Cruzeiro 0x1 Internacional - 07/08/2019

De CruzeiroPédia .:. A História do Cruzeiro Esporte Clube
Ir para navegação Ir para pesquisar


Confrontos
(clique no jogo para navegar)
Por temporada
Escudo Atlético-MG.png 2x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Avaí.png 2x2 Escudo Cruzeiro.png
Por Copa do Brasil 2019
Escudo Atlético-MG.png 2x0 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Internacional.png 3x0 Escudo Cruzeiro.png
No estádio Mineirão
Escudo Cruzeiro.png 0x0 Escudo River Plate.png Gol aos do Escudo Cruzeiro.png 2x0 Escudo Santos.png
Contra Internacional
Escudo Internacional.png 3x1 Escudo Cruzeiro.png Gol aos do Escudo Internacional.png 3x0 Escudo Cruzeiro.png

[edit]

Escudo Cruzeiro.png
Cruzeiro
0 × 1 Escudo Internacional.png
Internacional
Jogo de ida - Semi-Final - Copa do Brasil 2019
Data: 7 de agosto de 2019 Local: Belo Horizonte, MG
Horário: 21:30 Estádio: Mineirão
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira Público pagante: 27.371
Assistente 1: Marcelo Carvalho Van Gasse Público presente: 33.344
Assistente 2: Danilo Ricardo Simon Manis Renda: R$ 905.798,00 R$ 905.798 <br />Cr$ 905.798 <br />NCr$ 905.798 <br />Cz$ 905.798 <br />NCz$ 905.798 <br /> (preço médio: R$ 33,09 )
Súmula: Súmula Borderô
Escalações
Cruzeiro: Internacional:

1. Fábio 12. Marcelo Lomba
28. Orejuela 2. Bruno
26. Dedé Cartão amarelo recebido aos 13  (1T) 13'  (1T)   4. Rodrigo Moledo
3. Léo 15. Víctor Cuesta
18. Dodô 6. Uendel
8. Henrique 19. Rodrigo Lindoso
5. Ariel Cabral Substituição realizada 36' (2T) de jogo 36' (2T) ( 41. Maurício ) 8. Edenílson Gol aos 30 do  (2T) 30'  (2T) Substituição realizada 36'(2T) de jogo 36'(2T) ( 33. Nonato )
19. Robinho Substituição realizada 27' (2T) de jogo 27' (2T) ( 20. Marquinhos Gabriel ) 88. Patrick
10. Thiago Neves 7. Nico López Substituição realizada 14'(2T) de jogo 14'(2T) ( 11. Wellington Silva )
32. Pedro Rocha 9. Paolo Guerreiro
99. Sassá Substituição realizada 22' (2T) de jogo 22' (2T) ( 9. Fred ) 23. Rafael Sóbis Cartão amarelo recebido aos 13  (1T) 13'  (1T)   Substituição realizada 39'(2T) de jogo 39'(2T) ( 29. Sarrafiore )
Técnico: Mano Menezes Técnico: Odair Hellmann
Reservas que não entraram na partida
Cruzeiro: Internacional:

Lance a lance

Primeiro Tempo

  • 0 Começa Cruzeiro x Inter no Mineirão!
  • 0 Dedé toca para Robinho, mas Lindoso recupera a bola para o Inter
  • 2 Robinho tenta o toque para Thiago Neves, mas entrega para Edenilson. O volante colorado, no entanto, dá um chutão e a bola chega até Dedé
  • 3 Com os braços cruzados, Mano Menezes observa os movimentos iniciais enquanto Odair caminha de um lado para outro
  • 4 Guerrero divide com Dedé e o zagueiro do Cruzeiro leva a pior
  • 5 Dedé fala com Guerrero e diz que o centroavante levantou demais o braço
  • 5 A torcida do Cruzeiro canta forte no Mineirão para empurrar o time
  • 6 Após erro de Bruno, Robinho toca para Pedro Rocha, que invade a área. Edenilson chega por trás e corta
  • 7 Moledo lança Guerrero, mas o zagueiro do Inter sofre falta de Sassá
  • 8 Nico erra, entrega para Sassá, que aciona Thiago Neves. O camisa 10 cruza, mas Moledo corta
  • 9 Robinho toca para Thiago Neves, que não domina
  • 10 Patrick avança pela esquerda, deixa dois para trás, mas erra na hora do passe para Rafael Sobis
  • 11 Sassá é acionado na direita, mas cai após ser atingido por Cuesta
  • 12 Thiago Neves cobra falta, mas Sobis corta e cede escanteio
  • 13 Bruno tenta um passe de três dedos, mas exagera na força. O Pantera ainda recupera e dá uma caneta em Orejuela, mas perde a bola
  • 13 Dedé é punido por trombada em Rafael Sobis, que cai com dores no ombro direito
  • 15 Robinho cruza, mas Cuesta afasta o perigo
  • 16 Thiago Neves recebe lançamento na área, mas erra em bola. É tiro de meta para o Inter
  • 17 Sassá tenta encontrar Pedro Rocha, mas Moledo antecipa e fica com a bola
  • 17 Orejuela recebe na direita e chuta. A bola desvia e sai
  • 17 Rafael Sobis foi punido por reclamação na hora da trombada com Dedé
  • 19 Sobis recebe de Nico e chuta. Fábio segura
  • 19 Ariel Cabral procura Dodô, mas Bruno antecipa e fica com a bola
  • 21 Nico tenta puxar o contra-ataque, mas é derrubado por Dodô
  • 22 Uendel toca para Guerrero, que é levantado por Henrique. O árbitro manda o jogo seguir, mas depois volta atrás e marca a falta no peruano
  • 22 Odair conversa com o banco de reservas enquanto Guerrero recebe atendimento no joelho esquerdo
  • 24 Bruno avança pela direita e cruza, mas sem direção. É tiro de meta para o Cruzeiro
  • 25 Dedé avança com a bola, mas, na hora do passe, manda no pé de Rodrigo Lindoso
  • 26 Guerrero tenta o domínio, mas Ariel Cabral tira e Léo afasta a bola com um chutão
  • 28 Patrick tabela com Guerrero e toca para Edenilson, que erra no momento de acionar Bruno
  • 30 Pedro Rocha tenta o toque para Sassá, mas Moledo afasta. Na sequência do lance, Cuesta desaba após divida com o atacante do Cruzeiro
  • 32 Nico pega a bola no meio do campo. O gringo percebe a posição de Fábio e arrisca, mas chuta para fora
  • 32 Dedé toca para Pedro Rocha, que bate de tornozelo na bola. Ela fica com Rodrigo Moledo
  • 33 Pedro Rocha recebe na intermediária, mas é derrubado por Bruno quando tenta o giro
  • 35 Robinho cobra escanteio, a bola desvia e sobra para Sassá, que gira e chuta para longe
  • 36 Mano e Odair batem boca nas áreas técnicas
  • 37 Pedro Rocha limpa e bate, mas Bruno dá um carrinho e corta
  • 38 Uendel recebe de Nico na esquerda e cruza, mas exagera na força. O lateral-esquerdo já tinha sido flagrado impedido
  • 40 Sassá recebe na área de Pedro Rocha, gira e chuta, mas manda por cima do gol de Marcelo Lomba
  • 42 Guerrero toca para Uendel e cruza. A bola, antes de chegar a Edenilson, é cortada por Dodô
  • 42 Nico fura e a bola sobra para Dedé, mas o zagueiro sofre falta de Patrick
  • 45 Iremos até os 47
  • 47 Fim de papo!
  • Rodrigo Lindoso: “Falei lá no início. Foi uma lesão complicada, mas tive ajuda dos profissionais. Sou grato por estar aqui. O jogo está bom. Teve a pressão, mas equilibramos e tivemos a melhor chance do jogo. É definido em detalhes”
  • Robinho: “Falta acertar o último passe. O Sassá chutou umas duas ou três, mas estava desequilibrado”

Segundo Tempo

  • 0 Começa o segundo tempo! Cruzeiro 0 x 0 Inter
  • 1 Pedro Rocha avança com a bola e toca para Thiago Neves, que chuta sem direção
  • 3 Após dividida com Bruno, Pedro Rocha cai no gramado
  • 4 Patrick pega a bola na intermediária e chuta. A bola desvia nas costas de Dedé e chega a Fábio, que segura sem dificuldades
  • 5 Robinho toca para Sassá. Na hora do chute, Cuesta dá um carrinho e salva o Inter
  • 7 Robinho tenta o chute, mas Patrick acerta o pé do cruzeirense
  • 9 Robinho tenta o chute, mas carimba Cuesta
  • 10 Robinho cruza da direita, mas Patrick afasta
  • 10 Robinho toca para Thiago Neves, que gira e chuta, mas a bola via para fora. A arbitragem vê impedimento do camisa 10 do Cruzeiro
  • 12 Orejuela corta Nico e cruza, mas manda no pé de Patrick
  • 13 Orejuela aciona Henrique, que chuta da intermediária. A bola quica, mas Lomba segura
  • 14 Dodô tenta o passe, mas manda direto pela linha de fundo
  • 14 ENTRA Wellington Silva - SAI 14 Nico López
  • 15 Pedro Rocha toca para Thiago Neves, que não domina
  • 17 Pedro Rocha toca para Sassá, mas Moledo antecipa e acaba com a brincadeira
  • 18 Wellington Silva dança em cima da bola, mas entrega no pé de Dodô
  • 20 Thiago Neves recebe de Pedro Rocha e cruza, mas Bruno corta
  • 20 Wellington Silva tabela com Sobis e cruza, mas Dodô cede escanteio
  • 22 ENTRA Fred - SAI Sassá
  • 23 Robinho tenta o passe, mas Patrick corta
  • 24 Robinho cruza da direita, mas Cuesta corta mais uma
  • 25 Edenilson dá um passe de calcanhar para Wellington Silva, que chuta forte. Fábio faz milagre e evita o gol do Inter
  • 26 Pressão do Inter! Patrick ganha na área e cruza para Guerrero, que toca. Fábio pega mais uma
  • 27 A torcida do Inter sente o momento positivo e canta mais forte no Mineirão
  • 27 ENTRA Marquinhos Gabriel - SAI Robinho
  • 28 Guerrero tenta o passe para Sobis, mas entrega no pé de Dedé
  • 29 Patrick tenta jogada, mas perde para Ariel Cabral. O volante do Cruzeiro adianta a bola e faz falta em Sobis
  • 30 Guerrero cobra falta no ângulo. Fábio faz grande defesa, mas, no rebote, Edenilson manda para o fundo das redes
  • 32 Sobis tenta o corte, mas dá uma rosca pela lateral
  • 35 Edenilson cai com dores na coxa direita
  • 36 ENTRA Mauricio - SAI Ariel Cabral
  • 36 ENTRA Nonato - SAI Edenílson
  • 37 Marquinhos Gabriel entrega a bola no pé de Sobis, que sofre falta de Orejuela
  • 39 Pedro Rocha tenta jogada, mas Bruno tira mais
  • 39 ENTRA
  • 39 Sarrafiore
  • 39 Atacante
  • 39 Rafael Sobis
  • 42 Dedé lança para Fred, que faz falta em Moledo
  • 43 Fred fica na bronca com o time após mais um erro
  • 44 Pedro Rocha recebe na intermediária, entorta Wellington Silva e chuta, mas a bola sai
  • 45 Iremos até os 49
  • 46 Orejuela cruza, a bola desvia em Thiago Neves, mas Cuesta tira
  • 47 Nonato dá um drible da vaca em Pedro Rocha, mas erra na sequência do lance. Por sorte, ainda sofre falta
  • 48 Cuesta cobra falta, mas ela passa por cima do gol de Fábio
  • 49 Fim de papo!

Vídeos

Coletiva pós jogo / Anúncio da saída

Atuações

  • TORCIDA CELESTE compareceu em quantidade abaixo o razoável, pela importância do jogo, mas apoiou o time. No fim, uma parte dela teve acesso de cabacice e vaiou um treinador que conquistou dois títulos nacionais, dois estaduais e tirou o time da zona de rebaixamento duas vezes. Coisa de beócios.
  • FÁBIO fez três grandes defesas e não teve culpa no gol.
  • OREJUELA, bom na defesa, incompetente no ataque.
  • DEDÉ, bem como quase sempre.
  • LEO fez outra partida perfeita.
  • DODÔ, bem na defesa, inútil no apoio.
  • HENRIQUE jogou o tempo todo, com intensidade máxima. Marcou, apoiou, chutou a gol, jamais desistiu de buscar o resultado.
  • CABRAL jogou bem marcando e apoiando, Mas cansou e acabou cometendo duas besteiras em sequência: um lançamento no vazio e um carrinho desnecessário, que resultou na falta que deu o gol da vitória ao Inter.
  • ROBINHO buscou o jogo, mas não conseguiu criar uma jogada decisiva.
  • NEVES não criou nada digno de nota.
  • SASSÁ foi o lutador de sempre, mas não recebeu bolas para decidir, nem teve talento para construir suas próprias jogadas, saiu antes do fim, para desagrado da maior parte da torcida.
  • ROCHA, sumido, sem inspiração, conseguiu apenas uma boa jogada, num chute de fora da área.
  • FRED entrou na reta final do jogo, foi vaiado antes de tocar na bola, tentou jogar, mas não recebeu bolas, nem encontrou espaços.
  • MAURÍCIO entrou quase no fim, correu, tentou jogadas individuais, mas não obteve sucesso.
  • M GABRIEL jogou pouco tempo e não conseguiu mudar os rumos da partida.
  • MANO escalou corretamente, optando por uma formação ofensiva, com três atacantes de ofício. Trocou quem precisava ser trocado, por baixo rendimento. Mas alguns jogadores não conseguiram cumprir bem seus papéis. Uns por não saberem fazer o que é necessário, alguns por intranquilidade e outros porque, ao menos por ora, não estão conseguindo jogar futebol. No fim, virou para-raios e pagou sozinho pelo fracasso coletivo.
  • CRUZEIRO foi um time ofensivo, mas ineficiente. Criou poucas jogadas perigosas no ataque, foi mal nos jogos pelas pontas e se limitou a chutes de fora da área, com Henrique, Neves e Rocha. Muito pouco para vencer. Na defesa, sofreu mais um gol em que os colorados se aproveitaram de um rebote, como já havia acontecido na partida pelo brasileiro.
  • INTERNACIONAL jogou na defesa, avisou da cera, mas conseguiu criar três oportunidades de gol, duas delas neutralizadas por Fábio. O volante Lindoso e os quatro defensores foram seus destaques.
  • ÁRBITROS erraram pouco. Boa atuação.

O que foi dito

  • MANO MENEZES: Pelo quórum, o pessoal está com o instinto bom. Gostaria juntamente com o Marcone e o Marcelo comunicar oficialmente que a gente interrompe o trabalho à frente do Cruzeiro nesta noite, porque a gente entendeu que era o momento de fazer isso, de que nós não poderíamos estender mais essa fase difícil. Muito mais que uma fase difícil que o Cruzeiro vem apresentando, porque são 18 jogos e uma vitória. A gente sabe que isso no futebol não se sustenta. A decisão parte da consciência de que as coisas podem piorar, e elas não podem piorar. Hoje, o torcedor teve uma reação que pra mim é fundamental pra com o técnico: o torcedor da gente não pode achar que a gente é burro, porque o burro vem aos 47 do segundo tempo hoje, amanhã ele vem aos 30, e isso vai numa continuidade afetar a equipe, e eu tenho muito respeito pelo Cruzeiro. Não vou permitir que isso atrapalhe ainda mais este momento difícil que o clube e a equipe vêm atravessando. A série de jogos, a maneira como a gente está perdendo, as coisas que acontecem como aconteceram hoje diz que algo precisa ser mudado. Então a conversa foi neste nível e nós entendemos que deveríamos vir aqui fazer este comunicado para o torcedor do Cruzeiro. E acho que não temos muito mais a falar a respeito disso.
  • DEDÉ: Obrigado Professor por todo esse tempo juntos, Foram 3 anos de muito aprendizado, trabalho, tristezas, mas muito mais alegrias, com 4 conquista juntos. Foram 2 bicampeonatos, você será lembrado pra sempre por nós e espero um dia ter novamente essa oportunidade de trabalhar contigo! Que Deus abençoe muito sua trajetória, desculpa pelos meus erros (que foram tentado acertar) e toda sorte do mundo pra você porque você merece!
  • MATEUS CHAVES: O Cruzeiro jogou razoavelmente durante 70 minutos. Depois disso, com a crise e o relógio em no encalço, o time perdeu o controle do jogo devido à tentativa desorganizada de fabrir o placar. Passou, então, a sofrer com o ataque do Inter, que foi premiado com o gol num lance de felicidade do Guerrero e desatenção da zaga celeste. Daí em diante, o time não jogou mais futebol. A atual situação só retrata os erros cometidos em todas as instâncias do clube neste ano, do roupeiro ao torcedor, este último um incorrigível sonhador que se iludia com a chance de ser hepta sem jogar bola há pelo menos 4 meses.
  • DOUGLAS VELLOSO: O Cruzeiro fez um jogo razoável, com certo descontrole nos últimos trinta minutos. O primeiro tempo foi morno, com uma posse de bola inativa fo time celeste, que não incomodou Lomba. Na segunda etapa, o Cruzeiro apareceu melhor nos primeiros vinte minutos. Houve poucas jogadas de concatenação que realmente funcionaram. Faltaram passes de primeira, mais velocidade, soltar a bola com mais inteligência. Com as mudanças, o time se fragilizou e o Inter cresceu com o Wellington Silva sendo mais contundente. Para o Cruzeiro, fazer o gol virou algo não natural. De positivo, destaco Henrique iniciando bem as jogadas e a dupla de zaga firme como sempre.
  • KLAUSS MOURÃO: A dificuldade desse time [ra marcar um mísero gol é irritante. Fábio foi o melhor. Os demais nada conseguiram fazer. Ficam todos ciscando pra la e pra cá e nada acontece.
  • FÁBIO SCHRIER: Fábio foi o melhor. O time jogou razoavelmente bem. Faltou, contudo, confiança dos atacantes. Parece que jogam de freio de mão puxado. Só o Rocha tentpu partir pra cima, mas ficou sem opção. O difícil é ter tomado o mesmo gol que tomou no jogo do Brasileiro, quando a partida se encaminhava pro zero a zero.
  • PEDRO GEISEL: O pior do Cruzeiro foi o Robinho, seguido pelo Neves. No Cruzeiro, gostei da movimentação e do empenho do Sassá. No Inter, Guerreio, que deu trabalho aos marcadores, mesmo jogando sozinho boa parte da partida, foi o melhor.
  • SÍNDICO: Cabaços vaiaram um técnico que salvou o clube do rebaixamento duas vezes e conquistou dois bicampeonatos, um estadual, outro nacional.

Fontes

Transmissão

  • SporTV