Cruzeiro 3x1 São Paulo - 04/09/2002

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Flamengo.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 0x2 Escudo Guarani.png
Por Campeonato Brasileiro
Escudo Flamengo.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 0x2 Escudo Guarani.png
No estádio Independência
Escudo Cruzeiro.png 1x1 Escudo Bahia.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 0x2 Escudo Guarani.png
Contra São Paulo
Escudo São Paulo.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo São Paulo.png 2x4 Escudo Cruzeiro.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
3 × 1 Escudo São Paulo.png
São Paulo
1ª Fase do Campeonato Brasileiro 2002
Data: 4 de setembro de 2002 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 20:30 Estádio: Independência
Árbitro: Antônio Pereira Silva Público pagante: 16.271
Assistente 1: Público presente: Não disponível
Assistente 2: Renda: Não informado
Súmula: Não disponível
Escalações
Cruzeiro: São Paulo:

1. Gomes Substituição realizada de jogo ( Alexandre Fávaro ) 1. Roger Noronha
2. Cris 2. Jean
3. Luisão Cartão amarelo recebido aos Gol aos 3 do  (2T) 3'  (2T) 3. Régis
4. Leandro Silva 4. Gabriel Substituição realizada de jogo ( Rafael Cartão amarelo recebido aos )
5. Maicon 5. Jorginho Paulista Cartão amarelo recebido aos Substituição realizada de jogo ( Gustavo Nery )
6. Augusto Recife 6. Fábio Simplício Substituição realizada de jogo ( Leandro Amaral )
7. Fernando Miguel Cartão amarelo recebido aos 7. Kaká
8. Jorge Wagner 8. Maldonado
9. Vander Substituição realizada de jogo ( Wendel ) 9. Ricardinho Cartão amarelo recebido aos
10. Fábio Júnior Gol aos 40 do  (2T) 40'  (2T) 10. Luís Fabiano Cartão amarelo recebido aos Gol aos 27 do  (2T) 27'  (2T)
11. Marcelo Ramos Gol aos 24 do  (1T) 24'  (1T) Substituição realizada de jogo ( Alessandro Oliveira ) 11. Reinaldo
Técnico: Vanderlei Luxemburgo Técnico: Oswaldo de Oliveira
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: São Paulo:

Jogo

O São Paulo perdeu nesta quarta-feira a liderança do Campeonato Brasileiro, ao ser derrotado pelo Cruzeiro, por 3 a 1, em Belo Horizonte.

Com a segunda derrota no Nacional, a equipe permanece com os mesmos 16 pontos de Juventude e Atlético-PR. O clube paranaense, porém, tem melhor saldo de gols que o paulista -agora o segundo colocado- e o gaúcho.

Com a sétima formação em oito jogos pelo Campeonato Brasileiro, o São Paulo não conseguia manter a posse de bola por mais tempo que o rival mineiro.

O badalado meio-campo do São Paulo, formado pelos pentacampeões Ricardinho e Kaká, não teve o desempenho esperado.

Nos primeiros dez minutos do jogo, somente o Cruzeiro chegou à área adversária, principalmente pelo lado esquerdo de seu ataque.

O primeiro ataque são-paulino só aconteceu aos 11 minutos, num chute de fora da área de Gabriel.

Apesar do domínio mineiro no jogo, a primeira grande chance de abrir o marcador foi do São Paulo, aos 22 minutos, numa jogada iniciada por Reinaldo (que ostentou a faixa de capitão, devido à ausência do goleiro Rogério, lesionado).

O atacante, num contra-ataque, enfiou a bola entre os zagueiros do Cruzeiro para Luís Fabiano entrar sozinho na área e arrematar, obrigando o goleiro Gomes a fazer boa defesa.

Mas foi o Cruzeiro que marcou o primeiro gol, aos 25 minutos. O lateral-direito Maicon tabelou com Vander e, já próximo à linha de fundo, cruzou para a pequena área são-paulina. Roger não cortou o levantamento e Marcelo Ramos, de cabeça, marcou.

Com a vantagem, o Cruzeiro diminuiu a pressão, mas os paulistas limitavam-se a arriscar chutes de fora da área.

No segunda etapa, mal deu tempo para o São Paulo tentar o empate. Logo aos três minutos o Cruzeiro ampliou a vantagem, novamente de cabeça. O zagueiro Luisão, após cobrança de escanteio, fez 2 a 0 para o time mineiro. O time paulista, então, passou a dominar a partida.

Aos nove minutos, o São Paulo fez seu primeiro gol, mas numa jogada irregular. Reinaldo desviou um chute cruzado com a mão, o goleiro Gomes defendeu e, no rebote Luís Fabiano, tocou para a rede. O árbitro Antonio Pereira da Silva marcou o toque do atacante são-paulino.

Nos quinze minutos seguintes, o São Paulo continuou com o domínio do jogo, mas só conseguiu seu primeiro gol quando passou a jogar no esquema 4-3-3.

Oswaldo de Oliveira substituiu o volante Fábio Simplício pelo atacante Leandro. Em sua primeira jogada, Leandro cruzou para Luís Fabiano, aos 28 minutos, marcar para o São Paulo.

As esperanças dos paulistas, no entanto, foram por terra quando Fábio Junior, aos 40 minutos, ganhou na corrida do zagueiro Régis e tocou por cobertura para definir o placar do jogo.

Para tentar a reabilitação, contra o São Caetano, no próximo sábado, o São Paulo terá dois desfalques. Jorginho e Luís Fabiano levaram o terceiro cartão amarelo e terão de cumprir suspensão.[1]

Referências

Transmissão

  • PPV