Cruzeiro 0x1 Vasco - 26/11/2017

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Vitória.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Botafogo.png 2x2 Escudo Cruzeiro.png
Por Campeonato Brasileiro 2017
Escudo Vitória.png 1x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Botafogo.png 2x2 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 2x2 Escudo Avaí.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 2x0 Escudo Tupi.png
Contra Vasco
Escudo Vasco.png 0x3 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 0x0 Escudo Vasco.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
0 × 1 Escudo Vasco.png
Vasco
37ª rodada do Campeonato Brasileiro 2017
Data: 26 de novembro de 2017 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 17h Estádio: Mineirão
Árbitro: Raphael Claus Público pagante: 12.212
Assistente 1: Emerson de Carvalho Público presente: 14.930
Assistente 2: Alex Ang Ribeiro Renda: R$ 256.355,00 R$ 256.355 <br />Cr$ 256.355 <br />NCr$ 256.355 <br />Cz$ 256.355 <br />NCz$ 256.355 <br /> (preço médio: R$ 20,99 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Cruzeiro: Vasco:

12. Rafael 1. Martin Silva
29. Lucas Romero 2. Madson
3. Léo Cartão amarelo recebido aos 38  (2T) 38'  (2T)   3. Paulão Gol aos 20 do  (1T) 20'  (1T)
28. Digão 4. Anderson Martins
17. Bryan Cartão amarelo recebido aos 6  (2T) 6'  (2T)   5. Wellington Cartão amarelo recebido aos 5  (2T) 5'  (2T)  
16. Lucas Silva Substituição realizada 10' (2T) de jogo 10' (2T) ( 11. Alisson ) 6. Henrique Cartão amarelo recebido aos 43  (2T) 43'  (2T)  
8. Henrique 7. Evander Substituição realizada Intervalo de jogo Intervalo ( 14. Jean )
19. Robinho Substituição realizada 28' (2T) de jogo 28' (2T) ( 14. Judivan ) 8. Yago Pikachu
30. Thiago Neves Cartão amarelo recebido aos 34  (2T) 34'  (2T)   10. Nenê Substituição realizada 23'(2T) de jogo 23'(2T) ( 17. Mateus Vital )
70. Rafinha 11. Paulinho Substituição realizada 16'(2T) de jogo 16'(2T) ( 20. Wagner )
10. De Arrascaeta 9. Andres Rios
Técnico: Mano Menezes Técnico: Zé Ricardo
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: Vasco:

Pré-Jogo

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 16h53 TIMES EM CAMPO. Cruzeiro todo de azul, Vasco de branco, com faixa diagonal preta na camisa.
  • 16h55 HINO Nacional.
  • 16h59 UM MINUTO de silêncio em homenagem à Chapecoense.
  • 17h COMEÇA o jogo. Cruzeiro, à direita das tribunas. Vasco dá a saída.
  • 01 PÚBLICO ocupa 20% dos lugares do Mineirão.
  • 02 Times tocam a bola e erram passes.
  • 03 Neves tenta chutar, Paulão trava.
  • 04 Nenê erra o passe, Arrascaeta sai na cara do gol, Martín Silva chega antes e pega a bola.
  • 23 Vasco não vence o cruzeiro no Mineirão desde 2000.
  • 05 Erros de passe é problema recorrente do Vasco nos últimos jogos.
  • 06 Neves é lançado em profundidade, Anderson intercepta o passe perto da área do Vasco.
  • 07 Anderson sai jogando errado. Vasco tomou gol assim nos últimos 3 jogos.
  • 08 Lucas Silva chuta de longe, bola explode na defesa vascaína.
  • 09 Cruzeiro começa com mais posse de bola e constrói as melhores jogadas.
  • 10 Primeira falta do jogo: Bryan em Pikachu.
  • 11 Nenê cruza, Rios cabeceia, bola não vai em direção ao gol. Bola fica com o Cruzeiro.
  • 12 Paulão, Evander e Wellington conversam buscando ajustar a marcação.
  • 13 QUASE! Robinho tabela com Arrascaeta e chuta de prima. Bola passa raspando a baliza de Martín.
  • 19 Vasco com linhas de marcação avançadas. Dificultando a saída de bola do Cruzeiro.
  • 14 Anderson e Henrique cobram marcação de Paulinho, após bom ataque do Cruzeiro.
  • 15 Evander tenta arrematar, mas é travado por Leo.
  • 16 Cruzeiro nervoso no jogo, errando passes bobos no ataque e facilitando o trabalho do Vasco.
  • 17 Lucas Silva chuta de longe, bola passa por cima do travessão.
  • 18 Romero atuando bem pelo lado direito.
  • 20 GOL. Nenê cobra corner na direita, Paulão aparece na corrida e cabeceia, no primeiro poste, deslocando Rafael. VASCO 1×0.
  • 21 1º Gol de Paulão neste Brasileiro.
  • 22 Cruzeiro jogava melhor, criava chances de gol, enquanto o Vasco só se defendia.
  • 24 Robinho cobra falta, Digão cabeceia pra fora.
  • 25 TERCEIRO UNIFORME já cansou. Tem nada a ver coma tradição celeste. Já pode ser aposentado.
  • 26 Nenê erra passe na meiuca acabando com ataque vascaíno.
  • 27 ORGANIZADAS: Rapozama, Geral, Pavilhão, FanatiCruz, Cachazeiros, Motozeiros, Jovem e Máfia estão presentes.
  • 28 EMPENHO. Bryan se esforça muito. Quer descolar seu lugar no elenco de 2018.
  • 29 Neves ajeita e Arrascaeta chuta. Bola desvia em Anderson e sai raspando a baliza vascaína.
  • 30 BATUQE. Torcida Celeste só espia o jogo. barulho quem faz é a rapaziada do batuque.
  • 31 EM CIMA DA RISCA! Arrascaeta recebe de Rafinha e chuta rasteiro. Bola passa por Martín, mas não pelo lateral-esquerdo Henrique, que tira em cima da risca.
  • 32 Vasco vence, mas sofre com marcação ruim.
  • 33 Nenê chuta de fora da área, bola se perde no espaço.
  • 34 Pikachu insiste na jogada individual e perde a bola.
  • 35 DECISIVO. Nenê, o craque do Vasco, fez a jogada do gol e mais nada. Nem está precisando.
  • 36 Rafinha recebe na cara do gol, mas o bandeirinha marca impedimento.
  • 37 BRONCA. Rafinha não gosta da marcação do bandeira e reclama muito.
  • 38 DESARMES: Cruzeiro 5×4.
  • 39 Romero erra cruzamento, mandando a bola diretamente pra fora.
  • 40 PERDEU. Neves recebe lançamento de Robinho, domina e chuta. Bola passa por cima do travessão.
  • 41 Vasco dá espaço na defesa. Cruzeiro ataca com facilidade.
  • 42 Falta de Paulão em Arrascaeta na entrada da área.
  • 43 Neves rola pra Robinho, que chuta bola na barreira.
  • 44 Robinho levanta a bola pra Rafinha, que não a alcança.
  • 45 Cruzeiro finalizou 11 vezes, com 3 chances de marcar gol.
  • 46 Torcida Celeste desanimada. Vascaína canta alto.
  • 47 FIM de 1º tempo.

Segundo Tempo

  • 18h02 COMEÇA o 2º tempo. Cruzeiro dá a saída.
  • 46 TROCA. Evander x Jean
  • 47 Bryan cruza e Martín Silva manda para escanteio. Na cobrança, o goleiro do Vasco fica com a bola sem dificuldades.
  • 48 Zé Ricardo viu problema na marcação e mexeu. Jean substitui Evander para tentar corrigir a questão.
  • 49 Neves escorrega e faz falta em Anderson Martins.
  • 50 Cartão amarelo para Wellington por falta em Rafinha.
  • 51 AMARELO. Bryan, por falta em Nenê.
  • 53 Nenê tenta jogada ensaiada em cobrança de falta, mas toca forte demais. Henrique não alcança e a bola sai pela linha de fundo.
  • 55 TROCA. Lucas Silva x Alisson.
  • 56 Mano deixa o time ofensivo, tirando um volante e colocando um meia.
  • 57 Arrascaeta toca e Thiago Neves não domina. Martín Silva fica com a bola.
  • 60 Telão anuncia virada do Corinthians sobre o Atlético-MG – e vascaínos e cruzeirenses comemoram juntos.
  • 61 TROCA. Paulinho x Wagner
  • 62 Martín salva o Vasco em nova jogada que nasceu de erro do time. Torcida grita o nome do goleiro.
  • 63 MARTÍN! Rafinha faz linda jogada pela direita e acha Arrascaeta na área. O camisa 10 chuta e Martín salva com o pé.
  • 65 Vasco começa a recuar demais. A ver se consegue segurar a pressão do Cruzeiro. #trmineirao
  • 66 Panorama do jogo segue o mesmo no segundo tempo. O Cruzeiro pressiona e o Vasco se defende.
  • 68 Nenê x Mateus Vital
  • 69 Nenê sai aplaudido pela torcida vascaína.
  • 70 Torcedores vascaínos pedem a entrada de Paulo Vitor.
  • 71 SÓ DÁ CRUZEIRO. Thiago Neves cruza e Anderson Martins tira a bola na hora que Digão ia empatar o jogo!
  • 72 Torcida Celeste acorda e canta alto pra empurrar seu time.
  • 74 QUASE! Rios deixa Pikachu na cara do gol, mas o laterasl chuta fraco e Romero salva quase em cima da linha. Na sequência, Mateus Vital chuta fraco e Rafael defende.
  • 75 TROCA. Robinho x Judivan
  • 76 CONTRATAQUE carioca, Pikachu bateu na saída de Rafael, mas Romero foi bem na cobertura e tirou a redonda dentro da pequena área.
  • 77 Martín Silva recebe atendimento. Em um lance anterior, ele se chocou com os zagueiros do Cruzeiro.
  • 78 Zé Ricardo, nervoso, gesticula muito pra seus jogadores.
  • 79 AMARELO. Neves, por falta em Henrique.
  • 81 DEFESAÇA de Martín Silva em bola cabeceada por Digão.
  • 82 DEFESAÇA. Henrique pega sobra de corner e chuta da pequena área. Martín Silva defende. Foi um milagre!
  • 82 NEVES decepciona 1.237.690 cartoleiros que o escalaram.Está com -3,10.
  • 83 AMARELO. Leo, por reclamação.
  • 84 Vasco marca mal as laterais e tem que se virar pra cortar bolas aéreas.
  • 85 Cruzeirenses ainda pediram pênalti num lance em que Judivan chutou a bola na mão do zagueiro Anderson Martins. Raphael Claus não concordou.
  • 86 AMARELO. Leo, por pedir pênalti.
  • 86 Torcida Cruzamaltina, depois de bom tempo calada, se reanima e vaia pressão do Cruzeiro.
  • 87 CONTRATAQUE vascaíno, após passe errado de Digão: Vital recebe na esquerda, demora a cruzar, Leo corta.
  • 88 AMARELO. Henrique, por falta em Rafinha.
  • 89 Vasco segurar bola no ataque.
  • 90 Cinco minutos de acréscimos.
  • 91 DEFESAÇA. Vital chuta forte da entrada da área, Rafael faz defesa difícil.
  • 92 Torcida Cruzmaltina canta: “Ih, Libertadores qualquer dia estamos aí!”
  • 93 Vasco entra no G7, com 53 pontos. Botafogo pode retomar posição na segunda contra a Sep.
  • 94 Cruzeiro finalizou 19 vezes.
  • 95 FIM de jogo.

Vídeos

Coletiva pós jogo

Atuações

  • TORCIDA CELESTE compareceu em quantidade de Campeonato Mineiro e não esteve muito atuante. Delegou o barulho à batucada das organizadas e só deu uma colher de chá ao time, aos 72, após jogada de Rafinha que resultou em escanteio.
  • RAFAEL não teve culpa no gol e fez uma defesa difícil no apagar das luzes.
  • ROMERO salvou um gol e quase entregou outro. Foi pouco incomodado na lateral, mas quando o foi safou-se bem.
  • LEO, soberano na defesa, foi ao taque várias vezes conferir bolas de escanteio. E ainda deu prensa no juiz, por um suposto pênalti não marcado. Tomou amarelo, mas mostrou que não estava jogando de brincadeirinha.
  • DIGÃO cometeu um ou outro erro, mas acertou muito mais, inclusive nas subidas ao ataque, quando levou perigo ao arco vascaíno.
  • BRYAN esforçou-se bastante, buscou jogo, tentou de tudo pra aparecer. Chutou de longe, a bola sumiu, levou bronca do técnico. Tentou cobrar uma falta, os caciques não permitiram. Valeu pelo esforço.
  • LUCAS cumpriu os protocolos da volância, com capricho nos passes, mas sem ousadia. Saiu mais cedo porque o técnico precisava reforçar o ataque.
  • HENRIQUE jogou bem, cumpriu sua missão de volante foi ao ataque tentar marcar um gol, o que quase conseguiu.
  • ROBINHO não estava em seus melhores dias. Criou pouco.
  • RAFINHA, trabalhador, criou jogadas pelos dois lados do ataque. E aí da mudou a marcar. Está se tornando o 12º titular.
  • NEVES não teve apagão físico, manteve o rotim até o fim, mas não conseguiu o arremate decisivo.
  • ARRASCAETA foi o mais criativo, o que mais buscou o jogo, mas também o que mais teve motivos pra se emputecer com o goleiro Martín Silva, conforme nos informou Thiago Neves na saída de campo.
  • ALISSON esforçou-se, mas não fez uma jogada decisiva.
  • JUDIVAN jogou pouco tempo e não teve oportunidade pra finalizar.
  • MANO escalou corretamente, fez as mudanças necessárias, mas não obteve resposta do time. Na coletiva, reclamou da falta de um centrovante. Ah, é? Tá bom, viu!?…
  • CRUZEIRO martelou o tempo todo, mas não teve capacidade pra marcar gol. Pelo menos quatro oportunidades claras foram desperdiçadas.
  • VASCO criou duas oportunidades e fez um gol. De resto, entulhou a área pra dificultar as finalizações do Cruzeiro. O goleiro Martin e os defensores foram os destaques.
  • ÁRBITROS não cometeram erros significativos. Bom desempenho.

O que foi dito

  • MANO MENEZES: Com exceção do resultado, foi positivo. O Cruzeiro jogou bem, o Vasco chutou duas bolas. Uma foi o gol de cabeça, outra foi a que o Romero tirou em cima da linha num contrataque. Nós criamos oportunidades claras pra empatar e até virar. Mas há dias em que a bola não quer entrar. O adversário teve méritos de se defender com bastante gente dentro da área, como no 2º tempo. E nem foi nem uma maneira eficiente de se defender, pois criamos oportunidades. Mas a bola sempre batia em algum pé e eles seguraram o um a zero do 1º tempo. Não era o que gostaríamos pra terminar o ano em casa. Mas nos faltou um jogador pra cabecear. Tivemos que levantar bola, pois o Vasco nos deu espaço pra cruzar. Faltou o que teria que faltar mesmo com a ausência de três jogadores da posição, como está acontecendo nesta reta final de Brasileiro. Temos dois jogadores com características de área. Até três, se consideramos o Jonata, que ainda é um menino. Mas tanto o Raniel quanto o Sassá teriam desempenho melhor pelas características que têm, principalmente a partir da vantagem do Vasco.
  • LEO: Criamos bastante, tivemos várias chances, mas o goleiro foi feliz. Tem dia que é assim: o goleiro adversário faz milagres. Nossa equipe suou, se dedicou bastante e tentou a vitória até o final, mas infelizmente ela não veio.
  • NEVES: O goleiro estava impossível, pegando tudo. O Arrascaeta estava puto da vida, pois ele pegava no contrapé, pegava de todos os jeitos. Mas o Cruzeiro jogou bem, ficou o tempo inteiro em cima, entrando pelos lados, tabelando por dentro. Mas hoje poderíamos jogar o dia inteiro que a bola não ia entrar. O torcedor reconheceu o esforço e o que a gente fez pra tentar vencer.
  • GLOBO ESPORTE: Foi ataque contra defesa. Mas enquanto o Vasco soube se defender, o Cruzeiro teve dificuldades pra atacar. Em sua primeira finalização, aos 20, o Cruzmaltino abriu o placar. E passou o resto do tempo explorando contrataques. Teve pelo menos duas boas chances pra ampliar. Na maior parte do jogo, o time mineiro teve o controle das ações, mas ter a posse de bola não significa ter grande atuação. Apesar da pressão, o Cruzeiro criou poucas chances claras. E quando esteve perto do gol, parou em Martín Silva, que fez pelo menos duas defesas difíceis.
  • DOUGLAS VELLOSO: As jogadas ofensivas se resumem a lampejos individuais. Pode parecer clichê, mas o Vasco veio jogar por um bola e conseguiu. E o Cruzeiro? Jogou pelo quê? Precisava e muito de variação ofensiva, de que os jogadores se entendessem pra conseguir algo novo, mas parece que não houve orientação pra tal. Bryan e Romero não quebraram, pois tiveram foco no jogo.
  • MARCUS OLIVEIRA: Pra vencer é preciso marcar gols. Não importa quanto tempo de posse ou quantas oportunidades são criadas, o que ainda conta é o número de vezes que a bola cruza a risca de gol. Pra isso, as equipes geralmente contam com um especialista na função, o cara que treina durante toda sua vida profissional pra melhor finalizar jogadas. E o Cruzeiro não tem esse jogador!
  • TREM AZUL: Cadê o Ábila? Jogador raçudo, que leva torcida ao estádio, pois joga e comemora com raça, além de animar o torcedor com excelentes entrevistas! Mas o burro não o quis…
  • ROSAN AMARAL: O jogo foi bom e o resultado não foi ruim (risos).

Fontes

Transmissão

  • PPV