Cruzeiro 1x0 São Paulo - 14/05/2017

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para: navegação, pesquisa

[edit]

Cruzeiro 1 x 0 São Paulo
1ª rodada do Campeonato Brasileiro 2017
Data: 14 de maio de 2017 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 16h Estádio: Mineirão
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique Público pagante: 6.528
Assistente 1: Michael Correia Público presente: 11.416
Assistente 2: Dilbert Pedrosa Moisés Renda: R$ 125.549,00
R$ 125.549
Cr$ 125.549
NCr$ 125.549
Cz$ 125.549
NCz$ 125.549
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Cruzeiro: São Paulo:
1. Fábio 30. Renan Ribeiro
29. Lucas Romero Substituição realizada 24'(2T) de jogo 24'(2T) ( 21. Lenon ) 23. Rodrigo Mendes
3. Léo 3. Rodrio Caio Cartão amarelo recebido aos 46  (2T) 46'  (2T)  
26. Dedé 27. Maicon
6. Diogo Barbosa 22. Júnior Tavares
25. Hudson 13. Militão Substituição realizada 7'(2T) de jogo 7'(2T) ( 19. Thomaz )
8. Henrique 25. Jucilei
70. Rafinha Substituição realizada 20'(2T) de jogo 20'(2T) ( 16. Lucas Silva ) 13. João Schmidt
11. Alisson 10. Cueva Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 31. Luis Araújo )
10. De Arrascaeta 39. Marcinho Substituição realizada 25'(2T) de jogo 25'(2T) ( 17. Gilberto )
9. Ramón Ábila aos 2 do  (2T) 2'  (2T) Substituição realizada 27'(2T) de jogo 27'(2T) ( 36. Raniel ) 14. Lucas Pratto
Técnico: Mano Menezes Técnico: Rogério Ceni
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: São Paulo:

Pré-Jogo

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 15h53 TIMES em campo. Cruzeiro, com uniforme tradicional. Sumpaulo, com camisas tricolores, calções e meias pretas.
  • 15h56 HINO Nacional.
  • 16h COMEÇA o jogo. Cruzeiro, à direita das tribunas, Sao Paulo da a saída.
  • 01 Marcinho cava escanteio na direita.
  • 02 Defesa celeste corta bola de corner/direita.
  • 03 ESQUEMA. São Paulo joga no 3-4-2-1.
  • 04 Rodrigo Caio derruba Rafinha na direita.
  • 04 Falta cobrada, defesa tricolor corta.
  • 05 João Schmidt cruza da esquerda, bequeira celeste corta.
  • 06 Jucilei derruba Arrascaeta. Falta, Cruzeiro.
  • 07 Arrascaeta cobra falta, com chute direto, Renan Ribeiro defende.
  • 08 Cruzeiro troca passes no ataque.
  • 09 Ábila cai na área e pede pênalti. Juiz manda seguir o jogo.
  • 10 POSSE DE BOLA: 50% pra cada lado.
  • 11 Arrascaeta põe a bola na área. Defesa tricolor corta.
  • 12 SAO PAULO tem Militão, Douglas e Caio. na bequeira, Mendes, Jucilei, Schmidt e Tavares na linha intermediaria. Marcinho e Cueva na armação, Pratto no ataque.
  • 13 Júnior Tavares cruza duas vezes da esquerda. Fábio defende.
  • 14 PÚBLICO reduzido no Mineirão.
  • 15 São Paulo lento na saída pro ataque.
  • 17 Defesa tricolor perde a bola, mas se recupera, com falta em Hudson, que o juiz não vê.
  • 18 Júnior Tavares aproveita boa trama do ataque tricolor, nas chuta fraco, Fabio encaixa.
  • 19 ORGANIZADAS: Rapozama, Geral, FanatiCruz, Motozeiros, Itatiaiuçu, Varginha, Jovem, Cachazeiros, Mafia, Pavilhao, China, Rasta.
  • 20 POSSE DE BOLA: Sao Paulo, 58%.
  • 21 TORCIDA CELESTE concentra-se no setor Minas Arena, em frente às tribunas. Paredão Azul está desfeito, hoje.
  • 22 Jogo lento, travado, com defesas prevalecendo sobre ataques.
  • 23 Júnior Tavares é desarmado, bola é levantada na área tricolor, Ábila cabeceia pra fora.
  • 24 Alisson tenta conectar Ábila, Militão se antecipa e corta.
  • 25 ENGROSSADA GERAL. Júnior Tavares erra passe, Hudson fica com a bola, mas erra lançamento. Lateral, bambis.
  • 26 CAU-TE-LA. TIMES se agrupam em suas intermediárias e deixam o adversário trocar passes na zona morta.
  • 27 APOIO discreto da torcida celeste a seu time. Tricolores não param de cantar, mas não são tantos a ponto de se imporem.
  • 28 PASSES ERRADOS: Cruzeiro 20×13.
  • 29 Renan Ribeiro sente dor na perna e pede atendimento médico.
  • 30 FIM DE CERA. Renan Ribeiro recuperado.
  • 31 Marcinho dá passe pra ninguém.
  • 32 QUASE! Ábila desarma Rodrigo Caio, entra livre na área e chuta. Renan sai do gol, fecha o angulo e defende com a perna.
  • 33 Arrascaeta manda bola pra Ábila, Renan Ribeiro fica com ela.
  • 34 Torcida Celeste, dispersa sem o paredão azul do Gol da Cidade, atua pouco.
  • 35 Fábio cata bola levantada na área. Torcida aplaude.
  • 36 Ábila faz pivô pra Arrascaeta; uruguaio pega mal na bola, que passa por cima do travessao.
  • 37 Rodrigo Caio erra mais um passe, Cruzeiro não aproveita.
  • 38 QUASE! Marcinho aciona Pratto, que é desarmado. Marcinho volta a cruzar, Cueva finaliza, bola fica na rede pelo lado de fora.
  • 39 Schmidt desarma Ábila e passa a Cueva, que manda pra Marcinho concluir de cabeça. Fábio defende.
  • 40 Até agora, raras ocasiões de gol. Ninguém se arrisca.
  • 41 Marcinho cresce na partida, São Paulo vive seu melhor momento.
  • 42 São Paulo começa a encaixar contrataques.
  • 43 Rodrigo Caio desfaz jogada do ataque celeste.
  • 44 Maicon aparece bem e evita saída rápida do Cruzeiro.
  • 45 UM MINUTO de acréscimo pra m jogo burocrático.
  • 46 FIM de 1º tempo. Emoções fora escassas.

Segundo Tempo

  • 17h02 TIMES voltam a campo.
  • 17h04 TROCA. Cueva x Luiz Araújo.
  • 17h05 COMEÇA o 2º tempo.
  • 1 Torcida Celeste, animada, canta alto.
  • 2 Maicon dá um bico na bola cedendo lateral na pontesquerda celeste.
  • 3 GOL. Henrique cobra lateral com rapidez, Alisson invade a área pela esquerda e cruza pra trás. Ábila se antecipa á marcado e manda a bola pra rede. CRUZEIRO 1×0.
  • 4 Saída rápida do Cruzeiro, Arrascaeta recebe pelo meio e chuta, mas não acerta o alvo.
  • 5 Luiz Araújo chuta cruzado, bola fica na elo lado de fora.
  • 6 TROCA. Militar x Thomaz.
  • 7 Segundo tempo começa frenético. Ceni desfaz esquema de três zagueiros.
  • 8 Marcinho manda chute para fora, sem perigo.
  • 10 Luiz Araújo arrisca da entrada da área. Fábio defende sem sustos.
  • 11 Rodrigo Caio faz dois desarmes na sequência e impede ataques do Cruzeiro.
  • 12 Thomaz tenta a conclusão, mas é travado pela zaga do Cruzeiro. Escanteio.
  • 14 São Paulo tem mais posse (58% a 42%) e finalizações (9 a 7) que o Cruzeiro.
  • 17 Maicon cobra falta de longe, sem força, sem perigo.
  • 19 O São Paulo melhorou depois de desfazer o esquema de três zagueiros. Mas é difícil concluir se melhorou por isso. Cruzeiro também recuou para valorizar a vitória.
  • 20 Troca: Lucas Silva x Rafinha
  • 27 Thomaz tenta jogada, sem sucesso. Lucas Pratto sofre no jogo. Bola mal chega até ele.
  • 29 Luiz Araújo pega rebote e manda chute por cima.
  • 30 Rogério Ceni, na beira do campo, faz anotações. Ele tem o hábito de enviar bilhetes a seus comandados durante os jogos.
  • 32 Lennon erra cruzamento e desperdiça ótimo contra-ataque. Na sequência, Alisson manda o chute, e Renan Ribeiro defende com tranquilidade.
  • 34 São Paulo troca passes, inverte jogadas, ronda a área, mas não consegue agredir o Cruzeiro, fechadinho.
  • 36 Mais uma tentativa de Júnior Tavares – novamente para fora.
  • 37 Troca: Raniel x Ábila
  • 39 São Paulo já tem 60% de posse. Mas inútil: não cria chances no segundo tempo.
  • 41 Boa jogada de Gilberto. Domina dentro da área, de peito, faz o giro e manda por cima do gol de Fábio.
  • 43 Maicon manda um balão direto para fora. Um horror a atuação técnica do zagueiro neste domingo.
  • 45 Gilberto tenta arrancada, mas é desarmado por uma trinca de defensores do Cruzeiro.
  • 46 Cartão amarelo para Rodrigo Caio
  • 47 Cruzeiro mata tempo na ponta direita, deixando a bola por ali.
  • 48 Fábio sai do gol e fica com a bola. Vitória a segundos de ser confirmada.
  • 49 Termina o jogo! Cruzeiro vence São Paulo por 1 a 0.

Vídeos

Bastidores Pré jogo
Coletiva pos jogo
Gol
Análise tática por Joga_Simple

Atuações

  • TORCIDA CELESTE compareceu em baixo número e não foi tao participante quanto em outras ocasiões. (Síndico)
  • FÁBIO não precisou fazer nenhum milagre, mas esteve perfeito nas intervenções necessárias. (Matheus Chaves)
  • ROMERO teve alguns momentos de desatenção na marcação e quase ajeitou uma bola pra um adversário marcar. Mas foi um um chutão seu que nasceu a melhor chance do time na etapa inicial. (Matheus Chaves)
  • DEDÉ ainda está lento e com o tempo de bola avariado, principalmente, por baixo. Num disputa de velocidade, comeu dois quilos de grama depois de catar cavaco por dez metros. Pelo alto, no entanto, limpou quase todas as bolas. (Matheus Chaves)
  • LEO foi perfeito na marcação e não deu chances ao ataque bambino. Pela excelência defensiva, foi o melhor do jogo. (Matheus Chaves)
  • BARBOSA foi muito bem na defesa, principalmente, no 2º tempo. Mano bem que podia deixá-lo atacar também. (Matheus Chaves)
  • HENRIQUE poderia ter sido escolhido o melhor do jogo também, pois tomou bolas e marcou muito bem os tricolores. Na saída de bola, a calma e qualidade de sempre. E pra completar, saiu de suas mãos a jogada do gol, aproveitando um cochilo da defesa bambina. (Matheus Chaves)
  • HUDSON jogou bem, assumindo o papel de segundo volante e participando mais do jogo ofensivo. (Matheus Chaves)
  • RAFINHA marcou bastante, tomou bolas importantes na frente, mas é especialista em encher o balde de leite pra, na sequência, meter o pé nele. Precisa caprichar na definição da jogada de ataque. (Matheus Chaves)
  • ALISSON recompôs com vontade, ganhou o lateral e, na sequencia, serviu Ábila pro gol. Seu maior problema foi perder bolas que acabava de roubar, tal qual o colega Rafinha. (Matheus Chaves)
  • ARRASCAETA tentou armar o jogo as quase sempre pecou no passe final. Voltou pra marcar e auxiliou bastante nos combates defensivos. (Matheus Chaves)
  • ÁBILA fez um, errou dois. Maltratou a bola fora da área, mas foi o responsável direto pelos três pontos. (Matheus Chaves)
  • LUCAS entrou mas não conseguiu ser ponta, meia ou volante. Sua má fase é persistente. (Matheus Chaves)
  • LENNON, fraco na marcação, só faltou estender um tapete pro adversário passar. (Matheus Chaves)
  • RANIEL entrou no final e tentou incomodar a zaga tricolor em jogadas de contrataque. (Matheus Chaves)
  • CRUZEIRO mostrou suas limitações e forças. Nao esteve bem no 1º tempo (nem o adversário), com olas trocadas sem objetividade. No 2º tempo, o time voltou buscando outro ritmo, o que funcionou por poucos minutos. O gol saiu e foi importantíssimo pra confiança voltar. Mas, em seguida, o time voltou a ser aquele do Mano: pragmático e concentrado no objetivo de manter o placar como estava. e bem. Destaques: Romero, Ábila e (enfim) Alisson. (Douglas Velloso)
  • SÃO PAULO começou com três beques, terminou com quatro atacantes, teve bem mais posse de bola, venceu em todos os quesitos técnicos, mas não criou chances pra marcar. O paquiderme Pratto, que foi uma piada, e Renan, que salvou um gol de Ábila foram seus destaques opostos. (Síndico)
  • ÁRBITROS cometeram alguns erros em marcações de faltas, nada de muito relevante. (Síndico)

O que foi dito

  • MANO MENEZES: Fomos seguros. apesar de ser um time de criação, O São Paulo teve dificuldade, mais até que no jogo da Copa do Brasil. Poderíamos ter saído na frente com Ábila no 1º tempo. Quando você sai na frente, naturalmente se fecha mais. O São Paulo veio pra cima, colocamos o Lucas Silva pra segurar e conseguimos essa vitória importante.
  • MAURO FRANÇA: O 1º tempo foi amarrado, disputado entre as intermediárias, com os time se empenhando na marcação, procurando não correr riscos. Com o gol, logo no início do 2º tempo, o Cruzeiro voltou à estratégia padrão de se fechar, dar campo e explorar seus erros e espaços do adversário. Nessa fase, o sistema defensivo se sobressaiu. Mesmo jogando no campo de ataque, com mais posse, o São Paulo pouco ameaçou. No Cruzeiro, o ataque teve maior mobilidade, mas muitos contrataques foram desperdiçados por erros de passe. No cômputo geral, a atuação foi boa e o resultado excelente. Houve muitos destaques individuais. Fábio, seguro,;Dedé e Leo cortaram todas, Romero foi muito bem na direita, especialmente no 1º tempo. Hudson e Henrique se desdobraram como sempre, Alisson e Arrascaeta criaram boa situações, Ábila fez o gol da vitória. Lucas entrou bem, dando gás na marcação e dificultando as saídas do adversário.
  • MATHEUS PENIDO: Mano é graduado em retranca desde guri e, recentemente, fez mestrado na Europa em compactação defensiva, também conhecida como boca de bode.
  • BRUNO BARROS: Alguém, em sã consciência, acha que com esse nível de atuações o Cruzeiro vai chegar longe em alguma competição? Já rodamos em duas.
  • MATHEUS CHAVES: Assim que o Fábio entrou em campo, um sujeito ao meu lado fez um discurso contra ele, xingando-o de tudo quanto é jeito. Cena constrangedora.
  • FABRÍCIO, comentarista do PHD: “Torcedores” que torceram contra o Fábio desrespeitaram uma história ímpar e prestaram um desserviço ao clube!

Fontes

Transmissão

  • Globo
  • PPV