Cruzeiro 2x0 Emelec - 03/04/2001

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Uberlândia.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Olimpia.png 3x4 Escudo Cruzeiro.png
Por Copa Libertadores da América
Escudo Sporting Cristal.png 0x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Olimpia.png 3x4 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 3x0 Escudo Coritiba.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 4x1 Escudo Villa Nova-MG.png
Contra Emelec
← Primeira ficha Gol aos do Escudo Emelec.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
2 × 0
Escudo Emelec.png

2ª Rodada - Fase de Grupos da Copa Libertadores da América 2001


Informações

Data: 3 de abril de 2001 às 20:30
Local: Belo Horizonte, MG
Estádio: Mineirão

Árbitro: Fabián Madorrán
Assistente 1: Héctor Baldassi
Assistente 1: Luis Trucco


Público e Renda

Público pagante: 6.185
Público Presente: Não disponível
Renda: R$ 58.528,00 R$ 58.528 <br />Cr$ 58.528 <br />NCr$ 58.528 <br />Cz$ 58.528 <br />NCz$ 58.528 <br /> (preço médio: R$ 9,46 )


Escalações

Cruzeiro
  1.  Bosco
  2.  Cléber MonteiroSimbolo jogador base.png
  3.  Luisão Cartão amarelo recebido aos  (1)
  4.  Cris
  5.  Sérgio Manoel Cartão amarelo recebido aos  (1)
  6.  Marcus Vinícius
  7.  Marcos PauloSimbolo jogador base.png
  8.  Jackson Cartão amarelo recebido aos  (1)
  9.  Jorge Wagner Substituição realizada 20' (2T) de jogo 20' (2T) ( Alex Santos )
10.  Geovanni  Gol aos 26 do  (1T) 26'  (1T) Gol aos 9 do  (2T) 9'  (2T) Substituição realizada 30' (2T) de jogo 30' (2T) ( Alessandro Cambalhota )
11.  Oséas Cartão amarelo recebido aos  (1) Substituição realizada 36' (2T) de jogo 36' (2T) ( Marcelo Ramos )
Técnico: Felipão

Emelec
  1. Daniel Viteri
  2. Franklin Corozo
  3. Pedro Aguirrez Cartão amarelo recebido aos
  4. Augusto Poroso
  5. Wilson Carabalí Cartão amarelo recebido aos
  6. Pavel Caicedo Substituição realizada 21'(2T) de jogo 21'(2T) ( Christian Gomez )
  7. Carlos Hidalgo Substituição realizada 41'(2T) de jogo 41'(2T) ( Jhon Cagua )
  8. Richard Borja
  9. Walter Ayoví
10. Moisés Candelario Substituição realizada 21'(2T) de jogo 21'(2T) ( Wellington Sánchez )
11. Carlos Juárez Cartão amarelo recebido aos
Técnico: Rodolfo Motta


Reservas que não entraram na partida


Sobre o jogo[editar]

O Cruzeiro jogou mal, mas dois gols de Geovanni deram a vitória à equipe do técnico Luiz Felipe Scolari em cima do Emelec, do Equador, por 2 a 0 nesta terça-feira, no estádio Mineirão, em Belo Horizonte.

A vitória deixou o time mineiro na liderança do grupo 4 da Copa Libertadores, com seis pontos. Já o Emelecec segue com quatro, empatado com o Olimpia, do Paraguai, na vice-liderança.

O técnico Felipão não pôde contar com Sorin, suspenso, e Ricardinho, que sentiu uma contusão. Sérgio Manoel e Marcos Paulo foram os substitutos.

O time equatoriano foi melhor no primeiro tempo. Os meias do Cruzeiro não conseguiam armar as jogadas e perdiam a bola. Com isso, a zaga ficava sobrecarregada.

Logo no primeiro minuto, o Emelec assustou. Em cruzamento da direita, Juarez apareceu livre na pequena área e chutou para fora. A primeira boa chance cruzeirense aconteceu aos 22min. Geovanni cruzou na área, Luisão desviou de cabeça. A bola foi para fora, raspando a trave.

O gol do time da casa teve de sair com uma jogada ensaiada. Aos 26min, Jorge Wagner bateu escanteio na primeira trave, Luisão desviou de cabeça para Geovanni, que apenas empurrou para o gol, com Viteri vencido. Com a vantagem, a equipe de Felipão melhorou um pouco e chegou a equilibrar a partida. Mas não o suficiente para evitar as vaias ao final do primeiro tempo.

O segundo tempo começou equilibrado, como o final da primeira etapa. Geovanni, novamente, foi o responsável por quebrar a monotomia da partida. Aos 9min, Oséas dominou na área e chutou. O goleiro Viteri deu rebote, Geovanni ganhou da zaga e completou para as redes.

A partir daí, a equipe da casa parecia satisfeita com o resultado e não fazia força para chegar ao gol de Vitari. Já Felipão queria seu time no ataque e colocou jogadores com fôlego - Alex, Alessandro e Marcelo Ramos, nos lugares de Jorge Wagner, Geovanni e Oséas. Mesmo assim, os cruzeirenses apenas administraram a vantagem.[1]

Referências[editar]

Vídeos[editar]

Gols

Fonte[editar]

  • Livro Almanaque do Cruzeiro Esporte Clube 1921-2013- RIBEIRO, Henrique - Caxias do Sul-RS: Editora Belas Letras Ltda., 2014. 405