Cruzeiro 2x0 Patrocinense - 17/03/2018

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Patrocinense.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Tupi.png 0x1 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Mineiro
Escudo Patrocinense.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Tupi.png 0x1 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 3x0 Escudo URT.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 2x1 Escudo Tupi.png
Contra Patrocinense
Escudo Patrocinense.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 1x0 Escudo Patrocinense.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
2 × 0 Escudo Patrocinense.png
Patrocinense
Jogo único - Quartas de final do Campeonato Mineiro 2018
Data: 17 de março de 2018 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 16h Estádio: Mineirão
Árbitro: Ronei Cândido Alves Público pagante: 13.431
Assistente 1: Pablo Almeida Costa Público presente: 16.603
Assistente 2: Douglas Almeida Costa Renda: R$ 326.850,00 R$ 326.850
Cr$ 326.850
NCr$ 326.850
Cz$ 326.850
NCz$ 326.850
(preço médio: R$ 24,34 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Cruzeiro: Patrocinense:

1. Fábio 1. Neguete
29. Lucas Romero 2. Ângelo
26. Dedé 3. Diego Borges
4. Murilo Cerqueira 4. Juninho
6. Egídio 6. Mateus Mendes
5. Ariel Cabral Cartão amarelo recebido aos 36  (2T) 36'  (2T)   5. Bruno Moreno Cartão amarelo recebido aos 49  (1T) 49'  (1T)  
8. Henrique 8. Mário César
18. Rafinha 7. Leomir Cartão amarelo recebido aos 2  (2T) 2'  (2T)  
19. Robinho Substituição realizada 33' (2T) de jogo 33' (2T) ( 21. Mancuello ) 9. Marcelo Régis Substituição realizada 20'(2T) de jogo 20'(2T) ( 17. Genesis )
30. Thiago Neves Cartão amarelo recebido aos 28  (2T) 28'  (2T)   Substituição realizada 29' (2T) de jogo 29' (2T) ( 10. De Arrascaeta ) 10. Diogo Peixoto Substituição realizada 10'(2T) de jogo 10'(2T) ( 18. Juninho Arcanjo )
17. Raniel Cartão amarelo recebido aos 48  (1T) 48'  (1T)   Gol aos 48 do  (1T) 48'  (1T) Gol aos 7 do  (2T) 7'  (2T) Substituição realizada 21' (2T) de jogo 21' (2T) ( 7. Rafael Sóbis Cartão amarelo recebido aos 37  (2T ) 37'  (2T )   ) 11. Berger Substituição realizada 10'(2T) de jogo 10'(2T) ( 19. Thiago Brito )
Técnico: Mano Menezes Técnico: Wellington Fajardo
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: Patrocinense:

Pré-Jogo

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 15h53 TIMES em campo. Cruzeiro, com uniforme tradicional; Patrocinense, todo de grená.
  • 15h54 HINO Nacional.
  • 16h UM MINUTO de silêncio pela memória de Bebeto de Freitas.
  • 16h01 COMEÇA o jogo. Cruzeiro dá a saída.
  • 01 Robinho derrubado na pontadestra.
  • 02 Neves entra na área pela direita, dribla Moreno e rola pra trás. Bequeira grená corta.
  • 03 Henrique tenta tabela com Raniel, Peixoto impede.
  • 04 Neves sente alguma dor, Juiz para o jogo. Nada grave.
  • 05 Jogo recomeça com bola no chão.
  • 05 Raniel é puxado pela camisa por Juninho. Falta frontal.
  • 06 Falta cobrada com toque curto, Raniel chuta, bola desvia na barreia e sai a corner.
  • 07 Robinho cobra corner na esquerda, Dedé comete falta em Juninho, dentro da área grená.
  • 07 Neguete faz cera na reposição e leva bronca do Juiz.
  • 08 Henrique aciona Raniel, que está na banheira.
  • 09 Rafinha recebe bola área, bandeira Pablo marca impedimento. E erra.
  • 09 Henrique cruza direita, mas bandeira marca tiro de meta. E acerta.
  • 10 Bola em profundidade, Neguete sai da área e rebate.
  • 11 21 JOGADORES no campo de defesa do Patrocinense.
  • 11 QUE NERVOSIA É ESSA, PROFESSOR? Mano dá bronca no time, devido ao excesso de passes errados. Tem nada disso.
  • 12 Murilo lança Rafinha, Ângelo corta pra lateral.
  • 13 Fábio trabalha pela primeira vez, em bola recuada.
  • 14 Neves tenta encontrar Raniel, bola escapa pela linha de fundo.
  • 15 Ameaça de chuva se desfaz. Céu começa a ficar limpo.
  • 15 Patrocinense ataca pela direita, Egídio contorna a situação.
  • 16 Romero ataca pela direita, mas entrega a bola nos pés de Leomir.
  • 17 Neves chuta de canhota, de muito longe. Tiro de meta, Patrocinense.
  • 18 Wellington Fajardo está uma fera com seu time, que não consegue segurar a bola no ataque.
  • 18 Rafinha recebe passe na área do Cap, tenta girar, mas é desarmado.
  • 19 Raniel arremata, Neguete cata.
  • 20 Henrique disparu pelo meio, passa a neves, que tabela com Robinho e chuta. Neguete encaixa.
  • 21 Romero avança pelo centro, passa a cabral, que recua pra Nevez chutar forte. Neguete dá rebote, mas nenhum cruzeirense aparece pra conferir.
  • 22 Berger chuta de fora da área. Bola sai pela linha de fundo.
  • 23 Rafinha tenta passar por Morena, mas é desarmado.
  • 24 Neves chuta da entrada da área, bola explode na bequeira.
  • 25 Rafinha é acionado na área grená, Borges se antecipa e cede corner. Cobrança na direita dá em nada.
  • 26 Henrique aciona Robinho, que entrega a ola nos pés de Marcelo Régis.
  • 27 Marcelo Régis cai sentindo dores no tornozelo e sai no carromaca.
  • 27 Régis volta a campo. Cruzeiro volta a atacar.
  • 28 Egídio cruza da esquerda, Juniho escanteia a bola.
  • 29 Murilo, dentro da área grená, aciona Raniel, que cai. Torcida pede p6enalti, que não houve.
  • 30 Neves cobra falta, Neguete encaixa.
  • 31 Cruzeiro recua e espera erro do Cap pra ir ao ataque. Nada feito. Time do interior não se arrisca.
  • 31 Nevez pra Egídio, que cruza. Mateus Mendes escanteia a bola.
  • 32 Robinho cobra corner na deireita, defesa grená corta, pelo ato.
  • 33 BOMBA! Robinho chuta das proximidades da meia lua. Bola passa por coma do travessão.
  • 34 Neves chuta, bola desvia em Borges, Egídio cruza, Juninho corta, Neves volta a chuta, bola fica na bequeira.
  • 35 JOGO PARADO. Ângelo disputa com Rafinha e cai.
  • 36 Ângelo sai no carromaca.
  • 36 Cabral, Rafinha, Robinho, toque de prima buscando Raniel, Juninho corta.
  • 37 Raniel aciona Rafinha na área grená. defesa corta.
  • 38 CERA. Neguete cai após se chocar com o poste esquerdo.
  • 39 ÁGUIA FECHADINHA. Cruzeiro trança bola na entrada da área grená, mas não consegue a penetração.
  • 40 Neves enche o pé, da entrada da área, bola desvia em Juninho e não atinge o alvo.
  • 41 Bola cruzada sobre a área celeste, Dedé sofre falta de Marcelo Régis.
  • 42 Bola na área grená, Robinho não consegue finalizar.
  • 43 Dedé, do meiocampo, recua pra Fábio, que aciona seu ataque.
  • 44 DEFESAÇA. Neves fica na cara do gol e enche o pé. Neguete defende.
  • 45 Cruzeirot troca passes na entrada da área, Egídio solta a bomba, bola desvia na cabeça de Moreno e sai a corner.
  • 46 DEFESAÇA. Robinho cobra corner na direia, Dedé cabeceia forte, Neguete voa e escanteia a bola.
  • 47 Dedé cabe ceia bola de corner, pra froa.
  • 48 AMARELOS. Raniel sofre falta de Moreno e desconta com um pescoção. Os dois são punidos.
  • 49 FIM de 1º tempo.

Segundo Tempo

  • 17h06 COMEÇA o 2º tempo. patrocinense dá a saída.
  • 46 DEFESAÇA. Rafinha cruza curto, da esquerda, Raniel gira e chuta colocado. Neguete espalma pra escanteio.
  • 47 Dedé chuta de dentro da área, bola sai à direita de Neguete.
  • 48 Murilo aciona Raniel, que lança Robinho. Neguete chega antes e cata a bola.
  • 48 TORCIDA CELESTE empurra o time cantando o tempo todo.
  • 49 Egídio, Cabral, Murilo, Raniel… Jogada termina em escanteio.
  • 50 Robinho cobra corner na esquerda, defesa grená corta, Egídio cruza, Dedé sobe e bate cabeça com Borges, que fica caído.
  • 51 Borges se recupera, logo recomeça.
  • 52 GOL. Murilo avnça pelo meio e aciona Raniel, que passa por Juninho e Borges, antes de chutar forte, cruzado, sem chance pra Neguete.
  • 53 2º GOL de Raniel no Mineiro 2018.
  • 54 ALÍVIO. Mano se emociona e abarça o ausiliar Sidnei Lobo.
  • 55 TROCA. Berger x Juninho Arcanjo.
  • 56 TORCIDA CELESTE aumenta o volume da cantoria. Sufoco começa a passar.
  • 57 MULHER BONITA na telinha. Diretor de imagem acerta em cheio.
  • 57 TROCA. Leonir x Tiago Brito.
  • 58 DE REPENTE, deu pressa no Patrocinense. Negócio agora é atacar!
  • 58 Robinho aciona Romero, mas põe muita for;a na bola, que sai pela lateral.
  • 59 Neves desarma Arcanjo e arma o ataque. raniel cai na entrada da área, Juiz manda seguir.
  • 60 Rafinha, Robinho, Raniel, que chuta prensado. Corner. Robinho cobra, defesa grená cede outro escanteio.
  • 61 Robinho cobra escanreio na esquerda, defesa do Cap corta.
  • 62 Robinho rola, com açúcar, pra Romero, que chuta torto, pra fora.
  • 63 Rafinha tabela com Robinho, mas finaliza com chute torto, pra fora.
  • 64 Marcelo Régis x Gênesis
  • 64 GOL. Robinho recebe na área e rola mansinho pra Raniel, que chega pateando forte. Bola passa por baixo do corpo de Neguete. CRUZEIRO 2×0.
  • 65 3º GOL de Raniel no Mineiro 2018.
  • 66 TROCA. Raniel x Sobis.
  • 67 Raniel sentiu cãibras.
  • 68 TROMBADA de Rafinha com Ângelo. Lateral baiano cai; levanta e segue o jogo.
  • 69 Mano proseia com Arrascaeta. Uruguai o vem aí. Amanhã, viaja pra se integrar à seleção de seu país.
  • 70 Robinho chuta de longe, Neguete defende.
  • 71 Dedé e Murilo cercam e desarmam Gênesis.
  • 72 TROCA. Neves x Arrascaeta.
  • 72 AMARELO. Neves, por demorar a sair de campo.
  • 73 Patrocinense não tem mais forças pra reagir. Agora, é pensar na Série D.
  • 74 Cruzeiro troca passes. Na próxima fase, jogará por dois resultados iguais pra or à final.
  • 75 Robinho passa a Arrascaeta, que chuta sem ângulo. Bola atravessa a área grená.
  • 75 Egídio acerta um chutaço de longe, Neguete escanteio a bola.
  • 76 Robinho cobra o corner, bequeira grená corta.
  • 77 Cabral lança Sobis na área. O atacante tenta o voleio, mas não acerta. Bola fica com o Neguete.
  • 78 TROCA Robinho x Mancuello
  • 79 Sobis recebe passe de Mancuello, na entrada da área, mas não domina a bola.
  • 80 Rafinha puxa o contrataque na direita, mas erra passe destinado a Sobis.
  • 81 Arrascaeta recebe na direita, tenta passr a Egídio, mas manda a bola no pé de um adversário.
  • 82 AMARELO. Sobis, por reclamação.
  • 82 Sobis está suspenso pro jogo de ida da semifinal.
  • 83 Arrascaeta cobra a falta, bola passa rente ao poste direito.
  • 84 CÃIBRAS põem Dedé no chão. Médico na cancha.
  • 85 AMARELO. Cabral
  • 86 Cruzeiro troca passes na meiuca.
  • 87 Arrascaeta lança Rafinha na direita. Meia não alcança a bola. Tiro de meta, Patrocinense.
  • 88 Romero vai ao fundo e cruza, Neguete fica com a bola.
  • 90 DEFESAÇA. Arrascaeta passa a Rafinha, que dribla o marcador e fica na cara do gol. Neguete faz bela defesa.
  • 91 PÚBLICO: 13.561 pag, 16.603 pres, R$326.850, média R$24.
  • 93 FIM de jogo. Cruzeiro está nas semifinais.

Vídeos

Bastidores
Melhores momentos
Coletiva pós jogo

Atuações

  • TORCIDA CELESTE compareceu em baixo número. Menos da metade da média das rodadas iniciais. Provavelmente, porque o ingresso médio subiu de R$11 pra R$24. Quem foi cantou e emulou o time o tempo todo.
  • FÁBIO quase não teve trabalho. Checou uma ou outra bola recuada à sua área e nada mais.
  • ROMERO não teve a quem marcar, mesmo assim, subiu parcimoniosamente ao ataque, sem deixar espaços na defesa.
  • DEDÉ dominou sua área de atuação, com vigor e classe. No ataque, obrigou o goleiro Neguete a uma defesaça pra evitar um gol. No fim, sentiu cãibras.
  • MURILO, tranquilo e eficiente, como sempre.
  • EGÍDIO foi pontesquerda em tempo integral. Se em jogos complicados ele já vai pro ataque, mesmo contra as ordens do treinador, imaginem neste, sem adversários a incomodar em seu setor!
  • HENRIQUE fez o de sempre: marcou, ocupou espa;cos de forma inteligente, fez a saída de bola com qualidade e atacou sempre que pôde.
  • CABRAL, bem no passe e no tal jogo sustentado, quando aparece pra apoiar quem tem a bola e precisa de parceria.
  • ROBINHO foi participativo, deu ótimos passes, sem se preocupar um minuto sequer coma marcação. Que, de resto, não era tão necessária contra um time tão retrancado quanto o Cap.
  • NEVES foi quem mais tentou resolver a parada. Chutou um monte bolas, deu passes, tabelou, enfim, forçou o jogo enquanto aguentou o tranco. Saiu mais cedo, justificadamente, cansado.
  • RAFINHA acertou algumas jogadas, errou outras, não atrapalhou, nem foi decisivo. Fez uma partida razoável, sem brilho.
  • RANIEL fez o que realmente importava, os gols. Mostrou qualidade nos arremates, quando teve a chance marcar. Saiu mais cedo, com dores no joelho esquerdo.
  • MANCUELLO substituiu Robinho e jogou 15 minutos coma partida decidida. Não teve muito o que fazer.
  • SOBIS fez o de sempre: correu. Mas, com pouco tempo e o jogo decidido, nada pôde fazer pra agradar ao torcedor.
  • ARRASCAETA jogou pouco tempo, mas tentou deixar sua marca, antes de apresentar à Seleção Uruguaia pra disputa de um torneio na China. Valeu pelo esforço.
  • MANCUELLO jogou 15 minutos e só fez manter o bom ritmo da equipe, sem espaço pra grandes jogadas, desnecessárias àquela altura.
  • MANO estava ansioso na etapa inicial, mas depois de uma conversa no vestiário viu o time deslanchar e evitar uma zebra maior que o estádio.
  • CRUZEIRO jogou os quase cem minutos da partida no campo de defesa do Cap. Criou muitas oportunidades, fez poucos gols e não sofreu assédio.
  • PATROCINENSE passou o tempo todo na defesa tomando sufoco e sem coragem, nem talento, pra contratara. Ao pé da letra, todos estiveram bem na missão de defender.
  • ÁRBITROS erraram um impedimento. Pouco pra alterar o placar.

O que foi dito

  • MANO MENEZES: O Cruzeiro teve ampla superioridade. O adversário não conseguiu chutar uma bola ao gol em 90 minutos. O jogo trazia uma cara diferente, por que se passa invicto pela fase classificatória, se abre boa vantagem, mas daqui a pouco se apaga quase tudo isso indo pra um jogo único, que precisa vencer. Isso aumenta a tensão, atrapalhou um pouquinho. No 1º tempo, as escolhas finais poderiam ter sido melhores, embora tenhamos criado oportunidades. No 2º tempo, com mais calma, concentração, e uma cobrança mais forte de vestiário pra jogarmos com mais simplicidade, acelerar a última etapa, trabalhar mais pelos lados, foi o suficiente pra fazer uma vantagem segura, que nos deu a vaga. Quando o regulamento prevê um jogo só, diminui a possibilidade de justiça. Você pode ter um dia acidentado, pode tomar um cartão vermelho, coisas que mudam a história de uma partida. Com duas partidas, é mais difícil que aconteça. É pra se repensar. Se vai ter quartas de final, ela deve ser igual às semifinais e à final, com dois jogos, pra se fazer justiça com quem vem fazendo uma campanha melhor.
  • RANIEL: A gente sempre trabalha para esse tipo de jogo. Mas, graças a Deus estou dando sorte de fazer gols nos jogos decisivos. Só tenho a agradecer a todos do elenco. Fizemos um bom jogo hoje.
  • JUNINHO ARCANJO: Sentimento de dever cumprido. Depois de 24 anos, voltamos à elite, brigamos pela permanência, conseguimos um feito histórico ao nos classificarmos pra Série D. Sabíamos da dificuldade de enfrentar o Cruzeiro, perdemos, mas todos estão de parabéns. Vida que segue!
  • DOUGLAS VELLOSO: Jogo pra se usar o clichê “ataque contra defesa”. No 1º tempo o Cruzeiro jogou mais concentrado no meio de campo, sem variações ofensivas significativas. No 2º, os gols deram a tranquilidade de se manter o nível, apesar da displicência dos gols perdidos. Nessa etapa, o time celeste errou menos passes, tentou ser mais incisivo e soltou a bola com mais simplicidade. Esperava mais de Rafinha, que pareceu não ter achado o seu lugar em campo. As laterais não apareceram como opção. Destaque: Dedé, Henrique e Neves, este pelo passe do primeiro gol.
  • CELESTE CAMPOS: Jogo bom. Inteiro, Dedé joga muito! Murilo também se destacou. A postura ofensiva do time até o último minuto, quando o jogo já estava resolvido, foi boa de se ver. Ruim foi o excesso de gols perdidos. Isso pode ser crucial em outros jogos.
  • MAURO FRANÇA: Cruzeiro dominou do primeiro ao último minuto e fez por merecer uma vitória até mais folgada, já no 1º tempo. O que atrapalhou nessa etapa foi a pressa em resolver logo o jogo e algumas boas defesas de Neguete. Depois dos gols, quando o Patrocinense tentou sair, o time celeste controlou o jogo com tranquilidade, sem sustos. Raniel espantou a zebra e foi o melhor. Destaque pra Dedé, que voltou muito bem, e Murilo, que prima pela segurança e tranquilidade, bem como Neves, Egídio, Robinho e Henrique. Ninguém jogou mal. Fábio foi um espectador.
  • ROMAROL: A maior parte da torcida que vai a um jogo de um campeonato não midiático contra adversário não midiático, gosta do futebol em sua essência, de sentir o clima do jogo, dá valor a uma disputa de bola, à construção de uma jogada, à movimentação dos jogadores. O torcedor curtiu a partida e o seu time do coração, sem maiores exigências competitivas. Apoiou e cantou o jogo todo, coma exceção de algumas poucas toupeiras, que ensaiaram uma vaia no intervalo.

Fontes

Transmissão

  • Sportv