Cruzeiro 3x0 Botafogo - 18/09/2013

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 1x0 Escudo Atlético-PR.png Gol aos do Escudo Corinthians.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Brasileiro 2013
Escudo Cruzeiro.png 1x0 Escudo Atlético-PR.png Gol aos do Escudo Corinthians.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 1x0 Escudo Atlético-PR.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 4x0 Escudo Portuguesa.png
Contra Botafogo
Escudo Botafogo.png 2x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Botafogo.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
3 × 0 Escudo Botafogo.png
Botafogo
22ª rodada do Campeonato Brasileiro 2013
Data: 18 de setembro de 2013 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 22h Estádio: Mineirão
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira Público pagante: 44.504
Assistente 1: Anderson José de Moraes Coelho Público presente: 46.167
Assistente 2: Marcelo Bertanha Barison Renda: R$ 2.337.530,00 R$ 2.337.530 <br />Cr$ 2.337.530 <br />NCr$ 2.337.530 <br />Cz$ 2.337.530 <br />NCz$ 2.337.530 <br /> (preço médio: R$ 52,52 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Cruzeiro: Botafogo:

1. Fábio 1. Jefferson
2. Ceará 33. Edilson
26. Dedé 4. Bolivar
33. Bruno Rodrigo 19. André Bahia
6. Egídio 26. Julio Cesar
16. Nilton  Gol aos 45 do  (1T) 45'  (1T) Substituição realizada 9' (2T) de jogo 9' (2T) ( 8. Henrique ) 5. Marcelo Mattos
16. Lucas Silva 11. Renato Substituição realizada 19'(2T) de jogo 19'(2T) ( 17. Hyuri )
31. Ricardo Goulart Substituição realizada 8' (2T) de jogo 8' (2T) ( 11. Dagoberto ) 10. Seedorf
17. Éverton Ribeiro 14. Nicolás Lodeiro
41. Willian 20. Rafael Marques Substituição realizada 39'(2T) de jogo 39'(2T) ( 9. Henrique )
9. Borges Substituição realizada 7' (2T) de jogo 7' (2T) ( 10. Júlio Baptista Cartão amarelo recebido aos 36  (2T ) 36'  (2T )   Gol aos 35 do  (2T ) 35'  (2T ) Gol aos 40 do  (2T ) 40'  (2T ) ) 39. Elias Substituição realizada 30'(2T) de jogo 30'(2T) ( 18. Alex )
Técnico: Marcelo Oliveira Técnico: Oswaldo de Oliveira
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: Botafogo:

Pré-Jogo

Classificação: O Cruzeiro está em 1º lugar com 46 pontos, O Botafogo é o 2º, com 40 pontos.

Ausentes no Cruzeiro: Victorino, Elber, Luan e Francisco Everton, lesionados.

Pendurados no Cruzeiro: Alisson, Dedé, Éverton Ribeiro, Henrique, Leandro Guerreiro, Lucas Silva, Mayke, Ricardo Goulart, Souza, Tinga e Vinícius Araújo.

Ausentes no Botafogo: Dória, suspenso, Lucas e Cidinho, lesionados.

Pendurados no Botafogo: Bolívar, Edilson, Gabriel, Hyuri, Lucas, Renan e Seedorf.

Juiz: O paulista Luiz Flávio de Oliveira apitou 5 partidas neste Brasileiro. Médias: 4,8 amarelos, 0,6 vermelhos, 33,4 faltas, zero pênalti. Médias do campeonato: 4,3 amarelos, 0,3 vermelhos, 34,6 faltas, 0,2 pênalti.

Adversário: O Botafogo de Futebol e Regatas é resultante da fusão, em 08dez42, do Clube de Regatas Botafogo, de 01jul1894, com o Botafogo Football Club, de 12ago1904. Com 20 títulos estaduais e 2 nacionais, o alvinegro carioca é chamado de Glorioso e orgulha-se do grande números de atletas cedidos à Seleção Brasileira em copas do mundo.

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 21h. Animais! Torcida do Cruzeiro apedreja ônibus do Botafogo na entrada do Mineirão.
  • 21h49. Foguetório anuncia entra do Cruzeiro no gramado.
  • 21h50: Times em campo. Cruzeiro, com uniforme tradicional. Botafogo todo de preto.
  • 21h55. Começa o jogo. Cruzeiro, à direita das cabines, dá a saída.
  • 01. Borges tenta chegar à area dos cariocas, André Bahia impede..
  • 02. Nilton cruza, bola sai pela linha de fundo.
  • 03. André Bahia sai jogando errado, Borges fica com a bola, mas Bolívar aparece pra impedir o arremate do centroavante.
  • 04. Egídio cruza da esquerda, Jefferson corta de soco.
  • 05. Cruzeiro pressiona sem parar.
  • 06. Jefferson tenta ligação direta com Lodeiro, Bruno Rodrigo fica com a bola.
  • 07. Willian recebe ótimo passe de Ricardo Goulart dentro da área, mas é desarmado por Bolívar.
  • 09. Lodeiro chuta de fora da área, bola passa por cima do travessão.
  • 10. Seedorf tenta jogada individual pela esquerda, mas é desarmado por Lucas Silva.
  • 12. Defesaça! Ceará cruza da direita, Everton Ribeiro desvia de cabeça, Jefferson salva o arco botafoguense.
  • 13′ Borges tenta tabelinha com Willian na entrada da área, mas jogada não tem sequência.
  • 14′ Edílson faz boa jogada pela direita e finaliza na rede pelo lado de fora.
  • 16′ O Cruzeiro acelera o ritmo do jogo e os minutos iniciais são intensos.
  • 18′ Elias tenta jogada pelo meio, e Bruno Rodrigo chega para fazer o desarme.
  • 19. Defesaça! Elias chuta forte, após troca de passes do ataque botafoguense. Fábio salva o arco celeste com uma defesa difícil.
  • 21′ Sem pressa, o Botafogo troca passes no seu campo de defesa.
  • 23′ Borges dá lindo passe de calcanhar para Ricardo Goulart, e o atacante finaliza para fora.
  • 24′ Lucas Silva tenta lançamento direto com o ataque e entrega a bola de bandeja para a defesa alvinegra.
  • 25′ Ceará cruza da direita, a bola passa por todo mundo, e por pouco Ricardo Goulart não consegue o desvio.
  • 26′Desta vez quem chega na linha de fundo é Egídio. O lateral cruza da esquerda e a bola novamente passa direto pela área botafoguense.
  • 27′ Marcelo Mattos arrisca de fora da área e joga a bola longe do gol defendido por Fábio.
  • 29′ Com Willian caído no chão, Marcelo Mattos chuta a bola em cima do atacante. O árbitro nada marca.
  • 31′ Lucas Silva finaliza de fora da área, e Jefferson cai tranquilo para fazer a defesa.
  • 33′ Éverton Ribeiro faz boa jogada pela esquerda e finaliza na rede pelo lado de fora.
  • 36′ Dedé arrisca ligação direta com o ataque, e a bola sobra limpa para Bolívar.
  • 37′ Ricardo Goulart tenta tabelinha com Borges, mas a bola passa direto pelo atacante.
  • 38′ Éverton Ribeiro faz boa jogada pela esquerda, mas é bloqueado na hora do chute. Na sobra, Willian finaliza, e Jefferson realiza grande defesa com os pés.
  • 40′ Rafael Marques faz bela jogada individual na direita e rola para o meio, mas ninguém do Bota chega para finalizar.
  • 41. Fábio torce o tornozelo, após defesa pelo alto, e cai em sua pequena área.
  • 42. Fábio se recupera após receber atendimento médico dentro de campo.
  • 44. Um minuto de acréscimo.
  • 45. GOL. Nilton pega de prima bola vinda de escanteio. Jefferson fica impotente diante do arremate perfeito. Cruzeiro 1×0.
  • 45+1. Fim do 1º tempo. Cruzeiro pressionou muito, criou oportunidades e mereceu a vantagem.
  • Nilton, volante do Cruzeiro: “Tô sem palavras. Desde que cheguei aqui, estou muito feliz”.
  • Bolívar, zagueiro do Botafogo: “A gente combina da marcação ser forte, vínhamos trabalhando isso, e não podemos errar na última bola. Agora, é ter atenção no 2º tempo pois o jogo está muito equilibrado e podemos reverter essa situação”.

Segundo Tempo

  • 22h53. Times voltam a campo, sem alterações.
  • 22h55. Começa o 2º tempo.
  • 1′ Marcelo Mattos tenta cruzamento para Elias na grande área, e Dedé aparece para cortar de cabeça.
  • 2′ O Bota aperta a saída de bola do Cruzeiro neste início de etapa final.
  • 4′ Rafael Marques rouba bola de forma limpa na ponta direita, mas na hora do cruzamento erra o alvo.
  • 5′ Éverton Ribeiro tenta levantamento para Borges na área, e Bolívar sobe mais alto para afastar.
  • 6′ Lodeiro arrisca de longe, e Fábio defende com tranquilidade.
  • 07. Pênalti! Seedorf , da esquerda, lança Rafael Marques, dentro da área celeste. O atacante domina a bola, mas é atropelado por Bruno Rodrigo.
  • 08. Perdeu! Seedorf cobra mal, bola sai à direita de Fábio. Tiro de meta pro Cruzeiro.
  • 11. Amarelo! Elias, por falta em Everton Ribeiro.
  • 12′ Ceará cruza da direita, e Jefferson sai tranquilo para fazer a defesa.
  • 14′ Após bate e rebate na área botafoguense, a bola sobra para Willian. Porém, na hora do chute do atacante, Edílson aparece para fazer o bloqueio, e Jefferson defende na sequência.
  • 16. Troca: Nilton x Henrique.
  • 17. Troca: Borges x Júlio Baptista.
  • 19. Renato cai no gramado com dores no joelho, Não tem mais condições de jogo.
  • 20. Carreto! Renato sai da cancha.
  • 21. Troca: Renato x Hyuri.
  • 22. Pras cabeças! Ao trocar volante por atacante, Oswaldo Oliveira deixa claro que está na hora de partir pro tudo ou nada.
  • 23′ O jogo é bastante disputado e as duas equipes brigam muito pela posse de bola no meio de campo.
  • 25′ Ricardo Goulart arrisca da entrada da área, e manda a bola muito perto do gol defendido por Jefferson.
  • 26. Perdeu! Após disputa pela bola na grande área botafoguense, a sobra fica com Henrique, que, com o gol aberto, finaliza por cima do travessão.
  • 28′ Hyuri finaliza da ponta direita e manda perto do gol cruzeirense.
  • 29′ Sai: Ricardo Goulart Entra: Dagoberto
  • 30′ Após boa trama ofensiva do Bota, Julio Cesar arrisca de longe e manda por cima do gol de Fábio.
  • 31′ Sai: Elias Entra: Alex
  • 33, Amarelo! Júlio Baptista, por antijogo.
  • 80. Pênalti! Everton Ribeiro passa por dois marcadores, mas sofre falta de Bolívar dentro da área.
  • 81. GOL. Júlio Baptista cobra no canto direito, Jefferson ainda desvia a bola, mas não consegue impedi-la de ir pra rede. Cruzeiro 2×0.
  • 38′ Seeforf tenta lançamento para Hyuri, mas passe sai muito forte e vai direto pela linha de fundo.
  • 85. Troca: Rafael Marques x Henrique.
  • 86. Defesaça! Henrique finaliza com perigo, Fábio defende com os pés.
  • 87. GOL. Júlio Baptista recebe passe de Dagoberto no lado esquerdo da área, e solta uma bomba de canhota. Jefferson não pode fazer nada. Cruzeiro 3×0.
  • 89. MVP! Nílton, por outra partida quase perfeita. Júlio Baptista e Lucas Silva também excederam as expectativas.
  • 90. Olé! Torcida do Cruzeiro berra a plenos pulmões.
  • 91. Posse de bola: Botafogo, 55%.
  • 92. Botafogo pressiona tentando, em vão, diminuir o placar.
  • 93. Fim de jogo.
  • Júlio Baptista, meia do Cruzeiro: “Não somos campeões, ainda tem muitos jogos. Acho que tem uma euforia da parte de todos, principalmente da torcida, mas sabemos das dificuldades que vão ser todos os jogos. É seguir nesse caminho que acho que temos muitas chances de sermos campeões”.
  • Rafael Marques, atacante do Botafogo: “A gente não conseguiu fazer o gol. Quem vê o placar de 3 a 0 acha que o Cruzeiro dominou o jogo todo, e não foi isso. A gente tentou, mas futebol é isso: quem não faz, leva. Era uma partida importante, mas acho que ainda tem muitos jogos pela frente no campeonato. Temos que ter tranquilidade e saber que ainda não acabou”.
  • NÚMEROS: Posse de bola: Botafogo, 55%. Faltas: Cruzeiro 18×10. Passes errados: Botafogo 44×38. Defesaças: Fábio 2×2 Jefferson. Impedimentos: Botafogo 1×0. Desarmes: Cruzeiro 20×9. Finalizações: Cruzeiro 17×13.

Vídeos

Gols
Melhores momentos
Gols com narração do Osvaldo Reis
Vibração da torcida no terceiro gol

Atuações

  • Torcida: Lotou a Toca 3 e moveu o time o jogo todo. Foi lindo!
  • Fábio: Sempre seguro, fez uma ótima defesa no 1º tempo. No 2° cometeu um erro que, quando ia consertá-lo, Dedé chutou pra longe. Além de ser um goleiraço, tá em ótima companhia na defesa.
  • Ceará: Fôlego de garoto. Não atacou tanto, mas é impressionante como defende bem, ocupa espaços, marca. Boa partida.
  • Bruno Rodrigo: Fez uma ótima partida, é a segurança em pessoa. Cometeu um pênalti por imprudência ao chutar o jogador do Bota.
  • Dedé: Por cima não tem pra ninguém, ele ganha todas de todos. Ainda tirou uma bola que ia entrando no gol depois de uma rara “falha” de Fábio. Acho que aquele ditado: “Nada como um dia após o outro”, cai como uma luva para ele nesses últimos meses. Grande partida.
  • Egídio: Melhor ofensivamente que na defesa. As características dele são essas, e Marcelo sabe disso. Por isso funciona tão bem sua cobertura, como aconteceu ontem.
  • Nilton: Xerifão! Manda soltar e prender no meio de campo. Fez um golaço e foi substituído por contusão.
  • Henrique: Entrou bem. Está claramente em outro ritmo em relação ao time. Mesmo assim, fez bons desarmes no meio e na defesa, e de quebra perdeu uma chance de gol dentro da área.
  • Lucas Silva: “Engoliu Seedorf”, “Colocou Seedorf no bolso”, “Impediu que Seedorf visse a cor da bola”… Qualquer uma dessas expressões descreve UMA parte do que o garoto fez ontem. Além da marcação, desarmes implacáveis, passes certeiros, viradas de bola… Tomou conta do meio de campo. Partidaça! O melhor em campo.
  • Everton Ribeiro: Impressionante como ele está em toda parte do campo. Dribles, passes curtos, tabelas…Fez uma jogada linda saindo meio de campo e driblando todo mundo, uma pena ter sido tão mal concluída. Mais uma excelente partida de um dos melhores jogadores do campeonato.
  • Ricardo Goulart: Dedicado, essa é a palavra que define o que foi Goulart na partida. Dedicado para atacar e defender. Saiu exausto para dar lugar a Dagoberto.
  • Willian: Jogou parecido com o Goulart, mas foi mais agudo e voltou mais para marcar. Ao lado de Everton e Ricardo, assombrou a defesa botafoguense. Eles formam uma trinca de respeito.
  • Júlio Baptista: Está, como o Henrique, num ritmo abaixo do resto. Mas para quem tem a técnica e a noção de posicionamento que ele tem, isso não é impedimento para fazer 2 gols. O segundo, por sinal, numa clara demonstração de seu poder decisivo e sua qualidade. Boa, Julião!!!
  • Dagoberto: Foi o Dagol decisivo, participativo e voluntarioso de sempre. Deu passe precioso de 1ª para Júlio Baptista no terceiro gol.
  • Borges: Bem marcado, teve dificuldade para ganhar as disputas e incomodou pouco a defesa do Bota. Partida ruim.
  • Marcelo Oliveira: Armou o time no esquema costumeiro, fez substituições precisas e obteve o resultado de sempre. Me dá um abraço, Seu Marcelo?
  • Cruzeiro: Um time muito bem treinado e com a parte física em dia. Boas alternativas em todos os setores, qualidade individual, entrosamento… Fez uma partida aberta, sofreu em alguns momentos e perdeu muitos gols, mas ganhou com autoridade de líder. Palmas para Marcelo Oliveira!
  • Botafogo: Um time bem treinado, com ótimos jogadores e muito tranqüilo. Prova disso é que, com a bola nos pés, pareciam que estavam em casa. Com seu melhor jogador neutralizado, teve dificuldades no 1° tempo. No 2° voltou melhor, levou perigo. Destaque para Jefferson e Edílson.
  • Juiz e bandeiras: Luiz Flávio deixa o jogo correr e não marca tantas faltas. Assim como os bandeiras, apareceu pouco no jogo, o que mostra que a arbitragem foi correta.

O que foi dito

  • Marcelo Oliveira, treinador do Cruzeiro: Vitória fundamental, num jogo-chave, contra um concorrente direto, grande adversário. Houve entrega total. Estamos firmes, abrimos um pouco mais do 2º, 3º e 4º colocados, mas dá pra empolgar tanto. Dá é pra ter confiança. O Botafogo lutará até o final. Vamos jogar fora, contra Corinthians e Internacional, adversários extremamente difíceis. Neste momento, precisamos usufruir da diferença, mas tentar agregar algo mais. Tem muita coisa pela frente e um descuido pode nos enfraquecer. Uma vitória dessa fortalece o trabalho e a união pelo objetivo maior. Mas não podemos ficar só nisso; Tem que ser disso pra mais.
  • Lucas Silva, volante do Cruzeiro: Fico feliz pela partida contra o Botafogo, pela sequência, pelas oportunidades. Estou correspondendo ao que pede o treinador e cada vez mais confiante. Estou recebendo elogios e isso, internamente, me dá mais confiança e tranquilidade para os próximos jogos. Teve uma hora que encostei a mão no Seedorf e ele olhou com cara feia, faz parte do jogo. Os jogadores do Botafogo vieram falar comigo pra eu não ficar deslumbrado, mas eu estava focado na partida. O Marcelo sempre me cobrou encurtar a marcação. Então, estou procurando ficar cada vez mais próximo do adversário, pra roubar bolas sem cometer falta. Contra o Botafogo fiz isso bem, diante do Seedorf, um jogador que dispensa comentários. Roubei as bolas sem falta e sair com tranquilidade.
  • Henrique, volante do Cruzeiro: Momento bom: sai um, entra outro e o time continua no mesmo nível. Fico feliz por ter entrado e ajudado na vitória.
  • Ceará, lateral direito do Cruzeiro: O foco é sempre a vitória e o jogo coletivo. Em campo, somos todos assim.
  • Júlio Baptista, meia do Cruzeiro: É importante ter elenco forte e o Cruzeiro tem, independentemente de quem está jogando.
  • Dedé, beque do Cruzeiro: Somos três, quatro com o Goulart, grandes cabeceadores. Atacamos muito bem a bola. No começo do campeonato, nosso time até fazia gol, mas era mal posicionado. Nilton atacava no primeiro pau, mas eu via que a bola não chegava nele. Chamei o professor e falei pra colocar o Nilton mais perto da gente, pra chamar mais um marcador e embolar. Disse pra colocar o Goulart na posição que era a do Nilton. Graças a Deus, deu certo nas últimas partidas. Foram gols parecidos. Nilton estava na minha frente e correu. O marcador dele bateu comigo e não conseguiu chegar. Se dois ficam parados, um consegue atacar a bola. A dificuldade sempre vai existir. Contra o Botafogo, tivemos duas chances, uma que o Bruno raspou, e outra, o gol. Três marcadores deles ficaram em dois. Já estão ligados no que fazemos de melhor. Nossa bola parada é muito perigosa e, com certeza, vão dar um jeito de neutralizar. Mas vamos tranquilos ali na área, confiantes do que podemos fazer, um ajudando o outro. Conversamos sobre quem corre, quem fica. Essa variação de posicionamento dentro da área é o que tem feito sair gols nessas bolas paradas.
  • Kitsune. no PHD: Ainda rouco. Moro no Santa Branca, a 2 km do Mineirão. Minha esposa disse que ouviu claramente as músicas da torcida. Até me enviou SMS com a letra, tamanha a clareza de como ela conseguia ouvir os cânticos. A torcida deu show!
  • Claudinei Vilela, no PHD: Fábio mais uma vez tentando adivinhar o canto….lástima!
  • Walla Cewfs, no PHD: Xinguei o Everton Ribeiro ontem depois de duas jogadas errada dele. Aí, o Evandro deu uma olhada pra mim e eu fiquei quieto cantando “nós somos loucos….”
  • Romarol, no PHD: 1. O pênalti perdido foi um milagre. Sedoorf bateu mal. JB também bateu mal, mas a bola entrou. Sorte de campeão! 2. Após saída do Renato e entrada do Hyuri o Botafogo perdeu o meio de campo. 3. Renato Marsiglia e a torcida do Botafogo são chorões: Kleenex neles! 4. Não escrevi, mas falei com colegas de trabalho que seria 4×0. Quem enfrentar o Cruzeiro abertamente no Mineirão vai tomar na cabeça. 5. Faltam 8 vitórias.
  • Jorge Angrisano Santana, no PHD, em 18set13 às 12h20: Tranquilo, confiante e abusado: Cruzeiro 3×0 Botafogo.

Fontes

Transmissão

  • Globo