Cruzeiro 1x1 Internacional - 05/10/2019

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Goiás.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 0x0 Escudo Fluminense.png
Por Campeonato Brasileiro 2019
Escudo Goiás.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 0x0 Escudo Fluminense.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 1x2 Escudo Flamengo.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 0x0 Escudo Fluminense.png
Contra Internacional
Escudo Internacional.png 3x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Última ficha →

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
1 × 1 Escudo Internacional.png
Internacional
23ª rodada do Campeoanto Brasileiro 2019
Data: 5 de outubro de 2019 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 21:00 Estádio: Mineirão
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães Público pagante: 18.222
Assistente 1: Marcelo Carvalho Van Gasse Público presente: 22.561
Assistente 2: Carlos Henrique Alves de Lima Filho Renda: R$ 224.779,50 R$ 224.779,5 <br />Cr$ 224.779,5 <br />NCr$ 224.779,5 <br />Cz$ 224.779,5 <br />NCz$ 224.779,5 <br /> (preço médio: R$ 12,34 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Cruzeiro: Internacional:

1. Fábio 12. Marcelo Lomba
28. Orejuela 31. Heitor Substituição realizada 47'(2T) de jogo 47'(2T) ( 2. Bruno )
25. Fabrício Bruno Cartão amarelo recebido aos 19  (1T) 19'  (1T)   15. Victor Cuesta
14. Cacá Cartão amarelo recebido aos 22  (2T) 22'  (2T)   45. Bruno Fuchs
6. Egídio 6. Uendel Cartão amarelo recebido aos 32  (1T) 32'  (1T)  
15. Éderson Cartão amarelo recebido aos 35  (2T) 35'  (2T)   19. Rodrigo Lindoso
27. Jadson Substituição realizada 27' (2T) de jogo 27' (2T) ( 41. Maurício ) 33. Nonato Gol aos 9 do  (1T) 9'  (1T) Cartão amarelo recebido aos 7  (2T) 7'  (2T)   Substituição realizada 18'(2T) de jogo 18'(2T) ( 17. Neilton )
19. Robinho 8. Edenilson Cartão amarelo recebido aos 16  (2T) 16'  (2T)  
10. Thiago Neves Cartão amarelo recebido aos 18  (2T) 18'  (2T)   Substituição realizada 33' (2T) de jogo 33' (2T) ( 99. Sassá Cartão amarelo recebido aos 44  (2T ) 44'  (2T )   ) 88. Patrick
11. David Substituição realizada 27' (2T) de jogo 27' (2T) ( 17. Ezequiel Santos ) 7. Nico López
9. Fred  Gol aos 17 do 17' (2T) P 9. Guerreiro
Técnico: Abel Braga Técnico: Odair Hellmann
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: Internacional:

Lance a lance

Vídeos

Coletiva pós jogo

Atuações

  • TORCIDA CELESTE compareceu em número regular, mas apoiou o time o tempo todo, Só pisou na bola ao vaiar David e neves, sem justificativa, nem necessidade.
  • FÁBIO não teve muito trabalho, nem uma no gol. As bolas que chegaram, defendeu sem problemas.
  • OREJUELA jogou como sempre, com muita disposição, boa marcação, avanços constantes, mas pouca eficiência nos passes finais. Sofreu o pênalti do gol de empate.
  • CACÁ venceu o duelo com Guerrero, quase não cometeu erros e levou um cartão amarelo injusto, que vai tira-lo do jogo decisivo contra o Fluminense.
  • FABRUNO não deu oportunidades aos atacantes colorados, jogando com firmeza, apesar de ter levando um cartão amarelo logo no início do jogo.
  • EGÍDIO, seguro na defesa, apoiou bastante o ataque, com vários cruzamentos.
  • JADSON marcou bem, mas não foi efetivo no apoio. saiu antes do fim quando Abel partiu para o tudo ou nada, com quatro atacantes.
  • EDERSON correu bastante e, desta vez, sem pedir para sair antes do fim. Enfrentando um meio de campo mais povoados, pouco avançou para ajudar seu ataque.
  • ROBINHO começou armando o jogo pelo lado direito, terminou como volante, lutando e criando jogadas. Errou alguns passes, nada de anormal considerando-se a força e o bom posicionamento de volantes e defensores colorados. Foi o melhor do jogo.
  • MAURÍCIO entrou na reta final, ora jogar aberto na ponta direita. Conseguiu uma boa jogada, que resultou num corner. Mas sofreu coma falta de boas bolas, pois àquela altura o meio de campo celeste estava desmontado e não municiava mais o ataque.
  • NEVES correu, buscou o jogo, tabelou pelo meio, chutou, mas não conseguiu o mais importante, que era fazer o gol.
  • DAVID dedicou-se muito, desperdiçou uma chance de gol, correu, usou a força física contra a forte defesa colorada, mas foi sacado na parte final. Saiu sob vaias injustas da banda termocéfala da torcida.
  • EZEQUIEL entrou na reta final, com ordens de jogar aberto, aproveitando as subidas de Heitor. Obedeceu ao treinador, mas n
  • FRED marcou gol, cobrando pênalti com perfeição, arrematou com perigo e buscou jogo longe da área. E foi até o apito final, mesmo cansado nos últimos 15 minutos.
  • SASSÁ entrou no fim do jogo, correu muito, mas não teve chance de marcar o gol de desempate.
  • ABEL não inventou na escalação, mandando a campo os melhores jogadores à dissipação. Na parte final, foi para o tudo ou nada, enfraquecendo o meio de campo para reforçar o ataque com quatro jogadores. O time sofreu na defesa, mas também teve chance de desempatar.
  • CRUZEIRO levou um gol no primeiro chute do Inter, mas não se desesperou e lutou até arrancar o empate. O ponto fraco foi a volância, que perdeu o meio de campo para o Inter, com mais jogadores e mais entrosamento no setor. A defesa segurou a onda e o ataque martelou o tempo todo trazendo a torcida para o jogo.
  • INTERNACIONAL foi um time forte do goleiro aos meio-campistas, mas dispersivo no ataque. No fim, acabou escapando das derrotas pelas boas defesas de seu goleiro.
  • ÁRBITROS apitaram corretamente. O Inter reclama do pênalti de Patrick em Orejuela. Em outros tempos seria até possível discuti-lo. Nestes tempos de Var, não. O Juiz não pode “desver” o calço do colorado no cruzeirense, nem tem como medir a força aplicada. É bola na cal e segue o jogo!

Fontes

Transmissão

  • SporTV