Cruzeiro 2x0 Sport - 13/05/2018

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 1x0 Escudo Botafogo.png Gol aos do Escudo Atlético-PR.png 1x2 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Brasileiro
Escudo Cruzeiro.png 1x0 Escudo Botafogo.png Gol aos do Escudo Atlético-MG.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 1x0 Escudo Botafogo.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 2x1 Escudo Racing.png
Contra Sport
Escudo Cruzeiro.png 2x0 Escudo Sport.png Gol aos do Escudo Sport.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
2 × 0
Escudo Sport.png



Informações

Data: 13 de maio de 2018 às 11:00
Local: Belo Horizonte, MG
Estádio: Mineirão


Público e Renda

Público pagante: 19.029
Público Presente: 21.907
Renda: R$ 407.831,00 R$ 407.831 <br />Cr$ 407.831 <br />NCr$ 407.831 <br />Cz$ 407.831 <br />NCz$ 407.831 <br /> (preço médio: R$ 21,43 )


Escalações

Cruzeiro
  1.  Fábio
29.  Lucas Romero
  3.  Léo
26.  Dedé Cartão amarelo recebido aos 46  (2T) 46'  (2T)   Gol aos 46 do  (1T) 46'  (1T)
  6.  Egídio
16.  Lucas SilvaSimbolo jogador base.png
  8.  Henrique
19.  Robinho Substituição realizada 27' (2T) de jogo 27' (2T) ( 21. Mancuello )
10.  De Arrascaeta  Gol aos 10 do  (2T) 10'  (2T)
18.  Rafinha Substituição realizada 39' (2T) de jogo 39' (2T) ( 7. Rafael Sóbis )
99.  Sassá Cartão amarelo recebido aos 22  (1T) 22'  (1T)   Substituição realizada 18' (2T) de jogo 18' (2T) ( 17. Raniel Simbolo jogador base.png )
Técnico: Mano Menezes

Sport
  1. Magrão
  2. Cláudio Winck Substituição realizada 29'(2T) de jogo 29'(2T) ( Fabrício )
14. Ernando
  3. Ronaldo Alves Cartão amarelo recebido aos 43  (1T) 43'  (1T)  
56. Sander Cartão amarelo recebido aos 13  (2T) 13'  (2T)  
  8. Anselmo
  5. Felipe Bastos
25. Neto Moura Substituição realizada 11'(2T) de jogo 11'(2T) ( 97. Everton Felipe )
30. Gabriel Cartão amarelo recebido aos 6  (2T) 6'  (2T)  
10.  Marlone
90. Rogério
Técnico: Claudinei Oliveira


Reservas que não entraram na partida


Pré-Jogo[editar]

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro é o 2º do grupo, com 8 pontos; Racing, o 1º, com 11.

CRUZEIRO: Fábio — Romero, Dedé, Leo, Egídio — Henrique, Lucas — Robinho, Neves, Arrascaeta — Sassá. T: Mano Menezes.

BANCO: França, Edilson, Manoel, Hermes, Bruno, Raniel, Sobis.

AUSENTES: Fred, David, Rafinha (lesionados).

ARBITRAGEM Andrés Rojas, Alexander Gusman, Eduardo Diaz (Colômbia)

RACING: Juan Musso — Ivan Pillud, Miguel Barbieri, Alejandro Donatti, Alexis Soto — Diego González, Frederico Zaracho, Neri Cardozo — Ricardo Centurión; Lisandro López, Lautaro Martínez. T: Eduardo Coudet.

BANCO: García G, Orbán B, Meli V, Ojeda M, Zaracho M, Triverio A, Mansilla A.

AUSENTES: Saravia (lesionado).

TRANSMISSÃO: Fox, com narração de Eder Reis, comentários de Zinho e Osvaldo Paschoal, reportagens de Diego Bertozzi.

Lance a lance[editar]

Fotos[editar]

20180513 De-Arrascaeta.jpg
De Arrascaeta e companheiros comemorando 2º gol do jogo.
(Crédito: Vinnicius Silva/Cruzeiro)

Vídeos[editar]

Pré jogo
Coletiva pós jogo

Atuações[editar]

  • Torcida Celeste foi nota dez. Apoiou até quando estava assustada.
  • Fábio salvou dois gols. É muito mais goleiro que o bosta do Taffarel já foi algum dia.
  • Romero, tecnicamente muito fraco, mas lutou feito um leão.
  • Dedé só cometeu uma besteira. De resto, mais uma excelente partida.
  • Leo, perfeito, como sempre.
  • Egídio tá comendo a bola. Salvou gol e atacou sempre que pôde e com qualidade.
  • Henrique, o maestro de sempre. Joga futebol como futebol deve ser jogado: em pé, com perfeito senso de colocação, sem dar pontapés e selecionando bem as jogadas na saída de bola.
  • Lucas fez gol, deu passes caprichados e ajudou na marcação.
  • Robinho jogou bem enquanto teve fôlego, com bons passes e clarividência nas jogadas.
  • Arrascaeta só não leva nota dez, por conta do gol desperdiçado, que fez lembrar Diego Souza contra o Cássio. Felizmente, numa partida menos decisiva. De resto, puxou contrataques, criou jogadas e deu passes excelentes.
  • Neves fez gol, armou boas jogadas de ataque, mas, como sempre, não teve pernas para chegar ao fim do jogo.
  • Sassá serviu para um gol, fez outro, bem anulado, e lutou o tempo todo.\
  • Raniel jogou pouco tempo, o suficiente pra desperdiçar uma ótima chance de gol. Mas manteve a bequeira argentina ocupada.
  • Bruno ajudou na marcação, cortou uma bola fatal, e se posicionou bem fechando o corredor esquerdo do adversário.
  • Sobis não fez gol, mas evitou uma mais do que certo do adversário.
  • Mano escalou um time descansado, que abriu o bico contra um adversário vindo de quatro partidas decisivas, sem descansar titulares. Seu time teve 20 minutos brilhantes e 70 de apuros.
  • Cruzeiro jogou 20 minutos com muita intensidade, mas depois foi envolvido e, quando muito conseguiu escaramuças no contra-ataque.
  • Racing levou um vareio nos minutos iniciais, mas recuperou-se, com excelente toque de bola, envolveu o Cruzeiro e, se tivesse empatado, teria sido justo. Lisandro, organizador, Lautaro e Centurión, agudos, formaram uma dianteira muito técnica, inteligente e difícil de ser marcada.
  • Árbitros cometeram alguns erros, nada, contudo, que mexesse no placar.

O que foi dito[editar]

  • MANO MENEZES: Fizemos um bom jogo, tendo em vista o horário que tem peculiaridades. Tivemos a felicidade de fazer o gol no último minuto do 1º tempo, que nos deu uma tranquilidade maior. Se não fizéssemos, no 2º tempo, teríamos que imprimir um ritmo mais forte. Mas fizemos o gol, porque martelamos. Exageramos nas bolas cruzada, precisávamos de trabalhar mais na frente da área. Thiago Neves fez falta pela característica. Tive que reposicionamento Robinho, Rafinha e Arrascaeta, pra aproximar um jogador de Sassá, que estava isolado. A jogada na direita estava saindo, mas a definição, a chegada não estava boa. Mas melhoramos, e construímos a vitória com bastante tranquilidade na segunda parte. Poderíamos fazer um resultado mais elástico. O time está forte nas três competições e não vai priorizar nenhuma delas agora. Quando não puder usar todos os jogadores em todos os jogos, vou priorizar um ou dois. Vamos analisar o que deverá ser feito.
  • BRUNO BARROS: O Sport estava fechadinho e até trinta e poucos tinha criado mais chances do que o Cruzeiro, embora estivessem empatados no número de finalizações. Estava jogando melhor, pois finalizando a mesma quantidade e, em duas situações, até com mais perigo.
  • DOUGLAS VELLOSO: Foi um bom jogo, com domínio absoluto do Cruzeiro, que não tomou sustos. O time celeste mostrou boas variações de bola e presença constante no ataque. Arrascaeta foi o diferencial, Rafinha se apresentou bem, a zaga esteve segura como sempre, com Dedé novamente absoluto. Só Robinho estava numa rotação abaixo dos demais. Outro ponto positivo foi a grande quantidade de finalizações do time celeste, que superou assim uma de suas dificuldades.
  • MARCUS OLIVEIRA: Bom jogo! Time celeste teve domínio total da partida, exceto por alguns sustos no início. A defesa jogou muito bem. Egídio tem sido uma grata surpresa, tanto no ataque quanto na defesa.

BRUNO SETELAGOAS. Lucas e Henrique estiveram no mesmo nível. Sintonia absoluta! Azulo ambos pra fazer justiça.

  • IVAN MONTEIRO: Ainda no 1º tempo, Leo fez falta violenta em Dedé, dentro da area. Mas deu tudo certo, pois o Juiz não marcou pênalti e o Mito nem se machucou seriamente.
  • MATHEUS PENIDO: Fábio é tão bom que muitas vezes o torcedor nem se dá conta das chances que o adversário teve.

Fontes[editar]

Transmissão[editar]

  • Foxsports