Cruzeiro 4x0 Guarani-PAR - 22/02/2011

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 2x0 Escudo Betim.png Gol aos do Escudo América-TO.png 1x2 Escudo Cruzeiro.png
Por Copa Libertadores da América
Escudo Cruzeiro.png 5x0 Escudo Estudiantes.png Gol aos do Escudo Tolima.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Arena do Jacaré
Escudo Cruzeiro.png 2x0 Escudo Betim.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 7x0 Escudo Democrata-GV.png
Contra Guarani-PAR
← Primeira ficha Gol aos do Escudo Guarani-PAR.png 0x2 Escudo Cruzeiro.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
4 × 0
Escudo Guarani-PAR.png

2ª rodada - Fase de Grupos da Copa Libertadores da América 2011

Placar
Cruzeiro 4-0 Guarani-PAR
Súmula/Borderô não disponível

Informações

Data: 22 de fevereiro de 2011 às 19:15
Local: Sete Lagoas, MG
Estádio: Arena do Jacaré

Árbitro: Raúl Orozco
Assistente 1: Jorge Calderón
Assistente 1: Efraín Castro


Público e Renda

Público pagante: 12.067
Público Presente: 13.271
Renda: R$ 275.668,02 R$ 275.668,02 <br />Cr$ 275.668,02 <br />NCr$ 275.668,02 <br />Cz$ 275.668,02 <br />NCz$ 275.668,02 <br /> (preço médio: R$ 22,84 )


Escalações

Cruzeiro
  1.  Fábio
  2.  Pablo
  3.  Gil Cartão amarelo recebido aos  (1)
  4.  Victorino Cartão amarelo recebido aos  (1)
  5.  Marquinhos Paraná
  6.  Diego RenanSimbolo jogador base.png
17.  Roger Substituição realizada 30' (1T) de jogo 30' (1T) ( 11. Thiago Ribeiro  Gol aos 44 do  (2T ) 44'  (2T ) )
  8.  Henrique
  9.  Wellington Paulista Substituição realizada de jogo ( 19. Farías  Cartão amarelo recebido aos Gol aos 40 do  (2T ) 40'  (2T ) )
10.  Montillo Cartão amarelo recebido aos  (1)
16.  Wallyson  Gol aos 30 do  (1T) 30'  (1T) Gol aos 19 do  (2T) 19'  (2T) Substituição realizada 36' (2T) de jogo 36' (2T) ( 18. Dudu Simbolo jogador base.png )
Técnico: Cuca

Guarani-PAR
  1. Pablo Aurrecochea
  4. Eduardo Filipini
14. Ithurralde Substituição realizada de jogo ( 8. Pedro Chavez Substituição realizada de jogo ( 2. Bartomeus ) )
22. Federico Carballo
  3. Marecos
13. Joel Benítez
  5. Ángel Ortiz
16. Miguel Paniagua Cartão amarelo recebido aos
  6. Jorge Mendoza Substituição realizada de jogo ( 10. Hobecker )
23. Julián Benitez
  9. Escobar Cartão amarelo recebido aos
Técnico:


Reservas que não entraram na partida


Pré-Jogo[editar]

O Cruzeiro está em 1º lugar no grupo com 3 pontos e 5 gols de saldo. O Guarani é o 3º com zero ponto e 1 gol de déficit.

Gilberto, contundido, desfalcará o time celeste. Será substituído por Pablo indo Diego Renan para a lateral-direita.

Emerson Ávila, Coordenador Técnico do Cruzeiro, foi a Ibagué, Colômbia, e viu Deportes Tolima 1×0 Guarani.

Treinador Cuca sobre o campeão paraguaio: A bola parada é um ponto forte deles. Estão sempre buscando o centroavante alto, que é a referência. O segundo atacante sabe encostar pra fazer as jogadas ofensivas. O lado direito sai com força. Os volantes também. Jogam como os demais times paraguaios, com duas linhas de quatro. Vamos ter dificuldade para penetrar na defesa deles. É preciso virar o jogo de um lado pra outro, ter qualidade individual. Temos de nos preparar para um jogo duro.

Lance a lance[editar]

Primeiro Tempo[editar]

  • 19h15 – Começa o jogo. Cruzeiro com uniforme tradicional, defende o gol à esquerda das tribunas. Guarany, com camisas de listras verticais amarelas e pretas, calções e meias pretas.
  • 00 – Banco do Cruzeiro: Rafael Monteiro, Rômulo, Leo Simões, Leandro Guerreiro, Dudu, Thiago Ribeiro e Ernesto Farías.
  • 01 – Pablo cruza da direita, Montillo domina na área e chuta por cima do gol. A bola passa rente ao travessão.
  • 01 - Roger lança pelo alto, Joel Benítez tira de cabeça, mas faz falta em Diego Renan.
  • 01 – Montillo cobra a falta com Pablo pela direita, o lateral cruza, o argentino domina na área e chuta por cima do gol. A bola passa rente ao travessão do goleiro.
  • 02 - Eduardo Filipini avança pela direita e tenta o cruzamento. A bola bate na marcação e sai pela lateral.
  • 03 - Escobar faz falta no campo de ataque e recebe o amarelo.
  • 04 - Wallyson recebe na direita e rola para Montillo que cruza rasteiro. A bola desvia na zaga e fica com o goleiro Pablo Aurrecochea.
  • 05 - Longo lançamento para o campo de ataque, Benítez domina na entrada da área, leva a marcação e chuta forte, por cima do gol.
  • 06 - Montillo cobra escanteio da direita, Henrique aparece na primeira trave, mas manda a bola para fora.
  • 07 - Henrique derruba Julián Benítez no campo de ataque e o adversário pede o amarelo.
  • 07 - A bola sobra com Menoza na esquerda, ele tenta o cruzamento, a bola bate em Victorino e sai pela lateral.
  • 08 - Marecos recebe na entrada da área, ganha na corrida do marcador e chuta forte. Na hora do chute, Victorino consegue o desvio pela linha de fundo.
  • 09 - Cruzamento da esquerda e Pablo Aurrecochea fica com a bola.
  • 09 – Cena de terror! Eduardo Filipini cruza da direita, Escobar se antecipa à bequeira celeste e cabeceia. Bola acerta o poste direito do arco celeste.
  • 10 - Marquinhos Paraná entra firme em Julián Benítez e os paraguaios pedem o cartão.
  • 11 - O jogo começa muito movimentado.
  • 12 - Wallyson tenta a jogada individual pela ponta direita e é derrubado por Marecos. O árbitro marca a infração.
  • 13 - Roger cobra ensaiado com Montillo. O meia chuta forte, a bola bate na marcação e sai pela linha de fundo.
  • 14 - Escobar sente dividida e fica caído no gramado. O Guarani segue no ataque e, quando o Cruzeiro recupera a bola, o árbitro para o lance para o atendimento ao atacante.
  • 15 - O árbitro vai dar bola ao chão.
  • 16 - Julián Benítez devolve joga a bola pela linha de fundo, devolvendo a posse para o Cruzeiro.
  • 17 - Henrique carrega pelo meio, vê Diego Renan entrando pela esquerda e faz o passe. O lateral domina e arrisca o chute, porém, a bola sobe muito e sai longe do gol.
  • 18 - Victorino dá bom passe para Pablo na ponta direita, o lateral chega bem e cruza rasteiro. Wellington Paulista se antecipa na primeira trave, mas Ithurralde corta pela linha de fundo.
  • 19 - Pressão do Cruzeiro. Após escanteio cobrado da direita, Diego Renan domina a bola na esquerda e levanta na área. Wellington Paulista, livre na área, cabeceia à esquerda do gol de Aurrecochea.
  • 20 - Escobar recebe pelo alto, disputa com a marcação e sofre a falta na intermediária.
  • 21 - O próprio Escobar vai para a cobrança e chuta direto para o gol. A finalização sai torta, à direita de Fábio.
  • 22 - Após várias trocas de passes, Roger recebe na intermediária e levanta na área, nas mãos do goleiro Aurrecochea.
  • 23 - Roger tenta outra jogada no ataque. Dessa vez o meia pega sobra na entrada da área e tenta o chute de primeira, mas a bola sobe muito, saindo longe do gol.
  • 24 - Pablo avança pela direita e cruza forte, na segunda trave. Roger tenta, mas a marcação leva a melhor.
  • 25 - Em rápido contra-ataque pelo meio, Julián Benítez limpa a marcação e abre com Marecos na esquerda. Porém, o assistente levanta a bandeira marcando o impedimento.
  • 26 - Pablo ataca pela direita mais uma vez, mas se desequilibra e deixa a bola sair pela linha de fundo.
  • 27 - Diego Renan recebe pela esquerda, limpa para dentro e levanta na área para Wallyson. O auxiliar marca o impedimento do atacante.
  • 28 - Muitos erros de passes no meio-campo.28 - Filpini avança pela direita e cruza para Escobar na área. O levantamento é muito alto e o atacante não alcança a bola, que fica com a defesa azul.
  • 30 – Gol! Montillo cobra escanteio da esquerda, Filipini corta mal no 1º pote, fica com o rebote e chuta forte, rasteiro, no canto esquerdo do arco paraguaio. Cruzeiro 1×0.
  • 31 - Jorge Mendoza recebe pela esquerda, passa da bola e faz a falta em Pablo.
  • 32 - Wallyson tabela com Montillo pela direita e toca na área para Wellington Paulista. O atacante tenta, mas não consegue o domínio.
  • 33 - Montillo recebe na ponta direita e rola para Roger atrás. O meia tenta o chute colocado, mas Joel Benítez faz o corte de carrinho.
  • 34 - Falta para o Guaraní na intermediária.
  • 35 - Wallyson avança pela direita, entra na área, divide com Marecos e pede o pênalti. O árbitro ignora e dá a posse de bola para o Guaraní.
  • 36 - Victorino faz falta pelo lado direito do campo de defesa e recebe o amarelo. O lance pode levar perigo.
  • 37 - Ángel Ortiz vai para a cobrança e chuta em cima da barreira.
  • 37 - Henrique puxa rápido contra-ataque pela meia-esquerda, mas é derrubado por Paniagua, que recebe o amarelo.
  • 39 - Montillo rouba a bola no ataque, tabela com Wallyson e o lateral cruza na área. Federico Carballo corta de cabeça pela linha de fundo.
  • 40 - Ithurralde é pressionado na saída de bola e dá um chutão para o campo de ataque. A bola não encontra ninguém e sobra para o goleiro Fábio.
  • 41 - Pablo recebe de Marquinhos Paraná pela direita, olha para a área e levanta para Wellington Paulista. O árbitro para o lance e dá a posição irregular do atacante.
  • 42 - Yellowgil! Gil segura Julián Benítez no meio e recebe o amarelo.
  • 43 - Ithurralde cobra na área com Escobar, que desvia fraco e a bola fica com Fábio.
  • 44 - Iremos até os 46.
  • 45 - Diego Renan recebe pela ponta esquerda, Filipini chega na marcação e corta para escanteio.
  • 46 - Montillo cobra na área, Escobar corta e o árbitro termina o primeiro tempo.

Segundo Tempo[editar]

  • 20h20 – Começa o 2º tempo. Times mantêm a formação com que terminaram a etapa inicial.
  • 01 - Benítez recebe na direita e lança Escobar na área. O atacante entra pela direita, chutando cruzado. A bola atravessa toda a área e a defesa sai jogando.
  • 02 - Pablo toca com Montillo pela ponta direita, ele tenta o levantamento, mas a bola sai direto pela linha de fundo.
  • 03 - Henrique tenta a enfiada pelo meio, mas Marecos faz o corte.
  • 04 - O Cruzeiro ronda a área do adversário.
  • 04 - Wallyson recebe pelo lado direito e arrisca de longe, a bola sai pela linha de fundo. Começa a chover forte em Sete Lagoas.
  • 05 - Lançamento para Wellington Paulista pelo alto, o goleiro Aurrecochea sai do gol e fica com a bola.
  • 06 - Filipini cobra lateral com Ortiz pela direita, ele se atrapalha no domínio e a bola sai pela linha de fundo.
  • 07 - Pablo levanta da direita e Ithurralde afasta na entrada da área.
  • 08 - Wellinton Paulista toca para Roger na intermediária. O meia faz fila em direção a área, mas é desarmado.
  • 09 - Montillo entra na área pela direita, recebe a marcação e cai no gramado. O árbitro dá o tiro de meta e mostra o amarelo para o argentino.
  • 10 - Pablo é lançado pela direita, mas Marecos toma a frente e fica com a bola.
  • 11 - Diego Renan toca em Wellington Paulista pela esquerda, recebe na frente, entra na área e chuta prensado. A bola sai por cima do gol e o árbitro da o escanteio.
  • 12 - Corner cobrado e o árbitro dá falta de ataque.
  • 13 - Substituição no Guaraní: sai Jorge Mendoza, entra Hobecker.
  • 14 - Montillo carrega pela esquerda e erra o passe para Wellington Paulista.
  • 15 - O Cruzeiro mantém a posse de bola e o adversário fica todo atrás.
  • 16 - Wallyson recebe pela direita, toca em Montillo na área, ele tenta a jogada, mas sai com bola e tudo pela linha de fundo.
  • 16 - O Cruzeiro muda pela primeira vez. Wellington Paulista sai de campo aplaudido e Farias entra em seu lugar.
  • 18 – Gol! Montillo faz a jogada pela esquerda passa a Wallyson dentro da pequena área. O atacante domina com categoria e chuta na saída de Aurrecochea. Cruzeiro 2×0.
  • 19 - A torcida celeste vibra muito nas arquibancadas.
  • 20 - Escobar domina a bola pelo lado direito do ataque e sofre falta de Diego Renan. Hobecker se prepara para levantar a bola na área.
  • 21 - Hobecker cobra mal, na entrada da área, e zaga corta.
  • 22 - Henrique domina na meia-direita, arrisca de longe, mas pega muito mal na bola, que sai pela lateral.
  • 23 - Montillo faz boa jogada na área, a bola sobra com Farias livre, mas o árbitro para o lance e dá o impedimento.
  • 24 - Marquinhos Paraná erra o passe no meio-campo e o Guaraní parte para o ataque.
  • 25 - Farias recebe o amarelo.
  • 26 - Roger recebe de Diego Renan no meio, passa do primeiro adversário e é derrubado pelo segundo. Falta para o Cruzeiro.
  • 27 - Os visitantes mudam pela segunda vez. Entra Pedro Chavez e sai Ithurralde.
  • 28 - Paniagua avança em velocidade pela esquerda, mas cruza fraco. A zaga afasta com tranqüilidade.
  • 29 - Julián Benítez avança pela meia-esquerda, limpa o lance e chuta colocado. A bola sai à esquerda de Fábio.
  • 30 - Cuca faz outra mudança na equipe. Sai Roger, bastante aplaudido, e entra Thiago Ribeiro.
  • 30 - Farias recebe longo lançamento pela esquerda, corre, evita a saída e cruza em cima da marcação.
  • 31 - Ortiz domina na intermediária e toca para Marecos que chega de trás. O lateral arrisca de fora da área, mas o tiro sai sem direção.
  • 32 - Montillo puxa contra-ataque pelo meio e lança Thiago Ribeiro em velocidade pela direita. Ele se desequilibra na área e o zagueiro fica com a bola.
  • 33 - O técnico do Guaraní faz uma alteração inusitada. Ele tira Pedro Chavez, que acabou de entrar, e coloca Bartomeus no seu lugar.
  • 34 - Montillo recebe de Thiago Ribeiro na área, limpa a marcação e chuta colocado, buscando o ângulo esquerdo do goleiro. A bola sobe muito e sai pela linha de fundo.
  • 35 - Thiago Ribeiro recebe pela meia-esquerda, corta para o meio e arrisca. A bola sobe muito, saindo longe do gol.
  • 36 - Última substituição da partida. Entra Dudu e sai Wallyson, ovacionado pela torcida.
  • 37 - Muito recuado, o Guaraní arrisca nos chutes de fora da área.
  • 39 - Paniagua entra firme em Marquinhos Paraná no circulo central e o árbitro marca a falta. O time da casa pede o amarelo, mas o árbitro só fica na conversa.
  • 40 - Outra falta! Ortiz faz falta no meio e recebe o amarelo.
  • 41 – Gol! Dudu faz jogada individual pela esquerda, entra na área e passa a Farias que, livre no segundo poste, empurra a bola pra rede. Cruzeiro 3×0.
  • 43 – Gol! Thiago Ribeiro domina na intermediária e cAurrecochea voa, mas não alcança a gorduchinha. Cruzeiro 4×0.
  • 45 - Levantamento em cobrança de falta da esquerda e Farias corta de cabeça ajudando a zaga.
  • 46 - Julián Benítez chuta forte da entrada da área e Fábio cai no canto direito para fazer a defesa.
  • 47 - Fim de jogo. Faltas: 14×14. Escanteios: Cruzeiro 7×2. Melhor em campo, segundo a Itatiaia: Wallyson.

Vídeos[editar]

Gols. Globoesporte.com

Atuações[editar]

  • Fábio – Defendeu todas as fáceis, esteva presente no lugar certo nos lances mais difíceis e fez uma saída de gol fenomenal. (João Chiabi Duarte)
  • Pablo – Andou vacilando nos cruzamentos e errou alguns passes, nada que comprometesse a sua atuação. (João Chiabi Duarte)
  • Victorino – Perdeu um lance quando deixou o atacante finalizar, no mais atuação perfeita. Sóbrio, boa colocação, boa orientação e antecipação. (João Chiabi Duarte) Tranquilo, não se apavora nem com eventuais falhas. (Síndico)
  • Gil – Um amarelo imerecido, atuação segura. Sóbrio como deve ser um zagueiro. (João Chiabi Duarte) Querendo ou não, merecendo ou não, sempre ganha um cartão amarelo. a torcida agradece sempre que a falta ocorrer longe da área. é um beque em construção. (Síndico)
  • Diego Renan – Incrível como o Bob Faria pega no pé dele. Faltou, na verdade, alguém pra jogar do lateral esquerdo. (João Chiabi Duarte) Tem que encurtar a distância, garoto! E cuidar da defesa antes de sair a toda hora para o ataque. Quando aprender a dosar sua fome de bola, vai emplacar de vez. (Síndico)
  • Marquinhos Paraná – Ficou mais contido na marcação. Como Henrique não estava bem, inverteram de posição e ele ajudou a manter a bola. Errou um passe ou outro só para o Dylan ter o que falar. (João Chiabi Duarte) / Marcou Julián Benítez, o melhor paraguaio, protegeu a bequeira e fez o pivô na meiúca carimbando todas as bolas que o Cruzeiro fez girar pra cansar o Guarany e tentar abrir brechas em sua defesa. Outra grande atuação a despeito de ter errado dois passes. (Síndico)
  • Henrique – Lutou muito, mas não esteve tão bem. Errou passes e não acertou os chutes longos como de costume. (João Chiabi Duarte)
  • Roger Galera – Faltou inspiração. Atuação regular. Quem não gosta dele vai detoná-lo. (João Chiabi Duarte)
  • Montillo – Participou do jogo, chutou a gol, criou situações e descobriu Wallyson no 2° gol com uma assistência perfeita. (João Chiabi Duarte)
  • Wallyson – Fez 2 gols, participou ativamente do jogo. Está em fase maravilhosa. Vem correspondendo. (João Chiabi Duarte) Forte, animado, defende e ataca. E, agora, cismou de fazer gols. Está impossível! Quando aprender a cruza, vai acabar selecionado pelo Mano Menezes. (Síndico)
  • Wellington Paulista – Lutou, fez desarmes, teve garra, mas, não apareceu pra concluir. Considere-se também que não recebeu nenhuma bola açucarada pra decidir. (João Chiabi Duarte)
  • Dudu – Entrou a dez minutos do fim e sua presença gficou registrada no terceiro gol. (João Chiabi Duarte)
  • Thiago Ribeiro – O banco o tornou mais objetivo. Quando entra, faz gol e dá assistências, mesmo ficando menos de um tempo em campo. A frase dele na entrevista “quem não arrisca não petisca” pode ser sua nova divisa. Se ele cumprir o prometido, Cuca terá de mudar o esquema pra incorporá-lo ao time. (João Chiabi Duarte)
  • Farias – Entrou ligado e, até que enfim, fez um gol que valeu. (João Chiabi Duarte)
  • Cuca – Foi coerente na escalação e feliz nas substituições. Estudou bem o adversário e não caiu na empáfia de quem garantia jogo fácil. O Guarany tem boas jogadas de bola parada e dar[á trabalho sempre que jogar fechado. Percebendo so riscos da partida, Cuca segurou Diego Renan e acabou com a jogadinha do campeão paraguaio. (João Chiabi Duarte)
  • Torcida – Boa presença e muita animação. Foi castigada pelo recente absenteísmo com um toró pesado na cabeça durante todo o segundo tempo. (Síndico)
  • Juiz & Bandeiras - Orosco marca poucas faltas. Com el, o jogo flui. Mas também fica mais pegado e sempre a um passo de destrambelhar. Os auxiliares enxergam bem até debaixo de temporal. Bom trabalho do trio. (Síndico)
  • Guarany – O treinador argentino montou uma boa retranca, blefou sacando um beque pra colocar mais um atacante, mas recuou rapidim quando Cuca contra-atacou aumentando o poder de ataque celeste. Dentro de campo, Julián Benítez foi o mais lúcido e perigoso com deslocamentos, serviços e chutes de boa qualidade. Filippini mostrou-se competente no apoio ao ataque. O Guarani criou 4 oportunidades de gol, o que não é pouco. (Síndico)

O que foi dito[editar]

  • Dudu, meia atacante do Cruzeiro: “Graças a Deus, venho tendo chances de entrar e ajudar o Cruzeiro. Espero continuar assim até o fim do ano. Estou bem preparado, sempre treinando para fazer um bom trabalho. Meu objetivo é aproveitar a oportunidade e corresponder.
  • Wallyson, atacante do Cruzeiro: Hoje tive boa atuação. Estou em bom momento, graças a Deus. Tomara que consiga manter este ritmo.
  • Cuca, treinador do Cruzeiro: Estou feliz, mas não satisfeito. Como não ficar feliz ganhando de 4 na Libertadores? Só se eu for mentiroso. Temos que melhorar, principalmente, em relação ao 1º tempo de hoje. Dar mais velocidade à bola, mais dinamismo, mais ocupação dos espaços ofensivamente com os meias. Se a gente fizer isso, passa bem de fase. Os jogadores são conscientes, eles também estão felizes, mas não satisfeitos, porque a gente pode mais. Hoje, tivemos a fortuna de fazer o gol num momento em que o jogo era complicado. Quem entrou, entrou bem, e o 2ª tempo foi tranquilo até o finalzinho. O Wallyson fica até bravo comigo de tanto que pego no pé dele. Não adianta querer ir pra cima de três. Você leva porrada e toma contra-ataque. Ele está fazendo tudo certinho, estamos muito contente, mas ele pode mais.
  • Roger Galera, armador do Cruzeiro: Seria muito complicado pela postura da equipe adversária. A gente teria que ter paciência pra fazer os gols devagar e construir um resultado agradável. Isto aconteceu. O torcedor entendeu que o time construiu a jogada, teve toque de bola, trabalhou de um lado pra outro, teve paciência, encontrou espaços, fez dois gols e aí ficou fácil, porque eles começou a sair. A gente colocou jogadores mais rápidos, e no fim o contra-ataque foi mortal. A liderança era o objetivo, os cálculos foram em cima disso: conseguir os 6 pontos nos dois primeiros jogos em casa pra ter tranqüilidade.
  • Pablo, lateral direito do Cruzeiro: Foram vitórias importantíssimas. Estamos falando de Libertadores, competição super importante. Jogamos dois jogos em casa e, graças a deus, fizemos os resultados. Vencemos bem o Guaraní, como ocorreu contra o Estudiantes, mas estamos cientes de que hoje não atuamos como contra o Estudiantes. Agora vamos trabalhar para repetirmos atuações como aquela.
  • Ernesto Farias, centroavante do Cruzeiro: Sempre trabalho pra jogar como titular. Desde que cheguei, tenho condições físicas e tratei de fazer meu melhor pra ganhar minha vaga. Tenho que ganhar espaço e pegar confiança. Todo jogador precisa de oportunidade e confiança dos companheiros e do técnico. Sem continuidade não se joga bem. Entrei outro dia aos 45, agora meia hora. Fazia muito tempo que não jogava. Nem me lembro da minha última partida como titular, isso é muito tempo para um jogador. O jogador argentino gosta de Libertadores. Eu também gostava da Liga dos Campeões, são competições que não precisa só jogar bem. Pra conseguir o resultado, precisa juntar a condição física, a garra e a técnica.
  • Simone Castro, no PHD: Victorino foi um dos destaques! Nos dois jogos. Contra o Estudiantes, vi que tem um bom desarme, principalmente, por baixo, está em todas as bolas, antecipa as jogadas, tem ótima impulsão, e uma qualidade fundamental para todo zagueiro: tranquilidade, frieza. Ele calou alguns jornalistas mineiros que deram mais ênfase à sua altura, como se ótimos zagueiros não tão altos nunca tivessem existido.
  • Renan Vieira, no PHD: Tenho minhas reservas em relação ao Cuca como treinador, mas futebol é resultado, e nisto ele é inquestionável no Cruzeiro até o momento. estou menos resistente até com sua insistência em jogar com dois meias, pois ele está conseguindo solucionar o problema da defesa mais aberta com os volantes mais presos e cobrindo os alas quando necessário. Às vezes, fico com a impressão que ele não estuda o adversário, lançando o time todo ao ataque sem se preocupar com as consequências. Mas, na verdade, no últimos jogos, o Cuca criou sistemas sólidos e mexeu cirurgicamente; tanto antes, como no decorrer das partidas. Nosso comandante está fazendo um belo trabalho no Cruzeiro.
  • Walterson Almeida, no PHD: Algumas impressões: 1. Escobar parecia o Fábio Jr, mas jogou como WP, caindo e reclamando. Sujeitinho mala! 2. por falar em WP, ele roubou algumas bolas. 3. Na disputa Wellingol x Yellowgil, o beque confirmou o favoritismo nas busca pelos 30. Minha previsão de que WP não disputará 30 partidas, vai se confirmar. 4. O narrador do SporTV parecia o nosso Vibrante errando o nome dos jogadores. Teve uma hora em que, segundo ele, Paraná perdeu uma bola quase dentro da área adversária, saiu correndo atrás do marcador na direita. O adversário lançou a bola na ponta esquerda e eis que aparece o Paraná pra interceptá-la. Logo ele que estava tão longe.
  • Cláudio Xina Lemos, no PHD: Putz, que chuva! Cheguei ensopado da arena. O jogo esquentou com a chuva. O 1º tempo, com o guarani retrancado e um juiz que mal sabia se posicionar e atrapalhava o Cruzeiro, foi difícil. Variando entre duias linhas de 4 e uma de 4 outra de 5, o Guarani dificultava a penetração com a ajuda de Cuca, que inssitia com com o inutil WP. Wallison tá matando a pau. Que momento vive o menino! Com a chuva. o Cruzeiro abriu mais o jogo. Roger não esteve bem: lento e prendendo demais a bola. O Cruzeiro foi paciente, ganhou mais 3 pontos e construiu ótimo saldo. Roger errou um monte de passes, travou o time prendendo a bola excessivamente e atrapalhou o Montillo, que se deslocava pra receber e não recebia. No 1º tempo, Henrique foi muito mal. Espero que a partida do Roger ontem não seja uma recaída e que ele volte a atuar como jogou contra o Estudiantes.
  • Eduardo Arreguy Campos, no PHD: Cuca arriscou e se deu bem. O Guarani trocou um zagueiro por um atacante e o Cuca colocou mais um atacante, passando a jogar com três, num momento em que o meio de campo do Cruzeiro caía de produção. O técnico do Guarani piscou e tirou o atacante, retornando um zagueiro, mas não adiantou. Cuca é sortudo ou é competente?
  • Beth Makennel, no PHD: O Cruzeiro começou meio devagar. Não estava com aquela garra como no jogo contra o Estudientes. Deve ter sido estratégia e tática do Cuca. Não existe time fraco na Libertadores. É preciso estudar o adversário e saber jogar com inteligência pra vencer. Estou entusiasmada com o menininho Wallyson. Tomara que seja um novo Fenômeno, atrevido e objetivo. Bom também é ver o Cuca mexer direitinho no time para substituição. Não concordo de que o WP esteja mal. Ele está fazendo a função de pivô. Vai se acostumar. É muito lutador e tem contribuído pro time. Está é faltando um “matador” de área.

Fontes[editar]

Transmissão[editar]

  • Sportv