Cruzeiro 2x2 São Caetano - 30/03/2003

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Corintians-RN.png 2x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 7x0 Escudo Corintians-RN.png
Por Campeonato Brasileiro 2003
← Primeira ficha Gol aos do Escudo São Paulo.png 2x4 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 4x0 Escudo Tupi.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 7x0 Escudo Corintians-RN.png
Contra São Caetano
Escudo São Caetano.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo São Caetano.png 2x0 Escudo Cruzeiro.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
2 × 2 Escudo São Caetano.png
São Caetano
1ª rodada do turno do Campeonato Brasileiro 2003
Data: 30 de março de 2003 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 16:00 Estádio: Mineirão
Árbitro: Leonardo Gaciba da Silva Público pagante: 10.705
Assistente 1: Villi Tissot Público presente: Não disponível
Assistente 2: André Veras Renda: R$ 100.003,00 R$ 100.003 <br />Cr$ 100.003 <br />NCr$ 100.003 <br />Cz$ 100.003 <br />NCz$ 100.003 <br /> (preço médio: R$ 9,34 )
Súmula: Súmula do jogo
Escalações
Cruzeiro: São Caetano:

1. Gomes 1. Silvio Luiz
2. Maurinho 2. Rafael
3. Edu Dracena 3. Daniel Substituição realizada de jogo ( Anaílson )
4. Thiago Gosling 4. Serginho
5. Leandro 5. Marlon
6. Augusto Recife 6. Marco Aurélio
7. Paulo Miranda Substituição realizada 22' (2T) de jogo 22' (2T) ( Claudinei ) 7. Fábio Santos Substituição realizada de jogo ( Paulinho )
8. Martinez Substituição realizada 33' (2T) de jogo 33' (2T) ( Wendel ) 8. Raulen Substituição realizada de jogo ( Édson Batatais )
9. Alex  Gol aos 37 do  (1T) 37'  (1T) Gol aos 1 do  (2T) 1'  (2T) 9. Mineiro
10. Deivid 10. Capixaba Gol aos do Gol aos do
11. Aristizábal Substituição realizada 38' (2T) de jogo 38' (2T) ( Marcelo Ramos ) 11. Adhemar
Técnico: Vanderlei Luxemburgo Técnico: Mário Sérgio
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: São Caetano:

Como foi

Primeiro Tempo

Até os dez minutos, a marcação sobressaiu. Com cinco homens no meio-campo, o São Caetano se preocupou apenas em impedir o Cruzeiro de chegar à sua intermediária. Sem se enervarem diante da dificuldade, os mineiros tocaram a bola e aos poucos passaram a envolver o visitante. Aos 12 minutos, após jogada individual de Aristizábal, Alex cruzou da esquerda e Deivid esteve perto do primeiro gol.

Com a marcação mais frouxa, o Cruzeiro ganhou força ofensiva, mas por outro lado cedeu espaços para o adversário contra-atacar. Em uma das investidas do São Caetano, aos 19, Marlon arriscou da intermediária e acertou o travessão de Gomes.

O jogo ganhou movimentação e aos 22, o Cruzeiro desperdiçou sua segunda chance de sair na frente. Alex recebeu de Deivid pela esquerda, passou por Daniel na grande área e desequilibrado, chutou à direita de Sílvio Luiz. Aos 24 e aos 25, após arremates de Maurinho e Dracena, o goleiro paulista voltou a ter a meta ameaçada.

Com o domínio total das ações em campo, o Cruzeiro finalmente abriu o placar aos 37 minutos, em lance de pura categoria do meia Alex. Após escorada de Thiago Gosling pela esquerda, Alex dominou a bola no peito, passou por dois marcadores na grande área e com um toque sutil de perna esquerda, encobriu Sílvio Luiz: Cruzeiro 1 a 0. Aos 44, após assistência de Alex, Martinez chutou sobre a zaga e perdeu o segundo gol.

Segundo Tempo

Em desvantagem e atrás do empate, o São Caetano retornou ao gramado com o habilidoso Anaílson na vaga de Daniel. Já o Cruzeiro, com a mesma formação, manteve a desenvoltura ofensiva da etapa inicial e logo no primeiro minuto, voltou a marcar em lance de contra-ataque. Maurinho recebeu lançamento de Deivid pela direita e encontrou Alex livre na área, que de perna direita, desviou do goleiro: 2 a 0.

Como já se previa, o São Caetano partiu para o ataque e aos cinco, conseguiu diminuir com a colaboração de Gomes. Adhemar cobrou falta da intermediária, o goleiro cruzeirense soltou e no rebote, Capixaba fez o primeiro dos paulistas: 2 a 1.

A partir daí, o São Caetano ganhou moral e ao menos em três oportunidades antes dos 20 minutos, esteve perto do empate. Mesmo com sinais de abatimento na defesa, o Cruzeiro seguiu criando e em duas situações, uma com Aristizábal, aos 12, e outra com Deivid, aos 25, desperdiçou chances de voltar a ter folga no marcador. Neste último lance, a bola tocou no travessão após um cabeceio a queima-roupa.

No intuito de transformar o bom momento de seu time em gols, Mário Sérgio fez mais duas substituições ao longo do jogo. Por outro lado, notando a supremacia do rival, Luxemburgo tentou uma reação com as entradas de Claudinei e Wendell nas vagas de Paulo Miranda e Martinez, e Marcelo Ramos no posto de Aristizábal.

As alterações não alteraram o panorama e aos 44, depois de muito insistir, o São Caetano alcançou o empate. Após cruzamento da esquerda, Capixaba desviou a trajetória da bola e a titou do alcance de Gomes, que deixou o campo vaiado: 2 a 2.

Imagens do jogo

Fonte