Cruzeiro 2x1 Internacional - 04/10/2014

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para: navegação, pesquisa


Confrontos posteriores e anteriores
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 1x0 Escudo ABC.png Gol aos  do Escudo Cruzeiro.png 0x1 Escudo Corinthians.png
Por Campeonato Brasileiro
Escudo Sport.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos  do Escudo Cruzeiro.png 0x1 Escudo Corinthians.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 1x0 Escudo ABC.png Gol aos  do Escudo Cruzeiro.png 0x1 Escudo Corinthians.png
Contra Internacional
Escudo Internacional.png 1x3 Escudo Cruzeiro.png Gol aos  do Escudo Cruzeiro.png 0x0 Escudo Internacional.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
2 × 1 Escudo Internacional.png
Internacional
26ª rodada do Campeonato Brasileiro 2014
Data: 4 de outubro de 2014 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 18:30 Estádio: Mineirão
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique Público pagante: 51.944
Assistente 1: Emerson de Carvalho Público presente: Não disponível
Assistente 2: Marcelo Van Gasse Renda: R$ 2.948.985,00 R$ 2.948.985
Cr$ 2.948.985
NCr$ 2.948.985
Cz$ 2.948.985
NCz$ 2.948.985
(preço médio: R$ 56,77 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Cruzeiro: Internacional:
1. Fábio 1. Dida
22. Mayke 2. Gilberto
33. Manoel 25. Paulão
26. Dedé Cartão amarelo recebido aos 39  (1T) 39'  (1T)   4. Juan Cartão amarelo recebido aos 6  (2T) 6'  (2T)  
6. Egídio 6. Fabrício
8. Henrique Cartão amarelo recebido aos 20  (2T) 20'  (2T)   20. Aranguiz
16. Lucas Silva 29. Valdívia Substituição realizada 31'(2T) de jogo 31'(2T) ( 37. Leandro )
17. Éverton Ribeiro Substituição realizada 24'(2T) de jogo 24'(2T) ( 19. Nilton ) 8. Willians Cartão amarelo recebido aos 32  (1T) 32'  (1T)   Substituição realizada 19'(2T) de jogo 19'(2T) ( 19. Patrick )
34. Marquinhos II Gol aos 33 do  (1T) 33'  (1T) 5. Wellington Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 12. Alex Apolinário Gol aos 10 do  (2T) 10'  (2T) )
25. Willian Substituição realizada 23'(2T) de jogo 23'(2T) ( 22. Dagoberto ) 10. D'Alessandro Cartão amarelo recebido aos 38  (2T) 38'  (2T)  
18. Marcelo Moreno Gol aos 19 do  (1T) 19'  (1T) Substituição realizada 42'(2T) de jogo 42'(2T) ( 9. Borges ) 11. Rafael Moura Cartão amarelo recebido aos 2  (2T) 2'  (2T)  
Técnico: Marcelo Oliveira Técnico: Abel Braga
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: Internacional:


Pré-Jogo

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro, 1º, com 53 pontos; Internacional, 2º, com 47.

AUSENTES no Cruzeiro: Ricardo Goulart , Júlio Baptista, Samudio, Tinga, Eurico e Alan, lesionados.

PENDURADOS no Cruzeiro: Alisson, Ceará, Dagoberto, Dedé, Léo, Nilton, Samudio e Willian Farias.

BANCO do Cruzeiro: Rafael Monteiro (G), Ceará (L), Leo Simões (B), Nilton, Willian Farias (V), Marlone (M), Borges, Dagoberto, Judivan (A).

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: “Só o Ricardo Goulart está vetado para o jogo. Os demais estão concentrados. Não há mistério, mas vou aguardar até o último minuto pra definir o time a fim de observar quem pode participar, mas adianto que não haverá grandes surpresas.”

AUSENTES no Internacional: Wellington Paulista, Eduardo Sasha, Cláudio Winck, Wellington Silva, Jorge Henrique, Muriel e Martín Luque, lesionados.

PENDURADO no Internacional: Cláudio Winck, Dida, Gilberto, Jorge Henrique, Paulão e Willians.

BANCO do Internacional: Agenor, Claudio Wink, Jackson, Hélder, Ygor, Elton, Aylon, Cassiano, Otávio, Jorge Henrique,

ABEL BRAGA, técnico do Internacional: “Se perder a bola, é mortal. Existem jogos em que errar o passe na saída de bola pode custar caro. Temos que estar bem postados, mas temos que correr riscos. Também teremos de ter certos cuidados em não fazer falta desnecessária. Se puder evitar falta e escanteio será muito bom, pois ninguém no país marca mais gols de bola parada que o Cruzeiro.”

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 18h10. TELÃO registra presença de 37 mil torcedores.
  • 18h25. TIMES em campo. Cruzeiro com uniforme tradicional. Internacional todo de vermelho.
  • 18h27. HINO Nacional.
  • 18h30. COMEÇA. Cruzeiro, à direita das tribunas, dá a saída.
  • 01 Cruzeiro troca passes tentando encontrar espaços na defesa colorada.
  • 02 Lucas Silva, da meia direita, chuta, Bola passa longe do arco colorado.
  • 04 Willian lança rasteiro em diagonal. Dentro da área, Everton Ribeiro domina e chuta cruzado. Dida defende.
  • 06 Everton Ribeiro finaliza da entrada da área, chute mascado, Dida defende.
  • 09 D’Alessandro lança Fabrício na pontesquerda. lateral cruza muito mal.
  • 10 DOMÍNIO. Cruzeiro é superior ao Inter, com boas trocas de passes e pressão contra a defesa colorada.
  • 12 Marcelo Moreno recebe passe na esquerda da área e chuta forte. Bola passa por cima do travessão.
  • 15 Wellington recebeu atendimento médico, na cancha.Reservas do Inter se aquecem.
  • 16 D’Alessandro cobra falta, Dedé corta de cabeça.
  • 18 Egídio recebe passe dentro da grande área e cruza fechado. Dida defende.
  • 20 GOL. Willian pressiona Aránguiz na entrada da área colorada, toma-lhe a bola, mas quando se prepara pra finalizar, aparece Marcelo Moreno, que chuta de canhota, no canto direito. Dida salta e chega a tocar na bola, mas não evita que ela vá pra rede. CRUZEIRO 1×0.
  • 22 QUASE. Aránguiz, na direita, rente à linha lateral da área, cruza. Rafael Moura cabeceia, bola passa em frente ao arco celeste e sai pela linha de fundo.
  • 24 PRESSÃO O Cruzeiro não se satisfaz com a vitória parcial e mantém pressão ao time gaúcho
  • 27′ EM DOIS TEMPOS Egídio chega a linha de fundo pela esquerda e cruza fechado. Dida defende em dois tempos
  • 29 FÁBIO! D’Ale tabela com Valdívia, avança pela esquerda e cruza. Fábio defende bem
  • 31 Willian cobra escanteio pela direita, o primeiro do jogo, e Fabrício afasta de cabeça
  • 33 Cartão amarelo para Willians Por falta dura em Willian
  • 34 GOOOL do Cruzeiro! Éverton Ribeiro avança na esquerda e cruza com maestria. Sem marcação, Marquinhos II toca com facilidade para as redes
  • 37 Sem objetividade, o Inter faz a bola girar no meio-campo
  • 38 Da intermediária, Marquinhos II arrisca, mas o chute sai alto, sem qualquer perigo
  • 39 Cartão amarelo para Dedé Por falta em Vadívia para evitar um contra-ataque
  • 40 BARREIRA Da meia-esquerda, Aránguiz cobra falta sem perigo, em cima da barreira
  • 42 Após boa triangulação, D’Alessandro recebe na entrada da área, mas não consegue dominar. A zaga afasta o perigo para a lateral
  • 44 SEM PERIGO Aránguiz cobra a alta da intermediária e Fábio afasta de soco. Na sobra, Valdívia bate fraco e Fábio defende sem maiores problemas
  • 45 FIM DE PRIMEIRO TEMPO O Cruzeiro vai vencendo por 2 a 0
  • NÚMEROS Finalizações: Cruzeiro 8×2. Bolas levantadas:Cruzeiro 9×7. Escanteios: Cruzeiro 2×0. Faltas: Cruzeiro 6×3. Passes errados: 11×11. Passes certos: Cruzeiro 169×125. Desarmes: Cruzeiro 14×7.
  • MARQUINHOS! “Fico muito feliz. Que a gente possa continuar com essa pegada. Não queremos deixar o Inter jogar”
  • VALDÍVIA! “A intenção era de marcar o Cruzeiro e sair nos contra-ataques. Vamos ver o que o professor Abel vai nos orientar para o segundo tempo”
  • WILLIAN “E manter a mesma coisa, continuar com esse espírito de luta, correndo muito”
  • O Cruzeiro dominou amplamente a partida neste primeiro tempo, marcou a saída de bola do Inter e pressionou até o final. Ao aproveitar erro na saída de bola de Aránguiz, Marcelo Moreno abriu o placar com chute da entrada da área. Pouco depois, Egídio cruzou bem e encontrou Marquinhos II livre para ampliar

Segundo Tempo

  • 19H32. Times VOLTAM A CAMPO. Inter, com uma substituição.
  • 19h34. COMEÇA o 2º tempo. Inter dá a saída.
  • 00 TROCA. Wellington x Alex
  • 00 DIDA, goleiro do Inter, é aplaudido pela torcida celeste, ao tomar posição no Gol da Cidade.
  • 47 Cartão amarelo para Rafael Moura Por falta dura em Marquinhos II
  • 49′ INACREDITÁVEL Em cobrança ensaiada, D’Alessandro cobra a falta e a bola bate no poste. Na volta, a bola rola por cima da linha e não entra
  • 50 PÊNALTI Juan comete falta em Marcelo Moreno dentro da área
  • 51 AMARELO Juan
  • 52 PERDEU Willian solta um balão e a bola vai muito longe da meta de Dida
  • 53 DAGOL! Torcida do Cruzeiro pede Dagoberto após pênalti perdido por Willian. 361117
  • 55 GOL. Alex acerta um golaço da intermediária. Internacional 1×2.
  • 57 O Cruzeiro mantém a marcação pressão. Com Alex, por sua vez, o Inter tem maior posse de bola e cresce na partida
  • 59 Gilberto dá meia lua em Egídio e cruza forte. Na esquerda, Alex lança para a área e Éverton Ribeiro afasta da grande área
  • 61 SALVA EGÍDIO! Alex lança rasteiro e encontra Valdívia no ataque. Na hora do chute, o lateral consegue desviar a batida
  • 64 O Cruzeiro diminui o ritmo, valoriza a posse de bola, gira, faz o jogo rodar e esfriar o Inter
  • 65 AMARELO Henrique Por falta em Alex
  • 67 DRIBLE Marquinhos II avança pela direita e leva o tostão de Fabrício perto da grande área
  • 68 GILBERTO SALVA! Éverton Ribeiro cobra a falta, Dida afasta mal, Moreno consegue pegar o rebote e Gilberto afasta em cima da linha
  • 69 TROCA. Everton Ribeiro x Nilton
  • 70 TROCA Willian x Dagoberto
  • 73 O Cruzeiro reforça a marcação e dificulta as ações ofensivas do Inter, que tenta igualar o marcador
  • 75 Egídio avança na esquerda e toca para Moreno. O boliviano cruza na pequena área e Fabrício afasta.
  • 76 TROCA Valdivia x Leandro
  • 79 DEFESAÇA. Marquinhos II recebe na entrada da área e bate forte. Dida faz boa defesa
  • 81 TROCA Willians X Alan Patrick
  • 83 AMARELO D’Alessandro Por falta em Manoel
  • 84 PERDEU! Egídio cruza rasteiro da ponta esquerda e Marcelo Moreno desvia mal. Estava na frente do do de Dida com boa posição para o arremate
  • 86 O Cruzeiro toca a bola no ataque, envolve a defesa do Inter, mas demora e acaba lançando Marquinhos II em impedimento
  • 87 TROCA Marcelo Moreno x Borges
  • 88 Leandro avança pela esquerda, mas é derrubado por Dedé
  • 89 Alex cobra a falta da esquerda e Dedé afasta da grande área
  • 91 Da intermediária, Alan Patrick solta um balão. A bola sai muito alta pela linha de fundo
  • 93 Da frente da área, Alex bate forte e rasteiro. Bem posicionado, o goleiro do Cruzeiro faz defesa segura
  • 94. FIM de jogo.
  • 95 MARQUINHOS: “Foi um jogo entre duas equipes que queriam vencer. Nossa equipe está de parabéns. Agora, é manter nosso foco e já pensar no Corinthians”
  • 96 ALEX: Coisa de futebol. O time deles é muito bom, mais mérito do Cruzeiro”
  • NÚMEROS: Faltas: Cruzeiro 19×14. Passes errados: Cruzeiro 30×22. Finalizações: Cruzeiro 13×9. Roubadas de bola: Cruzeiro 20×18. Impedimentos: 1×1. Derfesaças: Dida 2×0 Fábio.

Vídeos

Gols

Atuações

  • TORCIDA CELESTE compareceu em grande número e deu muita força ao time. (Síndico)
  • FÁBIO não tinha como defender o chute de Alex, que resultou no gol colorado. Nos demais lances, esteve perfeito. (Síndico)
  • MAYKE correu muito, marcou bem e fez inúmeras jogadas com Marquinhos II, Foi um dos melhores do jogo. (PPS)
  • DEDÉ passou algum aperto com a correria de Valdívia, em quem cometeu falta providencial que lhe rendeu cartão amarelo. De resto, perfeito na limpeza da da área celeste. (Síndico)
  • MANOEL jogou com muita garra e não perdeu as disputas mano a mano. (PPS) /// Limpou a defesa por diversas vezes e foi decisivo para anular perigosos ataques colorados. Atuação perfeita. (Matheus Chaves)
  • EGÍDIO jogou melhor do que de costuma. Marcou bem, dando poucas brechas na defesa. Fez sua melhor partida no campeonato, talvez a melhor no Cruzeiro. (Ana Rocha) /// Salvou um gol em cima da linha, fez coberturas providenciais, desafogou e deu assistências preciosas. (Mauro França) /// Correu muito, marcou bem, salvou bola em cima da risca, deu assistências. Mostrou muita raça. (Emílio)
  • HENRIQUE fazia uma partida soberba, até levar o amarelo. Aí teve que ser adiantado pra entrada do Nilton e seu jogo sumiu um pouco. (João Chiabi Duarte)
  • LUCAS SILVA gastou a bola com viradas de jogo perfeitas, escapadas pelas laterais, bons passes e marcação eficaz, sem muitas faltas. (João Chiabi Duarte)
  • NÍLTON entrou pra fechar o meio e abafar o fogo do Alex, o que fez com muita competência. E ainda tirou uma bola perigosa no final. (João Chiabi Duarte)
  • MARQUINHOS recompôs e apoiou bem, marcou um gol e deu trabalho ao Dida em uma finalização perigosa. (J. Dias) /// Taticamente importante e ainda deixou seu gol. (Mauro França)
  • EVERTON RIBEIRO armou boas jogadas, inclusive a do gol de Marquinhos II. Desgastado fisicamente, saiu antes do fim deixando a fatura praticamente liquidada. (Naldo Morato)
  • WILLIAN esforçou-se bastante, mas a fase não é das melhores. Quando cortou pra dentro a fim de finalizar, Marcelo Moreno apareceu chutando e fez o primeiro gol. Depois, errou um pênalti mandando a bola pro espaço. Acabou sumindo do jogo e foi subsituido. Até então, vinha ajudando muito na marcação e buscando jogadas pelos lados do campo. (Naldo Morato)
  • DAGOBERTO não fez nada de excepcional, mas, teve inteligência pra segurar e tocar bola no final da partida, como a situação pedia. (João Chiabi Duarte)
  • MARCELO MORENO cometeu “falta” em Everton Ribeiro, tomou a bola do Willian e fez o primeiro gol. Deve ter pensado: “Eu sou o artilheiro; deixa comigo!”. Foi pura vontade, raça. Jogando assim é difícil reclamar dele. (Ana Rocha) // Se faltou técnica, sobrou disposição e entrega. Fez o gol que abriu o caminho da vitória batendo de canhota, que não é sua melhor perna. Com ele, não tem bola perdida. Melhor em campo. (Naldo Morato)
  • BORGES jogou menos de dez minutos e se preocupou em segurar a bola. (Síndico)
  • MARCELO OLIVEIRA armou o time num sistema diferente do habitual, com dois pontas abertos, jogando praticamente num 4.3.3, com Marquinhos II aberto na direita e Willian na esquerda e fazendo um forte jogo pelas pontas. Mayke e Marquinhos II de um lado e Egídio e Willian de outro sufocaram o Inter, e fizeram o Cruzeiro não sentir a falta do Insubstituível Goulart. (Cláudio Lemos) /// Estudioso do futebol, justificou a mudança do cobrador de pênalti. Escolheu bem os jogadores pra formar o time e substituiu bem. (João Chiabi Duarte)
  • COMBO DE ARBITRAGEM não cometeu erros dignos de nota. (Síndico)

O que foi dito

  • MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: Era importantíssimo vencer o jogo e estabelecer uma diferença expressiva, importante, embora não definitiva. A energia da torcida foi pra dentro do campo. Quando o time luta muito, o torcedor reconhece e vai junto. Minha comemoração no fim do jogo foi um momento de desabafo, porque foi um pouco dramático e teria sido muito triste se empatássemos. É uma vibração de quem trabalhou pra que acontecesse essa vitória. Quanto ao pênalti, foi tudo planejado. Normalmente, cobram Marcelo Moreno, Everton Ribeiro e, quando está em campo, o Dagoberto, que é nosso melhor batedor. Nos treinos da semana, Lucas Silva e Willian tiveram o melhor aproveitamento. Deicidi pelo Willian porque Everton já havia perdido pênalti contra o Dida, ano passado. Ele vai pra cobrança olhando o goleiro, e o Dida não se mexe. Já o Moreno treinou muito tempo com o Dida no Grêmio. Por tudo isto, Willian cobrou. Normalmente, ele bate forte no canto, mas aconteceu uma infelicidade, não tem problema, vamos seguir. Eu treino pênaltis todos os dias e, às vezes, acontece uma infelicidade
  • EGÍDIO, lateral esquerdo do Cruzeiro: A torcida está de parabéns, compareceu em grande número, incentivou durante os 90 minutos. Em campo, mostramos nossa raça e dedicação. Todo atleta gosta de estádio cheio, jogo considerado final.
  • EVERTON RIBEIRO, meiatacante do Cruzeiro: Jogo de líderes e com essa atmosfera criada pela torcida, que está sempre nos ajudando. Foi um show à parte da nossa torcida. Um espetáculo bonito demais. Valeu a entrega, todo mundo ajudou dentro de campo e valeu a vitória de todos. São eles e mais onze dentro de campo.
  • RICARDO ROCHA, comentarista do SporTV: Fico muito impressionado com o Marcelo Oliveira. Na entrevista, ele descreveu com detalhe como decidiu quem faria a cobrança de pênalti. (…). Esse é o campeonato da consagração dele.
  • BOB FARIA, comentarista do SporTV: O Cruzeiro não teve o menor problema com a ausência de Ricardo Goulart , seu principal jogador.
  • NALDO MORATO, no PHD: Com muita competência, Dr. Gilvan montou um grande elenco e contratou o excelente Marcelo Oliveira pra construir um time que caminha firme para o bicampeonato brasileiro. Se Ricardo Goulart e Alissoan não puderam jogar, Marquinhos II e Willian estavam prontos. E ainda havia NILTON, que entrou muito bem e o experiente Dagoberto, que urender a bola no ataque o máximo que pôde.
  • RAHER, no PHD: Apesar de ter jogado sua melhor partida no ano, quiçá de sua história no Cruzeiro, Egídio andou errando viradas de bola, fez cruzamentos ruins e foi displicente, quase no final, quando brincou e deu a bola para o adversário.
  • BETH MAKENNEL, no PHD: Após perder o pênalti e levar um gol, logo em seguida, o time celeste teve 15 minutos de apagão e correu risco de levar o empate. Mas Marcelo Oliveira foi inteligente e colocou o Niltão, que foi fundamental no meio de campo tomando bolas do Inter.

Fontes

Transmissão

  • Sportv