Cruzeiro 2x1 Vitória - 20/07/2016

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Fluminense.png 2x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 1x2 Escudo Sport.png
Por Copa do Brasil
Escudo Vitória.png 1x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Botafogo.png 2x5 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 0x3 Escudo Atlético-PR.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 1x2 Escudo Sport.png
Contra Vitória
Escudo Vitória.png 1x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Vitória.png 0x1 Escudo Cruzeiro.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
2 × 1 Escudo Vitória.png
Vitória
3ª fase - jogo de volta da Copa do Brasil 2016
Data: 20 de julho de 2016 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 21:45 Estádio: Mineirão
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto Público pagante: 10.775
Assistente 1: Herman Brumel Vani Público presente: Não disponível
Assistente 2: Fábio Rogerio Balesteiro Renda: R$ 244.034,00 R$ 244.034
Cr$ 244.034
NCr$ 244.034
Cz$ 244.034
NCz$ 244.034
(preço médio: R$ 22,65 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Cruzeiro: Vitória:
1. Fábio 23. Caíque
21. Lucas 26. Diego Renan
3. Léo 25. Kanu Cartão amarelo recebido aos 42  (2T) 42'  (2T)  
36. Bruno Viana 3. Victor Ramos
31. Edimar 16. Euller
8. Henrique 17. Vander
5. Ariel Cabral 7. Marinho Gol aos 27 do  (2T) 27'  (2T)
33. Bruno Ramires Cartão amarelo recebido aos 44  (2T) 44'  (2T)   Gol aos 22 do  (1T) 22'  (1T) Substituição realizada 43' (2T) de jogo 43' (2T) ( 4. Bruno Rodrigo ) 8. Willian Farias Substituição realizada 36'(2T) de jogo 36'(2T) ( 14. José Welison )
10. De Arrascaeta 29. Marcelo Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 11. Tiago Real )
7. Rafael Sóbis Cartão amarelo recebido aos 19  (1T) 19'  (1T)   Substituição realizada 25' (2T) de jogo 25' (2T) ( 70. Rafinha ) 9. Kieza
50. Ramón Ábila Cartão amarelo recebido aos 41  (2T) 41'  (2T)   Gol aos 2 do  (2T) 2'  (2T) 22. Dagoberto Substituição realizada 13'(2T) de jogo 13'(2T) ( 36. Rodrigo Ramalho )
Técnico: Paulo Bento Técnico: Vágner Mancini
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: Vitória:

Pré-Jogo

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro passou pro Campinense (0x0 e 3×2) e Londrina (2×0) nas fases anteriores. Vitória passou pelo Náutico de Roraima (3×2 e 3×1) e Portuguesa (0x0 e 3×1).

ARBITRAGEM: Thiago Duarte Peixoto, Fábio Rogério Baesteiro, Herman Brumel Viani (SP).

CRUZEIRO: Fábio – L ucas, Leo, Bruno Viana, Edimar — Bruno Ramires, Henrique, Cabral — Arrascaeta — Ábila, Sobis. T: Paulo Bento.

BANCO do Cruzeiro: França, Jonathan, Bruno Rodrigo, Manoel, Fabrício Bruno, Vitinho, Nazário, Cabral, Gino, Pisano, Coutinho.

AUSENTES no Cruzeiro: Rafael, Dedé, Marcos Vinícius, Marciel, Mayke, Elber, Alisson, Robinho, Judivan, lesionados, Bryan e Riascos, que já participaram da Copa por América e Vasco, respectivamente, Romero, na Olímpica Argentina, Willian, poupado.

PENDURADOS no Cruzeiro: Ninguém.

VITÓRIA: Caíque — Diego Renan, Victor Ramos, Kanu, Euller — Marcelo, Willian Farias — Vander — Marinho, Kieza, Dagoberto. T: Vagner Mancini.

BANCO do Vitória: Wallace (G), Josué (B), Ramon (B), José Welison (V), Amaral (V), Flávio (M), Tiago Real (M), Yan (M), David (A), Alípio (A), Vander (A).

AUSENTES no Vitória: Domingues (M), Norberto (L), Vinícius (B), Fernando Miguel (G), Guilherme Mattis (B), Maicon Silva (L).

PENDURADO no Vitória: Victor Ramos (B).

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 21h38 TIMES em campo. Cruzeiro, com uniforme tradicional; Vitória, com camisas e meias alaranjadas, meias pretas.
  • 21h40 HINO Nacional.
  • 21h45 COMEÇA. Cruzeiro, à direita das tribunas, dá a saída.
  • 01 Bruno Ramires finaliza do bico da área, direita do ataque celeste, bola sai rente ao poste direito do arco baiano.
  • 02 Edimar lança Ábila, que está impedido.
  • 03 Diego Renan lança Kieza, bola fica com Fábio.
  • 04 Cabral joga de primeiro volante, Henrique está na esquerda, Bruno Ramires, na direita.
  • 05 Marcação implacável do Vitória dificulta saída da defesa celeste.
  • 06 Ábila finaliza, bola acerta Victor ramos.
  • 07 Vitória tem quatro atacantes.
  • 08 Edimar recupera bola na defesa, arranca pelo campo do Vitória, e chuta da entrada da área. Bola para por cima do travessão.
  • 09 Cruzeiro taca pela direita, Arrascaeta é desarmado por Kanu.
  • 10 Sobis ajuda Edimar na marcação de Marinho.
  • 11 Ábila passa a Arrascaeta, que tenta caneta em Euller na área do Vitória e é desarmado.
  • 12 Sóbis avança pela esquerda e finaliza com chute cruzado, que sai à esquerda de Caíque.
  • 13 Henrique corta lateral ofensivo de Diego Renan. Marcelo recupera bola e o Vitória tenta atacar, mas sem sucesso.
  • 14 Victor Ramos derruba Ábila.
  • 15 Edimar cobra falta, boal atravessa área rubro-negra e sai pela linha de fundo
  • 16 Marinho tenta passar por Edimar, não consegue, insiste e é desarmado por Henrique.
  • 17 Dagoberto tenta passar por Bruno Ramires e sofre falta na pontesquerda.
  • 18 AMARELO. Sobis, por sa9r da barreira antes da cobrança de falta.
  • 19 Marinho cobra falta na direita, bola quica, Fábio encaixa.
  • 20 Farias derruba Henrique na meiuca. Viana cobra, recuando pra Fábio.
  • 21 DEFESAÇA. Lucas chuta forte da direita, Caíque espalma pra corner.
  • 22 GOL. Lucas cruza direita, Bruno Ramires aprece entre os beques e finaliza de canela. CRUZEIRO 1×0.
  • 23 Paulo Bento comemora alucinadamente.
  • 24 1º GOL de Bruno Ramires no time profissional do cruzeiro.
  • 25 Edimar derriba Vander na meiuca.
  • 26 Sobis lança Ábila, que está impedido, pela terceira vez.
  • 27 Cabral derruba Marinho na entrada da área celeste.
  • 28 Marinho cobra falta, bola fica na barreira celeste.
  • 29 Cruzeiro ataca pela direita, Kanu corta, Bruno Ramires passa em branco.
  • 30 Leo desmancha ataque baiano dentro da área celeste.
  • 31 Arrascaeta puxa contrataque e tenta acionar Sobis na área alaranjada, mas Kanu intercepta a bola.
  • 32 VOLANTES celestes são os destaques até aqui, desarmando e armando bem.
  • 33 CADÊ O CARTÃO? Marinho agarra e derruba Lucas.
  • 34 Cabral derruba Diego Renan na intermediária celeste.
  • 35 FALTAS: Cruzeiro 9×7.
  • 36 Diego Renan cobra falta, Dagoberto cabeceia, Bruno Ramires tira bola da área celeste.
  • 37 QUASE! Kanu arremata de prima rebote da defesa celeste. Bola tira tinta do poste esquerdo.
  • 38 Vander foi pra direita, marinho pro meio do ataque do time baiano.
  • 39 Euller desmancha boa troca de passes do ataque celeste.
  • 40 OFFSIDE. Ábila, impedido, manda bola pra rede. Não vale.
  • 41 AMARELO. Ábila, por finalizar depois da marcação de impedimento.
  • 42 DEFESAÇA. Marinho escapa livre e enche o pé de dentro da área celeste, Fabio defende parcialmente. Marinho devolve a bola pro miolo da área, Leo manda bola pra longe.
  • 43 MAURO CÉZAR desanca o juiz pelo cartão amarelo dado a Ramon Ábila.
  • 44 Vitória tenta atacar e nada consegue.
  • 45 FIM de 1º tempo.

Segundo Tempo

  • 22h48 TROCA. Marcelo x Tiago Real.
  • 22h49 COMEÇA o 2º tempo, Vitória dá a saída.
  • 46 Ábila recebe passe de Arrascaeta, corta Victor ramos, pra dentro, e solta um petardo, de canhota. Caíque ainda toca na bola, mas não consegue evitar o gol. CRUZEIRO 2×0.
  • 47 10 GOL de Ábila com a camisa celeste.
  • 48 Caíque tira de soco bola jogada em sua área.
  • 49 Marinho persegue e derruba Edimar. Falta na esquerda.
  • 50 Henrique finaliza, Caíque defende.
  • 51 Bola esticada pra Kieza, Fábio fica com ela.
  • 52 Edimar finaliza da esquerda, Caíque encaixa.
  • 53 Henrique desarma Diego Renan, frustrando ataque do Vitória pela direita.
  • 54 Marinho finaliza da entrada da área, bola acerta Leo e não vai ao arco celeste.
  • 55 Arrascaeta vira bola da direita pra esquerda, Edimar comete falta em Marinho.
  • 56 Paulo Bento fica uma arara com a marcação da falta e buzina na orelha do 4º Árbitro.
  • 57 Sobis recebe de Ábila e finaliza com chute cruzado. Bola sai à esquerda de caíque.
  • 58 TROCA. Dagoberto x Ramallo.
  • 59 Marinho se desvencilha da marcação de Cabral e solta uma bomba. Bola sai à direita de Fábio, com perigo.
  • 60 Tiago Real derriba Ábila na meiuca.
  • 61 Diego Renan chuta, Fábio encaixa.
  • 62 POSSE DE BOLA; Cruzeiro, 55%.
  • 63 Vitória gira bola da direita pra esquerda e da esquerda pra direita, sem encontrar espaço pra entrar na área celeste. Vander finaliza de longe, bola sai pela linha de fundo.
  • 64 Henrique cede corner, impedindo cruzamento.
  • 65 PÊNALTI. Henrique dá um tranco em Marinho, que desaba. Juiz vê falta. Sei não…
  • 66 GROGUE. Marinho desaba, carromaca em campo.
  • 67 DEFENDEU! Diego rena cobra rasteiro, no canto direito, Fábio defende, Ramallo chega livre no rebote, mas chuta por cima do travessão.
  • 68 Marinho volta a campo.
  • 69 TROCA. Sobis x Rafinha.
  • 70 GOL. Vander faz lançamento do meio pra direita, nas costas da defesa. Marinho chuta cruzado, rasteiro. VITÓRIA 1×2.
  • 71 QUASE! Tiago real recebe bola na entrada da pequena área e finaliza. Bola bate em Kanu e facilita a defesa de Fábio.
  • 72 Arrascaeta demora a passar e não consegue encontrar Ábila.
  • 73 Vitória tom conta do jogo.
  • 74 Torcida celeste empurra seu time no momento mais difícil da partida.
  • 75 TROCA. Cabral x Gino.
  • 76 EXPULSO. Paulo Bento, por reclamação.
  • 77 Rafinha e Lucas tabela na pontadestra. Defesa do Vitória retoma a bola.
  • 78 Kieza tenta cruzar da pontesquerda, Lucas não permite e ainda ganha tiro de meta.
  • 79 Kieza cai. Entrada de Lucas foi violenta. Juiz não viu nada de errado…
  • 80 TROCA. Willian Farias x José Welison.
  • 81 DEFESAÇA. Diego Renan chuta forte, na cara do gol. Fábio espalma pra corner.
  • 82 José Welison chuta de longe, pra fora.
  • 83 Vander cobra falta na pontesquerda, Kanu cabeceia pra fora.
  • 84 Ábila rola pra Arrascaeta, defesa do Vitória impede sequ6encia da jogada.
  • 85 Bruno Ramires recebe de Ábila, atravessa a intermediária do Vitória e cai na área. Torcida pede pênalti, Juiz manda seguir.
  • 86 AMARELO. Kanu, por falta em Ábila, na origem do ataque.
  • TROCA. Bruno Ramires x Bruno Rodrigo.
  • Bola sobre a área celeste, Victor Ramos, impedido, cabeceia, Fábio defende, mas leva trombada de Kieza e dica caído.
  • 89 Gino lança Arrascaeta na pontesquerda, Kanu fica com a bola.
  • 90 Marinho cruza direita, Leo corte, na área celeste.
  • 91 BALIZA. Ábila dispara rumo ao arco do Vitória e chuta rasteiro. Bola acerta o pé do poste direito. No rebote, Rafinha tenta por cobertura, bola acerta o travessão.
  • 92 Bruno Viana lança Ábila, Caíque sai do arco e despacha a bola.
  • 92 PÚBLICO: 10.775 pagantes, R$244.034, média R$23.
  • 93 Ábila é impedido de entrar na área, com um tranco de Kanu. Juiz manda seguir.
  • 94 Diego Renan cruza, Fábio defende.
  • 95 Fim de jogo. Cruzeiro jogou bem, Vitória jamais se entregou, foi uma excelente partida.

Vídeos

Gols
Coletiva após o jogo
Gols vistos do campo
Melhores momentos com narração da 98FC
Entrevistas do jogadores pós jogo

Atuações

  • TORCIDA CELESTE compareceu em número reduzido, ensaiou uma ou outra vaia na escalação, mas se conteve quando a bola começou a rolar. (Matheus Chaves)
  • FÁBIO pegou um pênalti e fez todas as defesas e intervenções esperadas de um grande goleiro. (Matheus Chaves)
  • LUCAS fez sua melhor partida pelo Cruzeiro. Como a cobertura daquele lado esteve bem postada, não teve dificuldades defensivas. Além de ter apoiado bem (deu um chute fantástico que mereceu entrar na casinha), E os dois gols azuis foram com passe dele. (Rosan Amaral)
  • LEO foi providencial em ao menos duas oportunidades tirando a bola na pequena área, quando a chance de gol adversário era alta. Além disso orientou a defesa, discutiu com o juiz e rebateu todas as bolas que passaram por perto. Pelo conjunto da obra e por seu setor ser o mais cobrado do time merece o voto de melhor do jogo. (Filipe Braga)
  • VIANA esteve tranquei e não cometeu erros relevantes. (Síndico)
  • BRODRIGO entrou no fim pra congestionar a entrada da área celeste e cumpriu sua missão sem dificuldade. (Síndico)
  • EDIMAR não chega a ser nenhuma maravilha, mas se mostrou mais seguro e desenvolto do que as opções anteriores. (Cláudio Arreguy)
  • CABRAL, afora alguns passes errados, esteve quase perfeito. Antecipou-se em várias jogadas, dominou o setor com desenvoltura e elegância e municiou os armadores com passes rápidos e eficientes. (Raher)
  • GINO entrou pra marcar e foi o que fez. (Síndico)
  • BRAMIRES fez um gol e preencheu espaços barrando alguns ataques do Vitória. Correu muito, mas sentiu dificuldade com a bola no pé. (Matheus Chaves)
  • HENRIQUE a chegada forme em Marinho, que já começava a mostrar as asinhas, mostra a disposição com que jogou. Ademais, desdobrou-se na proteção à bequeira e na cobertura dos laterais. Tudo isso importante por conta da ausência de Romero, que é um grande marcador. (Naldo Morato)
  • RAFINHA melhorou a transição ofensiva, mas ainda precisa de ritmo. (Cláudio Arreguy)
  • ARRASCAETA foi decisivo na construção do resultado e atuou de ‘área-a-área’ no melhor estilo Everton Ribeiro e Ricardo Goulart. (Matheus Chaves)
  • SOBIS deu maior qualidade á transição ofensiva, embora careça de ritmo. (Cláudio Arreguy) —– Jogou bem enquanto o físico aguentou. Já se entrosou com os meiocampistas, apareceu pro jogo e desafogou um pouco o Arrascaeta. (Rosan Amaral)
  • ÁBILA mostrou ser homem de área. Protege bem a bola, sabe usar o corpo para se impor, não dá sossego aos zagueiros e é eficiente na finalização. Mas também precisa de ritmo. (Cláudio Arreguy) —– Fez gol, mas a torcida deve esperar um pouco antes de elevá-lo à categoria de xodó. Foi presa fácil pra “linha burra” do adversário no 1º tempo. Depois, melhorou um pouco, mas conforme o Síndico já havia advertido, ele tem pouca habilidade. É veloz, chuta forte e usa o corpo bem, mas lhe falta categoria. (Ernesto Araujo)
  • BENTO manteve sua cotaobrigatória de brunos e foi premiado pela atuação ‘menos ruim’ dos seus pupilos. A deficiência na marcação pelos flancos continua rendendo gols aos adversários e deveria estar na lista de preocupações do português. Ele acertou na escalação do Leo na bequeira e de Cabral na primeira volância, ainda que sacrificando Henrique. (Matheus Chaves)
  • CRUZEIRO apresentou problemas de marcação pelos lados do campo e em lances de bola parada, como sempre. No ataque, foi mais mais objetivo, rasgando o manual do lesco-lesco implementado no começo do ano. Sóbis e Ábila são responsáveis diretos por essa mudança. (Matheus Chaves)
  • VITÓRIA trocou o 3-5-2 pelo 4-3-3 a fim de buscar os gols de que tanto necessitava, mas não conseguiu se impor diante de um Cruzeiro com mais qualidade técnica. Na etapa final, se mandou pro ataque, este pique de empatar, mas também de tomar mais gols. Marinho, com uma disposição incomum, foi o destaque. Diego Renan, Vander e Willian farias também se destacaram. (Síndico)
  • ÁRBITROS tiveram um dos piores desempenhos do ano no Mineirão. O juiz não teve critério na aplicação dos cartões e errou muito na marcação de faltas. Não influenciou no resultado e o penalti marcado aconteceu, mas no geral teve um desempenho pífi0! (Flávio Carneiro) —– Vamos livrar a cara dos bandeira, que não cometeram erros e do quarto árbitro que teve saco de filó pra suportar as reclamações do técnico português. (Síndico)

O que foi dito

  • PAULO BENTO, técnico do Cruzeiro: Foi um bom jogo. Fomos superiores ao adversário hoje e também na primeira partida. Poderíamos estar com uma vantagem ainda maior, antes mesmo de começar essa partida, pelo resultado que tivemos condições de alcançar na Bahia, onde o placar poderia ter sido mais dilatado. Hoje controlamos bem o jogo durante 45 minutos. Depois fizemos 2×0. Foi uma vitória justa. Na parte final, mandamos duas bolas na trave e criamos mais algumas situações. A equipe fez um bom jogo, foi uma boa reação ao momento difícil. Estou extremamente satisfeito com a atitude dos jogadores.
  • MARINHO, atacante do Vitória: No vestiário é que falaram pra mim que eu tinha feito o gol e que tinha tomado uma pancada forte na cabeça. Não lembrava que tinha acontecido um pênalti, nem que eu fiz o gol.
  • NALDO MORATO, no PHD: Tirando uns dez minutos no meio do 2º tempo em que o Vitória deu uma crescida, perdeu o pênalti, fez um gol e perdeu outro, o Cruzeiro foi superior e poderia ter feito mais gols.
  • MARINA RESENDE, no PHD: E o meu sexto sentido em relação ao Ábila, hein??? As perspectivas são boas…
  • WAGNER CPM, no PHD: Paulo Bento tá perdidim: O povo grita “Burro!”, ele entende “Bruno!”.

Fontes

Transmissão

  • Globo Minas
  • SporTV