Cruzeiro 1x0 Atlético-MG - 19/11/2023

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Cruzeiro.png 6x0 Escudo Nacional-VRB.png Gol aos do Escudo Atlético Nacional.png 0x1 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Mineiro Feminino
Escudo Cruzeiro.png 6x0 Escudo Nacional-VRB.png Gol aos do Última ficha →
No estádio Independência
← Primeira ficha Gol aos do Última ficha →
Contra Atlético-MG_Fem
Escudo Cruzeiro.png 1x0 Escudo Atlético-MG.png Gol aos do Última ficha →

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
1 × 0
Escudo Atlético-MG.png


Placar
Cruzeiro_Fem 1-0 Atlético-MG_Fem
Súmula/Borderô não disponível

Informações

Data: domingo, 19 de novembro de 2023 às 15:50
Local: Belo Horizonte, MG
Estádio: Independência


Público e Renda

Público pagante: Não disponível
Público Presente: Não disponível
Renda Bruta: Não informado


Escalações

Cruzeiro_Fem
31. (T) Taty Amaro Cartão amarelo recebido aos 48  (2T) 48'  (2T)  
23. (T) Isa Fernandes Cartão amarelo recebido aos 16  (2T) 16'  (2T)  
14. (T) Ambrozio
99. (T) Paloma Maciel
  6. (T) Ana Clara
  8. (T) Rafa Andrade
27. (T) Mari Pires
20. (T) Marília
95. (T) Gaby Soares Substituição realizada 40' (2T) de jogo 40' (2T) ( 13.(R) Rebeca Costa )
18. (T) Maii Maii Substituição realizada 18' (2T) de jogo 18' (2T) ( 17.(R) Larissa )
10. (T) Byanca Brasil Cartão amarelo recebido aos 23  (2T) 23'  (2T)   Gol aos 22 do  (2T) 22'  (2T)
Técnico: Icone-Treinador.png Jonas Urias

Atlético-MG_Fem
  1. Raissa
  4. Karol Arcanjo Cartão amarelo recebido aos 24  (1T) 24'  (1T)  
  5. Karol Bermúdez Substituição realizada 25' (2T) de jogo 25' (2T) ( 26. Pavi )
  6. Katielle Cartão amarelo recebido aos 11  (2T) 11'  (2T)   Substituição realizada 12' (2T) de jogo 12' (2T) ( 14. Bárbara )
  8. Dayana Cartão amarelo recebido aos 33  (2T) 33'  (2T)  
  9. Ludmila Substituição realizada 12' (2T) de jogo 12' (2T) ( 18. Ingrid Guerra )
10. Lu Gómez
11. Soraya
19. Layza
21. Emily Substituição realizada 40' (2T) de jogo 40' (2T) ( 15. Iara )
99. Neném Substituição realizada 40' (2T) de jogo 40' (2T) ( 17. Spindler )
Técnico: Vantressa Ferreira


Reservas que não entraram na partida

Cruzeiro_Fem
1. (B) Luana Guitarrari
21. (B) Sara Piveta
4. (B) Camila Arrieta
15. (B) Janaína
16. (B) Anna Luiza
23. (B) Carol Soares
11. (B) Rita Bove
19. (B) Tipa
9. (B) Carol Baiana
48. (B) Pâmela

Atlético-MG_Fem
12. Nicole
3. Cotrim
7. Rafa
13. Coutinho
20. Gabi Arcanjo
22. Raiara
25. Camilla

Uniforme do jogo[editar]

                     Kit left arm cruzeiro 23-1.png Kit body cruzeiro 23-1.png Kit right arm cruzeiro 23-1.png                     
Kit shorts cruzeiro 23-2.png
Kit socks faixa alta azul.png


Vídeos[editar]

Jogo Completo

Confusão dos cartões[editar]

Aos 2 minutos do 2º tempo, o árbitro da partida, Richard Michel Lara Arruda, apontou penalidade para o Cruzeiro por um toque de mão fora da área da jogadora Dayana, no Atlético. Foi corrigido por sua assistente, que indicou corretamente a falta fora da área. No entanto, aplicou o cartão amarelo para a atleta do Atlético.

Posteriormente, aos 33 minutos, a mesma Dayana cometeu uma falta sobre Rafa Andrade e recebeu novamente o cartão amarelo, mas não o vermelho. Consultado pela árbitra reserva pelo rádio, o juiz disse equivocadamente que o primeiro cartão tinha sido aplicado para a jogadora Katielle.

No entanto, a própria Katielle também cometeu uma falta aos 11 do 2º tempo que teve como consequência um cartão amarelo, e que portanto seria o segundo amarelo, considerando o que próprio juiz do jogo alegou. Mas, na súmula, o árbitro disse que o cartão que ele pensava ter sido anotado para a Katielle (que na verdade foi para a Dayana) não foi sequer anotado.

Portanto, nenhuma das duas jogadoras foi oficialmente advertida no lance do pênalti, apesar das imagens mostrarem claramente a aplicação do cartão para a jogadora número 8, Dayana. O Atlético, que deveria jogar pelo menos desde o 33 minutos do 2º tempo com uma a menos, seguiu com as onze em campo até o final.

Para a sorte do juiz e da Federação Mineira, Taty Amaro defendeu um pênalti aos 50 minutos, que se convertido levaria a decisão para as penalidades e poderia alterar o resultado da partida e do campeonato.