Cruzeiro 1x0 São Paulo - 13/05/2015

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 0x1 Escudo Corinthians.png Gol aos do Escudo Santos.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png
Por Copa Libertadores da América
Escudo São Paulo.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo River Plate.png 0x1 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 2x0 Escudo Universitário Sucre.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 1x1 Escudo Ponte Preta.png
Contra São Paulo
Escudo São Paulo.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo São Paulo.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
1 × 0 Escudo São Paulo.png
São Paulo
Jogo de volta das Oitavas de Final da Copa Libertadores da América 2015
Data: 13 de maio de 2015 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 19:30 Estádio: Mineirão
Árbitro: Andrés Cunha Público pagante: 37.319
Assistente 1: Gabriel Popovits Público presente: 39.867
Assistente 2: Miguel A. Nievas Renda: R$ 2.044.295,00 R$ 2.044.295
Cr$ 2.044.295
NCr$ 2.044.295
Cz$ 2.044.295
NCz$ 2.044.295
(preço médio: R$ 54,78 )
Súmula: Não disponível
Escalações
Cruzeiro: São Paulo:

1. Fábio 1. Rogério Ceni
22. Mayke Substituição realizada 38' (2T) de jogo 38' (2T) ( 15. Willian Farias ) 22. Bruno
4. Bruno Rodrigo 2. Rafael Tolói
27. Manoel 30. Lucão
21. Mena 16. Reinaldo Cartão amarelo recebido aos 19  (1T) 19'  (1T)  
8. Henrique 10. Ganso
5. Willians 5. Souza
10. De Arrascaeta 19. Wesley Substituição realizada 26'(2T) de jogo 26'(2T) ( 20. Centurion )
25. Willian Substituição realizada 31' (2T) de jogo 31' (2T) ( 18. Gabriel Xavier ) 7. Michel Bastos Substituição realizada 31'(2T) de jogo 31'(2T) ( 25. Hudson )
30. Marquinhos 10. Ganso
9. Leandro Damião  Gol aos 5 do  (2T) 5'  (2T) 11. Pato Substituição realizada 19'(2T) de jogo 19'(2T) ( 9. Luis Fabiano )
Técnico: Marcelo Oliveira Técnico: Milton Cruz
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: São Paulo:
12. Rafael
3. Léo
29. Pará
7. Joel
19. Henrique Dourado

Pré-Jogo

CLASSIFICAÇÃO: Cruzeiro foi o 1º colocado do Grupo 3, com 11 pontos; São Paulo, o 2º do Grupo 2, com 12.

BANCO do Cruzeiro: Rafael Monteiro (G), Pará (L), Bruno Rodrigo (B), Eurico, Bruno Edgar, Charles (V), Gabriel Xavier (M), Joel, Henrique Dourado (A)

AUSENTES no Cruzeiro: Dedé, Ceará, Alisson e Fabiano, lesionados.

MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: “ ”.

BANCO do São Paulo: Renan Ribeiro (G), Rodrigo Caio, Edson Silva, Lucão, Paulo Miranda (B), Tiago Mendes, Hudson (V), Boschilia (M), Centurion (A).

AUSENTES no São Paulo: Alan Kardec (A), Denis (G), Daniel (M), Carlinhos (L), lesionados.

MILTON CRUZ, técnico do São Paulo: “.”

ANDRÉS CUNHA participa pela 5ª vez da Libertadores. Ele apitou AtléticoMG 2×0 Santa Fé. O uruguaio não costuma marcar muitas faltas, nem distribuir muitos cartões. Dos 43 árbitros que já participaram do torneio, Cunha é o 13º na média de faltas marcadas. Ainda assim, ele expulsou dois jogadores nas quatro partidas que atuou, número acima do padrão nesta edição da Copa. (GloboEsporte). /// Andrés é um dos melhores árbitros do Uruguai. Tem muita personalidade, o que é importante em jogos decisivos. (Giorgian De Arrascaeta, meia do Cruzeiro)

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 19h23 TIMES em campo. Cruzeiro com camisas e meias azuis, calções brancos. São Paulo, com camisas e mais brancas, calções pretos, uma listra horizontal vermelha, outra preta à altura do peito.
  • 19h25 TRÂNSITO engarrafado no entorno do estádio.
  • 19h30 Começa a partida. Cruzeiro, à esquerda das tribunas, dá a saída.
  • 01 São Paulo começa marcando a saída de bola do Cruzeiro.
  • 02 Marquinhos II rouba a bola e tenta achar Henrique na área, mas o volante está impedido.
  • 03 Wesley joga deslocado pela esquerda pra conter avanços de Mayke.
  • 04 Mayke cobra lateral na área, Bruno corta pra corner, Willian cobra, Arrascaeta cabeceia, bola sai pela linha de fundo.
  • 05 Arrascaeta parte pra cima e chuta. Bola desvia em Toloi e sai por cima do arco tricolor.
  • 06 Marquinhos II cobra corner, bola no primeiro poste, Henrique cabeceia, pra fora.
  • 07 Willians parte do meio de campo, leva a marcação adversária e chuta forte, bola passa por cima do travessão.
  • 08 ORGANIZADAS: Rapozama, China Azul, Sangue Azul, Pavilhão Independente, Nação Azul de Varginha, Força Azul de Lavras, Cachazeiros, FanatiCruz, Motozeiros, Jovem, Máfia Azul, Geral Celeste, Comando Passos, Máfia Pains…
  • 09 Toloi arranca e só é parado com falta por Willian, perto da área celeste.
  • 10 BOMBA. Michel Bastos chuta forte, bola passa muito perto do travessão do arco celeste.
  • 11 Damião ganha dividida e chuta, bola passa por cima do travessão.
  • 12 TORCIDA CELESTE canta alto apoiando o time. Público em torno de 40 mil.
  • 13 Cruzeiro troca passes, bola circula de um lado pra outro de seu campo de defesa.
  • 14 Wesley desarma Mayke e lança Pato, mas o atacante não consegue dominar a bola.
  • 15 São Paulo segura a bola no campo de ataque.
  • 16 Michel Bastos faz boa jogada pela esquerda e joga bola na área celeste. Mayke corta.
  • 17 Pato cruza da direita, mas muito fechado. Fábio cede o escanteio.
  • 18 Marquinhos II parte pra cima de Reinaldo e é derrubado, tenta invadir a área tricolor quase na risca da linha de fundo, pela direita.
  • 19 AMARELO. Reinaldo, pela falta em Marquinhos II,
  • 20 Bruno Rodrigo sobe pra cabecear, apoiando-se em Rafael Toloi. Andrés Cunha marca falta.
  • 21
 POSSE DE BOLA: Cruzeiro, 56%.
  • 22 Willian chuta de longe, bola passa perto do arco tricolor.
  • 23 São Paulo já não dá conta de marcar saída de bola do Cruzeiro.
  • 24
 HENDRIX, no PHD: “Tá dando gosto ver o time celeste jogar. Está muito bem postado. Bruno Rodrigo jogando muito bem”.
  • 25 Mayke rola pra Willian, que pega de prima, de fora da área, bola sai perto do ângulo esquerdo do arco bambino.
  • 26 Rogério Ceni sai pra defender cruzamento de Mayke, tromba com Leandro Damião e fica caído.
  • 27 Ceni recebe atendimento médico no gramado.
  • 28 Ceni recuperado. Recomeça o jogo.
  • 29 Ceni sai da área e, de cabeça, evita que a bola caia nos pés de Marquinhos II.
  • 30 Reinaldo cruza da esquerda, bola sai pela linha de fundo.
  • 31 Leandro Damião corta pro meio e chuta rasteiro. Ceni defende.
  • 32 PASSES ERRADOS: São Paulo 15×12.
  • 33 FINALIZAÇÕES: Cruzeiro 7×1.
  • 34 Cruzeiro domina amplamente jogo.
  • 35 CONTEMPORIZOU. Arrascaeta passa a Leandro Damião, que é derrubado por Reinaldo. Cruzeirenses pedem segundo amarelo pro tricolor, juiz contemporiza e não dá.
  • 36 Willian cobra a falta na barreira. No rebote, Leandro Damião chuta, bola explode na defesa.
  • 37 MARCELO OLIVEIRA reclama com Andrés Cunha, por falta marcada em favor do São Paulo.
  • 38 POSSE DE BOLA: São Paulo, 52%.
  • 39 Henrique lança Marquinhos II, bola sai forte demais e fica com Rogério Ceni.
  • 40 Marquinhos II vai à linha de fundo e cruza, Rogério Ceni cata.
  • 41 Damião sofre falta de Denílson e reclama muito com a arbitragem.
  • 42 DEFESAÇA. Willian cobra a falta com muito veneno, e o goleiro do São Paulo espalma pra escanteio.
  • 43 MILTON CRUZ gesticula e reclama com Ganso, que não gosta retruca.
  • 44 DOIS minutos de acréscimos.
  • 45 Damião tenta tabela com Arrascaeta, que devolve mal e a jogada dá em nada.
  • 45+1 Arrascaeta puxa contrataque e deixa a bola limpa pra Willian, que chuta fraco. Bandeira assinala impedimento do Bigode.
  • 45+2 FIM do 1º tempo.
  • DAMIÃO: “Estamos impondo nosso ritmo, atacando bem, mas pecando no último passe, que às vezes sai mais forte, às vezes mais fraco. Tem que sair certo pra marcarmos o gol.
  • REINALDO: “Vamos ajustar o time com o professor Milton, pra conseguir a classificação”.

Segundo Tempo

  • 20h33 TIMES voltam a campo, sem alterações.
  • 20h35 COMEÇA o 2º tempo. São Paulo dá a saída.
  • 46 Arrascaeta cruza pra Damião, que acerta um voleio, bola bate em Bruno e a zaga afasta.
  • 47 Cruzeiro trabalha bem a bola, mas a defesa bambina está bem arrumada e não facilita o ataque celeste.
  • 48 TORCIDA CELESTE faz muito barulho.
  • 49 Bruno recebe passe de calcanhar de Michel Bastos e cruza. Fábio encaixa.
  • 50 Arrascaeta arranca pela direita e cruza pra Leandro Damião, que comete falta de ataque em Bruno.
  • 51 Damião entra na área e chuta rasteiro, bola sai perto do arco, Ceni só espia.
  • 52 Marquinhos II entra na área pela direita e chuta cruzado, bola passa rente ao poste direto do arco tricolor.
  • 53 Willian gira e bate de prima, bola sai por cima do travessão, sem perigo.
  • 54 GOL. Willian, na meiadestra, lança Mayke, nas costas de Wesley. Lateral serve Leandro Damião, que só tem o trabalho de tocar a bola pra rede. CRUZEIRO 1×0.
  • 55 DAMIÃO marca seu 13º gol na temporada.
  • 56 TORCIDA CELESTE faz uma festa incrível.
  • 57 Willians e Souza se desentendem na meiuca, Juiz entra em ação pra conter os ânimos.
  • 58 Denílson tenta uma arrancada, mas é derrubado por Willian.
  • 59 Ganso dá bom passe para Bruno, que cruza rasteiro. Nenhum bambi chega pra arrematar.
  • 60 DEFESAÇA. Marquinhos II pega uma sobra e chuta forte, Ceni voa e espalma, evitado o segundo gol celeste.
  • 61 SENSACIONAL esta torcida celeste.
  • 62 Cruzeiro troca passes, sem precipitações.
  • 63 Leandro Damião lança Marquinhos II, que vence Reinaldo na corrida, mas perde o ângulo e chuta pra fora.
  • 64 TROCA. Alexandre Pato x Luis Fabiano.
  • 65 POSSE DE BOLA: São Paulo, 54%.
  • 66 Fábio chuta bola pra frente, defesa tricolor devolve com outro chutão e a bola volta pro goleiro celeste.
  • 67 Arrascaeta chuta de longe, Ceni defende sem dificuldade.
  • 68 Willians intercepta passe de Souza e arranca pra linha de fundo, mas o tricolor se recupera e para o lance.
  • 69 Marquinhos II é lançado, deixa marcação pra trás e cruza. Rogério Ceni defende.
  • 70 Arrascaeta ataca pela esquerda e chuta, mas a bola não leva perigo ao arco tricolor.
  • 71 TROCA. Wesley x Centurión.
  • 72 QUASE. Bruno faz boa jogada pela direita e cruza pra Luis Fabiano, que arremata torto, mas com muito perigo.
  • 73 PÚBLICO. 37.719 pagantes, 39.867 presentes, R$2.044.295, média R$54.
  • 74 Marquinhos II arranca pela direita e a. Bola explode na defesa paulista.
  • 75 TROCA. Michel Bastos x Hudson.
  • 76. TROCA. Willian x Gabriel Xavier.
  • 77 Gabriel Xavier divide com defensores paulistas, mas fica sem a bola.
 Garoto está a fim de jogo.
  • 78 Marquinhos II cobra falta sobre a área, Ceni tira bola com um soco. Ela cai nos pés de Gabriel Xavier, que tenta jogada pela esquerda e ganha um lateral.
  • 79 SOMBRERO. Marquinhos II chapela Reinaldo, invade a área e chuta, mas a bola bate na defesa.
  • 80 Cruzeiro ataca sem parar, São Paulo se defende e tenta emplacar um contrataque.
  • 81 Gabriel Xavier dribla Hudson, que o derruba.
  • 82 Marquinhos II bate falta no segundo poste, bola chega mansamente nas mãos de Ceni.
  • 83 Mayke cai no gramado. Marcelo Oliveira chama Willian Farias.
  • 84 TROCA. Mayke x Willian Farias.
  • 85 Henrique lança Marquinhos II, que vence Reinaldo e cruza pra Damião. Atacante perde o tempo da bola, e a defesa tricolor se safa.
  • 86 QUASE. Arrascaeta puxa contrataque, tabela com Mena, e chuta colocado, no canto esquerdo. Bola tira tinta do poste.
  • 87 TENSÃO. Disputa de pênalti parece inevitável.
  • 87’30” TRÊS minutos de acréscimos.
  • 88 Mena cruza, Arrascaeta cabeceia mal, sem perigo pra Ceni.
  • 89 Hudson ataca pela direita, mas é travado por Mena, que fica com a bola.
  • 90 Centurión disputa com Willian Farias e cai. Falta pro São Paulo.
  • 91 Reinaldo cobra mal, defesa celeste corta.
  • 92 Gabriel Xavier contrataca, mas é derrubado por Toloi.
  • 92’30″ Arrascaeta manda na área, bequeira do São Paulo corta.
  • 93 FIM de jogo. Aos pênaltis! Cobranças serão no Gol da Cidade.
  • DISPUTA DE PÊNALTIS
  • GOL DO SÃO PAULO. Rogério desloca Fábio e abre o placar.
  • CRUZEIRO 0×0. Damião cobra no canto direito, Ceni voa e espalma, bola bate no poste e não entra.
  • SÃO PAULO 1×0. Ganso bate no meio, Fábio cai pra direita.
  • CRUZEIRO 1×1. Marquinhos II cobra rasteiro, na esquerda, Ceni salta pra direita.
  • SÃO PAULO 1×1. Souza bate por cima do travessão.
  • CRUZEIRO 2×1. Arrascaeta bate rasteiro, bola passa por baixo de Ceni.
  • SÃO PAULO 2×2. Luis Fabiano bate no lado esquerdo, Fábio defende.
  • CRUZEIRO 3×2. Henrique bate rasteiro, no canto esquerdo, Ceni não tem a menor chance.
  • SÃO PAULO 3 x3. Centurión bate alto, sem chances para Fábio.
  • CRUZEIRO 3×3. Manoel bate fraco, no canto esquerdo, Ceni defende.
  • SÃO PAULO 3×3. Lucão bate na esquerda, Fábio defende.
  • CRUZEIRO 4×3. Gabriel Xavier bate de canhota, à meia altura, no lado esquerdo. Ceni voa, toca na bola, mas não evita o gol.
  • MDJ => Marquinhos II [18], Fábio [16], Willian [15], Marcelo Oliveira, Mena [9], Willians [4], Bruno Rodrigo [3], Leandro Damião, Willian Farias, Mayke, Arrascaeta, Torcida Celeste [1].
  • GANSO: “Não fizemos boa partida, jogamos muito na defesa, mas ainda conseguimos levar pros pênaltis.
  • GABRIEL XAVIER: “Fomos guerreiros e vencemos. Nos pênaltis, mantive a frieza enquanto esperava minha vez”.
  • ROGÉRIO CENI: “Peço desculpas, mas está difícil de falar. Ajudei meus companheiros, eles me ajudaram muito ao longo desta Libertadores.

Vídeos

Gol
Narração dos penaltis por Pequetito

Atuações

  • TORCIDA CELESTE compareceu em bom número e apoiou o time incondicionalmente e com cntos variados, o que é bem melhor do que ouvir as torcidas monocórdias com as do Boca, Gambá ou Fla. Nota dez.
  • FÁBIO não teve trabalho durante o jogo. Na decisão, catou dois pênaltis e aposentou Rogério Ceni. Com ajuda de Deus, muita humildade e compaixão pelo outrora algoz.
  • MAYKE era o alvo da marcação do Sumpaulo. Milton Cruz até escalou Wesley pra barrar suas subidas ao ataque. Não adiantou, Ele atacou e serviu Damião pro gol da vitória.
  • WILLIAN FARIAS entrou nos minutos finais e manteve fechado o corredor da esquerda do ataque paulista.
  • MANOEL esteve impecável durante o jogo, mas cobrou tão mal seu pênalti, que devia entregar a premiação pela vitória ao garoto Gabriel Xavier.
  • BRUNO RODRIGO, soberano contra o Soberano, só perdeu uma jogada, que resultou na única chance do Sumpaulo na partida. Prova de que está com as orações em dia.
  • MENA estraçaiou na defesa e quando foi ao ataque caprichou nos cruzamentos.
  • WILIANS foi onipresente fazendo coberturas impecáveis.
  • HENRIQUE jogou o suficiente pra entupir cornetas por um bom tempo. E na cobrança de pênalti, simplesmente, não autorizou Rogério Ceni a sair na foto.
  • MARQUINHOS lembrou o Diabo Louro Natal. Fez e aconteceu o jogo todo, destroçou o lado esquerdo da defesa tricolor e, na cobrança de pênalti, também tirou Rogério Ceni da cena.
  • ARRASCAETA fez uma penca de grandes jogadas individuais, sua especialidade.
  • WILLIAN barbarizou, deslocando-se por todos os lados, avacalhando a marcação tricolor, finalizando, passando com categoria, como no lance do gol. Saiu mais cedo, cansado e ovacionado pela torcida celeste.
  • GABRIEL XAVIER correu como a ocasião exigia, atacou, recompôs, enfim, mostrou responsabilidade de gente grande. E ainda cobrou, com muita personalidade, o pênalti decisivo.
  • LEANDRO DAMIÃO fez o gol de camisa nove, incomodou a bequeira tricolor, abriu espaços e trabalhou bem com os colegas de time. Chutou com pouca força o pênalti e facilitou a vida de Ceni.
  • MARCELO OLIVEIRA calou a boca dos analistas de galinheiro, mostrando-se competente na armação do time pra buscar a vitória e injetando ânimo num grupo, que vinha de um jogo apático pelo Brasileiro. É um profissional sério e, como tal, deveria ser respeitado, até pelos hidrófobos.
  • CRUZEIRO fez uma partida impecável e poderia ter liquidado a fatura no tempo regulamentar. Marquinhos II, Willian e Fábio foram escolhidos os melhores pelos comentaristas do PHD, mas a verdade é que ninguém jogou mal.
  • SÃO PAULO começou pressionando a saída de bola celeste, mas isto abriu buracos em seu sistema defensivo. Quando consertou a defesa, o ataque sumiu, Não foi um time equilibrado e só criou uma oportunidade, que Luis Fabiano desperdiçou.
  • ÁRBITROS estiveram bem. Andrés Cunha poderia ter dado um segundo amarelo ao lateral esquerdo Reinaldo, mas contemporizou, como fazem todos os juízes do mundo nas circunstâncias.

O que foi dito

  • MARCELO OLIVEIRA, técnico do Cruzeiro: Foi uma classificação exuberante, com um jogo impecável. A gente vinha de atuações irregulars e o adversário jogando muito bem, com sua equipe bastante técnica e organizada. Precisávamos dar uma resposta, surpreender, nos superarmos e sermos organizados, ao mesmo tempo. E nosso time foi equilibrado, deu poucas chances ao adversário e criou jogadas. O futebol, hoje, além da tática e da técnica, dependente do emocional e do físico. O São Paulo teve chances de fazer mais gols no Morumbi e não fez. Aqui, fizemos um jogo mais intense e nos classificamos. Esse tipo de regulamento é traiçoeiro. Às vezes você está atacando muito, faz o gol, mas o adversário também faz um e aí você precisa fazer três, o que complica muito. Nossos jogadores estiveram muito concentrados, o que nos deu a condição da classificação. Foi emocionante pro torcedor, o que nos fortalece e nos estimula a continuar trabalhando.
  • FÁBIO, goleiro do Cruzeiro: Agradeço a Deus por me capacitar. Deus me direcionou nos momentos certos pra ter tranquilidade e fazer as defesas. Meus companheiros tiveram a capacidade de fazer as cobranças que nos deram a classificação. É um momento muito difícil pra quem faz as cobranças. A noite pra nós, cruzeirenses, foi a melhor possível, foi especial, vai ficar na memória do torcedor cruzeirense e de todos que participaram do jogo. Desde o princípio, fizemos um bom jogo e criamos muitas oportunidades. A vitória concretizou o trabalho.
  • MILTON CRUZ, técnico do São Paulo: Não fizemos um grande jogo, todo mundo viu. O Cruzeiro foi melhor. No Morumbi, fomos melhores, tivemos oportunidades de matar a classificação. Hoje, deixamos a desejar, não jogamos o que vínhamos jogando. O Cruzeiro é um grande time. Fomos pros pênaltis, aí é loteria. Quem bateu é porque estava confiante. Pediu pra bater quem treinou durante a semana. A postura do tme foi errada. O intuito era marcar na frente como estávamos fazendo. Marcar na saída de bola. Mas hoje não conseguimos neutralizar as jogadas do Cruzeiro pelas pontas. Não conseguimos encaixar a marcação em cima dos volantes, que criaram a maioria das jogadas. Não demos um chute a gol. Sabíamos que as jogadas eram com o Mayke pela lateral. O Reinaldo tomou um cartão injusto e depois ficou com receio. Coloquei o Michel pra conter os avanços do Mena do outro lado. Tentamos neutralizar, mas não conseguimos.
  • LUIS FABIANO, centroavante do São Paulo: Pênalti é isso, loteria. Quem estiver melhor e com mais sorte faz. Acabei escolhendo o canto errado, porque perdi dois pênaltis contra o Cruzeiro no canto oposto e achei que o Fábio iria cair no mesmo canto. Sempre bato no outro canto e ele sabia, porque me conhece e estivemos juntos na Seleção. Eu quis mudar o canto, mas acabei errando e tenho de assumir a responsabilidade pelo erro.
  • EDUARDO ARREGUY CAMPOS, no PHD: O comentarista da Fox passou um tempo explicando como o São Paulo deveria fazer pra parar o Arrascaeta, que estava jogando nas costas do Reinaldo. Isso foi só uma delas. Pênalti que o Rogério Ceni era defesassa, pênalti defendido pelo Fábio era cobrança mal feita…
  • MARIANA RESENDE, no PHD: Que noite incrível! Viva, Seu Marcelo! Viva, Mena! Viva, Bruno Rodrigo! Viva, Capitão Fábio! Viva a tradição e a camisa do Cruzeiro Esporte Clube!!!

Fontes

Transmissão

  • Fox Sports