Cruzeiro 2x2 Fluminense - 05/06/2019

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo São Paulo.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 0x0 Escudo Corinthians.png
Por Copa do Brasil 2019
Escudo Fluminense.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 3x0 Escudo Atlético-MG.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 1x2 Escudo Emelec.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 0x0 Escudo Corinthians.png
Contra Fluminense
Escudo Fluminense.png 4x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 0x0 Escudo Fluminense.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
2 × 2 Escudo Fluminense.png
Fluminense
Jogo da volta - Oitavas de Final - Copa do Brasil 2019
Data: 5 de junho de 2019 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 19:15 Estádio: Mineirão
Árbitro: Rafael Traci Público pagante: 40.056
Assistente 1: Fabrício Vilarinho da Silva Público presente: 47.460
Assistente 2: Carlos Berkenbrock Renda: R$ 546.960,50 R$ 546.960,5 <br />Cr$ 546.960,5 <br />NCr$ 546.960,5 <br />Cz$ 546.960,5 <br />NCz$ 546.960,5 <br /> (preço médio: R$ 13,65 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Cruzeiro: Fluminense:

1. Fábio 25. Agenor
29. Lucas Romero 2. Gilberto
26. Dedé 33. Nino Substituição realizada 44'(2T) de jogo 44'(2T) ( 37. Miguel )
3. Léo 13. Frazan Substituição realizada 38'(2T) de jogo 38'(2T) ( 16. Mascarenhas )
18. Dodô 19. Caio Henrique
8. Henrique Cartão amarelo recebido aos 29  (2T) 29'  (2T)   29. Allan
5. Ariel Cabral Substituição realizada 39' (2T) de jogo 39' (2T) ( 16. Lucas Silva ) 20. Daniel Cartão amarelo recebido aos 48  (2T) 48'  (2T)  
19. Robinho Cartão amarelo recebido aos 44  (2T) 44'  (2T)   10. Ganso Gol aos 14 do  (1T) 14'  (1T)
10. Thiago Neves  Gol aos 13 do  (2T) 13'  (2T) Gol aos 35 do 35' (2T) P 18. Luciano Cartão amarelo recebido aos 44  (1T) 44'  (1T)  
20. Marquinhos Gabriel Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 32. Pedro Rocha ) 30. Brenner Substituição realizada 37'(2T) de jogo 37'(2T) ( 35. Ewandro )
9. Fred Substituição realizada 27' (2T) de jogo 27' (2T) ( 99. Sassá Cartão amarelo recebido aos 47  (1T ) 47'  (1T )   ) 23. João Pedro Gol aos 51 do  (2T) 51'  (2T)
Técnico: Mano Menezes Técnico: Fernando Diniz
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: Fluminense:

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 19h15 COMEÇA o jogo. Cruzeiro, à direita, Fluminense dá a saída.
  • 01 M Gabriel derruba Gilberto e aborta ataque tricolor.
  • 01 UNIFORMES: Cruzeiro, tradicional, Fluminense, com camisa tricolor, calções e meias grená.
  • 02 Flu troca passes no meio de campo, Cruzeiro cerca.
  • 02 Caio Henrique dribla romero e cruza da esquerda, dedo corta de cabeça.
  • 03 MÉDIA DE IDADE do Flu é de 23 anos e 4 meses. Nenhum jogador em campo ou no banco, chega a 30 anos de idade.
  • 04 Ganso lança Brenner, Dedé corre atrás e difidulta o cruzamento do velocista tricolor.
  • 05 PRESSÃO celeste na saída de bola tricolor, Robinho arremata, Agenor defende, com dificuldade.
  • 06 Brenner vai ao fundo, pela esquerda, e cruza. Fábio defende.
  • 07 Gilberto atravessa a bola da direita pra esquerda. Lateral, Cruzeiro.
  • 08 VAR. Juiz vai conferir no monitor a disputa entre Dedé e Brenner.
  • 09 PÊNALTI. Dedo em Brenner. Cruzeirenses reclamam. Não adianta.
  • 10 GOL. Ganso cobra coma canhota, Fábio defende, bola volta pra área, Luciano chega antes de Dodô e manda traz rede.
  • 11 VAR. Juiz vai conferir o gol, no monitor.
  • 12 VAI COBRAR DE NOVO! porque houve invasão de jogadores dos dois times.
  • 13 Demora pra co
  • 14 GOL Ganso cobra de canhota, no canto direito, Fábio vai pro lado oposto. FLUMINENSE 1×0. brança.
  • 15 TORCIDA CELESTE apoia o time.
  • 16 Neves cobra corner na esquerda, defesa tricolor impede cabeceio de Fred.
  • 17 JOGO PARADO. Caio Henrique calça chuteira.
  • 18 Cabral e Gilberto se desentendem.
  • 18 Luciano chota cruzado, Fábio salta e escanteia a bola.
  • 19 Dedé corta bola de escanteio.
  • 20 Frazan derruba Dedé, que pede amarelo. Juiz não dá.
  • 21 Robinho cobra falta, Agenor sai no bola e tira a bola.
  • 22 Agenor dá soco na cabeça de Dedé. Juiz considera lance normal.
  • 23 Fluminense todo na defesa. Cruzeiro troca passes.
  • 24 Dodô aciona M Gabriel, Allan manda bola pra lateral.
  • 25 Fred está mancando. Sassá no aquecimento.
  • 26 Fred se contundiu após receber pancada de Frazan.
  • 27 Fred sai no carromaca.
  • 28 TROCA. Fred x Sassá.
  • 29 Henrique derruba Brenner na meiuca e não aprova marcação do Juiz.
  • 30 APENAS 45% de bola rolando até agora.
  • 30 PERIGO. Luciano cruza direita, Caio Henrique arremata, bola bate na defesa, Brenner pega de prima e manda pra fora.
  • 31 Henrique vence dividida na meiuca, mas é derrubado por Daniel.
  • 32 João Pedro corre pela esquerda, Henrique e Dedé vão atrás e o desarmam.
  • 33 Dedé derruba João Pedro na meiuca.
  • 34 Luciano cruza direita, Dodô corta pra lateral.
  • 35 Fluminense controla o jogo tocando a bola.
  • 35 Mano Menezes manda subir a marcação.
  • 36 Neves entra na área tricolor, mas é desarmado por Frazan.
  • 37 Robinho aciona Sassá, Caio Henrique cede corner.
  • 38 Henrique aciona M Gabriel na área tricolor, defesa corta.
  • 38 POSSE DE BOLA> Fluminense, 65%.
  • 39 FINALIZAÇÕES: Fluminense 4×2.
  • 40 Cabral lança Neves, que tenta sabe;a com Robinho e não consegue.
  • 41 Robinho cruza da direita, Agenor divide com Sassá, juiz dá falta do atacante celeste.
  • 42 Jogo recomeça, após recuperação do goleiro tricolor.
  • 43 51% DE BOLA ROLANDO. Var comeu bom tempo do jogo.
  • 44 AMARELO. Luciano, por reclamação.
  • 45 Luciano cai, após choque com Leo, pelo alto.
  • 45 7 MINUTOS de acréscimo.
  • 46 PRESSÃO celeste na saída de bola. Sassá chuta, bola fica na rede, pelo lado de fora.
  • 47 AMARELO. Sassá, por interferir em briga de Romero e Allan. Empurrou o tricolor.
  • 48 Neves recebe na área tricolor e chita, bola fica em Allan.
  • 49 Romero desarma Brenner, mas entrga a bola a um adversário. Caio Henrique pega a bola e chuta pra fora.
  • 50 Robinho, Sassá, Romero, bola cruzada, defesa corta.
  • 51 CADË O APITO? Nino derruba M Gabriel na área tricolor. Juiz engole o apito.
  • 52 FIM de 1º tempo.

Segundo Tempo

  • 20h23 COMEÇA o 2º tempo. Cruzeiro dá a saída.
  • 46 TROCA. Marquinhos Gabriel x Pedro Rocha.
  • 46 Allan derruba Rocha, na esquerda. Neves cobra mal, defesa corta.
  • 47 Romero tabela com Robinho e cruza, Sassá cabeceia, Agenos defende.
  • 48 Dedé se antecipa a Brenner e corta passe de Ganso.
  • 49 Rocha tabela com Neves, defesa tricolor corta.
  • 50 PERDEU! Sasá coloca Neves na cara do gol, O meiatacante finaliza de direita, bola cruza a pequena área e sai pela linha de fundo.
  • 51 TORCIDA CELESTE apoia muito seu time.
  • 52 PRESSÃO celeste na saída de bola tricolor. Flu fica com um lateral.
  • 53 Leo para João Pedro, com falta. Flu cobra pra trás.
  • 54 Luciano aciona Caio Henrique na área celeste, defesa recupera a bola.
  • 55 Gilberto corta ataque celeste com toque de mão. Falta na pontesquerda.
  • 56 Robinho cobra mal, com chute à meia altura. Defesa corta.
  • 57 Robinho pressiona Caio Henrique, Flu ganha lateral.
  • 57 Robinho cobra corner na direita, defesa tricolor corta, Dodô chuta, bola desvia, novo corner.
  • 58 GOL. Robinho cobra corner na direita, Dedé cabeceia, Cabral ajeita de cabeça, Neves, na pequena área, arremata. CRUZEIRO 1×1.
  • 59 Neves dispara pela direita, cruza muito fechado, Agenor cata.
  • 60 NEVES mete gol há três jogos seguidos.
  • 61 TORCIDA CELE4STE faz um barulho absurdo.
  • 61 Dedé limpa área celeste, com um bico.
  • 62 Gilberto parte pra cima de Dodô e chita cruzado, pra fora.
  • 63 Romero desarma João Pedro, com carrinho.
  • 64 PÊNALTI. Neves mete caneta em Ganso e lança Rocha, que é derrubado por Gilberto, na área tricolor.
  • 64 Sandro Meira Ricci diz que Rocha foi tocado, mas ele no daria o pênalti.
  • 65 PERDEU! Sassá cobra fraco, à meia altura, no canto direito, Agenor defende.
  • 66 TERMOCEFALIA. Jogadores desperdiçam chances, trocedor maluco culpa o técnico se a vitória não acontece.
  • 67 Gilberto joga bola na área celeste, Fábio defende.
  • 68 Daniel mete a mão na bola.
  • 69 Sassá fira contra Nono e chuta de longe, Agenor defende.
  • 70 Henrique corta cruzamento de Gilberto, na área celeste.
  • 70 Gilberto cruza direita, bola sai pela linha de fundo, do lado oposto.
  • 71 DEZ FINALIZAÇÕES: cruzeiro conseguiu 3 na etapa inicial e 7a na final.
  • 72 Henrique toma bola de Allan, é derrubado, defesa tricolor recupera a bola.
  • 73 Brenner recebe cruzamento de João paredro e arremata. Bola fica em Dodô.
  • 73 Dodô cede cormer, Daniel cobra na direita, cabral corta, de cabeça.
  • 74 Dodô cerca joão Pedro, que sai coma bola pela linha de fundo.
  • 75 GÁS do Cruzeiro já não é o mesmo o do começo do segundo tempo.
  • 76 DEFESAÇA. Neves coloca Sassá na cara do arco, Agenor cresce e impede a finalização.
  • 76 Neves coloca a bola na pequena área, de novo. Rocha n!ào consegue finalizar.
  • 77 VAR. Juiz vai ao monitor conferir lance em que Caio Henrique derruba Romero na área tricolor.
  • 78 Meira Ricci diz que houve pênalti.
  • 78 PÊNALTI. Juiz confere e vê a falta sobre Romero.
  • 79 TORCIDA CELESTE pede que Neves cobre o pênalti.
  • 80 GOL. Neves xobra de canhota. Bola no meio do gol, Agenor pula pro lado direito. CRUZEIRO 2×1.
  • 81 NINGUÉM vai encher o saco do Neves por ter oferecido gol ao Itair.
  • 82 TROCA. Berre x Ewandro.
  • 82 BLITZ tricolor. Dedé dá cattinho, Fábio dende, Ganso chita, escanteio pro Flu.
  • 83 TROCA. Ariel Cabral x Lucas Silva.
  • 84 TROCA. Frazan x Mascarenhas.
  • 84 Nino cabeceia bola de corner, Fábio faz defesa difícil.
  • 85 Daniel cruza direita, pra fora.
  • 86 Henrique erra passe Hanso arma jogada de ataque, Henrique vai atrás e recupera a bola.
  • 87 SUFOCO. Fluminense vai todo pro ataque. Cruzeiro se tranca.
  • 88 Rocha coloca Sassá na cara do gol, arremata vai pra fora. Bandeira marca impedimento do centroavante celeste.
  • 89 TROCA. Nino x Miguel.
  • 90 MIGUEL tem apenas 16 anos.
  • 90 SEIS MINUTOS de acréscimo.
  • 91 Daniel cobra falta, Romero escanteia a bola. Jogadores do Flu pedem pênalti de Romero, Juiz marca corner.
  • 92 Mascarenhas cobra corner na esquerda, Romero corta.
  • 93 DEFESAÇA. Mascarenhas cruza da esquerda, Ganso cabeceia, Fábio faz ponte e escanteio a bola.
  • 93 Mascarenhas cobra corner na esquerda, Dedé corta.
  • 94 AMARELO. Daniel, por falta em Neves.
  • 95 Dedé cobra falta, Sassá tenta segurar a bola, mas não consegue. Flu volta ao ataque.
  • 95 Dodô corta bola enviada a Ewandro.
  • 96 Mais um minuto, avisa o Juiz.
  • 96 GOL. Daniel levanta a bola na área, João Pedro finaliza de bicicleta, bola entra no canto direito. FLUMINENSE 2×2.
  • 97 FIM de jogo. Aos pênaltis!

Cobrança de penaltis

Cruzeiro 3 x 1 Fluminense
Lucas Silva aos do aos do Ganso
Lucas Romero aos do Gol aos do Caio Henrique
Pedro Rocha Gol aos do aos do João Pedro
Sassá Gol aos do aos do Gilberto
Thiago Neves Gol aos do

Vídeos

Batidores do jogo
Coletiva pós jogo

Atuações

  • TORCIDA CELESTE decidiu o jogo, no grito. Foi ela quem decifrou a charada do Diniz. Se não dá na bola, no grito se resolve. Um espetáculo. Parecia jogo do Celtic.
  • FÁBIO fez duas defesas e catou pênalti cobrado por João Pedro. Desempenho fundamental para a classificação.
  • ROMERO começou mal, batido com frequência por Caio Henrique e Brenner. Melhorou com o passar do tempo e sofreu o pênalti do segundo gol. No fim, se perdeu novamente, com Mascarenhas, João Pedro e Miguel criando jogadas por seu lado, inclusive a do gol de empate. A dedicação, como sempre, foi o posto alto de sua atuação.
  • DEDÉ cometeu um pênalti que, em tempos de Var, costuma não passar em branco. Mas também rebateu bolas e fez a cobertura da lateral direita, com afinco.
  • LEO não deixou João Pedro se criar em seu setor, ajudou Dodô na marcação do lado esquerdo e rebateu bolas importantes.
  • DODÔ dedicou-se a marcar e saiu-se razoavelmente.
  • HENRIQUE não se desesperou coma troca de passes dos tricolores comandada por Ganso. Marcou, apoiou e segurou a defesa quando o time se mandou em busca do empate na etapa final, abrindo mão do bloqueio defensivo costumeira.
  • CABRAL marcou, armou e serviu para gol. Fez ótima partida para quem gosta de futebol moderno. Os adoradores de cabeças de área, adeptos do futebol de fazendo, obviamente, não gostaram. Normal, devido à diversidade de visões do jogo que existe na torcida. Os mais conservadores, aquela turma que aplaude carrinho e botinadas não aceitam que a bola corra mais que o jogador e reclamam que ele insta em privilegiar o passe à trombada.
  • ROBINHO não brilho, como jogos recentes. Dedicou-se muito a cercar a garotada tricolor e criou pouco. Mas, no todo, não comprometeu.
  • MARQUINHOS jogou apenas o primeiro tempo e não se destacou na sua especialidade, a jogada individual seguida de cruzamento certeiro buscando o centroavante.
  • NEVES fez dois gols no tempo regular e acertou a cobrança da classificação nas cobranças de pênalti. Dentre suas várias jogadas, destaca-se a caneta em Ganso, seguida por lançamento previsto pra Rocha no lance do pênalti desperdiçado por Sassá.
  • FRED jogou pouco tempo, sofreu lesão muscular e saiu, sem deixar marca relevante.
  • ROCHA jogou apenas a etapa final. Fez jogadas individuais, sendo a mais importante a do pênalti cometido por Gilberto.
  • LUCAS entrou no fim do jogo e se manteve na defesa tentando impedir a criação de jogadas dos meias tricolores, no que foi parcialmente bem-sucedido.
  • MANO escalou o melhor time possível, fez as retificações necessárias com boas substituições e conseguiu fazer o time jogar na etapa final o futebol que faltou na inicial.
  • SASSÁ substituiu Fred no começo da partida e incomodou a defesa tricolor, com muita correria. Perdeu um pênalti com um chute fraco no tempo normal, mas converteu outro nas cobranças decisivas. Sua melhor jogada foi um serviço que quase resultou em gol de Neves.
  • CRUZEIRO tentou pressionar a saída de bola do Fulmines no começo do jogo e não se deu bem. Na etapa final, em desvantagem, se soltou e pressionou até virar o placar. No fim, aceitou a pressão, apostando na vantagem, e sofre empate na prorrogação da prorrogação. Classificou-se, nos pênaltis porque o Flu foi mais incompetente nas cobranças e por que Fábio fez a sua defesa de praxe.
  • FLUMINENSE fez um primeiro tempo envolvente, escapando da marcação alta do time celeste, com facilidade e criando boas jogadas de ataque. Na etapa final, sucumbiu ao grito da torcida e à pressão do adversário. No fim, após trocar beques por atacantes, pressionou até conseguir um empate no minuto extra conhecido pelo juiz aos seis de acréscimo originais. Agenor defendeu pênalti, os laterais fizeram bom jogo ofensivo, João Pedro fez gol de bicicleta e os caras da armação tiveram bom desempenho liderados por Ganso.
  • ÁRBITROS acertaram nos pênaltis sobre Brenner e Romero, mas se esqueceram de marcar um em Marquinhos Gabriel. Sem motivo algum, pois a regra do futebol não pode mudar durante um jogo. Quando muda, a Fifa dá um prazo de carência.

O que foi dito

  • MANO MENEZES: Estudamos o jogo no primeiro tempo, qual era a proposta, o que estavam tentando executar. Hoje tinham dois ou três jogadores diferentes dos que estiveram no duelo de ida. O segundo tempo foi melhor, um pênalti, uma virada, um pênalti perdido. Precisávamos, de novo, voltar a jogar bem. E aí ser merecedor de passar. Futebol é tão duro que poderíamos ter sido eliminados com dois gols nos últimos dois minutos. No Maracanã e aqu. O torcedor foi brilhante no momento de dificuldade e isso é o que sustenta uma equipe. Levamos essa classificação nos pênaltis, foi até muito parecido do jogo contra o Grêmio, o que tornou tudo ainda mais tenso. Mas fico contente. O Cruzeiro está de volta. Eu já disse no domingo. Agora, confirmamos num jogo de mata-mata, a gente volta a render bem num momento crucial. Esse era o jogo mais importante do semestre. Das metas todas que traçamos, só estamos devendo no Brasileiro.
  • THIAGO NEVES: Eu sou iluminado. Só tenho a agradecer a Deus por tudo que ele me proporciona dentro de campo. Trabalhei bem, mas tive um começo de ano difícil. Agora voltei em um momento difícil do clube e do time. E é neste momento que os torcedores precisam do camisa 10, precisam dos grandes jogadores. Fui feliz mais uma vez, brilhei, ajudei meu time que é com o que eu mais me preocupo. Pênalti não é meu forte, mas o Mano pediu para eu assumir a responsabilidade e fui feliz.
  • SOUZA: O Cruzeiro jogou no limite. Os jogadores correram o máximo que aguentam. E mesmo assim o Fluminense sobrou no final. Não dá mais para fechar os olhos e não começar a mesclar o time com jovens e experientes.
  • WAGNER LUCAS: Qual é a grandeza do Fábio no Cruzeiro? Existe alguém que ainda conteste o que ele representou e representa para o clube? Outros jogadores terão a história e as conquistas que o Fábio tem e ainda vai ter pelo Cruzeiro? Seus detratores devem ser perdoados?
  • MATHEUS PENIDO: Esse time do Flu tem seus limites, mas é extremamente focado, para usar uma palavra da moda. O sistema do Diniz requer muita concentração e fôlego, e os garotos estão dando conta do recado, além de não desistirem nunca. Até o complicado Ganso está jogando com obstinação.
  • FERNANDÃO ÁVILA: Neves foi o melhor. Não tem jeito. Destaco também o esforço do Henrique, que marcou por dois e tentou tirar o time da roda. Ganhou duas bolas no campo de ataque, que é a melhor chance contra times como o Flu. E menção honrosa para mim, que acometido de dengue, larguei o leito e fui para o Mineirão.

Fontes

Transmissão

  • SporTV
  • PPV