Cruzeiro 1x0 Atlético-MG - 03/06/1990

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Rio Branco-MG.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 0x0 Escudo Goiás.png
Por Campeonato Mineiro
Escudo Rio Branco-MG.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 1x0 Escudo Rio Branco-MG.png
No estádio Mineirão
Escudo Atlético-MG.png 2x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 0x0 Escudo Goiás.png
Contra Atlético-MG
Escudo Atlético-MG.png 2x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Atlético-MG.png 2x0 Escudo Cruzeiro.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
1 × 0
Escudo Atlético-MG.png



Informações

Data: 3 de junho de 1990 às 17:00
Local: Belo Horizonte, MG
Estádio: Mineirão

Árbitro: Márcio Rezende de Freitas
Assistente 1: Raimundo Divino
Assistente 1: José Eugênio


Público e Renda

Público pagante: 90.145
Público Presente: Não disponível
Renda: Cr$ 8.368.737,00 R$ 8.368.737 <br />Cr$ 8.368.737 <br />NCr$ 8.368.737 <br />Cz$ 8.368.737 <br />NCz$ 8.368.737 <br /> (preço médio: Cr$ 92,84 )


Escalações

Cruzeiro
  1.  Paulo César
  2.  Balú
  3.  Gilson Jáder
  4.  Adilson Batista
  5.  Paulo César Carioca
  6.  Ademir
  7.  Paulo Isidoro
10.  Careca  Gol aos 10 do  (2T) 10'  (2T)
  9.  Heyder
  8.  Hamilton Substituição realizada 40' (2T) de jogo 40' (2T) ( Roberson )
11.  Édson
Técnico: Ênio Andrade

Atlético-MG
  1. Rômulo
  2. Neto
  3.  Cléber
  4. Paulo Sérgio
  5. Paulo Roberto
  6. Éder Lopes
  7. Marquinhos
  8. Edu Substituição realizada 15'(2T) de jogo 15'(2T) ( Aílton )
  9. Milton Substituição realizada 36j2'(T) de jogo 36j2'(T) ( Ryuler )
10. Gerson
11.  Éder Aleixo
Técnico: Arthur Bernardes


Reservas que não entraram na partida


Após cada rival vencer um dos turnos da competição, o Estadual de 1990 foi decidido em partida única, disputada em 3 de junho de 1990, no Mineirão. Naquela tarde de domingo, o estádio recebeu mais de 90 mil pagantes e eram quase 100 mil os presentes.

O Atlético, campeão em 1988 e 1989, buscava seu segundo tri na Era Mineirão, exatamente uma década após o primeiro. O Cruzeiro tentava encerrar com a taça sua pior década na história do Gigante da Pampulha.

Um escanteio cobrado pelo ponta esquerda Edson, da direita, encobriu toda a defesa atleticana. A bola não foi alcançada pelo goleiro Rômulo e encontrou Careca sozinho, no segundo pau. Com uma cabeçada para o chão, o camisa 10 cruzeirense estufou a rede adversária[1].

Fotos[editar]

19900603 Campeonato-Mineiro.jpg
Time campeão antes do início de jogo.
De pé: Paulo César, Gilson Jader, Adilson Batista, Balu, Roberson e Eduardo
Agachados: Heider, Paulo Isidoro, Luiz Gustavo, Careca e Édson

(Crédito: Autor Desconhecido)
19900603 Campeonato-Mineiro-1.jpg
Gol de Careca
(Crédito: Autor desconhecido)

Referências[editar]