Cruzeiro 5x0 Figueirense - 26/07/2014

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Palmeiras.png 1x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Botafogo.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Brasileiro
Escudo Palmeiras.png 1x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Botafogo.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 3x1 Escudo Vitória.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 3x0 Escudo Santos.png
Contra Figueirense
Escudo Figueirense.png 2x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Figueirense.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
5 × 0
Escudo Figueirense.png



Informações

Data: 26 de julho de 2014 às 18:30
Local: Belo Horizonte, MG
Estádio: Mineirão


Público e Renda

Público pagante: 21.192
Público Presente: 23.319
Renda: R$ 926.038,00 R$ 926.038 <br />Cr$ 926.038 <br />NCr$ 926.038 <br />Cz$ 926.038 <br />NCz$ 926.038 <br /> (preço médio: R$ 43,70 )


Escalações

Cruzeiro
  1.  Fábio
26.  Dedé  Gol aos 4 do  (2T) 4'  (2T)
  3.  Léo
  2.  Ceará Substituição realizada 28' (2T) de jogo 28' (2T) ( 22. Mayke Simbolo jogador base.png )
17.  Lucas SilvaSimbolo jogador base.png  Gol aos 40 do 40' (1T) P
  6.  Egídio
  8.  Henrique
17.  Éverton Ribeiro
28.  Ricardo Goulart  Gol aos 27 do  (2T) 27'  (2T)
18.  Marcelo Moreno Substituição realizada 22' (2T) de jogo 22' (2T) ( 23. Marlone )
34.  Marquinhos  Gol aos 2 do  (2T) 2'  (2T) Substituição realizada 21' (2T) de jogo 21' (2T) ( 11. Dagoberto  Gol aos 33 do  (2T ) 33'  (2T ) )
Técnico: Marcelo Oliveira

Figueirense
  1. Volpi
  2. Luan Substituição realizada 35'(2T) de jogo 35'(2T) ( 14. Leandro )
  3. Nirley
  4. Marquinhos II
  5. Paulo Roberto
  6. Roberto Cereceda Substituição realizada 17'(2T) de jogo 17'(2T) ( 17. Felipe )
  7. Pablo Substituição realizada 12'(2T) de jogo 12'(2T) ( 19.Everaldo )
  8. Marco Antonio Cartão amarelo recebido aos 34  (1T) 34'  (1T)  
  9. Ricardo Bueno
10. Kléber
11. Rivaldo
Técnico: Argel Fucks


Reservas que não entraram na partida


Pré-Jogo[editar]

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro, em 1º com 25 pontos, 12 gols de saldo, aproveitamento de 75%; Figueriense, em 18), com 7 pontos, déficit de 10 gols e aproveitamento de 21%.

AUSENTES no Cruzeiro: AUSENTES no Cruzeiro: Elisson (G), Bruno Rodrigo (B), Borges (A), Júlio Baptista (M), lesionados, William (A), sem contrato, Nílton (V), Alisson (M), em recondicionamento físico.

PENDURADOS no Cruzeiro: Dagoberto (A), Henrique (V), William Farias (V).

BANCO do Cruzeiro: Rafael Monteiro, Mayke, Manoel, Samudio, Eurico, William Farias, Tinga, Marlone, Neilton e Dagoberto.

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: “Não existe jogo fácil no futebol, menos ainda no futebol brasileiro. Temos exemplos recentes que mostram isto. Esperamos um adversário forte, que trocou de treinador recentemente, virá fechado e vai contratacar. Nós temos de estar preparados pra todos estes aspectos. Chuva não será problema. Os jogadores gostam do campo molhado, onde a bola corre ainda mais, o que pode facilitar pra gente. Mas esperamos que não esteja chovendo muito, pra não atrapalhar o espetáculo.”

AUSENTES no Figueirense: Jonatan Ponciano, Giovanni Augusto e França, lesionados, Thiago Heleno (B), suspenso.

PENDURADOS no Figueirense: Nem (V) e Thiago Heleno (B).

BANCO do Figueirense: Alex (G), Leandro Silva (L), Raul (Z), Dener, Nem (V), Felipe (M), Vítor Júnior, Everaldo, Jean Carlos (A).

TADEU MEYER, jornalista e torcedor do Figueirense: “Meu palpite é 3×1 pro Cruzeiro. Sei que alguns vão rir do meu otimismo, mas acredito em uma derrota digna contra o líder isolado do campeonato fora de casa. Ganhar ou empatar seria ótimo resultado. Levar goleada, o normal —considerando-se a campanha de time rebaixado, o futebol indigente jogado, a crise ambulante que cada dirigente se tornou. Fico com o meio termo, perderemos de pouco. Com a ressalva ainda mais otimista, quase delirante, de que quando menos se esperava fizemos a festa no Itaquerense.”

Lance a lance[editar]

Primeiro Tempo[editar]

  • 18h25. Times em campo. Cruzeiro, com uniforme tradicional, dá a saída. Figueirense com uniforme alvinegro tradicional.
  • 18h30. COMEÇA. Cruzeiro à direta das tribunas, dá a saída.
  • 01. Kleber chuta de fora da área, bola bate em Leo Simões, Dedé faz o corte.
  • 02. Ricardo Goulart cruza buscando Marquinhos II na área, bola vai forte demais.
  • 03. Henrique tenta jogada de linha de fundo, mas a bola ganha força e sai. Tiro de meta pro Figueira.
  • 04. DE VOLTA. Organizadas Máfia Azul e Pavilhão Independente estão de volta ao Mineirão. Máfia atrás do Gol da Cidade, Pavilhão atrás do Gol da Lagoa.
  • 05. Ricardo Goulart dribla Luan, mas sai com bola e tudo pela linha de fundo.
  • 06. Everton Ribeiro carrega a bola e chuta a gol, sem perigo pra Tiago Volpi.
  • 07. GRAMADO. Chove há 18 horas em Belo Horizonte e o gramado está encharcado nas laterais, mas sem poças d’água.
  • 08. Marquinhos II cruza da esquerda buscando Marcelo Moreno, mas põe força demais na bola e o centroavante não chega a tempo.
  • 10. Everton Ribeiro é derrubado no ataque. Falta pode ser perigosa.
  • 11. Lucas Silva cobra com chute rasteiro, que acerta Luan.
  • 12. Ricardo Goulart cruza, Nirley, dentro da área, corta.
  • 15. Marquinhos II chuta forte de fora da área. Bola quica e Tiago Volpi a desvia pra escanteio, com dificuldade.
  • 17. Cereceda chuta de longe, bola sai pela linha de fundo.
  • 19. Everton Ribeiro tenta passar por Marquinhos II F, mas não consegue.
  • 20. AMEAÇA. Pablo troca passes com Bueno e chuta cruzado. Fábio defende.
  • 21. PERDEU. Pablo se livra de Leo Simões e Dedé, mas demora a chutar e perde o gol.
  • 23. Everton Ribeiro é parado com falta por Rivaldo. Perigo pro arco figueirense.
  • 24. Marquinhos II cobra a falta, defesa do Figueira corta.
  • 28. Kleber cobra falta na pontesquerda, Pablo cabeceia, bola passa por coma do travessão.
  • 29. Pablo e Cereceda tabelam na área celeste, lateral chileno cruza com chute forte, que Fábio defende.
  • 30. APAVORADO. Sozinho em sua área, beque Marquinhos II F dá um bico e manda bola pra lateral.
  • 31. Pablo cai na entrada daárea celeste. Jogo paralisado.
  • 32. BEQUES. Dedé sente dores no joelho, Manoel começa aquecimento.
  • 33. AMARELO. Marco Antônio, por desviar com a mão, dentro da área celeste, falta cobrada por Kleber na pontadireita.
  • 34. Cruzeiro tem dificuldade pra armar jogadas de ataque, Figueirense equilibra o jogo.
  • 35. Ricardo Goulart tenta passe a Marquinhos II, que está na pontesquerda, defesa alvinegra desvia bola pra lateral.
  • 36. Egídio cruza da esquerda, Ricardo Goulart sobe, mas não consegue cabecear.
  • 37. CERA. Sem motivo aparente, Tiago Volpi cai em sua pequena área e para o jogo.
  • 38. PÊNALTI. Ceará cobra lateral na ponta direita, Marcelo Moreno sobe mais que a bequera e cabeceia, Ricardo Goulart tenta alcançar a bola, mas choca-se com Luan e desaba na pequena área. Juiz marca pênalti, mas há controvérsias.
  • 39. CATIMBA. Figueirenses reclamam bastante, Thiago Volpi catimba e tenta desconcentrar Lucas Silva. Ensebação inútil.
  • 40. GOL. Lucas Silva cobra rasteiro, no canto direito, bola acerta o pé do poste e vai entrar do lado oposto pra onde havia pulado Volpi. CRUZEIRO 1×0.
  • 41. Marco Antônio cobra falta na pontadireita, Marquinhos II F sobe muito e cabeceia, bola passa por cima do travessão.
  • 42. Ceará cruza da pontadireita, Ricardo Goulart cabeceia, bola passa por cima do travessão.
  • 43. Everton Ribeiro cruza, Marcelo Moreno não alcança a bola.
  • 44. DEFESAÇA. Leo Simões lança Marcelo Moreno, que invade a área e chuta duas vezes. A primeira bola é defendida por Volpi, a segunda fica na rede, pelo lado de fora.
  • 45. TORCIDA celeste faz grande festa. E canta “Somos loucos, somos Cruzeiro”, o hit da campanha do tricampeonato.
  • 45+1. FINALIZAÇÕES: Cruzeiro 7×4.
  • 45+2. FIM e 1º tempo. Figueira marcou bastantee contratacou com perigo algumas vezes. Cruzeiro teve mais posse de bola, mas criou poucas oportunidades.
  • NIRLEY, beque do Figueirense: “Não vi o que aconteceu no lance do pênalti. Eu estava caído e não posso dizer se foi ou não.”
  • LUCAS SILVA, volante do Cruzeiro: “Venho treinando bem e o Marcelo Oliveira me escolheu como batedor. Fui feliz e fiz o gol.”

Segundo Tempo[editar]

  • 19h31. Times voltam a campo, sem alterações.
  • 19h33. COMEÇA o 2º tempo. Figueirense dá a saída.
  • 46. GOL. Marcelo Moreno, de taquito, passa a Marquinhos II que, da entrada da área, pega de sempulo, bola entra à direita de Tiago Volpi. CRUZEIRO 2×0.
  • 47. Egídio comete falta em Marco Antônio na pontadireita do Figueira. Kleber cobra mal, tiro de meta pro Cruzeiro.
  • 48. GOL. Ceará disputa bola na pontadireita, contra Kleber e Rivaldo, que o derruba. Everton Ribeiro cobra com o pé esquerdo, Dedé sobe mais que a defesa e cabecia. Bola faz curva e entra à esquerda de Tiago Volpi. CRUZEIRO 3×0.
  • 49. PRIMEIRO gol de Dedé no Brasileiro, primeiro também de Marquinhos II, o baiano de Prados, com a camisa celeste.
  • 50. Ceará cruza da direita, Paulo Roberto, na pequena área, corta.
  • 51. Marquinhos II recebe cotovelada de Luan, na disputa pelo alto, dentro da área. Meiatacante sai de campo com o rosto sangrando.
  • 52. Kleber joga bola na área celeste, Dedé se antecipa a Fábio e cabeceia pra linha de fundo.
  • 53. BANCÁRIOS. Argel Fucks manda três reservas do Figueira pro aquecimento.
  • 54. TOUCA. Marquinhos II volta a campo, com touca na cabça. A costura ficará pra depois do jogo.
  • 55. Egídio lança Everton Ribeiro, que não consegue dominar a bola.
  • 56. TROCA. Pablo x Everaldo.
  • 57. Disputa acirrada na pontadireita celeste, até que Marquinhos II F aparece pra esclarecer a situação com um bico.
  • 58. Cereceda cruza da esquerda, Dedé, na área celeste, corta de cabeça.
  • 59. BAD MOON RISING. Torcida celeste canta sua versão da música do Creedence Clearwater Revival.
  • 60. Henrique lança Everton Ribeiro, que chuta cruzado, bola atravessa a pequena área, mas Marcelo Moreno chega atrasado pra concluir a jogada.
  • 61. Egídio cruza da esquerda, Tiago Volpi sai de seu arco pra cortar, de soco.
  • 62. TROCA. Cereceda x Felipe.
  • 63. Dedé cai nas proximidades da área celeste.
  • 64. DAGOL. Marcelo Oliveira chama Dagoberto pra conversar. Torcida vibra.
  • 65. Ricardo Goulart chuta de fora da área, bola passa por cima do travessão figueirense..
  • 66. TROCA, Marquinhos II x Dagoberto. Torcida grita o nome do baiano, que está deixando a cancha.
  • 67. TROCA. Marcelo Moreno x Marlone.
  • 68. Veterano Kleber trocou de posição , após saída do chileno Roberto Cereceda. De armador vira lateral esquerdo.
  • 69. Everton Ribeiro estica bola pra Ricardo Goulart , Kleber cede escanteio.
  • 70. Egídio cruza da esquerda, Rivaldo corta, Everton Ribeiro lamenta, pois a bola vinha em sua direção, dentro da área figueirense.
  • 71. TROCA. Ceará x Mayke.
  • 72. GOL. Cruzeiro sai de sua defesa tocando bola, com Lucas Silva, Marlone e Dagoberto triangulando, bola fica com Henrique, que passa a Everton Ribeiro. O meiatacante arrancapelo meio e cruza na cabeça de Ricardo Goulart . O artilheiro do campeonato cabeceia e marca. CRUZEIRO 4×0.
  • 73. ARTILHEIRO. 8º gol de Ricardo Goulart , artilheiro do Brasileiro; 17º dele na temporada.
  • 74. FINALIZAÇÕES: Cruzeiro 15×4.
  • 75. Marco Antônio cobra falta frontal, com chute forte. bola passa rente ao travessão do arco celeste.
  • 76. Kleber tenta arrancada pela pontesquerda, mas não passa por Mayke.
  • 77. Felipe limpa a jogada e chuta de fora da área. Fábio encaixa.
  • 78. GOL. Mayke cruza da direita, em diagonal. Marlone é impedido de concluir por Nirley, mas a bola passa e Dagoberto aparece no segundo poste pra chutar a gol. CRUZEIRO 5×0.
  • 79. TROCA, Luan x Leandro Silva.
  • 80.Marco Antônio estica bola, Ricardo Goulart não acredita e nem vai ao encontro da bola, que fica com Fábio.
  • 81. Egídio cruza da esquerda, Tiago Volpi defende.
  • 82. Kleber chuta de fora da área, muito fraco, Fábio encaixa com facilidade.
  • 83. Marquinhos II F recua pra Tiago Volpi, Ricardo Goulart aperta a marcação, goleiro limpa a área com um bico.
  • 84. DEFESAÇA. Everton Ribeiro põe Marlone na cara do gol, Volpi abafa e defende com a mão direita.
  • 85. Tiago Volpi fica caído, pois no lance em que salvou o gol recebeu joelhaço de Marlone.
  • 86. FINALIZAÇÕES: Cruzeiro 17×7.
  • 87. OLÉ! Torcida comemora a troca de passes do time celeste.
  • 88. Felipe se antecipa a Dagoberto, arma contrataque com Ricardo Bueno, que cruza da direita, Dedé cede escanteio.
  • 89. Felipe cobra escanteio pela esquerda, Everaldo sobe muito mas só raspa a cabeça na bola. Tiro de meta pro Cruzeiro.
  • 90. Everton Ribeiro joga bola na área, Nirley rebate, Lucas Silva fica com o rebote e aciona Mayke, mas exagera na força. Tiro de meta pro Figueira.
  • 91. MELHOR DO JOGO, segundo comentaristas do PHD: Everton Ribeiro [15], Marcelo Oliveira [8], Henrique [6], Ricardo Goulart [4], Lucas Silva [2], Marquinhos II [1], Egídio [1], Leo [1], Programa Sócio do Futebol [1].
  • 92. APROVEITAMENTO: 72% é o do Cruzeiro nos 37 jogs que fez em 2014, São 24 vitórias, 8 Empates e 5 derrotas, com 72 gols a favor e 27 contra.
  • 93. FIM de jogo. Segundo tempo sensacional do Cruzeiro empolgou imprensa e torcida.

Vídeos[editar]

TVCruzeiro sobre o jogo

Atuações[editar]

  • TORCIDA CELESTE não respondeu às boas atuações do time. Era jogo pra 42 mil, não pra 21 mil pagantes. Destaque para as voltas da Máfia Azul e da Pavilhão Independente, com bem menos componentes do que tinham antes das punições do Ministério Público e separadas por um campo de jogo inteiro. O barulhaço foi o de sempre. (Síndico)
  • FÁBIO defendeu com segurança as bolas que chegaram a seu gol. O que não é pouco num gramado escorregadio. (Síndico)
  • CEARÁ teve um trabalho danado com Cereceda e Pablo no início da partida. Com a ajuda de Henrique foi botando os caras no bolso, mas ficou devendo no jogo ofensivo. Ressalte-se sua ótima leitura de jogo e seu bom posicionamento na defesa. (João Chiabi Duarte)
  • MAYKE entrou com o jogo decidido, mas teve tempo de contribuir servindo Dagoberto pra mais um gol. Na defesa, não permitiu os avanços de Kleber. (Síndico)
  • DEDÉ foi seguro, tanto defensiva quanto ofensivamente (fez um lindo gol). Ganhou todas pelo alto. Os que o criticam com adjetivos pejorativos não devem ver um jogo inteiro. Dedé é um baita zagueiro, saiu por contusão, voltou por justiça. (João Chiabi Duarte)
  • LEO SIMÕES continua jogando com tranquilidade, seriedade e eficácia. (Síndico)
  • EGÍDIO foi mais atacante que defensor e isto fez bem ao time, que tinha uma retranca a furar. (Síndico)
  • HENRIQUE “rouba a carteira” do adversário que se prepara pra dominar uma bola e sem a truculência dos volantes tipo cabeça de área. Ele usa a inteligência pra desarmar e fazer a transição pro ataque. Parabéns à diretoria por apostar neste jogador, que estava lesionado e encostado. (Silvio)
  • LUCAS SILVA foi o melhor do time, não pelo gol de penalti, mas porque fez todas as funções de um volante e ainda virou o jogo dezenas de vezes, com passes de 50 metros, sem errar. (Raher)
  • EVERTON RIBEIRO jogou o fino, com dribles, passes, assistências, marcação e participação em tempo integral, sem jamais administrar o próprio suor. (Síndico)
  • RICARDO GOULART teve outra boa atuação, com muita participação, raça, doação e explosão muscular. Impressionou o pique que ele deu a três minutos do fim do jogo. Ganha sem os lances de que participa e mostra cada vez mais consciência. (João Chiabi Duarte)
  • MARQUINHOS foi o melhor do Cruzeiro no 1º tempo, quando os colegas estavam medianos ou fracos. Saiu mais cedo, por um corte no rosto, no 2º tempo. (Hendrix)
  • DAGOBERTO não entrou muito inspirado, mas quando apareceu uma oportunidade, fez seu gol. (Síndico)
  • MARLONE entrou animado, procurando jogadas e quase fez seu gol, só parando numa saída providencial de Volpi. (Síndico)
  • MARCELO MORENO também tem sido muito importante no bom momento do time celeste, por incomodar a zaga adversária. Como neste jogo. (Daniel Carvalho)
  • MARCELO OLIVEIRA foi o melhor num jogo em que o coletivo superou o individual, visto que praticamente todos os jogadores se destacaram, mesmo debaixo de chuva e frio. Justamente por ter conseguido isto de seu time, o técnico foi o destaque. (KillerFox)
  • CRUZEIRO criou pouco na etapa inicial, devido à forte marcação imposta pelo adversário. Na etapa final, deu um baile a ponto de parecer que o outro time havia saído de campo. (Síndico)
  • FIGUEIRENSE fez um ótimo 1º tempo, encurtando a marcação, fechando espaços e aproveitando oportunidades para o contrataque. Chegou a criar duas chances de gol. No 2º tempo, contudo, foi nocauteado com dois gols em três minutos e levou um baile. O atacante Pablo e o lateral esquerdo Cereceda foram os destaques do time. (Síndico)
  • COMBO DE ARBITRAGEM. O Juiz viu pênalti numa encenação de Ricardo Goulart e perdeu muitos pontos. Os demais estiveram bem. (Síndico) /// Até cego viu que não foi pênalti. E só faltou o Juiz cobrar pra concluir seu trabalho. (Argel Fucks)
  • PROGRAMA SÓCIO DO FUTEBOL. Fui ao Mineirao com minha esposa e meu pai, porém, por equivoco, levei os antigos cartões do sócio e, quando tentei entrar, fui informado pelos funcionários do programa que aqueles cartões já nao valiam mais. Na hora, bateu aquela decepção (será que vou ter de voltar para casa?), mas logo em seguida fui encaminhado para o SAC do programa, que em menos de 10 minutos me entregou três vauches pra entrar no estádio. Fomos bem atendidos por todos, sai feliz como torcedor pela excelente vitoria e muito satisfeito como cliente de um programa que com essas atitudes so tende a crescer! (Gustavo Fonseca)

O que foi dito[editar]

  • MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: O Figueirense criou algumas chances no 1º tempo porque o campo estava encharcado e erramos alguns passes, mas valeu pela persistência. No 2º tempo, entramos forte, conseguimos o gol, e um gol sempre pode mudar a proposta do adversário. Na volta do intervalo, pedi aos jogadores pra apertarem a saída, eles entenderam bem e foram 15 minutos de pressão sem deixar o Figueirense respirar e os gols saíram naturalmente. O Figueirense marcou com precisão, porém essa marcação dura exige muito, ainda mais contra jogadores técnicos como os do Cruzeiro, então ninguém consegue marcar tanto tempo com essa precisão sem oferecer espaços. A torcida do Cruzeiro é parceira do time, torce, incentiva, marca presença, contagia os jogadores, mas temos que ter os pés no chão, apesar da confiança e de saber que temos um time forte. Hoje, foi de cinco, mas se fosse de um seria tão importante quanto.
  • DEDÉ, beque do Cruzeiro: Tenho que agradecer ao técnico Marcelo Oliveira que me passou toda a tranquilidade pra voltar ao time titular, depois de dois meses tratando do joelho. Fui abençoado com esse gol. Fico feliz, pois pensei em muita coisa nessa fase fora do time, por isto fiquei muito emocionado com o gol.
  • MARCELO MORENO, atacante do Cruzeiro: Atacante sempre quer fazer gol. Mas é tranquilo. O importante sempre pra este grupo são as vitórias, independentemente de quem faz os gols. Temos um grupo em que todo mundo se ajuda, todo mundo faz gol: zagueiro, volante, atacante. Não sobra a responsabilidade pra nenhum jogador. Enquanto for assim, será maravilhoso.
  • CELESTE CAMPOS, no PHD: Após o jogo, um amigo, sãopaulino, que havia falado comigo, pela última vez, quando fomos campeões, deixou esta frase no meu Fb: “Ninguém segura esse Cruzeiro, hein? Manteve o bom nível do ano passado. É o único time brasileiro que podemos assistir para ver bom futebol… Tá difícil achar jogo bom.
  • TEIXEIRA, no PHD: Impressionante a velocidade de todos, especialmente, do Myke, no gol do Goulart. Esse Marquinhos II cresce a cada jogo. O campeonato está apenas no seu terço inicial, é verdade, mas encarando cada jogo como o mais importante da vida, o Cruzeiro torna o difícil fácil e natural.
  • MARCBSB, no PHD: Vendo o jogo da arquibancada, me sinto em melhores condições pra dar pitaco sobre os jogadores: Marquinhos II esteve muito bem, buscou o jogo o tempo todo, mais pela esquerda, mas também ia lá na direita. Atuação coroada com um golaço. Henrique não aparece muito pra torcida, mas fica ligado pra dar o bote e roubar bolas. Grande atuação. Goulart joga com vontade e disposição impressionantes. Everton Ribeiro estava bem marcado, mas quando conseguiu escapar fez ótimas jogadas.

Fontes[editar]

Transmissão[editar]

  • Sportv