Cruzeiro 1x3 Botafogo - 05/09/2012

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 3x0 Escudo Náutico.png Gol aos do Escudo Sport.png 2x1 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Brasileiro 2012
Escudo Cruzeiro.png 3x0 Escudo Náutico.png Gol aos do Escudo Sport.png 2x1 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Independência
Escudo Cruzeiro.png 3x0 Escudo Náutico.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 0x4 Escudo Santos.png
Contra Botafogo
Escudo Botafogo.png 2x3 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Botafogo.png 2x1 Escudo Cruzeiro.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
1 × 3 Escudo Botafogo.png
Botafogo
22ª rodada do Campeonato Brasileiro 2012
Data: 9 de setembro de 2012 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 22:00 Estádio: Independência
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira Público pagante: 13.957
Assistente 1: Altemir Hausmann Público presente: Não disponível
Assistente 2: Rafael da Silva Alves Renda: R$ 335.880,00 R$ 335.880 <br />Cr$ 335.880 <br />NCr$ 335.880 <br />Cz$ 335.880 <br />NCz$ 335.880 <br /> (preço médio: R$ 24,07 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Cruzeiro: Botafogo:

1. Fábio 22. Renan
2. Léo 2. Lucas
3. Rafael Donato 21. Dória
4. Mateus 4. Fábio Ferreira Cartão amarelo recebido aos 29  (2T) 29'  (2T)  
5. Leandro Guerreiro 5. Jadson Gol aos 10 do  (2T) 10'  (2T)
6. Everton Cartão amarelo recebido aos 44  (1T) 44'  (1T)   6. Márcio Azevedo Cartão amarelo recebido aos 4  (2T) 4'  (2T)   Substituição realizada 40' (2T) de jogo 40' (2T) ( 36. Gilberto )
7. Sandro Silva Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 16. Élber ) 27. Gabriel Cartão amarelo recebido aos 44  (1T) 44'  (1T)  
8. Tinga  Gol aos 19 do  (1T) 19'  (1T) 17. Andrezinho
9. Borges 9. Elkeson
10. Souza Silva Substituição realizada 15' (2T) de jogo 15' (2T) ( 15. Willian Magrão ) 10. Seedorf Gol aos 34 do  (1T) 34'  (1T) Gol aos 36 do  (1T) 36'  (1T)
11. Wallyson Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 18. Wellington Paulista ) 11. Fellype Gabriel Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 18. William Substituição realizada de jogo ( 13. Brinner ) )
Técnico: Celso Roth Técnico: Oswaldo de Oliveira
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: Botafogo:
12. Rafael
13. Diego Renan
14. Thiago Carvalho
17. Anselmo Ramon

Pré-Jogo

O Cruzeiro inicia a rodada em 6º lugar com 34 pontos. Nem vencendo, o time celeste alcança o G4. No máximo, fica perto.

Celso Roth terá 5 ausências contra o Botafogo: Charles (volante), suspenso, Victorino (beque), Ceará (lateral-direito), Fabinho (atacante) e Montillo (meia), contundidos.

Pendurados no Cruzeiro: Borges, Ceará, Leandro Guerreiro, Lucas Silva, Montillo, Rafael Donato e Victorino.

Celso Roth => “As dificuldades são enormes, o time do Botafogo tem qualidade. Vamos ver se conseguimos manter nossa atitude e entrega pra superar um adversário tradicional e muito perigoso.”

Em 8º lugar com 31 pontos, com qualquer resultado, o Botafogo ficará na metade da tabela.

Oswaldo de Oliveira, técnico do Bota, não contará com o volante Amaral, que pertence ao Cruzeiro, o goleiro Jefferson, na Seleção Brasileira, o meia-atacante Lodeiro, na Seleção Uruguaia, Antônio Carlos, Marcelo Mattos, Lucas Zen, Rodrigo Dantas, Renato, Vítor Júnior e Rafael Marques, lesionados.

Pendurados no Botafogo: Andrezinho, Dória, Elkeson, Fábio Ferreira, Lennon, Márcio Azevedo e Vítor Júnior.

Oswaldo de Oliveira => “Lançar jovens não é aposta, mas convicção acerca do trabalho realizado aqui e em outras equipes. Estamos mostrando a capacidade do Botafogo ao longo do tempo, promovendo todos que mostram condição. A renovação é imperativa, muito saudável pra mim e estimula a concorrência entre eles. Assim vou ter sempre jogador em boas condições pra reposição”.

Luiz Flávio de Oliveira apitou 6 jogos no Brasileiro, marcou 258 faltas (43/jogo), aplicou 33 amarelos (5,5 /jogo), 0 vermelho e 1 pênalti (0,17/jogo). O campeonato tem média de 4,9 amarelos, 0,28 vermelho, 36,5 faltas e 0,23 pênalti. O Juiz apitou Náutico 0×0 Cruzeiro, pela 2ª rodada, e Botafogo 0×1 Grêmio, pela 11ª.

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 21h55 – Cruzeiro em campo com uniforme tradicional, sob foguetório.
  • 21h58 – Botafogo em campo com uniforme tradicional.
  • 22h01 – Um minuto de silêncio em homenagem a Geralda Barbosa, màe do diretor Valdir Barbosa.
  • 00 - Reservas do Cruzeiro: Rafael Monteiro, Thiago Carvalho, Diego Renan, Willian Magrão, Elber, Wellington Paulista e Anselmo Ramon.
  • 22h02 – Começa o jogo. Cruzeiro, à direita das cabines, dá a saída.
  • 01 – Seedorf tenta lançamento para Fellype Gabriel na meia direita e o Gabriel chega ao ataque.
  • 02 – Seedorf cruza escanteio curto com Andrezinho na direita. Leandro Guerreiro intercepta o passe.
  • 02’30” – Lucas chuta rasteiro, Fábio defende no canto direito.
  • 03 – Fellype Gabriel avança pelo meio de campo, mas é derrubado por Souza.
  • 04 – Tinga recebe passe na entrada da área do Botafogo, mas é desarmado por Gabriel.
  • 05 – Andrezinho tenta jogada individual pela esquerda, ganha escanteio, mas o time carioca desperdiça a cobrança.
  • 06 – Souza comete falta em Gabriel no meio de campo. Jogador carioca valoriza o lance.
  • 07 – Borges é acionado na intermediária, Dória se antecipa e recua de cabeça pra Renan.
  • 08 – Francisco Everton caneta Fellype Gabriel no meio de campo. Torcida vibra.
  • 08’30”- Souza lança Wallyson na ponta direita, mas bola corre demais e sai pela linha de fundo.
  • 09 – Souza cobra falta na meia direita, Elkeson corta.
  • 10 – Fellype Gabriel lança Andrezinho, que é travado pela bequeira do Cruzeiro. Leandro Guerreiro fica com a bola.
  • 11 – Souza divide om Fellype Gabriel, que sente dores na canela direita. Juiz dá bola ao chão.
  • 12 – Botafogo é mais ofensivo, Cruzeiro está bem postado na defes, cortando todos os ataques adversários e tentando sair em contra-ataques.
  • 13 – Márcio Azevedo recebe lançamento na meia esquerda, mas deixa a bola sair pela lateral.
  • 14 – Andrezinho recebe a bola na meia direita, mas empurra Sandro Silva, cometendo a falta.
  • 15 – Maré mansa! Juiz leva o jogo sem mostrar cartões amarelos, só na conversa.
  • 16 – Francisco Everton cobra falta na meia esquerda, defesa do Botafogo corta pelo alto.
  • 17 – Botafogo tem a posse de bola no campo de defesa.
  • 18 – Elkeson chuta de fora da área, bola sai pela linha de fundo.
  • 19 - Gol! Souza, da intermediária, lança Borges, que avança pela esquerda e chuta forte. Renan defende, mas dá rebote, que Tinga apanha e chuta firme no canto direito. Cruzeiro 1×0.
  • 20 – Seedorf tenta jogada individual na ponta direita, Leandro Guerreiro aperta a marcação e ganha o tiro de meta para o Cruzeiro.
  • 21 – Bruno Pontes, no PHD: “Pra quem considera o Souza inútil: o lançamento dele foi pro Borges meio gol!”
  • 22 – Torcida fantástica! O Independência potencializa o grito do torcedor. Tanto a Máfia Azul, atrás do gol da cidade, quando Mancha, Jovem, Cachazeiros, Motozeiros, Independente e TFC, no Setor Libertadores, torcem e alentam o time com dedicação máxima.
  • 23 – Desperdício! Francisco Everton avança pela esquerda, tira Fábio Ferreira da jogada, invade e chuta cruzado. Bola sai tirando tinta do poste esquerdo.
  • 24 – Cruzeiro no ataque. Everton cruza para a área e Fábio Ferreira tira o lance. Souza fica com a sobra e ganha escanteio pela direita.
  • 24’30”- Souza cobra o tiro de canto para o Cruzeiro, Mateus escora mal de cabeça. Seedorf fica com a bola, mas recebe a falta de ataque de Everton.
  • 25 – Borges é acionado na intermediária e o goleiro Renan sai da grande área para tirar o perigo contra o Botafogo.
  • 26 – Souza cobra escanteio na direita, defesa afasta.
  • 26’30”- Fellype Gabriel cai na grande área, Souza fica com a bola, Juiz paralisa a partida pra atendimento ao jogador do time carioca.
  • 27 – Botafogo retoma a bola e tenta atacar pela esquerda. sem sucesso.
  • 28 – Seedorf lança bola na área do Cruzeiro, Mateus corta.
  • 29 – Francisco Everton recebe bola na ponta esquerda, mas é desarmado por Lucas.
  • 30 – Botafogo ganha escanteio na esquerda, mas desperdiça a cobrança.
  • 30’30”- Souza tenta puxar contra-ataque, mas é desarmado.
  • 31 – Wallyson chuta, bola sai pela linha de fundo.
  • 32 – Sandro Silva lança Wallyson na intermediária, mas o bandeira assinala impedimento.
  • 33 – Futebol do Cruzeiro cresceu após o gol. Time joga em velocidade criando dificuldades pra defesa carioca.
  • 34 – G5? No Morumbi, São Paulo 1×1 Internacional. Se persistirem os resultados atuais, Cruzeiro termina a rodada em 5º lugar.
  • 35 – Gol! Fellype Gabriel inverte jogada da meia-esquerda pra Seedorf, que nas costas da defesa, chuta cruzado no canto direito. Botafogo 1×1.
  • 35 – Gol! Fellype Gabriel recebe lançamento na área do Cruzeiro pela esquerda, deixa a bola pra Seedorf chutar no canto direito de Fábio. Botafogo 2×1.
  • 35’30”- G8! Com os placares de momento, Cruzeiro despenca para o 8º lugar.
  • 37 – Leo Simões recebe a bola na meia direita, mas é desarmado pela marcação.
  • 38 – Botafogo toca bola no meio de campo.
  • 39 – Fellype Gabriel passa a Lucas na área do Cruzeiro, Francisco Everton fasta o perigo.
  • 40 – Souza divide a bola com Lucas na intermediária e leva um pisão no pé direito. Carrinho-maca entra em campo.
  • 41 -Souza, recuperado, volta a campo.
  • 42 – Wallyson é acionado na ponta direita, mas está impedido.
  • 43 – Cadê o cartão? Souza divide com Márcio Azevedo na intermediária, e leva um chute o rosto Jogadores do Cruzeiro rpedem cartão para o botafoguense. Juiz não dá.
  • 44 – Amarelos! Gabriel e Francisco Everton, por reclamação.
  • 45 – Três minutos de acréscimo.
  • 46 – Márcio Azevedo cobra lateral na ponta esquerda, Rafael Donato corta de cabeça.
  • 47 – Tinga tenta passar a Wallyson na ponta direita, defesa do Botafogo intercepta o lance.
  • 47’30”- Na sequência Rafael Donato comete falta de ataque.
  • 48 – Fim do 1º tempo. Empate teria sido resultado mais fiel da partida.
  • Tinga: “Foi muito importante meu primeiro gol pelo Cruzeiro, mas estou chateado por a gente estar perdendo. Mas com fé em Deus a gente vai buscar o empate e a virada.”
  • Seedorf: “Tivemos três erros no passe e precisávamos entrar no jogo. O Botafogo começou muito bem e acho o resultado justo. Agora, é importante é ficar concentrado pra fazer mais um gol.”
  • Edu Mano, no PHD: “O Cruzeiro começou bem na defesa enquanto o Botafogo tocava melhor a bola. Quando estavamos piores, fizemos o gol e acordamos. Ai passamos a dominar e Everton perdeu um gol incrível. Depois, foi nossa vez de estar melhor e tomar um gol. Um não, dois… E o chutão voltou. Souza precisa fazer mais, ou não pode ser o camisa 10. Jogo difícil como esperava, mas a virada foi inesperada e não merecida. Agora é ver o que o Roth tem em mente.”

Segundo Tempo

  • 23h06 – Cruzeiro volta a campo, com duas alterações.
  • 23h08 – Botafogo em campo com uma alteração.
  • 23h10 – Começa o 2º tempo. Botafogo dá a saída.
  • 00 – Trocas! Sandro Silva por Elber, Wallyson por Wellington Paulista, Gabriel por William Alves.
  • 01 – Tinga lança Wellington Paulista na área e o atacante cabeceia pela linha de fundo.
  • 02 – Seedorf é lançado na ponta esquerda e Rafael Donato tenta o corte, mas a bola ultrapassa a linha lateral. Botafogo no ataque.
  • 02’30”- Andrezinho tenta cruzamento da ponta esquerda e a bola sai pela linha de fundo.
  • 03 – Wellington Paulista ataca em velocidade pela direita e cruza à área. Souza chega de carrinho rente à segunda trave, mas manda a bola pela linha de fundo.
  • 04 – Márcio Azevedo comete falta em Élber Pimentel na meia direita e recebe o cartão.
  • 04’30”- Souza cobra a falta na meia direita buscando Rafael Donato na segunda trave, mas a defesa botafoguense ganha o jogo aéreo.
  • 05 – Elber tenta jogada individual na intermediária, mas em dividida com Márcio Azevedo vai ao chão e a jogada prossegue. Souza tenta finalizar e a bola explode na marcação.
  • 06 – Elber faz boa jogada pela direita e cruza à área. Entretanto, Borges não domina e perde o ataque do Cruzeiro.
  • 07 – Elkeson tabela com Willian na direita e, da entrada da área chuta cruzado, mas Fábio defende com tranquilidade.
  • 08 – Elkeson tenta passe para Willian na ponta direita, mas a arbitragem marca impedimento do Botafogo.
  • 09 – Cruzeiro tem a posse de bola no ataque e tenta avançar pela esquerda.
  • 10 – Souza cobra falta para o Cruzeiro na meia esquerda e Elkeson corta a cobrança por baixo.
  • 11 – Gol! Seedorf recebe lançamento longo na esquerda, dispara deixando Leandro Guerreiro pra trás e cruza pra Jadson, que entra na área sem marcação, dribla Fábio e chuta pra rede. Botafogo 3×1.
  • 12 – Eduardo Arreguy Campos, no PHD: “Outra atuação de um meio de campo que não coloca a bola no chão e é precipitado quando tem a bola dominada, ou toca rápido ou tenta levar a bola até dentro do gol. Falta jogador, um que poderia melhorar isso nem no banco está.”
  • 13 – Leandro Guerreiro sofre falta de Seedorf na meia direita. Cruzeiro pode chegar no jogo aéreo.
  • 14 – Francisco Everton cobra a falta para o Cruzeiro e a defesa visitante tira a bola da área.
  • 15 – Troca! Souza por Willian Magrão.
  • 16 – Andrezinho recebe lançamento na ponta esquerda e Rafael Donato comete a falta. Boa oportunidade para o Botafogo.
  • 17 – Andrezinho cobra a falta para o Botafogo, a bola bate em Élber Pimentel e sai pela lateral, que o time carioca desperdiça.
  • 18 – Fábio Ferreira comete falta em Wellington Paulista na intermediária e a cobrança frontal pode levar perigo à defesa botafoguense.
  • 19 – Francisco Everton cobra a falta no centro do gol e Renan cai na pequena área para encaixar a cobrança.
  • 20 – Andrezinho faz boa jogada pela ponta esquerda sobre Léo, mas não consegue entrar na área do Cruzeiro. O Botafogo recua a bola, o meia recebe novamente o passe e Wellington Paulista comete a falta.
  • 21 – Tinga faz boa jogada na entrada da área do Botafogo pela direita, mas é interceptado quando busca avançar à pequena área.
  • 22 – Francisco Everton cobra falta para o Cruzeiro na meia direita, mas o Botafogo ganha o jogo aéreo.
  • 23 – Leo Simões cruza, Dória cort, Elber tenta finalizar na sobra, mas o zagueiro do Botafogo corta novamente.
  • 24 – Elber arrisca de fora da área para o Cruzeiro, mas a bola sai sobre o gol.
  • 25 – Defesaça! Wellington Paulista entra na área do Botafogo pela direita e passa a Francisco Everton do outro lado. Renan defende com a ponta dos dedos evitando o gol.
  • 26 – Fábio Ferreira cobra falta no meio de campo para o Botafogo, mas a defesa do Cruzeiro fica com a bola na defesa.
  • 27 – Troca! William Alves por Brinner.
  • 28 – Andrezinho é derrubado por Leandro Guerreiro no meio de campo e recebe a falta.
  • 29 – Fábio Ferreira retarda a cobrança do tiro livre e recebe o amarelo.
  • 30 – Borges recebe lançamento na área do Botafogo e cabeceia fraco à direita do gol.
  • 31 – Tinga escora para Léo na entrada da área e o jogador do Cruzeiro finaliza sobre o gol de Renan.
  • 32 – Borges é acionado na intermediária e a arbitragem marca impedimento do Cruzeiro.
  • 33 – Seedorf recebe passe na intermediária e Willian Magrão intercepta para o Cruzeiro.
  • 34 – Elber tenta lançamento pela esquerda, mas a defesa do Botafogo ganha o jogo aéreo.
  • 35 – Botafogo ataca com três jogadores, Seedorf recebe a bola na direita, mas é travado na finalização e Fábio defende.
  • 36 – Elkeson recebe a bola na intermediária e sofre a falta de Léo. Boa chance para o Botafogo.
  • 37 – Andrezinho cobra a falta e Fábio defende.
  • 38 – Após a reposição de bola do Cruzeiro, Fábio Ferreira arrisca de longe após ver Fábio adiantado. Entretanto, a finalização não leva nenhum perigo.
  • 39 – Paulista, no PHD: “Contenha a ciclotimia, meu povo! Estou vendo nosso time lutando muito, criando várias chances de gol, mesmo sem o principal jogador e com improvisações nas 2 laterais. Tem dia que é phoda: a bola não entra. Falhas de posicionamento e marcação culminaram em gols dos adversários. O Juiz esqueceu o cartão amarelo no vestiário. Nada disso faz do Cruzeiro melhor ou pior do que é. Não há motivos pra choro e nem descabelamento, pois.”
  • 40 – No Botafogo, Gilberto entra no lugar de Márcio Azevedo.
  • 41 – Elber cobra falta para o Cruzeiro na meia direita, mas Rafael Donato cabeceia pela linha de fundo.
  • 42 – Elber cruza rasteiro da ponta direita para a área do Botafogo e a defesa tira com tranquilidade.
  • 43 – Botafogo controla a vantagem no placar e o Cruzeiro tenta partir ao ataque, sem sucesso.
  • 44 – Três minutos de acréscimos.
  • 45 – Elber cruza da meia direita para a área do Botafogo, a bola passa diante dos dois atacantes do Cruzeiro e sai pela linha de fundo.
  • 46 – MVP – Seedorf, escolhido melhor em campo pelo Síndico do PHD.
  • 47 – Gilberto tenta avançar pela esquerda e Rafael Donato corta por baixo e cede o lateral para o time carioca.
  • 48 – Fim de jogo. Torcida vaia time celeste, moderadamente.
  • Elkeson: “A gente sabia que o Seedorf ia decidir jogos e hoje foi o dia dele. Mas vale ressaltar também o poder do grupo, que foi brilhante. Foi fundamnetal o poder da equipe e da garotada que entrou. A vitóira dá mais confiança pra gente brigar pelo nosso objetivo que é chegar ao G4 e depois lutar pelo título.”

Vídeos

Gols

Atuações

  • Fábio – Defendeu o que tinha obrigação de defender. (Síndico)
  • Leo Simões - Lutou muito, como sempre. Subiu ao ataque, mas cruzou mal e, na defesa, sofreu com as boas tramas urdidas pelo meio de campo do Botafogo. (Síndico)
  • Rafael Donato – Rebateu muito, antecipou-se bastante aos atacantes e deu chutões. (Síndico)
  • Mateus - Um pouco mais técnico que o colega de bequeira, algumas vezes tentou jogar com bola rasteira. (Síndico)
  • Francisco Everton – Criou boas jogadas, mas perdeu gols que poderiam ter mudado a história da partida. (Síndico)
  • Leandro Guerreiro – Sofreu com Seedorf, a quem deixou livre no 1º e não conseguiu acompanhar no 3º gol do time carioca. Apesar disto, é dos poucos que ainda optam pela bola rasteira em vez de distribuir chutões. (Síndico)
  • Sandro Silva – Dinâmico na correria atrás dos adversários, mas pouco inspirado na criação. Saiu mais cedo e o time não teve ganho algum com isto. (Síndico)
  • Willian Magrão – Entrou quando a vaca já estava deitada e nada pôde fazer pra levantá-la. (Síndico)
  • Tinga – Trabalhador, correu para todo lado e marcou um gol chegando como meia atacante pra arremtar jogada de Borges. No fim, colou em Seedorf pra evitar um placar mais aviltante. (Síndico)
  • Souza – Com a bola nos pés, conseguiu bons passes, o melhor deles para Borges na jogada que originou o gol celeste. Sem ela, teve pouca mobilidade e ofereceu parcas alternativas aos companheiros. Cavou faltas com frequência e perdeu a bola com facilidade. (Síndico)
  • Elber – Começou entusiasmado, partindo pra cima da defesa alvinegra. Mas foi controlado por Márcio Azevedo e acabou sumindo ou optando por cruzar bolas altas para o baixinho Borges. Pra piorar, irritou o treinador com sua pouca disponibilidade para a tal de recomposição. (Síndico)
  • Wallyson – Deu um chute a gol. Fraco. O chute e o futebol dele. (Síndico)
  • Borges – Perdeu o gol na jogada do gol. Esquisito? Mas foi isto mesmo. De resto, recebeu bolas altas, que não alcançou e marcação eficiente, da qual não se desvencilhou. (Síndico)
  • Wellington Paulista - Entrou entusiasmado, partindo pra cima, cruzando, servinod etc. Nada muito requintado, mas infinitamente melhor do que apasmaceira dos colegas. (Síndico)
  • Celso Roth – Não deve ter lido jornais, pois seu time não se mostrou preparado pra neutralizar os pontos fortes do adversário. Colocou quatro meio-campistas pra encarar os cinco do adversário. Seedorf e Andrezinho liquidaram seu time, que é só correria e chutão, sem dó nem piedade. (Síndico)
  • Juiz & Bandeiras – O juiz é do tipo que gosta de levar o jogo na prosa. Deixou de mostrar cartão pra Márcio Azevedo, que chutou o rosto de Souza, e deixou passar algumas faltas. Mas não pode servir de muleta pra justificar o resultado. (Síndico)
  • Cruzeiro – Entre os 15 e os 35 do 1º tempo, impôs seu estilo Correria & Chutão. Quando levou a virada, não soube mais o que fazer e deve se dar por satisfeito por não ter leavado mais gols. (Síndico)
  • Botafogo – Dominou 70 dos 90 minutos. Sempre com bons passes e deslocamentos dos meio-campistas. Seedorf fez dois e serviu o terceiro gol. Andrezinho também jogou o fino. E bastou isto pra vencer com folga. (Síndico)

O que foi dito

  • Celso Roth, treinador do Cruzeiro: Foi um bom início, poderíamos ter feito 2×0, mas com 20 minutos o time pregou e se desequilibrou, houve desatenção,de pois do empate. Modifiquei o time. Risco calculado. Mas, num contra-ataque, levamos o terceiro gol. Tínhamos expectativa favorável, mas o Botafogo fez boa partida. Coloquei o Magrão pra não ter problemas maiores. Não foi uma jornada boa. Tínhamos intenção de ter sequência boa, agora vamos ter de buscar alguma coisa fora de casa. Não quero acreditar nisso, mas infelizmente é um fato. Desde o clássico, tivemos equilíbrio. Hoje era pra termos dado salto de qualidade, como tivemos mais ou menos nesse momento do 1º turno, sem futebol convincente naquele momento. Hoje está mais consistente, mas não conseguimos. A qualidade de Seedorf, Andrezinho e Fellype Gabriel, nós sabíamos. O que impressionou foi que o Botafogo igualou nossa pegada, jogou sua vida e mereceu resultado.
  • Leandro Guerreiro, volante do Cruzeiro: Poderia ter matado a jogada, mas não consegui pela qualidade do Seedorf. Paciência. O torcedor nos cobra com razão. P Botafogo teve rês meais que se mexeram muito e tiveram qualidade no contra-ataque. A cobrança virá, mas temos de ter tranquilidade, dar força um pro outro.
  • Souza, meia do Cruzeiro: Sofri falta no lance do gol do Botafogo, antes deles encaixarem o contra-ataque. Teve outra lance que tomei um chute no rosto, e ele deu bola ao chão. O juiz foi “minando” nosso time, que acabou se desestabilizando.
  • Tinga, volante do Cruzeiro: A gente quer ganhar, mas tem que se impor um pouco mais. O árbitro errou no lance do primeiro gol do Botafogo, pois foi falta no Souza. Depois disso, o nosso time desestabilizou.
  • Leo Simões, lateral-direito do Cruzeiro: Nos primeiros 20 minutos, o Cruzeiro imprimiu ritmo muito forte e conseguiu marcar um gol. Mas o descuido no gol do Seedorf desequilibrou o time. Temos que aprender que num jogo contra uma equipe de tradição, o nível de atenção deve ser o maior possível, pois a partida pode mudar em poucos segundos.
  • Oswaldo de Oliveira, treinador do Botafogo: Seedorf foi decisivo nos três gols. Complementou bem as jogadas dos dois primeiros, mas foi muito mais brilhante no gol que não fez, na arrastada pelo lado esquerdo e no cruzamento preciso pro Jadson. É um jogador brilhante, um craque que desequilibra. Todo time precisam de um. Em nenhum momento o time se abateu e virou com muito mérito o marcador. Merecemos a vitória porque procuramos o tempo todo jogar e superar a pressão e a marcação do Cruzeiro. Hoje, o Botafogo é o melhor ataque do Brasileiro, junto com o AtléticoMG. O Elkeson não marcou, mas ajudou muito, como tem feito sempre, mesmo quando não marca. Isso tem que ser esclarecido.
  • Ronan, no PHD: Foi uma pena o resultado, me arrisco a dizer que os primeiros 35 minutos do Cruzeiro foram os melhores que vi desde a 1ª fase da LA11. E até os gols do Botafogo a torcida estava em perfeita sintonia com o time, tava tudo sensacional. Se virasse 1 a 0 com certeza o Botafogo ia sentir a depressão costumeira. Achei que o juiz não deu várias faltas a favor do Cruzeiro enquanto faltinhas para o Botafogo eram marcadas. Fiquei frustrado. O time merecia demais pela doação que tem tido nos últimos jogos, mas pelo jeito vai ser uma no cravo e outra na ferradura o campeonato inteiro.
  • Wagner Caetano, no PHD: Motivos da derrota : time de vira-latas, péssima arbitragem, craque adversário desequilibrando, técnico mequetrefe.

Fontes

Transmissão

  • Sportv
  • PPV