Cruzeiro 2x1 Flamengo - 21/08/2013

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 5x1 Escudo Vitória.png Gol aos do Escudo Ponte Preta.png 0x2 Escudo Cruzeiro.png
Por Copa do Brasil
Escudo Atlético-GO.png 0x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Flamengo.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 5x1 Escudo Vitória.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 5x3 Escudo Vasco.png
Contra Flamengo
Escudo Flamengo.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Flamengo.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
2 × 1 Escudo Flamengo.png
Flamengo
Jogo de ida - Oitavas de Final da Copa do Brasil 2013
Data: 21 de agosto de 2013 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 21:50 Estádio: Mineirão
Árbitro: Marcelo Aparecido R. de Souza Público pagante: 33.645
Assistente 1: Bruno Boschilia Público presente: 35.438
Assistente 2: Anderson José de Moraes Coelho Renda: R$ 1.660.580,00 R$ 1.660.580
Cr$ 1.660.580
NCr$ 1.660.580
Cz$ 1.660.580
NCz$ 1.660.580
(preço médio: R$ 49,36 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Cruzeiro: Flamengo:
1. Fábio 1. Felipe
2. Ceará 3. Chicão
26. Dedé 4. González
33. Bruno Rodrigo 33. Samir Substituição realizada 33'(2T) de jogo 33'(2T) ( 26. Paulinho )
6. Egídio 15. Luiz Antonio
19. Nílton 5. Cáceres Cartão amarelo recebido aos 31  (2T) 31'  (2T)  
78. Elierce Souza 8. Elias Cartão amarelo recebido aos 39  (2T) 39'  (2T)  
17. Éverton Ribeiro  Gol aos 11 do  (2T) 11'  (2T) 32. Fernandinho Substituição realizada 24'(2T) de jogo 24'(2T) ( 16. João Paulo )
31. Ricardo Goulart Substituição realizada 35' (2T) de jogo 35' (2T) ( 88. Luan ) 10. Gabriel Substituição realizada 17'(2T) de jogo 17'(2T) ( 20. Carlos Eduardo Gol aos 23 do  (2T) 23'  (2T) )
41. William  Gol aos 11 do  (2T) 11'  (2T) Substituição realizada 21' (2T) de jogo 21' (2T) ( 10. Júlio Baptista ) 27. André Santos
9. Borges Substituição realizada 34' (2T) de jogo 34' (2T) ( 30. Vinícius Araújo ) 19. Marcelo Moreno
Técnico: Marcelo Oliveira Técnico: Mano Menezes
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: Flamengo:

Pré-Jogo

Classificação: Cruzeiro já passou por CSA (3×0, no Rei Pelé), Resende (2×1, no Raulino Oliveira, e 4×0, no Mineirão) e AtléticoGO (7×0, no Mineirão, e 1×0, no Serra Dourada). Flamengo desclassificou o ASA (2×0 e 2×1), Remo (3×0 e 1×0) e Campinense (2×1 e 2×1).

Ausentes no Cruzeiro: Victorino (B), Elber (M), lesionados, Dagoberto (A), em recuperação física.

Pendurados no Cruzeiro: Bruno Rodrigo, suspenso por 2 jogos, mas que vai jogar devido a um efeito suspensivo.

Banco do Cruzeiro: Rafael Monteiro, Mayke, Leo Simões, Paulão Caveirão, Francisco Everton, Henrique, Leandro Guerreiro, Lucas Silva, Júlio Baptista, Lucca, Martinuccio, Vinicius Araújo, Willian.

Ausentes no Flamengo: Leo Moura (LD), lesionado.

Pendurados no Flamengo: Ninguém.

Banco do Flamengo: Paulo Vítor, Wallace, Digão, João Paulo, Carlos Eduardo, Val, Paulinho, César, Nixon, Hernane.

Marcelo Oliveira, técnico do Cruzeiro: “O gol tem um poder muito maior em uma competição como essa. Em casa é preciso ganhar e não pode levar o gol. A Copa do Brasil deste ano está bem mais difícil pela entrada dos times da Libertadores. Mas o Cruzeiro está no mesmo nível deles. Tem jogadores experientes que já disputaram a competição e uma maneira própria de jogar no Mineirão, sempre tomando iniciativa.”

Gabriel, meia do Flamengo: “Clássico não tem favorito. São dois clubes grandes, que jogarão pra frente e farão uma partida nivelada. A equipe deles tem qualidade, mas somos o Flamengo e não podemos ir só pra defender. Temos que jogar de igual pra igual, pois almejamos chegar à final da competição.”

Juiz: Marcelo Aparecido de Souza, paulista, empresário, nascido em 21out72, juiz de futebol desde 1999.

Relevante: Cruzeiro e Flamengo já disputaram 17 vezes a Copa do Brasil. O clube mineiro tem 4 títulos (93, 96, 00, 03) e 1 vice (98). O carioca tem 2 títulos e 3 vices (97, 03, 04). Os dois já se enfrentaram 6 vezes nesta competição. O Flamengo é quem mais venceu na história da competição (83) e o segundo que mais fez gols (278).

Escrita: Em 15 jogos no novo Mineirão, o Cruzeiro venceu 14 e empatou 1.

Público: Estima-se a presença de 35 mil torcedores.

Transmissão: A Globo transmite pra RJ, MG, DF, ES, RS, SC, PE, CE, RN, AL, PB, SE, PI, MA e Região Norte. O SporTV pra todo o Brasil.

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 21h40. Torcida celeste faz grande festa.
  • 21h44. Flamengo em campo, com camisas rubronegras, calções e meias pretas.
  • 21h45. Cruzeiro em campo, sob intenso foguetório, com uniforme tradicional.
  • 21h50. Começa o jogo. Cruzeiro, à direita das cabines. Flamengo dá a saída.
  • 00. Mano Menezes, treinador do Flamengo: “Quero ter um jogada forte pela esquerda, em função disso botei o Fernandinho lá. E para dar uma consistência lá atrás coloquei o Samir.”
  • 01. Egídio cobra escanteio, e Dedé cabeceia pelo alto!.
  • 02. Marcelo Moreno tenta jogada pela esquerda, mas é desarmado por Ceará.
  • 03. Felipe espana bola que recebeu na fogueira.
  • 04. Luiz Antonio desce pela esquerda, mas cruza mal.
  • 05. Goulart lança Borges, Samir intercepta o passe.
  • 06. Fernando recebe bola na esquerda, mas demora a se decidir o que fazer e fica sem ela.
  • 07. Egídio cruza da esquerda, Chicão cede escanteio.
  • 08. Por um triz! Egídio cobra escanteio pela esquerda, Nilton desvia no primeiro poste, mas Borges não alcança a bola, dentro da pequena área.
  • 08. Ceará desce pela direita e, em vez de cruzar, solta uma bomba contra o arco flamengo. Bola sai pela linha de fundo.
  • 09. TV aberta transmite o jogo pra Belo Horizonte. Mesmo assim, o público é bom e bastante animado, no Mineirão.
  • 10. Flamengo mostra bom toque de bola, controla o jogo, mas não consegue finalizar.
  • 12. Ceará tenta driblar Samir, mas é desarmado.
  • 14. Defesaça! Everton Ribeiro lança Borges, que finaliza de prima. Felipe salva o gol.
  • 15. Fernando é desarmado por Willian, que solta uma bomba, sem direção.
  • 16. Escanteios: Cruzeiro 4×0.
  • 16. Posse de bola: Cruzeiro, 51%.
  • 17. André Santos passa a Elias, mas a devolução é péssima e a tabela não sai.
  • 18. Ricardo Goulart é derrubado por Cáceres próximo à área, pela direita
  • 19. Egídio cobra falta pela direita, com pé trocado. Felipe tira a bola de sua área.
  • 20. Quase! Willian desarma Fernando dentro da área e chuta. Bola sai à direita de Felipe.
  • 21. Pênalti? Willian invade a área e cai em disputa com González. Juiz manda seguir. Jogador disse que houve trançapé criminoso do beque.
  • 22. Ei, Juiz, VTNC! Torcida celeste fica na bronca com o juiz pelo suposto pênalti não marcado.
  • 23. Arnaldo César Coelho, comentarista de arbitragem da Globo: “Não houve nada. Em nenhum momento o jogador tinha o controle (da bola) e depois ele ainda chuta o Cáceres. Não quer contato físico? Vai jogar vôlei”
  • 24. Baliza! Marcelo Moreno corta Dedé e, de fora da área, chuta de canhota. Bola acerta o poste esquerdo.
  • 25. Finalizações: Cruzeiro 6×1.
  • 26. Luiz Antonio inverte a jogada, Moreno tenta dominar a bola com o peito, mas não consegue.
  • 27. GOL. Ceará passa pelo marcador, e cruzou da ponta direita, Ricardo Goulart desvia, Felipe fez grande defesa, mas William apanha o rebote e chuta a bola pra rede. Cruzeiro 1×0.
  • 28. Foi o 16º gol do Cruzeiro na Copa do Brasil, 1º de Willian na competição.
  • 30. Everton Ribeiro chuta de fora da área, bola passa longe do arco flamengo.
  • 31. Borges disputa corrida com Chicão e vence, mas Gonzales aparece pra desarmá-lo.
  • 34. Após boa troca de passes entre Elias e André Santos, Fernando chuta muito mal, por cima do travessão.
  • 35. Cáceres tenta passar bola a Samir e erra.
  • 36. Egídio tenta lançar Borges, Chicão intercepta a bola.
  • 37. Fernando tenta um passe e erra. Flamengo está nervoso.
  • 38. Ceará cruza da direita, Gonzalez desvia bola, que fica com Felipe.
  • 39. André Santos derruba Everton Ribeiro, que pede cartão pro adversário. Juiz manda seguir o jogo.
  • 40. Egídio cobra escanteio, Dedé cabeceia, bola sai pela linha de fundo.
  • 41. André Santos tenta uma virada de jogo, da esquerda pra direita, e erra.
  • 42. González falha, Goulart rouba a bola e passa a Everton Ribeiro, que chuta no meio do arco flamengo.Felipe cata.
  • 42. Willian vence disputa com González e cruza rasteiro. Everton Ribeiro arremata com chute fraco.
  • 43. André Santos cobra falta sobre a área, na cabeça de Samir, que finaliza mal.
  • 44. Defesaça! Fernando passa a Marcelo Moreno, que chuta de prima, Fábio faz grande defesa.
  • 45. Fernando recebe bom passe, mas não sabe oq ue fazer com a bola e fica sem ela.
  • 45+1. Fim de 1º tempo. Flamengo escapou de goleada. Cruzeiro dominou a criou boas oportunidades de gol.
  • NÚMEROS: Contrataques: Cruzeiro 3×2. Finaizações: Cruzeiro 7×2. Passes certos: Cruzeiro 143×114. Desarmes; Flamengo 13×12. Impedimentos: 0×0. escanteios: Cruzeiro 5×0. Faltas: Flamengo 7×3. Passes errados: Cruzeiro 26×19 . Finalizações: Cruzeiro 11×4. Cabeçadas: Cruzeiro 3×1. Bolas levantadas: Cruzeiro 7×2.
  • Elias, volante do Flamengo: “A gente está bem na marcação, mas pa criar a gente sabia que seria difícil, porque o Cruzeiro pressiona muito. É só acertar a saída que a gente vai pegar a defesa deles aberta. Ofensivamente a gente está deixando a desejar no último passe.”
  • Willian, atacante do Cruzeiro: “Agora no final ficou um pouco mais equilibrado, Flamengo indo para cima. A equipe tá muito bem, é tentar ir com um pouquinho mais de calma na frente. Muita emoção fazer gol. Fiquei um período fora e queria fazer um gol para minha filhinha, que tá em casa. e para o meu pai. O pessoal não está aproveitando muito o bigode, mas combinei com meu pai que deixaria.”

Segundo Tempo

  • 22h50. Times voltam a campo, sem alterações.
  • 22h52. Começa o 2º tempo. Cruzeiro dá a saída.
  • 46. Fernandinho pega sobra e finaliza de prima, no centro do gol. Fábio defende.
  • 47. Defesa celeste vacila, André Santos tenta arrematar da entrada da área, mas é travado por Dedé.
  • 49. André Santos passa a Fernando, que cruza da esquerda. Bruno Rodrigo corta.
  • 50. Cáceres deixa Borges pra trás e sai jogando.
  • 51. Flamengo marca saída de bola do Cruzeiro.
  • 52. Elias passa a André Santos que chuta de direita. Dedé cede escanteio.
  • 53. Perdeu! Borges recebe passe de Ricardo Goulart e arremata, de dentro da área, com chute cruzado. Felipe espalma, bola sai à escanteio, pela direita do ataque celeste.
  • 54. Baliza! Willian cruza da direita, Bruno Rodrigo cabeceia, bola acerta o poste direito do arco flamengo.
  • 55. Gabriel cruza, defesa celeste cede escanteio.
  • 57. GOLAÇO! Everton Ribeiro puxa contrataque, passa a Ricardo Goulart na direita. O meia-atacante aciona, na grande área, Everton Ribeiro, que aplica um lençol em Luiz Antônio e, na descida da bola, enche o pé, com a canhota. Felipe nem viu por onde a bola entrou. Cruzeiro 2×0.
  • 58. Foi o 17º gol do Cruzeiro na Copa do Brasil, 3º de Everton Ribeiro, artilheiro do time na competição..
  • 59. Gabriel tenta armar contrataque, mas não é bem sucedido.
  • 60. Tremor! Mineirão treme por causa da festa da torcida celeste..
  • 63. Troca. Gabriel x Carlos Eduardo.
  • 64. Willian sai de campo sob intensos aplausos da torcida.
  • 65. Cruzeiro troca passes, Flamengo fica na roda.
  • 66. Fernando cruza. Pra ninguém.
  • 67. Troca. Willian x Júlio Baptista.
  • 68. GOL. Bola na área celeste, Dedé, acossado por Marcelo Moreno, tenta recuar pra Fábio, que já havia saído do arco. O atacante fica com a bola e acerta o poste esquerdo. Na volta, Carlos Eduardo marca. Flamengo 1×2.
  • 69. Foi o 13º gol do Flamengo na Copa do Brasil, 1º de Carlos Eduardo na competição.
  • 70. Troca. Fernando x João Paulo.
  • 71. João Paulo, na entrada da área, tenta lançar Marcelo Moreno e não consegue.
  • 74. Estranho no ninho! Júlio Baptista ainda não viu a cor da bola.
  • 75. Faltas: Flamengo 10×8.
  • 76. Placa! Comentaristas Bob Faria e Caio ribeiro, da Globo, pedem placa pra o gol de Everton Ribeiro..
  • 77. Amarelo! Cáceres por falta em Júlio Baptista, na ponta esquerda, quase na linha da grande área.
  • 78. Troca. Borges x Vinícius Araújo.
  • 78’30”. Paulinho chuta, bola desvia em Dedé e fica com Fábio.
  • 79. Troca. Ricardo Goulart x Luan.
  • 80. Troca. Samir x Paulinho.
  • 81. Mano Menezes coloca seu time com dois beques e vai em busca do empate.
  • 82. André Santos entra na área celeste e divide com Fábio. Melhor pro goleiro celeste.
  • 83. André Santos erra passe e irrita colegas de equipe.
  • 84. Luan, com lesão no joelho, anda em campo.
  • 85. Amarelo! Elias, por puxar Egídio pela camisa, no meiocampo, parando contrataque celeste.
  • 86. Moreno vê Elias passar, mas prefere chutar a gol e erra.
  • 87. Acabou o gás do Cruzeiro.
  • 88. Luan erra domínio, e Luiz Antonio aproveita
  • 89. Falta a favor do Flamengo perto da área. André Santos vai chuveirar.
  • 90. André Santos cobra a falta, Fábio defende.
  • 91. Flamengo enseba o jogo demorando pra cobrar lateral. Está gostando do resultado.
  • 92. Fim de jogo. Cruzeiro fez excelente partida e só não goleou por conta dos gols perdidos.
  • Carlos Eduardo, meia do flamengo: “O gol aumenta minha confiança, estava precisando disso. Sei do meu potencial e sei que posso ajudar o Flamengo.”
  • Everton Ribeiro, meia do Cruzeiro: “Puxei contrataque, passei a bola pro Goulart, recebi de volta, vi que estava sozinho, dei o chapéu e soltei o pé”

Vídeos

Gols
Melhores momentos
Narração Alberto Rodrigues
Narração internacional

Atuações

  • Torcida Celeste compareceu em bom número (35.000), mesmo com o jogo sendo transmitido, por canal aberto, pra Belo Horizonte. E fez grande barulho durante quase todo o jogo. As músicas perderam qualidade, mas o entusiasmo está em alta.
  • Fábio, como sempre, perfeito.
  • Ceará entrou de última hora, devido a um chambão de Dedé em Mayke no último treino, e soube dosar energia pra ir até o fim sem abrir espaços para os jogadores escalados por Mano Menezes pra se aproveitar das subidas do titular celeste. De quebra, começou a jogada do primeiro gol.
  • Dedé, muito bom no jogo aéreo, complicou-se na bola rasteira do gol flamengo. E, depois, no afã de buscar um gol redentor, andou complicando com voluntariosas subidas ao ataque, deixando o colega de bequeira, Bruno Rodrigo em dificuldades.
  • Bruno Rodrigo, soberano na defesa. Outra partidaça.
  • Egídio manteve-se firma na marcação do 1º tempo e foi mais ao ataque no 2º. Continua sendo um dos melhores do time.
  • Nilton perdeu a bola que deu origem ao gol flamengo. Erro pequeno comparado à sua ótima atuação.
  • Souza, um degrau abaixo do colega de volância, mas ainda assim muito útil.
  • Everton Ribeiro fez o gol mais bonito no novo Mineirão. Mas não ficou só nisso. Apareceu por todos os cantos do ataque facilitando a vida de quem precisava de parceiro pra jogar e foi muito dedicado na recomposição.
  • Ricardo Goulart deu um passe sensacional colocando Borges na cara do gol. E completou bem o trio de meias ofensivos com Ribeiro e Willian desmontando a defesa flamenga com deslocações, passes de prima e outras envolvências que o torcedor costuma nem perceber.
  • Júlio Baptista, fora de ritmo, estranhou a correria a seu lado e pouco participou do jogo. Ainda assim, fez uma boa jogada pela esquerda, que resultou numa falta perigosa.
  • Willian fez um gol e correu muito. No 1º tempo, caiu pelas duas pontas criando problemas pra marcação flamenga. No 2º cansou e saiu mais cedo.
  • Luan jogou pouco tempo devido a uma lesão no joelho. Mas como é um lutador, mesmo machucado, voltou pra ajudar a marcação pela lateral esquerda. O mais correto, contudo, teria sido ir pro vestiário pra não agravar o problema.
  • Borges perdeu dois ou três gols, mas não se acomodou, sempre procurando jogo.
  • Vinícius Araújo entrou com muita disposição, mas num momento em que o futebol da equipe estava em baixa e pouco pôde fazer.
  • Marcelo Oliveira está saindo melhor do que a encomenda. Alvimar tinha razão ao apostar nele. Gilvan, idem. E com mérito por tê-lo bancado quando os termocéfalos botaram as manguinhas de fora e iniciaram a inquisição contra o ex-emplumado. O time dele está jogando o fino.
  • Juiz & Cia. não complicaram.
  • Cruzeiro jogou pelo menos 70 minutos de futebol total. Nos outros 23, os 10 iniciais e os 13 finais, se segurou bem na defesa.
  • Flamengo está arrumado, mas não o suficiente pra encarar o Cruzeiro no Mineirão. Felipe e Morenos foram os melhores. Elias esteve abaixo do que vem jogando.

O que foi dito

  • Marcelo Oliveira, treinador do Cruzeiro: Não podemos lamentar uma vitória contra um adversário rápido, bem armado, que se propôs a marcar bem. Tivemos um erro que causou o gol do adversário, mas pressionamos durante todo o tempo. Tivemos oportunidade de fazer o terceiro gol e até o quarto. Eles esperaram o erro, aconteceu e aproveitaram. Talvez tenha faltado melhor capricho no contrataque, mas o time criou chances. Na Copa do Brasil, são dois confrontos, com estratégia diferente pra cada jogo. Jogamos bem a maior parte do tempo, até mais no primeiro. Tivemos oportunidades e poucas vezes o Flamengo chegou lá. Depois do gol, o time sentiu um pouquinho, o que é normal. Futebol perfeito não existe. O gol que sofremos teria sido minimizado se tivéssemos feito o 3º e 4º gols. Também poderíamos ter ficado mais com a bola. No dia seguinte, analisamos o jogo, o que foi bom, o que podemos melhorar e o erro, pra tentar não cometer outros.
  • Everton Ribeiro, meia do Cruzeiro: Puxei contrataque, passei a bola pro Goulart, recebi de volta, vi que estava sozinho, dei o chapéu e soltei o pé.
  • Dedé, beque do Cruzeiro: Não foi um vacilo da zaga, foi meu. Eu me atrapalhei com o Fábio, achei que tinha ganhado a bola, esperei ele sair, mas houve uma confusão. Errei, venho errando constantemente. Erros gravíssimos, que não podem acontecer. Não tenho problemas familiares. Minha família é boa. Não sei o que acontece. É questão de tranquilidade. Tenho que melhorar psicologicamente e trazer a torcida de volta pro meu lado.
  • Luiz Antônio, volante do Flamengo: Foi um lance muito rápido. Ele vinha em velocidade, e eu tinha que decidir numa fração de segundo se dava o bote ou deixava ele dominar e tocar pra quem vinha atrás de mim. Na hora, pensei em não dar o bote, mas tentei cortar a bola e não fui feliz. O Everton acabou me dando um lençol e não tive como me recuperar. E eu sabia que ele ia cortar pra perna esquerda, mas foi muito rápido e não deu tempo pra nada. Mérito dele por ter feito a jogada na minha indecisão.
  • Mano Menezes, treinador do Flamengo: Enfrentamos um Cruzeiro superior que foi mais organizado e conseguiu controlar o ritmo durante boa parte do jogo. Encontramos um pouco de facilidade no 1º tempo, quando não estivemos bem posicionados. Não se pode ter indefinições diante de uma equipe confiante e que vem mostrando um grande futebol como o Cruzeiro. Voltamos mais ajustados do intervalo e melhoramos, tivemos mais volume, chegamos à frente. Sofremos o segundo gol numa linda jogada na qual cedemos o contrataque, mas não faltou disposição.
  • KMP, no PHD: O Cruzeiro perdeu grande chance de fazer o placar, mas perdeu muitas chances, o que não pode acontecer. E o Dedé ainda me faz uma lambança daquela. E o juiz? Estranho, não marca nada. Melhores em campo: Everton Ribeiro, com um gol antológico, Egídio e Bruno Rodrigo. Ricardo Goulart esteve apagado, Borges foi a disposição de sempre e só. Dedé destoou do resto. Júlio Baptista, claramente fora de forma, foi peça decorativa, assim como Luan. Confio na classificação no Rio, mas poderia ser mais fácil.

Fontes

Transmissão

  • Globo Minas
  • Sportv