Cruzeiro 4x0 Uberlândia - 24/01/2018

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Caldense.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Tombense.png 1x2 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Mineiro 2018
Escudo Caldense.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Tombense.png 1x2 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 2x0 Escudo Tupi.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 1x0 Escudo América-MG.png
Contra Uberlândia
Escudo Uberlândia.png 2x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Última ficha →

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
4 × 0 Escudo Uberlândia.png
Uberlândia
3ª rodada do Campeonato Mineiro 2018
Data: 24 de janeiro de 2018 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 21:45 Estádio: Mineirão
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira Público pagante: 23.368
Assistente 1: Marconi Helbert Vieira Público presente: 25.242
Assistente 2: Sidmar dos Santos Meurer Renda: R$ 252.384,00 R$ 252.384 <br />Cr$ 252.384 <br />NCr$ 252.384 <br />Cz$ 252.384 <br />NCz$ 252.384 <br /> (preço médio: R$ 10,80 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Cruzeiro: Uberlândia:

1. Fábio 1. Felipe
22. Edilson 2. Cesinha
27. Manoel 3. Bruno Costa
4. Murilo 4. Ferron
6. Egídio 6. R. Estevam aos 38 do  (1T) 38'  (1T)
8. Henrique 5. João Paulo Cartão amarelo recebido aos 44  (1T) 44'  (1T)  
5. Ariel Cabral Substituição realizada 40' (2T) de jogo 40' (2T) ( 16. Lucas Silva ) 8. Daniel Pereira Substituição realizada 31'(2T) de jogo 31'(2T) ( 23. Danilo Bala )
19. Robinho 11. Leandro
30. Thiago Neves  Gol aos 42 do  (1T) 42'  (1T) Substituição realizada 36' (2T) de jogo 36' (2T) ( 7. Rafael Sóbis ) 7. Alê
10. De Arrascaeta Substituição realizada 25' (2T) de jogo 25' (2T) ( 18. Rafinha Gol aos 34 do  (2T ) 34'  (2T ) Gol aos 39 do  (2T ) 39'  (2T ) ) 10. Eliomar Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 19. Saulo )
9. Fred 9. Deivison Cartão amarelo recebido aos 47  (1T) 47'  (1T)  
Técnico: Mano Menezes Técnico: Catanoce
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: Uberlândia:
12. Rafael
3. Léo
13. Nonoca
17. Raniel
20. Bruno Silva
25. Marcelo Hermes
28. Digão
35. Messidoro

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 21h38 TIMES em campo. Cruzeiro, com uniforme tradicional; Uberlândia todo de verde.
  • 21h41 HINO Nacional.
  • 21h45 COMEÇA o jogo. Cruzeiro à direita, Uberlândia dá a saída.
  • 01 Perde e ganha no meio-campo. Times ainda longe da área adversária.
  • 02 PÚBLICO ocupa quase metade das cadeiras.
  • 03 Manoel rebate bola na meiuca. Ela fica com a defesa do Uberlândia.
  • 04 Arrascaeta recebe lançamento na direita, vai ao fundo e cruza. Felipe cata.
  • 05 Cruzeiro gira a bola em busca de espaço.
  • 06 Robinho recebe na área e cruza. Bruno Costa corta.
  • 07 Fred serve Arrascaeta, que chuta pra fora. Primeiro bom ataque celeste.
  • 08 Uberlândia tenta atacar, mas o passe é ruim. Tiro de meta, Cruzeiro.
  • 09 Troca de passes, Arrascaeta é travado quando tenta finalizar.
  • 10 Torcida Celeste está animada.
  • 11 Neves recebe na entrada da área, tenta girar e perde a bola.
  • 12 Neves disputa a bola na área e cai. Cruzeiro pede pênalti, Juiz manda seguir.
  • 13 Cesinha chuta de longe, bola passa longe do arco celeste.
  • 14 Arrascaeta é derrubado na intermediária. Falta perigosa.
  • 15 Edilson cobra forte, pra fora.
  • 16 Jogo encerrado. América 2×0 Tupi. Coelho chega ao 7º ponto e lidera.
  • 17 Jogada ensaiada do Cruzeiro na cobrança de falta. Neves chuta, Felipe pega firme.
  • 19 Deivison cabeceia bola de falta, Fábio espalma. Bandeira marca impedimento.
  • 21 Periquito se anima e insiste em atacar.
  • 22 Cruzeiro ataca pela direita, Neves sofre falta. Felipe defende a cobrança.
  • 23 Deivison recebe lançamento na área celeste. Leo corta.
  • 25 Neves é derrubado no meio de campo.
  • 26 Cruzeiro trabalha a bola pela direita. Robinho lança Edilson, que cruza mal.
  • 27 Egídio cruza d esquerda, defesa verde corta.
  • 28 Edilson cruza e Arrascaeta pega de prima. Bola sai rente à baliza uberlandense.
  • 29 Egídio avança pela esquerda até ser parado com falta por Cesinha.
  • 30 Egídio cobra falta na esquerda, defesa verde corta.
  • 31 Alê levanta a bola na área, defesa celeste corta. Lateral, Uberlândia.
  • 32 BALIZA. Neves serve Fred, com [asse de calcanhar. O centroavante arremata com chute cruzado, bola acerta o poste esquerdo. Na sobra, Arrascaeta chuta e Felipe salva o Uberlândia.
  • 35 Cruzeiro ataca pela direita. Lateral, Uberlândia.
  • 41 Falta na entrada da área verde. Boa chance pro Cruzeiro.
  • 42 GOL. Thiago Neves cobra falta encobrindo a barreira. Bola entra no ângulo esquerdo. Felipe salta, mas não alcança. CRUZEIRO 2×0.
  • 43 AMARELO. Deivison.
  • 44 AMARELOS. João Paulo, por reclamação.
  • 45 Deivison recebe na entrada da pequena área e chuta por cima do gol.
  • 47 FIM do 1º tempo. Placar reflete o que foi o jogo.

Segundo Tempo

  • 0 Recomeça a partida no Mineirão.
  • 0 ENTRA: Saulo
  • 0 SAI: Eliomar
  • 1 Uberlândia tenta pela direita. Egídio manda para a lateral.
  • 1 Resposta do Cruzeiro. Arrascaeta vai na linha de fundo e cruza. A zaga corta antes da finalização de Fred.
  • 2 Após o escanteio, Henrique completa e o goleiro manda novamente para a linha de fundo.
  • 3 Deivison é lançado, mas Egídio protege e evita a aproximação do atacante à área celeste.
  • 5 Fred lança Henrique na área. O volante fica cara a cara com o goleiro, mas prefere o passe e perde o lance.
  • 7 Cruzamento na área e Ferron manda a bola para as redes. O árbitro aponta impedimento do zagueiro do Uberlândia.
  • 9 Robinho acha Arrascaeta livre na área. Ele passa pelo goleiro, mas, Sem ângulo, chuta a bola na trave.
  • 11 Uberlândia tenta incomodar mais o Cruzeiro. O cruzamento não é aproveitado.
  • 12 Fred recebe na área, ajeita a bola, chuta e o zagueiro bloqueia.
  • 13 Egídio perde a bola, Saulo avança e, da entrada da área, chuta. Fábio defende.
  • 15 Cruzeiro troca passes na defesa.
  • 17 Cesinha tabela com Deivison, recebe na área, chuta e o goleiro defende.
  • 19 Cruzeiro trabalha a bola com tranquilidade à espera do melhor momento. Egídio recebe, cruza e a defesa tira.
  • 21 Rafael Estevam arrisca de fora da área, com estilo. A bola sai com perigo.
  • 22 Deivison recebe e chuta forte. Fábio manda para a linha de fundo.
  • 23 Mano Menezes chama Rafinha. Vem mudança no Cruzeiro.
  • 24 Escanteio para o Cruzeiro. O zagueiro Murilo sobe e cabeceia. Felipe defende.
  • 25 ENTRA: Rafinha
  • 25 SAI: Arrascaeta
  • 25 Novo escanteio para o Cruzeiro. Fred sobe mais que o zagueiro e cabeceia rente à trave. O camisa 9 ainda busca o primeiro gol no retorno ao clube.
  • 28 Rafinha recebe na entrada da área e chuta para fora.
  • 29 Cruzamento de Thiago Neves. Fred cabeceia em cima de Felipe.
  • 29 Rafinha recebe lançamento de Robinho na área e cabeceia para o chão. Felipe salva. No rebote, de fora da área, Fred acerta um voleio e o goleiro defende novamente.
  • 31 Thiago Neves arrisca de longe. A bola sair fraca e pela linha de fundo.
  • 32 ENTRA: Danillo Bala
  • 32 SAI: Daniel Pereira
  • 33 Egídio invade a área, disputa a bola com o zagueiro e cai. O árbitro marca apenas tiro de meta para o Uberlândia.
  • 34 Fred recebe lançamento de Robinho na área, escora para Thiago Neves, que passa para Rafinha. O meia completa para as redes.
  • 36 ENTRA: Rafael Sobis
  • 36 SAI: Thiago Neves
  • 38 Rafinha tenta o passe para Egídio, mas erra.
  • 39 Rafinha tabela com Sobis, que devolve de letra. O meia chuta na saída de Felipe.
  • 40 ENTRA: Lucas Silva
  • 40 SAI: Ariel Cabral
  • 41 Sobis chuta de longe, sem direção.
  • 42 Felipe defende bola de escanteio.firme.
  • 43 PÚBLICO: 25.242 presentes, 23.467 pagantes, R$252.384, média R$11.
  • 44 Sobis comete falta de ataque.
  • 45 Estevam cobra falta. Bola passa longe do arco celeste.
  • 46 ORGANIZADAS: Rapozama, Geral, Fanaticruz, Cachazeiros, Motozeiros, Máfia, China, Pavilhão, Jovem.
  • 47 FIM de jogo. Uberlândia não foi páreo pro Cruzeiro. Placar ficou bem em conta pro Periquito.

Vídeos

Bastidores do jogo
Coletiva pós jogo
Um dia de Cruzeiro

Atuações

  • TORCIDA CELESTE compareceu em bom número, mas pagando ingresso médio com preço de chuchu em fim de feita. Durante o jogo, fez o trabalho de praxe, com bandeiras, batuques e cantoria.
  • FÁBIO defendeu quase todas as bolas disparado contra a seu gol. Apenas uma entrou, mas o goleador estava impedido.
  • EDÍLSON mostrou personalidade, jogando sem afobação, com marcação firme e boas subidas ao ataque.
  • MANOEL jogou bem, sem enfeitar, nem se afobar com lançamentos precipitados.
  • MURILO simplificou cada jogada de tal forma que acabou passando despercebido, o que é ótimo pra um beque.
  • EGÍDIO jogou menos, a pedido do técnico. Isto quer dizer que foi menos ao ataque, dividindo as subidas com Edilson. Mesmo contido, esteve bem.
  • HENRIQUE, como sempre, esteve impecável na marcação, distribuição de bola e até nas aparições surpreendentes na área adversária.
  • CABRAL facilitou a vida de todos ao redor, com ótimos passes, boa cobertura e deslocamentos pra facilitar o passe do jogador coma bola.
  • ROBINHO jogou um pouco mais recuado que o habitual, numa linha de volantes com Henrique e cabral. Dos três, contudo, foi o que teve mais liberdade pra atacar. E foi assim que criou a jogada que resultou no gol contra de Estevam.
  • NEVES, além do golaço de falta, bons passes, tabelas e perfeito entendimento com Fred.
  • ARRASCAETA fez as bboas jogadas individuais de sempre, desta vez pela esquerda, e saiu muito aplaudido pela torcida.
  • FRED movimentou-se, passou, serviu, chutou, carimbou o poste, consagrou o goleiro adversário, só não fez o gol.
  • RAFINHA fez dois gols ena terceira partida do ano já igualou a marca de gols do ano passado, que foi de três. Tá voando neste início de temporada.
  • LUCAS, com o jogo decidido, jogou à vontade, inclusive com aquele antigo plano de emplacar um golaço de longa distância.
  • SOBIS serviu de letra pra um gol. Jogou com descontração, depois de muito tempo.
  • MANO trocou algumas peças, mantendo o rodízio planejado pra este início de temporada. E o time jogou com tranquilidade, construindo a vitória sem afobação.
  • CRUZEIRO jogou com tranquilidade poucas vezes vista. Não sofreu e ainda criou jogadas suficientes pra uma goleada ainda maior. E, coisa rara, ninguém jogou mal.
  • UBERLÂNDIA demorou a sair pro jogo e, quando fez, pagou caro. Foi um time certinho, mas sem imaginação pra criar jogadas. O goleiro Felipe fez pelo menos quatro defesas difíceis e, por pouco, não leva o “Motorádio”.
  • ÁRBITROS erraram ao marcar a falta que deu origem ao segundo gol e acertaram ao anular o gol do Uberlândia. As demais decisões obedeceram ao livrinho de regras.

O que foi dito

  • MANO MENEZES: Fizemos novamente boa partida, contra um bom adversário, melhor que o da estreia. Tenho certeza que o público ficou feliz, mais uma vez. Enquanto isso vamos ajustando a equipe e entrosando algumas peças que chegaram, tentando solidificar uma ideia de jogar. É o principal neste momento.Iniciamos bem pela direita, com boas passagens. Depois, afunilamos um pouco, pelas características dos jogadores. Nenhum é de beirada. São esses ajustes que precisamos fazer. Precisamos dar amplitude lateral e abrir as defesas adversárias. Isso só vem com imagens e correções. Temos tido a facilidade de aproximação por dentro pelas características dos atletas. Temos que ter um pouquinho mais de paciência, mas isso vem com o tempo, as vitórias e os resultados que dão confiança aos jogadores. A base do ano passado foi qualificada e isso começa a se ver na variação de jogadas que temos. Melhorou o repertório, era o que queríamos. São jogadores que naturalmente se entendem e tudo tem a ver com as características e qualidade individual. Fizemos quatro, poderíamos ter feito seis. Acho que isso deixa bem claro a qualidade que temos. Vamos fazer os ajustes que precisam ser feitos, como posicionamento, revezamento dos laterais, que não precisam apoiar ao mesmo tempo. O referencial dos dois é onde o companheiro está do outro lado. Assim eles vão revezando e sobra qualidade pra todo mundo. Vamos ter muitas oportunidades pra eles criarem boas jogadas.
  • DOUGLAS VELLOSO: O Cruzeiro fez o seu jogo, trocando passes, alternando jogadas pelos lados e boas tabelas na entrada da área adversária. Foram quatro gols, mas poderia ter sido seis, sete. O Uberlândia deixou o Cruzeiro jogar, só mostrando sua cara no início do 2º tempo. A saída de bola do Cruzeiro foi o diferencial, com dois laterais sem receio de construir jogadas, com Henrique e Cabral preenchendo o meio e entregando a bola com qualidade. E com tabelas rápidas e inteligentes no ataque. A expectativa de um bom ano vai saindo do papel.
  • BRUNO BRAGA: Vi o replay do terceiro gol 10 vezes, por baixo. A jogada começa antes do meio-campo, com o Henrique. Pintura!
  • BRUNO SETELAGOAS: Boa, Cabuloso! Cada jogada mais bonita que a outra. É isso que leva torcida ao campo, a despeitada qualidade dos adversários.
  • FLÁVIO CARNEIRO: Apesar do placar, não foi uma partida brilhante do time, o que é natural nessa fase de preparação. Os destaques foram Murilo, Robinho, Rafinha e Neves, o melhor em campo.
  • LEO ANCHIETA: Fred joga fácil. Com um toque na bola clareia uma jogada e coloca os companheiros na cara do gol. Criou, no mínimo, umas oito jogadas boas de gol.

Fontes

Transmissão

  • PPV