Cruzeiro 2x1 Flamengo - 24/07/2002

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 2x1 Escudo Goiás.png Gol aos do Escudo Paysandu.png 1x2 Escudo Cruzeiro.png
Por Copa dos Campeões
Escudo Cruzeiro.png 2x1 Escudo Goiás.png Gol aos do Escudo Paysandu.png 1x2 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Castelão-CE
20px 1x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 3x4 Escudo Paysandu.png
Contra Flamengo
Escudo Cruzeiro.png 0x1 Escudo Flamengo.png Gol aos do Escudo Flamengo.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
2 × 1 Escudo Flamengo.png
Flamengo
Jogo único - Semifinal da Copa dos Campeões 2002
Data: 24 de julho de 2002 Local: Fortaleza, CE
Horário: 21:45 Estádio: Castelão-CE
Árbitro: Edilson Pereira de Carvalho Público pagante: Não disponível
Assistente 1: Público presente: Não disponível
Assistente 2: Renda: Não informado
Súmula: Não disponível
Escalações
Cruzeiro: Flamengo:
1. Jefferson 1. Júlio César
2. Luisão 2. Alessandro
3. Cris 3. Valdson
4. Marcelo Batatais 4. Fernando
5. Maicon 5. Athirson
6. Vander 6. Jorginho
7. Augusto Recife Cartão amarelo recebido aos 7. André Gomes
8. Jorge Wagner 8. Felipe Mello Substituição realizada de jogo ( Andrezinho )
9. Jussiê 9. Hugo
10. Lucas Substituição realizada de jogo ( Joãozinho II Gol aos 33 do  (2T) 33'  (2T) ) 10. Juninho
11. Fábio Júnior Gol aos 27 do  (1T) 27'  (1T) Substituição realizada de jogo ( Alessandro ) 11. Liédson Substituição realizada de jogo ( Roma )
Técnico: Marco Aurélio Técnico: Lula Pereira
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: Flamengo:


Jogo

O Cruzeiro é o primeiro finalista da Copa dos Campeões e vai enfrentar na final o vencedor da partida entre Paysandu e Palmeiras, domingo, no Mangueirão, em Belém. O time mineiro, na primeira semifinal, bateu por 2 a 1 o Flamengo hoje à noite, no Castelão, em Fortaleza.

Os gols foram marcados no segundo tempo, pelos atacantes Joãozinho, que substituiu a Lucas, e Fábio Júnior. O meia Juninho, que fez sua despedida da equipe da Gávea, descontou no último minuto em bela cobrança de falta. Confira os melhores lances desta partida.

Mais preocupados em não correrem riscos e em não sofrerem gols, as duas equipes fizeram um primeiro tempo equilibrado, priorizando a marcação entre as intermediárias. Desta forma, quase não criaram chances reais de gol.

Foram necessários 30 minutos para o primeiro lance de emoção no jogo. O meia flamenguista Juninho recebeu livre na área e chutou colocado e rasteiro, mas mandou para fora, desperdiçando uma boa oportunidade.

O time mineiro praticamente não ameaçou a meta adversária e quando o fez foi em chutes esporádicos, facilmente defendidos por Júlio César.

Na etapa complementar, os dois times continuaram cautelosos em campo, dando a impressão que pretendiam levar a decisão da vaga na final para as cobranças de penalidades máximas.

Mais uma vez a melhor chance para marcar foi do Flamengo. Aos 5min, em um dos raros momentos de descuido da zaga cruzeirense, Juninho enfiou na medida para Liédson, que driblou Júlio César e, como demorou para concluir, permitiu a recuperação de Luisão, perdendo gol incrível.

O Cruzeiro melhorou com a entrada de Joãozinho no lugar de Lucas no ataque e mesmo sem se empenhar muito conseguiu abriu o marcador. Joãozinho tabelou com Jussiê e bateu colocado da entrada da área, longe do alcance de Júlio César, aos 27min.

Seis minutos depois, Fábio Júnior liquidou com os cariocas ao se antecipar ao zagueiro e tocar na saída de Júlio César, ampliando para 2 a 0, depois de bonita jogada individual de Jorge Wagner pela esquerda. A partir daí, os mineiros se preocuparam mais em se defender para garantir o resultado.

O Flamengo só diminuiu no final. Aos 44min, Juninho bateu falta com perfeição e descontou, mas já não havia tempo para buscar o empate.[1]

Vídeo

Matéria do jogo

Referências