecheiro gosta de jogar de azul. (Razger)
  • CRUZEIRO jogou com seriedade, fez cinco gols, meteu três bolas na baliza, teve um gol anulado e não passou nenhum aperto. (Síndico)
  • SANTA RITA teve o mérito de não apelar. O lateral Edy é o batman do time, o goleiro Jeferson se divertiu bastante e o volante Adriano jogou com seriedade. (Síndico)
  • TIME DE ARBITRAGEM teve atuação quase perfeita. O juiz só não precisa anular o gol de Marcelo Moreno. Excesso de preciosismo. (Síndico)

O que foi dito

  • MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: Além da vitória, eu destacaria a seriedade e o comprometimento dos nossos jogadores durante todo o tempo. Temos visto na história recente, equipes que perderam para adversários de menor expressão. Essa era a nossa preocupação. Destacaria a oportunidade de colocar alguns jogadores que não vêm jogando. Não só por não estarem participando das partidas, pois eles possuem condições técnicas pra isso, mas pra estarem se preparando pra oportunidades no futuro.
  • NEILTON, meiatacante do Cruzeiro: Não poderia ser melhor a estreia. O ambiente estava bom, o clima no estádio estava excelente, então fico feliz. Agora é dar continuidade no trabalho pra ter mais chances na equipe. Foi muito bom receber o carinho da torcida, espero poder retribuir da melhor forma, que é jogando bem.
  • LUCAS SILVA, volante do Cruzeiro: Foi uma vitória digna do padrão Cruzeiro de atuar de casa, junto com a nossa torcida. A gente queria, com toda humildade, fazer um bom resultado aqui pra chegar lá no segundo jogo em situação mais confortável.
  • EVANDRO OLIVEIRA, no PHD: Essa geração mais nova incomodou, e não foi só por vaiar jogador um time que estava vencendo por 4×0. Um desses jovens disse algo que vou comentar numa coluna futura do site COrg. Perguntado porque não gostava de ver jogo no Setor Amarelo C Superior, ele disse: “… Lá embaixo, mais perto do escanteio, a gente tem uma visão mais próxima do que é mostrado no game da TV de tela grande…” Estou desistindo desses fedelhos e dos teleguiados. Chega! OK, eles venceram!!!
  • CARFELIX, no PHD: Não houve destaque individual, o time todo foi o destaque pela seriedade, por jogar pra ganhar independentemente da fragilidade do adversário. Show de bola!!! Rumo aos títulos em 2014…
  • MARIANA RESENDE, no PHD: O time celeste dividiu e correu atrás do gol o jogo todo.

Porque é um jogo histórico

  • Foi a milésima vitória do Cruzeiro no Mineirão.

Fontes

Transmissão

  • Sportv