Cruzeiro 1x0 Internacional - 13/11/2011

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Flamengo.png 5x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Avaí.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Brasileiro
Escudo Flamengo.png 5x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Avaí.png 0x0 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Arena do Jacaré
Escudo Cruzeiro.png 3x2 Escudo Atlético-GO.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 1x1 Escudo Atlético-PR.png
Contra Internacional
Escudo Internacional.png 3x2 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Internacional.png 2x1 Escudo Cruzeiro.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
1 × 0 Escudo Internacional.png
Internacional
34ª rodada do Campeonato Brasileiro 2011
Data: 13 de novembro de 2011 Local: Sete Lagoas, MG
Horário: 19h Estádio: Arena do Jacaré
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira Público pagante: 16.967
Assistente 1: Vicente Romano Neto Público presente: 18.000
Assistente 2: João B. Nobre Chaves Renda: R$ 106.588,00 R$ 106.588
Cr$ 106.588
NCr$ 106.588
Cz$ 106.588
NCz$ 106.588
(preço médio: R$ 6,28 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Cruzeiro: Internacional:

1. Fábio Cartão amarelo recebido aos  (1) 1. Muriel
2. Vítor 2. Bolivar
3. Léo Cartão amarelo recebido aos  (1) 4. Nei
4. Victorino Cartão amarelo recebido aos  (1) 6. Fabrício
5. Fabrício Cartão amarelo recebido aos  (1) 13. Rodrigo Moledo
6. Diego Renan 5. Elton Cartão amarelo recebido aos Cartão amarelo recebido aos Cartão vermelho recebido aos
7. Roger Cartão amarelo recebido aos  (1) Substituição realizada de jogo ( 18. Naldo ) 7. Tinga
8. Marquinhos Paraná 8. Bolatti Substituição realizada de jogo ( 17. Andrezinho Cartão amarelo recebido aos )
9. Wellington Paulista Cartão amarelo recebido aos  (1) 10. D'Alessandro Substituição realizada de jogo ( 14. João Paulo )
10. Leandro Guerreiro Substituição realizada de jogo ( 15. Sandro Manoel ) 9. Gilberto Substituição realizada de jogo ( 11. Zé Roberto Cartão amarelo recebido aos )
11. Farías  Gol aos do Substituição realizada de jogo ( 17. Ortigoza ) 16. Oscar
Técnico: Vágner Mancini Técnico: Dorival Júnior
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: Internacional:

Pré-Jogo

Em 17º lugar com 34 pontos, o Cruzeiro pode oscilar entre o 16º e o 18º lugar dependendo dos resultados da rodada.

O treinador Vagner Mancini não poderá escalar o beque o volante Francisco Franciso Everton e o atacante Wallyson, contundidos. Nem o volante Charles, suspenso.

Em 7º lugar com 51 pontos, o Internacional pode terminar a rodada entre o 6º e o 9º lugar.

O treinador Dorival Júnior não poderá escalar o atacante Jô e o beque Rodrigo, contundidos. Nem com o lateral esquerdo Kleber, o centroavante Leandro Damião, o beque Juan e o lateral direito Ilsinho, suspensos. Servindo à Seleção Argentina, o volante Guiñazu também estará fora.

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 18h51 – Cruzeiro, todo de branco, entra em campo sob foguetório e com fumaça azul e branca.
  • 18h54 – Internacional, todo de vermelho, entra em campo.
  • 18h56 – Execução do Hino Nacional.
  • 18h59 - Reservas do Cruzeiro: Rafael Monteiro, Naldo, Gabriel Araújo, Sandro Manoel, Bobô, Sebá, Ortigoza.
  • 19h – Começa o 1º tempo! Internacional dá a saída. Cruzeiro está à direita das tribunas.
  • 01- Nei ataca pela direita, bola passa por toda a área. Tiro de meta.
  • 01’30”- Wellington Paulista rouba a bola de Bolatti, chuta, por cima do travessão.
  • 02 – Farías sofre falta na meia-esquerda.
  • 03 – Roger Galera cobra falta, bola sobra na direita, Diego Renan chuta cruzado, Muriel defende.
  • Tinga lança Gilberto, Leo Simões corta pra lateral.
  • 04 – Cruzeiro troca passes no meio de campo, Marquinhos Paraná cruza sobre a área, defesa do Inter fica com a bola.
  • 05 – Leandro Guerreiro comete falta em D’Alessandro na meia esquerda.
  • 05 – D’Alessandro cobra a falta, bola passa por toda a área, Fabrício fura, Leandro Guerreiro despacha.
  • 06 - Cruzeiro ataca pela direita, Vitor cruza, Bolívar retoma a bola.
  • 06’30” – Nei parte pela direita, faz cruzamento na área, Léo não tira de primeira, mas na sequência tira a bola da área,
  • 07 – Vítor cruza da direita, Muriel defende.
  • 08 – Inter troca passes no meio de campo, Victorino desarma Oscar.
  • 08’30”- Inter tem 61% de posse de bola.
  • 09 – Fabrício cruza pela direita, Farías tenta desviar de cabeça bola cruzada, mas é apanhado em impedimento.
  • 10 – Fabrício chuta da intermediária, bola desvia em Tinga e sai a escanteio.
  • 10’30′ – Pressão! Wellington Paulista e Ernesto Farías pressionam saída de bola do Inter, que é dominado pelo Cruzeiro.
  • 11 – Roger Galera cobra tiro de canto com Roger, Bolivar afasta a bola da área.
  • 12 - Baliza! Fábio sai do arco pra desarmar Gilberto, bola sobra pra Oscar na meia-esquerda. Ele chuta por cobertura, bol sai rapando o travessão.
  • 13 – Oscar faz jogada individual pela ponta-esquerda, Marquinhos Paraná faz o desarme, time gaúcho fica com o escanteio.
  • 14 – Oscar tenta contra-ataca pelo meio, mas é desarmado por Victorino.
  • 14’30”- Farias avança pela esquerda, mas e desarmado por Moledo.
  • 15 – Wellington Paulista recebe passe de Fabrício na intermediária, chuta de fora da área, bola sai à esquerda de Muriel.
  • 16 – Cruzeiro imprime um ritmo de jogo corrido sobre o Internacional, que tem trabalhado mais com a troca de passes no meio de campo
  • 17 - Marcação implacável! Marquinhos Paraná marca Oscar, ora pelo meio, ora pela lateral-direita. Vítor joga livre e quase não volta pra ajudar na marcação.
  • 17’30” – Ídolo! Montillo está nas arquibancadas da Arena do Jacaré com os filhos Santino e Valentin. Antes do jogo teve seu nome gritado pela torcida.
  • 18 - Defesaça! Gilberto recebe passe na esquerda da área, cabeceia, Fábio salta e faz grande defesa,
  • 19 - Gol! Wellington Paulista vai à linha de fundo, pela esquerda, e mesmo cercado por Elton e Bolivar, cruza de canhota pra Farías que, no primeiro poste, desvia de cabeça no ângulo direito do arco de Muriel. Cruzeiro 1×0.
  • 20 – Marquinhos Paraná ataca pela direita e cruza. Wellington Paulista chuta, bola sai sobre o travessão.
  • 21 – Perigo! Tinga tabela com Gilberto na meia-esquerda, parte em velocidade, chuta da entrada da área, bola sai à direita de Fábio
  • 22 – Internacional troca passes no meio de campo
  • 23 – D’Alessandro cruza pela direita pra Gilberto, Fábio sai do gol e tira a bola da área.
  • 24 – Marquinhos Paraná cruza, bola sobra na esquerda pra Fabrício que passa a Diego Renan que chuta da entrada da área, bola sai rente ao travessão.
  • 25 – Amarelo! Elton comete falta em Wellington Paulista na ponta-esquerda. Podia ter recebido o vermelho.
  • 25’30 – Finalizações: Cruzeiro 7×4. Faltas: Inter 8×5.
  • 26 - Roger Galera cobra, bola fica de graça com Tinga, na entrada da área.
  • 26 - Roger ataca, toca pra Leandro Guerreiro no meio. Chute de fora da área, bola sai por cima do arco.
  • 27 – Internacional tem a posse de bola no meio de campo
  • 28 - Gilberto recebe cruzamento da intermediária, toca de peito para Tinga na pequena área e Fábio sai no jogador para fazer a defesa
  • 28 – Oscar cobra escanteio na esquerda e Fábio cai de mão trocada para fazer grande defesa
  • 29 – Cruzeiro no ataque, Vítor cruza na área e a defesa do Inter tira para escanteio
  • 30 - Roger faz a cobrança, Léo desvia de cabeça e a bola sai pela linha de fundo
  • 31 - Tabelinha! Wellington Paulista tabela com Farías pela direita, chuta rasteiro, de chapa, dentro da áre. Muriel salta e defende à sua esquerda.
  • 32 - Inter ataca, Diego Renan recupera a bola.
  • 33 - Cruzeiro tranquiliza o jogo e troca passes no meio de campo
  • 34 - Nei tenta jogada individual pela direita, corta pelo meio, Leo Simões tira a bola da área.
  • 35 – Marquinhos Paraná e Leo Simões dobram marcação em Oscar, que é o mlhor do Inter ao lado de D’Alessandro.
  • 35 – Defesaça! Oscar parte em velocidade pela esquerda, entra na área, chuta forte, Fábio defende.
  • 36 - Gilberto recebe passe na intermediária, entra na área, chuta forte, a bola vai alto e sai sobre o gol de Fábio
  • 37 – Nei, pela direita, toca pra Oscar, que entra na área, chuta e Fábio cai pega firme.
  • 37’30” – Inter se fecha e escapa em rápidos contra-ataques. Diego Renan marca mal e oferece espaços em seu setor.
  • 38 - Fabrício recebe passe na esquerda para o Internacional e ganha o escanteio para o time gaúcho. Oscar cobra no meio da área e Fábio faz a defesa
  • 39 – Gilberto cruza pela direita, bola passa por toda a área e sobra pra Elton que toca pra Oscar. Chute forte, bola sai pela linha de fundo.
  • 40 - Nei ataca pela direita, tenta o cruzamento e Fabrício tira e retoma a posse de bola para o Cruzeiro
  • 41 - Perigo! D’Alessandro toca pra Tinga na direita, o meia tenta o chute cruzado de fora da área e a bola passa perto do poste direito do arco celeste.
  • 41’30” - Apreensão! Inter domina o jogo. Torcida celeste está calada.
  • 42 - Contra-ataque do Cruzeiro, Diego Renan recebe meia-esquerda, chuta de fora da área, Muriel defende em dois tempos.
  • 42’30′ – Torcida celeste grita: “Raça! Raça!”
  • 43 - Tinga toca pra Gilberto no meio. Ele abre com Fabrício na esquerda, que cruza. Bola bate nas costas de Vítor e sai pra escanteio.
  • 43’30” - Oscar cobra fechado e a defesa do Cruzeiro afasta a bola da área.
  • 44 - Juiz indica 2 minutos de acréscimo.
  • 45 - Cruzeiro tem falta a favor no campo de defesa
  • 46 - Marquinhos Paraná cobram, Vítor cruza, Muriel sai do gol e defende.
  • 47 - Fim do 1º tempo! Cada time finalizou 9 vezes. Cruzeiro cometeu 11 faltas, Inter, 10.

Segundo Tempo

  • 20h03 – Tines voltam a campo sem alterações.
  • 20h04 - Começa o 2ª tempo! Cruzeiro dá a saída.
  • 01 - Diego Renan parte pela meia-esquerda, chuta de fora da área, bola sai por cima do travessão.
  • 01 - Cruzeiro troca passes na intermediária de ataque
  • 02 - Internacional pressiona o time mineiro e recupera a posse de bola no campo de defesa
  • 03 - Wellington Paulista ataca pela esquerda, tenta cruzar, Rodrigo Moledo cede escanteio.
  • 04 - Roger cobrança escanteio pela esquerda, bola chega a Farías na pequena. Ele cabeceia, Muriel tira de soco.
  • 05 – Cruzeiro nervoso não consegue sair pro jogo. Inter toca bola e cria boas jogadas.
  • 05’30” – Oscar recebe passe no meio, chuta de fora da área, Fábio espalma pra fora da área.
  • 06 – D’Alessandro recebe na entrada da área, gira sobre zagueiro, parte pela esquerda e chuta cruzado. Fábio defende.
  • 07 - Rua! Elton põe a mão na bola pra impedir um chapéu ap-licado por Wellington Paulista, na intermediária, recebe o 2º cartão amarelo e o vermelho.
  • 07’30” - Roger Galera cobra falta, bola bate na barreira e sai por cima do travessão.
  • 08 – Roger cobra escanteio pela esquerda, Juiz marca falta de Farías em Nei dentro da área.
  • 09 – Fabrício, do Inter, é acionado na esquerda do ataque, mas é desarmado por Vítor.
  • 10 - Oscar recebe falta na meia-esquerda, cobra, bola bate na defesa do Cruzeiro e sai pra escanteio.
  • 11 - D’Alessandro recebe passe na esquerda, cruza, bola sai à esquerda de Fábio.
  • 12 – Vítor ataca pela direita, toca pra Roger Galera, que é desarmado por Rodrigo Moledo.
  • 13 - Leandro Guerreiro comete falta em Oscar no meio de campo.
  • 14 - Baliza! Oscar toca pra Tinga na direita. Volante passa a busca Nei, na pequena área. O lateral arremata de carrinho e a bola acerta o travessão do arco celeste.
  • 15 - Roger Galera contra-ataca, chuta da intermediária, bola passa por cima do travessão.
  • 16 - Desperdício! Marquinhos Paraná parte em velocidade pela direita, cruza para a área, Farías tenta finalizar de primeira e a bola bate na rede pelo lado de fora
  • 17 - Troca! Leandro Guerreiro por Sandro Manoel.
  • 18 - Wellington Paulista disputa bola na linha de fundo com Rodrigo Moledo e ganha escanteio na direita. Roger Galera cobra, defesa afasta.
  • 19 - Cruzeiro ganha novo escanteio, Roger cobra, defesa afasta, Roger cruza novamente, bola sobra pra Farías na pequena área. Ele chuta pra fora.
  • 20 - Troca! Bolatti por Andrezinho.
  • 20’30” - Desperdício! Welington Paulista ajeita pra Victorino, que, dentro da área, arremata pra fora.
  • 21 - Defesaça! Andrezinho recebe passe na entrada da área pela esquerda, chute forte obrigando Fábio a fazer uma defesa difícil.
  • 22 - Amarelo! Wellington Paulista comete falta em Fabrício no campo de defesa do Inter.
  • 23 - Amarelo! Roger Galera por discutir com o juiz e tentar cobrar falta fora do local indicado.
  • 24 – Tensão! Inter não sente a ausência de Elton. Tinga joga pelos dois e equilibra a partida. Torcida celeste apreensiva. Gás do time está acabando.
  • 25 - Wellington Paulista cruza para Farías na área, o argentino cai, e a defesa do Inter retoma a posse de bola
  • 26 - Troca! D’Alessandro por João Paulo.
  • 27 - Troca! Gilberto por Zé Roberto.
  • 28 – Amarelo! Victorino por falta em Andrezinho na meia esquerda.
  • 29 - Ataque do Internacional, Nei tenta o cruzamento pela ponta-direita e Victorino chega por baixo para fazer o corte para escanteio, desperdiçado pelo Inter
  • 30 - Roger puxa contra-ataque do Cruzeiro pela esquerda, tenta o cruzamento e João Paulo faz o corte para o Inter
  • 30 - Troca! Ernesto Farías, cansado, por José Ortigoza.
  • 31 - Andrezinho cobra falta na intermediária para o Inter, Fábio espalma, Bolívar tenta o desvio de cabeça e a bola sai pela linha de fundo
  • 32 - Wagner Mancini muda novamente. Sai o meia Roger e entra o zagueiro Naldo
  • 33 - Cruzeiro perde a saída de bola para o Internacional, Oscar toca para Andrezinho que tenta o cruzamento e Naldo tira a bola na entrada da área do Cruzeiro
  • 34 - Cruzeiro ataca pela esquerda com Marquinhos Paraná, que toca no meio para Fabrício, mas a defesa do Inter chega antes e recupera a posse de bola
  • 35 - Wellington Paulista recebe passe em profundidade pela direita, a bola vai rápida e sai pela linha de fundo
  • 36 - Wellington Paulista recebe passe na direita, Rodrigo Moledo chega firme no atacante do Cruzeiro e recupera a posse de bola para o Inter
  • 37 - Ponte! Nei parte no ataque para o Internacional, cruza pela direita buscando Andrezinho e Fábio sai de ponte para fazer a defesa no meio da área
  • 38 - Fabrício puxa ataque pela ponta-esquerda para o Inter, Vítor chega firme, desarma o lateral colorado e ganha o tiro de meta para o Cruzeiro.
  • 38’30” – Tão combatido, jamais vencido! Torcida celeste canta o hino do clube.
  • 40 - Anulado! Diego Renan puxa ataque passa a Wellington Paulista, que deixa bola pra Ortigoza empurrar pra rede. Equivocadamente, Vicente Romano Neto marca impedimento.
  • 41 - Amarelo! Andrezinho comete falta na intermediária.
  • 41 - Rua! Mancini reclama da anulação do segundo gol celeste é é expulso.
  • 42 - Inter ganha escanteio, a bola chega na entrada da área para Bolívar que desvia de cabeça para Andrezinho na esquerda, chuta forte e Fábio faz boa defesa.
  • 43 - Juiz indica acréscimo de 4 minutos. Torcida celeste se irrita.
  • 44 - Cruzeiro tem a posse de bola na ponta-direita com Wellington Paulista, que recebe a falta
  • 45 - Amarelo! Zé Roberto por discutir com Diego Renan no campo de defersa do Inter. .
  • 45’30” – MVP! Wellington Paulista eleito melhor em campo pela equipe da Rádio Itatiaia.
  • 46 - Amarelo! Leo Simões por se envolver na confusão.
  • 46 - Amarelo! Fábio por fazer cera na cobrança de tiro de meta.
  • 47 - Amarelo! Fabrício por impedir contra-ataque do Inter.
  • 48 - Trapalhadas! Fabrício, do Inter, cruza, defesa celeste afasta, Diego Renan se atrapalha, Andrezinho também, Naldo limpa a área.
  • 48’30” - Bike! Fabrício recebe cruzamento na área, arremata de bicicleta, bola sai por cima do arco celeste.
  • 49 - Fim de jogo! Cruzeiro sobe do 17º para o 16º lugar com 37 pontos deixando a zona de rebaixamento. Inter fica no 10ª lugar com 51 pontos.

Vídeos

Gol com narração do Alberto Rodrigues

Atuações

  • Fábio – Fez um punhado de grandes defesa. e não errou uma só jogada. Perfeito. (Síndico)
  • Vítor – Começou mal, sem força nem inspiração pra executar as jogadas de ponta que lhe foram encomendadas pelo treinador. E sem ajudar na marcação. Com o tempo, melhorou seu desempenho cruzou algumas boals e voltou pra bloquear o ataque colorado. (Síndico)
  • Leo Simões – Firme no combate aos meias e ao atacante Gilberto, ainda ajudou Marquinhos Paraná a tomar conta de Oscar, o colorado mais perigoso. (Síndico)
  • Victorino – Melhor do que nas últimas partidas, conseguiu travar algumnas jogadas do ataque gaúcho, rebateu bolas perigosas e ainda apoiou o ataque. Pena ter perdido boa oportunidade de definir a partida no 2º tempo. (Síndico)
  • Naldo - Entrou pra bloquear o ataque do Inter e cumpriu sua obrigação. (Síndico)
  • Diego Renan - Bom no ataque com boas chegadas e arremates, claudicou na defesa concedendo espaços excessivos e, no fim, pisando na bola e se enrolando em jogadas perigosas do Inter. (Síndico)
  • Marquinhos Paraná - Correu feito garoto. Começou cumprindo dupla função: volante e lateral direito, sempre na cola de Oscar. Quando teve oportunidade, foi ao ataque, serviu Farias para um gol incrivelmente perdido pelo argentino. Em outra jogada, ele mesmo desperdiçou a chance ao não arrematar a jogada preferindo um passe, que deu em nada Um dos referentes do Cruzeiro. Como sempre, aliás. (Síndico)
  • Leandro Guerreiro – Jogou com a 10, uma honraria. Foi o volante que mais saiu pro jogo no início da partida. Além disto, combateu muito enquanto teve fôlego. Charles terá de esperar no banco outra chance, porque o cabeleira ganhou a posição nesse jogo. (Síndico)
  • Fabrício - Mesmo sem o brilho habitual, lutou, ajudou na marcação de Oscar e ainda arrisocu jogadas ofensivas. (Síndico)
  • Roger Galera – Acomodado no 1º tempo, teve ótimos momentos no começo do 2º, mas logo se cansou e teve de sair pra não comprometer a marcação. (Síndico)
  • Sandro Manoel - Bom na marcação, mas sem inspiração nas saídas para o jogo. (Síndico)
  • Ernesto Farias - Marcou gol de centroavante-centroavante, correu muito, voltou pra marcar, perdeu gol feito após serviço de Marquinhos Paraná, foi o 9 típico a atormentar a bequeira adversária. (Síndico)
  • Wellington Paulista - Jogou fora da área e deu trabalho à defesa colorada com arrancadas, cambalhotas, roubadas de bola, finalizações e a sensacional jogada de linha de fundo que resultou no serviço para o gol de Farias. Responsável pelos dois cartões amarelos do volante Elton, contribuiu para diminuir a força dos vermelhos. Foi sua melhor partida em 2011. (Síndico)
  • Ortigoza – Quando se imaginava que jogaria pelos lados, ficou no comando do atraque e marcou um gol, anulado pelo bandeira. Estava impedido? No estádio achei que não, mas sou suspeito. (Síndico)
  • Vagner Mancini – Arriscou apostando em Paraná pra marcar Oscar, que tem idade pra ser filho do Mestre. Arriscou mandando Vítor fgicar de plantão na ponta direita. Arriscou deixando no banco o melhor beque do elenco, Naldo. Arriscou não levando Elber para o banco. Mas teve sorte que lhe faltou em outras ocasiões com o bom entendimento da dupla Farías / WP, que lhe deu um gol decisivo. Na administração do resultado, foi preciso nas substituições. (Síndico)
  • Torcida – Lotou a Arena do Jacaré. Neste quesito, mereceu nota10. Passou boa parte do jogo calada, como sói acontecer nas ocasiões de casa cheia e jogo encardido. No fim, voltou a empurrar o time. Registre-se que TFC e Máfia Azul apoiaram o tempo todo. (Síndico)
  • Juiz & Bandeiras – O ghol de Ortigoza foi bem anulado? Não vi o replay ainda. Se foi, boa atuação do trio de arbitragem, se não foi, o danado do bandeira foi um sacana de primeira ao nos fazer sofrer desnecessariamente até o fim da partida. (Síndico)
  • Cruzeiro – Um time esforçado, mas inseguro. Lutador, mas sem muito fôlego. Comprometido, mas com pouca sorte. Desta vez, o ataque saiu-se bem com boas combinações, o meio de campo não criou, mas marcou bem, a bequeira espanou o que viou e o que não viu. Os alaterais alternaram bons e maus momentos. No fim, Diuego Renan deu duas pixotadas de matar a galera do coração. Se o entusiasmo for mantido, a salvezza estará garantida. (Síndico)
  • Internacional - Time entrosado, com bons jogadores -Tinga, Oscar, Dale, Fabrício e Gilberto foram destaques-, que sabe tocar a bola em progressão e cria grandes oportunidades de gol. Pra sorte do Cruzeiro, o treinador Dorival Júnior tirou Dale e mandou Tinga ficar plantado pra dar espaço ao criador Andrezinho. Foi uma colaboração e tanto com o campeão mineiro.

O que foi dito

  • Wellington Paulista, atacante do Cruzeiro: A gente não pode cair. Temos família, amigos que torcem or nós e todos sofrem. A gente se emociona porque não quer cair. Um time de tradição que é o Cruzeiro não pode cair. Vamos vibrar até o fim pra sairmos vitoriosos. O choro é de emoção e alívio. Vim da Toca da Raposa até aqui com vontade de chorar. Sabia que precisava vencer. Hoje, foi no coração e na raça! Minha família veio pro jogo. A gente fica emocionado pela situação, longe da família, longe da filha. Meu pai e minha namorada vieram, agora é comemorar.
  • Vagner Mancini, treinador do Cruzeiro: Vitória suada, sofrida, mas merecida. Jogamos melhor em boa parte do jogo, mas tivemos dificuldade por enfrentar uma equipe forte. Demos um passo importante rumo ao objetivo, que é sair das últimas quatro posições. Muita coisa boa foi vista em campo, alguns erros também. De certa forma, a torcida foi responsável, porque veio, incentivou e gritou. Também os atletas, que a gente sabe a importância que têm. Pra uma equipe numa situação dessas, as coisas ficam mais difíceis. O emocional acaba jogando contra. Neste momento, ganhar é sempre mais difícil. No calor do jogo, a emoção sobe. Gesticulei, mas não ofendi, não falei nada. Imagino que o bandeira fez um sinal ao Lúcio Flávio e ele me expulsou, nem quis saber o que era. São momentos em que a gente sofre por estar à margem do campo, vivendo emoção diferente. Charles e Anselmo vão se unir a estes 11. Daqui até o jogo contra o Avaí, vou reavaliar outros atletas. Leandro saiu de campo exausto. Espero que até quarta-feira ele esteja bem, porque foi taticamente fundamental. Se tiver de esperar Charles e Anselmo, ou outro jogador esperam. Neste momento, não pode existir vaidade. O cara tem de entender que o nome do Cruzeiro e a carreira de todos está à frente. Não quero adiantar, até pra não ficar coisa marcada, mas existe a chance de Guerreiro e Wellington seguirem entre os titulares.
  • Fábio, goleiro do Cruzeiro: O principal era a vitória, melhor ainda que a rodada nos favoreceu. Temos que ter os pés no chão e descansar, pois teremos outra batalha contra o Avaí. Não tem jogo fácil. Ja vimos até o líder com dificuldade pra enfrentar qualquer equipe. Esperamos conseguir mais uma vitória na quarta-feira.
  • Leandro Guerreiro, volante do Cruzeiro: Em toda minha vida de profissional, sempre fiz sacrifício. Nada que conquistei foi fácil. A gente sabe que tem mais um tempo até quarta para recuperar um pouco, vou estar melhor e vamos à luta. Se tiver que fazer muito mais sacrifício, vou fazer, principalmente pra honrar esta camisa. Nessa hora, vale o sacrifício. Quem acompanhou a gente lá em Atibai sabia que eu já tinha falado que nesse momento vale superação e força de vontade. Eu estava com medo deste jogo. Parecia minha estreia pelo Cruzeiro pela ansiedade que eu estava. Não sabia como ia ser, se ia aguentar até mesmo o 1º tempo. O joelho ainda incomoda. Tomei alguns medicamentos pra melhorar a dor. Fiquei feliz por ter ajudado o time a vencer. Nesse momento, é superação, esquecer tudo que tem fora. Vai ser mais difícil que o jogo do Inter, até pela situação do Avaí, que pra escapar tem de ganhar todos os jogos. Vai ser um jogo de vida ou morte pra gente e pra eles. Vai ser decidido no detalhe. Quem errar menos, vence. Estamos encarando esse jogo como o da nossa vida. É continuar com essa pegada. Se tivermos a determinação de hoje, sairemos com resultado positivo. Importante, independentemente de jogar bem, é ganhar.
  • Diego Renan, lateral-esquerdo do Cruzeiro: Com estes três pontos, demos uma respirada. Mas este é só o primeiro passo pra não voltarmos mais pra posição incômoda em que nos encontrávamos. Saímos de campo com a sensação de dever cumprido. Me arrisco a dizer que foi a vitória mais importante do ano. A reação contra o Inter foi só o começo. Quarta-feira teremos outra final pra disputar e precisamos entrar com a mesma mentalidade e disposição. Ficamos três dias em Atibaia e isso foi importante pra focarmos no trabalho. Além disso, encontramos o estádio cheio, tivemos apoio da torcida, que nos incentivou do início ao fim. Estamos muito felizes com a confiança de todos os cruzeirenses e buscaremos sair dessa situação o mais rápido possível.
  • Roger Galera, armador do Cruzeiro: Eu seria hipócrita se falasse que estava preocupado só com o nosso jogo, é lógico que não. Estávamos querendo que esses resultados ajudassem, eles ajudaram, mas queríamos fazer nossa parte também. Jogamos bem, tivemos coração e raça. É complicadíssimo jogar numa situação dessas, não jogamos tranquilos, é nervosismo 90 minutos, mas temos que controlar isso ao máximo pra jogar o que sabemos. Nesta semana, tudo foi positivo, o compromisso que a gente fez um com o outro, a alimentação, o descanso, tudo isso foi importante.
  • Dorival Júnior, treinador do Internacional: Tivemos apenas uma falha. O Internacional jogou, criou e buscou. Mesmo com um a menos não deu chances. É o acaso que está nos acompanhando e tem nos penalizado. Jogamos bem. Enquanto estávamos com onze em campo o time era melhor. Criamos oportunidades e tivemos bom volume de jogo no 1º tempo. Não concluímos e eles foram efetivos. Eu avisei desde o 1º tempo que o Fábio estava fazendo cera e o árbitro só deu cartão no fim? Por quê? Ele não tem critério nenhum!
  • Muriel, goleiro do Internacional: Tivemos muitas chances de fazer gol no 1º tempo, mas não conseguimos. No 2º, com um jogador a menos , ficou mais difícil. Jogamos de igual pra igual, mas não deu. A marcação estava certa, mas o jogador deles se antecipou e não deu pra evitar o gol.
  • Fabiano Bonetti, no Blog do Internacional: Na minha opinião, jogamos bem no primeiro tempo. Tivemos volume de jogo, criamos oportunidades, D’Alessandro armou, Gilberto concluiu. Tinga tentou. Oscar quase acertou, enfim, chegamos lá na frente, construímos. É óbvio que tomamos um gol por falha de marcação. Mais um e pasmem: no mesmo lugar. Olhe a grande área do Inter de cima e observem: levamos a maioria dos gols no mesmo lugar. Ninguém enxerga isso? As correções não são treinadas? O problema se repete, se repete e nada. Outra: de que adianta construir tanto e não concluir. Falta quem coloque a bola pra dentro. Futebol, minha gente, é feito de gols. E é exatamente isso que nós torcedores queremos: bola na rede. Precisando vencer o jogo e o nosso treinador tira o centroavante e o camisa 10 do time? Hoje o D’Alessandro se movimentou bem, participou, tentou fugir da marcação, não merecia ser substituído.
  • Mauro França, no PHD: Apareceu a luz no fim do túnel. Mais do que euforia, o sentimento depois desta suada e primordial vitória é de alívio. Até que enfim o time mostrou poder de reação e teve forças para buscar (e manter) o resultado. Espero que daqui pra frente, com a confiança restabelecida, possa buscar os pontos que faltam para evitar o rebaixamento. Considerações tecnicas e taticas hoje são secundarias. Mais importante é destacar a raça, a luta e o empenho dos jogadores.

Fontes

Transmissão

  • Sportv