Cruzeiro 1x0 São Paulo - 16/10/2019

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Chapecoense.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Corinthians.png 1x2 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Brasileiro 2019
Escudo Chapecoense.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Corinthians.png 1x2 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 0x0 Escudo Fluminense.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 1x1 Escudo Fortaleza.png
Contra São Paulo
Escudo São Paulo.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Última ficha →

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
1 × 0 Escudo São Paulo.png
São Paulo
26ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019
Data: 16 de outubro de 2019 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 21:00 Estádio: Mineirão
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio Público pagante: 26.313
Assistente 1: Fabrício Vilarinho da Silva Público presente: 30.969
Assistente 2: Bruno Raphael Pires Renda: R$ 350.646,00 R$ 350.646 <br />Cr$ 350.646 <br />NCr$ 350.646 <br />Cz$ 350.646 <br />NCz$ 350.646 <br /> (preço médio: R$ 13,33 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Cruzeiro: São Paulo:

1. Fábio 23. Thiago Volpi
2. Edilson 20. Juanfran Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 12. Vítor Bueno )
25. Fabrício Bruno 3. Bruno Alves
26. Dedé 5. Arboleda
6. Egídio 6. Reinaldo Cartão amarelo recebido aos 7  (2T) 7'  (2T)  
8. Henrique 13. Luan Substituição realizada 31'(2T) de jogo 31'(2T) ( 14. Liziero )
15. Éderson Substituição realizada 28' (2T) de jogo 28' (2T) ( 27. Jadson ) 28. Tchê Tchê
19. Robinho Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 20. Marquinhos Gabriel ) 15. Hernandes Substituição realizada 18'(2T) de jogo 18'(2T) ( 26. Igor Gomes )
10. Thiago Neves  Gol aos 12 do  (2T) 12'  (2T) 10. Dani Alves Cartão amarelo recebido aos 48  (2T) 48'  (2T)  
11. David Cartão amarelo recebido aos 21  (2T) 21'  (2T)   Substituição realizada 30' (2T) de jogo 30' (2T) ( 5. Ariel Cabral ) 39. Antony
9. Fred Cartão amarelo recebido aos 7  (2T) 7'  (2T)   7. Alexandre Pato
Técnico: Abel Braga Técnico: Fernando Diniz
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: São Paulo:

Pré-Jogo

Lance a lance

Primeiro Tempo

Segundo Tempo

Vídeos

Coletiva pós jogo

Atuações

  • FÁBIO: Diante da excelente marcação do time celeste, não foi muito exigido. Destaco algumas saídas do gol que o arqueiro preferiu encaixar a bola à socar, matando de vez o ataque. Bateu um roupinha em um chute no Pato, o que rendeu um cornetada do Zé M@né do Bob Faria. Nos chutes são paulinos, a maioria pra fora, mostrou sempre bem posicionado.
  • EDILSON: SPFW tem um lateral esquerdo muito bom, logo o nosso lateral direito optou por ser mais conservador e subir só na boa. Cumpriu muito bem seu papel, dando segurança na marcação e tranquilidade na saída de bola. Destaque para um corte preciso no 2º tempo, colocando a bola pra escanteio e recebendo um belo cumprimento do Dedé. Boa partida.
  • DEDÉ: Fez belos desarmes e teve boa partição nos duelos mano a mano com os atacantes rivais. Na bola aérea defensiva, soberano mais uma vez. No começo do jogo tentou dar sua tradicional entregadinha na saída de bola mas o capitão consertou a jogada. Fez pelos menos 3 bons passes, bem verticais, na saída de bola. Bela partida.
  • FBRUNO: Atuação firme, com um nível de concentração intenso do começo ao fim. Deu uma bobeadinha no 1º quando não fez boa leitura da movimentação do Pato e acabou caindo no chão. Menos mal que o lance não deu em nada. Assim como Dedé, esteve muito bem no mano a mano e na cobertura. Tem muita velocidade de recuperação.
  • EGÍDIO: Marcou muito bem o bom Anthony e ainda conseguiu fôlego para se apresentar na frente. Junto com David, incomodaram bastante o lado direito defensivo do SPFW. Está sobrando fisicamente. Não esteve tão feliz nos cruzamentos e arriscou uma finalização razoável no 1º tempo. No geral, esteve bem.
  • HENRIQUE: Considerando o conjunto da obra, foi o MDJ. Deu tranquilidade na saída de bola se apresentando o tempo todo. Desarmou, encurtou espaço marcando de pertinho, deu apoio ofensivo. Deu uma aula de volância, aparecendo pouco para a torcida mas sendo crucial para o time. Partidaça.
  • EDERSON: Está com tanta personalidade que as vezes beira a displicência ou imprudência. Mas o moleque é bão de bola, hein! Movimentou-se muito, pela direita, pela esquerda, apertou a saída de bola, encurtou a marcação na parte defensiva. Destaque para duas jogadas: No 1º canetou um e rolou boa bola no bico da área para o Robinho; no 2º desvencilhando-se de 2 marcadores e deu excelente passe para o TN. Se não tivesse pregado, seria o melhor do jogo.
  • ROBINHO: Esteve bem abaixo do que pode produzir. Lento na definição da maioria das jogadas na intermediária ofensiva, foi presa fácil para o marcadores bambinos. Recebeu algumas boas bolas mas a conclusão das jogadas não foi realizada com sua habitual categoria. Não esteve bem.
  • DAVID: Esteve mais ligado, recebeu bolas com mais oportunidades de conduzir em velocidade, sem ter que girar sobre os marcadores (alguem comentou que parecia estar jogando um pouco mais recuado). Tentou criar mais principalmente no 1º tempo, imprimindo velocidade às jogadas. O seu maior problema continua na jogada manjada de cortar sempre pra dentro. No 2º tempo deu excelente passe para o TN, deixando o nosso 10 livre em excelente condição de finalização. Durante todo o jogo, esteve muito bem na recomposição. A única justificativa para sua saída que eu vi foi que estava pilhadão, falando muito com o juiz e já estava amarelado. Boa partida.
  • NEVES: Movimentou-se bem, mesmo sendo aquele passo de urubu malandro. Pecou algumas vezes na lentidão para finalizar, parece que a perna está pesada, falta explosão. Quando conseguiu espaço e tempo para finalizar (após passe açucarado do David), obrigou o goleirão a fazer excelente defesa. Dessa vez a estrela brilhou. Como já é de costume, se posicionou muito bem na área e decidiu o jogo.
  • FRED: Enquanto teve pernas, conseguiu se impor no belo duelo com o Arboleda (que é um armário, diga-se de passagem). Não esteve tão presente na área, é verdade, mas procurou abrir bons espaços levando a marcação e se apresentando para a tabela. O gol resume bem o jogo dele. Quando o Abel optou por fechar o time, ficou muito isolado (e já estava mortinho da silva) e teve que usar a malandragem em alguns lances. Teve boa participação na bola área defensiva. Boa partida.
  • JADSON: Entrou no lugar do Ederson e cumpriu bem o seu papel, cobrindo o Edilson e saindo com tranquilidade.
  • CABRAL: Achei que entrou um pouco perdido mas aos poucos foi se encontrando. Gosto desse meio com trinca. O jeito cadenciado ajudou a diminuir o ímpeto do SP. Fez bem sua função.
  • M GABRIEL: Dessa entrou bem, deu equilíbrio ao time pois passamos a ter jogadas pelos dois lados. Foi dela a assistência para o gol após boa trama com o Fred. Na parte defensiva, recompos bem.
  • CRUZEIRO: Surpreendeu a marcação alta durante tanto tempo na partida. Provavelmente foi isso que desgastou tanto o time. Mas foi crucial para o plano de jogo pois não deixou a SP jogar. O nível de concentração foi altíssimo, o time esteve compactado o jogo todo, onde a bola estava tinham vários azuis. Não durou tanto mas os lances criados foram muito bem trabalhados. A bola não queimou no pé, não foi aquele time com o emocional à flor da pele. Partida segura que da muitas esperanças.
  • SÃO PAULO: Time foi amassado e não conseguiu criar. Diniz até tentou mudar algumas peças para dar outra dinâmica mas a marcação celeste estava muito bem encaixada. Destaco positivamente Tchê Tchê e Reinaldo, dois jogadores que gosto muito. E negativamente o Hernanes que parece que está jogando bichado.

O que foi dito

  • ABEL BRAGA: Não sei se o próximo jogo será brilhante, mas os erros serão menores. O último passe, o momento em que você está querendo se atirar pra frente enquanto poderia circular a bola é cruccial. O que o São Paulo fez foi colocar o meio-campo em cima da defesa e ficar tocando, tocando, tocando, mas quando a gente perdia a bola e errava um passe, tinha uma saída rápida. Mas a gente tinha que correr o risco. Estou feliz! Não vim aqui por nada que não seja ser mais um a me perpetuar com essa camisa e essa torcida. Hoje, ouvi o estádio cantar o nome do Thiago Neves. Foi uma vitória. Ver o David fazer uma partida fantástica dentro do Mineirão. Foi uma vitória, porque a gente estava fazendo melhor fora de casa por causa da pressão muito grande. E hoje fomos à exaustão. Mas estou feliz. A perspectiva vai se tornar muito melhor, caiu um peso das minhas costas, imagine das costas dos jogadores. Eu acertei, porque fechei e ganhei. Eu sei se não ganho vou tomar porrada. Mas você viu o que o Diniz fez? Colocou o menino Igor, depois o Liziero, tirou o primeiro volante. O Arboleda ficou de atacante no fim de jogo. Coloquei o Ariel porque é um cara que cadencia o jogo, tem uma primeira bola muito boa, sabe se posicionar. E o David chegou em determinado momento que o São Paulo ficou com quatro, cinco jogadores do lado da bola. Então, a gente pediu pro jogador do lado oposto viesse pra dentro pra não perder o meio-campo. Com o amarelo do David, eu fiquei preocupado. E chamei o Thiago pra segurar a onda. Então, botei um cara mais rápido porque o Liziero deu velocidade muito grande, maior que o Hernanes. E o Jadson é jogador rápido. Então, falei: ‘vou rezar pra terminar assim e vou fechar’. E não sofremos. Eles tiveram a bola, mas qual chance de gol? A gente não conseguiu segurar a bola na frente, se não segura, não adianta colocar o atacante.
  • THIAGO NEVES: Tirou um pouco do peso. Tem muita coisa pra tirar. Importantíssima a vitória. Três pontos, pelo time que temos não podemos estar nessa situação. Temos ainda vitórias a conquistar. Corremos e lutamos muito. Merecemos. Tem de ser dessa forma. Torcedores e jogadores juntos na mesma pegada pra tirar o Cruzeiro dessa situação. O gol de cabeça foi merecido pelo que apresentamos. É bom ouvir a torcida gritar meu nome. Vai ser daqui pra melhor.
  • FABRÍCIO: Glória à Deus!! Time como um todo cumpriu um bom papel. Inclusive David e Fred, tão criticados. Neves foi o melhor, foi decisivo e dedicado. Robinho fez outra partida pífia. Abel muito bem. Vamos!
  • WAGNER CPM: Abelão colocou o que tinha de melhor em campo, sem invencionices como as do Pardal Ceni= fazia. Com o apoio da torcida e uma aplicação tática perfeita a vitória veio. Que venham mais.
  • MATHEUS CHAVES: Além do bom jogo do time, vai aqui um agradecimento especial ao Diniz que escondeu o Daniel Alves na LD no 2º tempo, pois estava dando uma dor de cabeça no 1° aquela movimentação pelo meio.

Fontes

Transmissão

  • PPV