Cruzeiro 1x2 América-MG - 29/04/2012

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo América-MG.png 3x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Atlético-PR.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Mineiro
Escudo América-MG.png 3x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 2x1 Escudo Atlético-MG.png
No estádio Arena do Jacaré
Escudo América-MG.png 3x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 1x2 Escudo Atlético-PR.png
Contra América-MG
Escudo América-MG.png 3x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo América-MG.png 1x4 Escudo Cruzeiro.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
1 × 2 Escudo América-MG.png
América-MG
Jogo de volta Semi-Final do Campeonato Mineiro 2012
Data: 29 de abril de 2012 Local: Sete Lagoas, MG
Horário: 16:00 Estádio: Arena do Jacaré
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira Público pagante: 17.780
Assistente 1: Rodrigo Pereira Jóia Público presente: 18.351
Assistente 2: Roberto Braatz Renda: R$ 301.056,00 R$ 301.056 <br />Cr$ 301.056 <br />NCr$ 301.056 <br />Cz$ 301.056 <br />NCz$ 301.056 <br /> (preço médio: R$ 16,93 )
Súmula: Súmula e Borderô
Escalações
Cruzeiro: América-MG:

1. Fábio 1. Neneca Cartão amarelo recebido aos
2. Diego Renan Substituição realizada de jogo ( 18. Élber Pimentel ) 2. Rodrigo Heffner Cartão amarelo recebido aos
3. Léo Cartão amarelo recebido aos  (1) Cartão amarelo recebido aos Cartão vermelho recebido aos 3. Gabriel
4. Victorino  aos do Substituição realizada de jogo ( 17. Amaral ) 4. Éverton Luiz Cartão amarelo recebido aos
5. Leandro Guerreiro 5. Dudu Cartão amarelo recebido aos
6. Everton 6. Bryan
7. Roger 7. Fábio Júnior Cartão amarelo recebido aos Gol aos 48 do  (2T) 48'  (2T)
8. Marcelo Oliveira Substituição realizada de jogo ( 16. Wallyson ) 8. Leandro Ferreira
9. Wellington Paulista Cartão amarelo recebido aos  (1) Gol aos 27 do  (1T) 27'  (1T) 9. Alessandro Substituição realizada de jogo ( 18. Bruno Meneghel )
10. Montillo 10. Rodriguinho
11. Anselmo Ramon 11. Moisés
Técnico: Vágner Mancini Técnico: Givanildo Oliveira
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: América-MG:

Pré-Jogo

O Cruzeiro precisa vencer, por qualquer placar, pra chegar às finais contra o Atlético-MG. Ao América, basta um empate. Vagner Mancini terá os retornos do lateral Diego Renan, do beque Leo Simões, do armador Montillo, que estavam contundidos e do atacante Wellington Paulista, que estava suspenso. No América, Givanildo Oliveira não poderá escalar o lateral-esquerdo Pará, contundido. Ele será substituído por Bryan.

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 15h55 – Times em campo com uniformes tradicionais.
  • 15h55 – Wagner Mancini: “Wallyson tem de se acostumar com as dores devido à fratura que sofreu. Pedi aos atletas que joguem com
  • intensidade os 90 minutos.”
  • 15h56 – Givanildo Oliveira: “Jogamos por dois resultados: vitória e empate. Temos que manter a calma.”
  • 15h59 – Execução do Hino Nacional.
  • 16h03 – Começa o 1º tempo. Cruzeiro, à esquerda das cabines, dá a saída.
  • 00 – Reservas do Cruzeiro: Rafael
 Monteiro, Marcos, Thiago Carvalho, Amaral, Elber, Bobô, Wallyson.
  • 00’30’’ – Francisco Everton passa a Anselmo Ramon, que gira e chuta pra fora.
  • 01 – Alessandro recebe passe no ataque e muitas vaias da torcida celeste.
  • 01’30’’ – Insulto! Torcida celeste manda seu recado ao atacante Alessandro: “VTNC, Alessandro!”
  • 02 – Gol! Rodriguinho fez boa jogada pela esquerda e cruza à meia altura, na pequena área. Fábio sai mal e deixa bola passar. Victorino, tentando impedir que Alessandro alcance a bola, com o gol aberto, marca contra. América 1×0.
  • 03 –. Wellington Paulista cruza, Anselmo Ramon tenta dominar, mas defesa pompom corta.
  • 04 – Roger Galera cobra falta com perigo, Dudu cede escanteio.
  • 04’30’’ – Moisés recebe de Alessandro e tenta acionar Fábio Júnior de primeira, mas erra o passe.
  • 05 – Roger Galera lança Anselmo Ramon, que chuta prensado. Escanteio pro Cruzeiro.
  • 06 – Neneca tira de soco. Roger Galera cabeceia pro gol, zaga tira perto da linha.
  • 07 – Amarelo! Wellington Paulista por falta em Everton Luiz, no campo de ataque.
  • 08 – Pênalti! Francisco Everton recebe lançamento, invade a área em velocidade, Neneca sai do arco e vai a seu encontro. Acontece o choque, o lateral cai, juiz marca pênalti.
  • 08’30’’ – Amarelo! Neneca, pelo pênalti.
  • 09 – Perdeu dois gols num lance! Wellington Paulista bate no canto direito de Neneca, que defende, mas dá rebote. Bola sobra livre pro atacante, que chuta por cima do travessão.
  • 10 – Roger Galera vai ao ataque, mas perde a bola pra bequeira pompom.
  • 11 – Roger Galera passa a Anselmo Ramon, que chuta de fora da área, bola passa longe do gol.
  • 12 – Bryan cobra escanteio, Marcelo Oliveira tira de cabeça.
  • 13 – Rodrigo Heffner manda bola pra área, Fábio se estica todo pra tirar.
  • 14 – Rodriguinho domina na intermediária e chuta forte. Bola passa por cima do travessão.
  • 15 – Wellington Paulista avança com a bola dominada, mas chuta mal, pra fora.
  • 16 – Rodriguinho cobra falta, Fábio Júnior não domina, Cruzeiro sai em contra-ataque.
  • 17 – Montillo cruza, bola passa por todos dentro da área, Roger Galera chega atrasado.
  • 18 – Marcelo Oliveira tabela com Montillo e chuta forte, cruzado. Neneca manda pra escanteio.
  • 19 – Entusiasmo! Estádio lotado. Torcida celeste empurra o time.
  • 20 – Wellington Paulista recebe na área e chuta cruzado. Bola passa raspando o poste direito, mas juiz marca impedimento.
  • 21 – Fábio Júnior faz boa jogada e cruza, Fábio chega antes de Alessandro e defende.
  • 22 – Cláudio Ianni, no PHD: “Estou com vergonha por não ter ido a Sete Lagoas apoiar o time.”
  • 23 – Isto preocupa! Dudu marca Montillo, mas não colado. Argentino está sem inspiração e sem mobilidade.
  • 24 – Roger Galera cobra falta sobre a área, defesa pompom corta.
  • 25 – Roger Galera lança Anselmo Ramon, Gabriel se antecipa e fica com a bola.
  • 26 – Rodrigo Heffner desce pela direita e passa a Moisés, que é desarmado.
  • 27 – Gol! Após bate-rebate na área do América, Wellington Paulista toma bola de Gabriel e chuta pra rede. Cruzeiro 1×1.
  • 28 – Bola sobra pra Rodriguinho na entrada da área. Ele chuta forte, pra fora.
  • 28’30’’ – Entusiasmo! Torcida celeste canta o hino do clube.
  • 29 – Victorino leva bolada no rosto e cai. Médico entra em campo.
  • 30 – Rodrigo Heffner cruza, Alessandro que não alcança a bola.
  • 31 – Bryan rouba a bola na defesa, passa pela marcação e lança Fábio Júnior, que não domina a gorducha.
  • 32 – Moisés recebe na intermediária e chuta rasteiro, no canto. Fábio faz boa defesa.
  • 33 – Rodrigo Heffner chuta forte, bola fica na marcação.
  • 34 – Roger Galera cobra falta. Bola vai diretamente pras mãos de Neneca.
  • 35 – Rodriguinho cruza, Fábio cai defende. Ataque pompom tenta de novo, mas a bequeira celeste cortas.
  • 36 – Rodriguinho lança Dudu dentro da área. Volante chuta, mas a bola passa longe do arco celeste.
  • 37 – Os dois times trocam passes no meio-campo. A marcação está forte nas duas equipes.
  • 38 – Falta para o América-MG, Fábio Júnior manda por cima do gol, mas não valia nada.
  • 39 – Moisés recebe falta na intermediária.
  • 40 – Rodriguinho cobra a falta, bola vai nas mãos de Fábio.
  • 41 – Leandro Guerreiro aparece no ataque, mas erra o passe.
  • 42 – Bola na mão ou mão na bola? Francisco Everton cruza da esquerda, bola acerta a mão de Gabriel, dentro da área. Jogadores do Cruzeiro pedem pênalti, juiz diz que foi bola na mão.
  • 42’30” – Amarelo! Francisco Everton por reclamação.
  • 43 – Montillo cobra escanteio pela esquerda, bola sobra pra Victorino na pequena área, defesa pompom corta no susto.
  • 44 – Três minutos de acréscimo, avisa o juiz.
  • 45 – Jogadores dos dois times deixam o tempo passar.
  • 46 – Montillo passa a Anselmo Ramon na entrada da área, ele gira e chuta errado. Defesa pompom corta.
  • 47 – Rodriguinho chuta pra fora.
  • 47’30’’ – Diego Renan cobra escanteio, Wellington Paulista arremata pra fora.
  • 48 – Fim de 1º tempo.

Segundo Tempo

  • 17h06 – Times voltam a campo sem alterações.
  • 17h08 – Começa o 2º tempo. América dá a saída.
  • 01 – Marcelo Oliveira manda bola pra área, defesa pompom corta.
  • 02 – Bryan avança com a bola dominada, pela esquerda, e passa a Rodriguinho, que sofre falta.
  • 03 – Cartão amarelo para Everton Luiz
  • 04 – Fez fila! Francisco Everton dribla vários marcadores, mas é derrubado por Everton Luiz na entrada da área.
  • 04’30’ – Cartão amarelo para Everton Luiz
  • 05 – Baliza! Roger Galera cobra falta, bola explode no travessão do arco pompom.
  • 06 – Rodriguinho toca errado e Roger toma.
  • 07 – Wellington Paulista aparece na linha de fundo e tenta o chute, mas a bola vai para fora.
  • 08 – Montillo levanta a bola na área, e a defesa afasta.
  • 09 – Alessandro domina e é derrubado perto da área. Rodrigo Heffner bate a falta, mas a bola desvia na barreira.
  • 10 – Milagre! Alessandro chuta, bola resvala nos pés de Fábio e Diego Renan salva em cima da risca.
  • 11 – Roger Galera avança com a bola dominada, cai na entrada da área, pede falta, mas o juiz manda seguir.
  • 12 – Cadê o vermelho? Everton Luiz entra de sola no tornozelo de Montillo, na entrada da área. Caso é de expulsão, pois o beque pompom já tem cartão amarelo. Luiz Flávio de Oliveira pipoca e só marca falta.
  • 13 – Defesaça! Alessandro domina na esquerda, corta e bate forte. Fábio manda pra escanteio com boa defesa.
  • 14 – Roger Galera lança Anselmo Ramon, que tenta passe de calcanhar e erra.
  • 15 - Pressa! Cruzeiro acelra o jogo. Quer resolvê-lo na marra. Mas deixa grandes espaços para o contra-ataque.
  • 15’30” – Fábio Júnior domina na área e passa a Rodrigo Heffner, que chuta em cima da defesa.
  • 16 – Troca! Marcelo Oliveira por Wallyson.
  • 18 – Protesto! Torcida chama o treinador Vagner Mancini de burro.
  • 18 – Defesaça! Alessandro domina na esquerda, corta e chuta forte. Fábio manda pra escanteio com boa defesa.
  • 19 – Rodriguinho passa a Alessandro, que chuta forte. Fábio faz boa defesa.
  • 20 – Troca! Alessandro por Bruno Meneghel.
  • 20’30” – Cera! América faz cera, Vagner Mancini chama Diego Renan à beira do gramnado pra dar instruções.
  • 21 – Roger Galera cobra falta, Neneca tira de soco.
  • 21’30’’ – Montillo passa a Anselmo Ramon, mas Fábio Júnior corta.
  • 22 – Rodriguinho recebe no meio, faz o giro e sofre falta.
  • 22’30’’ – Cruzeiro toca bola no meio de campo, América se fecha na defesa.
  • 23 – Wallyson recebe na direita e cruza. Neneca se antecipa e fica com a bola.
  • 23’30” – Requerimento! Torcida pede Elber.
  • 24 – Leandro Ferreira aparece na esquerda e chuta, defesa celeste corta.
  • 25 – Bruno Meneghel tenta passar por Victorino, mas sofre falta.
  • 26 – Banheira! Bruno Meneghel recebe na pequena área e chuta bola pra rede, mas está impedido.
  • 27 – Rodriguinho chuta de fora da área, bola passa perto do arco celeste.
  • 27’30′ – Desespero! Trocida celeste pede raça ao time.
  • 28 – Troca! Diego Renan por Elber.
  • 28’30’’ – Amarelo! Leandro Ferreira.
  • 29 – Amarelo! Fábio Júnior por falta violenta em Leandro Guerreiro.
  • 29’30’’ – Bola é lançada na área, Neneca defende.Na sobra, Montillo chuta forte, Neneca faz outra defesa. Wellington Paulista força a jogada e comete falta no goleiro.
  • 30 – Amarelo! Dudu fpor falta em Elber, no meio de campo.
  • 31 – Neneca corta cruzamento com um soco. Leandro Ferreira e Elber se chocam e caem.
  • 32 – Recuperados! Leandro Ferreira e Elber de volta ao batente.
  • 33 – Everton Luiz comete falta em Wellington Paulista. Jogadores celestes pedem cartão. Juiz não atende.
  • 34 – Montillo cobra escanteio, Victorino cabeceia por cima do travessão.
  • 34’30’’ – Sangue na Arena! Victorino corta a cabeça na jogada de escanteio.
  • 35 – Victorino recebe atendimento fora de campo.
  • 36 – Wallyson passsa por Bryan, vai à linha de fundo e cruza. Leandro Ferreira corta.
  • 37 – Elber apanha rebote e chuta de longe. Bola passa por cima do travessão.
  • 37’30’’ – Troca! Victorino por Amaral.
  • 38 – Roger Galera desarma Moisés, quando volante pompom tenta arremate.
  • 39 – Wallyson recebe na direita, corta e chuta. Bola passa por cima do travessão.
  • 40 – Troca! Rodriguinho por China.
  • 41 – Rodrigo Heffner cruza, Moisés chuta mal, bola passa longe do arco celeste.
  • 41’30’’ – Bruno Meneghel cruza, bola sai pela linha de fundo.
  • 42 – Coelho fechado. Cruzeiro não consegue armar jogadas perigosas.
  • 43 – Amarelo! Rodrigo Heffner.
  • 43’30’’ – Maluco na cancha! Torcedor do Cruzeiro invade o gramado, mas é contido pelos seguranças.
  • 44 – Fábio Júnior puxa contra-ataque, mas erra o passe final.
  • 44’30” – MVP! Goleiro Neneca é escolhido pela equipe da Rádio Itatiaia o melhor em campo.
  • 45 – Amarelo! Leo Simões.
  • 46 – Bola recuada, Anselmo Ramon pressiona Neneca, mas não consegue ficar com a bola.
  • 47 – Milagre! China puxa contra-ataque, mas arremta com chute fraco e a defesa cruzeirense consegue evitar que a bola chegue às redes.
  • 48 – Gol! Bruno Meneghel puxa contra-ataque e, na saída de Fábio, passa a Fábio Júnior, que rola a bola pra rede. América 2×1.
  • 48’30’’ – Vermelho! Leo Simões apela, dá um bico num adversário e é posto pra fora.
  • 49 – Fim de jogo.

Vídeos

Gols

Atuações

  • Fábio – Sem culpa nos gols. Fez grandes defesas. (Síndico) /// Falhou ao não tentar interceptar a bola no gol do américa. Fez um milagre em uma defesa inusitada ao tirar a bola com o pé, e fez outras boas defesas. (Wagner Caetano)
  • Diego Renan – (Matheus Penido) /// Marcou com os olhos o jogador do américa e permitiu o cruzamento que originou o gol. Ajudou no gol do Cruzeiro. De resto foi apático e inútil. (Wagner Caetano)
  • Leo Simões – Raçudo. Lutou muito, desfez jogadas do ataque adversário etc. Só não precisava perder a cabeça e chutar um adversário cavando expulsão. (Síndico)
  • Victorino – Fez um gol dificílimo. Uma obra de arte às avessas. De resto, anda lento de corrida e reflexos. (Síndico)
  • Amaral – Entrou pra ser beque e volante e não foi nem uma nem outra coisa. (Síndico)
  • Francisco Everton – O melhor do time. Marcou bem e apoiou com decisão. (Síndico)
  • Leandro Guerreiro - Dos quatro meio-campistas é o único que tem cumprido sua função, que se resume a marcar. O problema é que sem ajuda fica difícil. (Matheus Penido)
  • Marcelo Oliveira - (Walterson Almeida)
  • Roger Galera – Teve de armar sozinho, pois Montillo não apareceu pro jogo. Cobrou faltas com qualidade. Em uma delas poderia ter mudado a história do campeonato, mas o travessão estava no caminho da bola. (Síndico) /// Jogou os 90 minutos e saiu andando e dando entrevista. Então, ele consegue. O mais lúcido no meio de campo. Exceto a penalidade, foi o responsável pela bola parada. Acertou um petardo no travessão que merecia ter entrado. (Naldo Morato)
  • Montillo – Não produziu coisa alguma. Se jogou no sacrifício, sentindo dores, como alegou ao final da partida, deve ter a culpa de sua escalação dividida com o técnico. Porque, se não tem condições de jogo, que tenha culhões pra admiti-lo. Melhor do que entrar sem conseguir correr, não resolver, atrapalhar o time e dar desculpas após o apito final. Ontem, Montillo foi o Walter do jogo anterior. (Matheus Reis)
  • Elber – Ciscou no meio de campo, arriscou um belo chute de fora da área e pouco mais. Mas tem uma coisa que precisa aprender: se perder a bola não pode botar as mãos na cintura, tem que correr atrás dela. É bom saber que não terá ilimitadas oportunidades. Se liga, rapaz! (Síndico)
  • Anselmo Ramon - Seu jogo não encaixou nas semifinais. Tentou sempre a jogada trabalhada e não deu certo, até porque tirando a espanada do Gabriel no gol do WP os beques do Ãmérica não erraram. (Matheus Penido)
  • Wellington Paulista - Perdeu duas chances de gol num só lance, o do pênalti. Coisa de camisa 9 do Inacreditável FC. Apesar da vergonha, continuou correndo e brigado até fazer seu gol. (Síndico) /// Atabalhoado, mesmo assim incomoda as bequeiras adversárias e faz seus gols. (Franklin Bronzo)
  • Wallyson – Errou quase todas (ou teria sido todas?) jogadas que tentou. Mal, muito mal. (Síndico)
  • Vagner Mancini – Virou numerólogo. Escalou o time no 4-2-2-2, mudou pro 4-1-3-2 e terminou no 3-2-3-2. O resultado foi um placar agregado de 3×5. Por conta dessa prática camicase pode, a uma hora dessas, estar arrumando a mala. Se é que ela já não está no corredor. (Síndico) /// Tirou um volante e colocou o Walysson pra tentar fazer jogadas pela direita, deixando Roger armando e Guerreiro defendendo. Num momento em que o America só se defendia. Manteve dois atacantes dentro da area, mais o Montillo. Depois, entrou com o Elber pra forçar as jogadas individuais, sacando um lateral. E o Amaral entrou porque Victorino não tinha mais condições de jogo. Tentou o que pôde. O time que terminou o jogo era muito ofensivo, a proposta era essa, porque só o gol e a vitoria interessava. Naquela altura, deveria sim correr riscos. E veja como terminou: 3 jogadores fazendo a linha de defesa, com Guerreiro à frente e Roger fazendo a ligação defesa-ataque de um lado e o Elber de outro, Montillo se deslocando, Walysson pela direita, Anselmo Ramon e WP na área. O problema é que Wallyson teve pelo ao menos 5 chances de cruzar uma bola com eficiência e não conseguiu. Num jogo em que zagueiro faz gol contra de cabeça aos 5 minutos e atacante perde pênalti, fica dificil culpar esquema tático. (Claudinei Vilela)
  • Torcida – Quebrou recorde de público do campeonato, apoiou o time, vaiou, cantou o hino, scaneou as rosas e os pompons com cânticos debochados, e mandou um representante pular o alambrado e entrar em campo pra atrapalhar o time no final da partida. (Síndico)
  • Juiz & Bandeiras – Juiz fraco. Deveria ter expulsado Everton Luiz por reincidência em entradas violentas. Deixou de marcar um pênalti a favor do Cruzeiro quando Gabriel desviou a bola com a mão dentro da área. Deu 4 minutos de acréscimo, mas poderia ter dado oito, pois o Coelho fez cera até mais não poder. (Síndico) /// O irmão do PCO é um cego. Não viu o pênalti do Gabriel e deixou de expulsar os caneleiros Everton Luiz e Dudu. Mas podem apostar que ano que vem ele ou o irmão mais velho voltam a Minas pra apitar as finais. (Matheus Penido)
  • Cruzeiro – O erro começa no meio de campo. Guerreiro marca, Marcelo Oliveira só corre, Roger trota e Montillo não decide. Aí não tem zaga ou lateral que aguente. O time fica frouxo e ao mesmo tempo sem toque de bola. Resta o vapt vupt pros atacantes, e quando estes não decidem a derrota é inevitável. (Matheus Penido)
  • América – Jogou com tranquilidade, administrou bem as bolas cruzads pelo Cruzeiro, contra-atacou com perigo. Individualmente, todos jogaram bem. Mereceu vencer. (Síndico) /// Rodriguinho é o único talento. Os demais são cumpridores e pelo menos nesse dois jogos não atravessaram o samba. O que bastou contra um Cruzeiro fragilizado. (Matheus Penido)

O que foi dito

  • Vagner Mancini, treinador do Cruzeiro: É um momento difícil, em que temos de assumir os erros. Eu assumo os meus, como os outros têm que fazer. A gente teve que correr 160 minutos atrás do América, por ter saído atrás. Isso gera ansiedade. O time reagiu bem no 2º tempo, mas ficou longe do que pode jogar. Queríamos reverter a situação, porque foi difícil engolir o que aconteceu domingo passado. Mas a ansiedade veio muito mais pelo pênalti desperdiçado, do que o gesto do jogador adversário no primeiro jogo. O ser humano só funciona se o seu emocional estiver bem. Quando não está, a ansiedade acaba acontecendo.
  • Roger Galera, armador do Cruzeiro: Jogos decisivos são assim. Temos que ser mais inteligentes, não adianta deixar pro final, pro segundo jogom nem pensar que pela força da camisa e do elenco, vai decidir a partida. A gente tem que ser humilde pra reconhecer que foi pior. Temos que parabenizar o América, porque foi bem nas duas partidas, foi superior. Hoje, novamente pecamos no coletivo e no individual. São fatalidades que acontecem. E não adianta brigar, tem que respeitar, eles têm que fazer a festa deles.
  • Montillo, armador do Cruzeiro: Quando jogo bem, gosto de falar. Quando jogo mal, falo também. E hoje foi um dia ruim pra mim. Joguei mal e assumo a responsabilidade. Peço desculpas à torcida, ao torcedor que veio ao campo. A gente tinha pensando outro jogo, mas começamos errado de novo, tomando gol. Conseguimos empatar, mas ficamos nervosos, não fizemos boa partida. Temos de sair desta situação trabalhando. Tenho de melhorar muito e o time tem de melhorar também. No 1º tempo, ainda estava com algumas dores da lesão que tive na semana passada, mas não coloco isto como desculpa.
  • Givanildo Oliveira, treinador do América: Quando você tem equilíbrio, não se desespera, tem mais tranquilidade pra jogar. Quando está sem a bola, marca melhor, tem tranquilidade pra nem sempre estar indo pro ataque. Não fizemos uma partida perfeita, porque perfeição não existe no futebol, mas muito boa. Tivemos pressão no 2º tempo, com muitas bolas alçadas, que conseguimos suportar. Se tivéssemos mais acertos na saída de bola, teríamos feito mais gols. O América merece estar na final, pelo que fez.
  • Alessandro, atacante do América: Temos tem que dar esta vitória à torcida. Peço desculpa por ter ficado calado durante a semana, mas procurei reunir forças e o América também. Os humilhados serão exaltados. Eles nos humilharam primeiro e tentaram achar motivação em um gesto. Quando acharam essa motivação, a gente sabia que iria vencer. Jogadores falaram algumas coisas. Fábio falou também, mas nunca fiquei com raiva dele. Na terça, ele me ligou e pediu perdão, porque depois da entrevista se arrependeu. Eu sabia que ele não era jogador de dar aquelas declarações.
  • Marco Soalheiro, comentarista do PHD: Gostaria de perguntar se alguém se lembra de algum jogo decisivo, entre times profissionais de futebol de primeira divisão, em que uma equipe tenha sido escalada durante 35 minutos com 3 meias que não marcam ninguém e 3 atacantes. Se isso não for desespero de treinador burro e incompetente, não sei mais o que é. Alguém se habilita a defender a estratégia brilhante do Mancini? Tentem. Em tempo: sei que os problemas não se limitam a isto, mas fiquei pasmo com o que vi.
  • Bruno Pontes, comentarista do PHD: Nunca torci e nem torcerei contra o Cruzeiro, mas esse resultado é um recado especial pras antas que semana passada estavam afirmando com todas as letras que o Cruzeiro já estava na final. Semana passada, eu presenciei cruzeirense comemorando derrota pro América. Eu não sei se é ingenuidade ou burrice mesmo. O Cruzeiro não tá bem, será que o recado ficou claro agora?
  • Amantea, comentarista do PHD: O time é fraco. O técnico é fraco. O único diferenciado do time não fez nada. Resultado normal.

Fontes

Transmissão

  • Globo Minas