Cruzeiro 1x2 Flamengo - 21/09/2019

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Palmeiras.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Ceará.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Brasileiro 2019
Escudo Palmeiras.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Ceará.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 1x0 Escudo Vasco.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 1x1 Escudo Internacional.png
Contra Flamengo
Escudo Flamengo.png 3x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Última ficha →

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
1 × 2 Escudo Flamengo.png
Flamengo
20ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019
Data: 21 de setembro de 2019 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 17:00 Estádio: Mineirão
Árbitro: Raphael Claus Público pagante: 34.043
Assistente 1: Danilo Ricardo Simon Manis Público presente: 40.333
Assistente 2: Neuza Inês Back Renda: R$ 1.059.046,00 R$ 1.059.046 <br />Cr$ 1.059.046 <br />NCr$ 1.059.046 <br />Cz$ 1.059.046 <br />NCz$ 1.059.046 <br /> (preço médio: R$ 31,11 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Cruzeiro: Flamengo:

1. Fábio 1. Diego Alves
28. Orejuela 13. Rafinha Cartão amarelo recebido aos 38  (2T) 38'  (2T)  
25. Fabrício Bruno 3. Rodrigo Caio
14. Cacá 4. Pablo Marí
6. Egídio 16. Filipe Luís
8. Henrique 5. Willian Arão
15. Éderson Substituição realizada 19' (2T) de jogo 19' (2T) ( 18. Dodô ) 8. Gerson
19. Robinho 14. De Arrascaeta Gol aos 21 do  (2T) 21'  (2T) Substituição realizada 45'(2T) de jogo 45'(2T) ( 44. Rhodolfo )
10. Thiago Neves  Gol aos 37 do 37' (1T) P Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 17. Ezequiel Santos ) 11. Vitinho Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 25. Píris da Motta )
11. David 9. Gabigol Gol aos 6 do  (1T) 6'  (1T)
32. Pedro Rocha Substituição realizada 26' (2T) de jogo 26' (2T) ( 9. Fred Cartão amarelo recebido aos 40  (2T ) 40'  (2T )   ) 27. Bruno Henrique Cartão amarelo recebido aos 25  (1T) 25'  (1T)   Substituição realizada 41'(2T) de jogo 41'(2T) ( 28. Berrío )
Técnico: Rogério Ceni Técnico: Jorge Jesus
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: Flamengo:

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 0 Bola rolando
  • 0 Gabriel chega pela esqueda do ataque do Flamengo e cruza baixo. Cacá faz o corte e afasta o perigo.
  • 1 Willian Arão tenta lançamento longo para Vitinho, mas a bola fica para Fábio defender.
  • 2 Cruzeiro avança para o ataque pela primeira vez e desce com Orejuela. Filipe Luís tira a bola na boa e consegue lateral para o Flamengo.
  • 3 Arrascaeta pega na bola pela primeira vez e tome vaias do torcedor cruzeirense. Ele dá o passe para Gabigol, que leva uma entrada dura, mas o árbitro manda o jogo seguir.
  • 5 Arrascaeta avança com a bola e tenta toque para Bruno Henrique. Ele devolve no meio da área, mas a defesa do Cruzeiro não consegue afastar. Gabigol pela a bola e chuta muito perto do gol.
  • 6 Hoje tem gol do Gabigol sim! Gerson cruza na medida para o camisa 9 do Flamengo, que cabeceia sem chances para Fábio. O artilheiro do Brasileirão abre o placar no Mineirão!!
  • 7 Árbitro revê o lance do gol para verificar uma possível falta.
  • 8 Após rever o lance, Raphael Claus confirma o gol do Flamengo: 1 a 0.
  • 10 Cruzeiro tenta começar a jogar e troca passes no campo de ataque, mas o Flamengo pressiona a saída.
  • 11 Flamengo tem mais de 70% de posse de bola e não deixa o Cruzeiro ver a cor da bola.
  • 13 Éderson tenta chute de fora da área, mas manda para fora. É a primeira chegada do Cruzeiro no jogo.
  • 14 David arranca de trás e passa para Thiago Neves, que não domina a bola e comete falta em Filipe Luís na sequência.
  • 17 Filipe Luís aparece livre na esquerda e cruza na segunda trave, mas Egídio tira de cabeça. Na sobra, Gerson comete falta em Éderson.
  • 19 Cruzeiro troca passes e tenta encontrar espaço na defesa do Flamengo. Sem sucesso.
  • 20 Flamengo pressiona mais uma vez a saída de bola do Cruzeiro, mas Arão comete falta.
  • 21 Rafinha fica caído sofrer uma pancada na cabeça em dividida com David.
  • 23 Tudo certo com Rafinha. Jogo recomeça.
  • 24 Boa trama Celeste! Egídio aciona Pedro Rocha, que domina, arranca e chuta de canhota. A bola sai muito perto do gol de Diego Alves. Quase o empate da Raposa.
  • 25 Por falta cometida em Henrique no meio de campo. O volante do Cruzeiro deixa o campo com o rosto sangrando.
  • 26 Jogadores do Cruzeiro do árbitro querendo uma expulsão de Bruno Henrique. Segundo Paulo César de Oliveira, na Central do Apito, o árbitro acertou ao aplicar apenas o cartão amarelo.
  • 26 Pedro Rocha divide com Rodrigo Caiio dentro da área e cai, mas o árbitro marca tiro de meta. Atacante do Cruzeiro nem chegou a reclamar do lance.
  • 29 Jogo cai de intensidade no meio do primeiro tempo. Cruzeiro não pressiona tanto mais em busca do empate.
  • 29 Agora é a vez de Arão ficar caído no gramado. Jogo para mais uma vez, mas não é nada grave com o volante do Flamengo.
  • 30 Tudo certo com o jogador do Flamengo. Bola rolando novamente.
  • 32 Rodrigo Caio tenta passe de letra, mas a bola bate em Pedro Rocha. Quase o zagueiro arma um contragolpe para o Cruzeiro.
  • 34 Henrique pega rebote da defesa do Flamengo e chuta forte. A bola desvia no caminho, mas Diego Alves segura sem dificuldade.
  • 35 Pedro Rocha domina, tenta passar por dois e gira, mas fica sem a bola.
  • 35 Rodrigo Caio derruba Pedro Rocha dentro da área após boa tabela com Thiago Neves.
  • 37 Thiago Neves pega a bola. Será ele contra Diego Alves.
  • 37 Thiago Neves bate forte no canto esquerdo de Diego Alves, que demora para pular e nada pode fazer. Jogo empate no Mineirão: 1 a 1.
  • 39 Arrascaeta briga pela bola e com Fabrício Bruno e ganha escanteio.
  • 40 Arrascaeta cobra o escanteio, mas a defesa do Cruzeiro afasta o perigo.
  • 41 Vitinho dá um chapéu em Henrique, mas perde a bola. O árbitro manda o jogo seguir.
  • 41 Éderson dá um carrinho em Gerson e deixa Rafinha muito bravo. O árbitro marca só a falta.
  • 42 Vitinho recebe de Flipe Luís e tenta cruzamento. A bola bate em Orejuela e sai. Gabigol estava livre para chutar para o gol.
  • 43 Bruno Henrique aproveita cobrança de escanteio de Arrascaeta e cabeceia, mas erra o alvo.
  • 44 Gabriel parte em velocidade e tenta passar pror Fabrício Bruno, que ganha na bola e sai jogando.
  • 44 Vamos até 47 no primeiro tempo.
  • 47 Termina o primeiro tempo no Mineirão. Cruzeiro e Flamengo vão empatando em 1 a 1.

Segundo Tempo

  • 0 Recomeça o jogo no Mineirão.
  • 0 ENTRA
  • 0 Ezequiel
  • 0 SAI
  • 0 Thiago Neves
  • 0 ENTRA
  • 0 Piris da Motta
  • 0 SAI
  • 0 Vitinho
  • 0 Diego Alves domina a bola e quase perde para Pedro Rocha, que chega em velocidade, mas acaba cometendo a falta. Jogada perigosa do goleiro do Flamengo.
  • 2 Orejuela parte em velocidade do lado direito, mas está em posição irregular.
  • 3 Willian Arão coloca Gabigol para correr, mas ele perde a jogada para Fabrício Bruno, que protege a bola até ela sair pela linha de fundo.
  • 4 Arrascaeta e Bruno Henrique tabelam. O atacante chuta para o gol, mas a bola explode na defesa.
  • 5 Pedro Rocha parte em velocidade no contra-ataque, invade a área e chuta rasteiro. Diego Alves se estica para poder espalmar.
  • 5 Gabriel recebe na área e bate de canhota, mas Fábio faz a defesa em dois tempos.
  • 6 Robinho inverte o jogo e encontra Ezequiel sozinho na área. Ele domina e chuta. A bola desvia no meio do caminho e bate na trave. Diego Alves já estava batido no lance.
  • 7 Mais uma linda virada de Robinho. Ele encontra David em velocidade, mas Rafinha faz bem a cobertura e protege a jogada.
  • 8 Segundo tempo em altíssima intensidade no Mineirão. Jogo com grandes chances para os dois lados.
  • 9 Rodrigo Caio fica caído com a mão na coxa e é atendido em campo.
  • 11 Rodrigo Caio volta para o jogo.
  • 12 Gerson recebe a bola no meio de campo e tenta encontrar um companheiro livre, mas acaba ficando sem a bola.
  • 13 Arrascaeta gira e cruza na medida para Bruno Henrique, que chega livre na segunda trave. Ele cabeceia, mas a bola explode no peito de Fábio. Grande defesa do goleiro do Cruzeiro.
  • 16 Arrascaeta cobra escanteio na área e acha Bruno Henrique. Ele sobe mais alto que toda a defesa do Cruzeiro, mas erra o gol.
  • 17 Fabrício Bruno tira a bola na boa de Gerson. Belo desarme do zagueiro do Cruzeiro.
  • 17 Felipe Luís cruza e acha Gabigol em posição de finalizar, mas ele erra o alvo.
  • 19 ENTRA
  • 19 Dodô
  • 19 SAI
  • 19 Éderson
  • 21 Willian Arão recebe na ponta direita e cruza rasteiro. Gabigol faz um corta-luz perfeito e deixa para Arrascaeta, que bate de primeira. Belo gol do Flamengo, que faz 2 a 1 no Mineirão.
  • 22 Este foi o gol 31 de Arrascaeta no Mineirão depois da reforma. Ninguém tem mais gols do que ele no Gigante da Pampulha desde 2013.
  • 23 Arrascaeta faz falta em Henrique. Cruzeiro vai jogar a bola na área.
  • 24 Dodô chuta de longe, e Diego Alves segura firme.
  • 26 Cartão amarelo para Orejuela
  • 26 ENTRA
  • 26 Fred
  • 26 SAI
  • 26 Pedro Rocha
  • 28 Ezequiel gira em cima de Piris da Motta, mas sofre falta.
  • 29 Egídio tenta chute de muito longe, mas pega mal na bola.
  • 30 Orejuela erra o passe. Filipe Luís faz a interceptação e avança. Ele cruza rasteiro para Gabriel, que chega batendo, mas Fábio faz grande defesa. A bola ainda fica viva na área, mas o goleiro do Cruzeiro consegue segurar firme.
  • 34 Cruzeiro troca passes para buscar o segundo gol no jogo.
  • 36 Bruno Henrique fica no mano a mano com Egídio, levanta a cabeça e faz o passe errado. Bola nos pés de Henrique.
  • 37 Arrascaeta dá uma linda caneta em Cacá, domina na grande área e fica cara a cara com Fábio, mas manda o chute por cima. Ia ser um golaço no Mineirão!
  • 38 Por falta perigosa em Ezequiel. Lance perigoso para o Cruzeiro.
  • 39 Egídio e Robinho preparados para a cobrança. Raphael Claus conversa com a barreira.
  • 40 Robinho cobra. A bola desvia na barreira e sai.
  • 40 Cartão amarelo para Fred
  • 40 Robinho bate o escanteio na primeira trave, mas a defesa corta.
  • 41 ENTRA
  • 41 Berrío Flamengo
  • 41 SAI
  • 41 Bruno Henrique
  • 42 Fred escora de cabeça. Rafinha tira para a lateral. Cruzeiro tenta aumentar a pressão.
  • 43 Henrique surge na direita e cruza na medida para David. Ele sobe livre, mas erra o movimento e perde grande chance para o Cruzeiro.
  • 44 Egídio é acionado na esquerda, mas o passe sai forte demais. Por pouco ele não consegue alcançar.
  • 45 Vamos até 49 minutos no segundo tempo.
  • 45 ENTRA
  • 45 Rhodolfo
  • 45 SAI
  • 45 Arrascaeta
  • 46 Orejuela tenta avançar pela direita, mas Pablo Marí faz o corte.
  • 47 Em minoria no Mineirão, a torcida do Flamengo grita “Ão ão ão, segunda divisão” para o Cruzeiro, que ficará mais uma rodada na zona de rebaixamento.
  • 48 O Flamengo vence o Cruzeiro por 2 a 1, no Mineirão.

Vídeos

Coletiva pós jogo

Atuações

  • TORCIDA CELESTE compareceu em bom número, apoiou seu time, mas sempre desconfiada de que não adiantaria esgotar ao máximo. No fim, Rogério Ceni agradeceu pelo apoio à sua equipe. (Síndico)
  • FÁBIO não teve culpa nos gols, fez duas defesas, mas ainda assim apareceram comentaristas esquisitos nas redes acusando-o pela derrota. O que, de certa forma, é bom. Ser mal avaliado por tolos, é positivo. (Síndico) —— Tem cancha, história e experiência para fazer ouvidos moucos a qualquer instrução estranha de técnico neófito. Por esse motivo, tem a sua parcela de culpa no primeiro gol. Naquele momento o adversário devia ter uns sete no campo de ataque e sair jogando curtinho, na fogueira para um beque que ainda não tem uma dezena de jogos na carreira, não era a melhor decisão. De resto evitou que a derrota virasse vexame no segundo tempo. (Fernandão)
  • OREJUELA errou um passe que quase resultou no terceiro gol do Flamengo. De resto, marcou bem e foi bastante ao ataque, embora, sempre errando os cruzamentos. (Síndico)
  • CACÁ, afoito, errou saídas de bola e marcou deficientemente. Contribuiu com os gols flamengos, mas mostrou personalidade, jamais se deixando abater. Está aprendendo, tem bom futuro. (Síndico) —– Fez o que pôde contra o insano ataque do rival que trocava de posições constantemente. Sem falhas, exceto àquela compartilhada com o arqueiro no primeiro gol. Perder a pelota com o time saindo, cinco metros à frente da área deveriam gerar obrigação de ajoelhar no milho. (Fernandão)
  • FABRUNO contribuiu para os dois gols flamengos, não conseguindo ajustar a marcação, nem fazendo cobertura adequada. Mas também fez bons desarmes e não se despertou diante do melhor ataque do torneio.
  • EGÍDIO defendeu bem, mas não conseguiu boas jogadas ofensivas, como de costume. (Síndico) —– Fez o balanço defensivo a maior parte do jogo, para o Orejuela se mandar. Quando se apresentou à frente foi bem. Na defesa, estava no lance do primeiro gol, quando Gabigol conseguiu se posicionar entre ele e o Fabruno. Em geral, parece preocupado em fazer o feijão com arroz, que é o que pede o momento. (Fernandão)
  • HENRIQUE defendeu, arnou, chutou a gol, lançou, cruzou. Jogou o tempo todo, sem esmorecer. Jogou por meio time. (Síndico) —– Guerreou. Empurrou o time para frente, orientou os colegas. Representou o torcedor dentro do campo. (Fernandão)
  • EDERSON correu bastante, marcou, tentou armar, mas cansou muito cedo. O saldo foi positivo e o fez somar pontos em busca de um lugar no time. (Síndico) —– Formou com Henrique a dupla de volantes que teve a missão de impedir as infiltrações do rival que tinha muita qualidade de armação. O Cruzeiro sofreu pouco por ali. É sintomático que após a sua saída, Arão teve espaço para fazer a jogada de linha de fundo que originou o segundo gol. (Fernandão)
  • DODÔ substituiu Ederson, quando falta um terço da partida para se jogar e não manteve a qualidade na marcação, nem foi efetivo no apoio. (Síndico) —– Estava lá na jogada do segundo gol facilitando o cruzamento para trás do Arão. Entrou jogando como sempre, com a sua postura de quem está chupando um Chicabon no Parque Municipal. (Fernandão)
  • NEVES jogou na ponta destra, com liberdade para fechar pelo meio e chutar a gol. Nesse esquema só conseguiu uma boa jogada, a que resultou no pênalti, cobrado por ele, com perfeição. Saiu no intervalo. (Síndico) —– Procurou pouco o jogo. Teve 45 minutos para mostrar seu futebol, mas nesses 45 foi posicionado próximo a linha lateral, na ponta direita. Bateu um pênalti com perfeição, mas de um protagonista como ele espera-se um pouco de rebeldia tática que o permitisse participar do jogo. (Fernandão)
  • EZEQUIEL entrou na etapa final, correu muito, teve uma chance de gol, mas não foi constante na criação de jogadas pela ponta destra. (Síndico) —– Participativo e empolgado, não mostrou muita qualidade nas oportunidades que teve. Mas temos de aguardar mais para julgar. Fez o suficiente para merecer mais minutos nos próximos jogos. (Fernandão)
  • ROBINHO esforçou-se para marcar e criar e mão saiu-se muito bem em nenhuma das atribuições. (Síndico) —– Foi o armador do time dessa vez. Mais protegido pelos dois volantes, pôde distribuir o jogo um pouco mais à frente e o fez bem. Nos momentos de ilusão que tivemos no início do segundo tempo, quando a vitória parecia possível, era ele a acionar os atacantes em velocidade. (Fernandão)
  • DAVID correu muito, errou bastante, acertou ocasionalmente alguns lances e perdeu gol feito a dois minutos do fim, desperdiçando cruzamento perfeito de Henrique. (Síndico) —– É liso. Ajuda na marcação. Isso faz com que não perca a chance de jogar. Precisa urgentemente atravessar uma boa fase, como o Marquinhos em 2014 ou o Bigode no fim de 2015, por exemplo, para a bola entrar e ele perder a timidez de vez. (Fernandão)
  • ROCHA sofreu pênalti, finalizou uma vez com perigo, acertou uma outra jogada e saiu mais cedo. (Síndico)
  • —– Esteve melhor que em jornadas anteriores. Agudo e partindo para cima. Se não saiu por contusão, foi mal substituído, pois levava muito perigo naquele momento. (Fernandão)
  • FRED jogou vinte minutos, recebeu cartão amarelo por reclamação, mas bola para finalizar, nenhuma. (Síndico) —— Não teve culpa de nada, entrou tentando, buscando e tudo mais. Mas não devia ter entrado. Meio que por sorte, Ceni achou uma forma de atacar o Flamengo, no início do segundo tempo, com velocidade. A entrada do Fred descartou essa forma de jogar prematuramente. Poderia ter entrado dez minutos depois para o abafa final, no lugar de um volante, por exemplo. (Fernandão)
  • CENI manteve o costume de testar formações e jogadores em novas posições. Desta vez, colocou Neves para jogar na direita e, na saída de Ederson, preferiu o lateral Dodô ao volante Jadson para ajudar na marcação ao melhor ataque do campeonato. Nada deu certo. O time lutou, mas causou poucos danos ao adversário. A rigor, criou três oportunidades, concedendo pelo menos o dobro. De positivo, o bom jogo de Ederson que, porém, não aguentou o tranco e pediu para sair mais cedo. (Síndico) —– Não foi mal como vinha sendo. Mas não foi bem como ele acha que foi. Fico com a avaliação do Síndico, não quero ser acusado de perseguição. (Fernandão)
  • CRUZEIRO começou mal, perdendo inúmeros bolas na saída de jogo e levando e gol antes de fazer qualquer jogada de ataque. Melhorou e conseguiu o empate, ainda na etapa inicial, teve chance de desempatar no começo da fase final, mas perdeu gás, foi acuado, tomou o desempate e não ameaçou mais a defesa carioca. No fim, Henrique conseguiu descolar um cruzamento perfeito, que David desperdiçou. Valeu pela boa vontade dos atletas, mas o futebol, mais uma vez, foi fraco. (Síndico)
  • FLAMENGO marcou alto no começo do jogo, recuperou uma bola e abriu o placar, mas cedeu terreno e levou o empate ainda na etapa inicial. Na etapa final, retomou o controle da partida e fez o gol de desempate. Belo gol, algo que poucos times dão conta de fazer no campeonato. (Síndico)
  • É um timaço. Mesmo sem Ribeiro, seu melhor jogador mostra uma capacidade enorme de criação. Tem dois volantes dinâmicos, Gérson e Arão, que jogam soltos, apoiados pelos laterais que os cobrem várias vezes por dentro. Atacantes e meias que caem pelas pontas, sem posicionamento fixo. Além disso, todo mundo na frente além de saber jogar, sabe fazer gol. (Síndico)
  • ÁRBITROS não passaram despercebidos. Raphael Claus deu apenas amarelo pra Bruno Henrique, porém soco que fez Henrique sair de campo para estancar um sangramento. Fez vistas grossas para uma rasteira de Vitinho contra Henrique e preferiu, na dúvida, apitar a favor do Flamengo. (Síndico)

O que foi dito

  • ROGÉRIO CENI: O time fez um jogo parelho contra o Flamengo, inclusive com alternâncias de domínio. Jogamos contra, segundo todos, a equipe que vem mostrando o melhor futebol do Brasil. No 1×1 poderíamos ter feito 2×1. O Flamengo também teve chances, pois é notória sua qualidade. A gente agradece o apoio do torcedor. Eles não podem desistir do time, e a gente não pode desistir de tentar evoluir a cada jogo. Estamos fazendo o melhor. O time vem construindo, criando mais oportunidades. Foi um jogo de oportunidades parelhas. O time está fazendo o máximo em campo, os jogadores estão se doando. É natural que sempre tenha algum que sofra críticas. David participou de muitos minutos, não fez gol nos jogos, apesar de ter dado uma boas assistências contra o Avaí e o Vasco. Ele trabalha muito pelo time. (…) Sempre a treinamos saída de jogo e aquela não foi uma saída treinada. Houve erro. Depois mudamos um pouco a saída. Tínhamos três saídas diferentes e aquela estava fora do script, não tínha sido treinada. O Flamengo pressiona bastante a saída, houve o erro que ocasionou o gol. (…) Neves, no papel, jogou aberto pela direita. Mas tem a perna esquerda predominante, tem bom chute, boa finalização. Nós fizemos isso para trazer o Thiago para dentro. David poderia jogar mais aberto, como um ponta, e o Thiago vindo mais pelo meio pra liberar o Orejuela. Thiago tem boa tabela, boa finalização. Em nenhum momento eu quis que ele fosse até a linha de fundo cruzar ou partir pra cima na linha de fundo. Todas as ações dele foram de fora pra dentro, como o Robinho fez outras vezes. Achei que era um jogo que a gente tinha que ter mais qualidade e trato com a bola. É difícil tomar a bola do Flamengo. Achei que o Thiago poderia nos ajudar dessa maneira. Ele não atuou como um ponta, como um cara indo à linha de fundo, mas sim trazendo a bola pra dentro.
  • FÁBIO: Em situações difíceis como a nossa, a camisa pesa mais e às vezes acontece um ou outro erro. Quando se enfrenta uma equipe que joga de igual pra igual, o jogo fica mais pesado. A gente tem que ter tranquilidade, porque se estamos no Cruzeiro, é porque cada um foi merecedor. Agora é pensar nas outras partidas. Essa aqui já ficou para trás.
  • BRUNO SETELAGOAS: O time celeste fez o possível. Em boa parte do tempo, jogou de igual pra igual. Mas contra um adversário embalado e com qualidade técnica não se pode bobear. E houve bobeadas nos gols.
  • WALTERSON ALMEIDA: Ederson está sendo uma boa aposta do Ceni, que está errando no resto. Aos poucos, porém.ele está revendo seus conceitos. Por exemplo, que não pode prescindir do Robinho na armação e que o M Gabriel não é armador (nem titular). Falta entender que o David é um bom reserva, nada mais.
  • MASSIMO RIZZI: Risultato frustrante! Ma il team ha meritato applausi per lo sforzo. Peccato che i fan non fossero molto fiduciosi e non abbiano cantato così forte come nei loro giorni migliori.
  • JAMES FIVESTARS: And the ball that Ezekiel sent in goal and did not break the match? That was a typical bad luck move.

Fontes

Transmissão

  • PPV