Cruzeiro 3x0 Náutico - 02/09/2012

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Atlético-GO.png 0x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 1x3 Escudo Botafogo.png
Por Campeonato Brasileiro 2012
Escudo Atlético-GO.png 0x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 1x3 Escudo Botafogo.png
No estádio Independência
Escudo Cruzeiro.png 2x2 Escudo Atlético-MG.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 1x3 Escudo Botafogo.png
Contra Náutico
Escudo Náutico.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 3x0 Escudo Náutico.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
3 × 0 Escudo Náutico.png
Náutico
21ª rodada do Campeonato Brasileiro 2012
Data: 2 de setembro de 2012 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 18:30 Estádio: Independência
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha Público pagante: 11.673
Assistente 1: Christian Passos Sorence (GO) Público presente: Não disponível
Assistente 2: Ediney Guerreiro Mascarenhas (RJ) Renda: R$ 278.795,00 R$ 278.795 <br />Cr$ 278.795 <br />NCr$ 278.795 <br />Cz$ 278.795 <br />NCz$ 278.795 <br /> (preço médio: R$ 23,88 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Cruzeiro: Náutico:

1. Fábio 1. Gideão
2. Léo Cartão amarelo recebido aos  (1) 2. Patric Cartão amarelo recebido aos
3. Rafael Donato Cartão amarelo recebido aos  (1) 3. Jean Rolt Cartão amarelo recebido aos
4. Mateus 4. Ronaldo Alves Cartão amarelo recebido aos
5. Leandro Guerreiro 5. Alemão
6. Everton 6. João Paulo
7. Charles Substituição realizada de jogo ( 18. Wellington Paulista Gol aos 45 do  (2T ) 45'  (2T ) ) 7. Martinez Cartão amarelo recebido aos
8. Tinga 8. Souza
9. Borges  Gol aos 29 do  (2T) 29'  (2T) Substituição realizada de jogo ( 15. Sandro Silva ) 9. Dadá Substituição realizada de jogo ( 17. Romero )
10. Souza Silva 10. Araujo Substituição realizada de jogo ( 18. Kim Cartão amarelo recebido aos Cartão vermelho recebido aos )
11. Wallyson Substituição realizada de jogo ( 16. Élber Gol aos 41 do  (2T ) 41'  (2T ) ) 11. Lúcio Substituição realizada de jogo ( 16. Rogerinho )
Técnico: Celso Roth Técnico: Alexandre Gallo
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: Náutico:

Pré-Jogo

O Cruzeiro inicia a rodada em 6º lugar com 31 pontos. Se vencer e o São Paulo perder, o time celeste sobe uma posição.

Celso Roth terá 5 ausências contra o Náutico: Thiago Carvalho (beque), suspenso; Victorino (beque), Ceará (lateral-direito), Fabinho (atacante) e Montillo (meia), contundidos.

Pendurados no Cruzeiro: Borges, Ceará, Leandro Guerreiro, Lucas Silva, Montillo e Victorino.

Celso Roth => “O Náutico é um time muito rápido e com jogadores adequados ao tipo de campo que é o Independência.”

Em 10º lugar com 24 pontos, comqualquer resultado, o Náutico permanecerá na metade da tabela.

Alexandre Gallo, técnico do Timbu, não contará com atacante Kieza, o volante Elicarlos, o meio-campo Rhayner, lesionados, e o zagueiro Marlon, suspenso.

Pendurados no Timbu: Elicarlos e Ramirez, que está fora do campeonato por contusão.

Alexandre Gallo => “Mesmo sem contar com 5 jogadores, o Cruzeiro jogou bem na última roadada. Em menos de 5 meses, Celso Roth armou um bom time e recolocou o Cruzeiro entre os melhores do país. ë este gigante, que respeitamos muito que o Náutico vai enfrentar”.

Elmo Alves Resende apitou 5 jogos neste Brasileiro. Marcou 173 faltas (34,6/jogo), aplicou 24 amarelos (4,8/jogo), 3 vermelhos (0,6/jogo) e 1 pênalti (0,2/jogo). O campeonato tem média de 4,8 amarelos, 0,25 vermelho, 36,4 faltas e 0,24 pênalti. Elmo foi quem apitou Portuguesa 0×2 Cruzeiro, pela 10ª rodada, no Canindé, am São Paulo.

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 18h21 – Sexteto de árbitros entra em campo.
  • 18h23 – Cruzeiro em campo com uniforme tradicional, cercado por crianças e sob foguetório.
  • 18h24 – Náutico em campo com uniforme todo vermelho.
  • 18h28 – Um minuto de silêncio pela memória de Ruço, ex-jogador do Corintiãs.
  • 18h29 – Começa o jogo. Cruzeiro à esquerda das cabines. Náutico dá a saída.
  • 00 - Reservas do Cruzeiro: Rafael Monteiro, Diego Renan, Marcelo Oliveira, Sandro Silva, Elber, Wellington Paulista e Anselmo Ramon.
  • 01 - Wallyson toca, passa para receber, é derrubado e o árbitro manda o jogo seguir
  • 02 – Rafael Donato tenta se antecipar ao atacante Araújo e comete falta
  • 03 – Araújo sente uma lesão após o lance e é retirado de maca
  • 03 - Souza cobra a falta para dentro da área, a bola bate no gramado, sobe e Fábio espalma para escanteio
  • 04 – João Paulo passa na esquerda, recebe a bola e cruza com muita força. Alemão tenta aproveitar do outro lado, mas a zaga do Cruzeiro sai jogando
  • 05 – Leo Simões tenta pegar sobra fora da área, não consegue dominar e a zaga rebate
  • 06 – Rafael Donato faz lançamento direto para o ataque e Alemão sobe para tirar de cabeça
  • 07 – Wallyson tenta fazer tabela com Léo na direita e a zaga consegue rebater
  • 08 – Souza é derrubado por Dadá na meia direita e o árbitro marca a falta
  • 09 – O Náutico sobe no contra-ataque rápido, Souza recebe a bola, chuta forte e Leandro Guerreiro desvia para escanteio
  • 10 – O próprio Souza cobra o escanteio fechado e Fábio faz a defesa
  • 10 - Outra jogada perigosa de Souza, que abre espaço e chuta rasteiro à direita do gol
  • 11 – O time pernambucano se solta na partida e fica mais tempo no ataque
  • 12 – Souza cobra falta direto para o gol e Fábio manda de soco para escanteio
  • 13 – Patric comete falta para evitar contra-ataque do Cruzeiro e recebe cartão amarelo
  • 14 – Tinga erra passe na direção de Borges. Muitos erros do time mineiro até o momento.
  • 15 – Rafael Donato aperta a marcação em cima de Lúcio para tentar roubar a bola no meio de campo e comete falta.
  • 16 – Francisco Everton faz lançamento errado e a bola fica de graça com o goleiro Gideão.
  • 17 – O jogo segue muito travado e com poucas oportunidades de gol.
  • 18 – Souza lança a bola para a área do Náutico em cobrança de falta e o árbitro pega uma falta de ataque cometida por Rafael Donato.
  • 19 – Araújo é lançado na área, fica sem ângulo e finaliza a bola pela linha de fundo/
  • 20 – Francisco Everton exagera na força ao lançar a bola e Gideão faz a defesa com tranquilidade.
  • 21 – Leandro Guerreiro comete falta e o Náutico terá mais uma chance na bola parada.
  • 22 – Souza faz o cruzamento para a área e a zaga rebate para a linha lateral.
  • 23 – O Cruzeiro segue errando muitos passes e a torcida se mostra impaciente em alguns lances.
  • 24 – João Paulo domina a bola na ponta esquerda, cruza para o meio da área e Everton consegue afastar.
  • 24 - Dadá cai. Jogo paralisado.
  • 25 – Jogo recomeça com a recuperação do atleta do Náutico.
  • 26 – O técnico Celso Roth grita na beira do campo pedindo para a equipe subir mais para pressionar o Náutico na saída de bola.
  • 27 – Souza toca para Léo, corre para receber de volta e o lateral improvisado devolve errado.
  • 28 – Souza recebe a bola na meia esquerda, demora demais a definir a jogada e é desarmado. Leandro Guerreiro pega a sobra, chuta muito mal e a zaga rebate.
  • 29 – Everton recebe a bola na ponta esquerda, cruza em cima da marcação e ganha escanteio.
  • 30 – Souza cobra o escanteio na segunda trave, Rafael Donato cabeceia e a bola passa por cima do gol.
  • 31 – Muita disputa pela bola e o árbitro marca uma falta de Mateus em Ronaldo Alves.
  • 32 – Lúcio passa pela marcação de Léo, faz o cruzamento e Fábio segura firme.
  • 33 – Everton é lançado dentro da área, domina bem, chuta e Gideão espalma. Na sobra Borges cabeceia por cima do gol.
  • 34 – Tinga ajeita atrás para Everton, que cruza de primeira e a zaga afasta.
  • 35 – Quase! Souza cobra escanteio na primeira trave, Léo desvia de cabeça e a bola passa raspando a trave direita.
  • 36 – Lúcio se atrapalha ao dominar a bola, ela escapa e sai pela linha lateral.
  • 37 – Jean Rolt derruba Souza perto da área, comete falta e recebe cartão amarelo.
  • 38 – Souza vai para a cobrança e acerta a barreira. O jogador do Cruzeiro reclama toque de mão, mas o jogo segue.
  • 39 – Borges briga muito pela bola dentro da área, mas Patric leva a melhor no lance.
  • 40 – Souza vai no corpo de Dadá em disputa no campo de ataque do time mineiro e a falta é marcada.
  • 41 – Souza toca rasteiro para a entrada da área e facilita o corte da zaga do time pernambucano.
  • 42 – João Paulo aparece livre na ponta esquerda e o impedimento é marcado.
  • 43 – Mateus faz lançamento longo para a área e Gideão sai para fazer a defesa pelo alto.
  • 44 – Rafael Donato pega sobra fora da área, finaliza forte e ganha escanteio após desvio na zaga.
  • 45 – Souza faz cruzamento fechado e Gideão sai para tirar de soco.
  • 46 – Termina o 1º tempo.
  • Eduardo Arreguy Campos, no PHD: “Celso Roth podia aproveitar o intervalo e apresentar os jogadores uns aos outros.”
  • Wagner Caetano, no PHD: “Se ficar só dando chutão pro ataque, vai ser difícil. Charles não entrou em campo. Souza foi razoável. Wallyson tenta, mais não faz nada. A zaga não compromete. Francisco Everton está bem na saída de bola. Tinga e Leandro Guerreiro estão apagados e Borges isolado. Tá complicado.”

Segundo Tempo

  • 19h30 – Cruzeiro volta a campo sem alterações.
  • 19h31 – Náutico volta a campo.
  • 19h32 – Celso Roth: “O time está bem, mas erra muitos passes porque os jogadores estão muito distantes”.
  • 19h33 – Começa o 2º tempo.
  • 01 – Francisco Everton cruza a bola para a área, a zaga afasta e o Cruzeiro ganha escanteio
  • 02 – O próprio Everton cobra o escanteio e a bola passa por toda a extensão da área
  • 03 – Rafael Donato comete falta e recebe cartão amarelo
  • 03 – Wallyson passa na direita, recebe passe de Borges e o impedimento é marcado
  • 04 – Outra bola para Wallyson na direita, ele domina, toca para Borges e a defesa afasta
  • 05 – Outro impedimento! Agora quem recebe o passe nas costas da defesa é Borges e o atacante é flagrado em posição irregular
  • 06 – Tinga recebe passe de Wallyson e mais um impedimento é marcado. A linha feita pela defesa do Náutico vai funcionando bem
  • 07 – Dadá faz jogada individual, parte para o ataque e sofre falta
  • 08 – Souza cobra a falta e acerta a barreira. Ele mesmo pega a sobra, sinaliza rasteiro e Fábio segura firme
  • 09 – O Cruzeiro volta para o ataque e a torcida vai incentivando bastante neste segundo tempo
  • 10 – Souza sofre falta de Patric na meia esquerda e a bola será lançada para a área
  • 12 – O jogo é movimentado no segundo tempo, mas as duas equipes seguem cometendo muitos erros
  • 13 – Wellington Paulista é chamado por Celso Roth e vai entrar na partida
  • 14 – Trocas! Araújo por Kim, Lúcio por Rogerinho.
  • 15 – Troca! Charles por Wellington Paulista.
  • 16 – Wellington Paulista cai na esquerda, pede falta e o árbitro manda o jogo seguir
  • 17 – Parou! Dadá cai, juiz manda entrar corpo médico do Timbu.
  • 18 – O jogo é truncado e as chances aparecem principalmente nas bolas paradas
  • 19 – Jogadaça! Borges faz jogada individual, consegue abrir espaço mesmo marcado por três adversários e bate fraco para a defesa de Gideão.
  • 21 – João Paulo invade a área com perigo pela esquerda, bate rasteiro para o meio e Souza chega um pouco atrasado
  • 22 – Wallyson é driblado por João Paulo e comete falta
  • 23 – Ronaldo Alves comete falta em Wellington Paulista e recebe cartão amarelo
  • 24 – Everton chuta com efeito de fora da área e Gideão espalma para a linha de fundo
  • 25 – Jogo muito pegado no meio de campo e o árbitro marca falta para o Timbu.
  • 26 – Troca! Wallyson por Elber.
  • 27 – Kim invade a área pela direita, finaliza, Rafael Donato desvia e a bola sai pela linha de fundo.
  • 28 – Contra-ataque rápido do Cruzeiro, Élber Pimentel recebe o passe na direita, leva para a linha de fundo e cruza para a defesa de Gideão.
  • 29 – Gol! Francisco Everton cobra falta pela direita, próximo à área do Náutico. Ronaldo Alves erra a cabeceia errado e abola sobra pra Borges, na boca do arco, deslocar Gideão com cabeçada certeira. Cruzeiro 1×0.
  • 30 – Wellington Paulista recebe a bola livre nas costas da zaga e o impedimento é marcado.
  • 31 – Ronaldo Alves recebe cruzamento, cabeceia sem direção e manda por cima do gol.
  • 33 – Troca! Borges por Sandro Silva.
  • 33 – Troca! Dadá por Romero.
  • 34 – Amarelo! Leo Simões.
  • 35 – O Cruzeiro recua e espera para sair no contra-ataque.
  • 36 – Quase! Romero faz uma jogada individual espetacular, chega na linha de fundo pela esquerda, toca para Kim e ele finaliza muito perto do canto esquerdo.
  • 37 – Élber Pimentel toca no meio para Tinga, que demora a pensar na jogada e acaba desarmado.
  • 39 – Wellington Paulista arrisca o chute de fora da área e Gideão cai para fazer a defesa.\40 – O árbitro marca falta de ataque de Wellngton Paulista.
  • 41 – Gol! Wellington Paulista puxa contra-ataque pela esquerda, passa a Francisco Everton que, mesmo de frente pro arco, prefere passar a Elber, que chuta forte. Bola entra no ângulo esquerdo. Cruzeiro 2×0.
  • 42 – Amarelo! Elber por tirar a camisa na comemoração do gol.
  • 43 – Amarelo! Kim, por reclamação.
  • 43 – Amarelo! Martinez, por reclamação.
  • 44 – MVP! Equipe da Rádio Itatiaia escolhe Francisco Everton o melhor em campo. Ele teve 3 votos contra 2 dados a Elber.
  • 45 – Gol! Tinga desce em velocidade pela direita e cruza rasteiro. Wellington Paulista aparece na pequena área pra tocar a bola pra rede. Cruzeiro 3×0.
  • 45’30” – +3! Juiz avisa que prorrogará a partida por 3 minutos.
  • 46 – Sandro Silva entra em velocidade na área, bate rasteiro e é travado pela defesa.
  • 47 – Souza é puxado muito perto da área e o Cruzeiro tem mais uma boa oportunidade.
  • 48 – Souza bate muito mal e a bola passa por cima do gol.
  • 48 – Fim de jogo.
  • 49 – Vermelho! Kim vai reclamar com o Juiz, após o apito final, e recebe cartão vermelho.
  • Números: Desarmes: Cruzeiro 18×13. Escaneios: Cruzeiro 7×4. Faltas: Cruzeiro 27×17. Finalizações: Cruzeiro 15×10. Impedimentos: Cruzeiro 4×2. Passes errados: Cruzeiro 21×21.
  • Wellington Paulista: “Fizemos grande partida, conseguimos ótimo placar e ainda bem que deixei o meu”.
  • Araújo: “Após o primeiro gol nós nos desequilibramos e não tem como reclamar muito. Agora é pensar no próximo jogo”.

Vídeos

Gols
Melhores momentos

Atuações

  • Máfia Azul - Duas horas ininterruptas de cantoria e vibração fizeram do Independência um caldeirão. Até música com o nome do clube ela cantou. Nota 10. (Síndico) /// Assisti ao jogo pela TV e a impressão é a de que a Máfia deu show. Atuou como torcida argentina mesmo com o futebol horroroso do time até os 75 minutos. (Gleyton)
  • Elber – Até que enfim, deixou a timidez de lado e resolveu jogar bola, entrou bem demais. E o beijo no escudo foi foda. Levou a torcida ao delírio! (André Figueiredo) /// Fundamental para abrir o jogo, o time fazer o gol e deslanchar (Danilo _VIX) /// O garoto mudou a história do jogo. Sensacional! (Elias Tate) /// Com disposição, partiu pra cima da defesa, exatamente o que pedíamos que ele fizesse. (Walterson Almeida) ///Deu mais mobilidade e rapidez ao ataque. Fez um belo gol e comemorou beijando o manto sagrado no chão pra delírio da torcida. (Naldo Morato)
  • Fábio – Defendeu o que tinha obrigação de fazer e contou com a sorte num lance bem elaborado por Romero, que o centroavante KIm tentou enfeitar. (Síndico)
  • Leo Simões - Tranquilo na marcação e na cobertura dos beques quando a bola vinha do lado oposto. No ataque, esteve perto de marcar um belo gol de cabeça. (Síndico)
  • Rafael Donato – Compensa sua lentidão nas arrancadas com boa capacidade de antecipação, ou não permitindo que o adversário vire de frente na jogada. É um tanque na parte aérea. (Carpe Diem)
  • Mateus - Boa partida, boa saída de bola, rebateu quando precisou. Tá na disputa com grande chance de ser titular. (Bruno Barros)
  • Francisco Everton – Escolhido melhor em campo pela equipe da Itatiaia, com justiça, Defendeu bem, apoiou melhor ainda. (Síndico) /// Apoia e defende muito bem, está inspirado, em ótima fase. Poderia ter chutado no lance do segundo gol, pois estava em posição melhor de finalizar, mas achou Elber em boa condição e passou a bola. No 1º tempo protagonizou a única infiltração do time na defesa do timbu, que quase resultou em gol no rebote apanhado por Borges. (Paulão) /// Longe de seu antigo futebol estabanado, marcou bem e serviu com qualidade. (Ernani Raé)
  • Charles – Esteve lento e impreciso nos passes. É bom jogador e poderar ser útil, mas no momento o elenco tem opções melhores. Lucas Silva, por exemplo. (Rogério Potencial)
  • Leandro Guerreiro – Facilitou a saída de bola e marcou com qualidade dando segurança ao time. (Ernani Raé)
  • Sandro Silva – Bom no desarme e na distribuição de jogadas. (Síndico) /// Entrou com disposição, brigando por cada bola e ganhando todas. Em uma boa arranca quase fez um belo gol, para coroar a boa exibição. (Walterson Almeida)
  • Tinga – Não teve bola perdida pra ele, Correu muito, fez cobertura na esquerda na direita e ainda achou fôlego aos 45 do 2º tempo pra dar um pique na direita e cruzar com maestria deixando WP na cara do gol. (Paulão)
  • Souza – Longe de brilhar fez um papel importante em determinados momentos acertando passes e dando a chance do time chegar mais forte na frente. Atuação regular. (Bruno Barros)
  • Wallyson – No 1º tempo, andou -ao pé da letra- pela extremidade direita do campo. No 2º, melhorou jogando pelas duas pontas e até como armador. (Síndico)
  • Borges – Marcando beques, com muitas faltas, diga-se, fez um 1º tempo discreto. No 2º tempo quando, finalmente a bola chegou, cumpriu sua missão marcando o gol que decidiu a partida. (Síndico) ///
  • Wellington Paulista - Entrou bem novamente e foi um dos responsáveis pela melhora do time. De importante, fez um gol, um chute de canhota de fora da área pra defesa do goleiro, e duas boas jogadas pela ponta esquerda. Uma resultou no gol do Elber e outra o Sandro Silva quase guardou. Foi o jogo de 150 com a camisa do Cruzeiro e seu 74º gol. Média de 0,49 por jogo, praticamente um gol a cada 2 jogos. Média superior, por exemplo, a do Marcelo Ramos. (ExCalhorda)
  • Celso Roth – Cismou que no Independência só se pode jogar com ligação direta e fez do Cruzeiro o mais gaúcho dos times brasileiros com muita pegada e pouco toque de bola. A seu favor, registre-se que as substituições foram acertadas e deram excelentes resultados. (Síndico)
  • Torcida – Baixo comparecimento, mas apoio ininterrupto ao time. Máfia, Mancha, Motozeiros, Cachazeiros, Independente, Jovem, TFC cumpriram bem seu papel. Os desorganizados também estiveram bem. (Síndico)
  • Beth Makennel – A torcedora número 1. O Globo Esporte mostrou a vibração, a raça e o incentivo dela ao time. Colocou todos no bolso. Parabéns, poetisa azul. (Elias Tate)
  • Juiz & Bandeiras – O juiz goiano deixou de marcar pênalti de Martinez, que cortou com o braço bola chutada por Souza. E não houve mais erros ao contrário do que fizeram supor os destemperos de Martinez, Kim e Gallo, do Náutico. (Síndico)
  • Cruzeiro – O 1º tempo do Cruzeiro foi desolador. Só chutões da defesa, sem passar pelo meio-campo. Assim as coisas se faciltam para qualquer defesa, que pega os lançamentos altos de frente, e se dificultam para os atacantes, que só veem balão caindo em cima de suas cabeças. No 2º tempo, as jogadas passaram a ser mais tramadas a partir do meio-campo, embora ainda sem brilho técnico, e isso se refletiu na consecução dos gols, mesmo o 1º tendo sido de “bola parada”. Mas os outros 2 gols confirmam a tese. (Franklin Bronzo)
  • Náutico – Dominou a primeira meia hora, depois se apequenou e tomou merecida tunda. Martinez e Lúcio, por saberem jogar bola, foram os destaques. (Síndico)

O que foi dito

  • Celso Roth, treinador do Cruzeiro: Parece que estamos conseguindo o equilíbrio. Tomara que a gente consiga. O campeonato é longo e quem sabe a gente consegue manter esse equilíbrio que tentamos ao longo do 1º turno. Estamos na 21ª rodada e mudei o time 21 vezes. A saída do Montillo representa muito, mas é igual a qualquer outro. Estamos fazendo mudanças a todo momento. Quem entra tem de aproveitar a oportunidade e mostrar porque está no Cruzeiro. Quando a gente dá oportunidade a um menino, ele vai bem na primeira, na segunda, depois dá uma queda. Por mais que o torcedor goste do Lucas, e eu também, afinal fui eu que botei, temos jogadores dessa função com muita experiência e qualidade. Lucas aproveitou a oportunidade e é mais um que nós temos. Daqui a pouco, ele volta.
  • Francisco Everton, lateral-esquerdo do Cruzeiro: Tive personalidade, trabalhei muito pra confiança voltar e graças a Deus estou atuando bem nas últimas partidas. Com o Leo começando de lateral, ganho muito mais liberdade pelo lado esquerdo. Agora, temos é que nos desdobrar ainda mais neste 2º turno, pra continuarmos pensando em título.
  • Elber, meia-atacante do Cruzeiro: Tenho que agradecer ao clube que abriu as portas pra mim e aos jogadores também. Já fiz vários gols importantes na base, mas esse é diferente. porque é meu primeiro pelo profissional. Emoção enorme! O cartão foi merecido, mas foi por uma boa causa. Espero me firmar entre os profissionais e fazer mais gols.
  • Wellington Paulista, atacante do Cruzeiro: Meu primo sofreu um acidente de caminhão, bateu numa árvore e foi amputado. A comemoração foi pra ele. Quero continuar buscando meu espaço entre os 11, fazer gols e ajudar o Cruzeiro. Hoje, entrei e fiz o gol, as coisas estão fluindo pra mim e pro Cruzeiro. O Náutico veio pra marcar, com um atacante só, o Araújo. Tínhamos que impor nosso ritmo e buscar o contra-ataque. Tentamos no 1º tempo, não conseguimos, mas fizemos no 2º e vencemos.
  • Alexandre Gallo, treinador do Náutico: O 3×0 foi um placar totalmente mentiroso. Lamento porque fizemos um jogo de igual pra igual e o resultado traduziu isso. Estávamos bem até tomar o primeiro gol. Daí por diante, tivemos que sair atrás do empate. Chega a ser covarde a diferença no número de faltas e cartões. É o tipo de coisa que inibe meu jogador defensivo. A falta do primeiro gol não existiu. Aí, as coisas acabam acontecendo. A discriminação ainda é grande com um gigante como é o Náutico. Isso machuca a gente profissionalmente. Faz diferença e joga por terra o trabalho da semana. O jogo se desenhava pro empate, mas infelizmente, não conseguimos a pontuação que queríamos.
  • Lúcio, armador do Náutico: Quem não faz leva. Tivemos chance e não fizemos. O Cruzeiro tem jogadores de qualidade, como o Borges, e soube aproveitar as oportunidades. Futebol é isso. Acho que demos muito espaço pra eles no 2º tempo.
  • Araujo, atacante do Náutico: Fiquei surpreso com minha saída, acho que estava bem na partida, mas faz parte. Jogamos bem o 1º tempo e o começo do 2º. Quando tentamos sair muito, eles aproveitaram as brechas.
  • Martinez, volante do Náutico: A gente joga contra uma grande equipe, mas o árbitro faz uma palhaçada. É caseiro demais, prejudicou muito nosso time dando muitos cartões e faltas inexistentes perto da área.
  • Ricardo Cruz, no blog Pensameno Alvi-rubro: Talvez tenha sido o pior adversário, em qualidade, que o Glorioso Alvirubro jogou, só perdendo na época para o AtléticoGO do início do campeonato. Um time sem “pé nem cabeça”, que num campo de “futebol soçaite” só tinha uma jogada, lançar a bola, de longe, na grande área e com três zagueiros, dois laterais e três volantes era fácil devolver, até que o Gallo mudou o esquema e o Dadá resolve facilitar a vida do Cruzeiro fazendo uma falta desnecessária bem perto da área, não deu outra, gol da Raposa Daí em diante o Náutico subiu atabalhoadamente e como quase empatou com uma grande jogada de Romero e finalização ridícula de Kim (querer fazer de letra???), resolveu abandonar a defesa e sair completamente indisciplinado taticamente, leva um aos 41 e outro a 45 de “contra-ataque”, dando a entender que o Cruzeiro tenha feito grande partida, ledo engano, não sei como esse time fez 34 pontos. Resumindo, a derrota era até esperada, mas não precisava facilitar tanto.
  • João Chiabi Duarte, no PHD: O Cruzeiro foi muito mal até a metade do 1° tempo com passes errados, sem soluções ofensivas, marcando frouxo, com destaque negativo pro Charles e os chutões do Rafael Donato e do Fábio, devolvendo a posse de bola ao Náutico sem susto e sem esforço. Foi visível a chamada do Celso e a orientação ao Leandro Guerreiro. A partir dali, o Cruzeiro melhorou e criou duas boas situações, uma delas a raspada de cabeça do Leo.
 As trocas de Charles e Wallyson por Welington Paulista e Elber fizeram muito bem ao time. A bola passou a correr nos pés dos meio-campistas com o apoio consistente do Everton (nosso melhor jogador em campo disparadamente). O Cruzeiro fez então um último quarto de partida muito bom com 3 gols e outras chances.
  • Celeste Campos, no PHD: O meio campo do Cruzeiro deveria ser Leandro Guerreiro, Lucas Silva, Elber e Montillo.

Fontes

Transmissão

  • Sportv