Cruzeiro 1x0 Flamengo - 08/09/2013

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Bahia.png 1x3 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Goiás.png 1x2 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Brasileiro
Escudo Bahia.png 1x3 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Goiás.png 1x2 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 5x3 Escudo Vasco.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 1x0 Escudo Atlético-PR.png
Contra Flamengo
Escudo Flamengo.png 1x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Flamengo.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
1 × 0 Escudo Flamengo.png
Flamengo
19ª rodada do Campeonato Brasileiro 2013
Data: 8 de setembro de 2013 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 16h Estádio: Mineirão
Árbitro: Anderson Daronco Público pagante: 35.628
Assistente 1: Emerson Augusto de Carvalho Público presente: 37.466
Assistente 2: Nadine Schramm Câmara Bastos Renda: R$ 2.137.575,00 R$ 2.137.575
Cr$ 2.137.575
NCr$ 2.137.575
Cz$ 2.137.575
NCz$ 2.137.575
(preço médio: R$ 60,00 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Cruzeiro: Flamengo:
1. Fábio 48. Paulo Victor
2. Ceará 2. Léo Moura
26. Dedé 14. Wallace
33. Bruno Rodrigo 33. Samir
6. Egídio Cartão amarelo recebido aos 35  (1T) 35'  (1T)   Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 32. Mayke ) 27. André Santos
19. Nilton 5. Victor Cáceres Cartão amarelo recebido aos 4  (2T) 4'  (2T)  
31. Ricardo Goulart Cartão amarelo recebido aos 2  (2T) 2'  (2T)   Gol aos 8 do  (2T) 8'  (2T) 15. Luiz Antonio Substituição realizada 29'(2T) de jogo 29'(2T) ( 20. Carlos Eduardo )
16. Lucas Silva Cartão amarelo recebido aos 30  (2T) 30'  (2T)   7. Rafinha Substituição realizada 18'(2T) de jogo 18'(2T) ( 29. Nixon )
17. Éverton Ribeiro 8. Elias
41. Willian Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 40. Alisson ) 10. Gabriel Substituição realizada 30'(2T) de jogo 30'(2T) ( Bruninho Cartão amarelo recebido aos 37  (2T) 37'  (2T)   )
9. Borges Substituição realizada 2' (2T) de jogo 2' (2T) ( 11. Dagoberto ) 9. Hernane
Técnico: Marcelo Oliveira Técnico: Mano Menezes
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: Flamengo:

Pré-Jogo

Classificação: O Cruzeiro é o 1º, com 37 pontos, 11v, 4e, 3d, 41gp, 18gc, 23sd. O Flamengo é o 14º, com 22 pontos, 5v, 7e, 6d, 19gp, 22gc, -3sd.

Ausentes no Cruzeiro: Henrique (V), Martinuccio (M), Elber (M), Luan (A), Tinga (V), Victorino (B), lesionados.

Pendurados no Cruzeiro: Alisson (M), Dedé (B), Henrique (V), Leandro Guerreiro (V), Mayke (L), Souza (V), Tinga (V) e Vinícius Araújo (A).

Banco do Cruzeiro: Rafael Monteiro, Mayke, Leo Simões, Leandro Guerreiro, Souza, Alisson, Dagoberto, Lucca e Vinicius Araújo.

Ausentes no Flamengo: Marcos González (B), Marcelo Moreno (A), convocados por Chile e Bolívia, respectivamente, Felipe e Chicão (B), lesionados.

Pendurados no Flamengo: Elias (V), João Paulo (L) e Leonardo Moura (L).

Banco do Flamengo: César, Renato Santos, João Paulo, Diego Silva, Fernando, Carlos Eduardo, Nixon, Bruninho e Adryan.

Marcelo Oliveira, técnico do Cruzeiro: “Pra ser bem sincero, não encaro este jogo como revanche. Isso fica mais por conta de torcida. Nós profissionais temos que jogar um jogo final, um jogo decisivo, jogar forte e fazer gols.”

Mano Menezes, técnico do Flamengo: “É um jogo especial, por tudo o que aconteceu na Copa do Brasil. Vamos tentar repetir no Mineirão a atuação que tivemos no Maracanã, mesmo sabendo da qualidade do Cruzeiro e de todas as dificuldades.”

Juiz: Anderson Daronco (RS) apitou 4 partidas neste Brasileiro, nenhuma delas envolvendo Cruzeiro ou Flamengo. Médias: 5 amarelos, 0,25 vermelho, 0,25 pênalti e 38,7 faltas. Médias do Brasileiro 2013: 4,2 amarelos, 0,3 vermelho, 34,5 faltas e 0,2 pênalti.

Relevante: Jogando fora de casa o Flamengo tem 3 vitórias, 3 empates e 3 derrotas. São 12 pontos, contra 10 conquistados em casa.

Escrita: O Flamengo não vence o Cruzeiro em Belo Horizonte há 12 anos, desde o Brasileiro de 2001 quando venceu por 1×0 no Mineirão, gol de Roma. Nas últimas 10 partidas entre as duas equipes na capital mineira, o Cruzeiro venceu 9 e houve um empate. (GloboEsporte)

Transmissão: TV Globo para todo o Brasil, menos SP, PR (com exceção de Curitiba), PE e Belo Horizonte. O PremiereFC 3 exibe o jogo pelo sistema pay-per-view.

Público: O público médio do Cruzeiro em casa, é de 19.770. A expectativa é de o público de hoje seja o dobro.

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 12h53. Cruzeiro em campo, com uniforme tradicional e foguetório.
  • 15h54. Flamengo em campo com camisas tradicionais, calções negros e meias rubronegras.
  • 15h57. Começa o Jogo. Cruzeiro, à esquerda das cabines, dá a saída.
  • 00’30”. Willian chuta de longe, bola sai à esquerda do arco flamengo.
  • 01. Everton Ribeiro faz boa jogada, mas perde a bola na meialua.
  • 02. Borges e Ricardo Goulart tabelam, mas a defesa rubronegra consegue se safar do perigo.
  • 03. Willian passa de calcanhar, defesa flamenga corta.
  • 04. Borges e Ceará se chocam na área flamenga.
  • 05. Ceará esta fora de campo fazendo curativo no supercílio.
  • 05’30”. Cáceres derruba Egídio. Falta. Ceará volta a campo.
  • 06. Falta cobrada, Borges recebe a bola, mas está impedido.
  • 06’30. Falta de Gabriel em Dedé.
  • 07. Egídio cobra falta, Paulo Victor defende.
  • 08. Junior, comentarista da TV Globo: “O Flamengo até agora não conseguiu trocar três passes. O time encontra muita dificuldade.”
  • 09. Entusiasmo. Torcida celeste canta alto. Time responde ao incentivo atacando incessantemente.
  • 10. Egídio bloqueia cruzamento de Rafinha.
  • 11. Egídio cobra falta, bola quica em frente a Paulo Victor e sai pela linha de fundo.
  • 12. Nilton pede pênalti, num lance de área, Juiz manda o jogo seguir.
  • 13. Everton Ribeiro passa por André Santos e cruza, mas ninguém aparece pra arrematar.
  • 14. Rafinha é lançado na direita, Bruno Rodrigo protege a saída de bola pela linha de fundo.
  • 15. Bronca. Juiz vai à lateral do campo pra passar um pito em Menezes.
  • 16. Rafinha joga na ponta direita, tentando se aproveitar das subidas de Egídio ao ataque. Lucas Silva, na cobertura anula o flmenguista.
  • 17. Perdeu! Willian recebe passe de Everton Ribeiro, mas chuta fraco e Paulo Victor defende.
  • 18. Torcida celeste canta seu vasto repertório. Não para um minuto sequer.
  • 19. Ceará vai à linha de fundo, evita a saída de bola e cruza. Defesa flamenga corta.
  • 20. Domínio total do Cruzeiro, até aqui. O Flamengo se defende com tenacidade.
  • 21. Gabriel tenta um.drible e sofre falta na lateral.
  • 22. André Santos cobra a falta lateral, Dedé afasta mal, mas o ataque rubro-negro não aproveita a chance.
  • 23. Luiz Antonio chuta de longe, bola passa por cima do travessão.
  • 24. Everton Ribeiro invade a área, mas Paulo Victor é mais rápido e fica com a bola.
  • 25. Posse de bola: Cruzeiro, 59%..
  • 26. Willian cobra escanteio, Dedé sobe mais que a defesa flamenga, e cabeceia por cima do travessão.
  • 28′ Gabriel cruza para a área, a zaga desvia.
  • 29. Flamengo começa a se soltar e arriscar jogadas ofensivas.
  • 30. Defesaça! Paulo Victor corta bola cruzada sobre sua área, Everton Ribeiro fica com o rebote e chuta forte, de fora da área. O goleiro flamengo desvia bola pra escanteio com um tapa.
  • 31. Absenteísmo. Torcida flamenga comparece em número reduzido e permanece em silêncio desde o início do jogo.
  • 32. Finalizações: Cruzeiro 4×2 Flamengo.
  • 33. Destaque! Nadine Schramm Camara Bastos, a bandeirinha do lado oposto às cabines, é bonita, gostosa e competente.
  • 34. Amarelo! Egídio por falta em Hernane, no meiocampo.
  • 35. Raul Miranda Penna, no PHD: “Jogo muito parecido com o Cruzeiro x Santos. Muito marcado, time celeste cria pouco.”
  • 36. Falta a favor do Flamengo.
  • 37. André Santos cobra, Ceará corta.
  • 38. Rafinha recebe lançamento na direita, mas está impedido.
  • 39. Wagner Caetano, no PHD: “Cruzeiro tem posse de bola mas não cria muitas chances. As poucas são criadas por Everton Ribeiro. Ricardo Goulart ainda não está ajudando na criação.”
  • 40. Everton Ribeiro faz jogada individual e chuta. Bola passa longe do arco flamengo.
  • 41. Conflito! Integrantes da Máfia Azul e da Pavilhão Independente, organizadas do Cruzeiro, brigam do lado de fora do Mineirão. PM prende seis baderneiros e os leva pra delegacia instalada no estádio.
  • 42. Ceará cruza, Samir corta.
  • 43. Hernane recebe lançamento, mas está impedido.
  • 44. Quase! Lucas Silva vira o jogo da direita pra esquerda, Egídio cruza com muita curva, Samir corta de cabeça cedendo escanteio. Se a bola passa, Goulart faria o gol.
  • 45. Baliza! Egídio cobra escanteio pela esquerda, Nilton cabeceia, bola acerta o travessão flamengo. Elias e Paulo Vítor, debaixo do arco, só espiam a bola sair pela linha de fundo.
  • 45+1. Fim de 1º tempo. Cruzeiro dominou completamente.
  • Everton Ribeiro, meia do Cruzeiro: “Nosso time quer jogar, eles só se defendem.”
  • Elias, volante do Flamengo: “Vamos melhorar a armação no 2º tempo pra tentar fazer o gol.”

Segundo Tempo

  • 16h50. Noivado. Ivan pede Camila em casamento, diante das câmeras do Mineirão. “Tive a ideia, entrei em contato com o Marketing do Cruzeiro”, disse o noivo. “Fiquei muito emocionada”, disse a noiva.
  • 16h57. Times voltam a campo. Cruzeiro com Mayke em lugar de Egídio.
  • 16h59. Troca: Egídio x Mayke.
  • 17h0o. Começa o 2º tempo. Flamengo dá a saída.
  • 46. Paulo Victor não vê a bola vinda de escanteio, mas Dedé fura ao tentar o arremate.
  • 47. Ceará pass a Borges, que faz o pivô, Everton Ribeiro chega chutando, bola desvia em Samir e sai a escanteio.
  • 47’30”. Ceará joga na lateral esquerda, Mayke, na direita.
  • 48. Amarelo! Ricardo Goulart que, após driblar Paulo Victor n area flamenga, cai ao invés de chutar a bola pro gol vazio.
  • 49. Zagueirou bem! Rafinha passa por Nílton e Ceará e passa a Hernanes, que é prensado por Dedé, não conseguindo arrematar a jogada.
  • 50. Amarelo! Víctor Cáceres, por reclamação.
  • 51. Ceará desce pela esquerda e tabela com Everton Ribeiro, mas a defesa flamenga desfaz a trama.
  • 52. Lucas Silva chuta de fora da área, bola desvia na defesa e fica com Paulo Victor.
  • 53. GOL. Mayke cruza da direita, Ricardo Goulart cabeceia, bola acerta o poste esquerdo e volta pra ele empurrá-la pra rede, com a cabhota. Cruzeiro 1×0.
  • 54. Rafinha luta com Ceará na direita e passa a Leo Moura, que cruza. Bola sai do lado oposto.
  • 55. William derruba André Santos, que cobra falta. n ponta esquerda. Bola atravessa a área celeste e fica com Ricardo Goulart.
  • 56. Mayke desarma André Santos na lateral direita. Torcida comemora.
  • 57. Ceará desce pela meia esquerda, pedala na entrada da área e passa a Everton Ribeiro, que dribla vários marcadores dentro da área flamenga.
  • 58. Lucas Silva chuta de fora da área, bola passa por cima do travessão.
  • 59. André Santos cobra falta, na meiesquerda. Fábio defende, sem dificuldade.
  • 60. Baliza! Willian recebe passe de Borges, dentro da área, e chuta. Bola acerta o poste esquerdo do arco flamengo.
  • 61. Hernane ataca pela esquerda e cruza. Lucas Silva domina a bola e limpa a área celeste.
  • 62. Bruno Rodrigo desfaz ataque rubronegro.
  • 63. Dedé chuta, quase do meiocampo, Paulo Victor defende.
  • 64. Troca: Rafinha x Nixon.
  • 65. Defesaça! Nixon cruza da direita, Fábio espalma, bola acerta Mayke e volta pra defesa complicada do goleiro celeste.
  • 66. Torcida celeste pede Dagoberto, Marcelo Oliveira atende.
  • 67. Gabriel chuta da esquerda, bola passa longe do arco celeste.
  • 67’30”. Troca: Borges x Dagoberto.
  • 68. Cáceres vai ao ataque, mas se enrola e perde a bola, que Dedé espana.
  • 69. Luiz Antonio recebe passe de Gabriel e chuta, de fora da área. Bola passa por cima do travessão.
  • 70. Dagoberto recebe passe de Ribeiro e tenta encontrar Goulart dentro da área. Wallace rebate.
  • 70’30”. Dagoberto joga na pontesquerda, Ceará fica mais preso à marcação.
  • 71. Dagoberto cai perto da área e leva as mãos à cabeça quando o Juiz manda o jogo seguir.
  • 72. Finalizações: Cruzeiro 15×4 Flamengo.
  • 73. Everton Ribeiro faz outra bela jogada, pedalando na frente de seus marcadores e passa a Willian, que é desarmado dentro da área flamenga.
  • 74. Dagoberto comete falta de ataque, em Leo Moura.
  • 75. Trocas: Luiz Antonio por Carlos Eduardo, Gabriel x Bruninho.
  • 76. Amarelo! Lucas Silva, por falta em Bruninho.
  • 77. Everton Ribeiro cruza da direita buscando Ricardo Goulart, Wallace corta pra escanteio.
  • 77’30”. Everton Ribeiro cobra escanteio pela direita, Samir tira de cabeça. Escanteio.
  • 78. Por pouco! Ricardo Goulart sobe com André Santos, em bola de escanteio e cabeceia pra fora.
  • 79. Elias joga bola na área celeste, Dedé corta de cabeça.
  • 80. Posse de bola: Cruzeiro, 58%.
  • 81. Amarelo! Bruninho, por uma rasteira em Nílton, que puxava contrataque.
  • 82. Perdeu! Samir sai errado, Everton Ribeiro fica com a bola e passa a Ricardo Goulart, que chuta cruzado. Bola sai à direita do arco flamengo.
  • 83. Show! Torcida celeste não parou um minuto sequer de apoiar o time.
  • 84. Taco espirrou! Após boa jogada, Nixon dá um chute bisonho, na entrada da área celeste.
  • 85. Troca: Willian x Alisson.
  • 86. André Santos chuta rasteiro, bola sai pela linha de fundo.
  • 87. Everton Ribeiro avança rumo à área celeste, mas é prado por Cáceres, com falta.
  • 88. Nílton cobra falta rolando a bola pra Goulart, que arremata. Paulo Victor cede escanteio.
  • 89. Defesaça! Everton Ribeiro coloca Goulart na cara do gol. Paulo Victor sai do arco e faz defesa heroica.
  • 89’30”. Três minutos de acréscimo.
  • 90. Ricardo Goulart recebe passe de Everton Ribeiro e passa Mayke, que não consegue finalizar.
  • 90’30”. MVP. Everton Ribeiro, por ter infernizado a defesa flamenga. Ceará e a torcida também tiveram atuação destacada.
  • 91. Leo Moura, do meio de campo cobra falta jogando a bola na área flamenga. Bruno Rodrigo rebate.
  • 92. Flamengo trama jogada em frente à área celeste. Dedé rebate com um chutão.
  • 93. Fim de jogo. Placar foi econômico. Cruzeiro poderia ter goleado, se caprichasse mais nas finalizações.
  • NÚMEROS: Finalizações: Cruzeiro 18×5. Desarmes: Cruzeiros 18×16. Faltas: Cruzeiro 24×20. Passes errados: Flamengo 35×28. Defesaças: Paulo Victor 3×1 Fábio.

Vídeos

Melhores momentos
Gol

Atuações

  • Torcida Celeste não compareceu na quantidade que a ocasião exigia, mas teve participação fundamental pra fazer do jogo um espetáculo. Foi argentina do começo ao fim.
  • Fábio só precisou fazer uma defesaça. De resto, foi correto em todas as intervenções.
  • Ceará fez uma partidaça, tanto na marcação quanto no apoio, na direita ou na esquerda, no primeiro e no segundo tempo.
  • Mayke joga sempre bem, porque não é afoito, não tem medo de atacar, não demora a reocupar sua posição. E, nesse jogo, teve sorte, pois quando a bola o carimbou na pequena área, Fábio evitou o autogol.
  • Dedé, soberano pelo alto, decidido nas bolas rasteiras, marcadr implacável, rápido e preciso nos botes. Partidaça.
  • Bruno Rodrigo, sóbrio e preciso como sempre.
  • Egídio teve de enfrentar o arisco Rafinha, escalado, em vão, pra não permitir que ele atacasse. Atacou e deixou a cobertura pra Lucas Silva. Saiu no intervalo, por estar amarelado.
  • Nilton voltou com tudo. Duro na marcação, decidido no apoio. Carimbou o travessão flamengo com uma cabeçada no final do primeiro tempo.
  • Lucas Silva jogou como veterano. Marcelo Oliveira corrigiu suas antigas deficiências (falta de tranquilidade pra passar a bola quando acossado e a excessiva distância na marcação). Com a evolução técnica, aprecem outras valência de seu jogo, como as viradas de bola e os tiros de média e longa distância.
  • Everton Ribeiro estraçaiou! Com deslocamentos, dribles e passes perfeitos, deixou tonta a defesa flamenga.
  • Ricardo Goulart fez um gol e perdeu outro, mas sempre com boa participação, seja como meia, seja como centroavante.
  • Willian ouviu seu nome gritado pela torcida ao sair do jogo. Com justiça, pois trabalhou muito e corretamente, atacando ou recompondo a marcação. Só faltou o gol, que a baliza flamenga impediu, no 2º tempo.
  • Alisson, como sempre, entrou buscando jogo, sem se importar com quantos minutos restam à partida.
  • Borges trabalhou bastante, mas não teve chance clara de gol. Fez um pivô, que quase provoca um gol de Everton Ribeiro.
  • Dagoberto, pedido pela torcida, entrou mais calmo, desta vez, mas não conseguiu criar grandes jogadas.
  • Marcelo Oliveira escalou e substituiu acertadamente. E o time voltou a jogar bem, impondo-se e amedrontando o adversário o tempo todo.
  • Juiz & Cia. não erraram. Pelo menos, nada que valha a pena comentar. E a Nadine, bandeirinha catarinense, é ótima.
  • “Rádias”, agora, todas elas estão no meu celular e a um clique do rodízio. Na Itatiaia, Albertinho continua reclamando mais do que narrando, Na CBN, Pequetito, a toda hora, pedindo que a torcida apoie o time? Mais? Impossível. Na 98, o mesmo clima descontraído de sempre, mas sem agilidade nas informações.
  • Cruzeiro impôs-es o tempo todo e criou boas oportunidades contra um time muito concentrado na defesa.
  • Flamengo respeitou mais o Cruzeiro do que o fizera no Maracanã. Lá, foram dois pontas, aqui, só Rafinha. Que foi controlado por Egídio, Lucas e Ceará. Acuado, não criou oportunidades claras de gol. No final das contas, após duas bolas na baliza e outros tantos lances de perigo em sua área, a drerota pelo placar mínimo é pra ser comemorada.

O que foi dito

  • Marcelo Oliveira, treinador do Cruzeiro: Hoje, 1×0 é goleada. Cria-se um drama, porque o time foi superior, mas poderia levar um gol. O ideal seriam dois gols pra ter mais tranquilidade, mas pelas dificuldades, às vezes tem de se conviver com isso. O torcedor teve comportamento que nos contagiou, cantando, empurrando, entendendo que o time estava retribuindo. O jogo até poderia ser diferente se tivéssemos feito o gol mais cedo. Fica a satisfação e alegria por mais uma vitória, por permanecer na frente, com margem de 4 pontos. No intervalo do 1º pro 2º tempo, cobrei mais movimentação pra sair da marcação. Precisávamos tocar mais a bola pros meias e pros laterais. Se fizéssemos o segundo gol teríamos mais tranquilidade no final. De qualquer forma, foi uma vitória diante de um Flamengo que marcou muito e propôs o contrataque. O elenco é bom, mas tem uma combinação que faz fluir o trabalho: estrutura do clube, bom ambiente de trabalho e união. Quando se tem jogadores importantes e de qualidade que em algum momento ficam de fora da lista, acontece de ter vaidade. Em oito meses não tivemos problema com isso. Todo mundo se prepara pra ajudar a equipe. A estrutura que o clube dá aos profissionais, de conforto, é muito boa. Além da tradição e grandeza do Cruzeiro, há muito trabalho. Nada se consegue sem sacrifício.
  • Willian, atacante do Cruzeiro: Nosso objetivo era a vitória e a liderança. Não tem nada que ficar pensando no jogo da Copa do Brasil. Isso é página virada. O importante é que o Cruzeiro fez um bom jogo, conseguiu a vitória e estamos na liderança.
  • Borges, centroavante do Cruzeiro: Jogo muito difícil. O Flamengo veio com uma postura diferente da última partida, totalmente fechado A gente não estava tendo espaços, mas, graças a Deus, num lance que a gente teve a posse de bola, o Ricardo Goulart entrou na área, fez o gol e nos garantiu a vitória. Essa vitória vai fazer muita diferença lá na frente.
  • Mano Menezes, treinador do Flamengo: Hoje, o é melhor que o Flamengo e a dificuldade que tivemos foi em função disso. Os jogadores se doaram, fizeram o que pedi taticamente, mas não começamos bem, não conseguimos trocar três passes. Quando isso acontece, você sofre mais. Existe uma diferença entre as equipes. Quando sofremos o gol, tentei deixar o time mais ousado, mas a bola não chegou com a qualidade. Eles não deixaram e nós não tivemos competência. Temos que evoluir muito, mas o resultado é normal. O que não foi normal foi domingo passado.
  • Bob Faria, comentarista da TV Globo: O Cruzeiro teve mais volume de jogo no 1º tempo, mas não foi tão cuidadoso, errando o último passe, o Egídio errando muito pela esquerda, a bola não chegava pra Borges. No 2º tempo, o time foi muito melhor, acertou passes, foi mais rápido, mais eficiente. O Flamengo tentou sair pro jogo, não conseguiu espaço, ficou preso na marcação.
  • Silvério Cândido, no PHD: É hora de calçar as sandálias da humildade. O Cruzeiro não deve se iludir com as opiniões e críticas favoráveis. Deve é continuar calando a boca da imprensa e dos incrédulos. A união do grupo, como bem ressaltou o Marcelo Oliveira, é fundamental para buscara as vitórias, passo a passo. Cada jogo, uma decisão! Esta é a receita pra campeonar.

Fontes

Transmissão

  • PPV