Cruzeiro 1x2 Emelec - 08/05/2019

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 2x1 Escudo Goiás.png Gol aos do Escudo Internacional.png 3x1 Escudo Cruzeiro.png
Por Copa Libertadores da América 2019
Escudo Deportivo Lara.png 0x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo River Plate.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 2x1 Escudo Goiás.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 2x2 Escudo Fluminense.png
Contra Emelec
Escudo Emelec.png 0x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Última ficha →

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
1 × 2 Escudo Emelec.png
Emelec
6ª rodada - Fase de grupos - Copa Libertadores da América 2019
Data: 8 de maio de 2019 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 19:15 Estádio: Mineirão
Árbitro: Andrés Rojas Público pagante: 18.083
Assistente 1: Wilmar Navarro Público presente: 24.417
Assistente 2: John Alexander Leon Renda: R$ 393.347,00 R$ 393.347 <br />Cr$ 393.347 <br />NCr$ 393.347 <br />Cz$ 393.347 <br />NCz$ 393.347 <br /> (preço médio: R$ 21,75 )
Súmula: Não disponível
Escalações
Cruzeiro: Emelec:

1. Fábio 12. Dreer Cartão amarelo recebido aos 8  (2T) 8'  (2T)  
2. Edilson 24. Paredes
3. Léo 26. Mejía
25. Fabrício Bruno 6. Vega Cartão amarelo recebido aos 32  (1T) 32'  (1T)  
6. Egídio 18. Estacio Substituição realizada 25'(2T) de jogo 25'(2T) ( 21. Johnson )
8. Henrique 20. Queiroz Substituição realizada 32'(2T) de jogo 32'(2T) ( 5. Dixon Arroyo )
5. Ariel Cabral Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 19. Robinho ) 29. Godoy
27. Jadson Substituição realizada 19' (2T) de jogo 19' (2T) ( 10. Thiago Neves ) 10. Matamoros Substituição realizada 12'(2T) de jogo 12'(2T) ( 14. Caicedo )
7. Rafinha Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 11. David ) 11. Rojas Gol aos 40 do  (1T) 40'  (1T)
23. Rodriguinho Cartão amarelo recebido aos 47  (2T) 47'  (2T)   23. Guerrero Cartão amarelo recebido aos 42  (1T) 42'  (1T)  
21. Sassá  Gol aos 21 do  (2T) 21'  (2T) 19. Angulo Gol aos 44 do  (2T) 44'  (2T)
Técnico: Mano Menezes Técnico: Ismael Recalvo
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: Emelec:

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 0 Começa o duelo entre Cruzeiro e Emelec no Mineirão.
  • 1 Primeiro minuto de jogo concentrado no lado direito do ataque cruzeirense. Nada de jogadas perigosas.
  • 2 Egídio cobra lateral para Rafinha, que ajeita para Rodriguinho. O meia entra na área e tenta arremate de canhota, mas é travado pelo zagueirão.
  • 3 Rafinha tenta o famoso “facão” para Jadson, mas bola fica nos braços de Dreer.
  • 3 Matamoros lança por cima, na tentativa de encontrar Angulo, mas Fabrício Bruno corta de cabeça.
  • 5 Cruzeiro procura bastante o Sassá neste início de jogo. O centroavante tem dois gols na temporada.
  • 8 Egídio toma a bola no campo de ataque, mas juizão assinala falta em Rojas. O lateral do Cruzeiro fica louco com o dono do apito.
  • 9 Cruzeiro chega bem ao campo de ataque, mas abusa dos passes errados. Nada de finalização.
  • 11 Emelec não tem pressa. E olha que precisa da vitória para se garantir nas oitavas em depender de ninguém, hein?!
  • 13 Rafinha avança pela esquerda e tabela com Rodriguinho, mas devolução é forte demais.
  • 15 Primeiro escanteio do jogo é para o Emelec. Mas Estacio cobra forte demais, e a bola sai pela linha de fundo.
  • 17 Sassá aproveita bobeada da zaga, toca de cabeça, entra na área e cai. Muita reclamação de pênalti, mas o árbitro manda seguir.
  • 18 Boa triangulação do Emelec, pela esquerda, mas Léo afasta o perigo.
  • 19 Egídio faz linda jogada pela esquerda e toca para Rodriguinho, que erra na devolução.
  • 20 Rafinha avança em velocidade pela esquerda, dá um lindo corte em Mejía, que dá o famoso “rodo” no atacante cruzeirense.
  • 21 Rodriguinho recebe na entrada da área e lança Sassá, que recebe nas costas da defesa, sem marcação, mas em posição de impedimento.
  • 23 Matamoros ganha dividida de Ariel Cabral e arrisca de fora da área. Fábio não vai na bola, e ela desvia no travessão. Que perigo!
  • 26 Cruzeiro, no momento, marca no campo de defesa. Emelec tá gostando do jogo.
  • 28 Emelec toca bem a bola, e Paredes chega à linha de fundo e cruza atrás do gol de Fábio.
  • 31 Edilson cobra falta na área, a bola sobra para Henrique, que escora de peito para Ariel Cabral. O volante finaliza de primeira, de canhota, com muito perigo ao gol de Dreer.
  • 32 Cartão amarelo para Vega, por matar um contra-ataque do Cruzeiro.
  • 35 Lançamento longo para Sassá, que tenta escorar, mas perde a bola.
  • 38 Boa chegada do Cruzeiro! Rodriguinho toca para Sassá, que gira sobre o zagueiro e finaliza, mas é travado.
  • 39 Defesa erra na saída, e a bola fica com Rodriguinho, que finaliza de perna esquerda, cruzado, mas sme direção e sem força.
  • 40 É de Joao Rojas! O meia finaliza de muito longe, a bola bate no travessão, volta nas costas de Fábio e entra.
  • 42 Cartão amarelo para Guerrero
  • 44 Egídio tenta cruzamento da intermediária, e a bola vai direto para o gol, mas Dreer fica com ela.
  • 45 Mais dois! Primeiro tempo vai até os 47 minutos.
  • 46 Estacio recebe em profundidade, pela esquerda, e tenta cruzamento, mas é travado por Edilson.
  • 47 Termina o primeiro tempo no Mineirão. E tem muita vaia da torcida do Cruzeiro.

Segundo Tempo

  • 0 ENTRA David, SAI Rafinha
  • 0 ENTRA Robinho, SAI Ariel Cabral
  • 0 Bola rolando no Mineirão.
  • 2 Cruzeiro tenta primeira chegada, mas Sassá sai com bola e tudo pela esquerda.
  • 3 Rodriguinho recebe na entrada da área e, mesmo com opções, arrisca o chute de canhota, mas bola vai pra fora, sem tanto perigo.
  • 4 Robinho cobra escanteio na entrada da pequena área, e Fabrício Bruno testa com força, mas em cima do goleirão, que fica com a bola em dois tempos.
  • 7 Edilson aparece lá na esquerda, ganha na velocidade e finaliza de canhota, mas na rede, pelo lado de fora.
  • 8 Cartão amarelo para Dreer, por demorar na cobrança do tiro de meta.
  • 10 Fabrício Bruno tenta recuo para Fábio, de canhota, mas manda direto pela linha de fundo. Escanteio para o Emelec.
  • 11 Matamoros cobra escanteio fechdo, e Fábio tira de soco
  • 12 Rodriguinho cruza para Léo, que domina no peito e finaliza de bicicleta, por cima do gol de Dreer.
  • 12 ENTRA Caicedo, SAI Matamoros
  • 14 Sequência de escanteios para o Cruzeiro!
  • 15 Depois de bate-rebate, a bola sobra para Rodriguinho, que domina no peito e dá voleio, mas pega mal. Tiro de meta para Dreer.
  • 18 Volante cruzeirense, marcado por três na linha de fundo, dá lindo chapéu em Queiroz e sofre falta.
  • 19 Robinho cobra na primeira trave, Henrique antecipa marcadores e cabeceia, mas para fora.
  • 19 ENTRA Thiago, Neves SAI Jadson
  • 21 Edilson pega rebote de escanteio e cruza na segunda trave para Léo, que devolve para área. Sassá domina na barriga e dá uma pancada de perna esquerda. É o empate cruzeirense!
  • 24 Com o empate, o Cruzeiro chega aos 16 pontos garante a primeira colocação geral da fase de grupos.
  • 25 ENTRA Johnson, SAI Estacio
  • 26 Cruzeiro sai rapidamente em contra-ataque. Thiago Neves recebe na linha de fundo e cruza no segundo pau, para Rodriguinho, que cabeceia fraco, nas mãos de Dreer.
  • 28 Mais um contra-ataque do Cruzeiro. Desta vez, o erro é de TN10, que tenta de calcanhar, nos pés do marcador.
  • 29 Robinho cruza na segunda trave para David, que testa para as redes, mas o auxiliar marca impedimento. Errou, mas o lance era ajustado.
  • 32 ENTRA Dixon Arroyo, SAI Queiróz
  • 33 Time de Mano Menezes não deixa o Emelec passar do meio, mas equatorianos estão bem postados na defesa.
  • 35 Thiago Neves dá lençol no marcador e arrisca de fora da área, mas bola vai na arquibancada.
  • 37 Emelec escapa pela direita, mas Egídio desarma atacante do time equatoriano.
  • 38 Emelec entra na área tocando, e Guerro finaliza colocado, mas o goleirão, bem colocado, segura sem dar rebote.
  • 39 Mais uma vez Robinho encontra David na segunda trave, mas atacante finaliza em posição de impedimento.
  • 40 Mais uma chegada do Emelec. Desta vez, pela direita, mas Fabrício Bruno afasta.
  • 42 Edilson chega de carrinho em Angulo e faz a penalidade.
  • 44 Brayan Angulo bate no canto direito. Fábio, por pouco, não defende.
  • 45 Cinco minutos a mais. Duelo vai até os 50.
  • 47 Cartão amarelo para Rodriguinho
  • 49 Robinho levanta para Thiago Neves, que tenta desvio, mas bola fica nos braços de Dreer.
  • 50 FIM DE PAPO!
  • Público Total: 24.417 Público Pagante: 18.083 Renda: R$ 393.347,00

Vídeos

Bastidores do jogo
Coletiva pós jogo

Atuações

  • TORCIDA CELESTE compareceu em baixo número. Menos mal que o setor laranja, o da pechincha de R$10, lotou. O preço médio do ingresso foi de R$22 e a renda não chegou aos R$400 mil. Se persistir essa falta de apoio, o Cruzeiro vai se tornar insolvente, em breve. O desempenho dos apoiadores que compareceram foi bom. Não faltou estímulo ao time.
  • FÁBIO fez três boas defesas, em bolas com potencial pra causar complicações, quase defendeu o pênalti e tomou um gol espírita. Essa conversa de que estava adiantado é papo furado de quem prefere recorrer ao um chavão do que analisar o jogo. Bola bater no travessão acertar o goleiro e entrar não é inusitado. Está previsto nas leis da Física.
  • EDÍLSON disputava ótima partida, marcando e apoiando bem, até receber o santo do Romero e dar o carrinho que resultou no pênalti do segundo gol equatoriano.
  • FABRUNO cometeu uma falha em recuo de bola, teve alguma difculdade de posicionamento, mas acertou a maior parte das jogadas. E ainda cabeceou uma nbola, que por pouco não resulta em gol celeste.
  • LEO esteve bem na defesa, levou perigo ao goleiro adversário ao menos duas vezes e ajeitou a bola pra Sassá fuzilar Dreer no gol celeste.
  • EGÍDIO alternou bons e maus momentos, mas batalhou muito em busca da vitória. Com ele não esse negócio de arriar mochila antes do apito final.
  • HENRIQUE foi o único marcador de verdade no meio de campo. No fim do jogo, ficou sozinho, quando todos se mandaram em busca do desempate. Em seu melhor momento, ajeitou uma bola, que Cabral quase transforma em gol.
  • CABRAL foi bem em alguns lances, como na patada de prima numa bola ajeitada por Henrique e em passes verticais, mas também esteve desatento na marcação. Não foi um dos piores. Muito menos, um dos melhores.
  • JADSON começou aberto pela direita, sem sucesso. Batalhou, mas não mostrou talento pra armar o time, nem pra fazer jogadas de ponta. Na etapa final, foi deslocado pro meio, antes de ser sacado no esforço de Mano pra conseguir a vitória. Perdeu pontos em sua busca por um lugar no time.
  • ROBINHO entrou na etapa final e clareou a armação, com bons passes e excelente visão de jogo. Mostrou que é insubstituível na sua função.
  • RODRIGUINHO não conseguiu sucesso nas jogadas individuais, pois não havia espaços na defesa eléctrica. Algo que não soube criar, com deslocamentos.
  • NEVES entrou na reta final, após ser insistentemente pedido pela torcida e não fez nada de relevante.
  • RAFINHA fez uma de suas piores partidas coma camisa celeste. Nervoso, trocou empurrões com um adversário. Sem imaginação, não criou nada de útil. Saiu no intervalo.
  • DAVID melhorou o ataque, com arrancadas e jogadas individuais, nada espetaculares, mas um avanço em relação à pasmaceira de rafinha. E fez mum gol, equivocadamente anulado.
  • SASSÁ lutou bravamente contra a forte e pesada defesa electrica. Sofreu pênalti não marcado, fez gol e incomodou o tempo todo. Foi o melhor da partida.
  • MANO fez a coisa certa ao poupar alguns atletas, mas apostou mal em Rafinha e Jadson nas pontas. O time foi um fiasco na etapa inicial e Sassá não recebeu bolas pra arrematar. Na parte final, consertou a lambança, com as entradas de David e Robinho, e só não venceu porque a rapaziada se empolgou e tomou contra-ataque desnecessário, coroado por uma carrinho besta.
  • CRUZEIRO jogou muito mal na etapa inicial, sem criatividade , nem contundência. Na parte final, tomou conta do jogo, criou chances, marcou, teve gol mais anulado, mas vacilou ao dar campo ao adversário pra um contra-ataque feroz. Leo, Henrique, Sassá, os mais sérios, foram bem. Edílson jogava bem até carrinha que nem um juvenil. Rodriguinho, Neves, rafinha e Jadson desfalcaram o time, embora tenham entrado em campo.
  • EMELEC fez o básico pra tentar arrancar o pontinho de que precisava: defendeu-se bem, sem conceder espaços. Teria perdido, mesmo assim, xe o juiz colombiano não o tivesse favorecido em dois lances capitais. Mas a noite era electrica e deu tudo certo, do chute de longe ao contra-ataque fatal.
  • ÁRBITROS mexeram no placar, deixando de marcar um pênalti em Sassá e anulando gol legítimo de David. No pênalti contra o Cruzeiro, acertaram. Mas, por favor, sem conspiracionices!, foram erros de trabalho, Iguais aos que vcs e eu cometemos várias vezes na vida.

O que foi dito

  • MANO MENEZES: Fizemos dois tempos bem distintos. O primeiro abaixo, com mais dificuldades pra criar. Mesmo assim, tivemos uma pênalti no Sassá, que o árbitro não marcou e que nos daria vantagem. Fiz duas alterações no intervalo, um falto raro pra nós. Mas era necessário, pelo que tinha visto. A equipe ganhou força, mais jogadores se juntaram ao Sassá pra ter criação, chegamos ao empate, fizemos mais um gol legal, que o bandeira anulou. Seria o gol da virada. Mas cometemos um pecadinho nos últimos minutos, quando buscamos a vitória e tomamos um gol de um pênalti em contra-ataque, o que não podia acontecer naquela hora. O empate já nos dava a melhor campanha. Então, a gente poderia ter administrado um pouquinho diferente essa última parte. Mas criamos o suficiente pra vencer.
  • THIAGO NEVES: Não sei se a gente chega às oitavas com moral. Estaremos entre os primeiros, mas por estarmos jogando mal, isso abala um pouco. Precisa melhorar muita coisa. Mata-mata é diferente, é um jogo que não pode errar, senão você é eliminado num minuto. A atenção tem que ser dobrada. Hoje jogamos muito abaixo do normal e abaixo do que pode o elenco. Na Libertadores, quando se dá uma relaxada, acontece o que aconteceu hoje.
  • CLAUDINEI VILELA: Com Jadson de um lado e Rafinha do outro o time celeste ficou sem jogada em profundidade.
  • LEONARDO MATARELLI: Perder pro fraquíssimo Emelec, em casa, deixar a primeira colocação geral na mão dos outros, na última hora, e ter uma derrota em casa, na fase de grupos, após 22 anos (última aconteceu em 1997), agora me parece secundário. A questão é que há um bom tempo o time não vem rendendo. Não vimos a bola contra o Flamengo, e tivemos muitas dificuldades contra Ceará e Goiás, em casa. Nas palavras do próprio Neves após a partida, “o time não vem jogando bem”.
  • FÁBIO VELAME: A torcida que gosta quando um jogador dá chapéu ou caneta mesmo que a jogada não dê em nada. Neste jogo teve muito disto. No lance do primeiro gol do Emelec, o Cruzeiro estava com a bola, o Egídio deu um corte no cara do lado esquerdo (a torcida vibrou) e tocou pra Rodriguinho, que dormiu, perdeu a bola e na sequência veio o gol.
  • MATHEUS PENIDO: Henrique manteve a boa regularidade. Cabral esteve mis ou menos. De bom, o belíssimo chute. Jadson foi péssimo como meia e razoável como volante. Rafinha não jogou nada. Rodriguinho foi o pior em campo. Sassá foi quem mais lutou, sofreu um pênalti não marcado e acabou recompensado pelo gol.

Fontes

Transmissão

  • FoxSports